Blog do Eliomar

Categorias para Política

TCE aplica multa de R$ 22,8 mil em ex-gestor de Limoeiro do Norte

O Tribunal de Contas do Ceará aplicou multa de R$ 22,8 mil ao gestor responsável pelo Fundo Municipal de Saúde de Limoeiro do Norte no ano de 2012, em razão de irregularidades apuradas no processo de Prestação de Contas de Gestão nº 8944/13. Será concedido ao responsável prazo de 30 dias para o recolhimento da quantia ou a interposição de recurso contra a decisão. A informação é da assessoria de imprensa do TCE.

Um das falhas – ausência de procedimento de dispensa de licitação para locação de imóvel destinado a instalação de farmácia popular – motivou o colegiado a determinar a abertura de representação ao Ministério Público Estadual, para que o órgão tome as medidas judiciais cabíveis.

Sobre essa questão, o relator do processo, conselheiro Alexandre Figueiredo, ressaltou que “com efeito, a locação de imóveis pela Administração Pública se enquadra na hipótese de dispensa de licitação prevista no art. 24, X da Lei 8.666/1993”. Mas frisou que “deve se atentar, no entanto, que mesmo na hipótese de se contratar mediante dispensa, o referido procedimento deve ser formalizado, com avaliação prévia do imóvel, devendo estar comprovado que a locação se deu mediante pagamento de preço compatível com o valor de mercado”.

As outras ocorrências ensejadoras do julgamento irregular das contas foram a classificação indevida de despesas com contratação de médicos; ausência de contrato dessas despesas; não repasse de valores consignados pertencentes ao INSS e à Caixa Econômica Federal; e inexistência de relatório do conselho do Fundo.

(Foto – Arquivo)

Prisão de ex-secretário aumenta cerco do MP e PF a Alckmin a novo patamar

390 4

A prisão de Laurence Lourenço, ex-secretário de Transportes de Alckmin, elevou a outro patamar a pressão exercida pelo Ministério Público e pela PF sobre o presidenciável tucano Geraldo Alckmin. O alvo era homem de confiança de Saulo de Castro, braço direito do ex-governador. É o que informa a Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta sexta-feira.

Laurence trabalhou na Kroll, agência de inteligência já citada em escândalos de monitoramento ilegal. Por isso, diversos secretários de Alckmin se sentiam desconfortáveis em falar com ele. Havia temor de grampos.

Laurence e os outros 14 alvos da PF foram presos temporariamente para “colheita de provas” e “apuração mais ampla”. Quem entende do riscado diz que esse era o argumento clássico para coercitivas —proibidas pelo STF.

(Foto – Pedro Ladeira, Folhapress)

Agentes penitenciários terão carga horária padronizada

Os agentes penitenciários do Ceará vão passar a contar com carga horária padronizada. O Governo encaminhou a proposta que já foi aprovada pela Assembleia Legislativa. Após sanção do governador Camilo Santana, esses profissionais terão oficializado o regime de 24 horas de trabalho e intervalos de 72 horas, ao invés das 12 horas trabalhadas por 36 horas de descanso.

A medida, segundo a secretária estadual da Justiça e Cidadania, Socorro França, deve gerar economia aos cofres do Estado e facilitará o gerenciamento das equipes plantonistas.

Nesta semana, os 1.000 candidatos que tomarão posse no cargo de agente penitenciário começaram a ser atendidos na sede da Sejus, quando foi dado início ao processo de entrega da documentação e a realização de exames. Eles estão na reta final para a posse, marcada para o próximo dia 3 de julho, no Centro de Eventos. Outros 695 seguem para o cadastro de reserva.

Moro determina execução provisória da pena de Eduardo Cunha

Eduardo Cunha teve condenação confirmada no TRF-4 a 14 anos e 6 meses de prisão, mas isso não significa dizer que estão exauridos seus recursos. É o que informa a Veja Online.

O ex-deputado já está cumprindo a pena, mas estava em caráter de prisão preventiva, apenas por questões burocráticas judiciais.

Moro, então, por entendimento conjunto ao TRF-4, determinou nesta semana a execução provisória da pena, substituindo o caráter provisório da anterior. É polêmico o entendimento. Os recursos não estão exauridos e há quem defenda que o cumprimento da pena deve ser feito ao fim de tudo.

“A execução da pena terá início assim que exaurida a segunda instância, não se devendo aguardar o trâmite de eventuais recursos especiais e extraordinários, os quais não versam sobre matéria de fato e não são dotados de efeito suspensivo”, versa sentença na segunda instância.

Para Cunha, que já teve embargos de declaração e infringentes rejeitados, restam apenas recursos extraordinário e especial, mas que não têm efeito suspensivo.

Evento reúne Camilo e General Theophilo pela primeira vez

O lançamento do Anuário do Ceará 2018-2019 reuniu pela primeira vez os dois principais pré-candidatos à eleição de outubro no Ceará. Desde as primeiras movimentações, o governador Camilo Santana (PT) e o general Guilherme Theophilo (PSDB) ainda não haviam se encontrado em evento mesmo com a intensidade da agenda do petista.

Camilo chegou ao evento acompanhado do prefeito Roberto Cláudio (PDT) e do senador Eunício Oliveira (MDB). O presidente do Congresso Nacional, que vai disputar a reeleição, mantém agendas com o governador mesmo depois que Cid Gomes (PDT) defendeu candidatura única pelo grupo do governador.

Questionado se Eunício era seu candidato em outubro, o governador se limitou a dizer que “as convenções são só em agosto”. Já o General Theophilo criticou o reagrupamento de Camilo e Eunício, que deve se consolidar na campanha eleitoral. “Eles têm um problema muito sério de conciliar porque são pessoas que até pouco tempo vinham se digladiando, se acusando e agora junta num balaio só que eu não sei o que vai dar”, criticou.

O evento reuniu ainda nomes da base do governador, como o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PDT), e da oposição, como Luis Eduardo Girão (Pros), que tenta se viabilizar candidato a senador pelo grupo da oposição. “A nossa candidatura vai pela independência. O objetivo é realmente uma nova prática política”, disse. (Wagner Mendes)

(O POVO – Repórter Wagner Mendes/Fotos – Julio Caesar e Paulo MOska)

Governador anuncia 1,5% do orçamento estadual para a Cultura

334 1

O governador Camilo Santana (PT) divulgou na noite desta quinta-feira, 21, que 1,5% do orçamento do Governo do Ceará para 2018 será aplicado em cultura. O anúncio foi feito durante solenidade de lançamento do Anuário do Ceará 2018-2019, que marcou a abertura do Festival Vida&Arte.

O percentual orçamentário destinado à cultura foi promessa de campanha do governador, em 2014. Camilo ressaltou que o índice investido mais que triplicou.

Presente à solenidade, o ministro da Cultura Sérgio Sá Leitão discursou antes de Camilo e chegou a antecipar o informação que o governador divulgaria a seguir. Sá Leitão salientou que o percentual é “recorde nacional”.

Ele elogiou ainda o trabalho da administração estadual na área da cultura e ressaltou o entendimento mantido com o secretário estadual da área, Fabiano dos Santos Piúba. “Temos de passar por cima das eventuais diferenças políticas e ideológicas”, disse Sá Leitão, sobre o fato de pertencer ao governo Michel Temer (MDB), ao passo que Camilo é do PT.

Equipamentos culturais

Camilo Santana mencionou ainda investimentos em equipamentos culturais na Capital e no Interior. Ele anunciou o aguardado início das obras de reforma do Museu da Imagem e do Som (MIS), que prometeu ser um dos mais bonitos do País. Além disso, disse que será adquirido um casarão histórico no Crato, em estilo alemão, para se tornar um grande centro cultural no Cariri.

Além disso, disse que ele e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), assinam este mês a ordem de serviço para a construção da Estação das Artes, espaço cultural para integrar vários equipamentos nas proximidades da Praça da Estação e da Estação João Felipe.

(O POVO/Foto – Julio Caesar)

Defesa de Lula busca concessão de prisão domiciliar no STF

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reforçou nessa quinta-feira (21) no Supremo Tribunal Federal (STF) pedido de suspensão da condenação e de expedição do mandato de soltura. Em um resumo do caso entregue a ministros da Corte no início da noite, os advogados pedem que o ex-presidente possa cumprir prisão domiciliar ou outras medidas cautelares caso o tribunal entenda que a liminar de liberdade não pode ser aceita.

O pedido de liberdade do ex-presidente será julgado na terça-feira (26) pela Segunda Turma da Corte. Se a condenação for suspensa, como pedem inicialmente os advogados de defesa, o ex-presidente poderá deixar a prisão imediatamente e também se candidatar às eleições.

Na primeira petição enviada ao Supremo, a defesa do ex-presidente alegou que há urgência na suspensão da condenação, porque Lula é pré-candidato à Presidência e tem seus direitos políticos cerceados diante da execução da condenação, que não é definitiva.

Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 7 de abril, por determinação do juiz Sérgio Moro, que ordenou a execução provisória da pena de 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do triplex em Guarujá (SP). A prisão foi executada com base na decisão do STF que autorizou prisões após o fim dos recursos na segunda instância da Justiça.

(Agência Brasil)

Praça no Panamericano ganhará brinquedoteca e aparelhos de ginásticas

Seis praças de seis bairros de Fortaleza receberão equipamentos de ginásticas e brinquedotecas, em uma parceria da Prefeitura com o Governo do Estado. A ordem de serviço ocorreu nesta quinta-feira (21), na Praça Mauá, no bairro Panamericano. As outras praças que serão contempladas são Marupiara (Demócrito Rocha), Ubiratan Costa (Montese), Antonio Mendes (Jardim América), Gentilandia (Benfica) e Frei Galvão (Jardim América).

“A parceria entre a Prefeitura e o Governo do Estado tem possibilitado essa diversidade de ações em vários territórios da Cidade. Tenho convicção de que, quando estas intervenções estiverem entregues, a qualidade de vida e dos serviços públicos será ainda maior”, destacou o prefeito Roberto Cláudio.

“Prefeitura, Estado e equipe técnica planejaram várias ações para a Cidade, unindo esforços diante da crise econômica, ouvindo a comunidade, os vereadores, os conselhos comunitários e priorizando suas demandas”, ressaltou o governador Camilo Santana.

Presente ao evento, o vereador Adail Junior (PDT), apontou que a boa política é exercida para a melhoria da qualidade de vida da população. “O prefeito Roberto Cláudio e o governador Camilo Santana trabalham para a formação de nossas crianças, como projetos da brinquedoteca, dos jovens, por meio das areninhas, e também da qualidade de vida de nossos idosos, por meio dos aparelhos de ginástica”, comentou Adail Junior.

“Quando a praça é ocupada pela população, é sinal que as políticas públicas estão funcionando”, completou o vereador, natural de Saboeiro (Sertão dos Inhamuns) que é pré-candidato à Assembleia Legislativa. “Meu desejo é fazer muito mais pelo cearense, diante desse sentimento de melhoria da qualidade de vida da população”, disse.

(Foto: Divulgação)

Fux defende combate “incisivo” às fake news

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux, defendeu nesta quinta-feira (21) que a Justiça Eleitoral deve combater de maneira “incisiva” as chamadas notícias falsas, também conhecidas como fake news, pelo termo em inglês popularizado em outros países. A manifestação foi feita em seminário promovido pela corte sobre o tema, em Brasília.

“Por que fiscais podem tirar propagandas infamantes do meio da rua e nós não vamos combater as fake news? Entre a mentira e a verdade, há de prevalecer a verdade, ainda que custe um pouco mais caro. Ninguém tem liberdade de expressão para publicar notícia falsa que cause dano irreparável a uma candidatura”, sustentou Fux.

O magistrado disse que uma eleição pode ser questionada em seu conjunto, em caso de influência decisiva deste tipo de conteúdo. “Pode, inclusive, ter anulação da eleição se ela foi objeto de massificação de fake news”, afirmou. Segundo Fux, há previsão legal dessa possibilidade no Código Eleitoral.

“Isso demanda um acervo probatório. Quem entender que a eleição deve ser anulada com base neste dispositivo deve procurar a Justiça. Depois disso, vai ter a fase probatória, o Ministério Público Eleitoral vai se manifestar. Cada parte vai trazer a sua verdade e o juiz vai decidir ao final”.

O presidente do TSE apresentou as medidas propostas pelo Tribunal em relação ao tema. Uma das iniciativas seria a celebração de acordo com partidos políticos para que as legendas se comprometam a não difundir notícias falsas. Acordo semelhante foi feito com profissionais do marketing eleitoral. O tribunal também montou grupos de parceria com órgãos públicos de segurança como a Polícia Federal, a Agência Brasileira de Inteligência e o Exército para combater a prática.

Outra sugestão é fazer acordo com plataformas digitais como Facebook, Google e Twitter. Segundo o magistrado, as dúvidas giram em torno da retirada de conteúdos, se isso dependeria ou ou não de ordem judicial.

(Agência Brasil)

Fórum Parlamentar realiza último encontro, antes do lançamento do Parlamento Metropolitano

O município de Pacajus, a 51 quilômetros de Fortaleza, marcou nesta quinta-feira (21) o último encontro do Fórum Parlamentar, antes do lançamento do Parlamento Metropolitano, que ocorrerá na segunda-feira (25), a partir das 15 horas, na Câmara Municipal de Fortaleza.

Desde dezembro do ano passado, foram realizados 18 fóruns, que debateram os principais problemas e potencialidades de cada município. Já o Parlamento Metropolitano promoverá a interação entre os municípios da Região Metropolitana, para o fortalecimento desses municípios.

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), destacou que o Parlamento Metropolitano se reunirá uma vez ao mês, aproveitando a estrutura das próprias Câmaras Municipais, o que não irá gerar custos extras para a população.

(Fotos: Divulgação)

DEM do Ceará comandado por suplente de Tasso orienta votar em Camilo Santana

O DEM do Ceará apoiará a reeleição do governador Camilo Santana (PT). Essa orientação foi dada aos filiados pelo presidente regional do partido, o empresário Chiquinho Feitosa, avisa o deputado federal Aníbal Gomes.

Chiquinho, aliás, é suplente do senador Tasso Jereissati (PSDB), que trabalha a pré-candidatura do General Thophilo para o Governo.

(Foto – Dida Sampaio, do Estadão)

STF mantém liberação de programas humorísticos em período eleitoral

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (21), por unanimidade, declarar a inconstitucionalidade do artigo 45 da Lei 9.504/97, conhecida como Lei das Eleições, que criou restrições a programas humorísticos veiculados no rádio e televisão durante o período eleitoral.

Em 2010, a norma foi suspensa pela Corte e os ministros começaram a julgar o caso definitivamente na sessão de ontem.

A legalidade da norma é contestada pela Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert). O artigo 45 da lei diz que, após a realização das convenções partidárias, as emissoras de rádio e televisão ficam proibidas de usar montagem ou outro recurso de áudio ou de vídeo que “degradem ou ridicularizem candidato, partido ou coligação”.

O julgamento começou ontem (20), quando o ministro Alexandre de Moraes, relator do caso, votou pela inconstitucionalidade do artigo e afirmou que a Constituição não prevê a restrição prévia de conteúdos e votou pela declaração de inconstitucionalidade do trecho da norma. O voto foi seguido por Edson Fachin, Luís Roberto Barroso e Dias Toffoli.

Na retomada a sessão hoje, Luiz Fux também entendeu que o artigo representa censura prévia. “Acompanhado a maioria, eu estou entendendo que há inconstitucionalidade nessas limitações à liberdade de expressão e de imprensa”, afirmou.

Celso de Mello acrescentou que o STF não pode admitir qualquer tipo de restrição estatal para controlar o pensamento crítico. “O humor como causa e o riso como sua consequência qualificam-se como elementos de desconstrução de ordens autoritária, impregnadas de corrupção, cuja nocividade à prática democrática deve ser neutralizada. ”, argumentou.

Ricardo Lewandowski, Gilmar Mende e Marco Aurélio também acompanharam a maioria. A presidente Cármen Lúcia, última a votar, disse que causa espécie que, após 30 anos da promulgação da Constituição, existam tantos questionamentos judiciais sobre liberdade de imprensa.”O que se contém nesses dispositivos é uma censura prévia, e censura é a mordaça da liberdade. Quem gosta de mordaça é tirano”, afirmou.

Durante o julgamento, o advogado Gustavo Binenbojm, representante da Abert, defendeu a declaração de inconstitucionalidade por entender que a norma gera restrições ao funcionamento dos veículos, além de violar normas constitucionais, como a liberdade de manifestação do pensamento e ao direito de acesso à informação.

O advogado também ressaltou que, desde 2010, quando a norma foi suspensa pelo STF, não foram registrados excessos por parte de jornalistas, cartunistas e humoristas. “Proibir a sátira política e o uso do humor e tentar transformar os programas de rádio e televisão em algo tão enfadonho e tão desinteressante como já é hoje a propaganda eleitoral obrigatória no nosso país”, argumentou.

(Agência Brasil)

PSL promete recepção festiva para Bolsonaro no aeroporto

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), que cumprirá agenda dias 28 e 29 próximos, em Fortaleza, será recepcionado no Aeroporto Internacional Pinto Martins, isso na época em que o terminal era gerido pela Infraero.É o que garante a cúpula do PSL.

Da vez que por aqui esteve, ocorreu ato do gênero. Congestionou o terminal, como nosso fotógrafo e cinegrafista Paulo MOska documentou na época.

Bolsonaro era chamado, na ocasião, de “mito”.

Cid Gomes: “Não sou de fazer trairagem!”

Do ex-governador Cid Gomes (PDT), ao ser indagado sobre eleições 2018 no Ceará:

“Não sou da fazer trairagem!”

Quem ouviu, entendeu que teria a ver com o senador Eunício Oliveira, hoje apoiado pelo governador Camilo Santana (PT) e pelo prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT).

Ou seja, Cid vai disputando o Senado pelo pedetismo e deixa caminho livre para seus amigos e apoiadores endossarem o emedebista.

(Foto – Iana Soares)

Uma economia que prioriza aerogeradores em belas paisagens turísticas

Com o título “Ceará; A Energia que apagou a cidadania”, eis artigo de Allan Aguiar, ex-secretário estadual do Turismo e ex-superintendente estadual da Caixa Econômica Federal. Ele faz críticas à política que prioriza energia eólica, quando o turismo deveria ser a vocação prioritária 

O Ceará deu um enorme tiro no próprio pé da sua economia. A histórica e aguda falta de planejamento das vocações econômicas do nosso Estado, a qual pautou o improviso na definição das políticas públicas indutoras de investimentos privados, só conseguiu produzir, até agora, um dos Estados com a população mais pobre da federação e com indicadores sociais de fazer corar qualquer cearense informado e isento.

O surrado modelo de desenvolvimento econômico do Estado está muito mais influenciado pelos modelos mentais vigentes naqueles que definem as dinâmicas governantes que em estudos mais aprofundados, análises de viabilidade e exame dos efetivos impactos-benefícios sociais. Os “planejadores” negligenciaram o ordenamento dessas vocações e terminaram por sentenciar parcela expressiva da nossa população a uma inocente indigência econômica.

Talvez a maior barbeiragem do Ceará foi deixar rolar o desordenamento econômico e ecológico de seus 573 quilômetros de costa, em cujos municípios vive quase a metade da sua população, considerando a RMF. Uma ambientalmente sadia vocação econômica que é a Geração de Energia terminou por melar outra infinitamente mais benéfica e inclusiva, que é o Turismo. Esse paliteiro de aerogeradores situados nas nossas praias são invocados por alguns dinossauros como um feito relevante a explicitar a pujança e vanguardismo do Ceará. Quanta bobagem e falta de visão!

Cada torre eólica dessas nas praias é uma sentença de pobreza eterna para as comunidades locais, muitas das quais compostas de artesanais pescadores que sofrem para retirar do mar o sustento dos seus. Esses homens, que estão em extinção, possuem as menores taxas de expectativas de vida dentre as demais atividades econômicas.

No Turismo, cada quarto de hotel gera um emprego direto e 1,5 indiretos e movimenta a mais extensa cadeia produtiva que é a do mundo das viagens. Já esses parques eólicos geram dois ou três subempregos de gente que vai arrancar o mato do pé das torres e vigiar o terreno. Nem tributos municipais e Estaduais geram. Quantos Resorts, nestes últimos anos, evitaram o litoral cearense cuja beleza plástica foi golpeada por esses monstrengos que deveriam estar no topo dos Maciços interioranos?

Como cantou Ney Matogrosso, “os ventos do Norte não movem moinhos…e o que nos resta é só o gemido”….

*Allan Aguiar,

Ex-secretário do Turismo do Ceará e ex-superintendente estadual da Caixa Econômica Federal.

Parada da Diversidade Sexual de Fortaleza pode ser declarada patrimônio cultural imaterial

Tramita na Câmara Municipal de Fortaleza o projeto de lei nº516/2017, de autoria da vereadora Larissa Gaspar (PPL), que declara a Parada Pela Diversidade Sexual do Ceará patrimônio cultural imaterial da cidade. O evento usa de expressões próprias da população LGBTI para denunciar a violência contra pessoas LGBTI, contribuindo na luta pelo direito de milhões de pessoas em todo o Brasil.

A vereadora é também autora da Lei nº 10.709/2018, que criou o Dia Municipal de Combate à Transfobia, em memória de Dandara dos Santos, travesti assassinada ano passado, após ser torturada, no bairro Bom Jardim, na Capital cearense. Em maio, a Câmara Municipal de Fortaleza aprovou a Indicação nº 129/2018, também de Larissa Gaspar, que cria o Monumento Municipal de Tolerância e Respeito à população LGBTI.

DETALHE – Larissa Gaspar é a presidenta da Frente Parlamentar em Defesa da Cidania LGBTI e da Comissão de Direitos Humanos da Câmara.

DETALHE 2 – A 19ª Parada pela Diversidade Sexual do Ceará será realizada no domingo, 24, na Av. Beira Mar. Organizada pelo Grupo de Resistência Asa Branca (GRAB), uma das mais tradicionais instituições brasileiras na luta pelos direitos civis da população lésbica, gay, bissexual, travesti, transexual e pessoas intersex ( LGBTI ).

(Foto – CMFor)

Cabo Sabino assume o Avante sem esconder simpatias pró-Camilo

O deputado federal Cabo Sabino tomará posse como presidente estadual do Avante no próximo dia 30, às 9 horas, durante solenidade no auditório do Seminário da Prainha (Centro).

No ato, toda a executiva estadual, que priorizará lideranças do Interior, será apresentada pelo parlamentar que, em termos de disputa presidencial, apoiará o nome de Jair Bolsonaro (PSL).

Em matéria de sucessão governamental, o Cabo Sabino não esconde simpatias pró-reeleição de Camilo Santana (PT).

(Foto – Agência Câmara)

Cármen Lúcia critica uniformidade de partidos políticos do País

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, criticou hoje (21) a organização dos partidos brasileiros, cuja pouca diversidade, mesmo com grande quantidade, seria um dos principais fatores da crise de representatividade política pela qual passa a democracia no país.

“Quem tenha tido o cuidado de ler os programas, e eu li todos mais de uma vez, vê que não tem muita diferença no que eles [partidos] oferecem, quais os seus objetivos, quais os seus principais compromissos”, disse Cármen Lúcia. “E nós vemos partidos, portanto, que não têm a diversidade de programas que faria com que optando por um eu esteja dizendo não a outro.”

As declarações foram dadas no II Congresso de Direito Eleitoral de Brasília, na Câmara Legislativa do Distrito Federal, ante uma plateia formada em grande parte por deputados distritais e assessores legislativos.

“Nós precisamos ter partidos programáticos, como é no mundo todo, e não pragmáticos, como são muitas vezes os partidos políticos no Brasil”, afirmou a presidente do STF.

Partido da Mulher

Ela citou como exemplo o Partido da Mulher Brasileira (PMB), que à época em que obteve seu registro na Justiça Eleitoral tinha em sua diretoria somente homens. “Não é que tivesse que ter só mulheres, mas se ele vai representar mulheres, que haja pelo menos a fala da mulher, para que ela saiba porque que precisa de partido, se é que precisa, com este nome, ou se mais uma vez se trata de retórica, ou seja, uma fala sem compromisso de conteúdo”, disse a ministra.

A ministra destacou a grande quantidade de legendas como uma das dificuldades a serem enfrentadas por uma reforma política. “Termos mais de 30 partidos faz com que haja uma atomização de ideias, o que faz com que o cidadão não se sinta representado por nenhum dos partidos”.

Demonizar a política

Apesar do discurso crítico à estrutura partidária brasileira, Cármen Lúcia voltou a afirmar o que já havia repetido em discursos anteriores, que não se pode “demonizar” a política.

(Agência Brasil)