Blog do Eliomar

Categorias para Política

Deputado bolsonarista quer transformar Sítio de Atibaia em museu

562 1

O deputado Major Olímpio (PSL/SP), um dos líderes da tropa de choque bolsonarista, quer criar o Museu Nacional de Combate à Corrupção. Ele apresentou a proposta à Câmara através de um projeto de lei e já até escolheu o local: o Sítio de Atibaia.

Olímpio pede que o sítio, reformado pela Odebrecht para torná-lo mais adequado à família Lula da Silva, seja confiscado em favor da União e que bens ilícitos decorrentes de processos de corrupção sejam levados para o museu para integrarem o seu acervo.

Caso o projeto de lei seja aprovado, a responsabilidade pelo museu será do Ministério da Cultura.

(O Globo)

Por Lula, Luizianne admite desafiar Camilo Santana

790 2

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta quarta-feira:

A deputada federal Luizianne Lins (PT) voltou a admitir ir à convenção estadual do PT e disputar o direito de postular o Governo, caso Camilo Santana decida trocar o apoio a Lula por Ciro Gomes, o presidenciável do PDT. “O Camilo é filiado ao PT e, por maiores que sejam seus vínculos com a família Ferreira Gomes, não se admite que ele não apoie a candidatura de Lula à presidência.”, expõe a parlamentar.

Luizianne lembra que há uma orientação da Executiva Nacional do PT, da qual faz parte, definindo como a prioridade nas eleições deste ano a candidatura de Lula. “Esperamos que Camilo apoie Lula. Caso o Camilo não apoie o ex-presidente, estaremos dispostos a disputar prévias com ele dentro do PT para assegurar palanque para Lula no Ceará”, avisa Luizianne.

Resta saber se essa mesma tese é também do deputado federal José Nobre Guimarães que, com Luizianne, controla o petismo estadual.

Bolsonaro ultrapassa Lula e dispara no Rio Grande do Sul

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) aparece à frente de seus adversários no Rio Grande do Sul. É o que mostra um levantamento inédito do Instituto Paraná. Pela primeira vez, Bolsonaro bate Lula na corrida. A informação é da Veja Online.

O primeiro tem 28,1% dos votos, contra 20,5% do petista. Neste cenário, Ciro Gomes (6,9%), Marina Silva (6,9%) e Alvaro Dias (6,8%) estão empatadas na terceira posição.

Sem o ex-presidente na disputa, o caminho está ainda mais aberto para o deputado. Ele é preferência de 29,4%, contra 9,9% de Ciro Gomes e Marina Silva.

Como se não bastasse, 34,2% dos gaúchos revelam preferência de voto por um candidato apoiado por militares, contra 20% de alguém apoiado pelo empresariado e 17,3% com a chancela de Lula.

DETALHE – A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o n.º BR- 03366/2018.

Ciro quer parceria com PSB porque partido não tem candidato

Em meio a rumores de que negocia uma aliança com partidos de centro como o PP e o DEM para as eleições, o pré-candidato à Presidência, Ciro Gomes, declarou ontem que a prioridade dada ao PSB na discussão de uma coligação se dá “pelo simples fato de o partido não ter candidato” e que é preciso respeitar as legendas com pré-candidaturas lançadas.

“A prioridade, pelo mero fato, sem desmerecer ninguém, é o PSB, pela circunstância simples e somente ela de o PSB não ter candidato”, disse Ciro, que participou de um encontro promovido pela Forca Sindical na capital paulista. “O PCdoB, que tem candidato, cai na mesma reflexão. Adoraria ter apoio deles, mas eles lançaram a Manuela (d’Ávila)”, completou.

Ciro não deixou de acenar para o DEM, que lançou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Questionado sobre a viabilidade de um acordo com grupos que apoiaram medidas que já prometeu trabalhar para revogar, se eleito, como a reforma trabalhista e o teto dos gastos, o presidenciável afirmou que tal passo é uma necessidade do próximo governante.

“Quem quiser governar bem o Brasil tem que ser capaz de unir diferentes forças e concepções em torno de um único projeto de desenvolvimento”, disse. “Maia é velho amigo, não acho que haveria dificuldade em estabelecer entendimento”, complementou.

Ciro reiterou, no entanto, que não há negociação neste momento com o grupo capitaneado por PP e o DEM. “O que existe é um ambiente de muita fofoca, muita intriga”, minimizou.

(Agência Estado)

Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo serão julgados na próxima terça-feira

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) marcou para a próxima terça-feira (19) o julgamento da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), do ex-ministro Paulo Bernardo e do empresário Ernesto Kugler Rodrigues, ligado ao casal. Na semana passada, o ministro Celso de Mello, revisor da Lava Jato no STF, liberou o caso para julgamento. Nesta terça (12), o ministro Ricardo Lewandowski, presidente da Segunda Turma, marcou a sessão destinada à análise do caso. A informação é do Portal G1.

Segundo a acusação do Ministério Público, os três, “agindo de modo livre, consciente e voluntário”, pediram e receberam R$ 1 milhão desviados do esquema de corrupção que atuava na Petrobras.

O dinheiro, ainda de acordo com a denúncia, teria sido direcionado para campanha eleitoral de Gleisi em quatro parcelas de R$ 250 mil.

O repasse teria sido realizado, segundo a Procuradoria Geral da República (PGR), por meio de empresas de fachada do doleiro Alberto Youssef contratadas pela Petrobras. Ainda conforme a PGR, os recursos foram liberados pelo ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa, cujo objetivo seria obter apoio político de Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo para se manter no cargo.

Versões

À época em que Gleisi e Paulo Bernardo se tornaram réus no Supremo, a defesa da senadora negou os crimes e apontou supostas divergências entre as declarações de Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef nas delações premiadas, especialmente em relação ao modo como o dinheiro teria sido repassado.

A defesa de Paulo Bernardo também rebateu a acusação, alegando que não teria sido provada interferência do ex-ministro para manter Paulo Roberto no cargo de diretor na Petrobras.

(Foto – Agência Brasil)

Sergiio Moro abre mão, pela primeira vez, de julgar um processo da Lava Jato

O juíz federal Sergio Moro, que é o responsável pelos processos da Lava Jato em primeira instância, abriu mão pela primeira vez de julgar um caso referente ao inquérito. Ele declarou a não competência para julgar uma ação penal referente à 48ª fase da operação. Essa etapa apura se uma concessionária de pedágio do Paraná pagou propina a agente públicos.

Moro alegou que o caso não tem relação com a Petrobras ou o Setor de Operações da Odebrecht, focos principais da operação. O magistrado afirmou ainda haver uma sobrecarga na 13ª Vara Federal. O caso agora ficará a cargo do juíz Paulo Sérgio Ribeiro, da 23ª Vara Federal de Curitiba.

(Com Agências)

Adiada votação de parecer sobre teto salarial do funcionalismo

O relator do projeto de lei que regulamenta o teto do funcionalismo público (PL 6726/16), deputado Rubens Bueno (PPS-PR), apresentou nessa terça-feira (12) o parecer com regras para impedir o pagamento de salários acima do teto constitucional a servidores públicos. Apesar da apresentação do relatório, a votação do parecer na comissão, que analisada o tema, foi adiada após pedido de vista coletiva pelos deputados.

“Esse é o objetivo do relatório: acabar com excessos e trazer o teto remuneratório, fica fora do teto aquilo que estabelece a Constituição e a Consolidação das Leis do Trabalho [CLT], fora isso, tudo dentro do teto. Acabando definitivamente com aquilo que chamamos de um paraíso onde cada mundo é o seu. O poder público é um só, deve ser único e definitivo para todos aqueles que prestam serviço ao povo brasileiro”, disse Rubens Bueno.

Atualmente, o limite de remuneração do serviço público é o subsídio de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), de R$ 33.763. No entanto, há categorias de servidores que recebem valor acima do teto ao incorporar gratificações e auxílios ao salário. A estimativa de Rubens Bueno é de que a proposta gere uma economia de R$ 2,3 bilhões por ano aos cofres públicos.

“Nesse relatório estão incluídos todos os auxílios que digam respeito ao serviço público brasileiro, em todas as esferas, em todos os poderes, para colocar um basta em todos os privilégios e abusos que vem acontecendo ao longo do tempo”, afirmou o deputado. A data da votação será definida pelo presidente do colegiado, deputado Benito Gama (PTB-BA). Após a apreciação na comissão, a proposta será analisada pelo plenário da Câmara.

Pelo texto apresentado, será crime, com pena de detenção de dois a seis anos, a inclusão de outras verbas, além do teto, sem amparo legal. A matéria estabelece ainda a criação de sistema único, pela União, para controle da aplicação do teto, por meio do número do CPF. A medida visa garantir que todos os servidores submetidos ao limite salarial tenham os vencimentos controlados individualmente.

(Agência Brasil)

Ministro do STJ nega mais um recurso de Lula

914 2

O ministro Felix Fischer, relator da Lava Jato no Superior Tribunal de Justiça (STJ), decidiu hoje (12) rejeitar mais um pedido feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Desta vez, o ministro negou pedido para que Lula seja solto e aguarde em liberdade até que o tribunal julgue o recurso contra a condenação. Ao decidir o caso, Fischer entendeu que o recurso protocolado não tem o poder de suspender a sentença.

Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 7 de abril, por determinação do juiz Sérgio Moro, que ordenou a execução provisória da pena de 12 anos e um mês de prisão pelo crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do tríplex em Guarujá (SP).

A defesa do ex-presidente alegou no STJ que Lula é pré-candidato à presidência da República e pode ter seus direitos políticos cerceados em função da proximidade das eleições.

(Agência Brasil)

TRE do Ceará cadastra 10 mil mesários para as próximas eleições

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará contabiliza, segundo a assessoria de imprensa do órgão, 10 mil eleitores cadastrados no novo sistema de convocação de mesários, o Convoca-E. Essa ferramenta permitirá aos cartórios eleitorais de todo o Estado convocar os colaboradores (mesários e auxiliares de eleição) por meio de endereço eletrônico (e-mail), previamente informado pelo eleitor. O número de eleitores cadastrados ainda é pequeno, pois no Ceará atuarão 86 mil mesários no próximo pleito.

Quem já trabalhou em eleições anteriores, precisa entrar no site do TRE (www.tre-ce.jus.br), e preencher o Formulário de autorização de convocação eletrônica.

A partir de 6 de julho, a Justiça Eleitoral enviará, para os colaboradores cadastrados, um email, sem links, com a convocação. O eleitor deverá acessar o site do TRE e digitar o código de autenticação constante do email recebido. Desta forma, a convocação será validada.

Sem despesas

O Convoca-E promete agilizar a convocação dos mesários e colaboradores e diminuirá também as despesas com o envio de cartas pelos Correios. O Sistema possui uma interface simples de operar e tem dois módulos: um interno, para o controle das zonas eleitorais, que gerenciarão todos os cadastros realizados pelos eleitores a serem convocados; e outro externo, à disposição dos eleitores que desejarem autorizar e receber a convocação eletrônica. Este, pode ser acessado por qualquer interessado, no site do TRE-CE.

Seminário sobre Segurança Pública da Assembleia recebe elogios e críticas

162 1

2

De parabéns o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PDT), pelo bem organizado seminário sobre segurança pública.

O evento, aliás, foi  tão democrático que acolheu até críticas à campanha Ceará Sem Drogas, da Casa, que tem Walter Casagrande, ex-jogador e comentarista de futebol da Globo, como garoto-propaganda.

Ou seja, ficaria só na palestra.

(Foto – Veja)

Eunício defende que ANP regule o preço do combustível

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), defendeu hoje (12) que a Agência Nacional do Petróleo (ANP) regule a formulação de preços do petróleo e seus derivados produzidos pela estatal Petrobras. O senador argumentou que a ANP, como se trata de uma agência reguladora, deveria participar das discussões sobre o preço dos combustíveis e atuar em favor de uma maior “previsibilidade” para o consumidor.

“Eu não posso aceitar que nós [parlamentares] criamos uma agência, sabatinamos pessoas [no Senado], colocamos nessa agência [a função] para ser agência reguladora de preços, principalmente na questão da Petrobras, que é um monopólio. Então [eu defendi] que efetivamente a agência tivesse uma participação efetiva nessa discussão”, afirmou, após se reunir com o presidente da Petrobras, Ivan Monteiro.

De acordo com ele, é necessário que a ANP participe da formação dos preços porque os consumidores acabam sendo os mais prejudicados com as mudanças cotidianas dos valores que chegam no preço final da gasolina, do álcool e do óleo diesel. “Eu continuo dizendo que a Petrobras errou quando fez vários aumentos [consecutivos]. Inclusive citei para ele [Ivan Monteiro] que as bombas de abastecimento não estão interligadas com a bolsa de valores, variação do dólar. Portanto precisávamos ter previsibilidade”, defendeu, referindo-se à forma da empresa de reajustar os preços.

Segundo Eunício Oliveira, o presidente da Petrobras concordou com seus argumentos.

O presidente da estatal, Ivan Monteiro, disse que o assunto será discutido internamente, após as consultas externas à sociedade, dentro de um “novo contexto”.

“A Petrobras apoia a iniciativa liderada pela ANP de buscar uma discussão através de uma consulta pública e participará do processo de discussão por meio da consulta pública. A atuação da companhia é de natureza comercial. Tem vários combustíveis que têm reajustes com periodicidade diferente, e a gente vai avaliar dentro desse contexto. Por isso que é importante permitir que a ANP evolua na consulta pública, lembrando que a Petrobras atua para o atendimento de consumidores, no final temos consumidores.

(Agência Brasil)

Operários da construção civil fazem passeata por melhores salários

656 1

Cerca de dois mil operários da construção civil protestaram nesta terça-feira (12) entre os bairros Luciano Cavalcante, Guararapes e Edson Queiroz. O ato, segundo a assessoria de imprensa do sindicato da categoria, teve início na Rua José de Alencar Ramos, sendo encerrado no cruzamento da Avenida Washington Soares com Rua Desembargador Floriano Benevides Magalhães, em frente ao Fórum Clóvis Beviláqua, onde os trabalhadores realizaram uma assembleia geral.

A manifestação durou aproximadamente duas horas e a Polícia Militar foi acionada e tentou desobstruir a via sem êxito. O trânsito permaneceu parado.

Ficou deliberado em assembleia pela categoria que as manifestações continuarão até que haja uma negociação com as empresas. O sindicato da categoria requer um aumento de 5%, mas o sindicato patronal propôs apenas 1,7%. Além disso, os manifestantes também reclamam da proposta de aumento R$ 2 na cesta básica.

O deputado Nestor Bezerra (PSOL), representante dos operários da construção civil, utilizou a tribuna da Casa Legislativa, hoje, para anunciar uma possível paralisação unificada entre rodoviários e operários da construção civil.

(Fotos – Divulgação)

Camilo e RC lançam pacote de obras no Conjunto Ceará

303 1

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) e o governador Camilo Santana vão estar juntos, novamente, a partir das 18 horas desta tera-feira. os dois assinarão a ordem de serviço do projeto de requalificação do Polo de Lazer do Conjunto Ceará. O espaço vai ganhar campinho, quadra poliesportiva, quadra de areia para vôlei, academia, parquinho, pista de skate, anfiteatro, quiosques e cachorródromo (parquinho para cães).

Na ocasião serão autorizados serviços de requalificação de praças, implantação de areninhas, mini areninhas e brinquedopraças para os bairros Bom Jardim, Granja Portugal, Genibaú, Granja Lisboa, Conjunto Ceará, Siqueira e Canindezinho, informa a assessoria de imprensa do Paço Municipal.

DETALHE – O Conjunto Ceará é um dos maiores redutos eleitorais de Fortaleza.

(Foto – Divulgação)

Estado paga primeira parcela do 13º salário no dia 6 de julho

O governador Camilo Santana (PT) anunciou, nesta terça-feira, que o pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores da ativa, aposentados e pensionistas será liberado no próximo dia 6 de julho. Foi durante conversa com internautas através de sua página no Facebook. Nessa parcela, o Estado vai liberar 50% do total da folha que será liquidada em dezembro próximo.

Camilo não adiantou o valor dessa folha que, no entanto, chegará como importante reforço para o comércio no período das férias.

Já a Prefeitura de Fortaleza antecipará 40% do 13º salário dos servidores municipais no próximo dia 18 de junho. O restante será liquidado em dezembro. Nesta folha, um total de R$ 87 milhões, que atenderá a 36.155 servidores ativos e 15.850 aposentados e pensionistas, de acordo com a assessoria de imprensa do Paço Municipal. Os 60% restantes serão liquidados em dezembro.

 

IFCE vai inaugurar sua 32ª unidade em Horizonte

O ministro da Educação, Rossieli Soares, está sendo convidado para o ato de inauguração da sede própria do Campus de Horizonte (Região Metropolitana de Fortaleza). Trata-se da 32ª unidade do Instituto Federal do Ceará (IFCE).

O reitor Virgílio Araripe quer fazer a cerimônia ainda neste mês. Ele diz que a unidade já estava em funcionamento em prédio cedido, mas agora vai operar em sede própria.

(Foto – Paulo MOska)

O verde e amarelo foram associados a um nacionalismo estúpido?

221 3

Com o título “Sequestraram a canarinho”, eis artigo de Yuri Holanda Cruz, sociólogo e conselheiro da Rádio O POVO/CBN. Ele não vê tanta empolgação em torno da Copa do Mundo e, principalmente, da Seleção Brasileira. Para ele, o verde e amarelo “foram associados a um nacionalmente estúpido.” Confira:

Engaiolaram a canarinho. Há poucos dias do início da Copa do Mundo da Rússia não tenho caminhado por tantas calçadas pintadas e riscadas com gesso: “Rumo ao hexa”! Não vejo bandeirinhas balançando, dependuradas e baldias. Não encontro camisas da seleção em toda esquina, estufadas e orgulhosas. Não! Percebo apatia e indiferença. Algum ressentimento até.

O clima em nada se assemelha com a Copa do Mundo de 2014. O “não vai ter copa” era um grito contra o abuso do gasto público no evento. Um grito contra injustiças. Mas a gente sabe como é: imagens editadas, corta para o comentário do âncora que guia o raciocínio, cola novas imagens na sequência, completando a lógica. Orientados pela telinha, sequestraram a narrativa e aplicaram o efeito bumerangue.

É a batalha semiótica: o verde e amarelo foram associados a um nacionalismo estúpido que carrega a má intenção facistóide. A camisa da “seleça” virou símbolo dos paneleiros e manifestoches. Como é que eu vou torcer desse jeito? Grito contido, entalado.

Ressignificaram com perversidade. Lamento, Novos Baianos. Lamento muito, Chico Buarque. “Em virtude do tempo, hoje não tem futebol”.

Comerciais caros no horário nobre da TV querem fabricar um clima que não tem lastro nas ruas e vielas. Artistas fabricados tentam vender uma ideia de união para uma nação rasgada pelo golpe de 2016. A mesma nação que agora trata a política como um jogo de futebol. Torcida, papo de boteco. Técnico e jogadores fazendo publicidade para grandes bancos, empresas de perfumaria e lojas de departamento. Fifa e CBF são um antro de corrupção. No botequim, escala-se o pleno do Supremo Tribunal Federal com mais precisão que a seleção canarinho. Quantos volantes mesmo?O ambiente é todo muito falso. Às favas com seu discurso de coesão.

Não tem união nem acordo: temos sim, um preso político no País. Contudo, pesquisas de intenção de voto, insistentemente, apontam que o jogo pode virar e que, perdoem, ele só termina quando acaba.

*Yuri Holanda Cruz

yuriholandacruz@gmail.com

Sociólogo e conselheiro da O POVO/CBN.

Fernando Collor protocola reclamação disciplinar contra Janot

O senador Fernando Collor não se esquece do ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Ele acaba de entrar com uma reclamação disciplinar contra o ex-PGR e o ex-corregedor Claudio Henrique Portela, que foi quem arquivou um primeiro desagravo contra Janot. A informação é da Veja Online.

Collor sustenta que a referida reclamação, arquivada em 2015, continha fortes indícios de autoria e materialidade das infrações.

O ex-presidente afirma que Janot cometeu uma série de infrações: aluguel de casa e contratação de serviço de comunicação sem licitação; exercício ilegal da advocacia; vazamentos de informações da Lava-Jato; escolha seletiva dos alvos da operação, além de quebra de decoro pessoal.

Como punição, o senador quer a demissão de Janot, cassando-se a sua aposentadoria, e instauração de processo administrativo.

(Foto – Revisa Exame)

General ouve em Russas queixas sobre insegurança e elevada carga tributária

Em visita ao município de Russas, nesta terça-feira, o General Theophilo, pré-candidato tucano ao Governo do Ceará, tomou café da manhã com empresários da Região do Jaguaribe. Entre as queixas que ouviu desse segmento ligado ao setor de transportes de cargas e venda de veículos pesados, ganharam destaque a cargas tributária pesada e a insegurança.

O empresário Raimundo Cordeiro, ex-prefeito de Russas, elogiou a iniciativa do General Theophilo de expor suas propostas e  estar abeto a sugestões. “Com o apoio do senador Tasso Jereissati e dos aliados vamos fazer uma campanha forte e convencer que temos a melhor proposta”, afirmou.

O jovem empresário Nelinho Cordeiro, pré-candidato a deputado estadual, destacou a renovação na política e lamentou a onda de violência. Ele criticou os 29% de ICMS sobre combustíveis.

“Queremos transformar Ceará em uma ilha de segurança. Faltam autoridade e vontade política. Quero fazer um governo com meritocracia, transparência e fiscalizado por uma oposição critica”, reiterou general Theophilo. O presidente do PSDB/Ceará, ex-deputado Francini Guedes, também esteve presente nesse encontro.

(Foto – Divulgação)

 

Caso Gisele – Secretário reconhece erro da Polícia e cita estresse muito elevado

310 1

 

“O trabalho do policial é difícil e desafiador, com um nível de estresse muito elevado. A Polícia atua em milhares de abordagens por ano. Em algumas, pode acontecer o que aconteceu ontem”, afirmou, nesta terça-feira, o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Estado, André Costa. Essa foi a resposta que deu ao ser indagado sobre a morte de Gisele Távora Araújo. Ela foi baleada durante uma abordagem policial na noite de segunda-feira, na avenida Washington Soares, e acabou não resistindo. André adiantou que as investigações sobre o caso já estão sendo feitas.

Ele explica que somente a perícia poderá revelar o que houve no local da perseguição. No momento, os agentes envolvidos na ação estão sendo ouvidos nas delegacias responsáveis pela investigação. O secretário deu essas declarações durante a solenidade em que o governador Camilo Santana (PT) entregava novas motocicletas para o Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio).

Portaria

Quanto às ordens que o policial recebe de como agir nesse tipo de situação, André Costa afirma que a polícia cearense segue uma portaria interministerial sobre uso da força em abordagens. A portaria é seguida em todos os estados. Além disso, cursos e disciplinas sobre emprego da força gradual em interações com a população e suspeitos são feitos pelos agentes de segurança. Entretanto, o secretário diz que “toda profissão está passível de erros”.

No caso de Gisele, de acordo com o Boletim de Ocorrência registrado no 13º Distrito Policial, a mulher teria empreendido fuga. Ela andou pela contramão das vias e ultrapassou sinais vermelhos. Costa afirma que esse tipo de comportamento é considerado uma ameaça, podendo causar riscos para a vida de outras pessoas. Para ele, somente quando a situação se agrava a esse nível é que o policial deve agir de maneira mais ostensiva, chegando a efetuar disparos.

*Sobre o caso leia aqui.

(Com O POVO Online, – Repórter Angélica Feitosa/Fotos – Julio Caesar e reprodução Facebook)