Blog do Eliomar

Categorias para Política

Vereador de Fortaleza integra grupo nacional em defesa da Odontologia

431 1

Cirurgiões-dentistas de todo o pais vão se reunir, nesta semana, em Brasília, num encontro do Movimento #JuntosPelaOdontologia, que busca organizar a atuação política em favor da categoria e da população.

O vereador Dr.Portinho (PRTB), de Fortaleza, participará do encontro, com viagem, ressalva ele, custeada pelo movimento.

“A ação busca a valorização dos profissionais da odontologia, para que tenham mais vez e voz”, destaca Dr. Portinho.

DETALHE – O movimento #JuntosPelaOdontologia é de abrangência nacional e foi lançado no recente 37º CIongresso Intenacional de Odontologia, ocorrido em São Paulo.

Violência doméstica tem cura

408 1

Com o título “Desbanalizar a violência”, eis artigo da atriz e terapeuta Karla Karenina. Ela aborda o tema violência doméstica, dos mais atuais e que exige constante reflexão da parte da sociedade. Confira:

Quando se fala em violência doméstica associamos logo a homens que batem em mulheres. Mas existem várias formas de violência dentro dos lares. Geralmente praticadas pelo mais forte contra o mais fraco. De homens contra mulheres e filhos(as), de mães contra filhos(as), irmãos mais velhos contra mais novos…

Graças a algumas leis, a violência doméstica não é mais só um problema familiar. Podemos e devemos denunciar estando fora da casa. A punição dos agressores é necessária e justa. Mas não só isso. É preciso dar fim ao ciclo de violência a partir do tratamento dos agressores e dos agredidos, que podem repetir inconscientemente a raiva reprimida do passado.

Em 9 anos de atuação como terapeuta de regressão vejo como os prejuízos são imensos! Alguns episódios traumáticos são tão dolorosos que acabam “esquecidos” por anos, trancafiados nos porões da alma. Mais à frente, através de sintomas físicos e/ou emocionais, essas memórias se manifestam como um grito de socorro.

Exemplos excelentes estão sendo mostrados na trama de Walcyr Carrasco, “O Outro Lado do Paraíso”, com a devida licença poética. A personagem Laura, que era abusada pelo padrasto, não lembrava dos abusos. Depois de uma sessão de regressão, os fatos vieram à consciência.

Outro exemplo é o do personagem Gael, que batia nas mulheres sem saber o porquê. Numa linda cena em que Mercedes (a curandeira do lugar) faz o que os xamãs chamam de “resgate de alma”, e nós terapeutas, de regressão, Gael acessa os episódios da infância em que era espancado e humilhado pela mãe.

Histórias que acontecem na vida real e são recorrentes no dia a dia do meu consultório.

É urgente contribuirmos para a desbanalização de todos os tipos de violência. Denunciando e olhando para as próprias histórias familiares.

Violência doméstica é um fenômeno transgeracional e tem cura! As futuras gerações não podem continuar achando que é natural praticar ou sofrer violência.

Natural é nascer num ambiente acolhedor e amoroso, crescer sendo protegido e orientado, e assim sucessiva e ininterruptamente ser humano.

*Karla Karenina

kareninakarla@gmail.com

Atriz e terapeuta.

Incêndio leva à interdição de anexo do STF

Um princípio de incêndio no Supremo Tribunal Federal (STF), na manhã de hoje (26) levou à interdição do anexo 2 da sede da Corte em Brasília, edifício no qual funcionam os gabinetes dos ministros.

Segundo informações preliminares fornecidas pelo Supremo, as chamas foram provocadas por um curto-circuito em um aparelho de ar-condicionado, sendo rapidamente controlada pelos bombeiros.

Não houve feridos, segundo STF, mas o prédio foi todo interditado para a averiguação dos danos do incêndio, que ocorreu na Seção de Processos Diversos, no segundo andar.

(Agência Brasil)

Jornal El País estampou manchete “Fortaleza sitiada” sobre onda de ataques do fim de semana

Veja como o jornal El País divulgou os ataques ocorridos no fim de semana em Fortaleza. A manchete da matéria é “Fortaleza sitiada”.

A população da Grande Fortaleza viveu um final de semana de terror. Desde sábado, ônibus foram incendiados, um pátio com 50 carros foi atacado e até a própria Secretaria de Justiça (Sejus) do Estado acabou alvejada por tiros. O conjunto de ações é o retrato de uma cidade sitiada, onde facções, em disputa pelo controle do tráfico, têm promovido assassinatos, expulsado moradores de casa, proibido a circulação em algumas áreas e até obrigado crianças a mudarem de escola. Uma situação que se arrasta desde o ano passado, mas que ganhou contornos ainda mais graves neste ano.

“É possível dizer que as facções estão em guerra entre si”, reconhece o secretário da Segurança Pública e Cidadania, André Costa. Um dos Estados do Nordeste mais estratégicos para a rota internacional de tráfico, devido a maior proximidade com África e Europa e a melhor estrutura de portos e aeroportos, o Ceará entrou no radar das organizações criminosas desde o final da década de 90. Atuam em território cearense a paulista Primeiro Comando da Capital (PCC), a carioca Comando Vermelho (CV), a amazonense Família do Norte (FDN) e a Guardiões do Estado (GDE), criada localmente e que hoje domina a maior parte de Fortaleza.

A consequência desta guerra se expressa nas estatísticas. A quantidade de homicídios no Estado aumentou 50,7% de 2016 para 2017, quando 5.133 pessoas foram assassinadas. Com uma taxa de 83,48 homicídios por 100.000 habitantes, Fortaleza se tornou no ano passado a sétima região metropolitana mais violenta do mundo, segundo um ranking da ONG mexicana Conselho Cidadão para a Segurança Pública e Justiça Penal, divulgado no início deste mês. E os dados deste início de 2018 sinalizam para uma piora no cenário. Nos dois primeiros meses deste ano foram assassinadas em todo Ceará 844 pessoas, número 36% maior do que o dos dois primeiros meses de 2017 (618). Na Grande Fortaleza, houve 51% mais mortes. E, entre as mulheres, o número de mortes saltou quase 300% neste ano, também como consequência da participação delas na linha de frente das facções.

Sergio Moro é o entrevistado do Roda Viva desta segunda-feira

Nesta segunda-feira, o programa Roda Viva vai sabatinar Sérgio Moro na primeira entrevista ao vivo concedida pelo juiz da Lava Jato à televisão brasileira. A edição especial também marca a despedida do apresentador Augusto Nunes, que esteve à frente do jornalístico nos últimos cinco anos.

A atração vai ao ar ao vivo, às 22h15min, na TV Cultura, no Facebook, no YouTube, no aplicativo Cultura Digital, no site da emissora, e terá cobertura em tempo real pelo Twitter.no site da emissora, e terá cobertura em tempo real pelo Twitter.

DETALHE – A TV Ceará vai transmitir o programa.

Força Sindical do Ceará anuncia apoio à reeleição de Eunício Oliveira

880 1

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB), ganhou, no fim de semana, o apoio da Força Sindical no Ceará ao seu projeto de reeleição.

A cúpula dessa central sindical, tendo à frente Raimundo Gomes, o presidente no Ceará, esteve no escritório político do senador para lhe anunciar apoio, em reconhecimento ao trabalho que o emedebista realiza em Brasília em favor de projetos do interesse dos sindicato.

Também participaram do ato dirigentes da Federação dos Agentes de Endemias, e dos sindicato dos Motoboys e da área de Segurança Eletrônica.

(Foto – Força Sindical)

Caso Tríplex – TRF-4 julga nesta segunda-feira recurso de Lula

Será nesta segunda-feira, a partir das 13h30min, o julgamento, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), com sede em Porto Alegre, do recurso apresentado pela defesa de Luiz Inácio Lula da Silva contra a decisão que o condenou em 2ª instância e aumentou a pena do ex-presidente no caso do triplex em Guarujá (SP). A informação é do Portal G1.

Os três desembargadores da 8ª Turma do TRF-4 decidiram, em julgamento no dia 24 de janeiro, aumentar a pena de Lula para 12 anos e 1 mês de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro – na primeira instância, ele havia sido condenado pelo juiz Sérgio Moro a 9 anos e 6 meses.

Como a decisão do TRF-4 foi unânime, restou à defesa de Lula a possibilidade de apresentar embargos de declaração à mesma 8ª Turma. Esse tipo de recurso serve para tratar de possíveis omissões, contradições ou obscuridades na sentença. Se o tribunal entender que alguma dessas questões levantadas pela defesa procedem, pode haver alterações, por exemplo, na pena imposta ao ex-presidente.

Por decisão do próprio TRF-4, Lula poderia ser preso assim que acabassem os recursos no tribunal, mas uma decisão provisória do Supremo Tribunal Federal (STF) impede a prisão do ex-presidente até o dia 4 de abril, data em que os ministros do STF devem concluir o julgamento do pedido de habeas corpus preventivo apresentado pela defesa.

No caso do triplex, Lula é acusado de receber o imóvel no litoral de SP como propina dissimulada da construtora OAS para favorecer a empresa em contratos com a Petrobras. O ex-presidente nega as acusações e afirma ser inocente.

E se Henrique Meirelles deixar a Fazenda…

Se Henrique Meirelles sair mesmo da Fazenda, como fica sua (super)equipe econômica? Eis o que indaga o colunista Lauro Jardim, do O Globo.

Se o secretário-executivo Eduardo Guardia (o favorito) sucedê-lo, todos permanecem. Se a solução recair em Mansueto Almeida, secretário de Acompanhamento Econômico, Guardia sai, e o resto fica.

Mas se Michel Temer escolher alguém de fora, a turma toda se manda.

A violência que traga nossos moços

De repente, não mais que de repente, as facções criminosas tentam, mais uma vez, instalar o terror, o pânico em Fortaleza. Ataques a prédios públicos, incêndio na frota de ônibus… Um script que volta a se repetir quando o governo do Estado também volta a insistir na necessidade de se instalar, por exemplo, bloqueador de celular nos presídios.

Que loucura! Vive-se um cenário em que tudo e todos viraram alvos da falta de política, principalmente, social. Deixamos nossos jovens e suas famílias pobres abandonados e adotados, lamentavelmente, pelo crime organizado?

Eis reflexões que não só precisam continuar sendo feitas, mas avaliadas na prática: com enfrentamento e com a imperiosa atitude de se buscar mudança no plano social. Neste ano, em que virão as eleições gerais, mais uma oportunidade de se discutir o tema da violência, de se colocar na balança os prós e contras. Até a CNBB nos chama para isso.

Não vamos aqui adotar a velha “masturbação sociológica” tão destacada pelo falecido líder tucano Sérgio Mota, mas insistimos na tese de que algo precisa ser feito. Pelo menos a favor dos nossos pobres moços.

Frota de ônibus circula nesta segunda-feira

Após a onda de ataques do fim de semana, que resultou em 10 ônibus incendiados e um prejuízo da ordem de R$ 3,5 milhões, segundo o Sindiôibus, a frota do transporte coletivo circula, nesta segunda-feira, com normalidade.

Alguns ônibus contam com escolta do Cotam, principalmente em áreas da cidade tidas como ponto onde predominam facções criminosas.

As medidas foram tomadas durante reunião, na tarde desse domingo, sob a coordenação do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PT), na sede da Etufor.

Na noite de sábado, sete ônibus foram incendiados e o restante sofreu ataque no domingo, numa espécie de represália ao assassinato de três indivíduos pertencentes ao Comando Vermelho, que atacaram a sede da Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado no último sábado.

Trump diz que construção de muro com o México começará “imediatamente”

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesse domingo (25) que a construção do muro fronteiriço com o México começará “imediatamente”, depois que o Congresso norte-americano aprovou na sexta-feira (23) uma verba de US$ 1,6 bilhão destinada para isso.

“Pode-se fazer muito com o US$ 1,6 bilhão outorgado para construir o muro fronteiriço. É só um pagamento inicial. O trabalho começará imediatamente”, disse Trump em sua conta oficial do Twitter.

O Congresso americano deu sinal verde na sexta-feira, horas antes de expirar os fundos governamentais, a um projeto orçamentário de US$ 1,3 trilhão para o ano fiscal 2018 que inclui uma verba para iniciar a construção do muro com o México.

Os fundos, aprovados com o respaldo dos líderes democratas, incluem uma verba de US$ 1,6 bilhão para iniciar a construção do muro na fronteira sul com o México, uma das fixações de Trump.

Essa cifra, no entanto, fica longe dos US$ 25 bilhões que o presidente tinha pedido ao Legislativo. “O resto do dinheiro virá”, assegurou Trump em seu tweet.

Dos US$ 1,6 bilhão aprovados, US$ 251 milhões devem ser usados para renovar a dupla cerca que já existe entre San Diego (Califórnia) e Tijuana (México).

“Construir uma grande Muralha Fronteiriça, com drogas e combatentes inimigos entrando no nosso país, tem a ver com a Defesa Nacional. Constrói Muro ao longo de M (éxico)!”, exclamou o presidente no Twitter.

Em recente visita à Califórnia, Trump revisou oito protótipos do muro fronteiriço, sua grande promessa eleitoral, que foram construídos em uma área entre Otay Mesa (Califórnia) e Tijuana (México).

Em discurso perante militares, Trump afirmou, após inspecionar os protótipos, que há “dois ou três” destes modelos preliminares que “realmente funcionam”.

Por outro lado, Trump também escreveu hoje que a verba orçamental destinada ao Pentágono servirá para “reconstruir” as Forças Armadas americanas, criar muitos empregos e para que o Exército “volte a ser rico”.

(Agência Brasil)

Prefeitura monta esquema para circulação normal dos ônibus nesta segunda-feira

A Prefeitura de Fortaleza definiu uma série de medidas necessárias para garantir o funcionamento normal de todo o sistema de transporte coletivo da Capital, a partir desta segunda-feira (26), com operação de linhas atendendo a população usuária do sistema de ônibus urbanos.

As medidas foram definidas durante reunião, neste domingo (25), na sede da ETUFOR, coordenada pelo prefeito Roberto Claudio e que contou com a participação do vice-prefeito Moroni Torgan, do presidente do Sindionibus, Dimas Barreira, do comandante de Policiamento Comunitário da PMCE, coronel Fernando Rocha Albano, além de dirigentes da ETUFOR.

As medidas serão coordenadas por meio da atuação de vários órgãos da administração municipal, como Secretaria de Segurança Cidadã, ETUFOR, AMC e Guarda Municipal, e em parceria com as forças de segurança do Estado, como Polícia Militar e Ciopaer, e pelo gabinete do vice-prefeito Moroni Torgan.

As medidas serão no sentido de garantir o trajeto dos ônibus com escolta de viaturas da Polícia Militar e Guarda Municipal. Além de sobrevoo de aeronaves do Ciopaer, acompanhando o deslocamento de ônibus.

(Foto: Divulgação)

Sobre os atentados em Fortaleza

Em artigo enviado ao Blog, o vereador Guilherme Sampaio (PT) diz que o momento não é de divergências ideológicas, mas de união para o enfrentamento ao crime e em defesa da sociedade. Confira:

Nós sempre lutamos por um estado democrático, cujas instituições representassem as aspirações do povo no exercício do poder, para produzir justiça e igualdade.

Sabemos que estamos ainda distantes disso, em razão do fato de que a própria construção desse estado democrático está historicamente associada a manutenção do poder nas mãos das elites e ao favorecimento dos interesses econômicos de poucos. Mas jamais desistiremos desse ideal!

Por isso, repudiamos veementemente os ataques a órgãos públicos ocorridos nos últimos dias , nos solidarizamos com os servidores desses órgãos e nos colocamos ao lado das autoridades dirigentes do estado e do município, independentemente das divergências ideológicas que tenhamos, no enfrentamento ao crime e na defesa da sociedade.

É preciso discernimento, liderança legítima e humildade para avançarmos na construção de uma sociedade pacífica. Sabemos que ela não virá somente com a repressão , mas sobretudo com a inclusão de todos, especialmente através da criação de oportunidades para nossa juventude, que hoje cresce vulnerável e é a maior vítima da violência urbana.

O estado, como representação do ideal democrático, não deve se curvar jamais a violência . Por isso, estaremos ao lado das instituições, mas sobretudo do nosso povo, para resistirmos, criarmos e sustentarmos ações pelas quais o estado imporá limites e prevenirá todas as formas de violência praticada por aqueles que desejam impor seus interesses pela força, quer seja das armas ou do dinheiro. A vida sempre vencerá, ao final.

Vereador Guilherme Sampaio – PT

Seis presos e três mortos, anuncia Camilo sobre reação do Estado contra atentados criminosos

O governador Camilo Santana anunciou há pouco, por meio de sua página no Facebook, a prisão e morte de pessoas que estariam envolvidas nas ações criminosas nessas últimas horas no Ceará. Confira:

Irmãos e irmãs cearenses,

Sobre as ações criminosas contra prédios públicos e coletivos registradas no Ceará nas últimas horas, informo que temos trabalhado firme para identificar e prender cada um dos bandidos.

Seis envolvidos já foram capturados e outros três foram mortos durante uma ação policial, que chegou até eles pelo Serviço de Inteligência.

Esses atos criminosos, que se assemelham a atos terroristas, têm ocorrido por interesses contrariados desses bandidos, que buscam afrontar o Estado e amedrontar a população.

Não conseguirão intimidar o Estado. Muito pelo contrário: essas ações serão respondidas com força, à altura que for necessária.

Terminou, agora a pouco, mais uma reunião com toda a cúpula da segurança e da justiça do Estado para uma nova avaliação acerca dos esforços que já venho determinando no sentido de garantir reforço total no policiamento das ruas e nos trabalhos de inteligência.

Não temos medido esforços para combater o crime no nosso Ceará. São cerca de nove mil agentes de segurança contratados e mais de mil e quinhentas viaturas entregues nos últimos três anos. Dois mil e sessenta policiais militares e civis já estão na academia em preparação para irem para às ruas e delegacias em breve.

Desde 2016, venho cobrando insistentemente o envolvimento do Governo Federal, que agora abriu os olhos para o problema.

Com empenho, conquistamos para o Ceará o primeiro Centro Regional de Inteligência, que envolve órgãos federais de combate ao crime organizado. O Ministro da Segurança esteve no Ceará e garantiu seu funcionamento nos próximos meses.

Após proposta nossa, a justiça cearense criou uma vara específica para o combate ao crime organizado.

Acredito nas nossas forças de segurança e nas instituições cearenses: Judiciário, Legislativo, Ministério Público, Defensoria.

Importante também que a população denuncie esses criminosos através do telefone 190, sem se identificar, para ajudar a polícia a chegar até eles.

Estamos juntos e vamos seguir firmes no combate à grave criminalidade.

Confira o vídeo aqui.

A conjuntura política montada em Amontada

618 1

Quem se encontra neste fim de semana em Icaraizinho, em Amontada, no Norte do Ceará, a 157 quilômetros de Fortaleza, está surpreso com as presenças do deputado estadual Roberto Mesquita (PSD), deputado federal Vitor Valim, deputado estadual Capitão Wagner (Pros) e deputado federal Vaidon Oliveira (Pros).

Às vésperas das eleições de outubro, os parlamentares de oposição por certo deram asas à imaginação do eleitorado de uma costura política.

Mas os próprios parlamentares alegam que o encontro atendeu a um convite de Mesquita, para um fim de semana em uma das praias paradisíacas do Ceará.

(Foto: Leitor do Blog)

Luizianne Lins cobra fim da demagogia nas ações de combate à violência

Da deputada federal Luizianne Lins (PT), ex-prefeita de Fortaleza, em sua página no Facebook, num desabafo sobre o quadro de violência no País e na Capital cearense:

BASTA! Diante da perplexidade, queremos lembrar que soluções fáceis não irão nos trazer a paz. Segurança pública é um dos direitos básicos das pessoas.

É preciso que esse tema deixe de ser usado como instrumento de demagogia da direita que, ano após ano, se fortalece com propostas que apenas jogam para a platéia (como “torrinhas de segurança” ou intervenção militar), sem eficácia, e se passe a apostar em investigações de qualidade, inteligência preventiva e políticas sociais que de fato resolvam o problema.

Precisamos garantir direitos e fazer cumprir a lei – nada mais do que a legislação prevê. Sem isso, continuaremos na escalada de violência que temos visto nos últimos anos.

Papai e mamãe copulavam com os inimigos

339 1

Em artigo no Facebook, a psicanalista Vera Stringhini sinaliza para um Brasil melhor, na medida “do tempo e do destino”, mas para nossos bisnetos, trinetos, tetranetos… Confira:

Somos todos crianças quando aderimos a crenças grupais que nos consolam além do que a realidade permitiria: gostamos de ignorar aquilo que contraria nossos desejos.

Primeiro elegemos um pai e/ou mãe que incorporem as características dos genitores primevos: sublimado individual de todas as perfeições. (Freud diz que a primeira desilusão infantil vem do reconhecimento da diferença anatômica entre os sexos. Se são diferentes, impõe-se a conclusão de que em um deles falta algo, exatamente naquele que é o mais amado. A outra desilusão é a descoberta de que, para fazer um bebê é preciso que os pais se juntem em uma atividade que tem tudo para ser percebida como cruel e dolorosa (Melanie Klein). A terceira vem com a descoberta das imperfeições daqueles que seriam os perfeitos modelos a serem seguidos, até à eternidade. Nesta altura, a criança já está na avançada idade dos 5 anos, e começa a perder a inocência. Descobre o autoerotismo consolador e suspende sua certeza na autoridade suprema dos pais: começa a descobrir a vida com seus próprios recursos. Segundo Lacan é o melhor momento do ser humano, porque a partir de agora terá de aprender a ser um humano apto para a vida social. Perderá a espontaneidade).

Quando a sociedade brasileira se entregou amorosamente para o petismo lulista, aconteceu algo parecido. Parecia que tínhamos acabado de nascer: abaixo todos os discursos anteriores. Getúlio, Brizola, Arraes: todos populistas atrasados; Abaixo todos os presidentes anteriores pós ditadura militar, perseguidos pelo PT com suas campanhas de FORA: Sarney, Color, Itamar, FHC. Até o momento em que fomos descobrindo que papai e mamãe copulavam com os inimigos, gozavam como os inimigos.

Depois disso, entramos numa espiral de autoerotismo, em parte criativo, em parte destrutivo. A parte criativa é da profusão de novas idéias que surgiram deste a queda de nossas ilusões infantis. A parte destrutiva é que não conseguimos perdoar nossa ingenuidade e estamos cheios de raiva: uns porque querem continuar acreditando na virgindade dos pais, outros porque estão à procura de novas ilusões e raivosamente tentam substituir uma perfeição pela outra.

(Aos seis anos a criança precisa encarar a realidade: não é um ser completo: precisa aprender tudo. O que bastava para os pais não basta para o mundo social. E vai descobrir, ao longo da vida, que terá de continuar aprendendo e negociando porque o amor não é uma obrigação de ninguém: é em parte um dom, nosso, gratuito; em parte uma conquista diária.)

Hoje a sociedade está desiludida com seus Poderes, todos. É um bom sinal desde que se saiba que a responsabilidade pela construção dos vínculos possíveis, de confiança e respeito, comecem a ser construídos agora: dentro de casa, no trabalho, nas lides diárias, nas decisões pensadas sem muita paixão, na capacidade de reconciliação com nossos amigos que não pensam como nós, nos diálogos sem ofensas, na adoção da democracia como valor inegociável. Como dizia Churchill: a batalha é a cada dia, em cada praia, em cada casa, dentro de cada um.

Teremos um Brasil melhor? Sim, na medida “do tempo e do destino” (Anaximandro). Veremos este Brasil? Penso que não, talvez nossos bisnetos, trinetos, tetranetos. Mas impõe-se começar agora, que já saímos dos 5 anos de idade.

PSDB faz pesquisa sobre sucessão sem Tasso

1029 4

Tasso já virou até coordenador da futura campanha presidenciável de Alckmin.

O PSDB do Ceará encomendou pesquisa qualitativa e quantitativa sobre eleições, mas, claro, tudo ficou para consumo interno. A novidade é que o nome do senador Tasso Jereissati, o líder maior do tucanato cearense, não consta entre opções para o Governo. Pouco se sabe dos resultados, que continuam sendo avaliados em reuniões noturnas e sempre no escritório político de Jereissati.

O vice-presidente tucano Raimundo Gomes de Matos confirma que o nome de Tasso não entrou na pesquisa, que abre para avaliações quanto aos nomes, por exemplo, do Capitão Wagner, Roberto Pessoa e até de Geraldo Luciano, o tucano de peso executivo – vice do Grupo M.Dias Branco, que já avisou, por várias vezes, não querer carregar esse fardo sucessório.

O Capitão Wagner andou chutando o pau da barraca dos tucanos, depois que se mudou, de malas e bagagens, para comandar o Pros. Ele sempre aparece bem cotado, mas, naquela de que não é capitão para virar soldado de partido, vai acabar candidato mesmo a deputado federal, apostam alguns.

Há tucanos, no entanto, acreditando que se o quadro da violência permanecer como está, em crise, o Capitão possa repensar seus planos e o PSDB também repensar apoiá-lo. Pena, no caso, que por uma causa muito, muito complicada.

Patrícia Pillar declara voto a Ciro Gomes e diz que ex-marido não é cínico e nem machista

8755 5

“Convivi 17 anos com ele e ele nunca foi machista. Naquela campanha, ele era uma alternativa ao PT e ao PSDB, e estava super exposto, apanhando dos dois lados. Todas as entrevistas dele em que eu estava presente aparecia essa pergunta (qual a importância da Patrícia Pilar?) e sempre de forma provocativa. E, neste dia, já era a terceira ou quarta. Ele já tinha respondido que eu era sua companheira, que conversávamos sobre tudo, porque era isso mesmo, compartilhávamos um projeto de Brasil. Mas aí perdeu a paciência e deu aquela resposta infeliz (a minha companheira tem um dos papéis mais importantes, que é dormir comigo)”.

A declaração é da atriz Patrícia Pillar, publicada neste domingo (25), no jornal O Globo, em defesa do ex-marido Ciro Gomes, então candidato à Presidência da República, em 2002, pela da Frente Trabalhista (PPS, PDT e PTB), e atual pré-candidato do PDT ao Palácio do Planalto.

“Para uma pessoa que não se tornou cínica, é muito difícil aguentar certas coisas. Só que as pessoas muitas vezes preferem os cínicos, os ‘educados’, que dizem coisas incríveis, mas que fazem o oposto. Isso é terrível. Ele me pediu desculpas, e eu compreendi imediatamente, pelo cansaço e pelo esgotamento que vivi junto com ele”, lembrou.

Sobre o atual cenário político, a atriz na nova novela global “Onde nascem os fortes” assegurou que o voto a Ciro, nas eleições em outubro próximo.

“Voto nele, claro. O panorama ainda está indefinido, mas não há a menor chance de o meu voto não ser dele”, garantiu Pillar, que nas redes sociais é seguida por 433 mil pessoas, além de 1,2 milhão de seguidores no Facebook e mais 44 mil no Twitter.

(Foto: Arquivo)