Blog do Eliomar

Categorias para Política

Peritos fazem varredura na sede da AMC

197 3

O comando de greve dos agentes de trâsnsito da AMC esrtá negociando, neste momento, a desocupação da sede do órgão feita pela categoria desde a manhã da ultima segunda-feira.

Peritos da Polícia Civil estão realizando uma varredura no prédio da AMC para verificar se houve algum tipo de dano ao local. A Prefeitura pediu essa ação e os agentes de trânsito abriram a área para o trabalho. Há vereadores acompanhando esse trabalho de perícia.

Os agentes de trânsito continuam reunidos, aguardando o desfecho da negociação do comando de greve com a Prefeitura. A reivindicação principal dos agentes é o reajuste superior a inflação e a extensão da Gratificação Especial de Exercício de Função (GEEF), prevista no plano de cargos e salários da categoria. Nada tem a ver com percentual de multas, garante o comando de greve.

Dilma visitará os EUA em abril

“A presidenta Dilma Rousseff vai aos Estados Unidos entre os dias 9 e 11 de abril e será recebida pelo presidente norte-americano, Barack Obama, em Washington. A viagem aos EUA foi divulgada hoje (7) pelo porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann.

A Casa Branca também divulgou detalhes do encontro dos dois chefes de Estado, previsto para o dia 9. Em nota, o governo norte-americano diz que a visita da presidenta Dilma dará continuidade ao diálogo entre os dois países iniciado durante a visita de Obama ao Brasil, em março do ano passado. Os dois presidentes deverão avaliar os progressos das conversas e “prosseguir com os esforços para fortalecer os laços comerciais, econômicos, educacionais e de inovação” entre os dois países, segundo texto da Casa Branca.

Além do encontro com Obama, Dilma deve visitar a Universidade de Harvard e o Massachusetts Institute of Technology (MIT), para discutir possibilidades de parcerias com universidades brasileiras.

Mas, antes da ir aos Estados Unidos, Dilma visitará a Alemanha e a Índia. Entre os dias 5 e 6 de março, a presidenta estará em Hannover, onde deve se reunir com a chefe de governo alemã, Angela Merkel, e conhecer a Feira Internacional de Tecnologia da Informação, Telecomunicações, Software e Serviços (CeBIT). O Brasil é o país parceiro da edição deste ano da feira.

Entre os dias 28 e 30 de março, a presidenta deve participar da 4ª Cúpula do Brics (grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), em Nova Delhi, na Índia.

Ainda no primeiro semestre, Dilma Rousseff deverá ir ao México para a reunião do G-20, nos dias 18 e 19 de junho, antes da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, que começa no dia 20 de junho no Rio de Janeiro.”

(Agência Brasil)

Coca-Cola vai investir R$ 300 milhões no Ceará

303 2

O governador Cid Gomes recebeu, em audiência no Palácio da Abolição, nesta manhã de quarta-feria, o presidente mundial de engarrafamento e estocagem da Coca-Cola, Irial Finan. Durante a conversa, acompanhada por assessores, os dois discutiram perspectivas de novos investimentos da multinacional no Estado. 

Isso, em razão da Copa das Confederações e da Copa 2014. irial Finan informou que a multinacional vai investir nos próximos três, por conta desses certames, R$ 300 milhões no Ceará.

Depois do encontro, Cid se deslocou para a Região do Cariri, onde se juntarà à comitiva da presidente Dilma. A presidente inspecionará as obras da transposiçao do rio São Francisco e a Ferovia Transnordestina. Esses dois projetos fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Estado.

DETALHE – O ex-senador Tasso Jereissati, representante da Coca-Cola no Ceará, via Norsa, não participou da audiência. Ofereceu, nessa noite de terça-feira, em sua mansão nas Dunas, jantar para Irial Finan.

(Foto – Divulgação)

TRT considera greve dos agentes de saúde abusiva

229 3

O Tribunal Regional do Trabalho – 7ª Região, por meio do seu presidente, o desembargador federal Cláudio Pires, declarou abusiva a greve dos agentes de saúde e sanitaristas. A
decisão atende a um pedido da Procuradoria Geral do Município (PGM).

 O magistrado entendeu que a paralisação do trabalho desses profissionais representa grave risco de proliferação da dengue. O combate ao mosquito transmissor da doença, uma das tarefas dos agentes, é um serviço essencial. “A interrupção de tais atividades pode acarretar um aumento no índice de cidadãos contaminados pela dengue, circunstância que deve ser evitada”, afirmou em sua decisão.

Com a decisão, o Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Sanitaristas no Estado do Ceará (Sinasce) fica obrigado a garantir a volta, a partir do recebimento da intimação judicial, de 70% do efetivo de trabalhadores, sob pena de multa diária de R$ 5 mil em caso de descumprimento. Uma audiência de conciliação foi marcada para o próximo dia 24.

TV Assembleia e Instituto UFC Virtual firmam parceria

O presidente da Assembleia Legislativa, Roberto Cláudio (PSB), assina, às 11 horas desta quarta-feira, em seu gabinete, o termo de cessão dos documentários produzidos pela TV Assembleia para o Instituto UFC Virtual.

Isso significa que, a partir de agora, todo o material produzido pelo Núcleo de Documentários da TV Assembleia vai servir de fonte de pesquisa para professores e alunos da Universidade Federal do Ceará.

Medida eloiável essa do presidente da Casa. Os documentários, por sinal, são de qualidade.

Turistas consultam condições de segurança na BA para o Carnaval

Preocupados com a greve da Polícia Militar, turistas que planejam passar o Carnaval em praias da Bahia estão consultando hotéis e pousadas sobre as condições de segurança nesses locais. No município de Porto Seguro, resorts da praia de Taperapuã vêm recebendo ligações e e-mails de pessoas que já fizeram suas reservas ou que pretendiam fechar pacotes nos próximos dias. Elas perguntam principalmente se há policiamento nas ruas e se já foram registrados arrastões.

Apesar de os hotéis afirmarem que a situação é de normalidade nas praias, o setor de reservas do Portobello Resort disse que já registrou cancelamentos. O índice é inferior a 5%. Em Trancoso, distrito de Porto Seguro, as pousadas também vêm recebendo ligações de turistas. “Eles perguntam como está a situação, mas não há clima de insegurança. Só a agência dos Correios fechou. Continua tudo lotado para o Carnaval”, afirma Fernando Leite, dono da pousada Capim Santo. O escritório local da operadora de turismo CVC disse que não registrou cancelamentos até o momento.

A adesão à greve em Porto Seguro foi total, e o policiamento ostensivo está sendo feito pela Caema, companhia de ações especiais da PM. “A cidade recebeu um tratamento especial por parte do governo e conseguimos manter a situação dentro do normal”, afirmou o comandante do 8º batalhão, coronel Alfredo Nascimento.

Em Itacaré, hotéis ouvidos pela reportagem disseram que não houve cancelamentos de reservas. O hotel Porto dos Casais, no entanto, informou que a procura diminuiu. Nesta época do ano, chegavam diariamente de 100 a 120 e-mails com consultas sobre preços e disponibilidade de vagas. Nos últimos dias, foram menos de dez.

Segundo representantes das pousadas, a população de Itacaré relata um aumento de assaltos e furtos. Na delegacia, porém, policiais civis disseram que não perceberam mudanças na rotina. Um oficial da PM disse que os policiais militares em Itacaré não estão fazendo rondas ostensivas e que só atendem as situações de emergência ou flagrante.

No município de Cairu, onde estão praias concorridas como Morro de São Paulo, Boipeba e Gamboa, os PMs dizem estar aquartelados nos postos policiais e que só saem para atender ocorrências graves.

A associação local de hotéis e pousadas afirmou que não tem conhecimento de aumento de criminalidade e diz que não houve alta de cancelamentos de reservas nem queda na procura por quartos.

Em Mata de São João, onde fica a Praia do Forte e o complexo de resorts Costa do Sauípe, a Polícia Civil disse que a PM também está aquartelada e que um efetivo ampliado de policiais civis ocupa as ruas. Parte do comércio e as escolas estão fechadas.

A Costa do Sauípe disse que está com ocupação total no Carnaval e não registrou desistências.

(Folha)

Prefeita visita canteiros de obras de dois CUCAs

200 1

Nesta manhã de quarta-feira, a prefeita Luizianne Lins (PT) fará visita técnica, segundo sua assessoria de imprensa, aos canteiros das obras dos Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (CUCAs) localizados na margem da lagoa do Mondubim (Regional V), e de Messejana.

A inspeção envolve representantes da Coordenadoria de Projetos Especiais e Relações Institucionais e Internacionais (Cooperii) e da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude.

O CUCA do Mondubim é um investimento de cerca de R$ 14 milhões e 500 mil. Já o CUCA de Messejana, no conjunto São Cristóvão (Regional VI), custará perto de R$ 12 milhões e 800 mil.

Das 6 mil creches prometidas por Dilma, nenhuma saiu do papel

“A promessa da presidente Dilma Rousseff de construir seis mil creches até 2014 ainda não saiu do papel e fez acender a luz amarela no Ministério da Educação (MEC).

Em 13 meses, o governo assinou 1.507 convênios com prefeituras de todo o país, mas nenhuma nova unidade entrou em funcionamento. O ministro Aloizio Mercadante admitiu nesta terça-feira o risco de que a meta não seja cumprida, se nada for feito.

Ele anunciou que estuda medidas para acelerar o ritmo e disse que o problema não é falta de dinheiro, mas demora das prefeituras para executar as obras:

– Estamos sentindo que o tempo de construção está lento – disse Mercadante.

Para dar mais velocidade ao programa, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão do ministério, planeja realizar uma ata nacional de preços.

A ideia é selecionar construtoras aptas a erguer creches e pré-escolas nas cinco regiões do país, dentro de padrões de qualidade atestados pelo Inmetro. Assim, as prefeituras só precisariam aderir ao pacote.”

(O Globo)

Cid quer Eduardo candidato, mas PSB fora do governo

208 4

Matéria postada na Folha Online dessa terça-feira soou meio estranha, uma vez que contém posicionamento confuso e estranho do governador Cid Gomes(PSB) sobre possível candidatura do presidente nacional de seu partido, Eduardo Campos, à presidência da República. Cid parece fazer a opção pelo caminho do ”sim, não, muito pelo contrário”. Fica dificil saber o que ele realmente quer para o aliado. Eis a matéria:

”Uma das principais lideranças do PSB, o governador do Ceará, Cid Gomes, defendeu a saída da sigla do governo Dilma Rousseff em caso de candidatura própria à Presidência em 2014 — o nome mais cotado hoje no partido é o de Eduardo Campos, governador de Pernambuco. Cid, porém, disse não ver ‘inclinação neste momento’ para isso. ‘O natural seria a gente apoiar a reeleição de Dilma’, afirmou à Folha.

O PSB atualmente tem o comando do Ministério da Integração Nacional e da Secretaria Especial de Portos, com status de ministério. ‘Se a gente tem esse desejo [candidatura própria], deveria se afastar do governo e ter como principal estratégia propor o nosso estilo de governar.’

Cid afirmou ainda que Campos ‘demonstrou serviço na prática’, o que o credencia a pleitear a cadeira de Dilma. Disse falar em caráter pessoal, e não pelo PSB. ‘Em todo partido há gente que defenda todo tipo de posição.”

(Folha)

Governo teme que greve dos PMs chegue a seis Estados

206 1

“O governo federal vê risco elevado da greve da PM baiana se alastrar para mais seis Estados. O Rio é considerado o mais crítico de todos eles, inclusive pelo temor de haver cenas violentas às vésperas do Carnaval, daqui a dez dias.

Além do Rio, onde a polícia decide amanhã se para ou não, o serviço de inteligência do Palácio do Planalto classifica como “Estados explosivos” Pará, Paraná, Alagoas, Espírito Santo e Rio Grande do Sul.

O acompanhamento começou após os conflitos se agravarem em Salvador, onde a greve dos PMs foi decretada na terça da semana passada.

O governo federal monitora ainda o Distrito Federal, que ontem registrou protesto de apoio aos PMs da Bahia.

“Se não tiver aumento, não terá segurança no Carnaval. Se está ruim em Brasília, imagina em outros Estados?”, disse o sargento Edvaldo Farias, da Associação dos Oficiais Administrativos da PM. O piso brasiliense, de R$ 4.000, é o maior do país. Na Bahia, por exemplo, ele é de R$ 2.173,87.

A presidente Dilma Rousseff foi comunicada na sexta de que o levante baiano fazia parte de uma articulação nacional para pressionar o governo a apoiar, no Congresso, a aprovação da PEC 300.”

(Folha)

Tucanos lembram críticas de petistas na época das privatizações

202 1

“Sem ter como reagir á campanha mortal do PT nas eleições de 2006 e 2010 sobre privatizações do governo Fernando Henrique Cardoso, os tucanos foram á forra nesta terça-feira no plenário.

O líder do PSDB Álvaro Dias (PR) e o senador Aloyzio Nunes Ferreira (SP) se revezaram na tribuna para fazer discursos irônicos sobre a guinada do governo petista da presidente Dilma Rousseff, que inicia um processo de concessão de aeroportos para a iniciativa privada.

As alfinetas foram respondidas pelos senadores petistas, que rejeitam o termo “privatização”, e dizem que o governo está fazendo é concessões nos aeroportos de Guarulhos (Cumbica-SP), Campinas (Viracopos-SP) e Brasília (Juscelino Kubitschek).

– Sabe quando você está esperando para embarcar num aeroporto e anunciam pelo alto falante que devido a reposicionamento da aeronave o embarque se dará em outro portão? Hoje eu quero saudar aqui o reposicionamento do PT em relação as privatizações. Agora vamos ficar livres dessa cantilena do PT a cada eleição demonizando as privatizações – discursou Aloyzio Nunes.”

(O Globo)

Pimentel defende regras mais justas para rateio do ICMS entre os Estados

“O senador José Pimentel (PT) defendeu, nesta terça-feira, regras mais justas para a partilha do ICMS entre os estados. No Seminário Redindústria – Construindo uma Agenda Legislativa, que a Confederação Nacional da Indústria realiza até esta quarta-feira, ele pediu o apoio dos empresários para a aprovação do Projeto de Resolução do Senado que reduz as alíquotas interestaduais do ICMS nas operações com mercadorias importadas (PRS 72/10).

“As regras atuais incentivam a substituição de equipamentos nacionais por importados e, assim, geram empregos no exterior e desemprego no Brasil”, afirmou Pimentel. “Defendo uma agenda urgente que resolva os problemas que prejudicam a Indústria Brasileira e isso passa pela aprovação da Resolução 72/10”, continuou o senador, que defende a busca de um entendimento entre os 26 estados e o Distrito Federal para solucionar a questão. O PRS 72/10 está em análise na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

No encontro, que reuniu todas as federações de indústria dos estados, além de associações industriais e empresas, o líder do governo no Congresso também destacou os avanços alcançados nos últimos anos que favorecem o setor produtivo brasileiro. “Em 2003, o Estado levava 48 meses para devolver o crédito a que o empresário tinha direito. Conseguimos reduzir esse prazo para 12 meses e, com o Plano Brasil Maior, a partir de julho deste ano, queremos pagar o crédito em tempo real, para reduzir os custos da indústria brasileira”, informou o senador.

José Pimentel reconheceu, no seminário, as dificuldades para se aprovar a Reforma Tributária, tendo em vista os diferentes interesses das unidades da federação. Mas, para ele, o importante é focar nas micro e pequenas empresas, que representam mais de 90% do número de empreendimentos no país. “Por isso, a verdadeira Reforma Tributária foi a Lei Geral da Microempresa e Empresa de Pequeno Porte (LC 123/06), que reduziu a carga tributária e simplificou o sistema de arrecadação, permitindo o desenvolvimento do setor”, defendeu o líder.

Entre os avanços que Pimentel atribui à LC 123/06 e às leis posteriores que a aprimoram, está a criação de empregos com carteira assinada que, desde 2003, chega a 16 milhões. “Agora, além de continuar criando empregos e fortalecendo a indústria, o país que pretende se tornar a 5ª potência do planeta precisa qualificar seus trabalhadores”, afirmou o senador.”

(Com Agências)

Aécio Neves: Governo exagera na interferência política dentro das estatais

“Há dificuldade do governo em diferenciar o que é público do que é privado, o que é partidário do que é privado. São sucessivos exemplos, grandes e pequenos, dessa confusão do governo nas nomeações”, afirmou o senador Aécio Neves (MG) na edição de hoje do jornal Correio Braziliense.

De acordo com ele, o governo federal exagera na interferência política dentro de estatais, incluindo o Banco do Brasil e a Petrobras.

“Essa questão sem esclarecimentos do governo sobre a Casa da Moeda e a Caixa, naquela nebulosa transação com o Banco Panamericano, para não citar outros desatinos”, completou o parlamentar mineiro ao jornal.

Ainda segundo Aécio Neves, a presidente Dilma Rousseff tem demonstrado fragilidades graves no ponto de vista gerencial, especialmente, com o aparelhamento do Estado.”

(Correio Braziliense)

Deputado denuncia sobrecarga do Hospital Regional do Cariri e culpa Prefeitura juazeirense

347 1
O deputado estadual Wellington Landim, líder do bloco PT-PSB na Assembleia Legislativa, denunciou, durante pronunciamento na sessão desta terça-feira, que o Hospital Regional do Cariri (HRC), em Juazeiro do Norte, está sobrecarregado por conta do fechamento do Hospital Santo Inácio, gerenciado pela Prefeitura. Segundo disse, a unidade dispunha de 140 leitos – sendo 10 de terapia intensiva, e oferecia serviços de clínica médica, clínica cirúrgica geral, cirurgia vascular, endoscopia e traumaortopedia há mais de três décadas.
“A falta de planejamento deixou fechar”, lamentou Landim, que apresentou o balanço semestral do HRC, onde 92% dos 16.272 pacientes acolhidos na emergência declararam Juazeiro do Norte como município de residência. Do total de atendimentos, 40% poderiam ter sido feitos na rede secundária, de competência da gestão municipal. Os dados referem-se ao período de agosto a dezembro do ano passado.

Nas internações, 1.016 das 1.414 pessoas recebidas são de Juazeiro. A população da cidade também ocupou 695 dos leitos de clínica médica, 82% da traumaortopedia, 66% da cirurgia e 64% de UTI do HRC. “Essa emergência é de Juazeiro ou é do Cariri?”, indagou Welington, lembrando que a unidade foi projetada para atender a 40 cidades da Região. O parlamentar se disse preocupado com a possibilidade de outros hospitais serem fechados pelos prefeitos pelo fato de o HRC ser maior e mais bem equipado. “Se todos aderirem a essa moda, o esforço do Governo de dotar o Estado de uma estrutura melhor de nada servirá”, pontuou.”

(Com AL-CE)

Prefeitura pede de volta mensagem do Plano de Carreiras e Salários dos agentes de saúde

249 2

A Prefeitura de Fortaleza cumpriu a promessa feita neste espaço, em post divulgado na parte da manhã desta terça-feira. Eis nota veiculada em seu site:

Diante do impasse nas negociações com agentes de combate às endemias e agentes comunitários de saúde, que se encontram em greve desde 27 de janeiro, a Prefeitura de Fortaleza enviou ofício à Câmara Municipal para a devolução do Plano de Empregos, Carreiras e Salários (PECS) das categorias que se encontrava em tramitação naquela casa legislativa. Além disso, a Prefeitura irá realizar seleção pública para agentes substitutos.

VAMOS NÓS – Tudo bem, mas será que a Prefeitura agiria assim também se a categoria envolvida fosse, por exemplo, médico do IJF?

Cid Gomes: Anistia a PMs grevistas é “frouxidão”

278 17

Primeiro a enfrentar uma greve de policiais militares neste ano, o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), disse que a paralisação deve ser considerada “crime federal” e que conceder anistia é “frouxidão”.

“Greve não é uma iniciativa de quem quer negociação. Greve é uma medida extrema”, disse à Folha.

Sem fazer referência à greve de PMs em curso na Bahia, mas falando genericamente, o governador do Ceará afirmou que “na hora que se concedeu a anistia, isso é uma frouxidão”. Somente o Congresso Nacional pode aprovar lei anistiando policiais que cometerem crimes militares, como sindicalização e greve. No caso dos policiais cearenses, ainda não houve aprovação de anistia.

Cid Gomes defendeu que o governo federal esteja preparado para enviar grandes efetivos de segurança em casos de paralisações de policiais nos Estados, como está ocorrendo agora na Bahia. “Se quem deveria fazer segurança entra em greve, o que é proibido pela Constituição, o país deve ter formas de assegurar segurança à população”, afirmou.

(Folha.com)

VAMOS NÓS – Mas o governador aqui prometeu anistia administrativa para os PMs grevistas. Ou mudou de ideia?

Jilmar Tatto é lider em 2012; Guimarães, só em 2013

291 4

“Os petistas da Câmara dos Deputados chegaram a um acordo e indicaram, nesta terça-feira, o deputado Jilmar Tatto (SP) para assumir a liderança da bancada em 2012.  Tatto disputou a vaga apoiado por seu antecessor na liderança do PT, Paulo Teixeira (SP) e pelo presidente da Câmara, Marco Maia (RS). José Guimarães (CE), o outro candidato, contava com o suporte do líder do governo na Casa Cândido Vaccarezza (SP).

O acordo fechado permite que ambos liderem a bancada. Tatto assume o posto neste ano, enquanto Guimarães irá comandar os petistas da Câmara em 2013.

“Nós chegamos a um acordo… Nós vamos manter a unidade da bancada”, afirmou Teixeira, seguido de Guimarães, para quem o “amplo entendimento” sinaliza que a bancada tem “unidade” e “peso”.

Tatto repetiu o discurso da unidade no partido e agradeceu o “desprendimento” de Guimarães que possibilitou a chegada ao acordo.

O novo líder citou temas como a divisão dos royalties pagos pela exploração do petróleo do pré-sal, o Código Florestal e o fundo de previdência complementar de servidores públicos da União como prioridades da bancada.

“Com a bancada do PT a presidente Dilma (Rousseff) não precisa se preocupar, não precisa nem pedir”, disse Tatto.

A decisão ainda será chancelada pelos deputados petistas em uma reunião na tarde desta terça.-feira”

(Reuters)

Câmara Municipal de Cedro desaprova contas do prefeito

A Câmara Municipal Cedro rejeitou, durante sessão,as contas do prefeito João Viana (PP) referentes ao exercício de 2009. Os debates entre a oposição e a situação foram acalorados, mas, ao final da sessão, o prefeito não conseguiu os seis votos na Casa, necessários para derrubar o parecer do Tribunal de Contas dos Municípios, que recomendava pela desaprovação.

Os vereadores tinham um prazo de 60 dias dado pelo TCM para analisar e votar as contas. A Mesa Diretora ada Casa alegou que o prefeito usou de várias manobras para quebrar todos os prazos.

O legislativo municipal de Cedro é composto de nove vereadores. Como o vereador Antônio Bindá (PSD), está de licença médica e o presidente não pode votar, ao não ser para, em caso de empate, dar o voto de minerva, a votação ficou com cinco vereadores com o prefeito e três votando pelo parecer do TCM.

Crack – Tucano denuncia descaso dos governos petistas

252 1
Ocupando o tempo da liderança do PSDB, o deputado federal Raimundo Gomes de Matos levou para a tribuna um sério problema de saúde pública: o crack.  Um dos pontos ressaltados foi a falta de comprometimento dos governos petistas (Lula e Dilma). O ex-presidente, conforme o tucano, aplicou menos de 5% dos R$ 124 milhões previstos, em 2010, para o combate ao uso das drogas, e a atual presidente deixou descobertos 94,9% dos municípios que terão direito a receber as Unidades de Acolhimento para Dependentes do Crack – programa recém-lançado pelo Governo Federal.

Gomes de Matos lembrou que o seu partido, mais uma vez, foi protagonista neste assunto ao introduzir a primeira política de drogas durante o governo do presidente Fernando Henrique Cardoso. Sobre os números, o tucano alertou: 10% dos presos brasileiros são traficantes, percentual que em 1994 era de 0,7%; 98% dos municípios enfrentam problemas com drogas ilícitas (dados Confederação Nacional dos Municípios); 85% dos óbitos no país são decorrentes da violência; entre outros exemplos.

O parlamentar ressaltou que somente com o esforço de todos, parlamentares, governantes, instituições e a sociedade civil, de maneira articulada e cada um assumindo as suas responsabilidades, poderemos fazer com que a esperança não seja apenas uma palavra bonita, mas uma coisa real e sem discriminar A ou B.

Adísia Sá destaca em artigo o prefeiturável Acrísio Sena

227 5

Acrísio durante visita à periferia a Capital.

Em artigo veiculado no O POVO desta terça-feira, a jornalista e professora Adísia Sá analisa o quadro dos “prefeituráveis” do PT. Ela destaca o nome do presidente da Câmara Municipal, crísio Sena, que teria luz própria, não precisando, como alguns, de apresentação. Confira: 

O título é do Macário Batista (O Estado, 2/2/2012) e o conteúdo também: “A grande verdade nessa história toda é que vai cair, direitinho no colo do Acrísio Sena, presidente da Câmara e dono da confiança de todas falanges do PT”.

Tudo acontece por obra e graça da sucessão de Luizianne Lins: todo dia surgem nomes, inclusive do senador José Pimentel. Quantas cabeçaa e uma só coroa e muitos para um só “trono”. A própria prefeita, ao contrário do que deveria ser, abriu as baterias e anunciou os seus preferidos: primeiro foi o Waldemir Catanho, depois um secretário (qual é mesmo o nome dele?). Ah, vi agora no jornal: Elmano de Freitas. Catanho agradeceu a lembrança e ao O POVO declarou – “eu tenho dificuldade com essa coisa de exposição em público e tal. Eu sou mais para ajudar.” “Mais importante que uma pessoa ter estrutura e apoio para uma campanha, é a pessoa querer… Isso é uma revolução na vida das pessoas. As pessoas, na prática, abrem mão de ter uma vida familiar e normal.”

Tudo bem, mas ele também abriu o voto ao responder ao repórter: “Havendo processo de disputa interna, prévia, o meu voto é do Elmano.” Pura curiosidade: o jornal estampa uma foto, com a seguinte legenda;”Catanho (dir) no encontro para apresentar Elmano (centro)”. O detalhe é significativo: “encontro para apresentar Elmano.” Apresentar? Então o secretário é um desconhecido em busca de quem o apresente?

Luizianne e Catanho, pelo visto, escancaram as portas cedo e abrem os votos… Na minha opinião não adianta tirar nomes de algibeira, tampouco sortear cartas jogando o baralho todo pro alto e segurar a que cair. Há outros nomes no tabuleiro.

Mas só um nome passa incólume, o de Acrísio Sena – calado, dando conta de seu recado à frente da Câmara Municipal, papeando com os amigos, visitando, como sempre faz, os bairros, ouvindo, dialogando.

Acrísio não precisa de apresentadores: a cidade o conhece, o povo sabe quem ele é. Não é mercadoria exposta à venda. Ainda vai correr muita água na ponte petista.

Adísia Sá, jornalista e professora.

adisiasa@gmail.com