Blog do Eliomar

Categorias para Política

Prefeitura abre 300 vagas de acolhimento para usuários de crack, álcool e outras drogas

A Coordenadoria Municipal de Políticas sobre Drogas (CPDrogas), da Prefeitura de Fortaleza, abriu dois editais de seleção e credenciamento de entidades, de natureza privada e sem fins lucrativos, para o preenchimento de 300 vagas de acolhimento para usuário de álcool, crack e outras drogas, para o ano de 2013. Os editais visam ampliar e fortalecer a rede de serviços de acolhimento de pessoas com transtornos decorrentes do uso problemático, abuso ou dependência de álcool, crack e outras drogas. O chamamento público é dividido em: credenciamento, que prevê verificação da regularidade jurídica, fiscal e trabalhista e situação econômico-financeira da entidade; qualificação, que exige verificação da condição técnica da entidade; e contratação, por um período de doze meses.

Serão 200 vagas para Comunidades Terapêuticas destinadas para pessoas do sexo masculino, maiores de 18 anos. As outras 100 vagas serão destinadas para Unidades de Acolhimento Adulto: pessoas do sexo feminino, maiores de 18 anos; e Unidades de Acolhimento infanto-juvenil: crianças e adolescentes de 10 a 18 anos incompletos.

SERVIÇO

* As organizações não governamentais interessadas em participar da seleção deverão entregar a documentação necessária dentro de um envelope lacrado na Coordenadoria de Políticas sobre Drogas (CPDrogas), situada na Avenida Luciano Carneiro, 99 – Fátima, a partir da data de sua publicação (28 de junho) com prazo de 45 dias, das 8 horas às 17 horas.

* O resultado do processo seletivo será publicado no Diário Oficial do Município (DOM) e divulgado nos seguintes sítios eletrônicos www.fortaleza.ce.gov.br e/ou www.sms.fortaleza.ce.gov.br. As entidades selecionadas serão convocadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), para efetivarem a formalização do instrumento de contratação.

* Maiores Informações – 3452.7281.

(Com Site da Prefeitura)

Câmara derruba plebiscito para 2014. PT promete reagir

239 4

guimaraess

Os líderes dos partidos na Câmara dos Deputados decidiram, em sua maioria, nesta terça-feira (9), descartar a realização de um plebiscito para discutir uma reforma no sistema político brasileiro com efeitos para as eleições de 2014. O PT acabou isolado na defesa de um plebiscito imediato, como o Planalto sugeriu ao Congresso.

Os petistas decidiram que vão começar a recolher assinaturas para tentar viabilizar um projeto de decreto legislativo propondo a consulta popular, mas os próprios deputados da legenda reconhecem que há dificuldades para avançar com a proposta na Casa.

São necessárias 171 assinaturas para que a proposta comece a tramitar na Câmara, mas, além do prazo apertado, outra dificuldade é a falta de consenso sobre o conteúdo do plebiscito. O PT espera contar com o apoio das bancadas do PC do B e do PDT_ sendo que juntos os três partidos reúnem 138 parlamentares.

O líder do PT, José Guimarães (CE), afirmou que a prioridade é trabalhar para um plebiscito neste ano e que pode negociar a validade das medida em outra etapa.”

* Do Portal Uol aqui.

Ilário quer aliança PT/PSB e diz que críticas de Ciro ao governo são coisa de "intelectual"

238 4

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=dfia1P5yA7Y[/youtube]

O deputado federal Ilário Marques (PT) defende que a Reforma Polícia seja feita com apoio de um plebiscito para agora ou para o futuro. O tema demorou muito para ser enfrentado pelo Congresso, de acordo com o petista, e a sociedade exige mudanças no plano político.

Sobre sucessão estadual, Ilário Marques afirmou estar a favor da manutenção da aliança do PT com o PSB do governador Cid Gomes (PSB), que quer a reeleição de Dilma Rousseff.

Lembrado de que o ex-ministro Ciro Gomes (PSB) vive criticando o governo federal, Ilário amenizou. “O Ciro hoje está sem mandato, é um intelectual e tem o direito de fazer a crítica que quiser. Não fala pelo partido nem pelo governo, mas como cidadão”.

Cantor Netinho tem bens bloqueados

netino

“Os bens do vereador e secretário da Igualdade Racial da prefeitura de São Paulo, Netinho de Paula (PCdoB), estão indisponíveis desde o dia 2 de julho. O desembargador João Carlos Garcia acatou o pedido de liminar do promotor Marcelo Daneluzzi para arrestar R$ 330 mil de Netinho.

Garcia o acusa de obter reembolsos da Câmara de Vereadores apresentando notas fiscais de empresas fantasmas. Daneluzzi suspeita de que as despesas não existiram.”

(Revista Época)

Deputado clama por presença de secretário da Segurança na Assembleia Legislativa

hugoo

Com o titulo ‘Secretário de Segurança Pública na Assembleia Legislativa: O povo quer saber a verdade dos fatos”, eis nota que o deputado federal Fernando Hugo (PSDB) manda para o Blog. Ele continua cobrando a ida do titular da SSPDS àquela Casa. Confira:

Nunca quis ser, na minha vida profissional de médico e muito menos no desempenho parlamentar ao correr do sexto mandato consecutivo de deputado estadual, diferenciadamente superior a ninguém, sou criticado e em contrapartida respeitado porque sempre esmero a verdade como “Cláusula Petria” de meus posicionamentos. Agindo assim, tenho reiteradamente solicitado a presença do Secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará, Coronel Francisco Bezerra, no Plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará para, transparentemente, efetuar uma exposição aos deputados e à imprensa da real situação da Segurança Pública em nosso Estado.

Acredito que o esmerado Coronel Bezerra terá muito a mostrar relativamente aos investimentos fartos e fortes, feitos pelo Governo Cid Gomes (viaturas Hilux, armamentos modernos, equipamentos de ponta usados mundo a fora e milhares de novos policiais recentemente incorporados), porém é imprescindível que expresse conscientemente o pânico e estado temeroso que nossa sociedade vive por conta do diarismo da violência incontrolável (sequestros, latrocínios, assaltos, estupros e o tráfico).

Entendo que usando a verdade pura, cristalina e “iceberguiana” fria, o nosso Secretário sair-se-á com brilho cidadão deste “tête-à-tête” com a Casa do Povo e terá mensageado, pela grande média o que de bom foi feito e o que de mau se tem colhido.

* Fernando Hugo,

Deputado estadual do PSDB.

IBGE – Safra de grãos deve chegar a 185,7 milhões de toneladas neste ano

“A estimativa de junho da safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas prevê uma produção de 185,7 milhões de toneladas para este ano. Caso se confirme a previsão, a produção de 2013 será 14,7% maior do que a registrada em 2012 (161,9 milhões de toneladas). O dado é 0,1% menor do que o previsto em maio. Os dados foram divulgados hoje (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola. Segundo a estimativa de junho, haverá aumento nas três principais lavouras brasileiras: soja (23,8%), milho (9,7%) e arroz (3,1%).

Dezesseis dos 26 produtos analisados pelo IBGE deverão ter aumento na produção este ano. Além das três grandes lavouras, deverão aumentar a safra produtos como a cana-de-açúcar (10,3%), feijão em grão segunda safra (13,7%), feijão em grão terceira safra (3,3%) e trigo em grão (26,9%).

Entre os dez produtos que deverão ter queda na safra aparecem algodão herbáceo em caroço (-31,8%), café em grão arábica (-4,9%), café em grão canephora (-13,2%), cebola (-9,2%), feijão em grão primeira safra (-2,7%), laranja (-4,6%) e mandioca (-8,4%).”

(Agência Brasil)

Médico é para servir ao povo e não viver só aparecendo em colunas sociais

237 5

Com o título “A Espanha serve, seus médicos não”, eis artigo do sociólogo Geraldo Bandeira Accioly. Ele aborda a polêmica em torno da importação de médicos para atender às populações do Interior do País. Também lamenta que tantos profissionais da área prefiram viver aparecendo em colunas sociais. Confira:

Há uma boa discussão na sociedade brasileira sobre a importação de médicos, sobretudo um ranço com os cubanos. Credito esta postura ao anti-castrismo obtuso e também a notória ignorância sobre os excelentes índices alcançados na educação e saúde na terra de Guevara, embora a Ilha não seja um paraíso. Acompanhei na Prefeitura de Icapuí a vida e a prestação de serviços de saúde de vários médicos cubanos. Seria interessante que se fizesse uma pesquisa junto aos moradores para avaliar como foi a passagem dos cubanos por lá. Conversei muitas noites com os cubanos e também com os usuários. Uma deficiência que eles (cubanos) não entendiam era a falta de um serviço secundário eficiente de saúde. Os que foram contratados para Icapuí tinham especialidade no atendimento a prevenção, para o PSF(Programa de Saúde da Família). Quando viravam plantonistas do Hospital era um horror, pois tinham dificuldades em conviver com partos e facadas.

No Brasil criou-se um código: “médico que vai para o interior tem que fazer tudo”. É claro que isto é um absurdo. Os cubanos não fazem ou tem muita dificuldade em “fazer tudo”. Portanto, tem que haver uma rigorosa seleção para se definir com clareza os critérios de contratação e lotação. Na conversa com a população, na minha visão, existia aprovação. Moravam na cidade, não chegavam segunda-feira a tarde e não saiam quinta-feira a noite ou mais cedo, “matando” muitas vezes o atendimento da tarde. As consultas eram longas, atenciosas, perguntavam a sintomatologia, auscultavam, aferiam a pressão e alguns pacientes ficavam irritados quando não havia prescrição de medicamentos. Eles moravam lá. “Venha me ver na próxima semana,” diziam.

Mudando de nacionalidade. É comum nas colunas sociais ou em páginas “especializadas” no tema saúde a fotografia de médicos, esposas e filhos na frente de grandes hospitais na Europa e nos USA. Certo dia apareceu a foto da esposa segurando o diploma do marido afirmando que naquela universidade, o grande prêmio Nobel sicrano teria também se formado. Tem de tudo, até mesmo um doutor na frente do museu do Elvis Presley… No fundo todas essas manifestações são associações para demonstrar “saber, competência e status” capturados fora do Brasil, passando sempre a imagem: “tudo que vem de fora é melhor.” O nome da patologia é colonialismo, mais conhecida como complexo de vira-lata. Na prática, uma “política” de vaidade e “valorização” do curriculum.

Interessante que nunca aparece o doutor ou a doutora numa foto mostrando a melhoria de um índice de saúde numa singela foto em um posto de saúde no Bom Jardim atendendo um pobre, preto e desdentado. Por que ? Não sei, embora todos ultimamente tenham ido pras ruas defender o SUS. Estranhamente nas colunas sociais aparecem muitas fotos de ilustres jalecos cearenses nas universidades e hospitais espanhóis “autenticando” os conhecimentos lá recebidos. A pergunta é: se as universidades espanholas são competentes, porque seus médicos não servem? Por que não podem vir trabalhar no Brasil? Adiante com o debate. Gracias.

* Geraldo Bandeira Accioly,

Filósofo e Mestre em Sociologia
geraldoaccioly@yahoo.com.br 

Prefeito de Capistrano teme piora no quadro da seca

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=5pc1b0r2geM[/youtube]

O prefeito de Capistrano, Cláudio Saraiva, seguiu para Brasília, onde se engaja na Marcha dos Prefeito. Saraiva diz que a ordem é cobrar recursos federais e apoio para o combate à seca.

Em  Capistrano, o prefeito diz ter adotado providência como mandar cavar 10 poços profundos para amenizar a situação do abastecimento, mas ele não esconde: a partir de agora, efeitos da estiagem devem complicar.

MP ingressa com ação pedindo anulação de parecer técnico sobre projeto do Acquario

“O Ministério Público do Estado do Ceará ingressou com uma Ação Declaratória Incidental junto à 8a Vara da Fazenda Pública contra o Governo do Estado do Ceará e a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) para pedir a anulação do parecer técnico Nº 5339/2011 e do Termo de Referência Nº 3120/2011, referentes ao Relatório de Impacto Ambiental do projeto Acquário do Ceará. A ação é assinada pelo promotor de Justiça do Meio Ambiente e Planejamento Urbano José Filho e foi protocolada nessa segunda-feira (8).

De acordo com o MP, o problema é que os documentos foram assinados também por servidores terceirizados da Semace, que, na verdade, deveriam desempenhar apenas atividades-meio e mesmo assim são cotidianamente lotados em funções que se referem às atividades-fim do órgão, especialmente emissão de pareceres técnicos de licenças ambientais. Tais obrigações competem apenas a servidores públicos concursados.

No documento, o Ministério Público cita ainda outras obras públicas da Superintendência em que os terceirizados estão atuando em processos de grande relevância, como na implantação do sistema metroviário de Fortaleza, no Cinturão das Águas e no Terminal da Passageiros do Porto de Fortaleza. O MP Estadual e o Ministério Público de Contas (MPC) já movem uma ação na Justiça contra a Semace para que os terceirizados sejam definitivamente afastados das atividades-fim do órgão.

Vale ressaltar que a ação protocolada ontem será aditada ao material da Ação Civil Pública (ACP) ajuizada pelo promotor José Filho em 2011 contra o Governo do Estado e a Prefeitura de Fortaleza, também referente ao Acquário. Nessa ACP de 2011, o MP pedia à Justiça que determinasse a suspensão da execução da obra, além de solicitar que o Governo fosse obrigado a cumprir as formalidades legais e apresentar diversos laudos técnicos, os quais até hoje não foram encaminhados ao Ministério Público. Com relação à Prefeitura, o MP pedia na ACP que a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam) se abstivesse de autorizar qualquer projeto relacionado ao Acquario.”

(Site do MP_CE) 

Sai no Diário Oficial da União a MP do Programa Mais Médico

cuann

“Saiu publicada na edição de hoje (9) do Diário Oficial da União a medida provisória (MP) que institui o Programa Mais Médicos para o Brasil. Lançada ontem (8), pelo Executivo, a iniciativa prevê a contratação de médicos para atuar na saúde básica em municípios do interior e na periferia das grandes cidades. Além da MP, também foi publicada a portaria conjunta do ministérios da Educação e da Saúde que fixa as diretrizes do programa.

Entre os objetivos listados estão diminuir a carência de médicos nas regiões prioritárias para o Sistema Único de Saúde (SUS), de modo a reduzir as desigualdades regionais nesta área; fortalecer a prestação de serviços na atenção básica em saúde no país; e ampliar a inserção do médico em formação nas unidades de atendimento do SUS, desenvolvendo seu conhecimento sobre a realidade da saúde da população brasileira.

De acordo com o governo federal, a prioridade é contratar médicos formados no Brasil. Caso as vagas não sejam preenchidas pelos brasileiros, o governo contratará médicos estrangeiros ou brasileiros formados no exterior, sendo que os últimos terão preferência dentro deste grupo. A estimativa inicial do Ministério da Saúde é a abertura de cerca de 10 mil vagas, mas o número pode mudar, já que os municípios ainda vão se inscrever no programa.”

(Agência Brasil)

Projeto quer proibir venda de cigarro em supermercados, postos de gasolina e bancas

Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ): senador José Pimentel (PT-CE) durante discussão sobre propostas relativas à reforma política

“Se a Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovar um dos primeiros itens da pauta da sessão de quarta-feira, às 9 horas, os fumantes vão penar para encontrar o sossego para seu vício.

O colegiado deverá votar projeto de Paulo Davim restringindo radicalmente os pontos de venda de cigarros. A proposta, que já tem parecer favorável do relator, o cearense José Pimentel (PT), proíbe a venda de tabaco em postos de gasolina, supermercados, estabelecimentos de venda ou consumo de alimentos, lojas de conveniência e bancas de jornal.

A CAS será a penúltima etapa de tramitação do projeto. Uma vez aprovado, seguirá à comissão de Meio Ambiente e Defesa do Consumidor da Cada, onde será apreciado em caráter terminativo: ou seja, avalizada pela CMA, vai à sansão presidencial.”

(Coluna Radar – Veja Online)

Brasileiro mostra-se descrente em ações de combate à corrupção

180 1

“A ONG Transparência Internacional divulgou, nesta terça-feira, estudo em que mostra o descrédito das pessoas nas instituições públicas para combater a corrupção no mundo. Pelo menos uma em cada quatro pessoas admite que pagou suborno por serviços públicos. Mas a pesquisa revela que dois terços daqueles que receberam propostas de suborno negaram a oferta. Os entrevistados dizem que a corrupção se agravou nos últimos anos e defendem o combate à prática. Denominado O Barômetro Global da Corrupção 2013, o levantamento ouviu 114 mil pessoas em 107 países, no período de setembro de 2012 a março de 2013, e mostra que a corrupção é um fenômeno amplo. É a oitava versão da pesquisa sobre o mesmo tema, envolvendo vários países.

Dos entrevistados, 27% admitiram que pagaram suborno para ter acesso a serviços públicos e instituições no último ano. De acordo com a pesquisa, nove em cada dez pessoas disseram que estão dispostas a colaborar para combater a corrupção. O trabalho mostra ainda que dois terços daqueles que receberam propostas de suborno negaram a oferta, sugerindo, segundo os pesquisadores, que os governos, a sociedade civil e o setor empresarial devem intensificar seus esforços para conseguir que as pessoas contribuam para reverter a corrupção.

A presidenta da Transparência Internacional, Huguette Labelle, disse que os índices de suborno em nível mundial ainda são elevados, mas o fato de o cidadão querer combater a prática e a corrupção em geral deve ser avaliado como positivo.”

(Agência Brasil)

Advogados poderão aderir ao "Simples"

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=xhJbuZiycAc&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O Senado aprovou projeto de lei garantindo que as sociedade de advogados poderão agora aderir ao Simples Nacional. Ou seja, terem condições de descontar, de acordo com a renda, 4,55 ou 6,5% no regime do Simples. Atualmente, essas sociedade de advogados descontam 16,33%.

Para Leonardo Carvalho, da OAB Ceará e suplente do Conselho Federal da Ordem, essa conquista é histórica. Só falta agora a aprovação da matéria na Câmara, o que vem fazendo a entidade se mobilizar junto aos parlamentares.

Ecos 2014 – Eduardo Campos conversa com governador tucano Marconi Perilo

Raul BuarqueSEI_480x233

O governador Eduardo Campos, posando de presidenciável do PSB, continua sua rotina de contatos políticos e busca de acordos. Nessa segunda-feira, ele recebeu , em seu gabinete, no Recife, o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB).

Segundo a assessoria de Campos, a conversa girou em torno de temas econômicos, entre eles a reforma do ICMS.
Mas os gestores, claro, também trocaram impressões sobre o atual cenário político nacional. E 2014.

(Foto – Raul Buarque)

Prefeito empossa novos diretores de escolas dia 15

roberto-claudio1-300x225
O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB), nomeará todos os diretores de escola dia 15, no Centro de Eventos, durante a Conferência Municipal de Educação. Alguns vereadores, que nomeavam diretor na gestão passada, não dirão presente.

Falando em Roberto Cláudio, ontem ele voou para Brasília. Conferiu lançamento, por Dilma, do Pacto Nacional de Saúde. Nesta terça-feira, ele estará acompanhando o governador Cid Gomes numa reunião com a ministra Miriam Belchior (Planejamento) sobre projetos de mobilidade urbana.

Prefeitos do Ceará engrossam em Brasilia marcha por mais recursos

Cerca de 60 gestores cearenses estão participando em Brasília, nesta terça-feira, de mais uma Marcha dos Prefeitos sobre Brasilia. Segundo o deputado federal Antônio Balhmann (PSB), coordenador da bancada cearense, o dia será todo de acompanhamento da luta dos prefeitos. A mobilização conta com a coordenação da Associação dos Prefeitos e Prefeituras do Ceará (Aprece) e a organização da Confederação Nacional dos Municípios.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=_3Ogu38qJjg&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Entre os vários prefeitos cearenses que seguiram para essa manifestação em Brasília, há uma série de reivindicações que vão do plano dos recursos para obra sociais a ações efetivas de combate à seca que castiga praticamente todos os municípios do Estado. Há também pressão política contra quedas no repasse do Fundo de Participação dos Municípios. O prefeito de Santa Quitéria, Fabiano Lobo (PMDB), disse que a ordem agora é prefeito também fazer sua manifestação.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=ivCijp3w1QM&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Centrais sindicais realizam ato público no aeroporto de Fortaleza

Cerca de 200 pessoas realizaram, no período das 4 às 6 horas desta terça-feira, um corpo a corpo junto a parlamentares federais que estavam embarcando pelo Aeroporto Internacional Pinto Martins com destino a Brasília, onde retomarão atividades legislativas. A manifestação foi organizada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central Geral dos Trabalhadores (CGT), União Geral dos Trabalhadores (UGT), Nova Central, Força Sindical e Conlutas. Houve distribuição de panfletos entre passageiros e parlamentares no primeiro piso do aeroporto, que dá acesso ao setor de embarque. Esse foi o segundo ato realizado no Pinto Martins. Na última terça-feira, houve manifestação.

Durante o ato, sindicalistas não dispensaram palavras de ordem contra o Fator Previdenciário e pelo projeto de redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais e cobraram ainda da bancada federal cearense compromissos com a classe trabalhadora. Pelo terminal, passaram apenas quatro parlamentares: Eudes Xavier (PT), Antônio Balhmann (PSB), Gorete Pereira (PR) e Artur Bruno (PT).

O Sindiute, que representa os professores, fechou cerco por mais recursos para a educação, segundo Gardênia Baima, que coordena essa entidade.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=zyg1G9hBHVg&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Esse corpo a corpo, de acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra, tem um outro objetivo: convocar a população e parlamentares para o Dia Nacional de Paralisação, que ocorrerá nesta quinta-feira puxado pelas centrais sindicais. Carlos Eduardo aproveitou para falar da luta pelo respeito ao Estatuto Municipal de Segurança Bancária.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=WhjOXggKxtg&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Entre os parlamentares que embarcavam, o corpo a corpo foi considerado legítimo. A deputada federal Gorete Pereira (PR) considera que o projeto que amplia as terceirizações da mão de obra no setor público, alvo de protesto das centrais sindicais, precisa ser regulamenta.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=1o6fYA_z4Oc&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Para quem foi presidente da Central Única do Trabalhadores no Ceará, no caso o deputado federal Eudes Xavier, esse tipo de ato é “justo” e se torna fundamental que as centrais sindicais renovem compromisso com a classe trabalhadora. Eudes também defendeu a autonomia das centrais sindicais frente ao governo.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=hmJuLoUGkBg&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

A manifestação das centrais sindicais no Aeroporto Pinto Martins foi acompanhada pelo setor de segurança da Infraero. Não se registrou incidente. Além da luta contra o Fator Previdenciário, redução da jornada de trabalho de 44 par 40 horas semanais e derrubada de projeto que amplia terceirizações no setor pública, constou na pauta das centrais reajuste digno para os aposentados, mais investimentos em saúde, educação e segurança, transporte público de qualidade, reforma agrária e fim dos leilões de petróleo.

DETALHE – Entidades da sociedade civil como Grupo Chocalho, da área cultural, também prestigiaram o ato.

Cid não foi a Seul como previa agenda oficial

273 2

“A viagem do governador Cid Gomes (PSB) à Itália e à Coreia do Sul, iniciada em 26 de junho, acabou na metade do caminho. Ontem, a assessoria de imprensa da Casa Civil informou ao O POVO que, ao contrário do que havia sido programado, Cid não chegou a embarcar para o país asiático, onde cumpriria a agenda mais importante da missão, hoje e amanhã, com várias reuniões com investidores. Ele teria desistido de ir à Coreia ao ter sido convocado para reunião no Ministério do Planejamento, marcada para esta terça-feira. Assim, no fim das contas, Cid permaneceu por 11 dias na Europa, onde teve apenas dois compromissos oficiais.

A ausência do governador ocorreu em momento de crise nacional, em que várias manifestações tomaram as ruas do País. No Ceará, deputados estaduais de oposição questionam a urgência da viagem. Ontem, o deputado estadual Heitor Férrer (PDT) entrou com requerimento na Assembleia Legislativa, solicitando comprovantes de contratos e convênios firmados na Europa, cópia dos bilhetes aéreos e outros detalhes. O pedido terá de ser aprovado pelo plenário da Casa, onde Cid tem apoio da ampla maioria dos deputados.

Requerimento

O POVO apurou, com base nas edições de 21 de junho e 1º de julho do Diário Oficial do Estado, que a viagem do governador à Europa e à Ásia já incluía, inicialmente, um intervalo de oito dias no exterior sem pagamento de diárias e, em tese, sem agenda oficial. De acordo com os documentos, Cid cumpriria missão de 25 a 27 de junho e, depois, de 6 a 11 de julho, na Itália e na Coreia do Sul, respectivamente. No hiato de tempo entre as duas datas, não se sabe exatamente onde o chefe do Palácio da Abolição esteve.

A Casa Civil afirma que, em Roma, o chefe do Palácio da Abolição assinou financiamento de U$ 40 milhões com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida) e fez visita à empresa Ansaldo Breda, que fornece trens para o Metrô de Fortaleza. O POVOperguntou, por email, que atividades Cid desempenhou em cada dia na Europa. Também foi questionado se, no intervalo previsto entre as missões na Itália e na Coreia, Cid havia planejando agenda particular. Até as 21 horas de ontem, no entanto, não houve resposta da assessoria do Executivo. Sobre a hipótese de parente ou amigo de Cid ter integrado a comitiva, a Casa Civil informou, por e-mail, que “nenhum parente, ou amigo, teve as despesas pagas pelo Poder Público”. O POVO apurou que, oficialmente, integraram a comitiva o procurador-geral-adjunto do Ceará, Fábio Carvalho, e uma colaboradora eventual, que não é servidora estadual.”

(O POVO)

Acquario do Ceará – Manifestantes vão protestar contra obra

Fortaleza segue com manifestações durante a segunda semana do mês de julho. Duas passeatas estão agendadas para ir às ruas. A primeira está marcada para quinta-feira, 11, e a segunda para sexta-feira, 12.

O evento criado no Facebook, marcado para o dia 11, é intitulado como ‘Fortaleza Vai Parar – Dia Nacional de Greves, Paralisações e Manifestações’. A concentração para a manifestação está agendada para as 9 horas, na Praça Portugal.

Já no dia seguinte, os manifestantes realizam ato pela paralisação das obras do Acquário de Fortaleza. O objetivo é ocupar a Ponte Velha, localizada ao lado da obra, a partir das 19 horas. A ocupação deve durar até as 19 horas de sábado, 13.