Blog do Eliomar

Categorias para Novelas

Morre Beatriz Segall, a eterna Odete Hoitmann

A atriz Beatriz Segall morreu nesta quarta-feira, aos 92 anos, informou a assessoria do hospital Albert Einstein, em São Paulo. Beatriz tinha recebido alta no dia 21 de agosto, porém retornou ao hospital com problemas respiratórios, informou o assessor de imprensa da atriz. O velório começa às 19h, no Albert Einstein, e vai até meio-dia de quinta-feira, quando o corpo de Beatriz será cremado.

A atriz estava afastada da televisão havia alguns anos, mas pode ser vista na pele de sua mais famosa personagem na TV e uma das mais memoráveis vilãs da dramaturgia brasileira, Odete Roitman, na reprise da novela Vale Tudo (1987), que o canal pago Viva exibe diariamente. Manipuladora e arrogante, a personagem acumulou inimigos ao longo da trama e foi assassinada nos últimos capítulos do folhetim da Globo, provocando um dos maiores mistérios da história das novelas – todos queriam saber quem havia matado Odete Roitman.

(Veja)

Morre ator cearense de “O Outro Lado do Paraíso”

O ator cearense Eduardo Carneiro (destaque) morreu nesta sexta-feira, 9. Ele estava atuando em “O Outro Lado do Paraíso”, da TV Globo. A emissora confirmou o falecimento do intérprete de um dos garimpeiros da trama de Walcyr Carrasco.

A emissora não revelou a causa da morte. Eduardo Carneiro, conhecido no meio artístico como “Dudu”, nasceu em Fortaleza, e morava no Rio de Janeiro há 20 anos. Além de “O Outro Lado do Paraíso”, o artista fez “Cidade dos Homens”.

O ator Juliano Cazarré, que contracenava com Eduardo, postou uma homenagem ao colega no Instagram.

“Segunda-feira, postei essa foto com os amigos atores com quem gravo as cenas do garimpo. Hoje recebo a notícia que Eduardo Carneiro [Dudu- de chapéu] faleceu. Cearense, Dudu veio para o Rio batalhar pelo sonho de ser artista e viver da arte. Conseguiu. Era um guerreiro. Sempre com uma conversa boa, sempre gentil. Essa vida é mesmo um sopro. E a gente perde tanto tempo e energia reclamando e sofrendo por besteiras. Eu faço tanto isso, reclamo de barriga cheia e fico infeliz mesmo tendo apenas motivos para agradecer. Dudu, essa é minha singela homenagem a você. Brasileiro, artista, amigo. Voa, Ceará! Vai fazer teatro com os anjos. A gente se vê”, escreveu.

(O POVO Online)

Morre a atriz e produtora Ana Maria Nascimento e Silva

Vítima de câncer de mama, morreu nessa quinta-feira, no Rio, a atriz, produtora e apresentadora Ana Maria Nascimento e Silva (65). O velório acontecerá neste sábado (2), no Memorial do Carmo, Zona Norte do Rio. A informação é do Portal G1.

Dentre as novelas que Ana Maria Nascimento e Silva fez, estão “O Salvador da Pátria” (1989), “Quatro por Quatro” (1994) e “Zazá” (1997). Na TV, ela também participou de “Araponga” (1990) e “Engraçadinha… Seus amores e seus pecados” (1995). A última novela foi “Jamais te esquecerei” (2003), do SBT.

Formada em história da arte, ela também atuou no cinema. Um de seus primeiros trabalhos foi “Paraíso no inferno” (1977), de Joel Barcellos. Esteve ainda em “O bem dotado – O homem de Itu” (1978), de José Miziara, com Nuno Leal Maia no papel principal, “Os trombadinhas” (1979), de Anselmo Duarte, e “Asa Branca – Um sonho brasileiro” (1980), dirigido por Djalma Limongi Batista e estrelado por Edson Celulari no papel de um jogador de futebol promissor.

Na década de 1980, fez “A mulher sensual” (1981), de Antônio Calmon, e “Ao sul do meu corpo” (1982), com direção de Paulo César Saraceni, com quem se casou (1932-2012) e de quem era viúva. Ana Maria Nascimento deixa dois filhos e duas netas.

Morre atriz e humorista Márcia Cabrita

356 2

Morreu, nesta sexta-feira, a atriz e humorista Márcia Cabrita, que ficou conhecida nacionalmente por sua participação como empregada no seriado Sai de Baixo, da Rede Globo. Vítima de câncer no ovário, estava internada há 10 dias no Hospital Quinta D’or.

Recentemente, Márcia Cabrita participou da novela Novo Mundo – era Narcisa, mulher de José Bonifácio (Felipe Camargo), mas acabou se afastando das gravações. Ela foi diagnosticada com câncer em 2010.

(Divulgação)

Atriz Karla Karenina falará sobre empreendedorismo na arte para a CDL Jovem

A Câmara de Dirigentes Lojistas – Ala Jovem receberá nesta terça-feira (24), para encontro-almoço, a partir das 12 horas, a atriz cearense Karla Karenina, que fez o papel da empregada doméstica Dita na novela “A Força do Querer”.

Karla falará sobre o tema “Empreendedorismo na Arte”, ocasião em que repassará sua experiência na área.

Bom lembrar: ela ficou conhecida no humor com o papel de Meirinha.

(Foto – Paulo MOska)

Ator Caio Castro e um bom descanso em Jericoacoara

Da Coluna de Sônia Pinheiro, no O POVO desta segunda-feira:

…E a convite da jornalista Patrícia Calderón (Grupo Cidade de Comunicação), o guapo ator Caio Castro aproveitou folguinha na agenda para saison de relax no Ceará.

E, hóspede da Pousada Rancho do Peixe, na Praia do Preá, pertinho de Jericoacoara, o artista fez aulas de kitesurf e velejou, mergulhando fundo no esporte.

Ladeado por três friends, ele se disse fascinado com tantas belezas naturais.

Paolla Oliveira, a Jeiza de “A Força do Querer” da entrevista exclusiva

A novela “A Força do Querer”  vai chegar ao fim nesta sexta-feira. Em entrevista exclusiva ao blog “Fala, Isa!”, Paolla Oliveira, intérprete de Jeiza, falou sobre sua personagem na trama de Gloria Perez.

Na novela, a atriz interpreta a major Jeiza, policial que trabalha no Batalhão de Ações com Cães (BAC) e sonha em se tornar lutadora profissional de MMA.

*Confira a íntegra da entrevista exclusiva aqui.

(Foto – TV Globo)

“A Força do Querer” turbina audiência da Globo

Bibi Perigosa

Da transformação de uma dona de casa em “rainha” do tráfico ao processo de transexualização de um homem nascido em corpo feminino, A Força do Querer ganhou o público ao escancarar dilemas humanos de forma íntima. Fenômeno de público e crítica como não era visto desde Avenida Brasil (2012), a trama das nove pautou discussões das mesas de bar à linha do tempo do Facebook. O Vida&Arte ouviu especialistas e artistas para analisar o bom desempenho da produção que chega ao fim na próxima sexta-feira, 20.

“A novela precisa tocar as pessoas através da compaixão, que é o ato de se colocar no lugar do outro. Isso a Glória Perez fez lindamente”, avalia a atriz Maria Clara Spinelli, que dá vida à personagem Mira. Ela usa como exemplo o caso do personagem Ivan (Carol Duarte). “A questão da transexualidade foi tratada de uma maneira clara e bonita. Ivan é querido por todo o público”, aponta a atriz, que é transexual. Para Maria, que na trama é melhor amiga de Irene (Débora Falabella), a autora acertou não separando os personagens de forma maniqueista. “Assim reflete muito mais a humanidade do que os mocinhos e vilões clássicos”, pondera.

Para o pesquisador de TV Julio Cesar Fernandes, mestre em Comunicação e professor de jornalismo e transmídia da Faculdade Cásper Líbero (SP), A Força do Querer compreende a atual dinâmica do telespectador. “Acredito que a TV esteja passando por uma fase que não é mais da idealização, o público não idealiza mais ser um personagem ou morar no bairro da novela. O público quer identificação”, teoriza, apontando que a obra dirigida por Rogério Gomes acertou ao acentuar os “defeitos” dos personagens.

O ator cearense Silvero Pereira, que vive Elis Miranda/Nonato na trama, aponta que essa identificação era compartilhada, inclusive, entre o elenco. “Dentro da equipe, a gente sempre comentava como essa novela também nos contagiava, mesmo estando dentro do processo e vendo os bastidores”, aponta o fundador do Coletivo As Travestidas. “Sempre conversamos sobre as personagens como telespectadores vidrados e apaixonados por telenovela. Isso sem dúvida foi o que mais curti fazer parte, pois éramos um coletivo dentro e fora das câmeras”, celebra.

*Confira no O POVO aqui.

Veia humorística de Karenina explode na personagem Dita na novela A Força do Querer

Os momentos engraçados entre a patroa Silvana, personagem da atriz Lilia Cabral, na novela A Força do Querer, da Globo, e a empregada doméstica Dita, personagem da atriz e comediante Karla Karenina, têm atraído um público que até então não se mostrava fã de novelas.

Acostumada aos palcos de humor, desde quando se apresentava em Fortaleza, nos anos 1980, e depois na personagem Meirinha, na Escolinha do Professor Raimundo, nos anos 1990, Karenina esbanja todo o seu talento nas cenas mais longas.

A cumplicidade de Dita com Silvana agora rende boas gargalhadas e chama cada vez mais a atenção da crítica nacional. “Ela (Karla Karenina) está batendo um bolão”, aponta o site UOL.

(Foto: Divulgação)

Atriz Karla Karenina vira sucesso com personagem “Dita”

A atriz cearense Karla Karenina é só alegria. Sua personagem, Dita, em “Força do Querer”, a nova novela global das nove, é sucesso. Por onde circula, tem recebido cumprimentos pelo desempenho. Nesta madrugada de segunda-feira, ela seguiu para o Rio, onde retoma gravações, sendo reconhecida por fãs.

Karla adora a personagem Dita e diz que virou um grande oportunidade de exercitar também seu lado de humorista (ela apareceu com Meirinha). Não conta muito da trama que trava no núcleo que conta com Lia Cabral, no papel de SIlvana, viciada em jogo, mas diz que virão muitas, muitas emoções.

(Foto – Paulo  MOska)

Conselho Regional de Contabilidade divulga nota repudiando cena da novela “Sol Nascente”

unnamed-25

Uma nota do Conselho Regional de Contabilidade do ceará (CRCCE) repudia a Rede Globo por ofensas à categoria. Isso foi motivado por uma cena da novela Sol Nascente, das 18 horas, da emissora, onde personagens teriam ofendido contadores. Confira a nota assinada pela presidente da entidade, Clara Germana Rocha.

Nota de Repúdio

O Conselho Regional de Contabilidade do Ceará vem a público manifestar o seu repúdio à afirmação veiculada na novela Sol Nascente da Rede Globo de televisão, em capítulo exibido no dia 3 de fevereiro, em que o personagem interpretado pelo ator Francisco Cuoco afirma que “…contador é tudo trambiqueiro”.

Alinha-se, desta forma, ao Ofício nº127/2017 CFC-Direx, datado de 6 de fevereiro, enviado ao diretor do Departamento de Dramaturgia da TV Globo, Silvio de Abreu, em que afirma ser “muito perigoso que um veículo de comunicação de massa, como a Rede Globo, entre nas casas das pessoas e reproduza, por meio de seus programas, generalizações equivocadas que atingem a conduta e a dignidade de centenas de milhares de profissionais”.

E, finalmente, solidariza-se aos 13 mil profissionais da contabilidade no estado do Ceará que foram menosprezados e desrespeitados em sua honra.

Fortaleza, 07 de fevereiro de 2017

*Clara Germana Rocha

Presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Ceará.

VAMOS NÓS – Recentemente, um personagem da novelinha Malhação, da Globo, gerou polêmica ao chamar o povo cearense de feio.

Dois atores cearenses estarão na nova novela das 21 horas da Globo

karlla

Karla entre atores e em ritmo de gravações.

Além do ator Silvero Pereira, escalado para fazer uma travesti na próxima novela das nove da Globo, tem mais cearense na trama de Gloria Perez, cujo nome será “A Força do querer”: a triz Karla Karenina, a conhecida Meirinha.

Karla divulgou em seu Facebook a informação, adiantando que, nos próximos nove meses, estará gravando.

Ela conta que vai integrar no núcleo que conta os atores Lília Cabral e Humberto Martins.

“Velho Chico” terá desfecho de alguns personagens em Canoa Quebrada

peruca

“Estamos indo para Alagoas e para o Ceará gravar os desfechos de alguns personagens. Teremos Encarnação (Selma Egrei) nas margens do rio São Francisco, em Piranhas (AL), e Afrânio (Antonio Fagundes) nas dunas de Canoa Quebrada (CE)”, informa ao O Globo o diretor artístico da novela Velho Chico, Luiz Fernando Carvalho.

Ele adianta que serão gravadas cenas mais dramáticas. “Voltamos para escancarar ainda mais a janela da brasilidade que abrimos, para agradecer às águas do São Francisco e, deste modo, lutar ainda mais pela sua sobrevivência”, explica.

A novela “Velho Chico” está chegando ao fim como um projeto que começou bem em sua primeira fase, mas derrapou na audiência em sua segunda fase. A crítica apontou a falta de núcleos no folhetim e uma história a passos lentos em seu desfecho.

 

Preocupada com Babilônia, Rede Globo convida evangélicos para visitar o Projac

babilonia-2

Os parlamentares da Frente Evangélica que foram visitados, nesta semana, por um representante da Globo também receberam um convite para visitar o Projac, o centro de produções da Globo, no Rio.

É mais um passo da estratégia da emissora para estancar as críticas à novela Babilônia nas redes sociais.

Se a visita ocorrer, será a segunda vez que um grupo de pastores estará na Globo. Em 2012, o Bispo Robson Rodovalho da Sara Nossa Terra levou evangélicos para um tour pelo Projac.

(Coluna Radar, da Veja Online)

Novela “Dez Mandamentos” deixa Record em segundo na audiência

“A novela Dez Mandamentos fez a Record ultrapassar o SBT no mês de abril em dois tipos de análises de audiência: no horário de 7h até 0h e durante 24 horas. Segundo o Ibope na Grande São Paulo, a emissora de Edir Macedo alcançou a média de 5,4 pontos de audiência contra 5,3 do canal de Silvio Santos durante o dia todo.

Entre 7h e 0h, a diferença é bastante superior. A Record teve média de 6,9 pontos (a maior audiência dos últimos seis meses) contra 6,4 pontos do SBT.

A Globo manteve a liderança, mas caiu nos dois rankings. Com Babilônia em crise, a emissora caiu da média de 11,8 pontos no mês passado para 11,3 pontos durante as 24 horas de programação. Entre 7h e 0h, a Globo caiu de 14,5 pontos para 13,8.”

(Veja Online)

Babilônia – Audiência continua em queda

babilonia-2

“Continua a agonia da Globo com a audiência de Babilônia. Em sua primeira semana, a audiência foi de 28 pontos, na Grande São Paulo, de acordo com o Ibope. Na segunda semana, caiu para 25 pontos e, na terceira, para 23 pontos.

Com algumas mudanças, afinal a Globo não briga com o público e fará tudo para conquistar o telespectador arredio, a novela começa hoje sua quarta semana.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

DETALHE – A Globo usou, nesse domingo, o Programa do Faustão para tentar alavancar a novela. Faustão homenageou, no quadro “Arquivo Confidencial”, a jovem atriz Sofhie Charlotte, em vídeos que valorizaram o que a Babilônia não vem fazendo, segundo críticos: a família.

Morre ator Cláudio Marzo

alx_claudio-marzo-02-ale_original (1)

“O ator Cláudio Marzo faleceu às 5h39min deste domingo, na Clínica São Vicente, na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro. O ator estava internado desde o dia 4 de março e foi vítima de um enfisema pulmonar. Segundo a assessoria de imprensa da clínica, o corpo do ator será cremado, respeitando um pedido feito por Marzo a seus filhos. Ainda não há informações sobre o velório e a cerimônia de cremação.

No ano passado, Cláudio Marzo já havia sido internado diversas vezes na Clínica São Vicente. Seu último trabalho na televisão foi em 2008 na série “Guerra e Paz”, da Rede Globo. Em 2007, ele interpretou Ramalho Jr. na minissérie “Amazônia, de Galvez a Chico Mendes”. No mesmo ano, ele trabalhou na novela “Desejo Proibido”.

O ator também integrou o elenco de novelas como Irmãos Coragem (1970), Plumas & Paetês (1980) e Pantanal (1990). Marzo foi casado com a atriz Betty Faria, com quem tem uma filha, Alexandra. Ele também foi casado com a atriz Denise Dumont, com quem teve um filho Diogo. O ator ainda é pai de Bento, fruto de seu casamento com a atriz Xuxa Lopes.”

(Com Estadão Conteúdo)

E aí, vai assistir ao último capítulo do comendador?

625_315_1406605764JoséAlfredo_AlexCarvalho

Alexandre Nero, o comendador.

O último capítulo da novela “império”, que vai ao ar depois das 21 horas, na Globo, está atraindo suja atenção? Por aqui não anda essas coisas todas. O texto andou se perdendo em alguns momentos, segundo a crítica e aquele remoçar da Cora, até hoje, ninguém engole.

Mas, de qualquer forma, a Globo vai faturar em audiência. E, com certeza, os bares e restaurantes que deixarem um televisor ligado também lucrarão.

O brasileiro adora uma novela. Ou dramalhões como esse envolvendo a Petrobras.

(Foto – Alex Carvalho)

Telespectador da novela global “Em Família” aprova casal gay. Mas com limites

geie

Da Coluna Radar, da Veja Online:

A mais recente pesquisa qualitativa que a Globo fez para tentar entender o que o telespectador está achando de Em Família revelou que as mulheres são favoráveis que o casal Clara (Giovanna Antonelli) e Marina (Tainá Müller) fique junto no final da novela.

* Mas sem beijo ou carinhos explícitos.

Com beijo gay, Amor à Vida chega ao fim com surpresas e revelações

Na noite dessa sexta-feira (31) foi ao ar o último capítulo da novela Amor à Vida, do horário nobre da Rede Globo. O desfecho da trama, feito em um longo capítulo de mais de duas horas, trouxe surpresas, revelações e o tão esperado beijo gay prometido ao público que acompanhou o folhetim.

Pilar (Suzana Vieira) revelou ter sido ela a culpada pelo acidente de carro que matou a mãe de Aline (Vanessa Giácomo) e deixou Mariah (Lúcia Veríssimo) paraplégica. Ao visitar Aline, César (Antônio Fagundes) soube que o motivo das atitudes da ex-esposa foram movidas pelo sentimento de vingança por causa do acidente. Na visita, Aline conta toda a verdade e humilha o ex-esposo que sofre um AVC e é levado às pressas para o hospital.

Paloma (Paola de Oliveira) casou-se com Bruno (Malvino Salvador) e deu a luz a um menino, batizado como Bernardo. O romance entre Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso) foi o ponto alto do desfecho da novela. A TV Globo, pela primeira vez, exibiu um beijo gay em uma novela. O final feliz entre Félix a Niko foi se desenhando nas últimas semanas quando o ex-vilão se aproximou do cozinheiro e o ajudou a recuperar o bebê levado por Amarilys (Danielle Winits). A rendenção de Félix é finalmente reconhecida quando passa a cuidar do pai doente e solitário.

Walcyr Carrasco, experiente novelista no horário das 18h da Globo, experimentou pela primeira vez a faixa das 21h. Em Amor à Vida, o autor abordou assuntos como homossexualidade, sequestro de bebês, barriga solidária, autismo, aids, preconceito racial e um conflito entre judeus e palestinos.

Audiência

A crise que reina a teledramaturgia da Globo em termos de audiência parece ter dado uma trégua na faixa das 21h com a primeira novela de Walcyr Carrasco no horário. Amor à Vida alcançou média geral de 35 pontos, um a mais do que sua antecessora Salve Jorge.

Pode parecer pouco, mas a trama de Glória Perez, que sucedeu o grande sucesso de João Emanuel Carneiro, Avenida Brasil, diminuiu em 5 pontos a audiência da faixa que era de 39. Conseguir manter, e até melhorar os números com relação ao trabalho da experiente novelista Glória Perez, é um resultado satisfatório. O último capítulo de Amor à Vida rendeu 44 pontos de média, com pico de 48. O melhor resultado foi na última segunda-feira (27), quando a novela marcou 48 de média.

(O POVO Online)