Blog do Eliomar

Categorias para Literatura/Filmes

Associação Metropolitana de Letras sob nova direção

Lêda Maria e seu marido, o também jornalista Souto Paulino.

Será nesta sexta-feira, às 19 horas, no auditório da Academia Cearense de Letras (Palácio da Luz), a solenidade de posse da nova diretoria da Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza (AMLEF).

Assumirão Régis Frota como presidente e o ex-vereador Marcus Fernandes na vice-presidência. Completando a diretoria os acadêmicos José Bonfim de Almeida Jr., José Cláudio Carneiro, Jaildon Correia, Francisco Castro, Lêda Maria Souto, Luiz de Gonzaga Fonseca Mota e o Padre Geovane Saraiva.

(Foto – Balada In)

Livro discute crise política brasileira pelo olhar das mulheres

Será lançado no próximo dia 2, às 19 horas, na sede do PSOL, em Fortaleza, o livro “Tem Saída? Ensaios Críticos sobre o Brasil”, da Editora Zouk. A publicação reúne formulações de dezenas de mulheres que buscam apresentar um panorama nacional sobre a situação politica brasileira. Na programação, a presença de Helena Vieira (uma das autoras) e de Joanna Burigo (organizadora) que baterão papo com convidados.

A obra, que congrega ativistas de Norte ao Sul do País, ganha forma a partir do entendimento de que as crises pelas quais o Brasil passa são antigas, enraizadas na sociedade brasileira, e remetem à mesma saída: o aprofundamento do projeto democrático desde a base.

No rol de mulheres que compõem a iniciativa, referencia-se Helena Vieira. Única mulher trans a contribuir nesta coletânea, ela é radicada no Ceará e incide politicamente nas pautas relacionadas a direitos humanos. “É preciso resgatar a imaginação como potência política”, anima a autora. Para Helena, esta é uma das saídas possíveis apontadas para as crises que permeiam a esquerda e a política – assunto discorrido no livro.

SERVIÇO

*Sede do PSOL Ceará – Avenida do Imperador, 1397.

*Organização: Winnie Bueno, Joanna Burigo, Rosana Pinheiro-Machado, Esther Solano

*Autoras: Adriana Facina, Avelin Buniacá, Catarina Brandão, Daniela Mussi, Flávia Biroli, Fhoutine Marie, Helcimara Telles, Helena Vieira, Juliana Borges, Jussilene Santana, Laura Astrolábio, Laura Sito, Linna Ramos, Luciana Genro, Luka Franca, Manuela D’Ávila, Marcia Tiburi, Marielle Franco, Sâmia Bomfim, Suzane Jardim, Suelen Aires Gonçalves, Tatiana Roque, Tatiana Vargas Maia.

Fortaleza será sede da I Feira da Literatura Cearense

O público amante da literatura terá um encontro marcado com a programação da I Feira da Literatura Cearense. O evento ocorrerá de 8 a 10 de maro próximo, no Centro Cultural do Banco do Nordeste (CCBNB), em Fortaleza. O projeto é uma realização da Casa do Prosa, com o patrocínio do BNB e Enel, através da Lei do Mecenato da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará e Ministério da Cultura por meio da Lei Rouanet.

A I Feira da Literatura Cearense promete ser uma oportunidade para as editoras e autores cearenses apresentarem seus projetos editoriais, autorais, gêneros e os espaços conquistados nos últimos anos. Na organização, os mesmos produtores Feira do Livro Infantil de Fortaleza, que acontece há sete anos, porém com uma visão e ação destinado a literatura local”, explica Almir Mota, o coordenador-geral do evento.

Programação

A participação feminina é destaque na programação com 17 escritoras em lançamentos, bate-papos e oficinas literárias. Na abertura, quinta-feira (8), às 10 horas, acontece exposição e venda de livros, seguido do lançamento “Revirando meu guarda roupa” com a autora Fernanda Façanha e Um Vestido para Tutti com Tânia Dourado. Teremos ainda a presença das autoras Mara Monteiro, Isabel Golveia, Clara Lêda, Evan Bessa, Fátima Lemos, Francinete Azevedo, Sônia Nogueira, Arlene Portelada e Socorro Acioli, encerrando a Feira com o lançamento Diga, Astragud. Elas brindam a presença das mulheres na literatura cearense.

Nesta primeira edição da feira, os organizadores reuniram um grande elenco de 17 editores e 33 escritores, grupos literários, contadores de histórias e músicos para tornar a programação ainda mais dinâmica e atrativa. Do veterano escritor e músico cearense Eugênio Leandro, realizando show e lançamento do livro As Moradoras do Céu, o artista completa quarenta anos de carreira. Também um bate-papo com lideranças sociais como o Preto Zezé, da Central Única de Favelas (Cufa), passando por apresentações de O Sarau Pescaria com o Grupo Literário Pescaria, de Varjota/CE, o debate Desafios do Mercado Editorial Alternativo no Ceará”, com os escritores e editores Alan Mendonça, Talles Azigon e Raymundo Netto, exposição de livros, recitais de poesia e vários encontros literários como o que acontecerá com o jornalista e escritor Xico Sá, dia 9 de março, às 19 horas.

Lançamentos

No total, serão 12 lançamentos de livros, que alcançam abordagens acadêmicas como o livro Avaliação de Educação, Desempenho Escolar e Gestão Pedagógica dos professores Casemiro Campos, Fabricia Viana e Eliana Alves. “Realmente temos uma diversidade de estilos muito grande e, principalmente, a presença do talento dos autores cearenses já reconhecidos nacionalmente e outros novos que estão surgindo realizando um trabalho muito bom como Talles Azigon, que participará da roda de conversa Desafios do Mercado Editorial Alternativo no Ceará”, explica Júlia Barros, coordenadora executiva do projeto.

 

Médicos lançam livro sobre esoterismo na quarta-feira

Leis e verdades que regem o universo fazem parte do livro “Esoterismo – um elo em comum”, da Editora Expressão Gráfica e de autoria dos médicos Ernani Rocha Machado e Vanessa Gomes de Moraes, que será lançado na quarta-feira (21), a partir das 19h, no Ideal Clube – Terraço Cultural.

A obra também traz experiências descritas pelos autores, que procuram desvendar países, cidades e regiões sagradas. Locais de peregrinação para leitores que têm vontade de descobrir os mistérios do planeta, enquanto entram em harmonia.

A disputa pela imortalidade

No dia 1º de março começa oficialmente a corrida pela cadeira 3 da Academia Brasileira de Letras (ABL), ocupada, até o início de janeiro, por Carlos Heitor Cony.

Na data, segundo informa o colunista Lauro Jardim, do O Globo, o jurista Joaquim Falcão se inscreverá oficialmente para disputa. É o franco favorito. Deverão concorrer também Vilma Guimarães Rosa e o cientista político Vicente Barreto.

VAMOS NÓS – Por aqui, na Academia Cearense de Letras, só a professora e escritora Vera Moraes está inscrita, oficialmente, para a vaga aberta com a morte do professor Carlos d’Alge.

ACI será sede do lançamento de romance que aborda período da ditadura militar

222 1

A Associação Cearense de Imprensa (ACI) convida para o lançamento do livro “A Mais Longa Duração da Rebeldia”, do pernambucano Urariano Mota. Vai acontecer, em clima de debate e coquetel, no próximo sábado, a partir das 9 horas, com a presença do jornalista Paulo Verlaine, ex-O POVO, entre debatedores.

Sobre o romance, Paulo Verlaine (67), também escritor, fez o seguinte comentário a respeito da obra:

“A Mais Longa Duração da Juventude — romance com base em fatos reais – do escritor pernambucano Urariano Mota, com destaque nacional, chega no momento oportuno: hoje, saudosistas da ditadura militar (1964-1985) – ou pessoas que nunca viveram aquele período opressivo – acham que a melhor solução para os problemas do Brasil é a intervenção das Forças Armadas. É o retrato do País nos anos de chumbo, na década de 1970, no
auge da ditadura militar, onde imperavam o medo, a tortura e os assassinatos de opositores do sistema vigente.”

Livro que detalha investigação policial pode ser adquirido na Adepol/CE

Codificação da Expressão Facial da Emoção e a codificação das sete Emoções Básicas Universais (Felicidade, Desprezo, Nojo, Raiva, Medo e Surpresa) foram temas da palestra “Interrogatório Policial e Abordagem Cientifica”, na sede da Associação dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Ceará (Adepol/CE), com o professor e pesquisador Anderson Tamborim.

A palestra é resultado da pesquisa de Tamborim e do delegado cearense Carlos Alexandre. O estudo, que detalha técnicas utilizadas por policiais de outros países e que apontam com precisão a autoria de delitos, serviu como base para a elaboração do livro “Técnicas de Interrogatório, aplicações no contexto policial”.

O livro se encontra à venda na sede da Adepol/CE e pode ainda ser adquirido no site da Amazon. Os convidados foram recepcionados pelo presidente da Adepol/CE, delegado Milton Castelo Filho e pelo segundo vice-presidente, delegado Pedro Viana.

(Foto – Divulgação)

Livro aborda técnicas de interrogatórios policiais e conduta comportamental

189 1

O delegado Carlos Alexandre, da Polícia Civil do Ceará, e o perito criminal Anderson Tamborim, da Polícia Civil de São Paulo, lançam na tarde da sexta-feira (12), na Associação dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Ceará (Adepol/CE), às 17h, o livro “Técnicas de Interrogatório”, que traz aplicações no contexto policial. Além do lançamento da obra, haverá um Workshop sobre o tema abordado na pesquisa.

Os autores acreditam que a base investigatória pode ser desenvolvida a partir de um interrogatório, para tanto, os pesquisadores se utilizam de técnicas essenciais que apontam com precisão a autoria de delitos praticados na sociedade.

O livro expõem detalhes de uma visão mais ampla das ações policiais e aspectos técnicos da investigação da conduta comportamental. A obra também traz informações valiosas para aqueles que desejam conhecer os bastidores das técnicas de interrogatórios mais modernas utilizadas por forças policiais no Brasil e no Mundo.

J. Lindemberg retratava assuntos regionais do Cariri, diz Audic Mota em homenagem a jornalista

220 1

Para o deputado estadual Audic Mota (PMDB), o jornalista e escritor João Lindemberg de Aquino retratava assuntos regionais do Cariri, preservando assim a memória e cultura do local. A observação do parlamentar é uma homenagem ao falecimento do jornalista, aos 84 anos, esta semana, que sofria princípio de Alzheimer.

“De luto está a imprensa do Cariri e do Ceará. Renomado intelectual, J. Lindemberg nos deixa expressivo legado como homem de comunicação e pesquisador da memória e dos assuntos regionais”, afirmou Audic Mota, em nota de pesar.

O livro “Roteiro Biográfico das Ruas do Crato”, de autoria do jornalista, se tornou importante fonte de pesquisas e estudos da região.