Blog do Eliomar

Categorias para Política

Mensaleiro pode ficar fora das eleições se for condenado

204 1

Se for condenado no processo do mensalão, O deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP), que nutre esperança de disputar as eleições municipais, pode ficar impedido de concorrer. Isso, se for condenado no processo do Mensalão, informa nesta terça-feira o jornal O Globo.

O parlamentar, de acordo com a reportagem, seria enquadrado na Lei da Ficha Limpa, que proíbe a candidatura de políticos condenados por colegiado.

João Paulo, entanto, seria liberado para disputar, mesmo com a condenação, se o julgamento for realizado em agosto. É que de acordo com a legislação eleitoral, o registro é concedido ou não de acordo com a situação do político na data do pedido. E o pedido precisa ser feito até 5 de julho.

O petista é o único dos 38 réus do mensalão que manifestou interesse em se candidatar. Ele sonha em ser prefeito de Osasco (P).

Prefeita expõe em artigo ações na área das minorias

228 4

Com o título “Pela diversidade e respeito às diferenças”, eis artigo da prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT). Ela aborda ações de sua administração voltadas para o fortalecimento das minorias. Confira:

A política de Direitos Humanos desenvolvida em Fortaleza ganhou destaque desde que assumimos a Prefeitura. São ações específicas para mulheres, juventude, crianças, adolescentes, idosos, pessoas com deficiência, igualdade racial, livre orientação e diversidade sexual. Políticas públicas definidas de forma participativa, envolvendo diversas secretarias e com ajuda de estudos e pesquisas, tornando as intervenções mais técnicas a fim de garantir e fortalecer os direitos de cada segmento.

No desenvolvimento das políticas ligadas à diversidade sexual estamos realizando a quinta edição dos Jogos da Diversidade Sexual de Fortaleza, lançada na última sexta-feira. Oportunidade de evidenciar e provocar a reflexão sobre a livre orientação sexual e a identidade de gênero, desmistificando preconceitos, através da prática esportiva. Um momento lúdico mas que quer evidenciar um grito por entendimento e respeito para esse grupo historicamente discriminado.

Além dos jogos, a Secretaria de Direitos Humanos (SDH), por meio da Coordenadoria de Políticas Públicas para Diversidade Sexual, apoia eventos, realiza projetos, oficinas de sensibilização e capacitações para o público LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). E, a grande novidade, iniciamos a elaboração do Plano Municipal de Políticas Públicas e Promoção da Cidadania LGBT, uma maneira de assegurar o enfrentamento às diversas formas de discriminação e violência, bem como a garantia do exercício da cidadania LGBT.

A implantação do Centro de Referência LGBT Janaína Dutra, a realização da I Conferência Municipal LGBT, das Rodas de Diálogo, o programa Educação sem Homofobia e Juventude sem Homofobia, a Quarta cultural itinerante, além do grupo de trabalho Segurança Pública LGBT também são ações da Prefeitura que têm promovido os direitos humanos dessa população, demonstrando nosso compromisso no combate a toda e qualquer forma de discriminação e/ou violência contra esse segmento. Informe-se, dialogue. E leve sua torcida! Os Jogos da Diversidade vão de hoje até dia 31 em diversos equipamentos esportivos da cidade. Por uma Fortaleza mais humana, justa e livre de preconceitos!

* Luizianne Lins

luiziannelins@bol.com.br

Jornalista e prefeita de Fortaleza.

Danilo Forte: apoiar candidato de Luizianne, é apoiar continuidade de projeto falido

193 7

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=kwvqFfK2s04&feature=plcp&context=C423dd1fVDvjVQa1PpcFOowEIgYChP68vPGs8dgq4Fndg_ZJDh0Fg%3D[/youtube]

O deputado federal Danilo Forte (PMDB) voltoua defender que o PMDB não embarque na aliança com o PT da prefeita Luizianne Lins. Para ele, chegou a hora de seu partido discutir e apontar nome para uma disputa que promete ser de segundo turno.

Segundo Danilo Forte, embarcar numa aliança com o PT da prefeita Luizianne Lins seria endossar um projeto falido de gestão.

Lei Geral da Copa – Bancada petista decide votar texto original do governo

“A bancada petista na Câmara decidiu aprovar o texto original do governo sobre a Lei Geral da Copa enviado à Câmara, na questão da venda de bebidas durante os jogos da Copa do Mundo. “No nosso caso está se propondo a suspensão temporária do Item 13 A [do Estatuto do Torcedor], que trata da chamada portabilidade, ou seja, as pessoas não podem entrar e andar com bebida nas praças desportivas”, disse o líder do governo, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP).

O líder informou que, nesta terça-feira, em reunião com os demais líderes da base governista, vai discutir a questão da venda de bebidas nos estádios durante os jogos da Copa. “Vamos discutir com os demais líderes da base. Vou ouvir os demais. Se isso se consagrar, vamos ver como regimentalmente faremos. Uma das alternativas é o relator [deputado Vicente Cândido (PT-SP)] alterar o seu parecer”, disse.

Segundo Chinaglia, no momento das negociações para trazer a Copa do Mundo para o Brasil, o governo deu algumas garantias, inclusive na questão da venda de bebidas, e está buscando cumprir o que prometeu. O texto do relator aprovado pela comissão especial estabelece a permissão para a venda de bebidas durante os jogos da Copa do Mundo. No entanto, o texto original do governo suspende, por um mês, o artigo do Estatuto do Torcedor que proíbe bebidas em jogos de futebol.

Se o Congresso aprovar o texto original do governo sobre a Lei da Copa, caberá à Federação Internacional de Futebol (Fifa) negociar com os estados que têm lei que proíbe a comercialização de bebidas.”

(Agência Brasil)

Cid cumpre agenda política e econômica em Brasília

O governador Cid Gomes (PSB) cumprirá agenda nesta terça-feira, em Brasília. Segundo a sua assessoria, ele acompanha, na Comissão de Constituição e  Justiça (CCJ) do Senado, discussões sobre a polêmica em torno do ICMS como fator de atração de investimentos para regiões pobres, a partir de isenções.

O dedbate será coordenado pelo presidente da CCJ, o senador cearense Eunício Oliveira, com que Cid deve conversar, durante o dia, sobre a sucessão em Fortaleza. Eunício esteve com a prefeita Luizianne Lins (PT) na última semana, e disse que seguirá, sobre o pleito, o que o governador decidir.

Já Cid Gomes pode abrir agenda para conversa com Rui Falcão, presidente nacional do PT. Ambos querem manter a aliança do PSB-PT em Fortaleza.

Ciro diz que prefeita controlar o PT de Fortaleza como um coronel

149 8

“Um dos principais defensores do rompimento do PSB com o PT, o ex-deputado federal Ciro Gomes, irmão do governador Cid Gomes (ambos PSB), criticou mais uma vez a prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), por sua gestão e pela atuação na direção petista. Ciro considera a postura da prefeita “autoritária”. “A Luizianne quer interditar o debate e controla o PT de Fortaleza como um coronel”, disparou, segundo matéria publicada ontem no site do Estadão. 

Juntamente com o PT municipal, Luizianne Lins, presidente estadual do partido, coordena o processo de escolha do candidato petista para a Capital e de articulação com os partidos aliados. Na avaliação de Ciro Gomes, existe a necessidade de um debate sobre Fortaleza, que tem apresentado “péssimo” desempenho em educação e saúde e “está afundando” os indicadores do Ceará.

“Eu acho que o PSB deveria lançar um candidato e fazer um debate profundo sobre Fortaleza no primeiro turno. Mas a última palavra é do Cid e eu acato. Não vejo problema em apoiar o PT, desde que a prefeita não queira impor um continuísmo silencioso”, disse Ciro.

Presidente estadual do PSB, o governador Cid Gomes tem sido enfático em suas declarações, de que trabalhará pela manutenção da aliança com o PT. No entanto, o PT ainda não definiu quem será seu candidato nas eleições.

Na mesma entrevista, Ciro reafirmou que seu desejo era ser candidato, caso não fosse impedido, em função do parentesco com o atual governador. “Se eu não fosse inelegível, já estaria agarrado pedindo votos”.

Cenário nacional

As críticas não ficaram restritas ao PT local. Perguntado sobre a disputa do PMDB nacional com o partido da presidente Dilma Rousseff por mais espaços no poder, Ciro afirmou: “O tamanho da goela do PT é um dos fatores de instabilidade”. Por outro lado, também disparou contra os peemedebistas. “A causa é correta, mas a reivindicação é fisiológica ou potencialmente corrupta”.

O ex-deputado também questionou a capacidade dos articuladores políticos da presidente para debelar a crise. “A equipe dela, com todo respeito, é fraca”.

(O POVO)

OAB alerta: Falta de juízes em 61 cidades ameaça eleições no Ceará

177 5

“Comarcas sem juiz al-gum, servidores sem formação adequada, cedidos por prefeituras e câmaras municipais, e juízes despachando processos de cidades vizinhas. O cenário da Justiça Comum no Interior e a aproximação do pleito eleitoral de 2012 preocupam a Ordem dos Advogados do Brasil, secção Ceará (OAB-CE).

Segundo a Ordem, 61 Comarcas do Ceará não têm juiz algum. “Isso traz problema muito grave para a eleição de outubro, porque o juiz estadual também é o juiz eleitoral”, alerta o presidente da Ordem, Valdetário Monteiro.

Segundo ele, com a estrutura que existe hoje, cada juiz terá de realizar eleições em seis cidades neste ano. “A gente sabe que eleições municipais são extremamente aguerridas e envolvem a eleição para vereador. Precisa de juiz que conheça a realidade do município, que esteja residindo na comarca. Se não tem juiz titular nem na normalidade, imagina residindo na comarca nesse período”, reclama. Considerando os cargos de juiz titular e substituto, Monteiro aponta 103 vagas ociosas nas comarcas do Interior.

Diante do problema, a OAB realizará hoje, em sua sede, a partir das 14h30min, audiência pública para tratar a situação de Tauá e Região dos Inhamuns. Segundo Monteiro, as comarcas de Tauá, Parambu, Catarina, Mombaça, Arneiroz, Saboeiro e Aiuaba estão sem juízes. Essa é a segunda audiência pública. A primeira foi sobre o município de Icó. A terceira já está marcada para esta quinta-feira, 22, para colher informações sobre a comarca de Iguatu. Toda semana, haverá audiência pública até que se discuta a situação de todo o Estado, promete Monteiro.

Prestadores de serviço

Ele cita ainda que 80% da Justiça Comum no Ceará é composta por servidores cedidos por prefeituras e câmaras municipais do Interior. “Na maioria dos casos, são prestadores de serviço. Pessoas que não estudaram Código de Processo Civil, Código de Processo Penal, que não estudaram a Constituição. E hoje, infelizmente, a OAB tem de conviver com isso. Não tem como tirar (os prestadores de serviço), porque, se tirar, (a Justiça) para”.

As audiências públicas integram ações do programa “Justiça Já – Não dá mais pra esperar”, criado em 2010, com o objetivo de impulsionar o funcionamento do Judiciário. “Conseguimos alguns êxitos com a Justiça Federal e do Trabalho. Mas na Justiça Comum, infelizmente, os avanços têm sido muito poucos. Há um déficit muito grande de pessoal”, critica.”

(O POVO)

Bases do PR no Ceará não querem romper com Dilma

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=zG85-kNNRIE&feature=plcp&context=C4ddae0eVDvjVQa1PpcFOowEIgYChP68c0z39B29OPHU55yOa4mxY%3D[/youtube]

A direção nacional do Partido da República vai se reunir com parlamentares, dirigentes estaduais da legenda, parlamentares e outras lideranças a partir das 16 horas desta terça-feira, em Brasília. A ordem é discutir eleições 2012, mas, também, a tese defendida pelos senadores do PR de romper com o Governo Dilma Rousseff.

O prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, que integra o diretório estadual do partido, seguiu nesta madrugada de terça-feira para o encontro e se posicionou contra rompimento.

MS suspende contratos de empresas que ofereceram suborno a repórter da TV Globo

“O Ministério da Saúde informou que vai suspender os contratos com as empresas que ofereceram propina para fraudar licitação de um hospital público no Rio de Janeiro, conforme denúncia de reportagem da TV Globo. A medida será publicada amanhã (20), no Diário Oficial da União.

Veiculada neste domingo (18) no programa de variedades Fantástico, a reportagem denunciou a tentativa de suborno por empresas prestadoras de serviços para ganhar licitações de emergência do Instituto de Pediatria do Hospital Clementino Fraga Filho, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). As quatro empresas denunciadas na reportagem são Toesa Service (locadora de veículos), Locanty Soluções (coleta de lixo), Bella Vista Refeições Industriais e Rufolo Serviços Técnicos e Construções.

De acordo com o ministério, das empresas citadas, foi identificado apenas um contrato em vigor com a Bella Vista para fornecimento de alimentação ao Hospital do Andaraí, no Rio de Janeiro. O ministério também irá abrir uma auditoria para verificar todos os contratos de terceirização dos hospitais públicos federais.

Em janeiro, o ministério determinou a suspensão de 37 contratos de obras, com diversas empresas, em seis hospitais públicos do Rio, depois que uma auditoria preliminar da Controlaria-Geral da União apontou desperdício de dinheiro público, formação de cartel entre fornecedores, direcionamento de licitações e cobrança de sobrepreço.

Em nota, o Tribunal de Contas da União (TCU) informou que também investigará a denúncia da TV Globo. “O TCU informa que já adotou providências para apurar as responsabilidades, inclusive para investigar a possível atuação, em outras unidades que gerem recursos públicos federais, das empresas mencionadas na matéria [do Fantástico] e de outras que possam ter comportamento similar”, diz o comunicado.

Confirmada a denúncia, a empresa fraudadora pode ser impedida de participar, por até cinco anos, de licitações com órgãos públicos federais. Para evitar fraudes, o TCU recomenda o uso do pregão eletrônico para contratar serviços, “procedimento licitatório que dificulta o conluio e a formação de grupos, fraudes mais recorrentes na modalidade convite, em que a publicidade e a transparência são prejudicadas e ocorre o favorecimento de licitantes”.

(Agência Brasil)

Ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome participa de encontro em Fortaleza

Tereza Campello, titular do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, estará em Fortaleza nesta quarta-feira quando, às 19 horas, participará da solenidade de  abertura do XIV Encontro Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social. O evento ocorrerá no Centro de Convenções até sexta-feira e tem por objetivo fortalecer a formação e a articulação política dos gestores municipais de assistência social.
O tema deste ano é “Entre o Sistema Único de Assistência Social (Suas) e o Plano Brasil Sem Miséria: os municípios pactuando caminhos intersertoriais”. A expectativa é reunir de três mil pessoas, entre prefeitos, secretários estaduais e municipais, trabalhadores do Suas, conselheiros de assistência social, representantes da sociedade civil e pesquisadores. Entre quinta e sexta-feira, serão promovidas 21 oficinas temáticas.
O encontro terá trabalhos iniciando às 11 horas de quarta-feira, quando a equipe do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) fará o balanço do Plano Brasil Sem Miséria. A ministra Tereza Campello participará também participará da mesa-redonda sobre o fortalecimento do Suas e o Plano Brasil Sem Miséria. Na abertura oficial acontecerá também a premiação do “Concurso Nacional de Boas Práticas de Gestão”.
SERVIÇO
Confira a programação oficial do XIV Encontro Nacional do Congemas: http://www.congemas.org.br/publicacao/22600043052807.pdf.

PDT terá cantor Alcimar Monteiro disputando a Prefeitura de Juazeiro do Norte

235 2

 

O PDT bateu o martelo. O cantor Alcimar Monteiro, nome consagrado no mundo do forró, vai mesmo disputar a Prefeitura de Juazeiro do Norte (Região do Cariri).

A pré-candidatura de Alcimar deve ser lançada ainda neste mês, em ato nesse município, segundo o presidente regional da legenda, deputado federal André Figueiredo. 

Já Alcimar Monteiro até avisa: “Dessa vez, vai dar baião!”

Essa será a segunda vez que Alcimar entrará nessa disputa.

Por uma Reforma Política sem caricaturas

Com o título “Considerações sobre uma Reforma Política necesária, possível, plural e democrática”, eis artigo de Paulo Pires, aluno do curso de Direito da Universidade Federal Fluminense. Ele considera a questão fundamental para o amadurecimento político do País e que seja tratada sem caricaturas. Confira:

Em tempos de verborragia desenfreada sobre a necessidade de reforma política para salvaguardar as instituições nacionais, esse frase curta é de significado inestimável. Com conotação messiânica; para todo e qualquer percalço, é proposta uma reforma política, um novo marco regulatório do processo eleitoral, que porá fim, de forma definitiva, a todas as mazelas que afligem a política nacional.

A despeito do teor severo da análise preliminar, sou entusiasta de primeira hora dessa tal reforma eleitoral, como de todas as demais reformas estruturantes para o Estado brasileiro, tendo clareza da enorme dificuldade em aprovar qualquer delas.

O enfrentamento político no sentido da remodelagem do espaço institucional requer exigentemente o desfazimento de certas caricaturas magistralmente constituídas por grupos interessados em apresentar alegoricamente o Brasil para o seu povo. O invocamento da imperiosa necessidade de reforma política a cada escândalo, em enorme quantidade, criados pelo show bussnes da mídia, tornou-a caricatamente uma espécie de solução final. Uma solução messiânica institucional para os dramas que assolam o processo político-administrativo e decisório no país.

Não possuo, de pronto, a solução, para cada uma das reformas estruturantes em termos de conteúdo, nem é esse meu objetivo. Para isso, há que consultar especialistas nas diversas áreas, pôr o interesse público no centro de cada demanda. Fundamentalmente, a convicção que tenho consiste no aspecto procedimental.

O procedimento inicial, portanto, para uma reforma profunda em respostas as demandas que se apresentam diante de nós é o aniquilamento total das caricaturas políticas que assombram nosso passado e flagelam nosso presente. O que pode ser averiguado, no entanto, é exatamente o contrário do que acabei de defender. De tal sorte, devemos elencar as causas deterioradoras de nossas instituições republicanas. Não se trata de tarefa fácil, nesse sentido cumpre o desfazimento de certos lugares comuns, a fim de que se possa alcançar efetivamente a compreensão dos verdadeiros gargalos que emperram nosso sistema de representação política.

A par disso, é de se defender pontos centrais para um reforma verdadeiramente plural, democrática e efetivamente possível, sem sucumbir aos factóides provenientes dos interesses dos burocratas partidários ou da influência do poder econômico, os interesses clandestinos daqueles são tão antirrepublicanos, quanto os do segundo.

* Paulo Roberto Mariano Pires,
Estudante de Direito da Universidade Federal Fluminense (UFF) – 7º Período
Bolsista, na categoria Iniciação Científica, pela Fundação de Carlos Chagas de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ)

Governador cumpre agenda em Brasília na 3ª feira

O governador Cid Gomes (PSB) cumprirá agenda nebsta terça-feira em Brasília. Vai acompanhar, na CCJ do Senado, presidida pelo cearense Eunício Oliveira, discussões sobre projeto que quer alterar o ICMS.

Cid Gomes aproveitará para tratar sobre sucessão com o peemedebista, que já conversou semana passada com Luizianne Lins (PT).

Nessa ocasião, Eunício avisou que seguirá a orientação do governador no quesito sucessão em Fortaleza.

DETALHE – Cid está hoje em Canindé para, com o ministro Fernando Bezerra (Integração Nacional), distribuir projetos em comemoração ao Dia de São José, padroeiro do Estado.

Intelectuais querem a saída de Ana Hollanda do Minstério da Cultura

161 2

Um grupo de intelectuais está pedindo a saída da atual ministra da Cultura, Ana de Hollanda. Segundo o Estadão, desde o final da semana passada, manifestos de artistas e intelectuais começaram a circular pedindo abertamente sua substituição à presidência Dilma Rousseff.

São assinados por gente à direita e à esquerda, moderados e radicais, notáveis e anônimos militantes da cultura digital. 

Há grupos dizendo que ela não congrega e outros até estão propondo nomes para substituir Ana Hollanda. Na lista, a atriz Carla Camurati (diretora do Teatro Municipal do Rio de Janeiro) e a historiadora Rosa Maria Araújo, do MIS carioca (irmã do novelista Gilberto Braga e parceira de Sergio Cabral no musical Sassaricando).

Estudantes protestam contra programa do governo

Estudante do curso de Medicina vão protestar, a partir das 8 horas de quarta-feira próxima, contra o Programa de Valorização de Atenção Básica (Provab), do Ministério da Saúde, que oferece incentivos acadêmicos a médicos, dentistas e enfermeiros que se propuserem a trabalhar em municípios de difícil acesso.

Para eles, essa é uma resposta equivocada dos governantes à precariedade do Programa de Saúde da Família (PSF).

A manifestação ocorrerá no aterro da Praia de Iracema.

Mesmo governista, maioria dos vereadores reprova mobilidade

173 5

Plácido quer infraestrutura e incentivo à carona

Embora a base governista seja francamente majoritária na Câmara Municipal, quase 90% dos vereadores de Fortaleza pesquisados por O POVO se disseram insatisfeitos com o atual sistema de mobilidade urbana da cidade.

Os parlamentares, em geral, citaram que Fortaleza cresceu aceleradamente nos últimos anos, com aumento significativo do número de carros e de habitantes, sem que esse desenvolvimento tenha sido acompanhado por avanços no sistema de transportes.

O líder da oposição, Plácido Filho (PDT), disse que a administração municipal não investiu em alargamento de vias, abertura de ruas e avenidas, construção de viadutos ou incentivo à concessão de carona entre os cidadãos.

Por outro lado, muitos dos pesquisados apontaram as obras da Copa do Mundo de 2014 como esperança de desaforamento do trânsito da cidade. É o que pensa o líder governista, Ronivaldo Maia (PT), e o presidente da Comissão Especial da Copa 2014, Leonelzinho Alencar (PTdoB).

Pesquisa

Entre os dias 12 e 15 deste mês, O POVO apresentou um questionário a todos os 41 vereadores que atualmente exercem mandato – titulares ou suplentes em atividade. Responderam às perguntas 37 deles.

(O POVO)

Joaquim Cartaxo profetizou o imbróglio PT-PSB

181 5
Com o título “Zona de risco”, eis artigo que o coordenador das Eleiçoes 2012 do PT do Ceará, Joaquim Cartaxo, mandou para o  Blog em 4 de julho de 2011. Para ele, naquela ocasião, o PT precisaria trabalhar firme sua unidade, buscar também a consolidação da unidade da base aliada e, por último, pensar em nomes para o embate eleitoral de Fortaleza. Parece que Joaquim Cartaxo adotava postura de profeta diante de tanto imbróglio na relação do PT com o PSB. Confira:

No Ceará, lideranças de vários partidos começam a se manifestar sobre as eleições de 2012, segundo suas demandas e interesses. Nomes, alianças e contra alianças são especulados associados a apoios deste ou daquele sujeito político. Colunistas fazem previsões na linha de quem viver verá ou anotem o que digo. Enquanto isso, os prefeitos candidatos à reeleição ou os desejosos de fazer seu sucessor adiam esse debate temendo que a antecipação da eleição, distante ainda mais de um ano, portadora do vírus da disputa eleitoral, contamine a gestão municipal, prejudicando a conclusão de ações e projetos em curso.

Dada essa situação e até agora em Fortaleza, a prospecção de nomes de oposição à prefeita Luizianne ainda não apontou nenhum competitivo. Por outro lado, no PT despontam nomes como do deputado federal Artur Bruno, do senador José Pimentel, do deputado estadual e secretário de estado das cidades Camilo Santana, do secretario municipal de meio ambiente Deodato Ramalho, do secretario municipal de governo Waldemir Catanho, do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Acrísio Sena. No PCdoB, o nome do senador Inácio Arruda mais uma vez é apontado e no PSB, a deputada estadual Eliane Novais é defendida pelo primeiro suplente de senador Sergio Novais e o deputado estadual Roberto Claudio, presidente da Assembléia Legislativa, é o nome sustentado por Ciro Gomes, irmão do governador do Ceará, que por sua vez, diz que o PT deve indicar o nome. Entretanto, como em qualquer período pré-eleitoral, cada um dos nomes veiculados possui qualidades e dificuldades políticas, ideológicas e eleitorais para viabilizarem suas candidaturas.

Talvez, o fortalecimento das qualidades e a superação das dificuldades possam surgir quando cada um desses nomes apresentar, à sociedade, idéias para gerir Fortaleza, a terceira metrópole do país em influência de acordo com o IBGE. Idéias que mobilizem e cativem as pessoas, idéias com as quais se possa constituir um pacto de governança da cidade em que ações e projetos sejam priorizados para serem realizados em quatro anos, com participação e envolvimento da sociedade na concepção, na realização e na avaliação dos benefícios e dos aprimoramentos que devem ser buscados. Evidencie-se como promissor e elogiável o fato de que há uma lista de nomes que compõe o projeto democrático e popular em curso no país e no estado do Ceará sob o comando da presidenta Dilma e do governador Cid.

Entretanto, há também uma zona de risco, o risco da ruptura da base aliada constituída pelo PT, PMDB, PSB e PCdoB, risco iminente no discurso algumas lideranças que reagem à força política, ideológica e eleitoral do PT, a qual é produto do enraizamento social construído pelo partido nos 30 anos de sua existência. Patrimônio conquistado com as lutas políticas, populares e institucionais que o partido desenvolveu e desenvolve de forma incisiva, tanto interna como externamente.

Para evitar a consolidação dessa zona de risco, o PT sem antecipar o debate eleitoral, para não contaminar a gestão da Prefeita Luizianne Lins, precisa fazer alguns movimentos internos e externos. Do ponto de vista interno, evitar, nesse momento, a escolha de nomes, consolidando primeiro a unidade dos últimos anos, a partir do apoio incondicional das lideranças do partido à prefeita Luizianne Lins; segundo, iniciando o processo de constituição de um ideário programático de gestão de Fortaleza, que avance nas políticas sociais, inovador na gestão e de superação de entraves que dificultam o desenvolvimento da cidade. Por último, que o processo de escolha do nome do PT para suceder a prefeita seja protagonizado sob sua liderança, com um amplo debate entre as correntes do partido, que leve em conta ao menos dois critérios: um mínimo de densidade eleitoral e capacidade de agregar apoios de outros sujeitos políticos e sociais.

Do ponto de vista externo, o partido precisa se apropriar dos projetos e ações da atual gestão e compartilhar as informações, sejam avanços ou dificuldades com os aliados, abrindo um diálogo franco para tratar da sucessão de Fortaleza de forma conseqüente, com a tranqüilidade que esse processo exige.

* Joaquim Cartaxo é arquiteto,

Vice presidente e coordenador do Grupo de Trabalho Eleitoral do PT/Ce.

VAMOS NÓS – Luizianne Lins, hoje, quer impor Elmano Freitas como seu candidato a prefeito pelo PT.

Ministro vem liberar para o Ceará cisternas de plástico que são alvo de críticas no Nordeste

421 1

Reportagem do Portal Uol chama a atenção para um caso que poderá virar um problema no Ceará. O governo federal não alcançou a meta de construir um milhão de cisternas no semiárido nordestino entre 2003 e 2008 e, por causa disso, está adotando um novo modelo de reservatório, feito de polietileno, para tentar acelerar uma das principais políticas de combate aos efeitos da seca na região.

As 300 mil cisternas de plástico –como ficaram conhecidas no Nordeste– custam mais que o dobro daquelas construídas com placas de cimento. A escolha virou alvo de reclamações e protestos, que aumentaram este mês, quando as novas cisternas tiveram que ser substituídas depois de apresentarem deformações, em menos de três meses de uso.

Esse tipo de cisterna será anunciado para o Ceará nesta segunda-feira pelo ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra. Isso, durante festa de São José, padroeiro do Estado, em Canindé, ao lado do governador Cid Gomes (PSB).

* Confira a matéria aqui

(Foto – Articulação do Semiárido)