Blog do Eliomar

Categorias para Política

Eleições 2016 – PT de Luizianne Lins quer audiência com Camilo

Elmano1

Da Coluna Vertical, do O POVO desta sexta-feira:

O presidente do PT de Fortaleza, deputado estadual Elmano de Freitas, solicitou audiência ao governador Camilo Santana (PT) para tratar da sucessão municipal.

O objetivo de Elmano é ser recebido pelo governador ainda na próxima semana, já que o processo sucessório na Capital entrou em afunilamento de pré-candidaturas. Elmano quer levar a deputada federal Luizianne Lins, apontada pela maioria dos petistas como pré-candidata.

Camilo, como se sabe, é simpático à reeleição de Roberto Cláudio, numa contrapartida ao apoio que recebeu dele na disputa governamental.

Agora, é saber se a audiência será marcada ou se entrará na lista daquelas ainda não prioritárias. Por enquanto.

Temer já supera Itamar na queda de ministros

“A Lava Jato transformou o governo interino de Michel Temer em candidato ao Livro dos Recordes. A operação que eletrifica a oligarquia política e empresarial já derrubou três ministros da gestão Temer, empossada há escassos 35 dias: Romero Jucá (Planejamento), Fabiano Silveira (Transparência) e agora Henrique Alves(Turismo). Isso corresponde a uma média de um escalpo ministerial a cada 11,6 dias. Coisa jamais vista no país.

O governo atual superou a administração de Itamar Franco, que assumiu o Planalto em 1992, nas pegadas do impeachment de Fernando Collor, em condições análogas às de Temer. No caso de Itamar, a alta rotatividade ministerial afetou a sensível área econômica. O substituto constitucional de Collor teve três ministros da Fazenda antes de acertar o passo com a transferência do então chanceler Fernando Henrique Cardoso para o comando da Economia.

(Com Agências)

Governo fala em racionamento, mas chama medida de “racionalização”

foto francisco teixeira ministro

“A crise hídrica pela qual passa o Ceará — com cinco anos seguidos de seca — já faz o Governo do Estado pensar em data para um eventual racionamento de água de Fortaleza. De acordo com Francisco Teixeira, secretário dos Recursos Hídricos (SRH), é previsto para agosto um processo de economia de 20% de água na Capital.

“Nós entramos, no mais tardar em agosto, num processo de racionalização do uso da água para obtermos uma economia de, no mínimo, 20% da água demandada e ofertada para Fortaleza”, afirmou Teixeira em entrevista à TV Verdes Mares ontem.

Questionada pelo O POVO a respeito da fala do secretário sobre o tema, a assessoria de comunicação da SRH afirmou que a racionalização citada por Teixeira é um “aprofundamento nas medidas de economia de água”. Porém, essas medidas não necessariamente significavam racionamento, informou a pasta, sem especificar que outras ações seriam essas.
A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) deve entregar até o próximo dia 30 um plano de racionamento para a Capital, para ser aplicado se a medida eventualmente acontecer. Este plano define as diretrizes que devem ser aprovadas pela Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle de Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (ACFor).

Mesmo com o secretário falando em “racionalização do uso da água”, já em agosto, a assessoria de comunicação SRH ressaltou que somente após a entrega e aprovação do plano elaborado pela Cagece será possível falar em data para eventual aplicação da medida.

Cenário preocupante

Maior açude do Estado e principal fonte abastecedora da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), o açude Castanhão está com apenas 8,82% da capacidade. Como a próxima quadra chuvosa — período com maior volume de precipitações — só começa em fevereiro de 2017, a expectativa é que esse número caia ainda mais no segundo semestre de 2016. Há exatamente um ano, o volume do Castanhão era de 20,01%.

Em boletim divulgado pela Cagece no último mês de abril, a redução do consumo de água não havia atingido os 10% de economia de água estipulados pela Companhia. No acumulado dos quatro primeiros meses do ano, a economia observada com a tarifa de contingência foi de apenas um quarto do esperado para o período.”

(O POVO)

R$ 94 milhões – Prefeitura paga nesta sexta-feira a primeira parcela do 13º

foto dinheiro tecla

A Prefeitura de Fortaleza paga nesta sexta-feira (17) o adiantamento da primeira parcela do 13º salário, correspondente a 40% dos vencimentos, sem desconto. Segundo a Secretaria Municipal de Planejamento Orçamento e Gestão (Sepog), mais de R$ 94 milhões serão injetados na economia da cidade.

Segundo ainda a Sepog, outros R$ 470 milhões movimentarão a economia em Fortaleza, diante do pagamento da folha de maio, que ocorrerá a partir de 1º de junho.

Janot denuncia deputado Aníbal Gomes ao STF por corrupção e lavagem de dinheiro

anibal-gomes-sefot-secom

O procurador-geral da República (PGR) Rodrigo Janot pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF), nessa quinta-feira (16), o arquivamento de uma investigação sobre o presidente do Senado Renan Calheiros. Segundo a PGR, o arquivamento foi pedido por falta de provas contra o senador.

No mesmo inquérito, da Operação Lava Jato, Janot denunciou ao STF o deputado federal Aníbal Gomes (PMDB-CE) pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. “Segundo a denúncia, constatou-se a atuação do deputado Federal Aníbal Gomes com promessa de pagamento indevido no valor de R$ 800 mil ao então diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, para permitir e facilitar a celebração de acordo entre a Petrobras e empresas de praticagem atuantes na Zona de Portuária 16”, diz a nota publicada pela PGR.

Além de Gomes, foi denunciado também Luís Carlos Batista Sá. Segundo a PGR ele é acusado de receber “a vantagem indevida destinada a Aníbal Gomes e atuar como figura central para a lavagem de dinheiro proveniente do acordo celebrado em decorrência dos atos de corrupção, em benefício próprio e do parlamentar”, diz o texto.

No texto a PGR diz ainda que Janot pediu também a decretação da perda da função pública do deputado e que o inquérito seja desmembrado para que as condutas de outras pessoas envolvidas, que não têm foro, sejam analisadas na 13ª Vara Federal de Curitiba.

(Agência Brasil)

26º Cine Ceará é marcado por protestos contra o governo de Michel Temer

hnrir

O 26º Cine Ceará – o Festival Ibero-Americano de Cinema, foi aberto, na noite desta quinta-feira (16), no Cineteatro São Luiz (Centro de Fortaleza). O reitor da Universidade Federal do Ceará,  Henry Campos, comandou a solenidade de abertura do evento que, neste ano, reúne 957 produções que serão exibidas até a próxima quarta-feira (22).

O ato de abertura do Cine Ceará, no entanto, foi marcado por protestos do público contra o governo em exercício do presidente Michel Temer (PMDB).

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=KzysZ0fPcrA[/youtube]

O secretário da Cultura do Ceará, Fabiano dos Santos, em sua fala, não poupou e expôs cartaz com a frase “Fora Temer”.

secult

O público, que lotou, principalmente, as cadeiras da área inferior do cineateatro, vibrou. Em seguida, houve homenagem à embaixadora do México, país que é o destaque do festival deste ano. Mas o principal momento foi o discurso do ator Chico Diaz. Ao receber o Troféu Eusélio Oliveira como homenageado, ele falou do cenário político do País e disse estar com saudades da presidente Dilma Rousseff e pediu que a devolvessem ao poder.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=tGsxykY2llk[/youtube]

O Cine Ceará prossegue nesta sexa-feira como evento que não só falou de cinema, mas expôs o protesto de artistas, cineastas e populares com o cenário político onde o discurso do golpe acabou sendo o script principal na tela quente de abertura do festival.

prot

DETALHE – O governador Camilo Santana (PT) e o prefeito Roberto Cláudio não compareceram ao evento. Camilo foi representado pelo titular da Secult e RC pelo vereador Elpídio Nogueira (PDT).

DETALHE 2– Do lado de fora do cineteatro, na Praça do Ferreira, foi montado um telão que, no entanto, mostrava o DVD do cantor Waldick Soriano, gravado no Theatro José de Alencar. O público era de moradores de rua que transformaram o local em dormitório.

(Fotos e vídeos – Paulo MOska)

MP quer Seduc adotando técnicas da mediação para convencer alunos a desocuparem escolas

“O Ministério Público do Estado, por intermédio da 16ª Promotoria de Justiça de Defesa da Educação, enviou ofício ao secretário estadual de Educação, Idilvan Alencar, sugerindo que sejam utilizadas as técnicas de mediação para propiciar, por meio do Protagonismo Juvenil da SEDUC, o diálogo entre o núcleo gestor e os alunos secundaristas que atualmente ocupam escolas estaduais. O objetivo é promover a convivência pacifica e o respeito entre ambos.

O coordenador do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude (CAOPIJ), Hugo Medonça, e a promotora de Justiça Elizabeth Maria Almeida de Oliveira, titular da 16ª Promotoria de Justiça de Defesa da Educação, estiveram visitando as escolas ocupadas. Ficou constatada a necessidade de garantir o funcionamento das atividades desempenhadas pela secretaria escolar e a possibilidade de convivência pacífica entre gestão escolar e alunos ocupantes.

A promotora lembra a existência e atuação do Protagonismo Juvenil da Coordenadoria de Desenvolvimento da Escola e da Aprendizagem (CODEA), da Secretaria Estadual de Educação (SEDUC), como meio para a resolução de conflitos. E sugere no ofício o uso desse caminho para a solução pacífica. No ofício, o MPCE requer uma resposta dentro do prazo de 10 dias, informando quais medidas serão tomadas para viabilizar a presente sugestão.”

(Site do MP-CE)

Operação Lava Jato – Baiano visitou Cerveró 64 vezes em três anos

Fernando-Baiano

“O lobista Fernando Baiano visitou Nestor Cerveró na Petrobras em 64 oportunidades entre 2005 e 2008. Muitas dessas visitas não duraram mais que uma hora, mas outras registraram entradas e saídas durante todo o dia.

Em 4 de outubro de 2005, Baiano registrou sua entrada às 13h24 e, entre idas e vindas, foi embora apenas às 20h41. Baiano alternava suas visitas como representante da Iberbrás e da Expacion Exterior.

De acordo com o Ministério Público Federal, o ex-diretor da estatal tinha no lobista um operador financeiro para viabilizar o pagamento de propina. Cerveró inclusive, admitiu que ambos receberam cerca de US$300 mil cada pela venda da Transener.

O ex-diretor da Petrobras foi condenado a 12 anos e 3 meses de prisão por corrupção e lavagem e dinheiro, enquanto Baiano foi condenado 16 anos e um mês de prisão, sob as mesmas acusações.”

(Veja Online)

STF nega pedidos de habeas corpus para barrar impeachment de Dilma Rousseff

dilma

“O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) negou hoje (16) recursos de cidadãos que levaram à Corte dois habeas corpus em favor da presidenta afastada Dilma Rousseff. Uma das ações pedia que fosse anulada a decisão da Câmara dos Deputados de dar seguimento ao processo de impeachment. Já a outra, pedia o trancamento do processo no Senado Federal.

No mês passado, o relator dos dois processos, ministro Teori Zavascki, negou seguimento aos pedidos. O ministro entendeu que não cabia o uso de habeas corpus para tratar do tema do impeachment.

“Certamente é impróprio, para esse escopo, o presente habeas corpus, cuja finalidade constitucional é a da proteção do indivíduo contra qualquer ato limitativo ao direito de locomoção (CF, art. 5º, LXVIII)”, disse Teori nas decisões tomadas em maio.

Na sessão desta quinta, o ministro relator voltou a negar seguimento às ações. “Eu neguei seguimento seguindo orientação do Tribunal em caso semelhante, Tribunal pleno, que diz que para trancar processo de impeachment não cabe habeas corpus. Estou negando provimento”, disse o relator no julgamento de uma das ações.

Nas duas ações, o ministro Marco Aurélio abriu divergência por entender que o habeas corpus não pode ser negado por decisão monocrática do relator, mas foi voto vencido. Os demais ministros acompanharam o voto de Teori.”

(Agência Brasil)

“Minha Casa, Minha Vida” – Prefeitura inscreve para sorteio de unidades até terça-feira

211 1

04 de dezembro de 2015. A Prefeitura de Fortaleza realiza o primeiro sorteio de unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida, na Camara Municipal de Fortaleza. Na foto o prefeito Roberto Claudio

O prefeito RC comandou o primeiro sorteio foi no dia 4 de dezembro de 2015.

Vem aí o segundo sorteio do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), da Prefeitura de Fortaleza. Está marcado para as 10 horas do próximo dia 27, na Câmara Municipal. Para participar, os interessados devem se inscrever em qualquer uma das sete secretarias regionais até o a próxima terça-feira (21). A Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor) também orienta que as famílias que passaram por alterações de renda, de número de pessoas ou que não registraram membros com doenças crônicas também devem atualizar os cadastros até esta data.

Ao todo, serão 5.760 novas unidades habitacionais, distribuídas nos residenciais Cidade Jardim (José Walter) e Alameda das Palmeiras (Ancuri). Destas, 4.892 vão para o sorteio entre os inscritos e as demais serão sorteadas entre servidores municipais que atendem aos critérios do programa, conforme acordo feito pela Mesa Central durante as negociações do reajuste geral, em fevereiro desse ano.

Para participar, é preciso ter renda familiar de até R$ 1,8 mil. O sistema de sorteio é capaz de priorizar certos aspectos que aumentam as chances de ser sorteado. São eles:

– Morar em área de risco ou insalubre;
– Famílias com mulheres responsáveis pela unidade familiar;
– Famílias que tenham uma pessoa com deficiência (ver edital completo);
– Famílias beneficiárias do Programa de Locação Social;
– Famílias numerosas que dividem um quarto para no mínimo três pessoas ou que dividem a unidade familiar com mais de uma família e ainda aquelas famílias cujo domicílio é formado por um único cômodo;
– Famílias com membros com doenças crônicas como esclerose múltipla, câncer, Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (Aids), etc (ver edital completo).

Locais de inscrição: todas as secretarias regionais.

Documentação necessária
– Carteira de identidade – RG;

– CPF;

– Número de Inscrição Social – NIS

– Título de eleitor;

– Carteira de trabalho (mesmo se não estiver assinada);

– Último contra-cheque (caso tenha renda comprovada);

– Comprovante de endereço atual (do mês);

– Nome do posto de saúde em que é atendido;

– Telefone para contato.

Presidente da SBPC apregoa em Fortaleza luta contra fusão do MCT e Comunicações

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=YoGbVtVk3es[/youtube]

A presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Helena Nader, participará de debate na sede da ADUFC/Sindicato (Campus do Benfica), a partir das 18 horas desta quinta-feira. Ela vem falar sobre o Marco Legal da Ciência e Tecnologia e, principalmente, difundir a luta contra a fusão do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação com a pasta das Comunicações, como propõe o governo Temer.

O Marco Legal é o nome dado à lei 13.243/2016, sancionada pela presidente Dilma Rousseff em janeiro deste ano. A lei prevê isenção e redução de impostos para importação de insumos nas empresas do setor de pesquisa. Além disso, o Marco amplia o tempo máximo que professores das universidades públicas em regime de dedicação exclusiva para poder exercer atividades de maneira remunerada fora da universidade.

Helena Nader vem fazendo essa pregação em todo o País, alertando que essa fusão em nada ajudaria à pesquisa e a comunidade científica.

Mnistro do Turismo pede demissão. Mais um a dar adeus ao governo Temer

Henrique-Alves-Foto-Beto-Oliveira-Agência-Câmara

O ministro Henrique Eduardo Alves acaba de pedir demissão. A informação foi divulgada pela Globo News.

Alves (PMDB-RN), repudiou o envolvimento de seu nome da delação do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. “Repudio com veemência a irresponsabilidade e leviandade das declarações desse senhor”, disse, através de sua conta no Twitter.

Renan Calheiros – Declaração de Janot é criminosa e atesta autoria de vazamento

“O argumento usado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) a retirada do sigilo da delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado constitui uma declaração “criminosa”, disse hoje (16) o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Em seu pedido, Janot escreveu querer evitar “uma crise institucional” no país, após o vazamento de trechos da delação. Para Renan, o procurador-geral “assume a paternidade do vazamento”.

Renan Calheiros disse que irá conversar com o diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello, para colocar o Senado à disposição das investigações sobre o vazamento de seu pedido de prisão. Em entrevista de mais de meia hora, no Salão Azul, Renan criticou duramente os atos praticados por Janot, que, para ele, teriam o objeto de “expor e enfraquecer a instituição”.

Após ter dito ontem (15), em plenário, que tomaria uma decisão até a semana que vem, Renan especificou que o fará na próxima quarta-feira, com o anúncio de sua posição sobre o mais recente pedido de impeachment protocolado no Senado contra Janot.

Ele disse estar com a consciência “absolutamente tranquila” a respeito de sua condição para analisar o pedido, mesmo tendo sido alvo do pedido de prisão feito pela Procuradoria-Geral da União (PGR), mas acrescentou que irá se declarar impedido de dar um parecer, caso tenha sido citado na solicitação de impeachment.

O pedido de impeachment contra Janot apresentado na terça-feira à noite, por duas advogadas ligadas a entidades que defendem o impeachment de Dilma, traz como um dos argumentos os pedidos de prisão de Renan, do senador Romero Jucá (PMDB-RR) e do ex-presidente da República José Sarney, feitos pelo Ministério Público.

Consciência

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse ainda que as alegações, “mais do que mentirosas, totalmente criminosas”, feitas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, em sua delação premiada, não vão prejudicar o andamento das propostas apresentadas pelo governo interino no Senado.

“Há uma consciência no Congresso Nacional e no Senado Federal de que precisamos criar condições para o presidente Michel Temer governar. Não há nenhuma coisa posta ao Michel Temer. O que está posto ao Brasil neste momento é o Michel Temer, então é em torno deste governo provisório, provisório sim, que temos que criar uma agenda, ajudar na estabilização da economia”, disse Renan.

O presidente do Senado disse que irá se reunir com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, na próxima semana, na residência oficial, para discutir o andamento das quatro matérias apresentadas pelo governo interino à Casa, entre elas o Projeto de Emenda Constitucional (PEC) que impõe um limite aos gastos públicos anuais.

Renan voltou afirmar que a denúncia de que teria recebido R$ 32 milhões em propinas de Machado é “mentirosa do começo ao fim, não apresenta uma prova sequer”.

(Agência Brasil)

Roberto Gurgel: Ameaça de impeachment de Janot é um “arreganho” de Renan Calheiros

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=nQnVQf0GYgs[/youtube]

O ex-procurador-geral a República, Roberto Gurgel, disse, nesta quinta-feira, em Fortaleza, não se surpreender com a reação do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB/AL), que ameaça acatar pedido de impeachment do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. O titular da PGR comanda a investigação em trono da Operação Lava Jato.

Para Gurgel, essa ameaça de Renan não passa de um “arreganho”, lembrando que o peemedebista é um dos investigados na Operação Lava Jato. Disse conhecer bem Renan que, quando ameaçado, age “retaliando e reagindo com a maior ferocidade”. Complementou: “Eu o conheço bem.”

Sobre as denúncias do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, que, em sua delação premiada, entregou políticos de vários partidos por receberem propina de empresas a serviço da estatal que comandava, Roberto Gurgel observou: A investigação não pode ser interminável. Ela tem que apurar, mas pondo um fim até que ela possa ter consequências”.

Roberto Gurgel reiterou não temer impeachment do procurador-geral da República e, sobre delação premiada, advertiu: não pode ser abusivamente utilizada.

O Eduardo Cunha era para estar preso? Indagou-se a Gurgel, que reagiu: “Olha, nessa altura já se prendeu tanta gente que, talvez, houvesse motivo pra que ele estivesse”. Roberto Gurgel está em Fortaleza para compromisso social.

Cunha tem cinco dias para apresentar recurso no processo da cassação

“Começa a contar amanhã (17) o prazo de cinco dias úteis para que a defesa do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), apresente recurso à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) para tentar reverter o resultado de terça-feira (14) no Conselho de Ética, quando o parecer pela cassação de seu mandato foi aprovado por 11 votos a nove.

Um ofício assinado pelo presidente do conselho, José Carlos Araújo (PR-BA) foi publicado na edição de hoje (16) do Diário Oficial da Câmara dos Deputados dando início à contagem do prazo que deve ser totalmente usado pelos advogados de Cunha.

Depois da apresentação do recurso, a CCJ tem mais cinco dias para decidir se acata ou não os argumentos apresentados pelo peemedebista que já havia encaminhado outros dois recursos para a mesma comissão pedindo a nulidade do processo que tramitou por oito meses. Um dos recursos pede o impedimento de José Carlos Araújo no comando do conselho, outro alega que Cunha sofreu cerceamento do direito de defesa.

Como a representação ainda estava sendo analisada pelo conselho, a CCJ não se pronunciou. O relator destes recursos era Elmar Nascimento (DEM-BA) que ontem (15) decidiu deixar a função depois de já ter declarado desconforto com a relatoria por ser do mesmo partido de Marcos Rogério (DEM-RO), autor do parecer que defendeu a cassação de Cunha no Conselho de Ética. Ainda não há outro nome para assumir essa relatoria.”

(Agências Brasil)

 

PDT fará seminário para pré-candidatos. Carlos Lupi não participa

andrefigueiredo

O PDT realizará, a partir das 14h30min desta quinta-feira, no Hotel Praia Centro, o seminário Eleições 2016. O evento será comandado pelo ex-governador Cid Gomes e pelo presidente regional do partido, o deputado federal André Figueiredo.

O objetivo é reunir todos os pré-candidatos a vereador e a prefeito num seminário que apresentará e debaterá mudanças na legislação eleitoral.

Sem Lupi

André Figueiredo, que chegou de Brasília nas últimas horas, informou que o presidente nacional pedetista, Carlos Lupi, por problemas na agenda, não comparecerá ao seminário.

Ameaçado de cassação, Eduardo Cunha deixará barato para Temer?

204 1

Com o título “Existe saída?”, eis artigo do jornalista Plínio Bortolotti, que pode ser conferido no O POVO desta quinta-feira. Ele analisa o baque de Cunha e seus efeitos para o governo Temer. Confira:

Logo após a Comissão de Ética ter aprovado o parecer pela cassação de Eduardo Cunha, presidente afastado da Câmara dos Deputados, escrevi no Twitter: “O que será que Temer estará pensando agora?”.

Talvez um sentimento ambíguo tome conta do presidente em exercício. Cunha era o pau pra toda obra de Michel Temer: “As tarefas difíceis eu entrego à fé de Cunha”. Mas o amigo tornou-se inconveniente, e será preciso afastá-lo.

A operação começou pela Comissão de Ética. E Cunha deve ter-se perguntado o que concorreu para a sua desgraça. Pouco antes da votação ele dizia ter certeza de que seria absolvido. Se aconteceu o contrário, é porque alguém deixou de entregar o que havia lhe prometido. Seria o amigo a quem ele serviu com tanto zelo?

Cunha não é do tipo que deixa as coisas por isso mesmo: a presidente afastada Dilma Rousseff sentiu o peso de sua mão, assim que ele se viu abandonado pelo PT na Comissão de Ética. Quem garante que agora não usará sua artilharia para vingar-se dos amigos que o deixaram na intempérie?

Houvesse escrito este artigo para a edição de ontem, esta seria a principal preocupação do presidente em exercício, mas seus problemas aumentaram, com a divulgação da delação premiada de Sérgio Machado, tornada pública por ordem do ministro Teori Zavascki, do STF.

Segundo Machado, Michel Temer acertou com ele repasse de R$ 1,5 milhão para a campanha de Gabriel Chalita (então no PMDB) à prefeitura de São Paulo. Assim, a Lava Jato, que já atingira o seu entorno, chega diretamente ao presidente.

Ressalte-se que, na “colaboração premiada”, Machado cita como agraciados com recursos ilegais políticos dos principais partidos em atividade: PMDB, PT, PP, DEM, PSDB e PCdoB. Lembre-se ainda que Dilma também já fora citada na delação da Odebrecht, como tendo pedido pessoalmente doação de R$ 12 milhões à empresa.

Olhando-se o panorama, a pergunta: existe saída com o atual modelo político e com os políticos à disposição?

*Plínio Bortolotti

plinio@opovo.com.br
Jornalista do O POVO.