Blog do Eliomar

Categorias para Moda

38ª Feira da Moda de Fortaleza começa nesta segunda-feira

Manuel e Mana Holanda.

O 38ª Festival de Moda de Fortaleza ( FMF), a ser realizado de 23 a 25 de abril próximo, no Maraponga Mart Moda, vai reunir cerca de 250 marcas que lançarão coleções de inverno com ações promocionais e muitos desfiles. À frente do evento, Manuel e Mana Holanda, que prometem surpresas para o mercado.

A programação da FMF 2018, cujo tema é “Faça sua Moda”, está bem diversificada. Confira:

FMF 2018

23/04

8h – Desfile Café com Moda (Arena de Desfile)

12h – Mega Desfile (Shopping)

19h – Desfile Haquette (exclusivo para convidados, na Arena de Desfile)

24/04

8h – Desfile Café com Moda (Arena de Desfile)

10h- Desfile Cepid – moda inclusiva

12h – Mega desfile (Shopping)

15h30 – Espaço Estar Bem (Lounge)

A Importância das relações Intra e Interpessoais no mercado de trabalho. Com Alessandra Schiarantolla (Mundo Akar).

16h30 – Espaço Estar Bem (Lounge)

Desperte o seu guru! Com Juliana Melo

18h30 – Moda com Gastronomia (Restaurante Panela).

25/04

12h – Mega desfile (Shopping)

15h – Mega desfile (Shopping)

*programação sujeita à alteração.

Festival da Moda de Fortaleza (FMF 2018)

Data: 23 a 25 de abril

Local: Shopping Maraponga Mart Moda (Rua Francisco Glicério, 590 – Fortaleza/CE).

Givenchy, o mago dos ricos chiques

Com o título “Givenchy foi o mago dos ricos chiques”, eis artigo do jornalista Elio Gaspari. Para ele, o costureiro não vai fazer falta, mas será lembrado sempre quando uma mulher vestir um “pretinho”. Confira: 

Morreu o costureiro Hubert de Givenchy. Não fará falta, porque seu mundo acabou há décadas. Será eternamente lembrado, sempre que uma mulher vestir um “pretinho” parecido com o de Audrey Hepburn no filme “Bonequinha de luxo”.

Quando ela entrou no ateliê, Givenchy decepcionou-se com aquela moça de roupas banais. Ele achava que sua nova cliente Hepburn seria a já famosa Katherine. Daquele encontro resultou uma amizade de 40 anos marcada pela seu estilo, classe e elegância.

Em 1992, Audrey estava ligada a aparelhos, morrendo de câncer nos Estados Unidos, queria passar o Natal na sua casa da Suíça. Não podia viajar num voo comercial, pois seu estado exigia um controle especial da pressurização durante o pouso. Givenchy ligou para uma de suas clientes, Bunny Mellon, e pediu-lhe o jatinho. Audrey Hepburn viajou num avião decorado com flores brancas e morreu em casa semanas depois.

O mundo da alta-costura já tinha acabado em 1995, quando Givenchy se aposentou. Talvez tenha acabado em 1968, quando o genial Cristóbal Balenciaga fechou sua casa de Paris, horrorizado com o que acontecia na rua. Acabou-se o tempo de estrelas que tinham horror a holofotes (Audrey Hepburn) e bilionárias capazes de ensinar que “nada deve ser notado”, como Bunny Mellon. Num só ano, a senhora gastou na Maison Givenchy o equivalente a 700 mil dólares em dinheiro de hoje, mas passava despercebida.

Hoje não existem grandes costureiros. Balenciaga, ambidestro, costurava com as duas mãos. Givenchy comandou a confecção do casaco de luto da Duquesa de Windsor para o enterro do marido em um dia. Dizia que o cabelo de Ivana, a primeira mulher de Donald Trump, parecia um repolho e jamais vestiria a cantora Madonna, pois não desenhava “fantasias”.

No Met Gala de 2016, Madonna apareceu com uma fantasia da etiqueta Givenchy que lhe expunha o traseiro. Ele nada tinha a ver com isso. No mundo em que não há mais alta-costura, todas as marcas do passado foram compradas por conglomerados financeiros. A Maison Givenchy pertence ao grupo LVMH. As iniciais vêm de Louis Vuitton (famoso fabricante de malas), Moët (champanhe) e Hennessy (conhaque). Seu poderoso executivo é Bernard Arnault, um engenheiro que jamais desenhou uma saia ou apreciou um vinhedo. Ele é o imperador de um novo luxo, popular, comandado pelos grandes varejistas. Os vestidos que eram costurados em Paris hoje são feitos na China. O grupo LVMH tem dezenas de grifes, entre elas Dior, Kenzo e Pucci, ou as dos relógios Bulgari, Hublot ou TAG Heuer.

De certa maneira, o luxo popularizou-se. Aquilo que um dia foi a clientela dos grandes costureiros cabe hoje no cadastro de uma só rede de revendedores. No final de sua carreira, Givenchy acompanhou a ousadia de Madame Chanel e lançou uma linha de perfumes. Ele gostaria de ter sabido que um ex-retirante nordestino chamado Lula deu a Marisa, sua mulher, um frasco de Amarige. Isso numa época em que o presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, usava colônia Monsieur de Givenchy.

Hubert de Givenchy foi tudo isso, era marquês e também um homem bonito, com 1,96m e “nariz de rico”, expressão criada por Danuza Leão para a estampa de Christine Lagarde, a diretora do FMI. Quem duvida que haja relação entre nariz e riqueza, olhe para o bilionário Jorge Paulo Lemann.

*Elio Gaspari

opiniao@opovo.com.br

Jornalista.

Cirurgia estética genital virou modismo?

Com o título “Cirurgia estética genital preocupa ginecologistas”, eis artigo do professor adjunto de Ginecologia da UFC, Leonardo Bezerra, que pode ser conferido no O POVO desta quarta-feira. Ele aborda um modismo entre as mulheres e faz alerta sobre o tema.

O número de mulheres que realizam cirurgias estéticas na região íntima é preocupante. Estima-se que, só em 2014, 15 mil fizeram o procedimento, conforme a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps) no Brasil. A quantidade é expressiva, principalmente por ser um assunto pouco comentado na sociedade. Apesar disso há, no mundo ocidental, uma popularidade a sobre este tipo de cirurgia, por imposição social de padrões estéticos genitais.

A imagem mercadologicamente propagada é a da genitália “infantilizada”, também conhecida por padrão “fenda limpa”: sem pelos; pequena; apertada; simétrica; de cor clara e nada saindo abaixo dos lábios maiores. Nos Estados Unidos, estudos em clínicas de estética mostram que até 95% das mulheres que buscam essas intervenções desejam a aparência genital da boneca Barbie.

Estudos científicos, no entanto, designam que há infinitos aspectos de pequenos e grandes lábios. Vende-se a imposição de imagens padronizadas, que repercutem negativamente na autoestima e na consciência corporal feminina. A mulher adoece, fica ansiosa e com insatisfações infundadas. Cria-se um padrão arriscado de intervenções sem evidências de segurança e de real necessidade.

Enganosamente, as técnicas prometem aumentar o prazer sexual através de intervenções genitais de aperto, uso de laser, retirada de pequenos lábios vaginais, etc. Refuta-se a evidência científica de que o prazer sexual esteja mais atrelado a elementos psico-afetivos do que aos físicos. Alguns fatores explicam essa crença, sobretudo referências midiáticas, como imagens alteradas digitalmente e representações culturais dos padrões da beleza da indústria pornográfica.

Enfim, a prática desmedida de cirurgias e intervenções médicas genitais para “consertar” partes normais do corpo, a fim de alcançar a feminilidade ou sexualidade desejável, separa a Medicina de seus rígidos fundamentos científicos, expondo-a como uma busca cada vez mais cultural e comercial.

*Leonardo Bezerra

leonardobezerragineco@gmail.com

Professor Adjunto de Ginecologia da UFC.

Ceará é finalista do Concurso moda Inclusiva Internacional

O Ceará será representado no IX Concurso Moda Inclusiva com uma proposta de look para pessoas com deficiência. O trabalho é de Ingred Serra, estudante do curso de design de moda da Faculdade DeVry Fanor. A final do certame acontecerá em dezembro próximo, em São Paulo.

A iniciativa é da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo e objetiva incentivar a produção de looks para pessoas com deficiência. Nesta nona edição, participaram e foram selecionados estudantes de cursos técnicos, universitários e profissionais das áreas de moda e saúde.

Os 20 melhores trabalhos inscritos serão apoiados com tecido para a confecção das roupas. Os três melhores colocados serão premiados.

Finalíssima

Na grande final desfilarão projetos de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte, Pará, Bahia e o do Ceará. O concurso também recebeu inscrições de países como Itália, Nigéria, Singapura, Paraguai e Irã.

DETALHE – O Brasil tem, hoje, cerca de 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência.

(Foto – Ilustrativa)

Fortaleza recebe coordenadora do Concurso Moda Inclusiva Internacional

Daniela Auler, coordenadora do Concurso Moda Inclusiva Internacional, estará em Fortaleza na quinta e sexta-feira próximas. Ela vem divulgar, durante o Seminário Moda Inclusiva Fortaleza 2017, o Concurso Moda Inclusiva Internacional, apoiado pelo Governo de São Paulo. O evento de apresentação ocorrerá no Centro de Profissionalização Inclusiva para a Pessoa com Deficiência (Cepid), localizado na Avenida Senador Robert Kennedy, 128 – Barra do Ceará.

A idealizadora do concurso fará a abertura do seminário no dia 23, às 9 horas e, no dia 24, das 13h30min às 15h30min, Daniela apresentará um desfile com looks vencedores das edições anteriores do certame.

O encontro tem o objetivo de discutir e apresentar trabalhos, produtos e projetos científicos que já foram ou estão em produção no circuito de moda, além de propiciar à sociedade civil, profissionais e gestores cearenses potencialidades para as questões inclusivas na área.

SERVIÇO

Os interessados podem ter mais informações no link http://modainclusiva.sedpcd.sp.gov.br/. O evento é anual e podem participar estudantes de cursos técnicos, universitários e profissionais de moda e saúde não só do Brasil, mas de todo o mundo.

Vem aí o Inova Moda Verão 2018

O Inova Moda Verão 2018, um evento resultante da parceria do Senai com o Sebrae, será lançado às 19 horas da próxima segunda-feira, no auditório da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec). O evento tem como foco apresentar as tendências da moda para os micro e pequenos empresários da região e conta com o apoio do Sindtêxtil, Sindiroupas, Sindconfecções e Sindcalf.

O objetivo é que as empresas do ramo do vestuário e de calçados façam uso dessa pesquisa de tendências de moda bem como das oficinas e laboratórios a fim de que se inspirem para produzir suas próprias coleções.

Programação

O evento vai se estender até sexta-feira (11), com oficinas e laboratórios, que serão realizados no SENAI Parangaba, das 13 às 21h30min. Na programação, “Laboratório de Criação – Verão 2018” – dia 8/11; “Oficina de Desenvolvimento de Produto – Verão 2018” – dia 9/11; “Oficina Olhar da Forma – Verão 2018” – dia 10/11; e Oficina de Ensaios de Elaboração de Fichas Técnicas de Produto para Planejamento de Produção” – dia 11/11.

Como parte do projeto, haverá palestras na Região Metropolitana de Fortaleza e em cidades como Caucaia, Sobral, Quixadá, Juazeiro do Norte e Tianguá.

SERVIÇO

*Inscreva-se para o evento de lançamento, palestras, laboratórios e oficinas aqui.

34ª Ceará Summer Fashion ocupa espaços no Maraponga Mart Moldas

summerr

A 32ª Ceará Summer Fashion será aberta, a partir das 18 horas desta segunda-feira, no Maraponga Mart Modas. O evento, que se estenderá até sexta-feira, atrai compradores de diversos estados brasileiros.

Com o tema “Flor do Sertão”, a Ceará Summer Fashion apresentará as apostas mais quentes para a temporada e as coleções de verão de mais de 300 marcas, em diversos segmentos de moda.

Além das novidades da moda, também haverá palestra para os participantes sobre empreendedorismo e coaching e workshops.

Nesta edição, no entanto, nada de famoso ou global desfilando na passarela.

SERVIÇO

*Confira a programação aqui.

Sebrae promove em Fortaleza encontro para discutir mercado da Moda Plus Size

blusa-manga-longa-vazada-estampada-plus-size_220302_180_99-1

O Sebrae Nacional promoverá em Fortaleza, nesta terça-feira, o Fórum Sebrae Discute Plus Size. O evento objetiva acompanhar mais de perto as tendências e inovações no segmento e mostrar para os empresários do varejo da moda que investir em roupas e acessórios plus size é uma oportunidade para micro e pequenas empresas. O fórum ocorrerá das 18 às 22 horas, no auditório do Palácio da Microempresa (Praia de Iracema).

Moda Plus Size é uma moda direcionada para pessoas, especialmente mulheres, que usam roupas acima do padrão convencional usado nas lojas, isto é, muito altas, com coxas grossas, bustos maiores, pés grandes e que usam roupas de tamanho acima do 44 e calçados acima do 39.

A quantidade de potenciais clientes das roupas GG é, ao mesmo tempo, oportunidade e desafio, já que atuar nesse nicho exige uma compreensão sobre o público, suas necessidades, anseios, percepções e comportamentos. São pessoas que não querem apenas vestir uma roupa que atenda ao seu manequim, mas, sobretudo, ressaltar seu estilo e beleza por meio do uso de roupas e acessórios da moda.

O segmento da moda Plus Size é um mercado que cresce a cada ano e movimentou, em 2014, cerca de R$ 5 bilhões, o que representa 5% do faturamento total do segmento de vestuário, segundo a Associação Brasileira do Vestuário (Abravest) – dados que mostram que o mercado ainda se encontra muito aquém do seu verdadeiro potencial.

Pesquisa do Instituto IEMI – Inteligência de Mercado identificou ao menos 492 indústrias de confecção, no Brasil, que já desenvolvem coleções específicas para o segmento PlusSize – o equivalente a apenas 2,5% do total dos estabelecimentos em atividade no setor. De acordo com o IEMI, de 2013 a 2015, o segmento avançou 7,9% em volumes de peças e quase 13% de receitas nominais.

SERVIÇO

*As inscrições podem ser feitas pelo telefone 0800.570.0800.

 

Oficina de produção do Auri Moura completa 10 anos

Nesta terça-feira, o Grupo Araújo & Brilhante está comemorando os 10 anos do Projeto Reviva. Trata-se de uma oficina de produção dentro do instituto Penal Auri Moura da Costa. A empresária Fátima Brilhante e equipe estão visitando no presídio visitando as beneficiadas.

O projeto faz parte das ações da Sejus por ressocialização e capacitação de detentas no Ceará.

O Grupo Araújo & Brilhante é conhecido pelas marcas Florinda e Famel, que estão no mercado da moda há mais de 20 anos.

Dragão Fashion Brasil terá exposição de artesãs de seis cidades cearenses

A partir desta quarta-feira, artesãs de Fortaleza, Aracati, Caucaia, Cascavel, Limoeiro do Norte e Maranguape estarão expondo seus produtos no XVII Dragão Fashion Brasil (DFB), no Terminal Marítimo de Passageiros do Porto do Mucuripe. As comunidades fazem parte do projeto Energia Social, programa da Coelce que valoriza o artesanato local e incentiva a economia solidária em comunidades da Capital e do Interior do Ceará. Além disso, o programa Ecoelce, que troca resíduos por descontos na conta de energia, realizará a compensação de CO2 no período do evento. Desde 2012, a Coelce é uma das principais patrocinadoras do Dragão Fashion, por meio de Leis de Incentivo.

As comunidades participantes do Energia Social vão expor suas peças na Casa do Dragão, um espaço do evento para comercialização, e na loja móvel do Giro Social, projeto também pertencente ao Energia Social. Os produtos trabalhados se apresentam em diversas tipologias – crochê, bordado, patchwork, trançado de palha, labirinto, renda de bilro, argila, sabonetes artesanais, biscuit, renda de filé, marcenaria, rechilieu e tanderife.

Já os resíduos recicláveis produzidos nos quatro dias do evento serão recolhidos com a finalidade de compensar a produção de CO2 nesse período. Através do Ecoelce, serão recolhidas latas de aço e alumínio, garrafas pets, dentre outros. O bônus gerado por essa ação será repassado pela Coelce para instituições escolhidas pela organização do DFB.

Além de espaços para exposição e comercialização dos produtos no evento, as artesãs poderão assistir aos desfiles de grandes marcas participantes. O Dragão Fashion Brasil vai até o dia 7.

SERVIÇO

*Programação: http://www.dfhouse.com.br

Melhor da moda vai atracar no Terminal do Porto do Mucuripe

202 1

Dragão-Fashion-Brasil-min-1-1024x576

O Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Fortaleza, no Mucuripe, será palco, pela segunda vez, de quarta até sábado, de um dos mais importantes eventos de moda do País: o Dragão Fashion Brasil.

O evento, criado em 1999, tem foco na moda sob uma perspectiva mais autoral.

Nos quatro dias de evento acontecerá uma extensa programação entre desfiles, oficinas, cursos, workshops, palestras, intercâmbio de profissionais, shows abertos e performances multiculturais.

36º Festival da Moda de Fortaleza – Luciano Szafir entre as atrações

luciano-szafir (9)

O 36º Festival da Moda de Fortaleza será aberto nesta segunda-feira, às 17 horas, no Maraponga Mart Moda. Os desfiles serão concentrados neste primeiro dia do evento e contará com a participação do modelo e ator Luciano Szafir.

O primeiro desfile vai expor a nova coleção da marca Handara, intitulada “Exuberância Dark”, que tem como garota-propaganda a modelo e assistente de palco do programa Domingão do Faustão, Carol Nakamura.

Em seguida, às 17h30min, será realizado um desfile coletivo com 30 looks trazendo o melhor das coleções de 300 lojas do Maraponga Mart Moda. Já às 18 horas, o público poderá conferir o lançamento da nova coleção da grife Amy Tshirts, que apresentará um novo conceito de camisetas.

Nos demais dias, as lojas do Maraponga Mart Moda farão diversas ações promocionais e mini-desfiles para seus clientes, reunindo revendedoras e convidados.

DETALHE – Entre os lojistas participantes o clima é de otimismo. Apesar da crise não dar pano pras mangas.

Estilista Mário Queiroz ministrará curso em Fortaleza

1439915001429

O estilista Mario Queiroz, nome dos mais respeitados no País, ministrará em Fortaleza, no período de 4 a 6 de maio, o curso “Moda Masculina: Pesquisa, Criação e Comunicação”. O curso ocorrerá no Senac e é destinado tanto para designers, gerentes de produtos e outros profissionais das áreas de Moda e Comunicação, como também para professores universitários e alunos dos cursos de Design, Moda e Comunicação.

O objetivo é estimular e colaborar com os futuros designers, que poderão enviar um projeto de cinco looks que irão concorrer a oportunidade de se apresentar no desfile do evento “O Homem Brasileiro 2016”, marcado para agosto, no Senac Lapa, em São Paulo.

Homem Brasileiro 2016

O Homem Brasileiro 2016, evento idealizado por Mario Queiroz, trará neste ano uma mostra do novo design de moda masculina. Em busca de novos talentos, o curso passará também por Novo Hamburgo (RS), Florianópolis (SC), Balneário Camboriú (SC), Brusque (SC) e São Paulo (SP).

Sobre Mario Queiroz

Professor, pesquisador, designer e consultor. Graduado em Comunicação Social (Universidade Federal Fluminense/RJ), especialista em Negócios da Moda (Universidade Anhembi Morumbi), mestre e doutor em Comunicação e Semiótica (PUC/SP). Autor do livro O Herói Desmascarado. Coordenou cursos de graduação em Design de Moda e hoje atua na pós-graduações em diversas instituições. Lançou sua marca em 1995, participando de eventos como SPFW, Salão de Pret-à-Porter de Paris e Projeto Ithemba.

Sinditêxtil comemora 80 anos lançando manifesto de valorização da moda cearense

Em clima de 80 anos de fundação, o Sindicato da Indústria Têxtil  do Ceará (Sinditêxtil) lançará nesta quarta-feira, durante um café da manhã na sede da Federação das Indústrias do Estado (Fiec), o manifesto intitulado “Valorização da Moda Local”. O movimento será anunciado em paralelo ao lançamento do Ceará Moda Contemporânea – Salão Nacional e Internacional de Moda e Negócios.

“Nossa Campanha vai às ruas com apoio e força das marcas locais, criadores de moda e design, imprensa, formadores de opinião, sindicatos, associados e parceiros do mercado com o intuito de engajar todos os integrantes da cadeia industrial, explica a Superintendente do Sinditêxtil-CE, Kelly Whitehurst de Castro.

O objetivo da ação é mobilizar a sociedade para o consumo da moda local, fomentando, consequentemente, a valorização dos elos que fazem a moda. De acordo com o Sinditêxtil, esse será o primeiro passo de um movimento que não tem previsão de término e já tem planejamento de ações até 2016.

Essa campanha acontecerá por meio de outdoors, jornais, movimentos externos e internos com camisas, pins, vídeos, redes sociais, sites, adesivos de carros, intervenções nas ruas.

Adail Carneiro apresenta projeto regulamentando a profissão de corretor de moda

unnamed (3)

O deputado federal Adail Carneiro (PHS) apresentou um projeto de lei regulamentando a profissão de corretor de moda. Apresentado no segundo mês de mandato do parlamentar, o projeto de nº 664/2015 será relatado pela deputada Erika Kokay (PT-DF), que já apresentou um parecer favorável à matéria na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara.

Segundo o deputado Adail Carneiro, estima-se que em Fortaleza 77% das vendas realizadas no comércio atacadista local contem com a ação de um profissional de moda. “Fortaleza é um polo de confecção. Precisamos regulamentar e evidenciar a importância que o corretor de moda tem hoje para alavancarmos este setor que é gerador intensivo de mão de obra e de dividendos econômicos para o País”, destacou para o Blog o parlamentar.

Para a relatora do projeto, a regulamentação “é necessária em função da expansão e importância que o setor têxtil representa.” Outro dado apresentado no projeto de Adail é que o setor de confecções brasileiro é um importante empregador de mão de obra feminina. Estima-se que 75% dos quase 2 milhões de empregados do setor são mulheres.

Dona da marca “Água de Cocó” dará palestra para jovens empresários de Fortaleza

galeria_y2mpc2600__02 

A Associação dos Jovens Empresários de Fortaleza (AJE Fortaleza) promoverá, nesta quarta-feira, mais uma edição do programa “Almoço Empresarial”. Os jovens empresários receberão, a partir das 12 horas, a empresária Liana Thomaz, no Restaurante Cantinho do Faustino.

Na ocasião, a também estilista falará sobre seus maiores desafios e compartilhará algumas de suas experiências profissionais a frente da marca de moda praia Água de Coco.

Liana Thomaz é uma das empreendedoras mais bem sucedidas do país. Em 1985, criou a Água de Coco com apenas uma máquina, uma costureira, muita determinação e um objetivo bem definido: lançar moda praia com qualidade indiscutível. Hoje, a conceituada grife beachwear tem espaço garantido no cenário mundial da moda.

 

Gisele Bündchen – A brasileira de maior credibilidade em campanhas publicitárias

114 1

gisele

Gisele Bündchen é a personalidade brasileira com maior credibilidade para recomendar um produto em uma campanha publicitária. É o que revela uma pesquisa inédita feita pelo Ibope com 6 000 entrevistados entre 16 e 69 anos.

No sistema de pontuação criado pelo instituto, a modelo recém-aposentada das passarelas alcançou a nota 84,33, seguida de Neymar (82,45) e Silvio Santos (82,35).”

(Coluna Radar, da Veja Online)

35ª Feira da Moda de Fortaleza vai entrar na passarela

20110927175503904176i

Tudo pronto para o 35º Festival da Moda de Fortaleza (FMF 2015). Vai acontecer a partir das 8 horas da próxima segunda-feira, no Maraponga Mart Moda. O evento, que se estenderá até o dia 18, traz como tema nesta edição “A Moda Nasceu para Todos”.

Segundo Manuel e Mana Holanda, organizadores, o objetivo é procura mostrar a pluralidade de interesses e a adequação da moda aos diferentes estilos e tipos de pessoas.

Nos desfiles, são aguardadas as presenças de artistas globais.