Blog do Eliomar

Categorias para Política

Heitor tenta em vão convidar Ciro para falar na Assembleia sobre denúncias de milícias na PM

190 4

O deputado estadual Heitor Férrer (PDT) apresentou, nesta quinta-feira, requerimento convidando o ex-ministro Ciro Gomes a prestar esclarecimentos sobre denúncias feitas contra o vereador Capitão Wagner (PR) e que dizem respeito a uma suposta milicia dentro da Polícia Militar.

Na ocasião, o deputado Tin Gome (PHS), à frente dos trabalhos, informou que não seria possível votar o requerimento nessa sessão, mas que na próxima quinta-feira, período sempre dedicado a votações do gênero, haveria condições para isso.

DETALHE – Quinta-feira é feriado Corpus Christi.

DETALHE 2 – E aí, alguém acredita que esse requerimento passaria pelo rolo compressor oficial.

Marta Suplicy almoça no Palácio com Cid e RC

martasu

 

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, está no Palácio da Abolição, onde almoçará, dentro de instantes, com o governador Cid Gomes e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio. Ele visita a cidade divulgando o Vale Cultura, um cartão magnético que, com apoio de empresas, barateará acesso do trabalhador a teatro  e cinema, com vigência prevista para agosto próximo.

Hora de tratar com Cid e RC sobre projetos na área do turismo. O encontro reúne assessores de Marta e o chefe de gabinete do Palácio da Abolição, Danilo Serpa.

(Foto – Cláudio Barata)

Criminalidade não se combate só com repressão policial

569 2

Com o título “Criminalidade: Repressão e Medidas Sociais”, eis artigo do advogado e professor Leandro Vasques. Ele aborda experiências bem sucedidas em Nova York e em Bogotá no plano do combate à violência por meio de investimento em melhorias no plano social. Confira:

Com a violência urbana assumindo contornos de verdadeira epidemia, parece compreensível que o tema “segurança pública” passe a agitar as manifestações nas diversas instâncias de mídia, seja nas redes sociais ou nos programas de rádio e de televisão. Sempre que o clamor público focaliza um crime brutal, notadamente se praticado por um adolescente, instauram-se acaloradas discussões acerca do recrudescimento das tenazes penais, passando, obrigatoriamente, pela redução da maioridade penal e por soluções eminentemente repressoras. No entanto, impõe-se apreciar tais manifestações com cautela e sobra de reserva.

Costuma-se invocar, ainda que de maneira camuflada, a respeito do movimento político-criminal concebido pelo então prefeito nova-iorquino Giulliani, denominado como “tolerância zero”, o que deve gerar sérias preocupações e detidas análises.

Consoante registra o Prof. Luiz Flávio Gomes em artigo intitulado “Assassinatos em série de mendigos: tolerância zero ou crimes do ódio?” a “onda tolerância zero” tinha por escopo “varrer as ruas da cidade, limpar o lixo da rua” – a prática fez ver que se incluíam naquele “lixo” os mendigos, prostitutas, homossexuais vadios, bêbados, menores abandonados, drogados e emigrantes ilegais. Alegavam os defensores da “tolerância zero” que “a origem da violência urbana e da insegurança pública residiria nos pequenos delitos bem como nos desvios de pouca monta” (ob.cit.), daí porque surgiria a necessidade de adoção de “medidas repressivas duras, assim como o encarceramento de boa parte desses excluídos” (ob.cit.). Portanto, para aquele modelo “o excluído econômico-social tem que ser excluído uma segunda vez: da convivência social”, pois, para o modelo, ele é um lixo e, por isso, deve ser varrido. Averbe-se que por considerável tempo, o modelo “tolerância zero” repercutiu positivamente: recrudesceu as estatísticas da criminalidade, alimentou a população de uma sensação de segurança…o prefeito obteve a reeleição e afamou-se mundialmente.

Ocorre que, como ressalta o professor Luiz Flávio Gomes no aludido artigo, “um dos fatores mais relevantes (para o sucesso do empreendimento) e que quase nunca é noticiado foi a fortuna (incalculável) gasta pelo poder público com o aprimoramento da estrutura policial, aumento de salários, construção de centros de lazer para crianças e adolescentes, escola para todos, empregabilidade quase total dos desocupados etc…” (ob.cit.)

Curiosamente não se divulga a montanha de milhões de dólares que a prefeitura de Nova Iorque precisou investir nos bastidores do programa “tolerância zero”, especialmente na área social. Forçoso é reconhecer que muitos políticos esquecem que são emergenciais as adoções de severas medidas na seara social (educação, lazer, habitação etc). Urge a tomada de providência que enfrentem as causas da criminalidade, e não medidas paliativas (e “simpáticas” ao eleitorado) de mero ataque às consequências.

Por outro lado, além do modelo de Nova Iorque, inserida no país mais rico do mundo, vale mencionar a experiência das cidades de Bogotá e Medellín, na Colômbia, que se tornaram verdadeiros laboratórios para a prevenção da criminalidade, mesmo situadas em um contexto de economia ainda em desenvolvimento. Paralelamente às ações coercitivas, de capacitação dos profissionais de segurança pública e investimentos em infraestrutura policial, adotaram-se múltiplas medidas sociais: ruas foram asfaltadas e iluminadas, praças foram recuperadas e escolas e postos de saúde foram construídos nas áreas mais vulneráveis.

Dessa forma, conclui-se que a criminalidade não pode ser enfrentada apenas por meio da repressão policial, a qual deve ser combinada com massivos investimentos no setor social, em que estão as verdadeiras raízes do problema.

* Leandro Vasques,

Advogado criminal, Mestre em Direito pela UFPE, Professor de Direito Penal da Unifor, Diretor-tesoureiro da Caixa de Assistência dos Advogados do Ceará e membro titular do Conselho Penitenciário do Estado do Ceará.

Dilma participará das comemorações dos 50 anos da União Africana

“A presidenta Dilma Rousseff embarca hoje (23), às 19h, para Adis Adeba, na Etiópia, onde participa das comemorações do aniversário de 50 anos da União Africana (que reúne 54 países), no próximo dia 25. A previsão é que ela esteja de volta ao Brasil até o dia 27. Dilma será a única chefe de Estado da América Latina nas celebrações. Os programas sociais e as conquistas econômicas do Brasil estão na pauta de discussões.

Segundo diplomatas, os avanços sociais associados ao crescimento econômico fazem do Brasil um dos convidados de honra das comemorações, ao lado da França e da União Europeia, além da China e Índia. A presidenta viaja acompanhada por uma comitiva de ministros, entre eles Antonio Patriota (Relações Exteriores) e Aloizio Mercadante (Educação), empresários e assessores.

A presidenta discursará no sábado (25) à tarde. Ela terá uma reunião bilateral com o primeiro-ministro da Etiópia, Hailemariam Desalegn, que tem interesse nos programas de desenvolvimento agrícola, de transferência de renda e de educação implementados no Brasil. O Brasil é o país latino-americano com o maior número de embaixadas na África. No total, são 37 representações. No Conselho de Segurança das Nações Unidas, apenas a China, os Estados Unidos e a Rússia têm mais embaixadas na África do que o país.”

(Agência Brasil)

Lei que estabelece prazo para início de tratamento de câncer pelo SUS entra em vigor

“A partir de hoje (23), pacientes com câncer deverão iniciar o tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) até 60 dias após o registro da doença no prontuário médico. A determinação consta da Lei 12.732/12, sancionada pela presidenta Dilma Rousseff em novembro do ano passado, que entra em vigor nesta quinta-feira

Para ajudar estados e municípios a gerir os serviços oncológicos da rede pública, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou, há uma semana, a criação do Sistema de Informação do Câncer (Siscan). O software, disponibilizado gratuitamente para as secretarias de Saúde, vai reunir o histórico do paciente e do tratamento. A previsão do governo é que, a partir de agosto, todos os registros de novos casos de câncer no país sejam feitos pelo Siscan.

Na ocasião, o ministro alertou que estados e municípios que não implantarem o sistema até o fim do ano terão suspensos os repasses feitos para atendimento oncológico. Com o objetivo de acompanhar o processo de implantação do Siscan e a execução de planos regionais de oncologia, uma comissão de monitoramento, de caráter permanente, visitará hospitais que atendem pelo SUS. O grupo vai avaliar as condições de funcionamento e a capacidade de oferecer atendimento oncológico com agilidade.”

(Agência Brasil)

Um "Frankenstein" na Segurança Pública?

500 1

frankk

Eis trecho do comentário do jornalista Fábio Campos, no O POVO desta quinta-feira, onde ele analisa a presença de Ciro Gomes como uma espécie de assessor na área da segurança pública estadual:

No Ceará cansado de guerra, criou-se um Frankestein institucional. Um poderoso secretário, que não é secretário. Bem, prossigamos. A fala de Ciro Gomes era necessária? Será que se trata de uma avaliação correta feita pela pessoa errada? Ou se trata de um grandioso equívoco? O fato é que já foi dita e corre feito rastilho de pólvora. Pode haver bananas de dinamite no fim.

É bom que separemos as coisas. O confronto do Governo com o movimento de reivindicação dos PMs é um ponto do cenário. Outro ponto é a política de combate à violência. Duas questões que parecem não se relacionar, embora a fala de Ciro culpe o movimento pelo clima de terror vivenciado pela população.

De nossa parte, queremos ver o Governo tão empenhado em dar respostas à insegurança quanto se mostrou em enfrentar esse movimento que, sim, é legalmente questionável. Afinal, muitas cabeças já estão rolando. Cinco por dia. 150 por mês. 1.800 por ano.

Ivo Gomes retorna dos EUA e já prepara Conferência Municipal da Educação

“O secretário municipal da Educação, Ivo Gomes, que passou curta temporada nos EUA, voltou cheio de planos. Incluiu em sua agenda de trabalho discussões sobre um encontro na área da educação, que promete agitar o cenário educacional da cidade, de 15 a 17 de julho próximo, no Centro de Eventos.

Trata-se da Conferência Municipal da Educação. Haverá também shows com cantores do cenário nacional e a posse dos novos diretores de escola.

Ivo continua batendo na tecla de que vai mudar o perfil da área na gestão do prefeito Roberto Cláudio (PSB).”

(Coluna Vertical, do O POVO)

MP e Conselho Estadual de Segurança pedem investigação sobre milícia PM

04/01/2011 - Deputado Ciro Gomes (Foto: Marcello Casal Jr/ABr)---COR

Ciro bateu duro. Cid Gomes, o irmão-governador, desautoriza?

“O Conselho Estadual de Segurança (Consesp) e o Ministério Público do Ceará (MP-CE) querem que a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e Polícia Militar investiguem a suposta existência de milícias e grupos de extermínio operando na PM. Mesmo diante da gravidade das acusações e do envolvimento do ex-ministro Ciro Gomes (PSB) na polêmica, órgãos do Poder Executivo estadual silenciam.

Na segunda-feira, 20, Ciro acusou o vereador Capitão Wagner Sousa (PR) de comandar milícia ligada ao narcotráfico na PM. “Estamos achando essa milícia um a um e vamos cortar a cabeça dessa cobra”, disse. O vereador rejeitou a acusação e denunciou existência de grupos de extermínio ligados à cúpula da Segurança. Em reação à polêmica, reunião do Consesp da última terça-feira, 21, encaminhou pedido para que a SSPDS e PM investiguem o caso. Já o promotor Joathan Machado, da Promotoria de Justiça Militar do MP-CE, informa que oficiará os órgãos no próximo dia 27 requisitando a abertura imediata de processo para apurar as denúncias.

Enquanto o pedido do Consesp – órgão fiscalizador da Segurança que reúne representantes de diversas áreas – não precisa necessariamente ser cumprido, a requisição da promotoria obriga os órgãos a abrirem investigação. Joathan diz ainda que pediu instauração de inquérito para apurar a participação do Capitão Sousa no protesto das esposas de PMs em 12 de maio. Vídeo publicado na Internet mostra Wagner dando suporte à manifestação, que tentava impedir a saída de efetivo encarregado da segurança do clássico-rei, pela semifinal do Campeonato Cearense de futebol.”

 

(Com O POVO)

Michel Temer vai á posse de Correa no Equador

“O vice-presidente da República, Michel Temer, representará o Brasil na cerimônia de posse do terceiro mandato do presidente do Equador, Rafael Correa, amanhã (24) em Quito. Temer estará interinamente no poder enquanto a presidenta Dilma Rousseff viaja para a Etiópia (África), onde participa das comemorações dos 50 anos da União Africana.

A solenidade de posse de Correa vai reunir pelo menos 14 chefes de Estado. Confirmaram presença os presidente Mahmoud Ahmadinejad (Irã), Nicolás Maduro (Venezuela), Laura Chinchilla (Costa Rica), Ollanta Humala (Peru) e Porfirio Lobo (Honduras).

Reeleito há três meses, Correa ficará no poderá até 2017, quando completa uma década no governo. O novo vice-presidente é Jorge Glas. Correa venceu o ex-banqueiro Guillermo Lasso. Para a campanha, ele se licenciou do cargo.”

(Agência Brasil)

Lula – O Brasil precisa ser ator global para ter economia forte

174 1

lula fortaleza

“Para ter uma economia forte, o Brasil precisa ser ator global, disse, nessa quarta-feira, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.  O ex-presidente comentou a eleição do brasileiro Roberto Azevêdo, primeiro latino-americano eleito diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC) e recordou a escolha de um brasileiro para diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), referindo-se a José Graziano da Silva, eleito em 2011. “Quem diria que o Brasil teria a diretoria da OMC e da FAO? Em 2016, seremos a quinta economia do mundo, mas [o crescimento econômico] precisa estar umbilicalmente ligado ao desenvolvimento social”, disse.

Lula deu as declarações em apresentação a autoridades africanas e empresários brasileiros durante o seminário “As Relações do Brasil com a África – A Nova Fronteira do Desenvolvimento Global”, organizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo jornal Valor Econômico. O ex-presidente disse também que o país é privilegiado por estar inserido em uma região como a América Latina, na qual os países têm uma relação pacífica e que tem Produto Interno Bruto (PIB) de US$ 4 trilhões. Segundo o ex-presidente, o fluxo comercial entre Brasil e Argentina cresceu na última década. No entanto, ele diz que as relações entre os países sul-americanos não são tão desenvolvidas quanto poderiam ser.”

(Agência Brasil)

Ceará – Só nove municípios não declararam estado de emergência por causa da seca

secas

O governador Cid Gomes declarou estado de emergência em 175 das 184 cidades do Ceará, em decorrência dos efeitos da seca que atinge o Estado, a pior dos últimos 50 anos. A declaração foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira, 21.

Segundo a publicação, a situação de “anormalidade” é válida apenas para as áreas dos municípios onde há comprovação de que foram afetadas pelo desastre natural. O estado deve vigorar por um prazo de 180 dias.

De acordo com a declaração do Governo, foi autorizada a mobilização de todos os órgãos estaduais para atuarem sob a articulação e coordenação da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Corpo de Bombeiros Militar do Estado nas ações de resposta ao desastre e reabilitação dos cenários afetados.

* Saiba quais cidades estão em situação de emergência aqui 

(POVO Online)

Presidente da Assembleia participa no Recife de encontro da Unale

O presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PSB), encontra-se no Recife. Ali, confere a XVII Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), aberta nesta quarta-feira e que congrega todos os presidentes das Assembleias Legislativas do País. A ordem é troca de experiências entre os gestores das casas legislativas estaduais.

Zezinho Albuquerque aproveita o encontro para discutir a situação da seca no Nordeste com presidentes de Assembleias Legislativas. Tratou do assunto com Guilherme Uchoa (PDT), de Pernambuco; e com Themístocles Filho (PMDB), do Piauí.

Nesta quinta-feira, a partir das 14 horas, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, que posa de presidenciável pelo PSB também de Zezinho Albuquerque, fará conferência sobre o tema “Equilíbrio federativo e desenvolvimento sustentável”.

 

Tasso Jereissati participa da nova plataforma digital do PSDB apregoando ética

266 6

tasso 130208

O ex-senador Tasso Jereissati, agora vice-presidente nacional do PSDB, estreou na nova plataforma digital do partido intitulada “Conversa com Brasileiros” (conversacombrasileiros.com.br). O espaço objetiva estimular o diálogo dos tucanos com os cidadãos por todo o Brasil. O portal reúne depoimentos e opiniões de lideranças e filiados do partido e tem seus conteúdos disponíveis para compartilhamento nas redes sociais e abertos para comentários.

 O “Conversa com Brasileiros reúne” também impressões, dados e notícias sobre as viagens que o presidente nacional do partido, senador Aécio Neves, fará por todas as regiões do país para discutir os principais problemas vividos pela população, trocando ideias e debatendo propostas para um Brasil melhor.

* Veja a fala de Tasso aqui.

Cid Gomes nomeia 61 professores efetivos para a Uece

258 2

cidgomess

O governador Cid Gomes (PSB)  nomeou, nesta semana, 61 professores efetivos para a Universidade Estadual do Ceará (Uece). Desse total, 37 professores adjuntos (doutores) e mais  24 professores assistentes (mestres). Os novos profissionais vão trabalhar tanto na capital quanto no Interior e darão aulas nos cursos de graduação, pós-graduação e extensão, informa a assessoria de imprensa da Instituição. O regime de trabalho da maioria dos professores será integral, com dedicação exclusiva.

Em Fortaleza, os professores irão atuar no Centro de Ciências da Saúde (CCS), no Centro de Educação (CED), no Centro de Ciências e Tecnologia (CCT) , no Centro de Estudos Sociais Aplicados (CESA), no Centro de Humanidades (CH) e na Faculdade de Veterinária (FAVET).

Já no interior do Estado, serão beneficiadas com novos docentes a Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central (FECLESC), em Quixadá; a Faculdade de Educação de Itapipoca (FACEDI); a Faculdade de Educação de Crateús (FAEC); a Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Iguatu (FECLI) e a Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos (FAFIDAM), em Limoeiro do Norte. Os professoras também atuarão em Tauá, no Centro de Educação, Ciências e Tecnologia da Região dos Inhamuns (CECITEC).

DETALHE – O concurso público para professor adjunto e assistente da UECE foi realizado em 2012 e homologado em janeiro deste ano.

Prefeito RC volta a visitar postos de saúde para conferir andamento de reformas

roberto-claudio-postos

Nesta quina-feira, às 7h30min, o prefeito Roberto Cláudio (PSB) visitará postos de saúde da Secretaria Regional VI que passam por processo de reforma. A ordem é acompanhar o andamento das obras dos Postos Edmar Fujita, no bairro Dias Macedo, e Alarico Leite, no Passaré, que foram iniciadas no dia 15 de abril e deverão ser entregues até o dia 15 de junho. Ainda na Regional VI está sendo reformado o Posto Janival de Almeida, no Castelão.

As reformas fazem parte do pacote de investimentos da Prefeitura de Fortaleza previstos para a saúde neste ano, anunciados pelo prefeito no dia 10 de abril. Cerca de R$ 49 milhões, provenientes de fundos do Ministério da Saúde e recursos próprios do município, estão sendo investidos na reforma e ampliação de 75 dos 92 postos de saúde da cidade e na construção de 25 novas unidades.

Além da infraestrutura, o pacote de ações na área da saúde inclui outras medidas que já estão sendo implantadas inicialmente nas Regionais V e VI, com melhorias e aquisição de equipamentos, distribuição de medicamentos e do sistema de informação dos postos. Além disso, a rotina nas unidades se tornará mais higienizada, com salas limpas e climatizadas onde serão feitas as coletas de sangue e encaminhamentos de exames.

Capitão Wagner marca coletiva para responder Ciro Gomes

capitão wagner

O vereador Capitão Wagner (PR) dará entrevista na próxima sexta-feira, a partir das 8h30min, no Comitê de Imprensa da Câmara Municipal. Ele vai responder às denúncias feitas pelo ex-ministro Ciro Gomes que, entre algumas qualificações, o definiu como chefe de milicia e “picareta”.

Após a coletiva, haverá uma sessão solene em homenagem aos 178 anos da Polícia Militar, no plenário da Câmara. A sessão é uma iniciativa do vereador, que se encontra no eixo Diadema/São Paulo conhecendo, segundo informou para o Blog, novidades na área da segurança nessas cidades.

Um artigo em tempo de debate sobre polícia cidadã e drogas

Com o título “Uma nova voz no debate sobre as drogas”, eis artigo publicado na Folha desta quarta-feira, que aborda o combate às drogas e que tem entre sues autores o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Confira:

Após mais de quatro décadas de guerra fracassada contra as drogas, as declarações pedindo mudanças profundas nessa estratégia aumentam a cada dia. Na América Latina, o debate engrenou. Chefes de Estado da Colômbia, Guatemala, México e Uruguai assumiram a liderança para transformar suas políticas nacionais de drogas, desencadeando forte dinâmica de mudança por toda a região e ao redor do mundo.

A discussão chegou aos Estados Unidos. Pela primeira vez, a maioria dos norte-americanos apoiam a regulação da maconha para uso adulto. Em nenhum outro lugar tal apoio é tão evidente como em Washington e Colorado, que aprovaram leis locais nesse sentido.

A mudança na opinião pública representa um desafio não apenas à lei federal dos EUA, mas também às convenções da ONU e ao regime internacional sobre drogas.

Desde 2011, a Comissão Global de Política sobre Drogas, formada a partir da mudança de paradigma apresentada pela Comissão Latino-Americana de Drogas e Democracia, tem insistido nesse caminho. Mais de 20 lideranças globais vêm expondo as consequências desastrosas de políticas repressivas.

Nosso relatório “Sobre a Guerra às Drogas” traz duas recomendações principais: substituir a criminalização do uso de drogas por uma abordagem de saúde pública e experimentar modelos de regulação legal de drogas ilícitas para reduzir o poder do crime organizado. Ao promover uma verdadeira conversa global sobre a reforma na política de drogas, nós quebramos um tabu que perdurava há mais de século.

Na semana passada, uma inesperada voz foi adicionada ao debate. O secretário-geral da Organização de Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, apresentou ao presidente Juan Manuel Santos, da Colômbia, uma resposta à demanda dos chefes de Estado americanos.

O estudo da OEA propõe quatro possíveis cenários e reflete um consenso emergente na América Latina. Felizmente, nenhum cenário insiste em manter o status quo. A maior parte dos especialistas subscreve aos três primeiros cenários –trocar a repressão por abordagens que privilegiem a segurança cidadã, experiências com diferentes formas de regular drogas ilícitas e o fortalecimento da resiliência comunitária. Obviamente, todos concordam que o quarto cenário –a ameaça da criação de narcoestados– deve ser evitado a qualquer custo.

Na prática, o relatório é o primeiro tratado de reforma de política de drogas proposto por uma organização multilateral. Indica caminhos complementares e não excludentes. Parte da premissa realista de que a demanda por substâncias psicoativas continuará a existir e que apenas uma pequena parte dos usuários se tornará dependente.

De fato, vários países e Estados já estão descriminalizando o uso de drogas, testando a regulação da maconha e implementando programas de redução de danos incluindo o fornecimento medicinal de drogas como a heroína. Essas políticas têm gerado resultados positivos e mensuráveis, e não o agravamento do consumo.

É tempo de permitir aos governos do mundo que, de forma responsável, experimentem modelos adequados às suas necessidades locais. A liderança demonstrada pelo presidente Santos e o secretário-geral da OEA é bem-vinda. Porém, o relatório é apenas um começo –autoridades do continente devem considerar seriamente as propostas de cenários e avaliar como suas políticas nacionais podem ser melhoradas. Assim, romperão com o ciclo vicioso de violência, corrupção e prisões superlotadas e priorizarão a saúde e a segurança das pessoas.

* FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, ex-presidente do Brasil, RICARDO LAGOS, ex-presidente do Chile, PAUL VOLCKER, ex-presidente do Federal Reserve,

Luizianne manda nota para Blog rebatendo críticas de Ciro Gomes

311 16

luiziannelinss

Da ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, que é presidente regional do PT, recebemos nota, em resposta às críticas feitas pelo ex-ministro Ciro Gomes, quando da posse da nova cúpula do DEM, na Assembleia Legislativa. Eis o texto:

Caro Eliomar,

Sobre as declarações de Ciro Gomes ao seu Blog ontem, gostaria de dizer que quem vive em transe permanente é ele, o ex-governador, que é psicopata, agressivo e violento. Além de utilizar dinheiro público do povo sofrido do nosso Estado para fazer espionagem na vida privada das pessoas. Logo quem? Querer responsabilizar o nosso Governo pelo crescimento do narcotráfico e da violência em Fortaleza é querer esconder o desmando e a incompetência administrativa do atual Governo Estadual.

Falando nisso, afinal, quem é mesmo o Governador do Ceará hoje?

Vivemos uma profunda crise de arrogância, ameaças, chantagens e perseguições no nosso Estado. Coisa muito grave quando um psicopata manda nas polícias e submete o povo do Ceará à sua truculência, criando uma situação de terror jamais vista na nossa história!

O papel das lideranças políticas no Ceará é proclamar, defender e criar as condições para a cultura da paz, coisa que fizemos nos oito anos da nossa Administração. E não incitar mais ainda a violência e o clima de intranquilidade.

* Luizianne Lins.