Blog do Eliomar

Categorias para Política

"Chico Passeata" ganha homenagem em Pernambuco

A Assembleia Legislativa de Pernambuco vai prestar uma homenagem à mémória do médico cearense Francisco Monteiro, que morreu neste ano vítima de câncer. A homenagem ocorrerá às 18 horas desta segunda-feira, no plenário do legislativo pernambucano, ocasião em que será lembrada a atuação ex-preso político Francisco Monteiro, conhecido no período da ditadura militar como “Chico Passeata”.

Estarão presentes ao ato a viúva, a professora HelehnaSerazul que, com Passeata, foi militante contraa ditadura e chegou a ser presa com o marido no Recife, e os representantes do Sindicato dos Médicos do Ceará, José Maria Pontes, atual presidente, e os ex-presidente do Simec,  Tarcísio Dias e Teresinha Braga Monte.

Secretaria das Cidades promove debate sobre Região Metropolitana do Cariri

 

O secretário estadual das Cidades, Camilo Santana, reunirá nesta terça-feira, no Crato, todos os prefeitos da Região Metropolitana do Cariri. O objetivo é avaliar ações do governo estadual e ouvir reivindicações. Dessa vez, o encontro não se restringirá a simples conversa ou promessas.

Dentro do objetivo de capacitar esses gestores para a importância de atuarem em bloco em favor do crescimento dessa região, o secretário levará a professora e economista Tânia Bacelar.

Nome respeitado em estratégia administrativa, Tânia vai expor o tema “Conceito de Gestão Estratégica Integrada com a Questão Metropolitana no Brasil”. No Campus do Pimenta, da Urca, a partir das 9 horas.

Comissão do Meio Ambiente da Câmara Municipal vai conferir denúncias

230 1

Membros da Comissão de Meio Ambiente, da Câmara Municipal de Fortaleza, farão duas visitas, nesta segunda-feira, nos bairros Vila União e Otávio Bonfim. O objetivo, segundo o vereador Joao Alfredo (PSOL), é apurar denúncias de impactos e crimes ambientais.

A visita começará às 10 horas, no Parque do Parreão III para investigar denúncia de abandono do local – o que foi exposto neste Blog em foto de leitor, e especulação de venda da área verde. O ponto de encontro será na Avenida Luciano Carneiro esquina com Expedicionários (em frente ao IPEM).

A outra visita ocorrerá ás 11 horas, na Praça Jathai, no bairro Otávio Bonfim. Ali, a denúncia envolve obras num terreno que estariam causando impactos ambientais. A concentração será em frente à Delegacia do 3º distrito, no trecho entre a Avenida Bezerra de Menezes.

Cid inicia agenda de visitas em países da Europa

172 1

 

O governador Cid Gomes (PSB) inicia, nesta segunda-feira, agenda de contatos na Europa. No roteiro, segudo sua assessoria de imprensa,  palestras, visita a federações de futebol e contato para conhecer novas tecnologias para obras de infraestrutura no Estado. Com Cid,  estão o chefe da Casa Civil, Arialdo Pinho, o secretário da Infraestrutura, Adail Fontenele, o secretário especial da Copa 2014, Ferruccio Feitosa, o presidente da Cagece, Gotardo Gurgel, e o superintendente do Departamento de Engenharia e Arquitetura (DER), Quintino Vieira.

Cid Gomes conhecerá na República Tcheca o equipamento “shild”, que faz perfurações subterrâneas para a instalação de metrôs. Esse método, também conhecido como “tatuzão”, deverá ser empregado para a construção da Linha Leste do Metrô de Fortaleza, que sairá do Centro e chegará até o Fórum Clóvis Bevilácqua. Ainda no roteiro, Portugal e Alemanha, onde o governador visitará estádios de futebol para a concepção da cobertura do Castelão.

Ainda em Portugal, o governador conhecerá a Escola Hoteleira e em Coimbra, também em Portugal, fará uma palestra para empresários. A comitiva cidista ainda visitará federações de futebol e convidará equipes para fazerem a aclimatação para a Copa do Mundo de 2014, em Fortaleza. Cid Gomes retorna ao Brasil no próximo dia 27.

Lula começa segunda etapa da quimioterapia

“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva começa hoje (21) a segunda etapa da quimioterapia para tratamento de um câncer na laringe. Ele chegou por volta das 8h30 ao Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista, e não conversou com os jornalistas. A doença foi diagnosticado no último dia 29 de outubro.

A primeira sessão de quimioterapia ocorreu no dia 1º de novembro. O ex-presidente deve passar ainda por mais duas sessões de quimioterapia até o fim do ano e por uma sessão de radioterapia no início de 2012.

(Agência Brasil)

Dilma diz que desafio de construir sociedade inclusiva é imenso

“Ao falar sobre o lançamento do Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, a presidenta Dilma Rousseff disse hoje (21) que o desafio para construir uma sociedade inclusiva no Brasil é imenso. O mais importante, segundo ela, é acabar com o preconceito.

“A pessoa com deficiência pode viver sem limites desde que nós consigamos eliminar as barreiras que a sociedade coloca no caminho”, ressaltou, durante o programa semanal Café com a Presidenta.

Dilma lembrou que o plano prevê investimentos de R$ 7,6 bilhões até 2014, com o objetivo de melhorar a situação de vida das pessoas com deficiência e reduzir os obstáculos que limitem o convívio social.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicam que mais de 45 milhões de brasileiros declararam ter algum tipo de deficiência. De acordo com a presidenta, as políticas previstas no plano serão diferenciadas para cada tipo de necessidade, com ações para pessoas de baixa renda, pessoas fora do mercado de trabalho e crianças e adolescentes fora da escola.

A previsão é que sejam comprados 2,6 mil ônibus acessíveis para o transporte escolar. O governo pretende também equipar 17 mil escolas públicas, associações dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAEs) e outras instituições de educação especial com salas de recursos multifuncionais.

Dilma destacou que jovens com deficiência que recebem atualmente o Benefício da Prestação Continuada (BPC) e forem contratados como aprendizes poderão continuar no programa por até dois anos. Posteriormente, caso perca o emprego, o retorno ao BPC é imediato.

A partir do próximo ano, está prevista a construção de 45 centros de reabilitação, com serviços especializados em deficiência intelectual, física, visual e auditiva. Outra novidade é que todas as casas do Programa Minha Casa, Minha Vida 2 – destinadas às famílias que ganham até R$ 1,6 mil – serão adaptadas.

“Todas elas terão portas mais largas e corredores e banheiros mais amplos para facilitar a locomoção das pessoas com deficiência”, explicou a presidenta.

Por fim, foi criada uma linha de crédito para a compra de equipamentos como cadeiras de rodas motorizadas, equipamentos que imprimem em Braille e lupas eletrônicas. O governo também vai deixar de cobrar impostos sobre equipamentos de saúde e educação destinados a pessoas com deficiência.

“Outra ação muito importante é a criação de cinco centros tecnológicos para treinamento e uso de cães-guia. Vamos criar um centro em cada região do país”, concluiu Dilma.”

(Agência Brasil)

Fórum Viva Centro conclui primeira etapa de atividades nesta 2ª feira

O Fórum Viva Centro, criado para discutir problemas de Fortaleza, encerrará atividades deste ano, nesta segunda-feira. O encontro ocorrerá no auditório do Crea-CE, a partir das 9 horas, e debaterá o último de cinco eixos programáticos: “Requalificação Habitacional”.

Apoiado pelo Grupo de Comunicação O POVO e articulado pela Câmara Municipal, o Fóru Viva Centro vai concluir documento dessa primeira fase em dezembro. Segundo o presidente da Câmara, Acrísio Sena, as conclusões serão repassadas para o Governo do Estado e Prefeitura.

A outra fase desse projeto se constituirá num debate com os futuros candidatos a prefeito que, conforme Acrísio, receberão o documento final de um ciclo que discutiu também segurança, cultura e patrimônio, reordenamento do comércio e mobilidade urbana.

Título de Cidadania para a cantora Ivete Sangalo irrita oposição em Minas

193 1

“Um decreto do governo de Minas concedendo o título de cidadã honorária à cantora baiana Ivete Sangalo, em cerimônia na Assembleia Legislativa ocorrida no mês passado, fez a oposição reclamar.

O motivo da revolta dos deputados que fazem oposição ao governador Antonio Anastasia (PSDB) é que a cantora foi homenageada antes do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do ex-governador José Serra (PSDB).

A homenagem ao pernambucano Lula foi proposta há nove meses e aprovada pelo Legislativo antes da de Ivete. A do paulista Serra é do começo de 2008. “Eles [do governo] não dão a homenagem para os adversários”, disse o deputado Rogério Correia (PT), autor da homenagem a Lula.

O título a Serra foi apresentado na ocasião pelo deputado Sávio Souza Cruz (PMDB), opositor do então governador Aécio Neves (PSDB), atualmente senador. Ele queria constranger Aécio, que rivaliza com Serra internamente no PSDB.

Sem saída, os governistas tiveram que aprovar a homenagem, e Aécio publicou o decreto seis meses depois. Mas Serra nunca recebeu o título de cidadão mineiro, passados quase quatro anos da aprovação da homenagem pelo Legislativo.

Segundo a Assembleia, cabe ao Executivo aprovar ou não a homenagem sugerida pelo Legislativo. Se aprovar, o governo publica o decreto e ele mesmo promove a entrega do título.
A assessoria do governador de Minas disse à Folha que nos próximos dias será publicado o decreto que dá o título a Lula, o que já fará dele um cidadão mineiro. A entrega será marcada posteriormente, em data que atenda as duas partes.

No caso de Serra, o governo informou que desde a publicação do decreto em 18 de setembro de 2008 não houve uma data que compatibilizasse as agendas –ora Serra não pode, ora o governo.

Enquanto isso a fila anda. O Legislativo já aprovou a concessão de títulos ao apresentador de TV paulista Luciano Huck e ao jogador carioca Ronaldo “Fenômeno”.

(Folha)

Vice-líder petista considera "desserviço" de Ciro apregoar rompimento da aliança PSB-PT

164 6

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=q2HDBYIepNw[/youtube]

O vice-líder do PT na Câmara dos Deputados, José Nobre Guimarães, considerou, nesta madrugada de segunda-feira, um “desserviço” do ex-governador e ex-ministro Ciro Gomes a pregação de rompimento do PSB com o PT. Guimarães prefere apostar na  manutençaõ da aliança do governador Cid Gomes com a prefeita Luizianne Lins. Ele considera natural que Ciro pense em disputar a presidência em 2014.

Prefeitura mexe em R$ 61,8 milhões do Orçamento

210 2
“Através de decreto, com o título de prefeito em exercício, o vereador Acrísio Sena (PT) realizou “adequações” orçamentárias que remanejaram recursos do tesouro municipal, transferindo-os dos projetos para o qual estavam previstos para outros projetos da administração. Os valores mais altos remanejados estão dentro das rubricas de Saúde e Educação – os setores mais delicados da administração pública em Fortaleza. No total, o decretos de Acrísio, publicados este mês, mexeram na destinação de R$ 61,8 milhões.

O Diário Oficial do Município (DOM) do último dia 10, por exemplo, mostra que no setor da Educação, as maiores parcelas das vebas destinadas por Acrísio contemplam distribuição gratuita de material escolar e remuneração de servidores da ativa. Já na Saúde, as parcelas mais generosas dos recursos foram destinadas à contratação de uma empresa privada do setor e ao pagamento de “serviços de terceiros”.

No caso da Educação, de acordo com o DOM, os recursos remanejados foram retirados de itens como premiações culturais, artísticas e científicas, remuneração de profissionais de ativa e manutenção de equipamentos e materiais, por exemplo. Ao O POVO, Acrísio explicou que, na verdade, o decreto destinou para projetos e elementos de despesas ainda não contemplados recursos que estavam previstos em projetos e elementos de despesa já concluídos – e que já não demandavam mais recursos.

O vereador fez questão de deixar claro que não há o remanejamento de recursos de uma área da administração para outra, mas que os valores são realocados dentro de suas rubricas originais, com o objetivo de “adequar” o orçamento municipal com a “chegada do fim do ano”.

“Com o fim do ano, a gente tem que ir fazendo isso, porque alguns projetos ficam prontos enquanto outros continuam precisando de recursos. Esses decretos apenas fizeram essas adequações, que são comuns no final do ano”, comentou o vereador.”

(O POVO)

Novo Código Florestal – Relator tenta acordo

“O relator do Código Florestal na Comissão de Meio Ambiente do Senado, Jorge Viana (PT-AC), apresenta nesta segunda-feira seu parecer sobre a batalha mais polêmica que se travou no Congresso este ano.

Esta é a última chance para que o texto seja modificado, depois de ter sido votado na Câmara em maio e passado por outras três comissões no Senado: Constituição e Justiça, Agricultura e Ciência e Tecnologia.

Objeto de tensos embates entre os dois lados, a definição de faixas mínimas de proteção a que todos os produtores rurais terão de obedecer — o que na maioria dos casos significa recuperar com mata nativa áreas desmatadas ilegalmente — não constará do texto de Jorge Viana.

O problema ficará para o senador Luiz Henrique (PMDB-SC), que apresentará emenda a ser votada separadamente.

O parecer de Viana traz apenas uma regra geral mínima: a de que, para rios de até 10 metros de largura, a faixa mínima obrigatória de recuperação é de 15 metros, uma flexibilização da atual legislação, que diz que quem desmatou tem que replantar 100% da margem mínima da mata ciliar, ou seja, 30 metros.

O texto de Viana dirá, ainda, que os estados, por meio de seus conselhos de meio ambiente, poderão definir que atividades e edificações situadas irregularmente nesses locais poderão ser legalizadas. Isso quer dizer que a produção que ficar estabelecida pelo estado como exceção estará liberada de cumprir a recomposição mínima estabelecida pelo código.”

(Globo)

Espanha – Eleitorado dá poder absoluto ao PP

“A crise econômica foi a protagonista da campanha eleitoral e a responsável por iniciar, no domingo na Espanha, um novo ciclo político, dando maioria absoluta aos centro-direitistas do Partido Popular (PP) no Parlamento — e levando os socialistas a uma derrota histórica após sete anos de governo.

Liderado por Mariano Rajoy, o PP governará com a maior margem da centro-direita desde a redemocratização. Rajoy tomará posse provavelmente na véspera do Natal, mas ainda não se sabe que política econômica adotará.

A despeito de toda a incerteza que paira sobre o futuro de um país asfixiado economicamente, a vitória do PP foi festejada por milhares de partidários nas ruas.

As palavras mais repetidas e mais temidas nos últimos três anos — desemprego, dívida pública, déficit e arrocho — acompanharam os eleitores. Rajoy comemorou a vitória adotando o conhecido tom contido:

— Não haverá milagres. Eu não prometi milagres. Para mim, não haverá inimigos maiores do que o desemprego, a dívida e o déficit — advertiu Rajoy, durante seu discurso, acrescentando, num tom mais otimista: — A voz da Espanha precisa voltar a ser ouvida em Bruxelas, vamos deixar de ser parte do problema e nos tornaremos parte da solução.”

(O Globo)

Bancada tucana paulista fica com maioria das emendas

“A bancada de deputados estaduais do PSDB, partido que administra o Estado de São Paulo há 16 anos, apadrinhou quase um terço (30%) de todo o montante liberado pelo governo paulista em emendas parlamentares ao Orçamento desde 2007.

No total, os tucanos conseguiram R$ 181 milhões dos R$ 615 milhões liberados pelo governo, segundo dados divulgados pela Secretaria de Fazenda do Estado.

O período envolve as gestões dos tucanos José Serra, Alberto Goldman e do atual governador Geraldo Alckmin. A liberação das verbas é feita pela Casa Civil do Estado.

Esse montante é similar ao total obtido pelas outras duas bancadas mais bem posicionadas no ranking juntas, a do PT (R$ 105 milhões) e do DEM (R$ 76 milhões).

PSDB e PT têm as maiores bancadas na Assembleia Legislativa nos últimos anos. Os tucanos somam hoje 22 cadeiras, ante 24 do PT. Em 2006, o PSDB elegeu 24, e o PT, 20.
Do total obtido pelo PT,

R$ 12 milhões correspondem a emendas apresentadas em bloco, em nome da bancada, numa manobra para tentar driblar a resistência política do Palácio dos Bandeirantes.

BALANÇO

Folha.com oferecerá a partir de hoje, para livre consulta, um banco de dados com todas as emendas liberadas pelo governo paulista desde 2007.

O serviço, que organiza de forma simplificada e com fácil acesso os dados brutos divulgados pelo governo, traz os nomes dos deputados responsáveis pelas indicações, seus partidos, os municípios contemplados e quem foram os beneficiados pelas verbas.

Cada um dos 94 deputados estaduais tem um teto informal de R$ 2 milhões ao ano.

O balanço dos repasses anuais mostra, entretanto, que o pagamento das emendas tem aumentado progressivamente desde 2007, atingindo seu auge no ano eleitoral de 2010, com R$ 256 milhões.

Tradicionalmente, deputados indicam os recursos a pedido dos prefeitos aliados, para obras, custeio de entidades ou compra de equipamentos em seus redutos.”

(Folha)

Espanhóis vão às urnas neste domingo

“Os espanhóis vão às urnas neste domingo (20) para definir o novo primeiro-ministro do país que, além do cargo, receberá a difícil missão de contornar a pior crise econômica da Espanha nos últimos 40 anos.

Todas as pesquisas assinalam como claro vencedor o opositor Partido Popular (PP), dirigido pelo conservador Mariano Rajoy, 56 anos, que saiu derrotado dos pleitos de 2004 e 2008. Se os prognósticos se confirmarem, o PP deverá desbancar o Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), no governo desde 2004. Se for derrotada no pleito, a legenda será mais uma vítima política da crise na zona do euro, que já levou à troca de governos na Grécia, Irlanda, Itália e Portugal.

A imagem dos socialistas espanhóis foi prejudicada por medidas de ajuste como congelamento das pensões, aumento da idade de aposentadoria de 65 para 67 anos, redução de 5% nos salários dos funcionários públicos e aumento da carga tributária.”

(Portal Uol)

Governo do Estado vai convocar 140 aprovados em concurso da Adagri

211 4

“O Governo do Estado autorizou a contratação de 40 veterinários, 21 agrônomos e 79 agentes agropecuários para compor o quadro de funcionários da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (ADAGRI). Segundo o secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, uma mensagem de lei criando os cargos será encaminhada para a Assembleia Legislativa imediatamente.

As informações foram repassadas após audiência com o governador Cid Gomes.  Os candidatos aprovados no último concurso serão nomeados aos cargos de veterinário e de agrônomo. Para contratação dos agentes agropecuários, que devem ser bolsistas da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), será realizada uma seleção pública.

Segundo o secretário Nelson, é possível criar 15 novos escritórios locais da ADAGRI, passando de 25 para 40, e seis escritórios regionais. Além disso, convênio plurianual assinado com o MAPA vai permitir equipar e custear os novos postos da agência. Durante o lançamento da 2º etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, já foram entregues sete veículos deste convênio. “Ainda neste ano serão entregues mais oito e, em 2012, mais 17 carros”, afirmou o secretário.

Para Augusto Junior, presidente da ADAGRI, além da vacinação em massa do rebanho é preciso investir na reestruturação da defesa agropecuária no Ceará. Com a contratação de novos agentes e a melhoria da infraestrutura, é possível “o Estado sair da zona de risco médio para a zona livre de febre aftosa com vacinação”, disse.

O Ceará tem 2,5 milhões de animais, entre bovinos e bubalinos (búfalo) e 140 mil produtores. A vacinação de todo esse rebanho significa, além da classificação de zona livre a doença, a abertura do comércio para outros estados do Brasil.”

(Site do Governo)

CPI da Telefonia pede a Anatel informações sobre faturamento das empresas do setor

“Está agendada para a próxima quarta-feira (23), a segunda reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Telefonia Móvel. Na programação, está prevista a ouvida de representantes do Procon estadual e do Ministério Público estadual. Como resultado do primeiro encontro, algumas providências já começaram a ser tomadas, particularmente junto à gerência regional da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a qual se comprometeu a enviar os dados necessários para subsidiar o andamento dos trabalhos da CPI.

Por meio de ofícios foram solicitados à Anatel o encaminhamento de vários documentos como: planilhas e relatórios técnicos sobre os 16 indicadores de desempenho das operadoras; diagnósticos sobre os quatro principais indicadores; quantidade de usuários de telefonia móvel por região do Estado; quantidade de antenas, ativadas e desativadas, por região em Pernambuco; cópia dos contratos de concessão pública das operadoras de telefonia móvel e das atuações técnicas realizadas pela Anatel junto às operadoras, as quais implicaram em multa.

A Comissão solicitou, ainda, à Anatel informações sobre o faturamento das operadoras de telefonia móvel em Pernambuco e a estrutura disponível no Estado para a fiscalização das referidas empresas.  “São informações estratégicas. Com elas em mãos, a Comissão poderá agir de forma mais estratégica e organizada, montado uma agenda de trabalho mais direcionada”, avalia o presidente da CPI, deputado Betinho Gomes.”

(Com Agências)

Ciro desafia Eduardo Campos

297 11

“Ao anunciar, ontem, numa entrevista ao VOL, que pode, mais uma vez, disputar à Presidência da República, o ex-ministro Ciro Gomes acabou de vez com o sossego do governador Eduardo Campos, que até então voava no plano nacional em céu de brigadeiro.

Ciro se apresentou como mais preparado do que o seu concorrente dentro do PSB e passou a idéia de que, para se colocar como uma alternativa ao País é preciso, antes de qualquer coisa, conhecer as peculariedades desta grande nação tropical.

Na prática, ter mais estrada, na medida em que destaca o fato de já ter passado em 380 cidades mineiras, 200 municípios do Rio Grande do Sul, ou conhecer o que está se passando no Vale do Jequitinhonha ou saber de cor as saídas econômicas para o colapso do criatório de gado intensivo, além da competição desigual do arroz do Uruguai em relação ao arroz do Rio Grande do Sul.

Ciro fala com conhecimento de causa, é muito preparado, já disputou duas eleições presidenciais, foi o melhor prefeito de Fortaleza, liderou o ranking dos governadores do Datafolha quando governou o Ceará e fez sua marca como ministro da Fazenda.

Mas, se quiser tentar novo voo nacional terá que procurar outra legenda.”

(Blog do Magno Martins)

Governo reserva R$ 6 bi para emendas

137 1
“O governo vai abrir o cofre para enfrentar votações importantes no Congresso, a partir da próxima semana. Dos R$ 11,9 bilhões que foram liberados ontem pela equipe econômica para gastos do Executivo, cerca de R$ 6 bilhões devem ser reservados ao pagamento de emendas parlamentares, principalmente para senadores. O Palácio do Planalto não quer correr riscos no Congresso às vésperas de votações cruciais, como a que estica a validade da Desvinculação das Receitas da União (DRU) até 2015.

A presidente Dilma Rousseff pediu aos líderes da base aliada todo o empenho para aprovar a prorrogação da DRU, mecanismo que permite ao governo gastar como quiser 20% das receitas orçamentárias. Na tentativa de convencer deputados e senadores, Dilma recorreu até mesmo ao argumento dos efeitos imprevisíveis da crise internacional, que deve ser de longa duração.

A emenda que renova a DRU foi aprovada em primeiro turno na Câmara, mas passará de novo pelo crivo dos deputados, na terça-feira, antes de seguir para o Senado. Na lista das prioridades do governo – que corre contra o tempo para não ser surpreendido no Congresso – estão, ainda, a proposta que institui um fundo de Previdência para os servidores e o Orçamento da União. Todos os projetos precisam receber sinal verde tanto da Câmara como do Senado.

Ajuste. Em fevereiro, um mês após tomar posse, Dilma anunciou corte de R$ 50 bilhões nas despesas para enfrentar um período de “vacas magras”.

O aperto provocado pelo ajuste fiscal só ganhou uma folga ontem, quando o Ministério do Planejamento liberou R$ 12,1 bilhões para os três poderes. Deste total, R$ 11,9 bilhões foram para o Executivo.”

(Agência Estado)

É com essa margem de manobra que as ministras Ideli Salvatti (Relações Institucionais) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil) trabalham para pagar emendas e aumentar investimentos em programas sociais. Diante de uma crise política atrás da outra, Dilma pretende fechar o ano com uma agenda positiva.