Blog do Eliomar

Categorias para Política

CPMI pedirá ao STF suspensão do sigilo de processos sobre Carlinhos Cachoeira

“A reunião da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira decidiu hoje (17) pedir ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski a suspensão do segredo de Justiça dos inquéritos sobre o empresário goiano Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Os deputados e senadores querem também a indisponibilidade dos bens dele. Cachoeira está preso em Brasília sob suspeita de envolvimento com jogos ilícitos.

Lewandowski é relator no STF dos inquéritos resultantes das operações Vegas e Monte Carlo, da Polícia Federal, que indicam uma “organização criminosa” comandada por Cachoeira.

A CPMI fez hoje uma reunião administrativa para votar requerimentos, em razão dos adiamentos dos depoimentos dos procuradores da República Daniel Salgado e Léa Batista de Oliveira, que deverão ocorrer depois de 31 de maio.”

(Agência Brasil)

Cid inaugura Universidade do Trabalho Digital

O governador Cid Gomes e o secretário da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), René Barreira, inaugurar, a partir das 9h30min desta quinta-feira, a Universidade do Trabalho Digital (UTD). 

 O equipamento funcionará no prédio do Cine São Luiz e oferecerá formação profissional gratuita na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) em níveis básico e avançado.

Goerno francês anuncia que vai cortar 30% do salário dos novos ministros

160 1

“O novo primeiro-ministro da França, Jean-Marc Ayrault, disse que vai cortar em 30% o salário dos 34 ministros. A decisão foi tomada como parte do plano de austeridade fiscal já em curso em outros países europeus,que visa a reduzir os gastos públicos e a retomar o crescimento da economia.

Segundo Ayrault, a proposta será encaminhada ao Conselho de Ministros, na primeira reunião no Palácio do Eliseu (cujo nome em francês é Champs-Élysée), com o presidente da França, François Hollande. O corte de salários foi tema de campanha de Hollande.

A nova equipe ministerial do governo da França é composta por 17 homens e 17 mulheres. Na lista estão o ex-primeiro-ministro Laurent Fabius, que ocupará a pasta das Relações Exteriores, e o ex-ministro para Assuntos Europeus Pierre Moscovici, que será o titular do Ministério da Economia.”

(Agência Brasil e Rádio França)

Judiciário ainda se adapta à Lei de Acesso à Informação

211 2
“Seis meses após a edição da Lei de Acesso à Informação (LAI), o Judiciário ainda não está pronto para atender a todas as regras sobre publicidade e atendimento ao público exigidas na nova norma, mas já se mobiliza para criar um regramento geral de acesso à informação.

Essas regras gerais serão definidas por uma comissão com representantes dos tribunais superiores e de conselhos superiores de Justiça, que terá 60 dias para apresentar suas conclusões. Um dos assuntos que deverá ser abordado no documento, até então pouco discutido no contexto do Judiciário, é a criação de parâmetros gerais para classificação de documentos.

Enquanto o regramento geral do Judiciário não fica pronto, alguns tribunais aproveitam estruturas já existentes para cumprir parte da lei, como o Supremo Tribunal Federal (STF). A Corte tem uma central de atendimento desde 2008, onde há um serviço presencial, e também oferece consultas por telefone e pela internet.”

(Agência Brasil)

Governo envia projeto de acesso à informação para a Assembleia Legislativa

“Um dia depois de entrar em vigor em todo o Brasil, a Lei Geral de Acesso à Informação começa a ganhar sua versão no Estado do Ceará. Ontem, o Palácio da Abolição enviou à Assembleia o texto do projeto de lei, que deverá começar a tramitar hoje. Pelo que diz a lei federal (12.527/11), a informações disponíveis devem ser prestadas imediatamente. Caso dependam de levantamento interno, os órgãos têm prazo de 20 dias, prorrogáveis por mais dez mediante justificativa.

De acordo com a lei, não é preciso dizer o motivo da solicitação: dados não sigilosos devem ser públicos e seu fornecimento não pode depender da motivação do interesse do requerente. Ao final do processo, o órgão público envia a informação desejada ou no mínimo a justificativa razoável para a negativa de fornecimento.

Conforme O POVO mostrou ontem, o Governo do Estado já começa a se preparar para a aplicação da lei. De acordo com o controlador do governo Cid Gomes, João Melo, uma espécie de catálogo será implantado. O documento trará itens como os serviços que o Governo poderá disponibilizar para consulta pública, endereços de todos os órgãos com horários de funcionamentos, entre outras informações.

Em nível de Capital do Estado, a Prefeitura de Fortaleza diz que os instrumentos instalados na gestão já garantem o cumprimento da legislação.”

(O POVO)

Câmara aprova projeto que regulamenta profissão de árbitro de futebol

O projeto que regulamenta a profissão de árbitro de futebol foi aprovado pela Câmara dos Deputados nessa noite de quarta-feira. O projeto foi modificada pela Câmara e deve retornar ao Senado. Prevê, por exemplo, que constitui crime contra a organização do esporte realizar arbitragem de partida esportiva “de forma fraudulenta”.

A pena, neste caso, será de seis meses a dois anos, mais multa. A proposta explica que “arbitragem fraudulenta significa interferir, dolosamento, no resultado natural da partida”. Segundo o autor do texto substitutivo, deputado André Figuereido (PDT-CE), esse artigo enquadra os juízes.”

(Com O Globo)

Defensores públicos realizam “Mutirão de Conciliação” em ritmo de protesto nacional

A Associação dos Defensores Públicos do Ceará (ADPEC) e a Defensoria Pública Geral do Estado promoverão, nesta sexta-feira, a partir das 8 horas, o “Mutirão de Conciliação” no Fórum Desembargador Silveira Carvalho, em Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza). O atendimento ocorrerá durante todo o dia, dentro de uma atividade que marca o lançamento, em todo o país, da Campanha Nacional da Defensoria Pública. O tema deste ano é “Ensinar, prevenir, conciliar: Defensores Públicos pela garantia extrajudicial dos direitos”. A ordem é conscientizar a população sobre os meios alternativos de reivindicar direitos sem que seja necessária uma ação judicial.

O mutirão também faz parte das comemorações pelo Dia Nacional do Defensor Público – 19 de maio e as atividades desta sexta-feira incluem orientação jurídica, palestras de educação em direitos, reuniões de conciliação e mediação. Na prevenção, destacam-se as atividades de educação em direitos, de orientação jurídica, de participação em conselhos e de colaboração no processo legislativo. Nas soluções alternativas, o incentivo à conciliação e à mediação e à atuação coletiva extra-judicial.

Os defensores aproveitarão a ocasião para promover uma reflexão sobre os baixos salários, as péssimas condições de trabalho, bem como de investimentos públicos para a ampla estruturação das Defensorias Públicas. No Ceará, ceca de 70% dos municípios não contam com defensor público.

Governo promete não interferir no trabalho da Comissão da Verdade

283 2

“A presidenta da República, Dilma Rousseff, disse hoje (16) que o governo não vai interferir nos trabalhos da Comissão da Verdade. Os sete membros que vão apurar violações de direitos humanos ocorridas entre 1946 e 1988 foram empossados hoje em cerimônia no Palácio do Planalto.

“Ao convidar os sete integrantes não fui movida por critérios pessoais, nem por avaliações subjetivas. Escolhi um grupo plural de cidadãos sensatos e ponderados, preocupados com justiça e com o equilíbrio, capazes de entender a dimensão do trabalho que vão executar – faço questão de dizer – com toda liberdade, sem qualquer interferência do governo, mas com todo apoio que precisarem”, garantiu Dilma.

Segundo a presidenta, a comissão deve trazer à tona graves violações de direitos humanos, no entanto, isso não será um instrumento para revanche contra agentes do Estado que praticaram esses crimes. “Não nos move o revanchismo, o ódio ou desejo de escrever uma história diferente do que acontece, mas escrever uma história sem ocultação”.

Durante seu discurso, a presidenta se emocionou ao lembrar os desaparecidos políticos: “O Brasil merece a verdade, as novas gerações merecem a verdade e sobretudo merecem a verdade factual. Aqueles que perderam amigos e parente continuam sofrendo como se eles morressem de novo e sempre a cada dia”.

Foram empossados hoje José Carlos Dias (ex-ministro da Justiça), Gilson Dipp (ministro do Superior Tribunal de Justiça), Rosa Maria Cardoso da Cunha (advogada), Cláudio Fonteles (ex-procurador-geral da República), Paulo Sérgio Pinheiro (diplomata), Maria Rita Kehl (psicanalista) e José Cavalcante Filho (jurista).”

(Agência Brasil)

Hospital da Mulher X Shopping Parangaba

480 4
Do leitor Guedes Neto, em seu facebook, uma constatação que merece reflexões:
Hoje (quarta-feira), ao trafegar pela Parangaba, observei intenso trabalho de construção do North Shopping Parangaba com muitas máquinas trabalhando na escavação. Por outro lado, constatei, para minha tristeza, a lenta construção do tão propalado “Hospital da Mulher”.
Pelo ritmo da obra, diminuta quantidade de máquinas e funcionários e levando-se em consideração a complexidade de montagem de equipamento hospitalar e mão-de-obra qualificada, creio que não será inaugurado ainda neste ano.
O tempo urge e já estamos quase no meio do ano. E já se vão oito anos!

Padre Haroldo faz peregrinação contra a corrupção

Padre Haroldo promete peregrinação política.

O Ceará vai participar do I Congresso Nacional sobre Transparência e Controle Social, promoção da Controladoria Geral da União que ocorrerá de sexta a domingo, em Brasília. Entre os convidados está o padre Haroldo Coelho, do PSOL e que representará no encontro o Movimento Democracia Direta.

Padre Haroldo, que seguiu nesta quarta-feira para Brasília, vai aproveitar para divulgar um manifesto contra a corrupção. Ele visitará os gabinetes dos parlamentares cearenses e de alguns outros parlamentares comprometidos, segundo destaca, com a luta popular.

Com o religioso, seguiu também Adriano Távora, que coordena o movimento Unidos contra Corrupção. 

(Foto – Paulo  MOska)

Paulo Henrique Amorim é condenado a indenizar banqueiro Daniel Dantas

504 4

“Em dois dias, o apresentador Paulo Henrique Amorim foi condenado a indenizar em R$ 350 mil o banqueiro Daniel Dantas por publicar acusações em seu blog. Três casos foram julgados, sendo dois (na primeira instância) na última segunda-feira (14/5) e um (na segunda instância) nessa terça-feira (15/5). Nos três, Amorim foi condenado por conduta ilícita, ao utilizar termos e imagens ofensivas para se referir a Dantas. A condenação em segunda instância responsabiliza o apresentador do dominical televisivo Domingo Espetacular também por comentários anônimos publicados em seu blog. Dantas foi representado pelo advogado João Mendes de Oliveira Castro e Amorim por César Marcos Klouri.

A decisão mais recente é também a mais cara. O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro condenou Amorim a pagar R$ 250 mil ao banqueiro e a publicar, em dez dias, a íntegra da decisão em seu blog. O apresentador é responsabilizado por comentários anônimos de leitores que, segundo os desembargadores da 1ª Câmara Civil da corte, são publicados com o aval do jornalista. Alguns dos comentários, segundo a defesa de Dantas, incitavam inclusive à violência física contra o banqueiro. Em litígios anteriores, o blogueiro desobedeceu a determinação judicial de revelar a identidade dos comentaristas, o que levou os advogados de Dantas e juízes a suspeitarem que os comentários são produzidos pela própria equipe do blog.

Os desembargadores afirmaram que a condenação do apresentador representa uma defesa da liberdade de imprensa, “tendo em vista que Paulo Henrique Amorim vem desempenhando papel nocivo à própria imprensa ao atacar, de forma dolosa, pessoas que ele afirma serem seus desafetos”.

No caso em questão, Amorim se referia a Daniel Dantas como “passador de bola apanhado no ato de passar bola” e afirmava que o banqueiro havia realizado diversas “patranhas”. O uso da primeira expressão já havia gerado conflito judicial. Outra nota publicada no mesmo blog que fazia uso da expressão “passador de bola” fez com que o blogueiro fosse condenado a indenizar Daniel Dantas em R$ 200 mil em abril de 2011.

Os desembargadores reconheceram que, ao utilizar a expressão mais uma vez, Amorim tinha intenção de ofender Dantas e mostrou descaso com a Justiça ao insistir em práticas que já sabia condenáveis. A decisão reforma sentença em primeira instância, na qual a ação havia sido julgada improcedente.”

* Do Consultor Jurídico, leia aqui.

Inácio Arruda receberá medalha Boticário Ferreira

126 2

O senador Inácio Arruda (PCdoB) vai receber, na próxima segunda-feira, às 19 horas, em solenidade na Câmara Municipal, a Medalha Boticário Ferreira.

A iniciativa é de sua colega de partido, a vereadora Eliana Gomes.

O ato, sem sombra de dúvida, serve para reforçar a imagem de quem também é pré-candidato a prefeito de Fortaleza.

Secitece inaugura a Universidade do Trabalho Digital

142 1

A Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece) vai inagurar, às 9h30min desrta quinta-feira, a “Universidade do Trabalho Digital (UTD)”. A solenidade terá à frente o governador Cid Gomes e o secretário René Barreira (Secitece).

A UTD funcionando no prédio do Cine São Luiz, em frente a Praça do Ferreira (Centro) e oferecerá formação profissional gratuita na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) em níveis básico e avançado.

O empreendimento foi resultado de um investimento da ordem de R$ 3,12 ilhões. A UTD poderá capacitar até 1524 pessoas em um ano.

AFBNB pede espaço ao CIC e FIEC para participar de debate sobre MP 564

Sobre o debate que o Centro Industrial do Ceará (CIC) e a Federação das Indústrias do Ceará(FIEC) promoverão, na próxima segunda-feira, sobre a MP 564 (Brasil Maior) com o relator da matéria, deputado federal Danilo Forte (PMDB), recebemos nota da Associação dos Funcionários do BNB (AFBNB). A entidade quer participar do debate, marcado para as 8 horas, no auditório d federação. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

A Associação dos Funcionários do BNB (AFBNB) compreende como fundamental o debate que vai ser feito no CIC e FIEC e tem divulgado o posicionamento da Federação do Ceará para as outras Federações da Indústria dos estados nordestinos, no sentido de obter repercussão em torno das propostas da AFBNB, que foram emitidas antes mesmo da edição da MP 564, visando a sensibilizar os parlamentares e ao Governo Federal para fins de dar o direcionamento adequado de compromisso com a região, fortalecendo os órgãos de apoio ao desenvolvimento regional, e, em especial o BNB – nesse caso, haja vista a necessidade de aporte de capital social e por consequência valorização da Instituição e dos seus trabalhadores, e considerando que é uma discriminação retirar a exclusividade do FDNE com a alegativa de limitação de patrimônio referência do BNB.

Compreendemos que toda a sociedade empresarial deve discutir a questão sob a ótica de que de há muito deveria ter sido reconhecido o papel do Nordeste num Projeto Nacional de Desenvolvimento e é necessário que os órgãos regionais, os quais foram criados para apoiarem a redução das desigualdades e integrarem produtivamente o Nordeste e o Norte sejam, de fato, considerados na dinâmica da política econômica e financeira nacional.

No caso do debate a AFBNB, ainda não fomos convidados e seria interessante nossa entidade participar, tendo em vista todo o trabalho que estamos desenvolvendo.

AFBNB,

A Diretoria.

Deputado reclama da dieta da Gol

208 5

Essa história quem conta é o deputado estadual Welington Landim (PSB) , em seu Blog
 
Quem viajou de Gol no trecho Fortaleza-Juazeiro do Norte, nesta terça-feira, teve que “merendar” um chilito (pequeno) com um copo (pequeno) de refrigerante.

Quem não se lembra da época em que as companhias aéreas “davam” almoço, jantar, sucos naturais, brindes, cerveja e até uisque (para quem gosta)?

Velhos tempos, belos dias…

VAMOS NÓS – Há algo de positivo nesse menu, deputado Landim: o senhor não ganhará quuilinhos a mais.

Eudes Xavier é relator de projeto que regulamenta profissão de comerciário no Brasil

O deputado federal Eudes Xavier (PT), que já dirigente do Sindicato dos Comerciários do Ceará, vai relatar o projeto de lei que regulamenta profissão de comerciário no Brasil. O PL 3592/2012 é de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS). A escolha foi feita nesta quarta-feira, durante reunião da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados, da qual o parlamentar cearense é membro titular.

Eudes Xavier comemora a indicação lembrando que “é preciso melhorar a qualidade de vida e as condições de trabalho de cerca de 10 milhões de trabalhadores e trabalhadoras em todo o país”. Ele diz que a regulamentação também fortalece a geração de empregos no Brasil.

Embora antiga, a profissão de comerciário ainda não é regulamentada, ao contrário de outros setores que surgiram recentemente como os motoboys.

Projeto de Ciro dá titulo de cidadania para Ivo Gomes

247 9

O chefe de gabinete do Palácio da Abolição, deputado estadual licenciado Ivo Gomes, vai receber título de Cidadão de Fortaleza no próximo dia 31 (seria dia 21, mas foi adiada). A solenidade ocorrerá a partir das 19 horas, no plenário da Cãmara Municipal.

O título de cidadania para Ivo Gomes, irmão do governador Cid Gomes, foi resultado de projeto de autoria do vereador Ciro Albuquerque.

VAMOS NÓS – Seria uma boa oportunidade de a prefeita Luizianne Lins (PT) comparecer e dar um fim aos queixumes políticos dos Ferreira Gomes. Especialmente de Ivo e Ciro Gomes, que não perdem oportunidade de bater na gestão petista.

Articulista aborda o desmascaramento da “Veja”

285 11

Com o título “Bons ventos sopram a favor da democracia”, eis artigo do jornalista Messias Pontes. El aborda a instalação da Comissão da Verdade, pelo governo federal e, principalmente, o escãndalo envolvendo o bicheiro Carlinhos Cachoeira e suas ligações com peixe grande da mídia. Confira:

O Brasil vive momentos favoráveis à ampliação da democracia. Bons ventos sopram nessa direção e trazem consigo fatos alvissareiros, como a instalação da Comissão Nacional da Verdade, a quase seis meses depois da sanção da lei que a criou; igualmente sancionada há exatos seis meses, entra em vigor hoje a Lei de Acesso à Informação, que regulamenta o direito constitucional de acesso dos cidadãos às informações públicas. Trata-se de um significativo avanço, já que o ex-presidente FHC – o Coisa Ruim – queria que os documentos confidenciais, reservados, secretos e ultrassecretos ficassem eternamente fora do alcance dos cidadãos.

A partir de hoje – e isto é um fato histórico dos mais relevantes – todo e qualquer cidadão poderá acessar informações públicas. Para tanto, precisamos vencer um grande desafio que é a digitalização de todos os documentos, bem como a  universalização do acesso à Internet. Isto fará com que os mais longínquos rincões do País sejam beneficiados.

Esses bons ventos trazem também o total desmascaramento da revista Veja, o lixo do jornalismo brasileiro que, infelizmente, ainda é a semanal de maior tiragem no País. O que vimos falando aqui há anos sobre esse órgão canceroso, finalmente está sendo comprovado. E a instalação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira vai, certamente, trazer à lume o envolvimento da revista da Editora Abril com o crime organizado. Aliás, o deputado Fernando Ferro (PT-PE) enfatiza que a Veja é o próprio crime organizado.

O diretor da sucursal dessa revista em Brasília, jornalista Policarpo Júnior, não terá como negar o seu envolvimento com a quadrilha de Carlinhos Cachoeira, e que esse envolvimento tem a anuência e cumplicidade do senhor Roberto Civita – o Rupert Murdoch brasileiro, que será, também, obrigado a depor junto à CPMI do Cachoeira. Esta é uma oportunidade ímpar para o desmascaramento completo desses crápulas e dos hipócritas amestrados que “veem” censura em toda manifestação de desmascaramento da velha mídia conservadora, venal e golpista.

E na esteira da Veja a Rede Globo será, igualmente, desmascarada. Essa possibilidade está deixando insones os filhos do senhor Roberto Marinho que se apressaram em fazer a defesa de Policarpo Júnior e de Roberto Civita. Aí será o abraço de afogados. A serviço do desmoralizado senador Demóstenes Torres e do contraventor Carlinhos Cachoeira, a Veja manchetava na sua capa uma grande mentira contra o governo Lula e o Jornal Nacional repercutia no sábado e o Fantástico no domingo punha mais molho, suitando durante toda a semana, e assim derrubava um ministro.

Quem também poderá ser desmascarado é o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que blindou o senador Demóstenes Torres e corroborou com as mentiras da Veja levando pessoas competentes e probas à rua da amargura, como aconteceu com o então ministro dos Esportes, Orlando Silva. Gurgel está esperneando, mas terá de depor.

Outro fato importante trazido pelos bons ventos é o retorno dos jovens às ruas com muita determinação. Trata-se do movimento Levante Popular da Juventude promovendo o esculacho a torturadores e agentes da repressão em todo o País. Os esculachos – ou escrachos – são ações semelhantes às ações promovidas na Argentina e Chile em que os jovens fazem atos de denúncias e revelações de torturadores da ditadura militar que não foram presos ou julgados.

Porém o fato mais importante trazidos por esses bons ventos é a real possibilidade da presidenta Dilma Rousseff resolver enfrentar a velha mídia e sugerir ao Congresso Nacional um novo marco regulatório da comunicação. A democratização da comunicação é defendida por todos os setores democráticos e progressistas da sociedade, tendo à frente a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), os 27 sindicatos dos jornalistas do País e o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação –FNDC.

* Messias Pontes,

Jornalista e radialista.

Caso dos consignados – Rolo e mamata

177 3

 

Com o título “Rolo e mamata. A verdade da fala falha”, eis artigo que a professora Sandra Helena de Souza assina no O POVO desta quarta-feira. Ela abordo o caso dos consignados. Confira:

Sete de dezembro de 2011. Assembleia Legislativa do Ceará. Uma visita surpresa. Cid Gomes apresenta projetos de mobilidade urbana. Tenta esclarecer o uso do termo “rolo” numa conversa com empresários cujo vídeo vazara na imprensa do sul do País e que lhe causava óbvio desconforto. Dá uma definição anódina do termo. O escândalo dos banheiros fedia. Instado pela oposição sobre o caso dos consignados exaspera-se tanto que um deputado da base intervém e pede calma: “a emoção está prejudicando a racionalidade do governador”.

Não. A emoção, no caso, confirmou empiricamente o conceito de inconsciente: “sei” algo, mas algo em mim se recusa a saber, por ser insuportável. Vejamos.

Cid: “Talvez eu não saiba… Estou me recusando a acreditar. Não, não preciso saber de nada, é só bom senso. O pior dos mundos é a desconfiança. Se o governo tivesse alguma intenção de fazer disso um meio de vida eu não ia mexer na mamata, é, na mamata que eu digo, perdoem a palavra, na generosidade com que essa questão é tratada.”

“Eu perdi a aula na 5ª série, dos juros sobre juros. Quanto é, eu não acredito porque não é razoável. Quem é que está interferindo pra alguém ter lucro? Teoricamente se é o genro do Arialdo, seria o Arialdo. De que forma ele pressiona e a quem? Imaginemos, só em hipótese… pra polícia…me dê uma linha de investigação que determino nesse instante que a Polícia Civil abra uma investigação. Me dê uma coisa minimamente crível.”

“Esse governo é sério, honesto. Se alguém age errado é pra ser demitido sumariamente. Pode acreditar. Tenho a consciência tranquila e confio nas pessoas, mas não sou ingênuo, já tenho experiência demais na vida pública, pra não ter malícia, astúcia, perspicácia.”

“Isso tira a credibilidade do meu governo. Sou responsável. Se sou sério e meu governo é desonesto, no mínimo sou incompetente, imbecil. Eu não roubo, nem deixo roubar. Se alguém está roubando me diga, me diga. Eu não vou aceitar extorsão embora, repito, isso não tem nada a ver com o governo, não tem nada a ver, vírgula, o governo não tem autoridade sobre essa empresa, ela tem que prestar serviço, se prestar mal feito, nós cancelamos”.

16 de abril de 2012. O POVO. Depois do escândalo servido noutra matéria do Sul, Ciro Gomes afirma que é “imoral” o fato de a ABC ter contratado empresa de parente de um secretário para gerenciar os consignados. “Não é certo. O ato administrativo tem que ser moral”. “Absurdo”, “caos”, “não é sério”, expressões usadas sobre os altos juros cobrados dos servidores.

Os irmãos conversaram entre dezembro e abril? E a linha de investigação? A Seplag diz que não há irregularidades no contrato. Não houve tráfico de influência? A ABC não aceita o cancelamento, o sogro continua lá. Cid diz que o caso está encerrado. Afinal, eu entendo bem os filósofos racionalistas, porque não preciso acreditar neles. Acreditei no governador emocionado, mas para confiar no seu governo preciso entendê-lo. Alguém me explica o que afinal é ‘mamata’? Serve ‘perspicácia’ também. Não necessariamente nessa ordem.

* Sandra Helena de Souza

sandraelena@uol.com.br

Professora de Filosofia e Ética da Unifor.