Blog do Eliomar

Categorias para Política

O que o Brasil ganha com o Brics mesmo? Plínio Bortolotti fala sobre o assunto

231 2

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=XmYTJSNyDco[/youtube]

O jornalista PlínioBortolotti fez uma avaliação da VI Reunião de Cúpula do Brics, realizando desde segunda-feira em Fortaleza, no Centro de Eventos, e que, nesta tarde de quarta-feira, está chegando ao fim em Brasília.

Plínio vê avanços importantes para a geopolítica mundial.

Cid vai a Sobral entregar três novas unidades de atendimento do Detran

219 1

cid gomess

O governador Cid Gomes (Pros) vai inaugurar três novas unidades de atendimento do Detran em Sobral (Zona Norte). A solenidade ocorrerá às 19 horas de sexta-feira, na nova sede da Regional do órgão, onde também foram instaladas a área de exame de prática de direção e a Escola de Educação para o Trânsito, em terreno de oito hectares, onde funcionou o Kartódromo (Avenida John Sanford, 2595, bairro Cidade José Euclides). O investimento foi de R$ 4 milhões

A nova sede regional, que leva o nome do empresário João Alberto Adeodato, atenderá aos usuários de 26 municípios que lhe são vinculados. Oferecerá todos os serviços do Detran como primeiro emplacamento, vistoria, transferência de veículos, além da emissão diária de CNH e segunda via de documento de veículos e de CNH.

Na Escola de Trânsito, que fará homenagem a Professora Maria Norma Maia Soares, que morreu neste mês (esposa do deputado Professor Teodoro Soares), os futuros condutores da Região Norte (alunos de escolas públicas e privadas), em visita guiada, terão a oportunidade de aprender desde cedo a respeitar a legislação de trânsito, com informações básicas de monitores, que os acompanharão no minicarro, numa pista com sinalização horizontal e semáforos.

 

A manutenção do “Cidismo” sem Cid Gomes

214 3

Com o título “Nova Modernidade – Conservadora no Ceará – Cidismo sem Cid Gomes”, eis artigo do sociólogo e consultor político Luiz Cláudio Ferreira Barbosa. Ele analisa a perspectiva dos neocidistas no Estado. Confira:

O governador Cid Gomes (PROS) deseja fazer uma renovação nas lideranças políticas do Ceará, apesar de adotar o conservadorismo da manutenção do poder, e por outro lado quer a renovação dos quadros administrativos dos principais cargos (Governador e Prefeitos), usando nestes casos o discurso da modernidade. Cid Gomes no último pleito eleitoral de Fortaleza e Sobral, foi o responsável pelo surgimento de dois novos prefeitos, que são os expoentes da modernidade – conservadora na gestão pública: o prefeito reeleito de Sobral, José Clodoveu de Arruda (PT), e o prefeito eleito de Fortaleza, o médico Roberto Cláudio (PROS).

Os irmãos Gomes (Ciro – Cid) já são considerados os políticos, com maior longevidade no poder da política cearense, com quase três décadas de participação no centro político da administração do Governo do Ceará: Tasso Jereissati (1987 – 1991); Ciro Gomes (1991 -1994); Tasso Jereissati (1995 – 2002); Lúcio Alcântara (2003 – 2006) e Cid Gomes (2007 – 2014).

O ex-ministro Ciro Gomes (PROS) optou pela coabitação política- administrativa, com o ex-senador Tasso Jereissati (PSDB), para a manutenção do poder central, sem perspectiva de surgimento de uma terceira força, sem anuência dos dois. A única liderança permitida para dar um sopro de renovação na estratégia tática do condomínio político-administrativo de Tasso – Ciro, foi o ex-prefeito de Sobral e atual do chefe do executivo do Governo estadual, o engenheiro Cid Gomes, que foi eleito em 2006, com intuito de manutenção do poder central, mas havia um discurso de modernidade administrativa.

O governador Cid Gomes (PROS) desfez o acordo de coabitação política, com o grupo do ex-senador Tasso Jereissati (PSDB), bem no início do seu primeiro governo, pois cedeu um espaço reduzido ao Partido da Social Democracia Brasileira, com somente duas secretárias estaduais: Turismo e Justiça e Cidadania. Cid Gomes rompeu com o grupo político tassista na montagem de sua chapa majoritária para a sua reeleição no pleito eleitoral de 2010.

O modelo de coabitação política-administrativo de Ciro Gomes e Tasso Jereissati, foi substituído por uma nova modernidade-conservadora no campo político-administrativo do governador Cid Gomes (PROS), no seu segundo mandato. A criação de lideranças instantâneas para os cargos eletivos, em detrimento das lideranças tradicionais, com peso na política local, o caso mais bem sucedido, foi a eleição do atual prefeito de Fortaleza. Cid Gomes (PROS) procura fazer do deputado estadual Camilo Santana (PT) e da ex-secretária estadual, a pedagoga Izolda Cela (PROS), a sua chapa majoritária, que não teve compartilhamento ou consulta, com nenhuma outra força política aliada, pois o processo foi gestado no núcleo do poder do Palácio da Abolição. Cid Gomes deseja fazer a renovação consentida no seu grupo político: Cidismo sem Cid Gomes.

* Luiz Cláudio Ferreira Barbosa,

Sociólogo e consultor político.

Michel Temer vai reassumir nesta 4ª feira a presidência nacional do PMDB

temer

Michel Temer reassumirá nesta quarta-feira à tarde, após mais de três anos de licença, a presidência do PMDB. Ele vai se licenciado logo após tomar posse como vice-presidente da República.

De acordo com a imprensa sulista, Temer quer controlar com rédea curta o partido nestes três meses que faltam até a eleição de outubro. A ordem é segurar qualquer ação de dissidentes. Valdir Raupp volta a ser vice do partido.

Mensalão Mineiro – Senador renuncia ao mandaato

“O senador Clésio Andrade (PMDB-MG), réu no processo conhecido como mensalão tucano, renunciou nesta terça-feira (15/7) ao seu mandato. Segundo o parlamentar, problemas de saúde teriam motivado a saída. Com isso, a ação, que corre no Supremo Tribunal Federal, pode passar a tramitar na primeira instância. Andrade segue o ex-deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB-MG), que renunciou ao seu cargo em fevereiro. O tucano também era acusado por envolvimento no esquema. Um mês depois, o STF enviou o processo para a primeira instância da Justiça de Minas Gerais.

Os ex-parlamentares são acusados de fazer parte de um esquema de desvio de recursos públicos e financiamento irregular da campanha à reeleição para governador de Minas Gerais do próprio Azeredo, em 1998. O tucano acabou perdendo o pleito.

A suspeita é que o dinheiro teria saído de estatais mineiras para agência SMPB, do empresário Marcos Valério, “sob a justificativa formal de patrocínio a três eventos esportivos”. Valério já foi condenado por envolvimento no mensalão do PT. Segundo a Procuradoria-Geral da República, R$ 3,5 milhões — R$ 9,3 milhões em valores atuais — teriam sido desviados.

O mensalão mineiro ocorreu em 1998, mas a acusação só foi apresentada pelo procurador-geral da República ao STF em 2007. Em 2009, o Supremo aceitou a denúncia. Diferentemente do caso petista, o processo tucano foi desmembrado e apenas as ações contra Azeredo e Andrade permaneceram no STF.”

(Consultor Jurídico)

Praça Portugal – Prefeito quer implodir o equipamento em setembro

robetoclaudio
Até o fim deste mês, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros), anunciará três novos binários. Ele dá a informação embalado pelos bons resultados obtidos com o binário Santos Dumont/Dom Luís. RC também promete: a implosão da Praça Portugal deve ocorrer em setembro próximo.
Por falar em gestão municipal, o prefeito informa que sexta-feira estará inaugurando a nova sede da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social, Trabalho e Combate à Fome (Avenida Osório de Paiva, nº 2), órgão que, por sinal, ainda deve uma boa política para moradores de rua.

Votação da LDO só depois do recesso

“A votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) pela Comissão Mista de Orçamento só irá ocorrer após o recesso parlamentar branco do mês de julho. A matéria só voltará a ser discutida no mês de agosto. O presidente da comissão, deputado Devanir Ribeiro (PT-SP), disse que o relatório preliminar da LDO deverá ser colocado em votação no dia 5 de agosto.

Com a decisão de adiar a votação da LDO, não haverá oficialmente o recesso parlamentar de julho, que só pode ocorrer após a aprovação da lei. Mesmo assim, não deverá haver sessões deliberativas da Câmara neste mês de julho, uma vez que a previsão das lideranças partidárias é que dificilmente se conseguiria quórum neste período para a realização de sessões deliberativas.

O adiamento da votação da LDO atende principalmente aos partidos da oposição, que querem ver o funcionamento da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras neste mês. O líder do DEM, deputado Mendonça Filho (PE), disse que o adiamento da votação da LDO é também um jeito de não deixar a CPMI da Petrobras esfriar.”

(Agência Brasil)

Ferruccio apresenta impacto da Copa em Fortaleza

167 1

2012 ferruccio

O secretário Especial da Copa 2014 no Ceará, Ferruccio Feitosa, apresenta alguns dos impactos da Copa do Mundo da FIFA no Ceará para os superintendentes da Caixa Econômica Federal da região Nordeste. O encontro acontece nesta quarta-feira (16), no auditório da agência CEF, na Avenida Santos Dumont, 2772.

O convite para palestra foi motivado pelo exemplo de sucesso na gestão da campanha de escolha de Fortaleza como cidade-sede, da obra da primeira Arena a ficar pronta para o torneio mundial, antes mesmo da data prevista e também pelo sucesso da operação do evento na Capital. Além disso, Ferruccio Feitosa vai mostrar as vantagens de sediar uma Copa do Mundo como o impulso econômico, visibilidade turística, geração de emprego e renda e desenvolvimento social.

O encontro que acontece uma vez ao ano será comandado pelo superintendente Nacional da Caixa Econômica para o Nordeste, Odilon Pires Soares, e deve reunir cerca de 15 superintendentes para traçar metas e planos para o segundo semestre de 2014.

CAE busca acordo para encerrar guerra fiscal entre Estados

Em busca de acordo com os Estados para estabelecer mecanismos que acabem com a guerra fiscal, a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) adiou, nesta terça-feira (15), a votação de novo substitutivo a projeto sobre o tema. O texto foi apresentado nessa segunda-feira (14) pelo relator, senador Luiz Henrique (PMDB-SC).

O presidente da CAE, senador Lindbergh Farias (PT-RJ), admitiu a possibilidade de uma reunião extraordinária da comissão, ainda nesta semana, se houver acordo com os representantes dos estados.

O texto de Luiz Henrique tem objetivo de afastar o risco de inconstitucionalidade da proposta original (PLS 130/2014 – Complementar), da senadora Lúcia Vânia (PSDB-GO), que previa a convalidação dos incentivos concedidos sem a unanimidade do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

A fórmula encontrada pelo relator transfere a decisão para os Estados e reduz o quórum para deliberação do Confaz, hoje dependente da unanimidade dos 27 secretários estaduais de Fazenda. O convênio para a convalidação, de acordo com o texto, pode ser assinado com votos favoráveis de dois terços das unidades federadas e um representante do Sul, outro do Sudeste e um do Centro-Oeste, mais dois do Norte e três do Nordeste.

No substitutivo anterior, apresentado em 20 de maio, a exigência era de três quintos das unidades federadas e um terço dos estados integrantes de cada região.

Tanto no texto atual, como no anterior, a redução vale apenas para a convalidação de incentivos fiscais, a remissão (perdão) dos créditos tributários decorrentes da “guerra” entre os Estados e a eventual reinstituição dos benefícios.

Conforme o substitutivo de Luiz Henrique, a concessão de remissão pelo estado de origem da mercadoria afasta as sanções previstas na Lei Complementar 24/1975. Entre elas, a ineficácia do crédito fiscal atribuído ao estabelecimento recebedor do produto.

(Agência Senado)

Cearense Jovita Feitosa poderá entrar no Livro dos Heróis da Pátria

484 1

foto jovita feitosa

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) aprovou, nesta terça-feira (15), o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 122/2013, que insere o nome de Antonia Alves Feitosa, conhecida como Jovita Alves Feitosa, no Livro dos Heróis da Pátria, mantido no Panteão da Liberdade e da Democracia, em Brasília.

A homenagem foi viabilizada pela deputada Sandra Rosado (PSB-RN) e se justifica pelo fato de Jovita ter sido voluntária nas tropas brasileiras durante a Guerra do Paraguai.

Jovita teve de se disfarçar de homem para se alistar e, ainda que sua identidade tenha sido descoberta, insistiu em ir para o campo de batalha como combatente, e não como auxiliar de enfermagem. No entanto, o então ministro da Guerra, Visconde de Cairu, acabou impedindo sua ida à frente de combate.

Ao comentar o PLC 122/2013, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) disse ter ficado feliz com a inclusão do nome de Jovita no Livro dos Heróis da Pátria. Já a senadora Ana Amélia (PP-RS) destacou homenagem similar já feita à memória de Anna Nery, enfermeira que atuou na Guerra do Paraguai, e de Anita Garibaldi, heroína da Guerra dos Farrapos.

O nome do escritor Machado de Assis também deverá entrar para o Livro dos Heróis da Pátria. Segundo justificou o autor do projeto, o deputado federal Carlos Bezerra (PMDB-MT), “inquestionavelmente, o nome de Joaquim Maria Machado de Assis é referência ímpar na história da cultura brasileira, considerado por muitos críticos literários a maior expressão das letras nacionais”.

(Agência Senado)

Eliane Novais quer fortalecimento da segurança hídrica no Estado

eleições 2014 psb 0715 cagece

Um a cada quatro funcionários da Cagece é servidor de carreira. A observação é da candidata do PSB ao Governo do Ceará, Eliane Novais, nesta terça-feira (15), durante panfletagem na sede do órgão, no bairro Vila União. Para a candidata, que já ocupou a diretoria da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), o Estado precisa rever suas prioridades, pois, nos últimos anos, “pouco investiu no fortalecimento da segurança hídrica e na ampliação da cobertura de esgoto”.

Segundo a candidata, que esteve acompanhada do engenheiro da Cagece, Sérgio Novais, e do coordenador geral licenciado do sindicato dos Trabalhadores da Água, Esgoto e Meio Ambiente do Ceará (Sindiágua), Jadson Sarto, esse último candidato à Câmara Federal, a Cagece precisa de concurso público com urgência.

“A qualificação dos servidores deve ser permanente, somente assim prestaremos um bom serviço à população. Precisamos de concurso interno e externo para a empresa”, comentou a candidata do PSB.

Prefeito Roberto Cláudio comemora sucesso do binário Santos Dumont/Dom Luís

rccc

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, deu entrevista, nesta manhã de terça-feira, para o programa Paulo Oliveira, da Rádio Verdes Mares. Em tom de balanço, ele falou sobre as mudanças no trânsito da Capital e se disse satisfeito pelos resultados positivos registrados com a implantação do binário Santos Dumont/Dom Luís.

Segundo disse, serviu para desafogar o fluxo de trânsito na área e se tornou uma medida a ser adotada também em outros pontos da cidade.

Roberto Cláudio não quis falar de eleições, mas, nos bastidores, avaliou que a candidatura de Camilo Santana (PT) para o Governo é uma “opção de renovação”.  O prefeito tem acompanhado a agenda do postulante quando de idas ao Interior.

(Foto – Divulgação)

Prefeito, tire as vassouras do armário!

256 4

Com o título “Fortaleza limpa”, eis artigo da professora e jornalista Adísia Sá. Ela cobra uma cidade menos suja. Ou seja, que o prefeito Roberto Cláudio volte ao banho de limpeza que deu na cidade logo no começo de sua gestão. Confira: 

No começo da administração Roberto Cláudio, Fortaleza tomou um banho de fazer inveja a qualquer outra cidade. Infelizmente, a situação está mudando gradativamente, isto é, a sujeira vem ganhando terreno, inclusive no Centro. Digo isto porque dou expediente na Associação Cearense de Imprensa (Rua Floriano Peixoto), pelo menos duas vezes por semana e percebo o lixo se acumulando nas esquinas, nas portas de lojas e edifícios. Quando realizamos na ACI algum evento à noite, a situação é muito mais grave e chocante: camburões e sacos de lixo – com insuportável fedentina – tomam conta das calçadas.

Os caminhões de limpeza não são mais vistos, pelo contrário, parece que tomaram “chá de sumiço”. Eu me pergunto: quem saiu e quem entrou no setor, mudando o cenário, até então limpo e cuidado?

O desleixo não se restringe ao centro da Cidade, nos bairros o quadro é o mesmo, falo, pelo menos, quanto ao meu bairro, Papicu, outrora limpo que fazia gosto e agora o quadro mudou: lixo acumulado, inclusive nas pracinhas, como a Francisco Matos, em frente ao meu prédio. E tem mais: os “cupistas” também diminuíram em número, hoje não tem nem mais a metade de antes, eu, inclusive, abandonei a caminhada e fico observando, da janela, os poucos que restaram. O reitor da Universidade Federal do Ceará, professor Jesualdo Farias, que frequentava o local, tomou chá de sumiço, procurando outros ares, fugindo do abandono da pracinha.

Eu bem que gostaria de ouvir “cupistas” de outros locais, para saber se são conservados ou jogados ao léu, como a “Francisco Matos.”

Houve um período em que foi criado o clube da “Francisco Matos”, com algumas pessoas atentas à pracinha, pressionando, inclusive, o chamado “sub-prefeito” da área. Por falar em “sub-prefeito”, eu também gostaria de saber se essa figura ainda existe, para ir ao seu encontro e pedir “salve a Francisco Matos.” Seria oportuno um encontro com “cupistas” de outras pracinhas, para saber como são cuidadas e se há algum grupo responsável por sua conservação.

Infelizmente nós, cearenses, não somos dados a esse tipo de comportamento: vivemos mais para nossos dias, do que com os dos outros. Somente quando algo muito grave nos atinge coletivamente, corremos atrás de nossos direitos, inclusive, usando os espaços preciosos da Imprensa. Mas, todo tempo é tempo, quem sabe chegou a hora de tomarmos as rédeas de nosso cotidiano e coletivamente defendermos o que nosso ou que está sob nossa guarda, no momento.

* Adísia Sá

adisiasa@gmail.com
Jornalista do O POVO.

Senador Pimentel é contra saída de atletas adolescentes para outros países

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Ua8qKUIqS8s&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O senador José Pimentel (PT) afirma: está na hora de se repensar os rumos do futebol brasileiro, principalmente da saída de adolescentes para o Exterior. Apesar do fracasso da seleção brasileira na Copa, o senador cearense diz que o evento foi positivo para o Brasil, com relação aos investimentos públicos.

José Pimentel lembrou que a média de atraso nos voos durante a Copa foi de 8 minutos, enquanto na Europa a média é de 12 minutos.

Movimento Crítica Radical protesta contra Brics

Um grupo do Movimento Crítica Radical está realizando ato de protesto nas proximidades do Centro de Eventos, em Fortaleza. Com faixas e palavras de ordem, o protesto tem como alvo a VI Reunião de Cúpula do Brics.

“O fracasso do Brics é o fracasso do Capitalismo”, diz Rosa da Fonseca, ex-vereadora, que integra o grupo de manifestantes.

A reunião do Brics ocorre desde segunda-feira e, nesta terça-feira, conta com a presença dos dirigentes dos cinco países que integram essa organização, no caso Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

 

PT e o destino dos Ferreira Gomes

Da Coluna Política, no O POVO desta terça-feira (15), pelo jornalista Érico Firmo:

A revista Veja divulgou e diversos veículos de comunicação repercutem desde o fim de semana a possibilidade de Cid Gomes e seu grupo político deixarem o Pros e se filiarem, vejam só, ao PT. O movimento seria uma forma de a presidente Dilma Rousseff, caso reeleita, formar seu próprio grupo e ficar mais independente em relação ao ex-presidente Lula. A narrativa explora a recorrente ideia, nem sempre consistente, de crise na relação entra a presidente e o antecessor. Mas há outro enfoque que merece ser observado, a partir do núcleo cearense.

Em outros momentos, já se cogitou a filiação dos Ferreira Gomes ao PT. Ainda em 2008, Ivo Gomes disse que se sentiria muito bem no partido. Em 2011, a possibilidade foi especulada em uma das várias crises entre a família e o então presidente do PSB, Eduardo Campos. No ano passado, antes de optarem pelo Pros, a opção petista foi de novo cogitada. E nunca deu em nada. Mas há ingredientes novos.

Em menos de um ano, a relação entre o grupo cearense e a direção nacional do Pros já sofreu vários desgastes. Também pudera. Eles já entraram no partido discordando da principal – e praticamente única – bandeira, que é a redução de impostos. E desde o início sinalizaram intenção de mexer no programa, na estrutura. Não podia dar certo e não está dando. Houve divergências graves em relação a votações no Congresso Nacional e também quanto a intenção de dirigentes nacionais de apoiar Eunício Oliveira (PMDB). Então, é bastante provável que, pouco depois das próximas eleições, os Ferreira Gomes realmente mudem de partido.

A escolha do petista Camilo Santana como candidato à sucessão no Estado onde o Pros é mais forte no País foi sinalização de que o grupo não prioriza o fortalecimento da sigla. Ciro Gomes já tinha a clara meta de, em caso de sucesso eleitoral, se voltar para as articulações nacionais e na reformulação da legenda. Mas houve turbulências no meio do caminho. Fica a interrogação sobre quão longe estarão os irmãos dispostos a ir num partido sem expressão, complicado e bem menos promissor do que pareciam PSB e mesmo PPS. No caso de Ciro não ser bem-sucedido na mudança que pretende empreender, a porta da rua será a serventia da casa.

O destino, então, poderá ser o PT? A opção por Camilo pode ser indício de que sim, mas não o único. A própria escolha do candidato foi resultado da circunstância principal: a trajetória política de Cid se tornou indissociável, nos últimos oito anos, do projeto petista federal. Sobretudo ao embarcar numa legenda pouco mais que inexpressiva, quando ai mesmo que ficou dependente do aliado federal.

Porém, a entrada no PT não será sem resistência – que já começou, só diante das primeiras notas publicadas. Haverá oposição em vários grupos, inclusive nos mais ligados ao governador, que fatalmente perderão o controle da sigla. Por outro lado, independentemente das garantias que recebam na filiação, os Ferreira Gomes jamais controlarão o PT sem hegemonia junto à militância, o que nunca foi especialidade do grupo. A possibilidade é menos absurda do que parece, mas também não é nada simples.

Campanha eleitoral começa agora, diz Figueiredo

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=OL2XHBlEDFk&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O deputado federal André Figueiredo, candidato à reeleição pelo PDT, diz que o fim da Copa marca o verdadeiro início do período eleitoral no país. Figueiredo acredita que a presidente Dilma não sofrerá desgaste com o fracasso da seleção brasileira na competição. “Só se ela colocar o Felipão como coordenador de campanha”, brincou.