Blog do Eliomar

Categorias para Política

Temer diz que confiança permite retomada do crescimento da economia

Ao participar hoje (11), em Brasília, de evento de apresentação da agenda institucional do setor de cooperativismo, o presidente Michel Temer citou a “confiança” como uma palavra-chave que permite a retomada do crescimento econômico no país.  A afirmação foi feita durante discurso no lançamento da 12ª edição da Agenda Institucional do Cooperativismo, da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB)

“Tem uma palavra-chave que é a palavra ‘confiança’ que alicerça o cooperativismo e é exatamente a palavra confiança que alicerça os avanços que temos tido no Brasil”, disse. Em seguida, o presidente acrescentou que: “Se não houver confiança, não há essa credibilidade geradora desses índices, se não há confiança não cairia inflação ao nível que caiu, não cairiam os juros ao nível que caiu”.

Segurança jurídica

O presidente da República disse que o Brasil precisa de segurança jurídica e do estrito cumprimento da Constituição. “O que o Brasil mais precisa é de segurança jurídica e ela vem precisamente como fruto do cumprimento da ordem normativa e, no particular, do cumprimento da Constituição Federal”, afirmou.

Segundo Temer, no momento em que a Constituição de 1988 completa 30 anos é preciso unir os vários setores do país e ser otimista. “Vamos tocar à frente. Se nós tivéssemos uma desgraça absoluta no país, muito bem, paciência, mas não temos, senhores. Estamos [reduzindo] caindo a inflação, os juros, recuperando emprego, a economia. Então, temos que ser otimistas. Temos dificuldades? Temos. Outros países têm. Mas o Brasil voltou e, com o apoio dos cooperados e das cooperativas, voltou para ficar”.

No discurso, o presidente disse que a cada 20, 25, 30 anos o Brasil tem uma crise institucional. “Não conseguimos superá-la, então qual é a ideia, vamos criar um novo Estado. Quando digo vamos criar um novo Estado é um novo Estado mesmo, surge uma nova Constituição”, enfatizou.

Cooperação

Temer aproveitou o tema cooperativismo para falar novamente da relação de cooperação que seu governo estabeleceu entre o Executivo e o Legislativo.

“Queremos muito cooperar e a primeira cooperação se dá entre Legislativo e Executivo”, disse. “Abandonamos a velha visão de que o Legislativo é um apêndice do Executivo, ao contrário, fiz dele um parceiro para governar”.

A Agenda Institucional do Cooperativismo – elaborada pela OCB – traz propostas para ampliar a competitividade das cooperativas e apresenta o setor como uma alternativa econômica ao país.

Na relação de projetos, estão a simplificação tributária (para as cooperativas), a inclusão em programas de micro e pequenas empresas e o acesso aos recursos do Fundo de Amparo do Trabalhador (FAT) pelas cooperativas.

(Agência Brasil)

PT vai lançar vaquinha virtual para custear acampamento pró-Lula

O Partido dos Trabalhadores decidiu: vai lançar uma vaquinha virtual para ajudar a cobrir os custos do acampamento montado para abrigar apoiadores do ex-presidente Lula em Curitiba (PR). A informação é da Coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

A direção nacional da sigla definiu o modelo de arrecadação em reunião na última segunda-feira (9). A ordem é garantir a continuidade das mobilizações pró-Lula.

Presidente da Abih estreita laços com novo presidente da Comissão do Turismo da Câmara

Rafael Motta e Manuel Cardoso Linhares.

Em Brasília, em clima de posse do novo Ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, o presidente nacional da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih)04), o cearense Manoel Cardoso Linhares, aproveitou para desejar sucesso ao deputado federal Rafael Motta (PSB /RN), que assumirá a presidência da Comissão de Turismo da Câmara.

Essa comissão tem assento no Conselho Nacional de Turismo, do Ministério do Turismo, e já levou ao debate na Câmara temas que afetam diretamente a indústria do turismo no Brasil, como por exemplo, projetos sobre infraestrutura.

(Foto – Divulgação)

Cantor Beto Barbosa é candidato a deputado federal pelo partido da Igreja Universal

O cantor Beto Barbosa e a youtuber Camilla Uckers se filiaram ao PRB. Os dois devem ser candidatos, respectivamente, a deputado federal e estadual pelo Ceará, Estado onde moram. Conhecido como o Rei da Lambada, Beto assinou a ficha de filiação na semana passada e, segundo integrantes do PRB, está animado para ser candidato. Ele expressou a empolgação hoje em conversa com o presidente nacional do partido, Marcos Pereira.

Com mais de 1,2 milhões de inscritos em seu canal no Youtube, Camilla Uckers ficou famosa após começar a expor em vídeos postados nas redes sociais todos os detalhes de sua vida. Recentemente, ela teve complicações graves causadas por cirurgias plásticas.

Essa é pelo menos a terceira filiação de famosos anunciada pelo PRB. Em março, o jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho se filiou à legenda. Segundo o partido, ele deve ser candidato a deputado ou ao Senado pelo Distrito Federal.

A filiação de famosos faz parte da estratégia do PRB para eleger o maior número de parlamentares. Isso porque o sistema eleitoral continua proporcional, por meio do qual o número de cadeiras que os partidos ganham no Parlamento é determinado pelos votos totais que a sigla recebe.

(Agência Estado)

Roberto Cláudio assina nesta quarta-feira convênio para 3,6 mil cirurgias de catarata

Cerca de 3,6 mil fortalezenses serão beneficiados com cirurgias de catarata, nos próximos 120 dias. É que o prefeito Roberto Cláudio assina, nesta quarta-feira (11), a partir das 10h30min, no Instituto dos Cegos, convênio para realização de cirurgias oftalmológicas.

A ação contará com três estabelecimentos de saúde conveniados ao Município, que realizarão os procedimentos nos próximos quatro meses. Roberto Cláudio atente à solicitação do vereador Eron Moreira, oftalmologista.

SERVIÇO

Instituto dos Cegos do Ceará – Av. Bezerra de Menezes, 892 – São Geraldo (esquina com a rua Padre Anchieta)

(Foto: Arquivo)

As idiossincrasias de Heitor e Danilo

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta quarta-feira:

De todas as mudanças de partido que se registraram nos últimos dias no Ceará, duas acabaram chamando atenção por envolverem políticos tradicionais e que, quer queira ou não, sabem ser midiáticos: o deputado estadual Heitor Férrer e o deputado federal Danilo Forte.

Heitor, que nasceu no PDT, pulou para o PSB e, recentemente, ingressou no Solidariedade, legenda que apoia Temer e que por aqui é oposição aos Ferreira Gomes. Pronto. Foi esse detalhe que fez Heitor pular para esse partido e confirmar a tese de que o parlamentar não sabe viver sem ser oposição.

Danilo Forte, que nasceu do movimento estudantil do PCdoB, passou pelo PMDB – hoje MDB, acabou posando no PSB, demorou pouco no DEM e, surpreendentemente, filiou-se ao PSDB.

Ambos, com suas contradições, deixaram para o eleitor, mais uma vez, a triste impressão de que o País não tem partido e todos se movem por seus interesses particulares. Enfim, o mal do Brasil é a danada da falta da reforma política.

(Fotos – ALCE e Agência Câmara)

Bolsa Família pode ter reajuste até maio

O novo ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, disse que o reajuste do programa Bolsa Família ainda não foi definido, mas que pode ser anunciado em maio ou ainda este mês: “as propostas estão colocadas, há uma discussão ainda dentro do governo para definição dos percentuais, da forma de fazer esse reajuste e acredito que ainda em abril ou maio teremos essa definição e o anúncio do reajuste do Bolsa”.

Beltrame tomou posse hoje (10) como chefe da pasta, no lugar de Osmar Terra. O antigo ministro chegou a dizer que o reajuste seria anunciado em março, o que acabou não ocorrendo. Beltrame acrescentou que o governo pensa em um reajuste maior que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

“Estamos trabalhando com percentuais acima do IPCA, que é 2,95%, não temos ainda uma definição. Construímos vários cenários para apresentar ao presidente temer e à equipe econômica e em breve acredito que tenhamos uma definição”. Em junho de 2016, o governo – com Temer ainda como interino na presidência – reajustou o programa em 12,5%.

(Agência Brasil)

Luizianne quer adotar o nome Luizianne Lulalins

943 1

Luizianne Lins quer adotar “Luizianne Lulalins”.

Em protesto contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, deputados do PT estão pedindo à Mesa Diretora da Câmara autorização para mudarem seus sobrenomes no painel instalado no plenário. Os petistas querem incorporar o sobrenome Lula na lista que fica exposta no painel de votações.

Os parlamentares estão divulgando uma imagem do painel da Câmara dos Vereadores de São Paulo, onde os petistas incluíram “Lula” em seus sobrenomes. “Meu nome é Marco Lula Maia”, anunciou no Twitter o ex-presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS). A deputada federal Luizianne Lins (PT-CE) também entrou com pedido e solicitou a mudança de seu nome parlamentar para Luizianne LulaLins.

A ideia de incluir o sobrenome do líder petista no painel da Câmara foi do deputado Leo de Brito (PT-AC). A Secretaria Geral da Mesa Diretora ainda não informou se os pedidos serão atendidos.

Os partidos de oposição anunciaram que farão obstrução total aos trabalhos na Câmara durante a semana. O movimento é liderado pelo PT, mas conta com o apoio do PSOL, PCdoB, PDT e PSB. Juntos, os partidos somam mais de cem deputados.

(Agência Estado)

Tauá ganhará abatedouro moderno

Carlos Windson e Audic Mota.

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, Audic Mota (PSB), conseguiu recursos da ordem de R$ 600 mil destinados à aquisição de máquinas e equipamentos para o novo abatedouro público do município de Tauá (Região dos Inhamuns). A reivindicação foi autorizada pelo governador Camilo Santana (PT).

A obra é uma prioridades da gestão do prefeito Carlos Windson, conforme o parlamentar, sendo que a verba é oriunda do Tesouro Estadual. Os recursos vão ser aplicados na complementação das instalações industriais da central de abate. Com a liberação, Tauá deverá assinar convênio junto a Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adagri) e iniciar o processo licitatório.

O objetivo é garantir segurança alimentar por meio do fornecimento de produtos salubres à população, adianta o prefeito Carlos Windson, observando que o novo equipamento foi dimensionado para atender a atual necessidade de abate semanal e o aumento projetado em função das melhorias nas instalações.

Senado aprova proibição a contingenciamento de verbas de fundo de segurança

O Senado aprovou nessa terça-feira (10) projeto que proíbe o contingenciamento de recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP). O PLS 90/2007- Complementar, que tem objetivo de reduzir a violência e o nível de insegurança da população, segue para a Câmara dos Deputados. A segurança pública é uma das prioridades do Congresso Nacional neste ano.

O contingenciamento de recursos tem sido usado como instrumento de ajuste fiscal, para o equilíbrio orçamentário entre as receitas e as despesas públicas. Após a publicação do Orçamento, o Executivo tem 30 dias para estabelecer a programação financeira. Como grande parte dos recursos não é de execução obrigatória, muito do previsto no Orçamento acaba não sendo cumprido.

O projeto restringiu a proibição ao contingenciamento de recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública, o que não inclui todos os recursos orçamentários da área.

O FNSP apoia projetos na área de segurança pública e de prevenção à violência destinados, entre outras finalidades, a sistemas de informação, inteligência e investigação e a programas de polícia comunitária. Outra finalidade prevista em lei é reequipar, treinar e qualificar as polícias.

(Agência Brasil)

PSOL promoverá debate LGBTs, Segurança Pública e Direito à Cidade

O Setorial de Diversidade do PSOL Ceará vai promover o debate “LGBTs, Segurança Pública e Direito à Cidade” nesta sexta-feira (13), a partir das 19 horas, em sua sede, no bairro Centro, em Fortaleza.

O debate será mediado pelo ator e diretor Ari Areia e contará com as participações de Dário Bezerra (Grupo de Resistência Asa Branca), Lídia Rodrigues (Coletivo Tambores de Safo, Artivista e feminista) e David Araújo (psicólogo e membro do coletivo Flor no Asfalto).

SERVIÇO

*Sede do PSOL Ceará – Avenida do Imperador, 1397 (Centro). O acesso é livre.

Mesmo preso, Lula ainda é considerado em pesquisa presidencial

O ex-presidente Lula não foi retirado das pesquisas eleitorais, como se especulou na grande imprensa nos últimos dias. O Datafolha, acusado de já ter rifado o petista da disputa, registrou um levantamento no site do TSE na última segunda-feira (9). O nome do petista permanece nos cartões de resposta.

De nove cenários possíveis, Lula está em três. Bem como Fernando Haddad. Já o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, aparece em apenas dois. Só um dos cenários ignora a possibilidade do PT não lançar candidato.

O resultado será tornado público no próximo domingo (15), informa a Veja Online.

Ciro enfrenta problema para montar palanque no Paraná

Pré-candidato ao governo do Paraná, Osmar Dias (PDT) já avisou ao presidente nacional da legenda, Carlos Lupi, que não vai apoiar Ciro Gomes ao Planalto.

A informação é da Coluna Radar, da Veja Online, adiantando que Osmar não abre mão de trabalhar pela candidatura a presidente do irmão, o senador Alvaro Dias (Podemos).

Apesar de Lupi garantir que a situação não abala o partido, o clima interno é ruim. E Lupi terá problemas para montar o palanque de Ciro no Paraná.

Assassinato de Marielle completa um mês sábado; Jungman diz que houve afunilamento das hipóteses

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse hoje (10) que tem percebido avanço nas investigações sobre os assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes. “Houve um afunilamento das hipóteses”, ressaltou, após participar de um encontro com secretários do setor na Feira Internacional de Segurança Pública e Corporativa (LAAD, na sigla em inglês) na capital paulista.

Segundo o ministro, as equipes que trabalham no caso demonstram confiança de que chegarão até os responsáveis por ordenar a execução da vereadora.

“Eu sinto das pessoas, quando converso lá, que elas estão animadas, de que vão conseguir colocar na cadeia não só os que executaram, mas também chegar aos mandantes desse crime que chocou a todos nós”, acrescentou. O crime completa um mês no próximo sábado (14).

(Agência Brasil)

DEM ameaça não apoiar Eunício Oliveira

O DEM deverá apoiar a reeleição do governador Camilo Santana (PT) e a candidatura do ex-governador Cid Gomes (PDT) ao Senado mas, a preço de hoje, pode não fechar com o senador Eunício Oliveira (MDB). A informação é do deputado estadual João Jaime.

Segundo o parlamentar, ele e outros membros do partido estão “insatisfeitos” com a ‘invasão” que apoiadores de Eunício estão promovendo nas bases do DEM.

“A preço de hoje, não apoiaremos o senador Eunício Oliveira, caso essa situação perdure”, avisa João Jaime.

Heitor afirma que Camilo não cumpriu promessas de campanha

O deputado estadual Heitor Férrer (SD) acusou, nesta terça-feira (10), o governador Camilo Santana (PT) de não cumprir suas promessas de campanha das eleições de 2014. Entre as promessas não cumpridas e que, segundo Heitor Férrer, foram decisivas para a eleição de Camilo Santana, destacou a construção de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) em todos os municípios com mais de 50 mil habitantes; a construção do Hospital Regional da Região Metropolitana e do Vale do Jaguaribe; a abertura de policlínicas na cidade de Fortaleza; prontuários médicos eletrônicos; a substituição de moradias de taipa por alvenaria e estágio remunerado para estudantes das universidades estaduais.

Disse Heitor, da tribuna do legislativo estadual: “Promessas como essas atraem muitos eleitores. Estes três itens: segurança, saúde e educação são o que mantêm os palanques governamentais. É em cima desses itens que os candidatos sustentam suas campanhas. Essas promessas viraram pó.”

Ele lembrou que Camilo deve sair candidato à reeleição e indagou: “Como ele pedirá voto novamente aos cearenses se não cumpriu nenhuma de suas promessas?”

Segunda Turma do STF autoriza volta de Cabral para o Rio

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou nesta terça-feira, por três votos a um, a volta do ex-governador Sérgio Cabral para a prisão no Rio de Janeiro. Alvo da Lava-Jato, ele tinha sido transferido em janeiro deste ano para o Paraná após suspeitas de regalias no presídio em que estava. O relator do caso, ministro Gilmar Mendes, também determinou a instauração de investigação para apurar o uso de algemas durante a transferência de Cabral do Rio para Curitiba. A informação é do O Globo.

Além de Gilmar, também votaram a favor do pedido da defesa os ministros Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski. Apenas Edson Fachin foi contra. Celso de Mello, que também integra a Segunda Turma, não estava presente.

— A transferência para o Paraná não faz sentido processual. O endereço da instrução processual demanda a permanência do paciente (Cabral) no Rio de Janeiro, onde responde a ações penais em fase de instrução. Entendo que a transferência não atende aos interesses do processo — disse Gilmar.

Por outro lado, Fachin destacou que Cabral poderia participar das audiências de seus processos por videoconferência. Também argumentou que a situação era excepcional, de modo a autorizar a prisão em local distante da família.

Cabral está preso desde novembro de 2016. Em janeiro de 2018, a Justiça mandou transferi-lo para o Paraná. No começo de fevereiro, a defesa apresentou um habeas corpus solicitando uma liminar para suspender a transferência, determinada pelos juízes federais Sergio Moro, que toca a Lava-Jato em Curitiba, e Caroline Vieira Figueiredo, do Rio.

 

Tentativa de fuga deixa 20 mortos em presídio de Belém

A Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) do Pará confirmou, na tarde desta terça-feira (10), que houve uma “tentativa de fuga em massa” de presos do Centro de Recuperação Penitenciário do Pará III (CRPP III), no Complexo Prisional de Santa Izabel, região metropolitana de Belém. A tentativa de fuga resultou na morte de 20 pessoas.

Segundo informações oficiais, um grupo externo fortemente armado invadiu o complexo e usou explosivos em um dos muros do pavilhão C, para facilitar a fuga. Do lado de dentro, parte dos detentos também estaria portando armas. Houve intensa troca de tiros entre o grupo armado, os presos e o Batalhão Penitenciário.

Até agora, foi confirmada a morte de um agente penitenciário e outras 19 pessoas, entre detentos e integrantes do grupo que tentou fazer o resgate do presos. Nenhum deles teve a identidade revelada. Outros quatro agentes de segurança também ficaram feridos, sendo um em estado grave.

A Companhia de Operações Especiais da Polícia Militar deslocou efetivo tático para reforçar a segurança do complexo. A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) ainda não confirma se houve fuga de presos na ação. A recontagem de detentos e uma revista nas dependências estão sendo realizadas na unidade. Autoridades também realizam buscas aos que atuaram na tentativa de resgate.

A Segup informa ainda que já começaram investigações para apurar que grupos agiram neste episódio e como ocorreu a entrada de armas na unidade, além das circunstâncias em que ocorreram as trocas de tiros durante a tentativa de resgate de presos. A Secretaria confirmou ainda a apreensão de armas que estavam com o bando que tentou invadir o complexo, incluindo dois fuzis, três pistolas e dois revólveres.

(Agência Brasil)

Auditores-fiscais da Receita Federal fazem operação padrão no Aeroporto de Fortaleza

Os auditores-fiscais da Receita Federal realizarão, a partir das 7h30min desta quarta-feira, uma operação padrão na inspeção de bagagem de viajantes, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. A ação faz parte da prorrogação da Semana do Canal Vermelho, que continua acontecendo em todas as unidades aduaneiras. De 1º a 07 de abril, a categoria também realizou mobilização nas aduanas de todo o país.

Além da operação padrão, um grupo de auditores-fiscais se concentrará no saguão do aeroporto para esclarecer a população sobre os motivos da mobilização. O objetivo dos atos é pressionar o Governo Federal pela revogação das as recentes medidas administrativas que, segundo a categoria, fragilizam a atuação da Aduana.

Atos públicos também são aguardados nas ações em portos e aeroportos no restante do País.

(Foto -Jarbas Oliveira)