Blog do Eliomar

Categorias para Política

Vice da ABIH/CE vai disputar cadeira de deputado estadual pelo PR

O vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hoteis (ABIH), regional do Ceará, Manuel Cardoso Linhares, vai disputar cadeira de deputado estadual pelo Partido da República. Liderança conhecida na Região Metropolitana de Fortaleza – principalmente no município do Eusébio, onde foi vice-prefeito e disputou a Prefeitura no último pleito, “Manuelzinho”  é tido como um dos puxadores de votos em se tratando de peleja estadual na legenda.

Ele já comunicou seu afastamento da condição de vice da Abih e também de membro da diretoria do Sindicato dos Hotéis do Estado.

Ou seja, vai entar agora leito na Assembleia Legislativa com o mote da necessidade de se fortalecer o turismo cada vez mais em nome da geração de empregos.

Vereador quer Prefeitura distribuindo Viagra, Cialis…

“O vereador Ciro Albuquerque (PTC) foi protagonista de um momento cômico durante sessão na Câmara Municipal de Fortaleza. Ao defender seu projeto de indicação que sugere à Prefeitura de Fortaleza a implantação de um programa de distribuição de remédio para impotência sexual destinado a pessoas com mais de 60 anos de idade, Ciro se referiu aos próprios vereadores como possível público-alvo do projeto.

“Eu, graças a Deus, não preciso fazer o uso desse tipo de remédio, mas eu sei que tem alguns colegas neste plenário que já precisam tomar essa medicação“, entregou o vereador, que disse mais. “Eu ficarei muito feliz em saber que um dia vocês foram aos postos de saúde para receber seus medicamentos contra impotência sexual“. No plenário, houve silêncio entre os possíveis beneficiários.

Na defesa de sua proposta, Ciro destacou que a prática sexual é um item importante na qualidade de vida da população, e que essa questão deve ser considerada quando se fala em saúde pública. Ciro destacou ainda que a queda da patente do medicamento Viagra vai permitir ao poder público criar políticas de combate à impotência sexual.”

(O POVO)

Mensalão do DEM envolve agora Rodrigo Maia

O delator do “mensalão do DEM” do Distrito Federal, Durval Barbosa, afirmou ao Estado que o presidente nacional do partido, deputado Rodrigo Maia (RJ), era um dos beneficiários do esquema montado pelo governador cassado José Roberto Arruda. “O acerto do Rodrigo era direto com o Arruda”, disse Barbosa. Autor dos vídeos que levaram à queda de Arruda, de quem foi secretário de Relações Institucionais, Barbosa afirmou que a participação do presidente nacional do DEM é uma das vertentes da nova fase das investigações, com as quais colabora por meio de um acordo de delação premiada firmado com o Ministério Público Federal.

“O Ministério Público vai pegar”, afirmou, referindo-se à suposta participação de Rodrigo Maia no desvio de dinheiro do governo do Distrito Federal. O ex-secretário também acusou o PMDB de receber pagamentos mensais do esquema de Arruda. Barbosa conversou com o Estado na quarta-feira à noite, quando participava de uma festa para mais de 500 pessoas numa das casas de eventos mais badaladas de Brasília. Era a abertura de uma feira de noivas.

Fama

Acompanhado da mulher, Kelly, Durval circulou com desenvoltura entre os convidados. Depois de passar meses fora de Brasília sob proteção da Polícia Federal, o ex-secretário, agora com pose de celebridade, tenta voltar às rodas sociais da capital federal.

Camiseta Versace sob o blazer bem cortado e ostentando no pescoço um vistoso pingente de ouro com o nome da mulher, o ex-secretário de Arruda passou pouco mais de duas horas na festa, sempre sob o olhar atento de dois seguranças armados.

A fama adquirida após tornar-se homem-bomba do escândalo que defenestrou Arruda do governo tem feito com que muitos o evitem: no período em que permaneceu no evento, Barbosa conversou com menos de dez pessoas.

Na mesma festa, estava o presidente do DEM no Distrito Federal, senador Adelmir Santana. Razão para constrangimento? Para Barbosa, não. “O constrangimento é de quem roubou”, disse.

A metralhadora do delator do mensalão candango segue ativa. Além de disparar contra o presidente nacional do DEM, Barbosa afirmou que dirigentes do PMDB se beneficiavam do esquema de corrupção montado no governo Arruda.

Cota mensal

O dinheiro, segundo ele, era entregue ao presidente do diretório do partido no DF, o deputado federal Tadeu Filippelli. “Filippelli recebia R$ 1 milhão por mês para o PMDB”, afirmou Barbosa. “Inclusive tem um áudio sobre isso”, emendou.

O ex-secretário se recusou a dar detalhes sobre os supostos pagamentos ao DEM e ao PMDB sob o argumento de que o acordo de delação premiada o impede de falar a respeito de assuntos sob investigação. Ele indicou, porém, que está contando o que sabe ao Ministério Público e à Polícia Federal.

Indagado sobre o que tem acrescentado às investigações da Operação Caixa de Pandora, deflagrada pela PF em novembro passado, primeiro ele fez mistério. “Vem muito mais por aí”, declarou. Depois, fez mais uma de suas profecias: “Mais uns 60 vão ser presos.”

(Agência Estado)

Cid viaja para os EUA

O governador Cid Gomes (PSB) embarca neste sábado para os EUA, onde vai participar de seminário que o Banco Mundial promove com gestores beneficados com empréstimos da Instituição. Com a viagem do governador, que deve permanecer em Washington até meados da próxima semana, ficará no Governo o presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Ernani Barreira.

Isso, porque o vice-governador, Francisco Pinheiro (PT), encontra-se ausente do Estado, mais precisamente na Argentina, onde divulga a Conferência Internacional sobre Clima e Desertiicaçlão (ICID 2010), que ocorrerá em Fortaleza, no mês de agosto, no Centro de Convenções.

Já o presidente da Assembleia Legislativa, Domingos Filho (PMDB), encontra-se também fora do Estado, pois caso assumisse o Governo ficaria inelegível. Domignso Filho está em Belo Horizonte, em confere evento das Assembleias Legislativas do País.

Vice José Alencar é internado

“O  vice-presidente da República, José Alencar, foi internado às 18h desta quinta-feira no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para a realização de exames. Alencar, que sofre de um câncer no abdome, teve uma queda na taxa de hemoglobina, proteína responsável pelo transporte de oxigênio no sangue. Segundo sua assessoria, ele irá se submeter a exames rotineiros na manhã desta sexta-feira, 28, quando o hospital deverá emitir um boletim médico.

José Alencar tinha programado viajar para Belo Horizonte, onde participaria da posse do novo presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).”

(Estadão)

Em greve há 35, professores de Maracanaú denunciam gestão à OIT

Do Sindicato Unificado dos Profissionais em Educação do Município de Maracanaú (SUPREMA), este Blog recebeu a seguinte nota:

“Estamos há 35 dias de GREVE! Muito já fizemos, mas infelizmente o prefeito Roberto Pessoa (PR) não abre as negociações por melhores salários. Ao contrário, ele quer acabar com o sindicato Suprema e já se articula com segmentos da oposição, juntamente com a ex-presidente da entidade, na perspectiva de nos fragilizar e tomar o sindicato que ficaria sob o controle da Prefeitura.

O momento é de fortalecimento da luta. São muitos os apoios que temos recebido. A CONFETAM já encaminhou denúncias a ISP (Internacional do Serviço Público) e à OIT (Organização Internacional do Trabalho) falando das truculências deste Governo.

O prefeito tenta nos fragilizar, enviando cartas, ameaçando aos probatórios. Ele sabe que não pode demitir, nem tão pouco fazer qualquer retaliação, pois a greve é LEGAL.”

SUPREMA.

TRE-RJ cassa mandato de Rosinha e deixa Garotinho inelegível

“O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro cassou o mandato da prefeita de Campos dos Goytacazes, Rosinha Garotinho (PR), por abuso do poder econômico. A decisão também torna ela e seu marido, o ex-governador e pré-candidato ao governo Anthony Garotinho (PR), inelegíveis por três anos. Como o prazo da inelegibilidade conta a partir da eleição, ela vale até 2011.

Para a Justiça, a prefeita foi beneficiada por “práticas panfletárias” da rádio e do jornal “O Diário” na eleição de 2008. Como Rosinha teve mais de 50% dos votos, o tribunal pediu novas eleições. “Os fatos foram inadmissíveis. O pleito eleitoral tem que ter uma lisura absoluta, trata-se de um direito da sociedade”, afirmou o presidente do TRE, Nametala Jorge, que desempatou o julgamento que estava em 3 a 3.

Na decisão, os radialistas Linda Mara da Silva, Patrícia Cordeiro Alves e Everton Fabio Nunes Paes também se tornaram inelegíveis. A assessoria do casal afirma só irá comentar a decisão após a notificação. No entanto, lembra que pode recorrer ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).”

(

Servidores "fantasmas" do Senado serão ouvidos na próxima semana

O depoimento das servidoras do Senado Mônica da Conceição Bicalho e Kátia Regina Bicalho – acusadas de serem as mentoras da contratação das irmãs Kelriany e Kelly Nascimento da Silva, contratadas pelo gabinete do senador Efraim Morais (DEM-PB) sem que tivessem conhecimento dessa contratação – foi adiado para a manhã da próxima segunda-feira (31). O depoimento, que estava marcado para esta quinta-feira (26), foi adiado a pedido dos advogados de defesa das irmãs Bicalho, que solicitaram mais tempo para a análise dos autos do inquérito aberto pela Polícia Legislativa do Senado sobre o caso.

A denúncia de que Kelriany e Kelly seriam funcionárias fantasmas partiu delas próprias. Kelriany contou à imprensa ter descoberto que era funcionária do Senado ao tentar abrir uma conta bancária. A conta teria recebido depósitos de R$ 3,8 mil por mês. Kelriany teria inclusive sido “promovida”. A contratação, segundo as irmãs, teria sido feita por Mônica, que é assessora de Efraim Morais. Kelly e Kelriany foram ouvidas pela Polícia Legislativa na semana passada.”

(Agência Senado)

Sarney defende reajuste para servidores do Senado

“O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), defendeu nesta quinta-feira (27) no plenário um aumento salarial para os servidores da Casa. A defesa foi feita para justificar a discussão sobre o plano de carreira do Senado, que acontece na Mesa Diretora.

Sarney chegou a dizer que o projeto já deveria ter sido aprovado quando o Senado aprovou uma proposta semelhante para os servidores da Câmara. No caso da Câmara, o reajuste médio foi de 15% e em alguns casos chegou a 33%, segundo a primeira-secretaria daquela Casa. O projeto da Câmara está nas mãos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para sanção.

“Minha opinião é que tinha de ter sido junto com a Câmara. Não podíamos criar uma discrepância entre uma e outra casa. Essa era minha visão. Infelizmente, o Senado resolveu votar o da Câmara antes”, afirmou Sarney.

Sarney destacou que o projeto de aumento no Senado está nas mãos do primeiro-secretário, Heráclito Fortes (DEM-PI), que relata a matéria. Ele afirmou que a classe dos servidores foi “quem mais sofreu” com a crise do Senado. O presidente da Casa elogiou os funcionários e afirmou que eles estão entre os melhores do serviço público no Brasil

“Nesse momento, eu quero prestar uma homenagem porque nessa crise que chamamos de crise do Senado quem mais sofreu foram os funcionários. Essa casa tem um núcleo de funcionários dos melhores do país”, disse Sarney.

A discussão sobre o aumento de salários para servidores acontece em paralelo à reforma administrativa da Casa. Nesta semana, foi anunciada a decisão de recontratar a Fundação Getúlio Vargas (FGV) para auxiliar a Casa neste processo de reestruturação. Apesar de um ano de trabalho, até agora não foram implementadas as mudanças propostas pela entidade, como a redução do número de diretorias para sete.

No ano passado, o Senado chegou a admitir ter 181 diretores e anunciou o corte de 50 destes cargos. O projeto de reforma está em uma subcomissão e, segundo o relator, Tasso Jereissati (PSDB-CE), deve ir a voto no dia 8 de junho na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Após esta fase, a reforma terá ainda de ser submetida a plenário.”

(Portal G1)

Secretário-geral da ONU elogia programas Fome Zero e Bolsa Família

“O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, disse, em entrevista coletiva no Rio de Janeiro, durante o III Fórum da Aliança de Civilizações, que os programas Fome Zero e Bolsa Família fizeram “uma grande diferença” para o Brasil. Depois de saudar os jornalistas em português, Ban disse que o país obteve progressos sobre a erradicação da extrema pobreza e da fome, um dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio da ONU, e citou a importância dos dois programas sociais nesse sentido.

Ban evitou se posicionar sobre uma possível entrada do Brasil no Conselho de Segurança da ONU como membro permanente, mas defendeu sua reforma e disse “tentar criar uma atmosfera favorável para a decisão correta”. O secretário também falou sobre a relevância do Brasil em operações de manutenção da paz em diferentes partes do mundo. “Mais de 2,4 mil militares e policiais brasileiros servem em oito operações de paz pelo mundo, incluindo no Haiti”, disse, antes de ressaltar a liderança regional brasileira entre os países do sul.

Ele falou ainda sobre a importância do país em questões ambientais, já que abriga alguns dos principais ecossistemas do mundo. “Não há solução possível sobre as mudanças climáticas que não inclua o Brasil”.Para finalizar o discurso, em tom de brincadeira, citou outro tema de relevância internacional no qual o Brasil se destaca: a Copa do Mundo. Ban desejou boa sorte à seleção brasileira.”

(Portal Terra)

VAMOS NÓS – Como está mesmo hoje o “Fome Zero”. Quanto ao Bolsa Família, eis bom motivo para a tucanada ficar com aquela dor de cotovelo.

Transpetro lança ao mar segundo navio do seu programa de modernização

“O segundo navio do Programa de Modernização e Expansão da Frota da Transpetro (Promef) será lançado ao mar no próximo dia 24 de junho, no Estaleiro Mauá, em Niterói (RJ), com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Trata-se de uma embarcação para transporte de derivados claros de petróleo, com capacidade para 48,3 mil toneladas de porte bruto e 182 metros de comprimento. O navio levará o nome de Celso Furtado, em homenagem ao economista que criou a Sudene e lançou os fundamentos do moderno desenvolvimento do país.

A solenidade segue o cronograma de lançamentos previsto para este ano, que se iniciou no último dia 7 de maio, no Estaleiro Atlântico Sul (PE), com o Suezmax João Cândido. O Estado do Rio, maior e mais tradicional polo naval do país, já conta com 16 navios encomendados pelo Promef, com R$ 2,2 bilhões em investimentos. O programa vai criar pelo menos 50 mil empregos no Estado, sendo 10 mil diretos e 40 mil indiretos.

O Estaleiro Mauá, que construirá quatro navios de produtos do Promef, está localizado na Ponta D’Areia, em Niterói, região onde nasceu a indústria naval brasileira no século XIX pelas mãos do Barão de Mauá. “Este lançamento tem um significado histórico muito grande, já que foi ali mesmo na Ponta D’Areia onde a tradição brasileira de construir navios começou. Estamos retomando esta tradição”, destaca o presidente da Transpetro, Sergio Machado.

O navio Celso Furtado é o primeiro encomendado a um estaleiro fluminense pelo Sistema Petrobras a ser lançado ao mar,13 anos após a última entrega. O último havia sido o Livramento, finalizado em 1997 pelo Estaleiro Eisa. A embarcação levou 10 anos para ser concluída, em meio a uma grave crise do setor. A indústria naval brasileira, que havia sido a segunda maior fabricante mundial nos anos 1970, praticamente desapareceu dos radares a partir dos anos 1980.

Com a encomenda de 49 navios do Promef, um dos principais projetos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), os estaleiros foram modernizados e surgiram novas unidades de produção, como o Estaleiro Atlântico Sul, em Pernambuco. Hoje, cinco anos após o lançamento do Promef, o Brasil já possui a quarta maior carteira mundial de encomendas de petroleiros.

(Site da Transpetro)

VAMOS NÓS – E por aqui, nada de termos o último capítulo da novela “O Estaleiro”. Nos últimos episódios, a mocinha do Paço tenta resolver a pendência sobre a localização. De longe, assistindo a tudo, o mocinho de Iracema. Os telespectadores, contribuintes, esperam um final feliz.

Homens e livros

Duas dicas para esta noite de quinta-feira:

O deputado estadual Artur Bruno (PT) lançará livro com uma série de artigos seus tratando sobre educação e outros temas. A partir das 19 horas, no plenário da Assembleia Legislativa. A apresentação será do presidente do Tribunal de Contas da União, ministro Ubiratan Aguiar.

O jornalista Rodolfo Espínola lançará, às 19h30min, no Ideal Clube, o livro “Caravelas, Jangadas e Navios: Histórias do Ceará – Resgates e Contrastes”. Resultado de pesquisa que durou cerca de três anos, com fotografias e farta documentação coletada no Brasil, Espanha e Portugal.

Governo Federal já disponibiliza em portal informações sobre gastos

“O Portal da Transparência do Governo Federal já está disponibilizando uma sessão com informações diárias dos gastos públicos da União. O Portal foi criado em 2004 e atualizava as informações mensalmente. A nova ferramenta, desenvolvida pela Controladoria-Geral da União (CGU) em parceria com a Secretaria do Tesouro Nacional e o Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados), cumpre a Lei Complementar 131/2009 que determina a divulgação em tempo real, pelos governos federal, estaduais e municipais, de informações pormenorizadas sobre os gastos públicos.

A data limite para o cumprimento da norma para as cidades de mais de 100 mil habitantes e Estados também é nesta quinta-feira. De acordo com a CGU, o Portal será recarregado, em média, com 200 mil novos documentos a cada dia, referentes a empenho, liquidação e pagamento de despesas.”

(Com Agências)

Moradores fazem ato para cobrar celeridade do "Minha Casa, Minha Vida"

Um grupo de moradores dos bairros Ellery, Monte Castelo, Álvaro Weyne e Carlito Pamplona, inscritos no Programa Minha Casa, Minha Vida, realizam, nesta quinta-feira, um encontro com representantes do governo. ~Hora de cobrar celeridade no projeto em Fortaleza. O encontro ocorrerá na praça principal do Bairro Ellery, a partir das 18h30.

A iniciativa é das Associações de Moradores dos quatro bairros envolvidos na mobilização com o apoio da Federação de Bairros e Favelas de Fortaleza e Centro Socorro Abreu. São esperados para expor e dar explicações sobre o assunto, representantes da Caixa Econômica Federal, Prefeitura de Fortaleza e Câmara Municipal, que recentemente criou uma comissão para acompanhar o Programa.

Só em Fortaleza, segundo a Fundação de Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor), cerca de 90 mil famílias, com renda entre 0 e três salários mínimos, se inscreveram no programa habitacional do Governo Federal. Apesar do número tão grande, nenhum empreendimento foi entregue no município, até agora.

Uma homenagem ao "Senhor Educação"

O deputado federal Ariosto Holanda (PSB) será homenageado, nesta sexta-feira, dentro das comemorações pelo Dia da Indústria. Isso durante o encontro “Formação Profissional, Inovação e Desenvolvimento Industrial”, nos municípios de Maracanaú e Caucaia.

O evento é uma iniciativa do Instituto de Federal de Educação (IFCE), Associação das Empresas do Distrito Industrial (AEDI) e Instituto Titan. Na ocasião, o parlamentar lançará o livro “Ciência e Tecnologia – Marcos Históricos”.

TCM aprova contas 2006 da administração Luizianne Lins

As contas de governo 2006 da administração Luizianne Lins (PT) foram aprovadas, nesta quinta-feira, pelo Pleno do Tribunal de Contas dos Municípios. O Ministério Público de Contas considerou sanados os problemas na área previdenciária e recomendou a aprovação, orientação que foi seguida pelo relator da matéria, Francisco Aguiar, seguido também pelo voto dos conselheiros Marcelo Feitosa e Luis Sérgio Gadelha.

O conselheiro Manuel Veras não votou, porque estava como presidente em razão de viagem de Ernesto Saboya. Arthur Silva também não votou porque se considera sempre impedido de votar em todas as contas de Fortaleza, por questão de foro íntimo.  

O parecer prévio do TCM vai ser encaminahdo agora para a Câmara Municipal, que endossará ou não. Como a maioria na Casa é da prefeita, espera-se a aprovação.

Mais um deputado na mira do STF

“O deputado licenciado Pedro Henry (PP-MT), um dos réus do mensalão, responde a mais um inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF). O ex-líder do PP na Câmara é acusado de peculato em processo que tramita desde fevereiro deste ano no STF. Em linhas gerais, o que o inquérito informa é que Henry voa de jatinho, e quem paga a conta do piloto é o contribuinte.

Trata-se do inquérito 2913, no qual o deputado por Mato Grosso responde por ter contratado um piloto particular como funcionário da liderança do PP na Câmara em 2004. Como líder do seu partido na época, segundo a denúncia, Henry nomeou Christiano Furlan no cargo de assessor técnico adjunto D em Cargo de Natureza Especial 14 (CNE), atualmente com salário bruto de R$ 2,3 mil.

O relator do caso, ministro Dias Toffoli, acatou o pedido do procurador-geral de República de instauração do inquérito contra o parlamentar em 16 de março deste ano. Toffoli pediu informações à Câmara sobre a contração de Christiano Furlan. No despacho ele pede: a cópia da folha de freqüência do servidor, cópia das fichas financeiras referentes aos pagamentos dos salários do piloto, a portaria que teria exonerado o funcionário em janeiro de 2005 e a relação de servidores que integraram o gabinete da liderança do PP em 2004.”

(Congresso em Foco)

Mensalão do DEM -300 investigados

“Seis meses depois da deflagração da operação que abalou o mundo político na capital do país, a Caixa de Pandora ainda reserva muitas surpresas.

Força-tarefa formada por promotores de Justiça do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), que trabalha em parceria com a subprocuradora-geral da República Raquel Dodge e com a Polícia Federal (PF), apura a participação de aproximadamente 300 pessoas relacionadas direta ou indiretamente ao suposto esquema de corrupção que enriquecia autoridades em troca de apoio à gestão de José Roberto Arruda com dinheiro desviado de contratos públicos.

Essa investigação, ainda não concluída, tem como propósito embasar as denúncias que serão ajuizadas no Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra todos os envolvidos na revelada organização criminosa.

Além da análise de documentos apreendidos nas buscas ocorridas em 27 de novembro de 2009 e em outras duas operações realizadas posteriormente, os investigadores aguardam o resultado das perícias da PF nos computadores recolhidos nas casas e nos gabinetes dos suspeitos, entre os quais o conselheiro Domingos Lamoglia, do Tribunal de Contas do DF, do ex-chefe da Casa Civil José Geraldo Maciel e do ex-chefe de gabinete de Arruda Fábio Simão.

Os laudos são vitais para construir a lógica das ações penais que vão apontar uma quadrilha que desviava dinheiro com várias ramificações.

A estratégia do MP será dividir as denúncias em vários núcleos: comando, operação, apoio político e relações empresariais. A intenção é evitar uma ação penal com muitos réus, o que dificultaria o andamento processual e poderia levar a nenhuma condenação, mesmo após tanto trabalho investigativo.

Casos complexos como o processo do mensalão do governo Lula(1), em tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF), em que o então procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza, denunciou 40 pessoas, transcorrem durante anos e há risco de prescrição sem um desfecho judicial.

No total, Raquel Dodge, responsável pela Operação Caixa de Pandora, deverá propor cerca de 10 ações penais.”

(O Globo)

TCM apreciará novas contas da administração Luizianne Lins

“As contas de 2006 da administração da prefeita Luizianne Lins (PT) começam a ser apreciadas na manhã desta quinta-feira pelo Pleno do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). O conselheiro Francisco Aguiar, relator da matéria, apresentará seu parecer prévio. Sobre o teor do parecer, ele, claro, evita adiantar dados. Recentemente, as contas de governo de Luizianne relativas a 2007 foram aprovadas pelo TCM com placar apertado de três a dois.

Nessa votação, o hoje relator Chico Aguiar foi pela aprovação, ao lado dos conselheiros Marcelo Feitosa e Luís Sérgio Gadelha, este conhecido por ter pedido vistas, por duas vezes, quando da votação do parecer prévio dessas contas da prefeita.

A medida do TCM de votar primeiro as contas mais recentes é para evitar que o contribuinte não chore só depois.”

(Coluna Vertical, do O POVO)