Blog do Eliomar

Categorias para Política

Academia Cearense de Engenharia ganhará dois professores da UFC como associados

A Academia Cearense de Engenharia ganhará mais dois membros.

Eleitos para a entidade, Jesualdo Farias, ex-reitor da Universidade Federal do Ceará e ex-secretário estadual das Cidades, e Antônio Nunes de Miranda, ex-diretor do Centro de Tecnologia da UFC, tomarão posse nesta quinta-feira.

O ato, a ser comandado pelo presidente da academia, o engenheiro Victor Frota, ocorrerá às 19 horas, no auditório da Reitoria da UFC, seguido de coquetel.

(Foto -UFC)

Lula só arrecadou R$ 397 mil, até agora, com vaquinha virtual

Os apoiadores financeiros da campanha de Lula estão diminuindo dia após dia, segundo informa o jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo.

Nos últimos nove dias, a vaquinha para financiar a campanha a presidente do presidiário mais famoso do Brasil arrecadou apenas R$ 60 mil no total. O valor é um pouco maior do que foi arrecadado no dia de lançamento do financiamento coletivo, que foi de R$ 56 mil.

Ainda assim, a vaquinha de Lula é a que mais arrecadou entre os presidenciáveis. Caso a candidatura dele saia, o valor ao que tem direito até o momento é de R$ 397 mil.

João Amoedo, do Novo, tem R$ 25 mil. E Manoela D’avila, do PCdoB, R$ 40 mil.

(Foto – Domingos Peixoto, Agência O Globo)

Jair Bolsonaro falou para a militância em cima de um caminhão na parte externa do aeroporto

947 12

A organização do receptivo estimou cerca de 10 mil pessoas no aeroporto.

O pré-candidato a presidente da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, já está em Fortaleza. Ele desembarcou recebido por multidão de simpatizantes que lotou o saguão do Aeroporto Internacional Pinto Martins gritando palavras de ordem e destacando o parlamentar como a esperança do País.

Bolsonaro, sobre um caminhão, falou para os militantes na parte externa do terminal aeroportuário. De lá, o grupo seguiu em carreata com destino à Praça Portugal. Do lado dele, assessores e Heitor Freire, dirigente do PSL estadual e pré-candidato a deputado estadual pela legenda. Também está como futuro coordenador da campanha de Bolsonaro no Ceará.

Ele ganhou um chapéu de vaqueiro e até uma bandeira do Batalhão RAIO chegou às suas mãos.

Segundo ainda assessores, o pré-candidato deve cumprir agenda, a partir das 15 horas, no Hotel Praia Centro, quando dará entrevista coletiva.

Já às 19 horas, também nesse hotel, Bolsonaro terá encontro com empresários e com apoiadores de Fortaleza.

A Polícia Militar esteve no terminal acompanhando toda a movimentação. O objetivo era garantir a ordem e evitar algum tipo de problema, segundo funcionários do terminal.

(Fotos -,WhatsApp)

Mercado vê Geraldo Alckmin estagnado e prevê peleja entre Ciro e Bolsonaro

257 3

A estagnação do tucano Geraldo Alckmin nas pesquisas de intenção de votos fez crescer no mercado a convicção de que a disputa central da eleição ao Planalto se dará entre Ciro Gomes (PDT) e Jair Bolsonaro (PSL). A informação é da Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta quinta-feira.

Investidores que antes acreditavam no crescimento do tucano estão céticos – e temerosos de que Ciro cresça.

Assim como o DEM, o PSDB também testou o nome de José Luiz Datena como vice de Alckmin. Apesar de a presença do apresentador ter aumentado o percentual de votos, o tucano interditou debate sobre a chapa.

Em entrevista a uma rádio de Recife, Henrique Meirelles, o presidenciável do MDB, traçou o perfil desejável para um companheiro de chapa: “Um vice do Nordeste seria uma excelente alternativa. Seria minha preferência”.

(Foto – Pedro Ladeira, da Folhapress)

Podemos pensar num mundo sem desigualdade e sem pobreza?

Com o título “Para além dos parlamentares, palácios e tribunais”, eis artigo de Rui Aguiar, chefe do escritório do Unicef em Fortaleza. “Será que podemos pensar realmente em um mundo sem desigualdade e sem pobreza? Podemos e devemos”, diz o texto. Confira:

Um dos dilemas éticos mais importantes que formuladores de políticas públicas enfrentam nos palácios, parlamentos e tribunais está relacionado com a definição de metas e resultados que podem ser esperados a partir de ações desenhadas com intenção de mudança ou impacto social.

Os parlamentos, discutindo segurança pública, aventam a possibilidade de que todas as crianças que hoje têm dez anos de idade estejam vivas em 2026, quando completam 18 anos. Nos próximos anos, gestores nos palácios terão o desafio de garantir que toda criança ingresse aos três anos na educação básica e conclua o ensino médio em condições de concorrer a uma vaga na educação superior. Nos tribunais, homens e mulheres de toga revisam processos de adoção para que toda criança tenha o direito de ser protegida e conviver em uma família e uma comunidade.

Será que podemos pensar realmente em um mundo sem desigualdade e sem pobreza? Podemos e devemos. A professora Ângela Pinheiro nos aponta o caminho: desde que renunciemos ao conforto do viável e nos imponhamos o exercício de planejar e realizar o necessário e imprescindível. Além desta capacidade de planejar e realizar o necessário, a complexidade das relações humanas e os nossos ideais democráticos exigem um novo olhar sobre a participação de grupos étnicos, etários, de gênero, de território, de renda e condição especial em todo o processo de planejamento, execução e controle da política pública.

O primeiro dilema já tem resposta: é possível estabelecer a meta de reduzir a zero o número de adolescentes assassinados. Em nove municípios cearenses todas as crianças nascidas em 2000 chegaram vivas em 2017. São pequenos municípios, com menos de 10 mil habitantes, que ainda não sofrem os impactos da urbanização e provam que isso é possível. Outros dilemas podem ter a mesma resposta positiva, se as respostas forem buscadas além dos parlamentos, palácios e tribunais. É no encontro dos formuladores com cidadãos e cidadãs que as metas se transformam em marcos éticos, onde cada vida importa.

*Rui Aguiar

raguiar@unicef.org

Chefe do escritório do Unicef em Fortaleza.

Saguão do aeroporto é tomado por militantes pró-Bolsonaro

879 3

O saguão do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, está tomado por militantes e simpatizantes do pré-candidato a presidente da República pelo PSL, Jair Bolsonaro.

Todos gritam palavras de ordem e aguardam o presidenciável que, segundo sua assessoria, deve cumprir agenda até esta sexta-feira na Capital cearense.

Do aeroporto, Bolsonaro sairá em carreta em direção à Praça Portugal, onde haverá um ato. Em seguida, às 15 horas, dará uma coletiva no Hotel Praia Centro onde, às 19 horas, conversará com grupo de empresários.

(Vídeo e foto – Via WhatsApp)

Prefeitura de Fortaleza vai elaborar Plano de Acessibilidade

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) vai assina, dàs 14 horas desta sexta-feira, no Paço Municipal, a ordem de serviço para elaboração do Plano de Acessibilidade Sustentável de Fortaleza (PAS-For). No ato, ele dará entrevista coletiva quando dará maiores detalhes sobre a iniciativa.

O principal objetivo do plano, de acordo com o prefeito, é “prover a cidade de Fortaleza de uma rede de transporte multimodal sustentável, com acessibilidade e uso de meios de transporte não motorizados e motorizados de alta capacidade”. A ordem, segundo RC, é “gerar uma melhor qualidade de vida e bem-estar aos fortalezenses.”

(Foto – Divulgação)

Sejus inaugura Centro de Detenção que promete esvaziar delegacias

O governador Camilo Santana vai inaugurar, às 14 horas desta quinta-feira, O Centro de Detenção Provisória do Estado. O equipamento, da Secretaria da Justiça e Cidadania, está localizado em Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza).

Segundo a titular da Sejus, Socorro França, chega com o objetivo de retirar todos os presos das delegacias.

“Havia uma falha em abrigar os presos em delegacias. Todo preso ‘flagranteado’ vai direto para esse centro. Podemos abrigar até 800 presos. Ele vai passar pela delegacia para os procedimentos e segue para o centro”, explica a titular da pasta.

Ainda segundo Socorro França, há cerca de 400 presos nas delegacias atualmente.

(Foto – Divugação)

Ibope – Lula tem 33%; Bolsonaro, 15%, Marina, 7%, e Ciro, 4%

Saiu, nesta quinta-feira, pesquisa Ibope (registro BR-02265/2018 no Tribunal Superior Eleitoral) com índices de intenção de voto para o primeiro turno da eleição presidencial de 2018. Confira os resultados:

Cenário com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

Luiz Inácio Lula da Silva (PT): 33%
Jair Bolsonaro (PSL): 15%
Marina Silva (Rede): 7%
Ciro Gomes (PDT): 4%
Geraldo Alckmin (PSDB): 4%
Álvaro Dias (Podemos): 2%
Manuela D’Ávila (PC do B): 1%
Fernando Collor de Mello (PTC): 1%
Flávio Rocha (PRB): 1%
Levy Fidelix (PRTB): 1%
João Goulart Filho: 0
Outro com menos de 1%: 2%
Branco/nulo: 22%
Não sabe/não respondeu: 6%

Cenário sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

  • Jair Bolsonaro (PSL): 17%
  • Marina Silva (Rede): 13%
  • Ciro Gomes (PDT): 8%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 6%
  • Álvaro Dias (Podemos): 3%
  • Fernando Collor de Mello (PTC): 2%
  • Fernando Haddad (PT): 2%
  • Flávio Rocha (PRB): 1%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 1%
  • Henrique Meirelles (MDB): 1%
  • Levy Fidelix (PRTB): 1%
  • Manuela D’ Ávila (PC do B): 1%
  • Rodrigo Maia (DEM): 1%
  • João Goulart Filho: 1%
  • Outro com menos de 1%: 1%
  • Branco/nulo: 33%
  • Não sabe/não respondeu: 8%

DETALHE – A pesquisa encomendada pela CNI ouviu 2 mil pessoas em 128 municípios, entre os dias 21 e 24 de junho.

(Com Portal G1)

Ciro diverge de Mauro Filho e preocupa o mercado, diz O Globo

Ciro Gomes e Mauro Filho e o cenário econômico.

Reportagem do O Globo desta quinta-feira informa que a falta de alinhamento entre o pré-candidato do PDT a presidente, Ciro Gomes, e o seu principal assessor na área econômica, Mauro Benevides Filho, na apresentação de propostas é um dos motivos de preocupação do mercado financeiro em relação ao presidenciável. Hoje o pedetista vai falar, pela primeira vez, ao setor durante encontro promovido pela empresa de investimentos XP. As diferenças de ideias na pré-campanha ficam claras em duas das mais polêmicas promessas feitas por Ciro até agora: cancelar os leilões do pré-sal feitos pelo governo do presidente Michel Temer e criar um teto para o pagamento da dívida pela União.

Ciro menciona as duas propostas como certas, enquanto Benevides diz que elas ainda estão sendo analisadas. O pedetista tem enfrentado resistência no mercado, apesar de destacar que o seu eventual governo terá compromisso com a responsabilidade fiscal e promoverá medidas defendidas pelo setor, como a reforma da Previdência.

— O Mauro é técnico. O Ciro é político. E em função dessa diferença é que acredito que nem tudo que o Ciro está falando ele vai cumprir — afirma Zeina Latif, economista-chefe da XP Investimentos, que considera Ciro um “político à moda antiga”. — Há questões que destoam muito no discurso de um e de outro. E fico bastante em dúvida se é para valer o discurso do Ciro — complementa a economista.

Segundo um analista político do mercado que pediu para não ser identificado, há preocupação sobre as pautas apresentadas pelo pré-candidato do PDT e temor real com relação às diferenças entre os discursos dele e de Benevides.

— O Ciro fala que vai revogar o teto de gastos e que vai apresentar outra proposta. O Mauro faz algumas ressalvas sobre a posição do Ciro, traz mais detalhes. Algumas mensagens, mal interpretadas, provocam receio — diz.

Benevides é o homem designado pelo pré-candidato do PDT para dialogar com o setor financeiro. Apesar de não haver uma estratégia da campanha para vencer as resistências, o assessor tem conversado com quem o procura. De perfil técnico, o economista foi secretário da Fazenda do Ceará por 12 anos nas gestões de Cid e do atual governador Camilo Santana (PT), que é aliado do clã liderado por Ciro. Além da XP, ele se reuniu nas últimas semanas com representantes do Goldman Sachs e do Bank of America .

Petróleo

Ciro tem defendido abertamente a expropriação de todos os campos de petróleo leiloados para empresas estrangeiras no governo Temer. “Para ser claro para o investidor estrangeiro, estou anunciando e repetirei: todos os campos de petróleo brasileiros que foram vendidos no exterior após o golpe e após a revogação da Lei de Partilha serão expropriados — com a devida compensação”, afirmou no dia 14 de junho em entrevista à revista “Americas Quarterly”.

Questionado sobre a proposta do presidenciável, o assessor econômico respondeu:

— Confesso que não vi exatamente o contexto que ele falou, então não vou comentar.

*Leia mais no O Globo aqui.

(Foto – Balada IN)

Pré-candidato do PSOL diz respeitar Ciro e chama Jair Bolsonaro de “cagão”

718 8

O pré-candidato a presidente da República pelo PSOL, Guilherme Boulos, está em Fortaleza em ritmo de pré-campanha. Nesta manhã de quinta-feira, ele visitou a Rádio O POVO/CBN, onde falou sobre seu giro pelo Brasil.

Mas em entrevista a este Blog, Boulos falou sobre os presidenciáveis Ciro Gomes (PDT) e Jair Bolsonaro (PSL), este, por sinal, cumprindo agenda na Capital cearense também nesta quinta-feira.

Sobre Ciro, disse Boulos que, mesmo tendo diferenças ideológicas, respeita sua postura em defesa da democracia e as críticas que faz contra o governo de Michel Temer.

Com relação a Jari Bolsonaro, o pré-candidato Guilherme Boulos não poupou. Disse que ele não passa de um “mercador do medo”, que aproveita o quadro de violência no País para promover o terror. Boulos disse ainda que Bolsonaro, que “posa de valentão e se esconde debaixo da mesa na hora do debate”. E disparou: “É um cagão!”.

Programação de Boulos

12 – Almoço com professores na Uece

15 horas – Live nas páginas de Facebook do Suricate Seboso e de Adelita Monteiro

17 horas – Encontro com militantes do MTST de Fortaleza

18h30min – Debate sobre Segurança Pública no auditório da Arquitetura da UFC (Benfica)

20 horas – Pré-lançamento de Ailton Lopes para o Governo do Estado., na sede do partido.

Advogados de Joesley Batista querem arrolar equipe de Janot como testemunha no STF

Com a decisão do ministro Edson Fachin de abrir procedimento no STF para apurar suspeitas de irregularidades na delação da JBS –em especial a participação de Marcello Miller, a defesa de Joesley Batista estuda arrolar integrantes da força-tarefa da Lava Jato na era de Rodrigo Janot como testemunhas. É o que informa a Painel desta quinta-feira, do jornal Folha de S.Paulo.

O advogado André Callegari não descarta incluir o próprio ex-procurador-geral na lista. O promotor Sérgio Bruno, figura outrora proeminente na PGR, também é opção.

Ao todo, quatro advogados atendem os principais delatores da JBS. Eles devem se reunir na próxima semana para bater o martelo sobre a linha que vão seguir. Callegari já havia arrolado Janot como testemunha no inquérito da Polícia Federal que acabou imputando a Miller o crime de corrupção.

O advogado de Joesley anda com cópias de entrevistas concedidas por Janot dentro de sua pasta. Nas notícias, o ex-procurador-geral diz que Miller não cometeu crime.

A PF anotou na conclusão do inquérito sobre o caso que o promotor Sérgio Bruno, da equipe de Janot, soube no início de março que Miller havia fechado com escritório que atuaria para a JBS. No dia 28 daquele mês, a PGR firmou acordo de confidencialidade –passo para a delação– com os Batistas.

Em setembro, depois que a participação de Miller tornou-se um escândalo com a divulgação de grampos em que Joesley falava dele, Janot pediu a rescisão do acordo de delação.

(Foto – Dida Sampaio /Estadão)

Assembleia aprovará nesta quinta-feira criação de cargos do concurso da Secretaria da Cultura

164 1

A Assembleia Legislativa deverá votar, durante sessão desta quinta-feira, a mensagem governamental que cria os 102 cargos do concurso público da Secretaria da Cultura do Estado.

Segundo o titular da Secult, Fabiano Piúba, será o primeiro certame do gênero em 52 anos de existência dessa pasta´que abre, com esse concurso um programa de reestruturação.

Após a aprovação da lei, Camilo Santana sancionará e, em seguida, lançará edital do concurso que prevê contratações em três áreas: Artes, Administrativo e Técnica.

(Foto – Divulgação)

Ciro Gomes a la Juruna?

242 1

Ciro Gomes, presidenciável do PDT, adotou adereço a mais em sua pré-campanha: um gravador, com microfone de lapela. Agora toda entrevista dele – coletiva ou não, fica gravada.

Para quaisquer dúvidas de quem, aliás, tem a língua solta.

(Foto – Gustavo Simão)

Fortaleza recebe a visita dos presidenciáveis Bolsonaro e Boulos

Fortaleza receberá, nesta quinta-feira, a visita de mais dois pré-candidatos à Presidência da República. São eles: Jair Bolsonaro, do PSL, e Guilherme Boulos, do PSOL, ambos de práticas e discursos antagônicos. Os dois estão circulando no terreiro de outro presidenciável, no caso Ciro Gomes, que, de acordo com sua agenda, tem compromissos em São Paulo.

Foto – Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Confira a agenda de Jair Bolsonaro

11h30min – Ato no aeroporto Pinto Martins (chegada), com carreata até a Praça Portugal

15 horas – Coletiva de imprensa

19 horas – Evento fechado com simpatizantes no hotel

Foto: Newton Menezes/Futura Press/Estadão Conteúdo

Confira a agenda de Guilherme Boulos

9 horas – Coletiva de imprensa

12 horas – Almoça com professores universitários no Campus da Uece

15 horas – Participa de Live nas páginas do Facebook do Suricate Seboso e de Adelita Monteiro na sequência

17 horas – Conversa com militância do MTST no Benfica

18h30min – Debate sobre segurança pública no auditório da Arquitetura, da Universidade Federal do Ceará

20 horas – Participa do lançamento da chapa majoritária Psol-PCB, na sede partidária.

Jijoca reage contra concessão do Parque Nacional de Jericoacoara

244 1

O prefeito de Jijoca de Jericoacoara, Lindbergh Martins, disse nesta semana que a população do município localizado no Litoral Oeste do Ceará, a 287 quilômetros de Fortaleza, é contra a concessão do Parque Nacional de Jericoacoara, diante da proposta apresentada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Em reunião com o secretário de Turismo do Ceará, Arialdo Pinho, e com os deputados Sérgio Aguiar e João Jaime, Lindbergh Martins haverá mais taxa a ser cobrada dos turistas, mas que somente 10% dos recursos arrecadados seriam destinados à manutenção do Parque Nacional.

O município já cobra a Taxa de Turismo Sustentável(TTS), cuja arrecadação é revertida para a Vila de Jericoacoara (70%) e para a infraestrutura da sede de Jijoca (30%).

(Foto: Divulgação)

Moro determina que PF providencie escolta para depoimento de Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será interrogado novamente pelo juiz federal Sérgio Moro no dia 11 de setembro. Em ofício expedido hoje (27), o magistrado responsável pela Operação Lava Jato determinou que a Polícia Federal (PF) tome as providências necessárias para escoltar Lula até a sede da Justiça Federal no Paraná.

Caso permaneça preso até lá, será a primeira vez que o ex-presidente deixará a cela da Superintendência da PF, em Curitiba, desde sua prisão, em 7 de abril. Lula cumpre pena de 12 anos e um mês pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do apartamento triplex em Guarujá (SP).

A prisão do petista foi determinada por Moro, que ordenou a execução provisória da pena após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que autorizou prisões após o fim dos recursos na segunda instância da Justiça.

Moro vai interrogar Lula a respeito das denúncias de um outro processo, envolvendo a suspeita de que Lula seria o verdadeiro dono de um sítio em Atibaia (SP). O Ministério Público Federal (MPF) acusa o ex-presidente de estruturar, orientar e comandar um esquema ilícito de pagamento de propina em benefício de partidos, políticos e funcionários públicos.

Lula também deve ser interrogado em um outro processo, relativo à Operação Zelotes, na qual o ex-presidente e seu filho são acusados de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa, suspeitos de integrarem um esquema que vendia a promessa de interferências no governo federal para beneficiar empresas.

(Agência Brasil)

Governo entrega primeira etapa do Residencial Yolanda Queiroz

Nesta quinta-feira, ás 9 horas, o governador Camilo Santana (PT) vai entregar a primeira etapa do Residencial Dona Yolanda Vidal Queiroz, no bairro Edson Queiroz. Ao todo, o residencial terá 1.080 moradias e abrigará as famílias originárias da área de risco do mangue do Rio Cocó e da Comunidade do Dendê. Serão entregues nesta etapa, 528 unidades habitacionais.

A obra foi executado por meio da Secretaria das Cidades e tem investimento de R$ 41,3 milhões proveniente do programa Pró-Moradia através do Ministério das Cidades, em parceria com a Caixa Econômica Federal e contrapartida do Estado de R$ 2.065.271,62.

O Residencial possui apartamentos mistos, ou seja, unidades preparadas para funcionarem como residência e ponto comercial. Serão entregues, nesta 1ª etapa, 528 unidades habitacionais, sendo 476 apartamentos padrão, 16 apartamentos adaptados para pessoas com deficiência e 36 apartamentos mistos. Os moradores do residencial terão acesso a infraestrutura adequada com de sistema viário, iluminação pública e sistema de abastecimento de água e de esgotamento sanitário. Serão entregues também as áreas de lazer com praças, bancos e mesas, arborização, playground, uma pista de skate, equipamentos de ginástica, uma quadra de vôlei de praia e um pátio aberto com piso industrial.

Defensoria Pública discutirá com moradores transtornos provocados por obras do VLT

O Núcleo de Habitação e Moradia (Nuham) – da Defensoria Pública do Ceará, vai promover, a partir das 13h30min desta quinta-feira, uma audiência pública com o objetivo de discutir os transtornos decorrentes das obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

O encontro, que ocorrerá na sede da Defensoria Pública, congregará os moradores das comunidades afetadas (Jangadeiro, Lagamar, Mucuripe, Pio XII e Rio Pardo) com os poderes públicos e responsáveis pelas obras.

Além de moradores das localidades afetadas, estão convidados ainda representantes dos escritórios de Direitos Humanos Frei Tito e Dom Aloísio Lorscheider, da Secretaria da Infraestrutura do Estado (Seinfra) e da Prefeitura (Seinf), da Defensoria Pública da União, do Ministério Público, da Câmara Municipal e da Assembleia Legislativa.

(Foto – Divulgação)