Blog do Eliomar

Categorias para Política

Ilário reforça tese da prefeita de que o PT deve ter candidato ao Governo

ilario

O presidente regional do PT, Ilário Marques, quer o seu partido tendo candidato a governador em 2010. Foi o que ele revelou durante o Empreender 2009, evento promovido pelo Grupo de Comunicção O POVO no Sebrae, em Fortaleza.

Ilário disse que o PT cresceu, tem dimensão de um grande partido hoje no Estado. Destacou que seu partido tem o presidente da República, tem prefeituras importantes como a de Fortaleza e não pode se conformar em ficar só com a vice no Governo.

Indagado sobre nome para a disputa, disse que existem opções. Ilário, em princípio, evitou colocar uma postulação sua nesse páreo mas, ao mesmo tempo, deixou nas entrelinhas que não temeria entrar na disputa.

Ele também considerou fundamental que o ministro José Pimentel disputa uma vaga de senador em 2010.

Essa postura de Ilário Marques não é novas, mas só vem reforçar o que outros petistas defendem: um candidato do PT ao Governo para garantir palanque pró-Dilma Rousseff. Nesta semana, a prefeita Luizianne Lins admitiu essa tese, embora tenha gerado desconforto entre parceiros do PSB como o governador Cid Gomes e o seu irmão, Ivo Gomes, ao considerar Ciro Gomes um presidenciavel não preparado para governar o Brasil.

Serra diz em Petrolina que não vai polarizar com Ciro Gomes

Ao chegar em Petrolina (PE) neste sábado  em ritmo de campanha, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), afirmou que não iria polarizar com  o presidenciável e deputado federal Ciro Gomes (PSB), que mudou o domicílio eleitoral para SP e passou atacar a gestão tucana.

Questionado sobre a sua visita a Petrolina ser vista como um apelo eleitoral, Serra disse que São Paulo é uma parte do Nordeste, o que o aproxima ainda mais da região.

O governador visitou a casa do ex-deputado federal Oswaldo Coelho (DEM), ao lado do presidente nacional do PSDB e senador, Sérgio Guerra; do senador Marco Maciel; deputada Terezinha Nunes e políticos da região.

Marina Silva ganha prêmio internacional

marinn

“A senadora Marina Silva (PV-AC), ex-ministra do Meio Ambiente e provável candidata à Presidência em 2010, recebe neste sábado em Mônaco o prêmio Mudanças Climáticas, oferecido pela Fundação Príncipe Albert 2º de Mônaco. A iniciativa premia pessoas e instituições por atuarem em favor do meio ambiente e do desenvolvimento sustentável. O prêmio considera ações e iniciativas em três eixos: mudança climática, preservação da biodiversidade e acesso à água, além da luta contra a desertificação.

A senadora vai receber 40 mil euros, além da homenagem com o troféu, que será entregue pelo Príncipe Albert 2º. É o quinto prêmio que a senadora recebe desde 2008, quando deixou o Ministério do Meio Ambiente por discordar de algumas diretrizes da política ambiental do governo.

O mais recente foi em maio deste ano, o Prêmio Sofia 2009, concedido anualmente pela Fundação Sofia a pessoas e organizações que se destacam nas áreas ambientais e de desenvolvimento sustentável.”

(Com Agências)

O Tsunami Luizianne

luiziannmolha

“Ao admitir que pode não apoiar a reeleição do governador Cid Gomes em 2010, a prefeita Luizianne Lins (PT) arranjou um outro problemão para os partidos da base aliada em termos nacionais. Na entrevista exclusiva ao O POVO, ela não poupou críticas a Ciro Gomes (PSB), irmão e referência política do governador.

Luizianne disse que Ciro não está preparado para governar o Brasil, que seus projetos foram muito incipientes, sem começo, meio e fim, que falta consistência política, além de afirmar que a disputa tem que ter gente “com muita sensibilidade, menos truculência e mais educação“.

Dessa forma, a prefeita, que desde as últimas eleições rompeu com Ciro, cria dentro do PT uma situação contrária a qualquer apoiamento do partido ao parlamentar: seja para presidente, vice de Dilma ou governador de São Paulo.

Luizianne foi além das críticas de Marta Suplicy que, nesta semana, disse que Ciro não tem nada a ver com São Paulo. ”

(Foto – Paulo Moska)
(Coluna Vertical, do O POVO)

Dirceu volta à cena política para ajudar Dilma 2010

dirceu

“Desde que se revelou seu papel de mentor e operador do escândalo do mensalão, o ex-ministro José Dirceu teve cassados seu mandato de deputado federal e suspensos seus direitos políticos. Com os dedos, foram-se os anéis. Ele perdeu suas credenciais de principal coordenador das ações políticas do governo. Afastado oficialmente do núcleo do poder, Dirceu se dedicou aos negócios, fazendo meteórica carreira como despachante de empresas nacionais e estrangeiras com interesses em decisões de órgãos estatais. Mas, uma vez Dirceu sempre Dirceu. Ele está de volta ao seu grande negócio, a política, em especial os arranjos partidários de apoio a um candidato hegemônico, o que ele fez com fogo e arte na eleição de Lula em 2002.

Como ocorreu no passado, Dirceu recebeu plenos poderes para barganhar, fazer ofertas, oferecer cargos e benesses em um futuro governo. Nessa vida de facilitador, nem tudo é fácil. No atual momento, Dirceu se empenha em descarrilar a candidatura de um aliado cuja participação na trama ameaça sair do enredo original.

Fala-se que do deputado federal Ciro Gomes que, escalado para coadjuvante de Dilma, está roubando a cena pré-eleitoral e ocupando o centro do palco com uma desenvoltura preocupante para o Palácio do Planalto. A missão de Dirceu é abrir o alçapão sob os pés de Ciro e fazê-lo desaparecer. Isso tem que ser feito sem sangue, mágoas ou ressentimento. A candidatura de Ciro precisa sumir e o verdadeiro interessado na operação não pode aparecer. Essa é a especialidade de José Dirceu.

Há duas semanas, Dirceu esteve no Ceará, no Rio Grande do Norte e em Pernambuco. Foi recebido pelos governadores em encontros anunciados oficialmente como “análises de conjuntura”. Houve mais do que análise. Os três governadores visitados pertencem ao PSB, o partido de Ciro Gomes. Os três ouviram a avaliação de Dirceu segundo a qual a candidatura presidencial de Ciro é “preocupante”. O diálogo mais revelador ocorreu em Fortaleza, em um café da manhã na casa do governador Cid Gomes, irmão de Ciro.

Dirceu explicou detalhadamente as dores de cabeça que a candidatura do irmão poderia gerar também para os planos de reeleição do próprio governador. Sutileza de Diceros bicornis petistum. Ela se traduz por: se o governador não ajudar a minar os planos nacionais do irmão, o PT do Ceará, na sucessão estadual, apoiará não Cid Gomes, mas Luiziane Lins, a atual prefeita de Fortaleza. Dado o recado ameaçador, Dirceu gastou o restante do tempo nas mesuras recomendadas nesses casos. Disse que aquela solução seria muito dolorosa, mas adiantou que, mesmo intimamente contrário à manobra, não teria outra saída pública senão apoiar Luiziane. Recado dado. Recado entendido.

Dias depois das conversas com os socialistas, Ciro Gomes anunciou a transferência de seu domicílio eleitoral para São Paulo. Ciro nasceu em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo, mas mudou-se ainda criança para o Ceará. Tem tanta identificação com o eleitorado paulista quanto Geraldo Alckmin, também natural de Pinda, tem com os moradores do Crato. Com a mudança de domicílio, Ciro se habilita legalmente a concorrer ao governo de São Paulo e, do ponto de vista único da lei eleitoral, nada muda. No mundo real é outra história. Para manter-se no pleito nacional Ciro, apesar de empatado com Dilma Roussef nas últimas pesquisas, precisa escapar das investidas do Diceros bicornis petistum. Disse Ciro à VEJA: “Eu soube da conversa de Dirceu com o meu irmão, mas ela não prosperou porque estou convencido de que devo disputar a presidência da República”.

O anúncio público de que PT e PMDB devem fechar uma aliança formal nesta semana em torno da candidatura de Dilma – um movimento considerado imprescindível para os planos petistas – contou com a ajuda do ex-ministro. O PMDB é aquele partido que torce por todos e fica sempre ao lado de quem ganha. Como ainda é muito cedo para qualquer prognóstico sobre 2010, a agremiação prefere esperar mais antes de tomar uma decisão.

Dirceu está encarregado de catalisar os nobres ideais dos líderes peemedebistas, de novo, através de seus métodos peculiares. Um exemplo recente: para vencer as resistências de um dos caciques do PMDB, o governador Sérgio Cabral, Dirceu procurou o prefeito de Nova Iguaçu, o petista Lindberg Farias, e o incentivou a manter sua anunciada candidatura ao governo do Rio de Janeiro. O objetivo é usar a futura desistência de Lindberg como moeda de troca com Sérgio Cabral. O governador trabalha para o que o PMDB apoie oficialmente Dilma Rousseff desde já, inclusive indicando o candidato a vice-presidente na chapa, e ganha como prêmio a cabeça do prefeito adversário. VEJA procurou o ex-ministro José Dirceu na semana passada. Sua assessoria informou que ele estava incomunicável, participando de uma conferência na Itália, a convite da Fundação Gorbachev.”

(Revista Veja)

José Pimentel passando ao largo

Mesmo com o fato de a prefeita Luizianne Lins (PT) admitir não apoiar a reeleição do governador Cid Gomes, o ministro José Pimentel prefere a cautela, dizem assessores. Pouco comenta.

Mas, sobre a vaga de senador, ele reitera: só trata dessa questão em março.

DETALHE – O ministro estará neste sábado na Região do Cariri. Ali, assinará a ordem de serviço para a construção dos postos do INSS  de Mauriti e Aurora.

O que diria Patrícia sobre o affair Cid-Luizianne?

patriciaaa

Quem deve estar rindo de uma ponta a outra da orelha, com a declaração da prefeita Luizianne Lins (PT) admitindo não apoiar a reeleição de Cid Gomes (PSB) em 2010 é a senadora licenciada Patrícia Saboya (PDT).

Patrícia foi preterida por Cid na campanha pela prefeitura de Fortaleza.

DETALHE – Ia esquecendo que a senadora está licenciada, pois em tratamento das cordas vocais.

Empresa do “voo da sogra” teve aeronave interditada pela Anac

“A empresa de táxi-aéreo que presta serviço ao Governo do Estado, Easy Air, teve uma de suas quatro aeronaves interditadas ontem pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Após quatro dias de vistoria, foram identificadas “irregularidades no cumprimento dos programas de manutenção“ de um dos aviões, que, segundo a Agência, estava com a “segurança operacional“ dos voos comprometida.

As informações foram repassadas ao O POVO por meio da assessoria de imprensa da Anac, que não pôde detalhar, de imediato, que deficiências foram encontradas. Ainda de acordo com a assessoria, as outras aeronaves fiscalizadas também tiveram ressalvas nos programas de manutenção, mas não apresentaram risco de segurança. A empresa terá um mês para resolver as pendências.

O diretor-executivo da Easy Air, comandante Felipe Alberto, negou que qualquer aeronave tenha sido interditada. Mesmo confrontado com as informações da Anac, ele garantiu, com tranquilidade, que todos os aviões passaram no teste. “Estamos com todos os voos funcionando normalmente“, afirmou.

O POVO procurou o governador Cid Gomes (PSB), que, por meio de sua assessoria de imprensa, preferiu não se pronunciar sobre o caso, até que seja feita uma comunicação oficial.”

(O POVO)

Transfor, aos poucos, muda vias da cidade

tranfrr

“Aos poucos, as obras fazem efeito e a população começa a perceber melhoras. Apesar dos transtornos, o Programa de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor) já ganha elogios pelas ciclovias construídas, calçadas padronizadas e pistas recapeadas. Na avenida Mister Hull, 90% das intervenções já foram executadas, segundo o coordenador do Transfor, Daniel Lustosa. Na Bezerra de Menezes, o recapeamento já cobriu quase toda a avenida e a conclusão da restauração deve ocorrer no segundo semestre de 2010.

Os primeiros a sentir a diferença são os pedestres. Sem os desníveis e a disputa pelo espaço, os trechos padronizados nas calçadas das avenidas Bezerra de Menezes e Mister Hull são uma exceção entre as ruas da Cidade. O piso diferenciado auxilia deficientes visuais e as rampas permitem a acessibilidade motora. “Aqui era cheio de buracos, agora está mais plano, mais largo. Fica mais seguro pra andar também pra gente idosa ou com criança“, avalia a empregada doméstica Marina Uchoa, 31.

Os ciclistas estão começando a utilizar as ciclovias na avenida Mister Hull. O comerciante José Adalto Mesquita, 40, fez o percurso pela primeira vez como teste, e afirmou se sentir mais seguro. Marcelo Antônio de Araújo, 45, pretende fazer o caminho por ali mais vezes. “Não vinha por aqui de bicicleta porque era muito perigoso.“

Em frente à faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Ceará, a pista nova, mais larga e sinalizada, melhorou o percurso para os motoristas; mas dificultou a vida dos estudantes que passam por ali diariamente. Aline Cunha, 23, reclama da dificuldade para atravessar e sente falta de uma passarela. Para evitar o risco de atropelamento, alguns caminham até o semáforo mais próximo. “Às vezes eu ando até o North Shopping pra atravessar“, conta a universitária Linara Oliveira dos Santos, 22.

Para os motoristas, as obras ainda não deixam perceber o benefício. “Nos trechos onde as obras já passaram, a gente sente que tá melhorando. As vias estão mais abertas“, aponta o aposentado Odaly Veras, 66. Na Bezerra de Menezes, as vias foram alargadas e o asfalto refeito. Mas o engarrafamento ultrapassa os horários de pico nos trechos onde a pista está estreitada pelas obras. Como no cruzamento com a rua Padre Anchieta, onde máquinas e trabalhadores estão transformando o canal em ciclovia. Odaly mora no bairro São Gerardo e já se conformou com o incômodo. “Enquanto não entregam, o jeito é ter paciência. Quando terminarem, vai ficar uma beleza“, aguarda, otimista.”

(Jornal O POVO)

Lula desiste de projeto de taxar a poupança

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse a assessores que o projeto que tributa a caderneta de poupança com a cobrança de Imposto de Renda “perdeu seu tempo político” e que não quer mais enviá-lo ao Congresso.

O governo teme dois possíveis efeitos negativos do projeto: repercussão negativa na véspera do ano eleitoral em criar um imposto de 22,5% sobre poupanças com saldo acima de R$ 50 mil e atrasos na tramitação das propostas sobre o marco regulatório do pré-sal.

Lula admite repensar sua posição apenas se o ministro Guido Mantega (Fazenda) considerar a medida essencial. A própria equipe do ministro, contudo, considera que politicamente a proposta ficou inviável, apesar de tecnicamente ainda ser defendida. A última versão do projeto, por sinal, foi devolvida pela Casa Civil para o Ministério da Fazenda.

Mesmo que a Fazenda avalie a medida como essencial, antes Lula ouvirá novamente os líderes dos partidos da base aliada sobre o assunto. Até aqui, segundo levantamento informal feito pelo governo, nenhum partido quer votar agora uma medida tão impopular -a menos de um ano da eleição.”

(Folha)

Governador quer secretários nomeando comissionados

“O governador Cid Gomes (PSB) quer delegar o poder de assinar nomeações de cargos públicos no Estado aos secretários de Governo. Para isso, ele encaminhou ontem uma Proposta de Emenda à Constituição Estadual (PEC) para tirar de si a incumbência exclusiva de dar a canetada nesse tipo de ato.

“É simplesmente tirar da pessoa do governador aquele trabalho burocrático de ficar assinando pilhas e pilhas de papéis de atos de nomeação. Não é criar cargos“, explicou o governador Cid Gomes (PSB), durante entrevista no Palácio Iracema.

No texto atual da Constituição do Estado, em seu artigo 88, está estabelecido que compete apenas ao governador prover e extinguir os cargos públicos estaduais. Mas, pela PEC que começou a tramitar ontem na Assembleia, esse artigo receberia a emenda em que o governador pode delegar a atribuição aos secretários de Estado.

O texto justifica a ação para “desburocratizar“ o procedimento de nomeação e provimento dos atos de cargos públicos estaduais, tanto efetivos, como comissionados (de não concursados).

Mas, segundo o líder do Governo, Nelson Martins (PT), após a emenda ser aprovada, o Executivo precisa mandar uma lei específica dizendo quais secretários estarão autorizados a fazer as nomeações. Ou seja, para cada delegação do poder, uma lei específica. “A todos ou a só um (secretário). Ele (governador) pode delegar a quem ele quiser“, disse o petista, explicando que, na hora que o governador quiser “desdelegar, ele desdelega“.

De acordo com Nelson, não há previsão para serem criados novos cargos.

Atualmente, a Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado informa que o Executivo gasta R$ 299 milhões com pessoal. Desses, R$ 5,45 milhões são destinados a 4.997 cargos comissionados.

O texto do Executivo segue agora para ser apreciado pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) e somente depois vai a votação no plenário da Assembleia. Para ser aprovada, a PEC precisa de quorum de 28 deputados.

Controle
O governador negou ainda que tal ato gere descontrole sobre as nomeações do Estado, alegando que são publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) e que a Secretaria do Planejamento e Gestão controla a grade. “Os secretários têm minha confiança. No momento em que não tiverem, não estarão mais na Secretaria“, reforçou Cid. ”

(O POVO)

Cid ameniza criticas de Luizianne a Ciro, mas avisa: quer irmão disputando em 2010

cidddd

O governador Cid Gomes (PSB) afirmou, nesta sexta-feira, que soube do teor da entrevista exclusiva que a prefeita Luizianne Lins (PT) deu ao jornal O POVO numa conversa, por telefone. Ele adiantou que a propria prefeita telefonou para ele e deu detalhes do conteúdo que virou o assunto desta sexta-feira nos meios políticos locais, mas com repercussão nacional.

“”Ela ligou pra mim”, disse Cid, evitando polemizar quando indagado sobre o fato de Luizianne ter admitido não apoiar sua reeleição caso ele endosse o seu irmão, o deputado federal Ciro Gomes (PSB), para presidente da República.

Instado a avaliar o fato como um possivel rompimento futuro entre duas lideranças políticas que se dizem muito amigas, Cid não comentou. Disse que discorda de Luizianne nas críticas feitas por ela contra Ciro Gomes. Luizianne disse que Ciro não tem preparo para comandar o País. Ele lamentou ainda que a prefeita e seu irmão mantenham divergencias antigas”.

Cid foi até mais longe. Reiterou que defende que seu irmão seja candidato a presidente da República com uma estratégia para forçar o segundo turno e chegou a observar que vai perder tempo quem quiser ver Ciro desistindo.

“Eu vejo claramente, e posso estar redondamente enganado, mas está muito claro para mim que daqui a seis meses o presidente Lula vai convidar o Ciro a se candidatar à Presidência”. Nas entrelinhas, mostrou-se cético quanto a uma possível melhora no desempenho da ministra Dilma Roussseff, hoje a preferida do PT para a disputa 2010.

Essas declarações de Cid foram dadas nesta manhã, após encontro na Residência Oficial em que o governador manteve com o secretário de Infraestrutura do Estado, Adahil Fontenele, e a direção do DER e empreiteiros onde o tema foi avaliação sobre o programa de recuperação e reconstrução de estradas.

Serra fará campanha no sertão pernambucano neste sábado

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB) e pré-candidato a Presidência da República, estará no Sertão pernambucano neste sábado (10) para visitas informais em alguns municípios do Sertão do São Francisco.

O tucano vem acompanhado pelos principais aliados no Estado: os senadores pernambucanos, Sérgio Guerra (presidente nacional do PSDB), Marco Maciel (DEM) e Jarbas Vasconcelos (PMDB).

Em Petrolina, os políticos visitarão o Ateliê de Artesanato Ana das Carrancas, que foi uma das maiores artesãs de Pernambuco. Seu trabalho com as carrancas, peças colocadas nas proas das embarcações para espantar o mau-olhado, conquistou repercussão nacional e internacional.

Dentre os compromissos da agenda, José Serra, junto aos senadores Jarbas Vasconcelos, Marco Maciel e Sérgio Guerra fizeram questão de abrir um espaço para fazer uma visita à residência do ex-deputado federal Osvaldo Coelho e ao o ex-prefeito de Petrolina e pré-candidato a deputado federal, Guilherme Coelho (DEM). Na residência, também estarão presentes políticos e lideranças de diversos municípios pernambucanos, que terão a oportunidade de discutir assuntos referentes a cada uma das localidades.

Logo após a visita, os políticos almoçam no “Bodódromo”, onde há diversos restaurantes especializados no prato típico da cidade, o bode. As obras do Projeto Pontal, também serão visitadas, já que o projeto de irrigação está com as obras paradas por falta de apoio federal.

Na companhia do prefeito de Petrolia, Dr. Júlio Lóssio, Serra também visita o Hospital de Urgências e Traumas (HUT) de Petrolina.

Já a noite, no município de Lagoa Grande, Serra participará da décima edição da Feira do Vinho e da Uva do Nordeste (Vinhuva Fest).” 

(JC Online)

Fortaleza ganha “aterro alternativo” pertinho da avenida Domingos Olímpio

aterro2

Pronto. Era só o que faltava. Esse trecho da rua Euzébio de Souza, quase esquina com a avenida Domingos Olímpio (Bairro Joaquim Távora), acaba de ser batizado como um novo aterro de Fortaleza. Denunciado constantemente neste Blog e pela imprensa por acumula lixo à vontade, teve direito a queima de entulho, na tarde desta sexta-feira. Isso para abrir novos espaços e acomodar mais lixo que ali chega em vários carrinhos guiados por catadores da redondeza.

Se jogar lixo já é abuso, imagine brincar com fogo… 

(Foto – Paulo Moska)

Espelho, espelho meu…

esoelho

Vários leitores do Blog chamam a atenção para um detalhe da entrevista exclusiva que Luizianne Lins (PT) concedeu ao O POVO: a respostande que dá  sobre a competência de Ciro Gomes para presidente da República. A maioria acha que Luizianne estava mirando algum espelho. Será?

OP – A senhora falou que Ciro não está preparado para governar o Brasil. Baseada em que a senhora afirma isso?
Luizianne – Baseada na forma que ele se comporta e também nos projetos, que foram muito incipientes. Eu acho que ele não teve começo, meio e fim em nada. Acho que falta consistência política. Tem que ter gente com muita sensibilidade, menos truculência, mais educação e com mais permeabilidade e flexibilidade para poder entender a movimentação de um País do tamanho como esse.”

Toda de brano, Dilma foi à festa do Senhor do Bonfim

“A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, compareceu na manhã de hoje vestida como uma típica baiana, toda de branco, para assistir à missa na igreja Nosso Senhor do Bonfim em agradecimento pela cura de um câncer. A ministra foi saudada por um grupo de pais e mães-de-santo e tomou banho de folhas antes de entrar na igreja. Ao deixar o local, ela, embora negasse que estivesse em campanha, pousou para fotos e abraçou e beijou vendedores de fitinhas de Nosso Senhor do Bonfim.

Dilma estava acompanhada do governador Jacques Wagner (PT), da primeira-dama do Estado, Fátima Mendonça, do ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, do vice-governador Edmundo Pereira (PMDB) e de todos os secretários do governo baiano. No final da celebração, a ministra, que assistiu a missa no adro da igreja, recebeu bênção dos padres.

Ela disse ter ido à igreja porque, embora não seja católica praticante, é por formação, e tinha assumido o compromisso com fiéis de todo o País que oraram por seu restabelecimento. Dilma contou que escolheu a igreja em Salvador porque ela é a que melhor representa os templos católicos do Brasil. “A religião é um dos motores que fazem com que o ser humano mostre o que existe de melhor dentro dele”, afirmou.

Indagada sobre a hipótese de subir em dois palanques na Bahia – no Estado o PMDB rompeu com o PT – a ministra disse que para haver palanque é preciso haver campanha. “E ainda não existe campanha.” Já sobre a polarização entre PT e PSDB na esfera federal, Dilma Rousseff afirmou que considera isso “inexorável” e a população vai poder optar entre os projetos de transformação do País feitos pelo governo Luiz Inácio Lula da Silva e o que havia antes. A ministra também visita hoje as obras sociais de Irmã Dulce. Em seguida, seguirá para Feira de Santana.”

(G1)

PT quer Dilma deixando o Governo em fevereiro

roussefff

“O comando nacional do PT defende que a chefe da Casa Civil, ministra Dilma Rousseff, antecipe sua saída do governo para meados de fevereiro.

A ideia é que ela percorra o país com maior liberdade e inicie uma mobilização política mais explícita, nos limites da legislação eleitoral, para tentar deslanchar sua candidatura à Presidência da República.

Cresce no PT a tese de que ela deveria ser liberada antes do prazo legal, que é início de abril. Mas o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda resiste. Ele dará a palavra final.”

( Globo Online)

No caminho da sucessão 2010, Cid só trata no momento das estradas estaduais

O ministro da Previdência Social, José Pimentel, abriu, nesta manhã de sexta-feira, no Sebrae, o Empreender 2009, evento voltado para difundir o programa Empreendedeor Individual, do governo federal, que tira da informalidade cerca de 10 milhões de brasileiros.

A solenidade de abertura não contou com a presença do governador Ciud Gomes (PSB), que, neste momento, na Residência Oficial, está reunido com o secretário de Infraestrura do Esado, DER e empreiteiras avaliando o programa de recuperação e reconstrução das estradas estaduais.

A assessoria do governador não soube informar se Cid Gomes já se inteirou da declaração dada pela prefeita Luizianne Lin s(PT), no O POVO desta sexta-feira, admitindo não apoiar sua reeleição. Mas isso se Cid tiver que respaldar seu irmão, o deputado federla Ciro Gomes, para presidente da República.