Blog do Eliomar

Categorias para Política

RC fará balanço dos 100 dias de sua gestão durante entrevista à rádio OPOVO/CBN

212 2

roberto-claudio

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB), dará entrevista ao programa “Grande Jornal”, da Rádio O POVO/CBN, a partir das 9 horas desta quinta-feira. Ele vai fazer um balanço sobre os 100 primeiros dias de sua administração, que vão ser completados na próxima semana.

RC deverá lançar um pacote de investimentos na área da saúde, nestes dias, e, no programa, abordará, por exemplo, o fim do pedágio na pontes sobre o rio Ceará, além da retomada das obras da Copa 2014.

Politicamente, RC vive uma situação cômoda. Na Câmara Municipal, ele detém maioria absoluta e já aprovou oito pedidos de urgência para projetos do interesse do município como o Sistema Viário do Município que inclui a obra da ponte estaiada sobre o rio Cocó.

DETALHE – Na agenda dele, desta quinta-feira, há giro por emissoras de rádio para esse balanço.

Cid Gomes, o peregrino franciscano

229 1

peregrinos

“Devoto de São Francisco de Assis, o governador Cid Gomes percorreu, na noite de ontem, trechos do Caminho de Assis, roteiro de peregrinação que liga as cidades de Maranguape e Canindé (a 120 km de Fortaleza) inaugurado ano passado, em sua gestão.

Antes da caminhada, o governador, acompanhado do secretário do Turismo Bismarck Maia, assinou um termo de permissão de uso do Projeto de Gestão do Caminho de Assis. O acordo, firmado entre a Secretaria do Turismo (Setur) e a Cooperativa Agroecológica de Agricultura Familiar do Caminho de Assis (Cooperfam), destina-se à manutenção e gestão dos abrigos do Caminho.

Entre políticos, jornalistas, seguranças, peregrinos e curiosos, cerca de 30 pessoas acompanharam o governador, que partiu da localidade de Ladeira Grande rumo à Tabatinga, ainda em Maranguape, onde pernoitaria para inaugurar, na manhã de hoje, o 15º Centro de Especialidades Odontológicas, em Canindé. “Essa ação alimenta a fé e engrandece a religião. Estou querendo dar a minha contribuição para isso também”, disse Cid, que já não trazia mais no pulso sua fitinha verde de São Francisco, rompida dias atrás.”

(O POVO)

Empregadores de pessoas com deficiência poderão ter incentivo fiscal

A dedução do Imposto de Renda de empresas que empregam pessoas com deficiência foi aprovada nesta quarta-feira (3) pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH). O projeto acrescenta parágrafo à Lei 9.249/1995, para permitir o incentivo fiscal à pessoa jurídica que mantiver em seu quadro de empregados pessoas com deficiência em número igual ou superior a 10% do total.

No projeto (PLS 391/2012), o autor, senador Mário Couto (PSDB-PA), argumenta que as empresas enfrentam dificuldades “quase intransponíveis” para seguir a política de cotas. O objetivo é substituir a punição dos empresários com as constantes multas aplicadas pela fiscalização trabalhista, por “mecanismos de incentivo econômico” que transformem a empregabilidade das pessoas com deficiência em algo lucrativo.

O relator, senador Paulo Paim (PT-RS), apoiou o texto. Mas ele apresentou a sugestão de aprimorar a proposta, adequando o texto aos termos dos acordos internacionais, dos quais o Brasil é signatário, e estabelecem que se empregue a expressão “pessoa com deficiência”, no lugar de “pessoa portadora de deficiência”. O projeto também deve referir-se às pessoas com qualquer deficiência, e não apenas àquelas com deficiência física.

O projeto segue para análise da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), em decisão terminativa.

(Agência Senado)

“Aprovação” ou “Desejo de Quero Continuar”?

310 2

fabnerutida

Eis artigo do marqueteiro e consultor Fabner Utida. Ele aborda estratégias eleitorais. Confira:

Geralmente quando se fala da reeleição de um gestor público ou sobre a continuidade de um mesmo grupo político à frente de um governo ou de uma organização, sempre surge a peculiar pergunta: qual o índice de aprovação?

Muitos acreditavam (ou ainda acreditam) que altos índices de aprovação seriam quase que a garantia automática da continuidade do projeto. Acontece que esta premissa tem provocado grandes surpresas a muitos líderes.

É bem verdade que um alto índice de aprovação representa um ativo importante no processo de continuidade de um projeto político, de gestão ou de poder. Ter boa aprovação ajuda muito, mas não tem mais tanta força assim.

Em termos de aceitação, o objetivo a perseguir está hoje em outro nível, bem mais complexo e, peculiarmente, mais volátil (o cenário muda com mais facilidade com maior velocidade).

Deixa de existir a era da identificação do índice de “aprovação” e entra em cena a era de conhecer o índice de “desejo de quero continuar”.

Lembro a história de uma mulher que estava passando por um processo de separação de um casamento de 7 anos. O relacionamento parecia perfeito, então a curiosidade recaía sobre as razões do rompimento. Não tinha sido traição, não tinha crise financeira, não tinha agressão. Muito pelo contrário, ela afirmava que “aprovava” o marido (agora ex). Afirmava que era bom pai, amigo, bem sucedido, mas simplesmente “não tinha mais química”. Não tinha mais “desejo de quero continuar”.

Se isto é possível acontecer com um casal imagina no relacionamento entre um líder ou governo com milhares de eleitores!

A cada dia, percebem-se mais e mais casos de governos e gestores com altos índices de aprovação que não encontram na sociedade (e também nas urnas) o “desejo de quero continuar”.

Pessoas e organizações precisam perceber que as relações são, a cada dia, mais dinâmicas e exigentes. A demanda por inovações e por resultados concretos é crescente e mais forte. Exige-se maior interação e melhores processos na criação e na entrega de valor. Demanda-se mais responsabilidade, muita criatividade, trabalho consistente e comprometimento.

Líderes públicos, principalmente, precisam acordar para o fato de que marketing governamental não é simplesmente divulgar ou dar publicidade ao que se faz.

Marketing governamental é uma função e um conjunto de processos que envolvem a criação, a entrega de valor, a comunicação e a promoção contínua do relacionamento de projetos político-administrativos conectados diretamente com seus líderes. O marketing governamental busca fazer isto com o propósito de inspirar e influenciar pessoas, beneficiando a própria organização e todos os públicos interessados.

Os projetos de comunicação de governo do passado operavam nos pilares “informar + tornar conhecido + imagem do que se faz no presente”. Os inovadores projetos de marketing governamental de hoje operam nos pilares “conquistar + tornar desejado + imagem de sucesso presente-futuro”.

Este artigo foi pensado prioritariamente para gestões e líderes públicos, no entanto a reflexão também é válida para pessoas e organizações das mais variadas.

Percebe-se dentro desta realidade que a missão número 1 dos projetos de marketing governamental ou corporativo, passa a ser: construção do “desejo de quero continuar” nos públicos estratégicos e na sociedade como um todo.

Fabner Utida,

Estrategista e consultor em marketing corporativo.

Grupo de conselheiros da OAB cobra posição da entidade sobre PEC 37 e medida no TCE

196 5

Um grupo de conselheiros da OAB do Ceará deu entrada, nesta quarta-feira, num requerimento pedindo um posicionamento da entidade sobre dois fatos que, de acordo com esses membros, fere as liberdades e vai de encontro aos interesses da coletividade. De acordo com o documento, o grupo quer uma manifestação pública da Ordem sobre a PEC 37, em tramitação no Congresso e que restringiria o poder de investigação do Ministério Público restringindo tal função apenas para delegados federais e da Polícia Civil.

Também no documento, cobra do Conselho Estadual da OAB, posição sobre a decisão da Presidência do Tribunal de Contas do Estado de proibir membros do Ministério Público de Contas  de solicitarem informações de órgãos públicos sem o crivo da cúpula do TCE. Esse grupo quer que o Conselho, em sua reunião desta quinta-feira, a partir das 14 horas, na sede da Ordem, publicize sua posição a respeito dessas questões.

Assinam o requerimento os conselheiros:

Edmir Martijns

Jacinês Luz,

Paulo Aragão

Jaime Botelho

 

Comissão do Meio Ambiente da Câmara vai inspecionar a foz do Riacho Maceió

220 1

joaalfredo

A Comissão de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Meio Ambiente da Câmara Municipal vai realiza nesta sexta-feira, a partir das 9 horas, uma visita técnica à foz do Riacho Maceió. O objetivo é elaborar um documento técnico sobre situação do local. A visita, com saída da praça da Igreja de Nossa Senhora da Saúde, é uma solicitação do vereador João Alfredo (PSOL)e quer, prioritariamente, fiscalizar a Operação Urbana Consorciada Parque Foz do Riacho Maceió, entre a Prefeitura de Fortaleza e a empresa Norpar S/A.

Depois de 12 anos de muita polêmica acerca da titularidade do terreno, inclusive com remoção de famílias e danos ambientais, a Semam expediu, em outubro do ano passado, a Licença Ambiental de Instalação, que permite a construção do parque, do calçamento e da via. Noticiada nos últimos meses pela imprensa e despertando atenção de moradores e ambientalistas para o corte de árvores que ocorre no terreno, a Operação Urbana está sendo questionada pelo Ministério Público Federal, que pediu vistas do processo de liberação da obra. Além disso, há uma Ação Civil Pública tramitando quanto à titularidade do terreno. A foz do Riacho está localizada em uma área privilegiada para a especulação imobiliária, na esquina da avenida Beira Mar com a rua Tereza Hinko, no Mucuripe.

PSOL acusa pastor Marco Feliciano de falta de decoro parlamentar

marco-feliciano-1

“O PSOL protocolou hoje (3) na Mesa Diretora da Câmara representação contra o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, pastor Marco Feliciano, por quebra de decoro parlamentar. No documento, o partido cita reportagens de jornais e revistas que denunciaram suposta contratação de funcionários fantasmas e o uso de cota parlamentar para pagamento de empresas que prestaram serviços particulares ao deputado. “O que foi divulgado pela imprensa agride frontalmente o Regimento da Casa e o Código de Ética, que todos parlamentares têm que cumprir. Existem denúncias de assessores que não prestam serviços ao parlamentar e a utilização de servidores para atender a interesses privados. Como qualquer parlamentar que quebre o decoro, ele precisa ser investigado e as medidas precisam ser tomadas”, disse o deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA), um dos autores do requerimento.

É o segundo pedido de investigação contra Feliciano. Ontem (2), a ex-presidente da Comissão de Direitos Humanos deputada Iriny Lopes (PT-ES) protocolou requerimento para que a Corregedoria investigue se houve quebra de decoro por parte de Feliciano ao dizer, durante um culto evangélico, que antes da chegada dela à presidência da comissão o “satanás” comandava o colegiado. Segundo a representação, o deputado Marco Feliciano mantém em seu gabinete o secretário parlamentar Matheus Bauer Paparelli, que é neto do chefe de gabinete. De acordo com o PSOL, Matheus dá expediente no escritório Fávaro e Oliveira Sociedade de Advogados, com sede em Guarulhos (SP). O escritório recebeu, segundo denúncia, R$ 35 mil, entre setembro de 2011 e setembro de 2012, da cota parlamentar de Feliciano.

Conforme a representação do PSOL, o escritório de advocacia Pomini Sociedade de Advogados, que atuou no registro da candidatura de Feliciano, em 2010, não consta na prestação de contas da campanha do deputado. Contudo, entre fevereiro e abril de 2011, o escritório foi contrato por Feliciano e recebeu R$ 21 mil por meio da cota parlamentar. O partido acusa Feliciano de contratar em seu gabinete o roteirista e diretor Wellington José Faria de Oliveira. Ele é, segundo a denúncia, dono da produtora WAP TV, empresa que tem Feliciano como um dos seus clientes. A produtora foi responsável pela divulgação, no mês passado, de um vídeo considerado ofensivo aos parlamentares contrários à eleição de Feliciano para presidente da Comissão de Direitos Humanos.”

(Agência Brasil)

Acrísio: Dilma chegou como "rasgo de esperança" para aqueles que sofrem com a seca

160 1

acrisiosena

O vereador Acrísio Sena (PT) elogiou, durante pronunciamento da tribuna da Câmara Municipal, nesta quarta-feira,  os investimentos de R$ 9 bilhões anunciados ontem pela presidenta Dilma Rousseff na sua visita ao Ceará. O dinheiro é para ações de combate à estiagem.

Acrísio aproveitou para cobrar a reestruturação do DNOCS: “É importante que este órgão seja fortalecido em suas ações contra a seca e que sua sede permaneça no Nordeste, aqui no Ceará”.

O petista destacou que a visita de Dilma chegou como “um rasgo de esperança para milhares de irmãos que estão em plena penúria no interior do Estado”. Ele lembrou também que Fortaleza, nos últimos dias, viveu uma gravíssima crise de abastecimento d´água que atingiu quase todo o Município, mal gerenciada pela Cagece.

Ilário Marques defende a manutenção da aliança com Cid Gomes em 2014

118 10

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=yzDLnmd9IVI&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1[/youtube]

O ex-presidente estadual do PT, Ilário Marques, é contra a tese defendida pela presidente regional do partido, a ex-prefeita de Fortaleza, Luizainne Lins, de que petistas devem ter candidatura própria ao Governo em 2014.

Ilário, crítico no passado da gestão cidista, defende que a resolução da maioria petista de manter a aliança política com o PSB do governador Cid Gomes seja respeitada.

Projeto de reajuste dos servidores municipais é retirado de pauta

evaldoo

O vereador Evaldo Lima (PCdoB), líder do prefeito Roberto Cláudio (PSB), retirou da pauta da Câmara Municipal a mensagem que reajusta o salário dos servidores municipais. Na terça-feira, 2, o líder havia firmado acordo com representantes do funcionalismo para retirar a proposta – que tramita em regime de urgência, para haver tempo de os sindicatos ouvirem as bases.

Ficou definido que haveria ainda audiência pública na sexta-feira, 5, quando os servidores dariam a resposta sobre o aumento oferecido. Estavam presentes ao encontro, além de Evaldo, os vereadores Guilherme Sampaio (PT), Capitão Wagner Sousa (PR), João Alfredo (Psol) – todos da oposição – além do vice-líder do prefeito, Didi Mangueira (PDT).

Contudo, a mensagem foi incluída na pauta desta quarta-feira, 3, e já poderia ir a votação. Evaldo se desculpou e disse que os participantes do encontro deixaram de informar sobre o entendimento ao presidente da Câmara, Walter Cavalcante (PMDB), responsável pela pauta. O líder disse que a Prefeitura irá honrar o acordo e pediu a retirada da proposta, que deve ser votada na semana que vem.

A Prefeitura propôs 5,83% de aumento aos servidores do Município, menos que o percentual oferecido aos funcionários da própria Câmara.

(POVO Online – Canal Política)

MP/CE fará mobilizações contra a PEC 37

130 1

“A Associação Cearense do Ministério Público (ACMP) e a Procuradoria-Geral de Justiça do Ceará vão promover, neste mês, uma série de ações de mobilização contra a PEC 37 – Proposta de Emenda Constitucional que limita os poderes de investigação do Ministério Público. A ordem é sensibilizar a sociedade sobre o assunto.

A primeira iniciativa ocorrerá no próximo domingo, às 9 horas, com um adesivaço no encontro das avenidas Santos Dumont e Zezé Diogo (Praia do Futuro). A ação seguinte ocorrerá no dia 10, com a realização de atos públicos nos municípios do Interior do Estado.

O terceiro evento contra a PEC 37 será realizado no dia 12, em Fortaleza, quando os membros do MP estadual realizarão um ato público, a partir das 14 horas, na Assembleia Legislativa. O calendário de mobilização se encerrará n dia 24, em Brasília, quando procuradores e promotores de Justiça de todo o Brasil farão corpo a corpo junto ao Congresso.

Nas Redes Sociais

O Ministério Público também preparou outras iniciativas de divulgação em massa: a) criou canais oficiais no Facebook (Facebook.com/brasilcontraaimpunidade) e no Twitter (Twitter.com/naopec37); b) criou um link para acessar a Petição Eletrônica/Abaixo Assinado (http://migre.me/dRX4R) a fim conseguir atingir a meta de assinaturas eletrônicas;  e c) elaborou peças explicativas para a população, que podem ser divulgadas nas emissoras de rádio (spot) e TV (vídeo): http://www.4shared.com/folder/E7eP207c/Multimdia_-_PEC_37.html

(Site do MPE)

CCJ da Câmara aprova projeto que cria a Universidade Federal do Cariri

140 4

maurobenevides

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira, projeto, oriundo da Era Lula, que cria a Universidade Federal do Cariri. A Instituição deve ter sede em Juazeiro do Norte. Essa informação é do vice-presidente dessa comissão, o peemedebista Mauro Benevides, adiantando para o Blog que começa agora uma articulação para que a matéria tenha tramitação em regime de urgência e possa ser votada na próxima semana.

O relator, bom destacar, foi o líder do PT na Casa, José Nobre Guimarães. A UFCA vai ser integrada pelos campi já existentes de Juazeiro do Norte, Barbalha e Crato, que serão desmembrados da Universidade Federal do Ceará (UFC). Além disso, serão criados novos campi nos municípios de Icó e Brejo Santo.

“É uma conquista histórica, com papel estratégico para o desenvolvimento da região. Terá forte impacto na economia local, nos serviços e no comércio. A universidade já nasce pujante, com investimentos previstos em R$ 157 milhões até 2017, o maior já realizado em educação no Cariri. Estamos todos de parabéns”, comemorou Guimarães, que também foi relator da matéria na Comissão de Finanças e Tributação da Casa.

De acordo com o projeto, deverão ser oferecidos inicialmente 27 cursos de graduação. A meta do governo é atender a 6.490 estudantes de graduação e pós-graduação. A proposta prevê a contratação de 197 professores, 212 funcionários de nível superior e 318 profissionais de nível intermediário. O projeto também cria 482 cargos de direção e funções gratificadas.

Estatuto da Juventude tramitará em regime de urgência no Senado

“O Estatuto da Juventude vai tramitar em regime de urgência no Senado Federal. Aprovada em regime de urgência na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), a matéria vai direto ao plenário e, se aprovada, segue para a Câmara, uma vez que foram feitas várias alterações no texto original.

Sobre os descontos em ingressos para estudantes, o substitutivo do relator Paulo Paim (PT-RS) garante meia entrada aos estudantes para todos os eventos culturais e esportivos que tenham financiamento de recursos públicos, exceto a Copa do Mundo de 2014 e a Copa das Confederações que acontecerá neste ano. Nos dois casos, o desconto aos estudantes será de 40% do valor do ingresso. Em eventos patrocinados exclusivamente por dinheiro privado, o desconto estudantil também será de 40%.

Para combater eventuais fraudes na emissão das carteiras de estudante, o projeto do Estatuto da Juventude estabelece que o documento deve ser emitido preferencialmente por entidades reconhecidas e para alunos efetivamente matriculados nos níveis de ensino previstos na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB).”

(Agência Brasil)

 

Uma parceria público-privada na área dos presídios

Com o título “Presídios e parcerias”, eis artigo do tributarista Hugo de Brito Machado. Ele aborda uma experiência exitosa que se registra em Minas Gerais. Ali, o governo faz uma parceria público-privada com o empresariado no que diz respeito à gestão de presídios. Confira:  

O crescimento da violência em nosso país é incontestável e, embora esse fato tenha várias causas, ninguém pode negar que uma delas, talvez a mais importante, é a deficiência quantitativa e qualitativa do sistema prisional. Deficiência da qual decorre a presença de delinquentes livres em toda parte, fazendo crescer a sensação de impunidade que, aliada à benevolência de nossas leis penais, atrai os jovens para a atividade criminosa.

A vigente Constituição Federal estabelece expressamente que a segurança pública é dever do Estado. Entretanto, como o Poder Público não tem revelado habilidade no cumprimento desse dever, é oportuna a experiência com a denominada parceria público-privada. Aliás, o atual governo federal tem optado por tais parcerias, como ocorreu com aeroportos, já realizada, e em breve ocorrerá com os portos.

O mundo tem demonstrado que a empresa privada é mais eficiente, como se vê do eloquente exemplo dado pela China, que vem crescendo consideravelmente desde que permitiu em seu território a empresa privada.

Diante dessa realidade, e tendo em vista o crescimento da violência em nosso país, devemos cogitar da concessão de presídios a empresas privadas, pois é indiscutível que a deficiência do sistema prisional, qualitativa e quantitativa, tem contribuído significativamente para o aumento da violência. É ora de imitarmos o que recentemente foi feito pelo Estado de Minas Gerais, com o que denominaram de Complexo Penitenciário Público-Privado, capaz de abrigar mais de três mil presos.

Merece destaque, nessa ideia que Minas Gerais colocou em prática, recentemente, o fato de que o Estado não aplicou nenhum centavo na construção das penitenciárias, e vai gastar com a manutenção dos presos menos do que vem gastando atualmente no sistema penitenciário tradicional. E ainda, o fato de que as empresas responsáveis pela administração das penitenciárias obrigam-se a manter os presos trabalhando e estudando.

Nosso sistema prisional impõe ao preso tratamento inteiramente desumano, além de permitir aos portadores de caráter deformado comportamentos perversos em relação a seus companheiros. Permite, também, que do interior dos presídios continuem praticando crimes através de telefones celulares, ou comandando criminosos que estão em liberdade. Por tudo isto ninguém pode seriamente negar que o sistema prisional público está falido. Nem que muitos nele colocados, em razão de crimes de menor potencial ofensivo, saem muito pior do que entraram. Totalmente sem condições de voltar ao convívio social.

Em face das circunstâncias em que vivemos hoje, o exemplo de Minas Gerais, que segundo autoridades daquele Estado teria sido inspirado na experiência de outros países, como a Inglaterra, deveria ser seguido por todos os demais estados.

Toda opinião suscita opinião contrária. Por isto mesmo haverá, com certeza, quem se manifeste contrário à concessão de presídios, alegando que tal providência beneficiaria apenas os empresários. Não somos donos da verdade mas, como o sistema público vemproduzindo péssimos resultados, pensamos que vale a pena experimentar a concessão de presídios a empresas selecionadas em licitação. O Estado passaria a gastar muito menos do que vem gastando com a manutenção de presos e teríamos a redução da violência com a menor quantidade de delinquentes em liberdade.

Hugo de Brito Machado,

hbm@hugomachado.adv.br
Professor de Direito Tributário da UFC e pres. do Instituto Cearense de Estudos Tributários.

Deputado vai alertar contra o fenômeno da "Supremocracia"

170 2

danilo forte deputado

O deputado federal Danilo Forte (PMDB) ocupará, nesta quarta-feira, o grande expediente da Câmara. Em pronunciamento, vai criticar o que chama de fenômeno da “Supremocracia”.

Danilo reclama que, nos últimos meses, os ministros do  Supremo Tribunal Federal, que não são eleitos pelo voto, popular, vêm “interferindo em todas as decisões tomadas pelo Congresso”.

(Foto – Paulo MOska)

UFC será sede de encontro internacional sobre Gestão Urbana e Sustentabilidade

Fortaleza será sede, no período de 9 a 11 próximos, no auditório Rachel de Queiroz, do Centro de Humanidades da UFC, do Seminário Internacional de Pesquisa e Extensão Gestão Urbana e Sustentabilidade. As inscrições estão abertas até a próxima segunda-feira. Os interessados podem se inscrever no Laboratório de Pesquisa Ambiental (Locus) da Instituição. 

Além de professores e pesquisadores da UFC, participarão os professores Enrique Sánchez Albarracín e Chantal Berdier, da Universidade de Lyon. A abertura será feita pelo Prof. Tito Lívio Cruz Romão, Coordenador de Assuntos Internacionais da UFC. Nas palestras, debates e mesas-redondas, os participantes trocarão ideias sobre pesquisas ligadas à educação ambiental, arte em espaços públicos, condições de vida e trabalho de catadores de lixo, gestão de resíduos sólidos, mobilidade urbana, dentre outros temas.

O seminário é realizado pela UFC, por meio do Programa de Pós-Graduação em Psicologia, do Locus, do projeto de extensão “Sem Fronteiras: Plural pela Paz”, juntamente com o Instituto Nacional de Ciências Aplicadas de Lyon (INSA de Lyon), o Laboratório de Pesquisa “Meio Ambiente, Cidade, Sociedade” (EVS, ligado ao INSA) e a Administração da Região Rhône-Alpes, França.

(Site da UFC)

Petista cearense vai propor renúncia de Marco Feliciano

177 6

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=-i1VB_NHEdU[/youtube]

O deputado federal Eudes Xavier, que é também um dos vice-líderes da bancada petista, quer a renúncia do pastor Marco Feliciano (PSC/SP) da presidência da Comissão de Direitos Humanos.

Eudes Xavier informou, nesta quarta-feira, que, durante reunião da bancada do seu partido, apresentará essa proposta. Ele lamenta as posições conservadoras de Marco Feliciano.

Casa Civil da Presidência reúne secretários para colocar em prática ações contra a seca

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=OIea8BxfS50[/youtube]

A Casa Civil da Presidência da República vai reunir todos os secretários estaduais de agricultura do Nordeste. O encontro, que ocorrerá em Brasília, durante toda esta quarta-feira, é para colocar em prática todo o pacote contra a seca lançado pela presidente Dilma Roussef, nessa terça-feira, durante reunião da Sudene, em Fortaleza.