Blog do Eliomar

Categorias para Política

Kassab descarta uso de dinheiro público para salvar a Oi

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, descartou hoje  (31) o uso de recursos do governo federal para socorrer a empresa de telefonia Oi.

“Não há a menor hipótese de o governo colocar recursos públicos. Melhor será se não houver intervenção do governo. Porém, a Anatel [Agência Nacional de Telecomunicações] está se preparando para uma possível intervenção, porque é um dever do Estado, caso seja necessário”, disse Kassab. A Oi tem dívidas acumuladas que somam cerca de R$ 65 bilhões e passa por um processo de recuperação judicial.

O ministro fez a declaração durante a solenidade comemorativa dos 20 anos de criação da Anatel. Com sede em Brasília e com unidades regionais, a agência foi criada em 1997, por meio da Lei 9.472 (Lei Geral de Telecomunicações), com a finalidade de ser o órgão regulador das telecomunicações no Brasil. A Anatel conta com 1,5 mil servidores.

“Desde quando foi criada, até aqui, a Anatel se mostrou eficaz não somente para viabilizar o serviço de telefonia fixa, mas também para atrair investimentos essenciais para popularização do serviço móvel e a introdução do serviço de internet no país”, destacou o presidente da agência reguladora, Juarez Quadros.

O Brasil é o quinto maior mercado de telecomunicações do mundo. O montante gerado pelo setor corresponde a 4% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil.

(Agência Brasil)

Heitor Férrer propõe criação de uma comissão especial para apurar o ISGH

391 1

Nesta terça-feira, o deputado estadual Heitor Férrer (PSB) propôs, na Assembleia Legislativa, a formação de uma comissão especial de parlamentares para investigar as contas do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH). Em pronunciamento, Heitor cobrou uma posição da Casa quanto “ao escândalo” envolvendo o desvio de recursos na compra de medicamentos pela Secretaria de Saúde do Estado.

Disse Heitor: “A função primordial do Poder Legislativo nos tempos atuais deve ser a de fiscalização dos atos do Poder Executivo. Essa matéria que a imprensa veiculou sobre a compra irregular de medicamentos no estado do Ceará envolvendo R$ 48 milhões é muito grave. O Poder Legislativo passa incólume nesse processo, como se não fosse ele o Poder pago para proteger o cidadão desses desvios”, disse o párlamentar.

Heitor lembrou que desde 2010 pede a investigação do ISGH ao Ministério Público Estadual e ao TCE. Chegou a comparar o Instituto à Lava-Jato. Durante o governo de Lúcio Alcântara, o ISGH gerenciava apenas o Hospital Waldemar de Alcântara, com orçamento inicial de R$ 18 milhões, mas ao longo do governo de Cid Gomes passou a receber 30% dos recursos da Secretaria de Saúde, chegando a cifra de R$ 458 milhões.

“À época, aquilo me intrigava, e eu busquei auxílio do próprio Poder Legislativo. Denunciei o fortalecimento dessa instituição e pedi uma CPI, em junho de 2015. Não logrei êxito na minha pretensão de investigar. Quando o governo cria uma escudo, é porque não resiste a investigação. Isso de certa forma é um atestado de confissão de culpa”, disse.

Diante da dificuldade de instalação de uma CPI, Heitor propôs a criação de uma comissão especial composta pelos deputados de oposição para irem aos órgãos responsáveis pela investigação em busca de auxílio para que a Assembleia conheça a intimidade das contas do ISGH.

“CPI é uma ilusão nossa. Basta contar nos dedos que talvez a gente reúna nove assinaturas das 16 necessárias. Já que à época não tivemos condições de investigar a intimidade desse volume de dinheiro que foi transferido, temos condição agora com o trabalho que já foi feito pelo Ministério Público de Contas, Ministério Público Estadual e Polícia Civil”, complementou Férrer.

Servidores do TCE querem um técnico para a vaga de conselheiro

A Associação de Servidores do Tribunal de Contas do Ceará reforçou a campanha pela escolha de um conselheiro técnico para a vaga aberta com a aposentadoria de Teodorico Menezes. Em assembleia geral, a categoria decidiu apoiar o nome de Itacir Todero, servidor concursado integrante do quadro efetivo da Corte de Contas.

O presidente da associação, Henrique Cardoso, diz que a escolha dos servidores pelo nome de Todero leva em conta o fato dele ter sido aprovado em rigoroso concurso público e já contar com a experiência de 10 anos de trabalho no dia a dia do TCE, substituindo os conselheiros.

Na disputa pela vaga, está o também conselheiro Ernesto Saboya, que é apontado como o favorito do governo do Estado.

(Foto – Sara Maia)

Presidente do Banco Central diz que economia está em recuperação

O presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfjan, disse hoje (31) que a redução da inflação, a queda na taxa de juros e a melhoria das condições do mercado de crédito têm propiciado a recuperação da economia brasileira.

“Após dois anos de recessão, o conjunto recente dos indicadores de atividade econômica mostra sinais compatíveis com a recuperação atual da economia brasileira. Depois de um crescimento de 1% no primeiro trimestre, no segundo semestre, subiu 0,2%, e o consumo cresceu 1,4% no segundo semestre. Foi o primeiro resultado positivo do consumo desde 2014”, destacou Goldjfan em audiência na Comissão Mista de Orçamento (CMO).

Goldfjan ressaltou que a inflação no país deve alcançar o patamar de 4,3% em setembro do ano que vem, taxa ainda abaixo da meta atual de 4,5% ao ano. “Em 12 meses, a inflação acumulada é apenas 2,5%. Ao longo dos próximos meses, até dezembro, acredito que vai chegar em 3,2% e, em setembro de 2018m a 4,3%. A meta do Banco Central é 4,5%. A perspectiva é que, de uma inflação baixa hoje, de 2,5%, devagarzinho vá voltando para a meta. O mais importante é que a inflação sai de quase 11% para 2,5%.”

Segundo Goldfjan, o processo de flexibilização monetária continuará dependendo da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e possíveis reavaliações das estimativas de ciclos e projeções das expectativas de inflação.

“Uma vez que a inflação cai, o juros caem. A taxa Selic, que estava em 14,25%, caiu para 7,5%. A última queda foi de 0,75 ponto percentual, que foi adotada na reunião da semana passada. Para a próxima reunião do Copom, caso o cenário básico evolua conforme o esperado, o comitê vê, nesse momento, como adequada uma redução moderada na magnitude da flexibilização monetária”, destacou.

O presidente do BC reiterou a importância das reformas para a manutenção da recuperação da economia brasileira. Nesta manhã, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, também defendeu o pacote de ajuste fiscal do governo, em audiência na Comissão de Assuntos Econômicos, do Senado.

“Nesse sentido, quero ressaltar que a continuidade dos ajustes e reformas, em particular, da reforma da Previdência. É importante para o equilíbrio da economia, com consequências favoráveis para a inflação, a queda da taxa de juros estrutural e para recuperação sustentável da economia brasileira”, concluiu.

Cenário externo

Na audiência, o presidente do Banco Central fez também um balanço do cenário internacional para contextualizar o atual momento econômico do país. “Nos últimos tempos, o cenário internacional, de forma geral, tem sido favorável a economias emergentes e ao Brasil. A atividade econômica mundial está melhorando, está se criando emprego nos principais países e, ao mesmo tempo, não temos uma pressão em demasia das condições financeiras das economias avançadas”, disse.

“A economia global está crescendo e os juros se mantêm relativamente baixos. Isso contribui para manter o apetite ao risco em relação às economias emergentes, proporcionando um ambiente mais sereno no mercado de ativos brasileiros”, acrescentou.

(Agência Brasil)

Ministério Público e Polícia Civil fazem operação na Câmara Municipal de Acarape

O Ministério Público do Estado do Ceará, com apoio da Polícia Civil, cumpri, nesta tarde de terça-feira, mandado de busca e apreensão na Câmara Municipal de Acarape. A informação é da assessoria de imprensa do MPCE.

A medida, requerida pela Promotoria de Justiça da Comarca de Acarape e deferida pela juíza titular da Comarca, objetiva apurar a contratação de servidores fantasmas pela Câmara Municipal.

“Além disso, há indícios de falsificação de um Decreto Legislativo, supostamente datado de janeiro de 2017, com a finalidade de camuflar irregularidades e ludibriar as investigações”, destaca o promotor de justiça André Zech Sylvestre, titular da Promotoria de Justiça da Comarca de Acarape.

Ministro do STJ mantém prisão de Joesley e Wesley Batista

269 1

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Rogério Schietti Cruz, negou hoje (31) pedido de liberdade feito pela defesa dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da J&F. Os dois estão presos preventivamente por uma decisão da Justiça Federal em São Paulo.

No processo, os acusados respondem pelo crime de insider trading (informação privilegiada), sob a suspeita de usarem informações obtidas por meio de seus acordos de delação premiada para venderem e comprarem ações da JBS no mercado financeiro.

Na decisão, o ministro entendeu que a prisão preventiva dos acusados é necessária para assegurar o prosseguimento das investigações. Segundo Schietti, mesmo assinando acordo de delação premiada, Joesley e Wesley continuaram a praticas atividades ilícitas.

Além do processo sobre a venda das ações, Joesley tem outro mandado de prisão expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Em setembro, a prisão por tempo indeterminado foi requerida pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, após a anulação da imunidade penal que foi concedida por ele. O procurador concluiu que Joesley omitiu informações da Procuradoria-Geral da República (PGR) durante o processo de assinatura do acordo de delação premiada.

(Agência Brasil)

Prefeitura deve ceder área para construção da nova sede do Sindojus

A Prefeitura de Fortaleza deverá ceder uma área na avenida Washington Soares para que o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Estado (Sindojus) construa sua nova sede. O assunto foi tratado nesta terça-feira entre o prefeito Roberto Cláudio e a diretoria da entidade.

O encontro foi articulado pelo vereador Iraguassu Filho(PDT).

Nesta quarta-feira, uma pauta do Sindojus será discutida com a Procuradoria Geral do Município em torno de um fundo especial para que os oficiais de justiça possam cobrir despesas. O prefeito falou nessa ocasião.

 

Assembleia Legislativa aprova projeto que reestrutura o Poder Judiciário

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta terça-feira, em sessão das mais demoradas, a mensagem de nº 73/17, que trata da reestruturação do Poder Judiciário cearense. A matéria previa fusão e extinção de comarcas no Interior e na Capital e foi aprovada pelo placar de 21 votos a favor e 8 contrários. No projeto, os Juizados Criminais que eram dois aumentarão para 4.

O projeto de n° 73/17, foi aprovado com 31 emendas. Foram seis emendas do deputado Audic Mota (PMDB), quatro do deputado Sérgio Aguiar (PDT), três da deputada Augusta Brito (PCdoB), três do deputado Moisés Braz (PT), duas do deputado Elmano Freitas (PT), duas do deputado Capitão Wagner (PR) e uma emenda de cada um dos seguintes deputados: Agenor Neto (PMDB), Mirian Sobreira (PDT), Carlos Felipe (PCdoB), Manoel Duca (PDT), Antônio Granja (PDT), Evandro Leitão (PDT), Dr. Santana (PT), Nizo Costa (PSDC), João Jaime (DEM), Tin Gomes (PHS) e Zezinho Albuquerque (PDT).

O texto original da matéria trata do rezoneamento do território do Estado, para fins de organização judiciária, com base na divisão estabelecida pela Lei Complementar n° 154, de 2015, ampliando de nove para 14 zonas judiciárias, correlatas às regiões de planejamento; criação de 17 novas unidades judiciárias nas entrâncias inicial, intermediária e final, cumprindo mandamento do artigo 93 da Constituição Federal, definindo, assim, que o número de juízes na unidade jurisdicional seja proporcional à efetiva demanda judicial e à respectiva população.

O projeto recebeu 131 emendas, com aprovação de 31. As emendas aprovadas preveem, entre outras medidas, a ampliação do número de unidades judiciárias,  alteração da entrância de comarcas existentes, manutenção como comarca sede de algumas unidades que haviam sido transformadas em vinculadas pelo projeto do Judiciário, como o caso da Comarca de Cruz.

O projeto segue agora para sanção do Poder Executivo e publicação no Diário Oficial.

Emendas ao projeto

– Criação da 4ª Vara da Comarca de Iguatu e da 2ª Vara da Comarca de Trairi;
– Comarca do Crato passa a ser classificada como Entrância Final;
– Altera a competência dos Juizados Especiais de Fortaleza, ficando 20 unidades para cuidar de processos cíveis e quatro para as ações criminais.

Principais pontos

Maracanaú, Sobral e Juazeiro do Norte ganharão Varas da Infância e da Juventude. Atualmente, somente Fortaleza e Caucaia contam com unidades privativas dessa área. A criação trará benefícios para as crianças e adolescentes, cujos processos serão analisados por juízes exclusivos, ou seja, cuidarão somente de ações como destituição do poder familiar, adoção e medidas socioeducativas aplicadas aos jovens em conflito com a lei.

As três comarcas acima referidas terão ainda uma segunda Vara de Família e Sucessões. Já Caucaia, será beneficiada com a criação do segundo Juizado Especial Cível e Criminal e da Fazenda Pública. Além disso, aumentou de nove para 14 zonas judiciárias.

OAB

A OAB do Ceará acompanhou a votação e gostou do resultado, que não extinguiu as comarcas estipuladas pelo Poder Judiciário.

Senado devolve para a Cãmara projeto que regulamenta os aplicativos como o Uber

O Senado deve devolver Projeto de Lei Complementar 28/2017, que regulamenta os aplicativos de transporte Uber, Cabify e 99, de autoria do deputado federal Carlos Zaratini (PT-SP), para a Câmara dos Deputados. Isso porque, pressionado pelos motoristas dos aplicativos e sem acordo com o Governo Federal de que haverá vetos, os senadores devem aprovar emendas ao PLC, obrigando matéria a voltar para a outra Casa.

Entre as mudanças das emendas, estão o fim da obrigatoriedade da placa vermelha e do emplacamento dos veículos em nome do motorista do aplicativo. O relator de plenário será o senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) e não mais o senador Acir Gurgacz (PDT-RO), que vinha tentando o acordo das emendas de redação, para atender aos taxistas e impedir o retorno a Câmara.

Governo é interessado no retorno do projeto à Câmara, para não ter de enfrentar desgaste de vetar partes do projeto. Líder do governo no Senado,Romero Jucá (PMDB-RR), nega que haja acordo para sancionar ou vetar projeto. “O governo não está participando dessa negociação”, disse.

(Com Agências)

Em Fortaleza, Levy Fidelix confirma que disputará de novo a presidência da República

Quem esteve em Fortaleza, nesse começo de semana, foi o presidente nacional do PRTB, Levy Fidelix. Aqui, manteve reuniões com a direção estadual e municipal do partido.

Fidelix confirmou para o Blog que já está como pré-candidato a presidente da República em 2018.

Ele deixou a Capital cearense nas últimas horas.

Vereador quer Prefeitura comprando armas para a Guarda Municipal

O vereador Soldado Noelio (PR) apresentou duas emendas ao Plano Plurianual da gestão do prefeito Roberto Cláudio (PDT) para o quadriênio 2018/2021. Uma delas prevê a aquisição de duas mil armas de fogo para equipar a Guarda Municipal. Ele propõe a compra gradual de 500 armas por ano.

A outra emenda reivindica aporte financeiro para a formação de 500 agentes da Guarda Municipal, por ano,  que deverá portar a arma de fogo.

Soldado Noélio sugere para a compra e treinamento dos guardas que o valor a ser investido deverá ser retirado da recursos destinados á área de publicidade.

(Foto – Divulgação)

MEC libera R$ 1,47 bilhão para o Fies e beneficia mais de um milhão de universitários

O Ministério da Educação liberou nesta segunda-feira, 30, R$ 1,47 bilhão para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os recursos serão repassados para o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia que atua como agente operador do programa, e destinados à recompra de certificados do Tesouro Nacional pertencentes às entidades mantenedoras de instituições de ensino superior com adesão ao Fies. A verba contempla cerca de 1,2 milhão de alunos, informa o site do MEC.

O FNDE efetua o pagamento dos encargos educacionais às mantenedoras de instituições de ensino. Esses encargos se referem às operações de financiamento realizadas por meio de repasses de títulos da dívida pública, os Certificados Financeiros do Tesouro – Série E (CFT-E), que são utilizados prioritariamente para a quitação de tributos fisco-previdenciários.

“O Fies é uma das ações estruturantes do MEC para o acesso da população à educação superior”, observa o coordenador-geral de finanças da Subsecretaria de Planejamento e Orçamento do MEC, Waslei José da Silva. “Com essa liberação financeira, mantemos a regularidade dos pagamentos dessa ação que atende, anualmente, centenas de milhares de estudantes brasileiros por meio da oferta de financiamento de cursos em instituições privadas.”

Com essa liberação, o MEC mantém o cronograma de repasses para o Fies. Depois de quitados os tributos fisco-previdenciários, o saldo remanescente de títulos pode ser recomprado pelo Fies e os recursos financeiros creditados em conta corrente aberta especificamente para esse fim.

Camilo e Cid e as costuras eleitorais do Interior

O deputado estadual Bruno Pedrosa (PP) esteve reunido com o governador Camilo Santana (PT) e o ex-governador Cid Gomes (PDT). Na agenda, o cenário político estadual e nacional.

“Foi muito proveitosa e animada a conversa que contou com a presença do companheiro de Quixeramobim, João Paulino”, disse para o Blog o parlamentar.

Camilo e Cid já estão costurando acordos nos municípios. Com direito a obras, é claro.

(Foto – Gabinete de Bruno Pedrosa0

O Ceará de Camilo Santana

Com o título “Ceará XXI”, eis artigo do superintendente estadual do Sebrae, Joaquim Cartaxo. Ele destaca a conquista de investimentos da área da infraestrutura e comunicação de dados, pelo governo estadual. Confira: 

O Estado do Ceará pousou no século XXI, pilotado pelo governador Camilo Santana (PT), por meio dos projetos de logística portuária e aeroviária; de infraestrutura e comunicação de dados; de produção de conhecimento tecnológico para área da saúde.

Logística portuária. Quando assinou, em 2017, o memorando de entendimento entre o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) e o Porto de Roterdã, considerado um dos principais equipamentos mundiais em movimentação de carga, o governador conectou o Ceará à economia global do século XXI.

Logística aeroviária. Irá se instalar no Ceará, na capital Fortaleza, o centro de conexões aeroviárias da Air France-KLM/ Gol que possibilitará voos diretos para Paris e Amsterdã e, consequentemente, intenso incremento nos circuitos turísticos cearenses.

Infraestrutura e comunicação de dados. Em agosto de 2017, foi lançado o South Atlantic Cable System, a primeira rede de cabos submarinos de fibra ótica conectando a África ao Brasil, diretamente, cuja obra será liderada pela Angola Cables e reforçará a posição do Ceará como polo nacional de infraestrutura e comunicação de dados.

Conhecimento científico. Polo Tecnológico e Industrial da Saúde do Eusébio possui como âncora a Fiocruz, no qual funcionará a primeira fábrica de vacina de base vegetal da América Latina sob a responsabilidade do Instituto Bio-Manguinhos, posicionando o Ceará na vanguarda da produção tecnológica em saúde.

O que os pequenos negócios têm a ver com isso?

Esses projetos impactarão positivistamente o ecossistema socioeconômico cearense, gerando mais empregos, renda, receita pública e novas oportunidades de negócio a partir de suas respectivas cadeias de valor.

Assim sendo, são incomensuráveis as possibilidades de encadeamentos produtivos formados por empresas âncoras e pequenos negócios como fornecedores de bens e serviços, os quais já são responsáveis por quase 1/3 do PIB e 58,7% dos empregos formais do Ceará.

*Joaquim Cartaxo

cartachojoaquim@bol.com.br

Arquiteto urbanista e superintendente do Sebrae/Ceará.

A Fortaleza das ocupações irregulares

Há uma ocupação irregular na alça do viaduto da Avenida Padre Pedro de Alencar, em Messejana. No local, até casas de alvenaria apareceram da noite para o dia. Quem não aparece é a fiscalização.

Por falar em ocupação, quem vai ao Aeroporto internacional Pinto Martins contempla uma vila de casas de alvenaria e até bangalôs. Foi resultado de ocupação feita durante uma campanha eleitoral para a  Prefeitura de Fortaleza.

O caso tramita na Justiça até hoje. Sem qualquer solução.

Servidores municipais farão protesto contra restrições de serviços do IPM

189 1

Categoria vive clima de mobilização para o ato.

O Sindifort, que representa servidores e empregados públicos de Fortaleza, vai realizar um protesto nesta quarta-feira, a partir  8 horas, em frente à sede do Instituto de Previdência do Município (IPM). Um dos motivos centrais do protesto é a restrição constante dos serviços do IPM Saúde pela gestão do prefeito Roberto Cláudio (PDT).

Diariamente, segundo a entidade, vários servidores e seus dependentes estão ficando sem poder marcar consultas e exames. Os casos de internamento e a realização de cirurgias são mais difíceis ainda, sendo que o Sindifort já teve de entrar na Justiça para garantir, em várias ocasiões, o direito de servidores em situação crítica.

A entidade também entrou com uma representação junto ao Ministério Público Estadual (MPCE), que instaurou inquérito civil público contra o IPM.

A categoria aproveitará para cobrar do prefeito Roberto Cláudio reajuste salarial e completará o ato protestando contra o Governo Michel Temer.

(Foto – Divulgação)

Médico Fernando façanha é reeleito presidente do PSDB de Fortaleza

Médico Fernando Façanha foi reconduzido.

Definido o novo diretório municipal do PSDB de Fortaleza, que cumprirá mandato no período de novembro de 2017 a maio de 2019. A eleição ocorreu nessa noite de segunda-feira.

Eis a nova executiva:

Presidente: Fernando Façanha (reconduzido);
Vice-presidente: Paulo Angelim;
Tesoureiro: Pedro Matos;
Secretário: Stélio Frota;

*Vogais: Alri Nogueira e Luiz Gastão Bittencourt.

Lúcio Funaro diz que pagou despesas e desafia Cunha a teste em detector de mentiras

O corretor de valores Lúcio Funaro afirmou hoje (31) ter pago despesas milionárias para Eduardo Cunha e desafiou o deputado cassado a passar, junto com ele, por um teste em um aparelho detector de mentiras, como uma maneira de comprovar que diz a verdade perante a Justiça.

Funaro, que foi interrogado em Brasília na ação penal da Operação Sépsis, ficou irritado com as perguntas tidas como repetitivas do advogado de Cunha Délio Lins e Silva Júnior e, antes de encerrar seu depoimento, disse que estava disposto a se submeter a um polígrafo, equipamento de detecção de mentiras, para repetir as acusações que fez contra o ex-deputado.

“Estou à disposição para fazer um teste de polígrafo junto com o deputado Eduardo Cunha para acabar com esse negócio de que sou mentiroso”, afirmou Funaro com a voz elevada. Sentado de frente para seu ex-operador financeiro, Cunha se manteve calado e não esboçou reação.

Nesta terça-feira, Funaro disse ter pago centenas de despesas em nome do ex-deputado ao longo dos últimos 15 anos, incluindo dez carros de luxo, entre eles uma BMW e um apartamento em São Paulo.

O ex-operador financeiro de Cunha afirmou ter como provar suas declarações. “Tenho como provar como gerei o dinheiro, como paguei, que eu paguei o advogado dele na Suíça, tenho todas essas provas. Aí eu quero ver como ele vai negar”, disse. “O deputado Eduardo Cunha alugou um flat na mesma rua que a minha para pegar dinheiro no meu escritório, levar pro flat e de lá distribuir dinheiro de propina”, acrescentou.

Após o interrogatório de Funaro, Cunha deu uma breve declaração aos jornalistas, voltando a negar todas as declarações de seu ex-operador-financeiro. “[Ele não disse] nada do que já foi falado, ele tem que sustentar a mentira dele”, afirmou.

As audiências da ação penal resultante da Operação Sépsis tiveram início na semana passada. Além de Funaro, já foram interrogados Fábio Cleto, ex-vice-presidente da Caixa, e Alexandre Margotto, ex-funcionário de Funaro. Ainda deve ser ouvido o ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves. Todos são réus no processo. O interrogatório de Cunha na ação está marcado para a próxima segunda-feira (6).

Operação Sépsis

A Operação Sépsis investiga desvios na vice-presidência de Fundos de Governo e Loterias da Caixa Econômica Federal, responsável pela operacionalização do Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FI-FGTS), cujos aportes precisam ser aprovados pelo conselho curador do FGTS, composto por 12 membros.

Segundo as investigações, uma organização criminosa comandada por Cunha e operada por Funaro e Cleto negociava com empresas interessadas a liberação de aportes milionários do FI-FGTS, em troca do pagamento de propina para campanhas políticas do PMDB.

(Agência Brasil)

Presidente do BNDES filia-se ao PSC e deve disputar a presidência

O presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, gravará no próximo sábado (4) a propaganda partidária do PSC, que vai ao ar em 21 de novembro. A informação é da Coluna Painel, O mote da peça será o de que o país precisa se modernizar e entender as necessidades de cada brasileiro.

Rabello se filiou ao PSC neste mês. O partido aposta nele como pré-candidato ao Planalto em 2018. A aliados, o economista não nega a pretensão de disputar as eleições. As conversas com a sigla ocorrem desde que ele era chefe do IBGE.