Blog do Eliomar

Categorias para Paz

Papa lembra fim da Primeira Guerra Mundial e pede que mundo invista em paz

O papa Francisco afirmou hoje (11) que a lembrança da Primeira Guerra Mundial deve ser “para sempre” uma “severa chamada” para “investir na paz”, enquanto em Paris é lembrado o centenário do armistício que colocou fim ao conflito.

“A página histórica do primeiro conflito mundial é para sempre uma severa chamada a rejeitar a cultura da guerra e a buscar todos os meios legítimos para pôr fim a todos os conflitos que ainda atingem muitas regiões do mundo”, disse após o Ângelus. “Parece que não aprendemos.”

O pontífice pronunciou estas palavras enquanto em Paris aproximadamente 70 chefes de Estado e de Governo lembram sob o Arco do Triunfo o centenário do armistício entre as potências aliadas e a Alemanha que pôs fim à Primeira Guerra Mundial em 1918.

O papa lembrou essa guerra e a qualificou como “um massacre inútil”, parafraseando seu predecessor Bento XV, cujo pontificado coincidiu com tal conflito.

“Digamos com força: Invistam na paz, não na guerra!”, exclamou Francisco desde a janela do Palácio Apostólico diante dos fiéis que escutavam na Praça de São Pedro, depois de realizar orações pelas vítimas “daquela enorme tragédia”.

(Agência Brasil com Agência EFE)

Cultura de paz é construída com política pública e combate à desigualdade social, diz Salmito

“Não existe uma política pública de segurança no Brasil. A política pública não é ação governamental, e sim uma construção com debate e participação da sociedade civil, estabelecendo um relatório e projeto com metas, objetivos, com legislação, avaliação, e recurso financeiro. Esse conjunto é uma política pública. Portanto, só teremos uma cultura de paz quando diminuirmos a desigualdade social e fazermos uma política pública nacional, construída com a sociedade civil brasileira, com metas a curto, médio e longo prazo”.

A declaração é do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), nesta terça-feira (13), ao anunciar a criação de uma Frente Parlamentar Mista com a participação da Câmara Municipal de Fortaleza, Assembleia Legislativa do Estado, Universidades, Movimentos da Juventude e representantes da sociedade civil.

“Não vamos resolver isso (criminalidade) com polícia. O papel da polícia ela está fazendo. Nas chacinas, a polícia cumpriu seu papel, investigou e prendeu, inclusive com agilidade e competência de forma exemplar. Portanto parabéns ao governador, à Polícia Militar, à Polícia Civil e ao secretário de Segurança”, ressaltou.

“O corpo do problema é uma herança histórica que o poder público tem com a população. Temos que ter escolas em tempo integral, equipamentos para a juventude, onde os jovens possam ter a oportunidade de fazer um curso profissionalizante, de conseguir um emprego e ganhar bem. E isso já está sendo trabalhado pela gestão do prefeito, Roberto Cláudio, seja com as Areninhas, com os Cuca’s, as escolas, entre outras iniciativas”, completou o presidente do Legislativo de Fortaleza, que também é sociólogo.

(Foto: Reprodução)

Encontro busca estratégia de pacificação das torcidas organizadas no Ceará

futebol torcidas org

A Coordenadoria de Juventude do Gabinete do Governador realiza nesta quinta-feira (12), a partir das 13 horas, no auditório da Secretaria de Esporte do Ceará (Sesporte), na Arena Castelão, o I Encontro Estadual de Torcidas Organizadas. O evento conta com ainda com a participação da Federação Cearense de Futebol (FCF), da Secretaria de Esporte de Fortaleza e da Coordenadoria de Juventude de Fortaleza.

O encontro busca uma estratégia de pacificação das relações entre as torcidas organizadas, durante o Campeonato Cearense de Futebol de 2017, que tem início no sábado (14).

Durante o evento, será apresentado o Plano Estadual de Pacificação e Regulamentação das Torcidas Organizadas no Estado.

Vamos fazer de 2017 um ano de paz, pede novo secretário-geral da ONU

“Vamos fazer de 2017 um ano de paz”. Foi com este apelo que o português António Guterres assumiu neste domingo (1º) o cargo de secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), posto até então ocupado pelo sul-coreano Ban Ki-moon.

Em mensagem gravada em português, Guterres lembrou das milhares de vítimas de conflitos, referindo-se a elas como populações civis em vários pontos do globo que são destroçadas sob a mais letal violência.

“Mulheres, crianças e homens são mortos ou feridos, vendo-os forçados a abandonar os seus lares, tudo perdendo. Até mesmo hospitais e comboios humanitários são atingidos sem consideração”, disse o novo secretário-geral.

(Agência Brasil)

Papa pede às forças de segurança que promovam a reconciliação e a paz

foto papa francisco

O papa Francisco apelou neste sábado (30) às forças militares e de segurança para que ajudem a construir uma sociedade baseada “na verdade e na justiça” e as encorajou a “ser elementos de reconciliação e semeadores de paz”.

“As forças da ordem, militares e polícias, têm por missão garantir um ambiente seguro para que cada cidadão possa viver em um ambiente de paz e segurança”, disse o pontífice na audiência jubilar, no Vaticano, dedicada às forças da ordem.

Por essa razão, acrescentou, as forças de segurança não têm só por missão ajudar a solucionar conflitos, mas também contribuir para a “construção da uma ordem baseada na verdade, na justiça, no amor e na liberdade”.

Participaram da audiência centenas de representantes das Forças Armadas e de segurança de vários países, como a Argentina, Bolívia, Colômbia, o Equador, a Espanha, Guatemala, o Peru, México e a República Dominicana.

(Agência Brasil)