Blog do Eliomar

Categorias para Política

Unilab promove seminário sobre violência e direito à cidade

O Movimento Cada Vida Importa vai promover, nesta quinta-feira (17), o III Seminário Desafios para Superação da Violência: insegurança, extermínio da juventude negra e direito à cidade”. O evento ocupará espaços na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), mais precisamente no auditório do Bloco Didático do Campus da Liberdade, das 15 às 21 horas, na cidade de Redenção (Região Metropolitana de Fortaleza).

Segundo a assessoria de imprensa do evento, a primeira mesa abordará a temática “Obstáculos para a superação da violência”, debatendo aspectos nacionais e locais relativos a direitos humanos e segurança pública, racismo, violência contra a mulher e homofobia e transfobia.

Com coordenação do professor Thiago Vasconcelos, da Unilab, a mesa de debates terá participação dos docentes da Unilab James Moura Jr., Marcos Silva e Violeta Holanda, além de representante da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Mulheres do Governo do Estado e da Associação Transmasculina do Ceará (ATRANS).

Das 18h30min às 22 horas, na mesa “Diálogos para a superação da violência”, serão debatidos diagnósticos e proposições para prevenção da violência, por meio de políticas públicas, atuação intersetorial, campanhas e mobilizações sociais.

Participam da discussão Padre Francisco (Redenção), Benjamim Lucas (Comitê Cearense Pela Prevenção dos Homicídios na Adolescência), Margarida Marques (Instituto Negra do Ceará – Inegra), Anderson Duarte (Policiais Antifascismo) e representante de Torcida Organizada. A mesa vai ser coordenada pelo professor Eduardo Machado, da Unilab.

O Movimento Cada Vida Importa é resultado de articulação que reúne integrantes de 14 universidades cearenses para sensibilizar a comunidade acadêmica contra o extermínio da população jovem, negra e pobre das periferias do Ceará. Conta com apoio do Comitê Cearense Pela Prevenção dos Homicídios na Adolescência e de dezenas coletivos e movimentos sociais.

Temer anuncia a construção de mais 50 mil casas do MCMV para 2018

O presidente Michel Temer anunciou na noite dessa quarta-feira (16) a construção de mais 50 mil casas pelo programa Minha Casa, Minha Vida ainda este ano. O anúncio aconteceu durante o 90º Encontro Nacional da Indústria da Construção, em Florianópolis. Em seu discurso, o presidente, que estava acompanhado do ministro das Cidades, Alexandre Baldy, disse que não poderia chegar ao evento de “mãos abanando”.

Temer exaltou a geração de empregos que vem com a medida, e também fez um afago no setor da construção civil. Disse que o setor é importante para o crescimento da economia do país. “Neste esforço de erguer um Brasil mais justo e próspero, a construção civil é um aliado indispensável”.

(Agência Brasil)

O Brasil passa a contar com um sistema unificado e organizado no combate à criminalidade, diz Eunício

454 1

O Senado aprovou nesta quarta-feira (16) o projeto de Lei (PLC 19/18) que cria o Sistema Único de Segurança Pública e a Política Nacional de Segurança Pública e Defesa Social. (Susp), que agora segue para sanção presidencial. A proposta foi colocada em pauta pelo presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira (MDB-CE), que havia prometido a votação.

“Esse é um grande avanço. Pela primeira vez, o país vai passar a contar com um sistema unificado, organizado e com capacidade de atuação conjunta entre todos os entes federados no combate à criminalidade. Como defendemos desde o início do ano, o reforço da segurança pública será tema prioritário da pauta do Senado através da revisão e criação de novas leis que busquem proteger o cidadão de bem”, comentou Eunício.

O Susp integra os órgãos de segurança de todos os estados, diante de ações conjuntas. Desde o ano passado, Eunício Oliveira tem coordenado a pauta prioritária no Senado, quando os parlamentares já aprovaram matérias como o projeto que proíbe o contingenciamento de recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP), previstos no Orçamento da União, e a proposta que impede o contingenciamento de créditos orçamentários programados para o Fundo Penitenciário Nacional (Funpen).

(Foto: Divulgação)

Presidente da ABIH recebe título de cidadão fortalezense

O presidente da ABIH nacional, Manoel Cardoso Linhares, recebeu na tarde desta quarta-feira (16), no Centro de Eventos, o título de cidadão de Fortaleza, que atendeu requerimento do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT).

“É uma merecida homenagem, pois o presidente nacional da ABIH vem cumprindo um papel muito importante para a indústria hoteleira no Brasil e para a economia do turismo, importantes para Fortaleza e para o Ceará”, destacou Salmito.

Primeiro cearense a ocupar a presidência da ABIH Nacional, Manoel Cardoso Linhares ressaltou a que o título é um reconhecimento do seu trabalho Câmara Municipal.

“Este título representa muito, fico emocionado com a honra que o presidente Salmito está me proporcionando. É uma responsabilidade muito grande”, disse o dirigente, natural de Crateús.

A homenagem marcou a abertura do Congresso Nacional de Hotéis em Fortaleza, que completa 60 anos. Salmito recebeu o reconhecimento da ABIH Nacional e da ABIH do Ceará pelo trabalho à frente do Legislativo de Fortaleza.

(Foto: Divulgação)

MEC autoriza contratação de 1.205 novos professores e técnicos administrativos

2309 1

A Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, com algumas de suas unidades, está autorizada a contratar professores e técnicos administrativos. Essa decisão do Ministério da Educação veio por meio da portaria nº 447 e foi publicada nesta quarta-feira, 16, no Diário Oficial da União. As vagas atenderão 32 institutos federais, dois centros federais de educação tecnológica e o Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro. No total, serão abertas 1.205 novas vagas em todo o país, sendo 810 para professores e 395 para técnicos administrativos em educação.

De acordo com o ministro da Educação, Rossieli Soares, as novas vagas são importantes porque garantem a continuidade da oferta e a qualidade do ensino nas instituições da Rede Federal. “Como nós temos o processo de expansão da Rede Federal e da oferta do ensino técnico, precisamos garantir que essa oferta seja 100% executada”, explica. “Então, a cada ano, os institutos vão pedir novas contratações porque eles ampliaram a quantidade de matrículas, ou porque aquele curso começou com um número de professores, e para continuar precisa contratar professores”, disse o ministro.

A secretária de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Eline Nascimento, reforçou as contratações e destacou que os técnicos administrativos em educação têm um papel muito específico dentro da educação profissional. “Por isso, é importante não só garantir o quadro de professores, mas também o quadro de técnicos para atendimento à população. Isso é fundamental para melhorar a qualidade do ensino”, diz Eline Nascimento.

Regras

Todos os anos, as instituições precisam enviar ao MEC, até o mês de abril, a previsão de provimento para o ano seguinte. Essa previsão considera a expansão das matrículas, o próprio crescimento da Rede Federal e a suplementação do quadro de professores. “Muitas vezes o curso começa com um número de professores e, à medida que caminha para os estágios finais, precisa contratar novos professores para a finalização daquela demanda”, afirma a secretária da Setec.

Para receber novas vagas, os institutos precisam atender a alguns critérios, como o aumento no número de matrículas de um ano para outro, a possibilidade de aposentadoria e também a relação aluno-professor.

DETALHE – No pacote, não há vagas novas para o IFCE. A Instituição conta com alguns concursados ainda por nomear.

Sest/Senat Fortaleza promove evento sobre proteção de crianças e adolescentes

424 1

O Sest/Senat Fortaleza promoverá, nesta sexta-feira (18), a partir das 14h30min, em sua sede, uma mesa redonda com o tema “Juntos pela proteção de crianças e adolescentes”. O objetivo é apresentar a importância do protagonismo do trabalhador do transporte e da comunidade em geral no papel de agente de proteção dos direitos da criança e do adolescente.

A atividade integra a programação pelo Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, e faz parte das ações que integram o Projeto Proteção, criado pelo Sest Senat com o objetivo de desenvolver ações socioeducativas para enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes. Isso, por meio da conscientização do trabalhadores do transporte e da sociedade em geral. Este ano, o Projeto Proteção passou a contar com a parceria da Childhood Brasil.

O psicólogo Alexandre Santiago, do Sest Senat Fortaleza, falará sobre o Projeto Proteção e suas principais ações no eixo de mobilização nacional. A FUNCI apresentará o Programa Rede Aquarela, que promove política de enfrentamento à violência sexual das crianças e adolescentes em Fortaleza. E Polícia Rodoviária Federal (PRF) mostrará o papel da instituição na proteção de crianças e adolescentes.

SERVIÇO

*Sest Senat Fortaleza – Rua Dona Leopoldina, 1050 – Centro).

(Foto – Divulgação)

Praça do Ferreira é ponto de moradia para quase 250 pessoas

446 2

Duzentos e quarenta e sete moradores de rua ocupam e utilizam, no momento, a Praça do Ferreira, um dos cartões postais de Fortaleza.

Virou, literalmente, um dormitório a céu aberto há muito tempo.

Esse número consta num censo realizado pela própria Prefeitura em 2015. A gestão atual promete, através da Secretaria dos Direitos Humanos, Desenvolvimento Social e Combate à Fome, realizar  um novo levantamento. E entregar um novo abrigo.

(Foto – Leitor do Blog)

Elmano quer bilhete único estendido para alunos de Fortaleza e que estudam na Região Metropolitana

O deputado estadual Elmano de Freitas (PT) está sugerindo ao Governo do Estado que altere, até o final deste mês, o decreto que regulamenta a lei do Bilhete Único Metropolitano. O objetivo, segundo o parlamentar, é garantir aos estudantes que residem em Fortaleza, mas que estudam na Região Metropolitana, acesso à carteirinha do Bilhete Único para o pagamento da meia.

No decreto do Poder Executivo, existem artigos que, além dos documentos necessários para receber o bilhete único, informa que os estudantes terão que apresentar as carteiras que lhes garantam o benefício da tarifa estudantil. No entanto, explicou Elmano, a lei orgânica do município estabelece que o direito à meia estudantil está condicionado ao aluno matriculado em escola de Fortaleza.

“Os estudantes do Instituto Federal de Maracanaú, por exemplo, não irão receber carteira de estudante para o próximo período. Há cerca de mil estudantes que, ao final deste mês, poderão deixar de ir a aula porque não tem dinheiro para pagar a passagem inteira”, expôs Elmano de Freitas, confiante de que o governador Camilo Santana (PT) será sensível a esse apelo.

(Foto – ALCE)

Hospitais universitários federais terão reforço de R$ 100 milhões

Hospital Universitário Walter Cantídio é gerido pela Ebserh.

Os hospitais universitários federais poderão contar com um reforço financeiro de mais R$ 100,1 milhões para o custeio de materiais de uso diário, além de serviços prestados nas unidades.

Os recursos são do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), gerido pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), instituição vinculada ao Ministério da Educação (MEC). A informação é da assessoria de imprensa da Ebserh.

A descentralização da verba ocorreu por meio de portaria do Ministério da Saúde (MS) publicada nesta quarta-feira, 16, no Diário Oficial da União. Os recursos financeiros serão liberados mediante a comprovação da liquidação dos empenhos. Com esse montante, os recursos liberados em 2018 totalizam aproximadamente R$ 320 milhões, somados os recursos do MS e do MEC.

 

Bolsonaro é o presidenciável mais citado no Twitter

Jair Bolsonaro (PSL) foi o presidenciável mais mencionado no Twitter na semana passada. É o que informa um estudo do PSBI, consultoria de Big Data, que está analisando os tweets com menções aos presidenciáveis.

A pesquisa, divulgada pelo jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo, mostra que o perfil oficial de Bolsonaro foi marcado 195.261 vezes. Os demais pré-candidatos, somados, tiveram 236.165 citações.

Apesar da popularidade, a maioria das menções, 49% delas, foram negativas. As positivas foram 46% e as neutras 5%.

Eletrobras registra lucro de R$ 56 milhões no primeiro trimestre

A Eletrobras registrou no primeiro trimestre deste ano lucro líquido de R$ 56 milhões contra R$ 1,378 bilhão do mesmo período do ano passado. O balanço foi divulgado hoje (16), no Rio de Janeiro.

Segundo a estatal, houve perdas em termos de provisões no período. A controlada Amazonas Distribuição teve prejuízo de R$ 1,339 bilhão.

O Ebitda gerencial [um indicador financeiro que representa quanto uma empresa gera de recursos através de suas atividades operacionais, sem contar impostos e outros efeitos financeiros], que é o lucro líquido antes dos impostos, das despesas financeiras líquidas e das despesas de depreciação, amortização e receitas, mostrou queda de 41%, caindo de R$ 1,5 bilhão no acumulado janeiro/março de 2017, para R$ 880 milhões no primeiro trimestre deste ano.

Um destaque positivo no balanço foi o crescimento de 6% na receita operacional líquida gerencial, que subiu de R$ 6,674 bilhões para R$ 7,064 bilhões.

(Agência Brasil)

Capitão Wagner lança afagos agora para a Polícia Civil

O deputado estadual Capitão Wagner, hoje comandando o Pros estadual, já emplacou para o próximo dia 22, às 15 horas, na Assembleia Legislativa, uma sessão solene para comemorar os 210 anos de criação da Polícia Civil.

Para alguns observadores, uma estratégia.

Depois que o governador Camilo Santana (PT) se aproximou, com uma série de benefícios, incluindo promoções, da Polícia Militar, nada como tentar cativar a Polícia Civil que, inclusive, neste Blog, por meio de lideranças, já se disse “primo pobre” no aparelho de segurança.

(Foto – ALCE)

 

PSDB diz que General Theóphilo é a renovação tão desejada pelo cearense

531 1

Com o título”A mudança que o Ceará precisa”, eis artigo do presidente regional do PSDB, Francini Guedes. Ele garante que o general Theóphilo entra na cota da tão esperada renovação política que muitos estão defendendo no Estado. Confira:

Li recentemente no O POVO questionamentos à oposição no estado do Ceará em textos dos jornalistas Érico Firmo e Guálter George, sob os respectivos títulos “Falta à oposição mais que candidato” e “Quando o oportunismo vence a oportunidade”. Ambos comentaram a possível candidatura do general Guilherme Theophilo, do PSDB, ao governo do Ceará.

Segundo os artigos, por falta de projeto, a oposição indicaria nome ligado à segurança apenas para explorar o medo da população, num processo político carente de seriedade e de respeito ao público. Evidentemente a crítica faz parte da política e ninguém está imune a erros, mas diante de colocações, e na condição de presidente estadual do PSDB, gostaria de poder contribuir com o debate.

Como é natural nas democracias, a oposição não é uma força homogênea. Existem diferenças programáticas e ideológicas que devem ser discutidas para a construção de consensos mínimos. É o que está acontecendo no Ceará, com transparência e sem imposições, a partir de reuniões e dialogando junto à sociedade civil organizada. Esse trabalho está gerando frutos.

O senador Tasso Jereissati vem afirmando nos últimos anos que novos nomes são necessários para oxigenar a política e a gestão pública no Estado. Não existe, portanto, incoerência ou desrespeito algum, muito pelo contrário, há senso de responsabilidade. Desrespeitoso seria lançar candidatos envolvidos em escândalos ou que defendam a impunidade para criminosos presos por corrupção.

Nesse sentido, o PSDB e as forças de oposição estão construindo, juntos com a sociedade, um movimento capaz de reunir renovação política e experiência administrativa. Nada mais natural, portanto, que atrair novas lideranças, dos mais diversos setores.

Nesse processo de amadurecimento de ideias, o nome do general Theophilo surge como consequência natural, por comportar qualidades que entendemos essenciais ao projeto das oposições: profissional de conduta ética exemplar, democrata, de serviços prestados ao País, honesto, sério, respeitado por sua formação intelectual e capacidade de trabalho.

Ele é muito bem-vindo, assim como todos os que queiram participar dessa nova mudança.

*Francini Guedes

psdbceara@gmail.com

Presidente do PSDB/Ceará.

Alô, Camilo! Gleisi Hoffmann diz que vaga de senador na chapa deve ser do PT

“Queremos reeleger o Pimentel, ou quem o PT, na sua decisão interna, indicar”. O recado foi dado, nesta quarta-feira, durante entrevista ao jornalista Luiz Viana, âncora do programa O POVO no Rádio, da Rádio O POVO/CBN, pela presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, senadora Gleisi Hoffmann. Ela defendeu a reeleição de José Pimentel, destacando que a legenda não vai abrir mão nos Estados da vaga que tiver no Senado Federal.

Sobre essa tese, a deputada federal Luizianne Lins já havia adiantado, na semana passada, que a briga pela vaga de senador seria uma resolução do diretório nacional. Essa afirmação de Gleisi coloca o governador Camilo Santana (PT) em situação complicada. Ele tem apoio do PDT, que indica Cid Gomes como pré-candidato ao Senado e, de quebra, conta com o apoio administrativo junto a Brasília do senador Eunício Oliveira (MDB).

Nesta sexta-feira, está agendado um almoço dos deputados federais Luizianne Lins e José Guimarães com Camilo, no Palácio da Abolição. Esse tema estará no menu do encontro.

Mesmo que José Pimentel decida não sair como candidato, Gleisi coloca o nome de José Guimarães (PT) como opção do partido. Na última campanha majoritária, Guimarães chegou a admitir disputar o Senado, mas acabou abrindo para o acordo que garantiu o respaldo dos Ferreira Gomes pró-Camilo.

PT e Ciro Gomes

Após afirmar que “nem com reza braba” Ciro passaria pelo PT, a senadora disse na entrevista respeitar a candidatura do presidenciável cearense, bem como todas da esquerda. Gleisi reafirmou a candidatura do ex-presidente Lula, preso há pouco mais de um mês, à Presidência da República.

Ela destacou a última pesquisa de intenção de voto como fundamental para manter o nome petista. “Candidato mais bem colocado nas pesquisas, Lula tem o dobro do segundo colocado. Mais que candidato do PT, Lula é candidato de parcela expressiva do povo”, afirma a senadora.

Gleisi reconheceu a possibilidade da candidatura do ex-presidente ser inviabilizada. “Se lá na frente, durante o processo eleitoral, realmente for inviabilizado, Lula e a direção do PT saberão como proceder“, acentua sem aprofundar detalhes. Sobre o segundo turno, disse que a possibilidade seria de uma “aliança programática em benefício do povo”.

(Com O POVO Online -Repórter Ítalo Cosme/Foto – Paulo MOska)

Preto Zezé é pré-candidato a deputado estadual pelo PCdoB

O presidente da Central Única de Favelas (Cufa), Preto Zezé, vai tentar carreira política. Filiado ao PCdoB, deverá disputar cadeira de deputado estadual.

Ele, inclusive, levará a presidenciável Manuela D’Ávila para uma visita ao bairro Bom Jardim, nesta sexta-feira à tarde, onde ela conhecerá o Instituto Katiana Pena, que trabalha, por meio de atividades culturais, com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

DETALHE – Preto Zezé vai pelo PCdoB porque seu grupo, de atuação nacional, não conseguiu legalizar o Partido Favela do Brasil.

(Foto – O POVO)

Presidente do INSS é demitido após contratar empresa de informática com sede em depósito de bebidas

1775 1

André Mauro, líder do Governo no Congresso, indicou o demitido Francisco Lopes.

O ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, decidiu demitir o presidente do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) Francisco Lopes. A exoneração foi encaminhada à Casa Civil e determinada após o jornal O Globo revelar que ele contratou a empresa RSX Informática Ltda, cuja sede funcionava numa loja destinada a venda de bebidas, para fornecer programas de computador ao órgão. Segundo a reportagem, o contrato no valor de R$ 8,8 milhões foi assinado em abril mesmo após parecer de técnicos do INSS indicar que os programas de computador oferecidos pela RSX não terem utilidade para o órgão.

A exoneração foi acertada entre Alberto Beltrame e o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. Francisco Lopes era indicação do PSC, partido do líder do governo no Congresso, deputado André Moura (SE). Pelo acordo feito com o deputado, caberá ao PSC indicar o substituto de Francisco Lopes.

Contrato cancelado

Em seu último ato à frente do INSS, Francisco Lopes determinou o cancelamento do contrato. “O contrato com a empresa RSX Informática foi cancelado hoje por determinação do presidente do INSS, Francisco Lopes. O Instituto determinou abertura de diligências e procedimentos no sentido de esclarecer todos os fatos. A presidência do INSS informa ainda que prestará todos esclarecimentos necessários à opinião pública e aos órgãos de controle “, diz nota divulgada pelo órgão.

Principal responsável pela contratação da empresa, o presidente do INSS admitiu ter determinado a assinatura do negócio milionário sem sequer ter investigado se a RSX de fato existia.

Em entrevista ao Globo, o agora ex-chefe do INSS admitiu que houve falha na contratação. “As diligências deveriam ter sido feitas antes da contratação? Isso eu concordo. Eu conversei com os meninos (assessores do gabinete) e perguntei se eles fizeram diligência na empresa. Eles disseram que não foram, porque outros órgãos já haviam contratado a mesma empresa. Eu determinei (após a apuração de O Globo) uma diligência no contrato, e que eles peçam o currículo de todas as pessoas que vão trabalhar no nosso contrato, se elas têm vínculo com a empresa e qual a capacidade técnica deles”, disse Francisco Lopes.

A empresa que teve o contrato cancelado nesta manhã, a RSX Informática, nega que haja irregularidades e alega que possui uma “estrutura é modular” que “ pode ser ampliada ou reduzida, segundo a demanda de cada projeto”.

(Site Congresso em Foco)

Centro de Limoeiro do Norte ganhará projeto de requalificação

O prefeito de Limoeiro do Norte, José Maria Lucena (MDB), deixou, no Ministério da Integração Nacional, em Brasília, um projeto para requalificação do Centro da cidade.

Segundo adiantou, são recursos da ordem de R$ 8 milhões, que serão empregados na repaginação do Mercado da Carne e do Mercado do Artesanato . Haverá, paralelamente, a execução de um novo projeto paisagístico para o Centro.

Sobre as próximas eleições, José Maria disse que apoiará a reeleição do governador Camilo Santana (PT) e que quer também a dobradinha Eunício Oliveira (MDB) e Cid Gomes (PDT) para o Senado.

(Foto – Tom Gurgel)

 

Camilo convoca primeiros pacientes das cirurgias eletivas com apoio de hospitais privados

946 1

O governador Camilo Santana (PT) anunciou, nesta manhã de quarta-feira, a convocação imediata dos primeiros pacientes que vão se submeter a cirurgias eletivas.

O anúncio foi feito quando de sua visita à sede da Secretaria da Saúde do Estado, onde manteve reuniões com o secretário da pasta, Henrique Javi, e com representantes de hospitais foçlamtrópicos e particulares.

Trata-se de um projeto – intitulado Plantão Saúde Cirurgia, que Camilo havia adiantado no fim do ano passado e que tem por meta oferecer mais 12 mil cirurgias. Dentro desse objetivo, o governador investirá R$ 100 milhões, envolvendo na ação 34 hospitais da rede privada do Estado.

(Foto – SESA)

Na disputa presidencial, Ciro tem um inimigo terrível… ele mesmo!

508 1

Com o título “Ciro X Ciro”, eis artigo de Ricardo Alcântara, escritor e publicitário. Ele analisa as perspectivas dos presidenciáveis e se detém mais no pré-candidato pedetista. Confira:

Velha raposa pernambucana, acostumada aos sobressaltos do processo eleitoral, repetia, quando a ela pediam prognósticos, que só os faria depois da apuração. Numa quadra como a atual, em que fatores inéditos influenciarão o pensamento do eleitor, previsões do tipo se tornaram atividade de risco. Mas lá vamos nós!

Há, no Brasil, quatro candidatos à presidência: Alckmin, Bolsonaro, Ciro e Marina. O nome indicado por Lula irá compor essa primeira raia de disputa com um percentual mínimo de 15% de votos – isso aí ele transfere fácil. Os outros podem ir para casa e assistir a disputa pela televisão. Desses cinco, nenhum dos extremos (Jair Bolsonaro e o candidato do Lula) teria hoje força suficiente para superar a barreira de rejeição do segundo turno, a menos que fossem eles os escolhidos para a disputa final, o que seria muito pouco provável.

Logo, fosse a eleição daqui a, digamos, duas semanas, o eleito seria, inexoravelmente, um nome de centro: Alkmin, Ciro ou Marina. Cada um com seus problemas. Alkmin senta no colinho do PIB, tem estrutura nacional, mas carrega o estigma tucano e seu caudal de escândalos. Marina Silva é o nome mais forte, mas tem somente doze segundos em sua propaganda de televisão, o que, mantidas as condições atuais, seria uma impossibilidade estatística. Visto assim, pode sobrar para Ciro Gomes: tem estrutura razoável e um discurso abrangente.

Mas Ciro tem um inimigo terrível: ele mesmo. Para vencer generalizados receios, ele terá que projetar para o imaginário da sociedade uma sólida imagem de presidente. É uma questão de postura. O cidadão não se sente seguro de entregar tamanho abacaxi em mãos trêmulas. Estabilidade emocional é um fator fundamental de êxito nas tomadas de decisões, qualquer pessoa sabe disso. E um presidente toma grandes decisões todos os dias.

Para chegar lá, Ciro Gomes precisa encontrar um modo de conciliar ousadia e sobriedade. A serenidade psicológica que falta faz a Ciro Gomes não pode se ausentar de alguém que senta todo dia naquela cadeira.

*Ricardo Alcântara,

Escritor e publicitário.

PSDB deve turbinar Alckmin nas mídias para ganhar espaços

380 1

Com o tucano sob pressão e empacado nas pesquisas, auxiliares do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB-SP) tentam convencê-lo a ampliar sua presença nas redes sociais e na imprensa. É o que informa a Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta quarta-feira.

A ideia do time de Alckmin é lançar novos produtos para canais de internet, como o YouTube, e aumentar o número de entrevistas a rádios. Ou seja, o tucano precisa voar mais alto em termos midiático.

DETALHE – Por aqui, isso já acontece com o pré-candidato tucano ao Governo, o general Theóphilo. Só que a ordem é ele aparecer para ficar conhecido do eleitorado. Alckmin já é conhecido, mas, pelo visto, ainda não muito querido.

(Foto – Pedro Ladeira, da Folhapress)