Blog do Eliomar

Categorias para Política

Santos e pecadores na festa de Nossa Senhora de Aparecida

“O Santuário Nacional de Aparecida deve receber, nesta quarta-feira, a visita de pelo menos 100.000 fiéis para a celebração do dia da padroeira do Brasil – a maior concentração de pessoas é esperada para a missa das 10 horas, a principal do dia, e que deverá contar com a presença do governador Geraldo Alckmin.

As celebrações tiveram início oficialmente às 5h30, com a primeira missa do dia.”

(Veja Online)

Dilma sanciona lei que isenta de impostos tablets produzidos no Brasil

“A presidente da República, Dilma Rousseff, sancionou a lei que isenta de pagamento de PIS e Cofins a produção de tablets no Brasil. A lei, aprovada em setembro pelo Congresso Nacional, teve um veto da presidenta. Ela retirou o inciso que previa aplicação retroativa da lei quanto à definição de tablets, a partir de 20 de maio de 2011. A lei passará a valer depois de publicada no Diário Oficial da União, na próxima quinta-feira (13).

Além da isenção do imposto, a lei também eleva de 4,6% para 5,6% o crédito da Cofins para os tablets, quando eles forem adquiridos de empresas da Zona Franca de Manaus, e aumenta o prazo para que administradoras de zonas de Processamento de Exportações (ZPEs), criadas a partir de 23 de julho de 2007, iniciem suas obras de implantação. O tempo permitido passa de 12 meses para 24 meses.

As isenções previstas na lei não se aplicam aos tablets comercializados por varejistas optantes do Simples Nacional.”

(Agência Brasil)

"Escândalo dos Banheiros" completa três meses e nada de julgamento de processos

511 9

“O escândalo dos banheiros completa três meses de “aniversário” e, até agora, nenhum dos cerca de 90 processos que investigam supostas irregularidades na construção de kits sanitários no Interior foi julgado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Segundo o presidente da Corte, Valdomiro Távora, a previsão é que, a partir de novembro, as primeiras decisões sejam tomadas pelo Pleno.

Por enquanto, a Secretaria de Controle Externo do Órgão trabalha na confecção de relatórios de inspeção. Ontem, foram divulgados os dossiês referentes ao município de Cariús – onde até se verificou a execução das obras, mas com várias falhas de fiscalização por parte do Estado.

Em Cariús, a Secretaria das Cidades firmou três convênios no ano passado, com associações comunitárias diferentes: a Associação dos Pequenos Agricultores e Agricultoras da Região da Bela Vista, a Associação Comunitária União de Brava e a Associação Comunitária do Sítio Felipe I. No total, foram liberados R$ 358 mil, para a construção de 179 banheiros.

Por amostragem de 30% em cada convênio, os inspetores atestaram que os kits sanitários “encontram-se em execução”. Entretanto, apontaram atraso na prestação de contas e “precária orientação técnica e fiscalização” por parte da Secretaria. A inspetoria do TCE sugere que os conselheiros do Tribunal, relatores dos processos, colham depoimentos dos ex-titulares da pasta Joaquim Cartaxo e Jurandir Santiago, do atual secretário Camilo Santana, e dos funcionários da Secretaria Fábio Castelo Branco, Ronaldo Lima Borges, João Paulo Custódio, Luiza de Marillac Cabral, Sérgio Barbosa de Souza, José Flávio Jucá e George Castro Júnior. Alguns desses já foram exonerados. Desde o início do escândalo, o Governo tem admitido falhas na fiscalização e supostas irregularidades na liberação dos recursos.

Teodorico

O POVO tentou obter informações sobre a situação do processo que tramita na Corregedoria do TCE, tratando do suposto envolvimento do ex-presidente da Corte, Teodorico Meneses, no escândalo. Entretanto, o corregedor Pedro Timbó insistiu no argumento de que a ação corre em sigilo, embora se trate de processo administrativo. O atual chefe do TCE chegou a dizer que a Corregedoria já havia solicitado esclarecimentos a Teodorico, mas a informação não foi confirmada pelo corregedor. Na edição do dia 7 de setembro, O POVO mostrou que havia indícios de que a investigação estaria parada.”

(OPOVO)

Prefeitura vai chamar 83 médicos aprovados em concurso, anuncia secretária

371 1

A secretária da Saúde de Fortaleza, Ana Maria Fontenele, trabalha em busca de recursos, no Ministério da Saúde, para a compra de equipamentos do futuro Hospital da Mulher. Pede de R$ 10 a R$ 15 milhões. Ela esteve em Brasília, onde deixou essa pedida.

Sobre a data de inauguração do hospital, repete texto da prefeita: “Sai em 2012!”

Ana Maria aproveitou para informar: mais 83 médicos, aprovados no último concurso da pasta, serão convocados já a partir deste mês. Hora de reforçar postos de saúde e duas Unidades de Pronto Atendimento, anuncia a secretária Ana Maria Fontenele.

Assembleia ganha um capitão que promete oposição

279 8

“Recém-empossado na Assembleia Legislativa, o deputado Capitão Wagner Sousa é presidente da Associação dos Profissionais de Segurança Pública do Estado do Ceará (Aprospec) – entidade que, em maio desde ano, foi citada como uma das responsáveis por manifestação na Assembleia Legislativa contra o comandante geral da Polícia Militar, coronel Werislaike Matias, durante solenidade de homenagem pelos 176 anos da PM. A entidade foi criada em março desde ano, com o objetivo de representar e defender os interesses dos policiais militares, policiais civis, corpo de bombeiros e guardas municipais.

Ao O POVO, ontem, o deputado disse que foi uma entidade que representa os guardas municipais do Ceará que organizou a mobilização na Assembleia. Em seu site, a Aprospec divulga uma série de reivindicações de diferentes categorias de trabalhadores da segurança pública. Em seu mandato, Wagner promete não poupar críticas ao governo estadual.

O deputado estadual justificou sua atuação de opositor na Assembleia alegando que, hoje, não há oposição no Legislativo e que, por isso, a democracia não está acontecendo no estado. “O nosso mandado visa representar os interesses do povo, porque estes interesses não estão sendo representados”. ”

(O POVO)

TSE mantém eleições diretas em Icapuí para escolha de novo prefeito

“Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiram, na sessão plenária desta terça-feira (11), negar liminar feita em mandado de segurança do Partido Comunista do Brasil (PC do B) no município de Icapuí, no Ceará, que pretendia suspender as eleições diretas para prefeito e vice-prefeito no município. O prefeito José Edilson da Silva (PSDB) e o vice Heverton Costa Silva foram cassados por abuso do poder econômico na campanha eleitoral de 2008.

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) editou, então, resolução aprovando as instruções para a eleição suplementar e fixou os dias 12 e 13 deste mês para a realização das convenções partidárias na cidade. O PC do B diz, no pedido de liminar, que a resolução do tribunal regional é ilegal e que deve ser observado o artigo 81 da Constituição Federal que prevê a realização de eleição indireta pelo Poder Legislativo local para o restante do mandato. Diz também que a lei orgânica do município de Icapuí é omissa em relação ao tipo de eleição a ser feita, se direta ou indireta.

De acordo com o voto da ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, nesses casos, a jurisprudência do Supremo Tribunal Eleitoral (STF) é no sentido de que a aplicação do artigo 81 da Constituição Federal não é de repetição obrigatória. Esse artigo diz que “ocorrendo a vacância nos últimos dois anos do período presidencial, a eleição para ambos os cargos será feita trinta dias depois da última vaga, pelo Congresso Nacional, na forma da lei”.

A ministra citou ainda a jurisprudência do TSE para esses casos, de que, na ausência de disposição específica na lei orgânica municipal sobre a modalidade da eleição suplementar, devem ser realizadas eleições diretas.

O ministro Marco Aurélio voltou a defender seu ponto de vista na matéria, onde entende que quando ocorre a dupla vacância na segunda metade do mandato, as eleições são indiretas. “O direito eleitoral é uno no território brasileiro. Não concebo cada qual das câmaras de vereadores legislando sobre direito eleitoral e estabelecendo qual a espécie de eleição a ser realizada. Por isso tenho o preceito, a encerrar princípio da Constituição Federal como aplicável à espécie”. Ele foi seguido pelo ministro Marcelo Ribeiro.”

(TSE)

Correios – Justiça determina fim da greve

“O Tribunal Superior do Trabalho (TST) determinou que os funcionários dos Correios em greve retornem ao trabalho a partir da zero hora de amanhã. A decisão do tribunal prevê reposição na inflação de 6,7% e um reajuste linear de R$ 80 a partir de outubro.

A multa diária por descumprimento é de R$ 50 mil para a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect).

Após diversas tentativas frustradas de acordo, o dissídio de greve foi julgado na tarde e noite de ontem no plenário do TST.

Os ministros do tribunal determinaram o desconto no salário dos grevistas de sete dias de paralisação. Os outros 21 serão repostos pelos funcionários em trabalho extra aos sábados e domingos.

A decisão contrariou o voto do relator do caso no tribunal, ministro Mauricio Godinho Delgado, que defendeu a reposição de todos os dias. O ministro argumentou que a greve corresponde a uma quebra no contrato de trabalho, mas que a decisão cabe a uma instância “normativa”. Os Correios teriam se antecipado ao realizar o corte nos salários.

“Nossa proposta é que o pagamento pelos trabalhadores se faça pela prestação de serviços e não por descontos”, afirmou o relator do caso. Os ministros também foram unânimes ao afirmar que a greve dos servidores não é abusiva.”

(Com Agências)

Uma 4ª feira de marcha contra a corrupção

392 2

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) conclamou os jovens brasileiros a participar, nesta quarta-feira, das marchas contra a corrupção marcadas pela internet, em várias cidades. Em Brasília, o início foi marcado para as 10 horas, com saída do Museu da República.

Simon adiantou que não vai participar do protesto, que repete manifestação realizada no dia 7 de setembro.

– Não irei à caminhada. É apartidária, e o movimento é muito contra nós, os políticos, e com razão. Eles têm razão imensa, [pela] nossa falta de garra ou de vontade de fazer as coisas que deveriam ser feitas. Por isso não vou, para não constranger – disse.

Simon afirmou crer em resultado positivo, apesar de análises de cientistas políticos que dizem não acreditar no sucesso das marchas, por faltar foco aos protestos. O senador aconselhou os jovens a ir à manifestação para mostrar à sociedade que têm personalidade e pensamento e não são “aéreos desinformados que vão ao sabor das ondas para lá e para cá”.

Conselho Nacional de Justiça

O parlamentar também comentou a situação do Supremo Tribunal Federal, que está no foco das atenções, diante de julgamentos sobre os poderes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para punir juízes e a validade da Lei da Ficha LimpaEntenda o assunto.

– Eu não me lembro, ao longo da minha vida, de momento tão delicado vivido pelo nosso Supremo Tribunal Federal. Eu não me lembro.

Ele comentou que a presidente Dilma Rousseff deve escolher em breve o substituto da ex-ministra Ellen Gracie no STF e fez um “apelo dramático” para que os membros da corte mantenham a validade da Ficha Limpa, lei que nasceu da vontade popular, com mais de 2 milhões de assinaturas na internet.”

(Agência Senado)
EM FORTALEZA – A Marcha contra a Corrupção, como já divulgamos em post, ocorrerá a partir das 15 horas desta quarta-feira, com saída da Praça da Imprensa (Bairro Duinísio Torres).

Tucano lamenta ineficiência das agências reguladoras

234 2

O líder do PSDB na Assembleia Legislativa, Fernando Hugo, classifica as agências reguladoras como ineficientes. Na avaliação dele, o que foi criado para funcionar bem e atuando como fiscal de serviços públicos, acabou perdendo consistência na Era PT. Confira:

Com as privatizações, a maioria delas benfazeja com o povo brasileiro, o Governo FHC criou várias agências reguladoras que institucionalmente tem que funcionar fiscalizando, regulando e garantindo a boa qualidade dos serviços oferecidos a população, tais como energia elétrica, água e saneamento básico, planos de saúde, telefonia fixa e/ou móvel. Infelizmente, a decepção com o que vemos: a falta de empenho dessas instituições no exercício primordial de imporem suas forças reguladoras e exigirem serviços de qualidade nos levam a apelar clamantemente ao Governo Federal (tais cargos são indicados pelo Planalto) e/ou a Justiça estadual e federal para que, com ações fortes e republicanas, salvem do mal serviço prestado ao nosso povo.

Exemplo bem vivo sobre nós é o da apatia da ANATEL em relação a telefonia móvel. Em especial, a TIM que baila com suas 4 milhões de linhas vendidas ao povo cearense sem atender minimamente aquilo proposto aos usuários quando das vendas.

Nós, da Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, estamos diariamente juntos aos orgãos cearenses de defesa do consumidor lutando pela regularização funcional de todas as telefonias móveis. Ludibriraram a boa fé do povo cearense!

* Fernando Hugo,

Líder do PSDB na Assembleia Legislativa.

Fortaleza terá feriado com marcha contra a corrupção

344 16

Nesta quarta-feira, a partir das 15 horas, haverá ato contra a corrupção na Praça da Imprensa.A iniciativa é puxada pelas redes sociais locais.

A ordem é cobrar das autoridades brasileiras melhor tratamento para setores estratégicos como saúde, a educação e segurança, além de respeito no uso do dinheiro público.

Haverá uma caminhada pelo entorno da praça. O movimento é suprapartidário.

PSDB Jovem fará encontro em Fortaleza

246 8

O presidente nacional do Instituto Teotônio Vilela (ITV), ex-senador Tasso Jereissati, deverá comandar no próximo sábado, a partir das 9 horas, no Hotel Oásis Atlântico, encontro do PSDB Jovem.

A ordem, segundo o deputado federal Raimundo Gomes de Matos, que comanda o ITV estadual é reunir cerca de 200 militantes e começar a trabalhar a renovação das bases do partido pós-defecções para o PSD.

SERVIÇO

* Italo Sales – presidente do PSDB Jovem: 85 – 86465317.

Investimentos federais diminuem R$ 2,9 bilhões

“Passados os nove primeiros meses do ano, a União (Executivo, Legislativo e Judiciário) ainda não conseguiu engrenar um bom ritmo de investimento, ao contrário do que vem acontecendo com todos os outros tipos de despesas. Até setembro, os dispêndios com obras e equipamentos, considerados aplicação nobre, diminuíram R$ 2,9 bilhões em relação ao mesmo período de 2010, quando R$ 30,2 bilhões já haviam sido utilizados. No total, cerca de 41,8% foram investidos este ano, equivalente a R$ 27,3 bilhões.

Os investimentos da União envolvem atividades como o planejamento e execução de obras e equipamentos e material permanente. O decréscimo acompanha o movimento do orçamento de investimentos que era de R$ 69 bilhões em 2010 e atualmente está em R$ 65,3 bilhões.

A principal diferença está na diminuição do valor empenhado, ou seja, nas reservas orçamentárias feitas para futuros pagamentos. Até setembro de 2010 cerca de R$ 34,4 bilhões haviam sido empenhados, contra R$ 23,1 bilhões deste ano. Como conseqüência, o montante realmente executado, sem considerar os restos a pagar que praticamente permaneceram em cifras iguais, passou de R$ 11,2 bilhões para R$ 7,3 bilhões de um período para o outro.”

* Do site Conta Abertas Confira aqui a tabela de gastos

Meia-entrada e uma verdade inteira

231 2

 

Eis o que a deputada federal Manuela D’Ávila (PCdoB-RS) escreveu em seu blog sobre a polêmica da meia-entrada na Coap 2014:

A aprovação do Estatuto da Juventude na Câmara e, particularmente, do artigo que versa sobre meia-entrada tem gerado algumas críticas que, por estarem baseadas em meias verdades, geram uma percepção errada da lei e das suas consequências. Para esclarecer a questão da meia-entrada, é preciso tratar da verdade inteira sobre o projeto.

Em primeiro lugar, a lei estabelece meia-entrada tão somente para os jovens estudantes até 29 anos, e não para todos os jovens, como muitos editoriais de imprensa fazem parecer ser. Cerca de 88% dos jovens que frequentam a escola em algum nível pertencem às classes C, D e E. Em segundo lugar, o projeto simplesmente regulamenta uma lei que já existe nos 11 Estados que são os maiores centros de consumo cultural do Brasil e, mais do que isso, sem limite de idade. Ou seja, esse direito já existe e a economia brasileira já o subsidia. O estatuto simplesmente regulamenta nacionalmente a lei, estabelecendo, inclusive, um limite de idade. Na prática, a lei não implica nenhuma “conta a mais” para o consumidor, mas o inverso. A cultura é um direito básico e um bem que tem de ser acessível a todos, a eles também.

Esclarecido que não há “nenhuma conta extra a pagar”, o mais importante é o mérito do projeto. Os países mais avançados, não por acaso, são os que mantêm mais tempo os seus jovens na escola e nas universidades. Fazer isso no Brasil e praticar a educação integral significa não só manter o estudante dentro do espaço físico das escolas, mas, também, construir – num país ainda pobre – um conjunto de incentivos e facilitadores para que o estudante conclua todo o ciclo de estudos. Por isso, existem a meia-passagem estudantil e as bolsas de Ensino Médio, de graduação e pós-graduação (vejam o exitoso programa Universidade para Todos – ProUni). Por isso, também, o Bolsa-Família é vinculado à permanência das crianças na escola.

O acesso à cultura – inclusive aos espetáculos de excelência que têm preços inacessíveis para quem estuda – é um desses incentivos. Ver ao vivo João Gilberto ou Fernanda Montenegro não pode ser um privilégio de elite. Eles são patrimônio da cultura brasileira e devem, por isso, ser acessíveis a todos. Como garantimos isso? Através de subsídio do Estado (evitando que espetáculos financiados através de incentivo fiscal tenham preços inacessíveis) ou do sistema de cotas (estipulando um limite de meias-entradas nos espetáculos). Estas saídas estamos construindo para tirar a conta do consumidor direto de cultura!

Outro aspecto importante: o estatuto – que regulamenta inúmeros direitos importantes para a juventude – não é obra de uma única deputada. Foi aprovado pela unanimidade do Congresso, produzindo, inclusive, consensos entre a bancada evangélica e os defensores dos direitos homoafetivos. Uma lei que nasce de um processo assim não pode ser caricaturizada como produto da pressão de “claques estudantis”. Pelo contrário, ela é exemplo de diálogo no melhor espírito republicano, sem envolver barganhas, cargos ou emendas. Tanto que o projeto foi consensual justamente por ter sido aquele com maior participação popular da história da Câmara

Em política, os intoleráveis se toleram

198 3

Com o título “Puglismo semiótico”, eis artigo do publicitário e poeta Ricardo Alcântara. Ele avalia a relação entre o grupo político do governador Cid Gomes (PSB) com os aliados da prefeita Luizianne Lins (PT)

O hit brega “Entre tapas e beijos” talvez fosse a melhor trilha sonora para um enredo sobre o relacionamento esquizóide do grupo político do governador Cid Gomes com os aliados da prefeita Luizianne Lins.

Enquanto governador e prefeita evitam manifestar publicamente suas maiores diferenças, há gente escalada por pelo menos um deles para dar os recados mais duros e expor o custo da aliança a patamares alavancados.

Curioso é que, agora, a artilharia não obedece ao comando das lideranças do PT, cujo DNA registra a virulência como modelo recorrente. Os pugilistas estão ao lado do governador. Bem ao lado do governador, diga-se.

Enquanto o secretário Arialdo Pinho, cão de guarda de todos os contratos, dispara seus mísseis pelo twitter, o irmão Ciro Gomes usa os meios convencionais de imprensa para esculachar com a gestão de Luizianne.

Aos ataques frequentes, o PT vinha dando o calado como resposta por acreditar que, suportando em contrição os desaforos, conseguiria, ao fim, emplacar um nome do partido e manter a aliança na sucessão de Luizianne.

O observador dos fatos precisa compreender que o nome disso é Teatro. O estado de ânimo, manifestado com tinturas de espontaneidade, obedece a um roteiro onde se criam, no plano simbólico, gestos de simulação.

O que ocorre ali, mais do que um confronto substantivo, é, paradoxalmente, um diálogo e, através dele, o que menos se pretende é medir forças, como aparentemente é sugerido, e sim desenhar afirmações simbólicas.

Assim, o que mais objetivam os arroubos de uns é preservar uma “identidade positiva”, susceptível de desgaste na práxis de uma aliança com quem está, naquele momento, percebido com ressalvas pela opinião pública.

Para duvidar da sinceridade de Ciro Gomes quando se mostra indignado com as mazelas da cidade basta constatar que, mesmo no poder a mais de vinte anos, ele fala como se a sua atuação não fosse parte do problema.

Se as manobras de simulação serão, mais adiante, reproduzidas no campo de batalha eleitoral, vai depender menos do estado de ânimo pessoal e mais do que for indicado pela conjuntura: em política, os intoleráveis se toleram.

Em encontro recente, a direção petista decidiu não mais deixar tais críticas sem resposta. Com a contrita passividade como as suportaram, haviam já dado eles à percepção pública suficiente demonstração de boa vontade.

Agora, foi prometido ali praticar-se o método básico: “bateu, levou”. A reação imediata na outra margem da aliança foi um eloquente silêncio. Pois antes tarde do que nunca. Havia mesmo um forte odor de covardia no ar.

* Ricardo Alcântara

Publicitário e peota.

PSB de Sérgio Novais realiza novo encontro para debater Fortaleza

269 5

O PSB municipal do presidente destituido Sérgio Novais marcou para o próximo novo encontro com objetivo de discutir Fortaleza. O encontro ocorrerá no próximo sábado, 15, a partir das 9 horas, no auditório da Câmara Municipal. Será o terceiro da série de eventos organizado por membros históricos do partido.

Dessa vez,o tema será  “Os Desafios da Saúde Pública em Fortaleza”, tendo sido convidado como palestrante o médico cardiologista e professor universitário Carlos Roberto Martins Rodrigues. A deputada estadual Eliane Novais (PSB) e pré-candidata a prefeita por essa ala socialista, confirmou presença. A coordenação do encontro ficará por conta de Sergio Novais.

Pós-Faxina – Dilma lançará pacote de R$ 14 bilhões em janeiro

220 1

“Antes da reforma ministerial, prevista para janeiro, a presidente Dilma Rousseff vai lançar um pacote de programas turbinados com investimentos que somam pelo menos de R$ 14 bilhões até o fim de seu mandato, em 2014.

Para virar a página da “faxina” na equipe de governo – chamada por ela de “reestruturação” – a ordem é divulgar ações de impacto a cada duas semanas.

As medidas ocorrem após um período de ajuste fiscal que marcou o início do governo Dilma, com anúncio de cortes de R$ 50 bilhões.

Até agora, a presidente não conseguiu criar uma marca de governo que ultrapasse as fronteiras do combate à corrupção e está convencida da necessidade de mostrar resultados. Em nove meses, cinco ministros deixaram o governo. Entre eles, o único que não se afastou por denúncias de corrupção, mas por questões políticas, foi Nelson Jobim.

É esse desgaste político que o governo busca superar. Dois programas já estão prontos para sair do forno: o primeiro envolve 11 ministérios e uma série de iniciativas para pessoas com deficiência.

O segundo, para recuperar os presídios, só não foi anunciado porque o Palácio do Planalto decidiu esperar “a poeira baixar” no impasse com o Judiciário, motivado pela falta de reajuste para a categoria no projeto do Orçamento, enviado ao Congresso no fim de agosto.

Com a meta de criar uma rede de proteção à infância, um terceiro programa pretende atacar o problema da exploração sexual de menores. Intitulado “Brasil cuida de suas crianças”, o plano engloba iniciativas para o fortalecimento dos Conselhos Tutelares e institui um sistema interligado de informações para evitar que crianças fiquem sob a guarda de pais violentos.

Nesse pacote, o único programa que pode ficar para 2012 é o Plano Nacional contra as Drogas. Ancorado em dois eixos estratégicos – saúde e segurança pública –, o projeto de Dilma tem metas ousadas e prevê até o enfrentamento dos “grandes atacadistas” do tráfico. Dados do governo indicam que a operação para desmontar essas quadrilhas demora, em média, oito meses.”

(Estadão.com)

O sorriso de Luizianne

232 9

O que será que a prefeita Luizianne Lins (PT) conversou de tão animado com o deputado federal  Artur Bruno, por sinal, um dos “prefeirutáveis” do PT? Pelo clique do grande fotógrafo Mauri Melo, a gente conclui que a coisa era boa demais.

Aliás, esse tipo de papo, no momento em que anda efervescente o clima político eleitoral dentro do PT, é de causar até inveja nos outros prefeituráveis.

Não é mesmo, secretário de articulação governamental Waldemir Catanho?

Colômbia – Ação militar mata 11 guerrilheiros das Farc

“O ministro de Defesa colombiano, Juan Carlos Pinzón, informou que pelo menos 11 guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) foram mortos durante um bombardeamento militar em um acampamento em Santander, no Noroeste do país. Pinzón disse ainda que foram apreendidos sete foguetes, três morteiros e três granadas.

A operação militar contra as Farc ocorreu no município de Sardinata, na fronteira com a Venezuela. O comandante da Polícia Antinarcóticos, o general Luis Carlos Pérez, disse que a ação contou com a ajuda da Polícia Nacional, do Exército e da Força Aérea. A operação envolveu 150 homens com o apoio de 15 aeronaves.

De acordo com Pérez, na ação, dois policiais ficaram feridos e duas aeronaves foram atingidas pelos guerrilheiros. Antes do ataque militar ao acampamento das Farc, os guerrilheiros organizaram uma emboscada em uma estrada no Sudoeste do país, que resultou na morte de sete soldados.

No último dia 8, o governo do presidente colombiano, Juan Manuel Santos, intensificou a campanha contra as Farc. Na tentativa de capturar cinco líderes da guerrilha, o governo ofereceu US$ 1,9 milhão por informações seguras sobre o paradeiro de um grupo de cinco homens apontados como líderes do movimento.”

(Agência Lusa/Agência Brasil)

PSDB terá candidato em Fortaleza, reafirma Marcos Cals

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=5AhuJ2K2Uv0[/youtube]

O presidente regional do PSDB, Marcos Cals, reafirmou, nesta terça-feira, que o partido terá candidato próprio à Prefeitura de Fortaleza. A ordem, segundo o tucano, é trabalhar pela formação de uma frente ampla contra o esquema da prefeita Luizianne Lins (PT) e do PSB do governador Cid Gomes.

Marcos Cals embarcou nesta madrugada de segunda–feira para Brasília. Ali, tem encontro com o presidente nacional do PSDB, deputado federal Sérgio Guerra. Na agenda, o que o partido no Ceara vai fazer com relação aos parlamentares e lideranças que debandaram para o PSD.