Blog do Eliomar

Categorias para Política

Olavo de Carvalho lança desafio aos ministros do Supremo

Olavo de Carvalho, o guru do presidente Jair Bolsonaro – que parecia estar distante de polêmicas – decidiu lançar um desafio aos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal. É o que informa a Coluna Radar, da Veja Online

Se algum deles (ou todos juntos!) topar um debate, está dentro. O tema? A visão dele sobre comportamento e a decisão do STF de criminalizar a homofobia:

“Na minha opinião, nenhum dos juízes do STF está qualificado intelectualmente para distinguir entre ‘opinião contrária’ e ‘preconceito’. Posso prová-lo se tiverem a coragem de se expor a um debate. Podem vir todos juntos.”

(Foto – Reprodução do Youtube)

Semana da Saúde Mental promove cidadania de pessoas com transtornos, diz vereadora

“É preciso esclarecer, prevenir e orientar sobre saúde mental, além de auxiliar na promoção da cidadania para a inclusão das pessoas com sofrimento mental”.

A declaração é da vereadora Larissa Gaspar, após aprovação esta semana do Projeto de Lei 0437/2018, de sua autoria, que institui a Semana Municipal de Conscientização e Orientação sobre Saúde Mental.

Com a decisão do plenário da Câmara Municipal de Fortaleza, fica instituído que a semana comemorativa ocorrerá, anualmente, na terceira semana de maio, com o objetivo de sensibilizar a comunidade sobre a discriminação sofrida pelas pessoas com sofrimento mental e a sua inserção na família, na comunidade e na sociedade.

Larissa Gaspar destacou ainda que a proposta busca promover espaço para discussão sobre saúde mental e interlocução por meio de manifestação de gestores, conselhos, associações, ONGs, movimentos sociais e serviços que oferecem atendimento à pessoa com sofrimento mental.

A vereadora tem realizado, periodicamente, visitas aos Centros de Atenção Psicossocial de Fortaleza (CAPS), como forma de cobrar soluções para os problemas e garantir a qualidade no atendimento. Outra iniciativa do mandato foi a realização de concurso público para profissionais da área e reforma nas unidades, por meio do Projeto de Indicação 630/2017.

(Foto: Divulgação)

Bolsonaro vai demitir o presidente dos Correios: “Ele se comporta como um sindicalista”

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (14), em café da manhã com jornalistas, no Palácio do Planalto, que o presidente dos Correios, Juarez Aparecido Paula Cunha, será demitido do cargo. Na semana passada, em audiência pública na Comissão de Legislação Participativa Câmara dos Deputados, o chefe dos Correios criticou a entrega da empresa para a iniciativa privada.

“Ele se comporta como um sindicalista”, disse Bolsonaro. O presidente da República também criticou o fato de Juarez Aparecido ter tirado fotos com parlamentares de oposição e sindicalistas durante a audiência.

Em abril, Bolsonaro já havia autorizado estudos para a desestatização da companhia e voltou a dizer que o tema ganhou força no governo na semana passada, em uma publicação no Twitter.

Com 356 anos de existência, a empresa é subordinada hoje ao Ministério das Comunicações, Ciência, Tecnologia e Inovação. Após prejuízos registrados entre 2013 e 2016, a estatal registrou lucro de R$ 161 milhões em 2018 e de R$ 667,3 milhões em 2017.

(Agência Brasil)

Comitiva de deputados estaduais visita canteiro de obras da transposição na Região do Cariri

A Comissão Especial de Acompanhamento das Obras da Transposição, da Assembleia Legislativa, visita, nesta sexta-feira, a cidade de Penaforte (Região do Cariri). À tarde, parlamentares e secretários de Estado seguem para o trecho da obra do Cinturão das Águas, em Missão Velha, por onde deve entrar a água do rio São Francisco.

O objetivo, segundo o deputado Guilherme Landim (PDT), é conferir o andamento desse projeto, que está devagar, quase parando, porque havia parado a remessa de verbas do Ministério do Desenvolvimento Regional. Nesta semana, com a aprovação de crédito extra para o governo federal, um acordo garantiu a inclusão de R$ 500 milhões para a Transposição.

Na comitiva que visita os canteiros do Cinturão das Águas estão os deputados estaduais Guilherme Landim (PDT), Marcos Sobreira (PDT), Nizo Costa (PSB), Nezinho Farias (PDT), Augusta Brito (PCdoB), Nelinho (PSDB), Antônio Granja (PDT) e Walter Cavalcante (MDB).

Boa sorte, senhores!

(Foto – ALCE)

Eduardo Girão: “Arma de fogo é solução?”

Com o título “Arma de fogo é solução?”, eis artigo do senador Eduardo Girão (Podemos), que está no O POVO desta sexta-feira. Um dos mentores da campanha pelo desarmamento no País, ele cita estatísticas para se colocar contra o armamentismo. Confira:

O Brasil vive uma profunda crise na segurança pública, e estamos em meio a um grande paradoxo: somos um dos países mais violentos do mundo e, ao mesmo tempo, um dos mais cristãos. Aqui se mata mais do que na Síria, país em guerra civil há anos. São mais de 60 mil assassinatos por ano, e mais de 70% desses provocados por armas de fogo. Depois de edição dos decretos presidenciais, que libera o porte de armas, o Senado Federal foi chamado a se posicionar com urgência.

Segundo estatísticas oficiais, mais de 120 mil vidas foram poupadas desde 2003, início da vigência do Estatuto do Desarmamento. Os defensores do decreto dizem que é preciso armar os cidadãos porque a segurança pública está falida. Segundo o Centro de Política sobre Violência dos EUA, para cada reação defensiva bem-sucedida com arma de fogo, em outras 34 vezes uma arma é utilizada para homicídio. Além disso, em qualquer ataque violento, o cidadão de bem armado estará sempre em desvantagem, em virtude do fator surpresa, que é do criminoso, e a sua arma acaba migrando e fortalecendo o crime.

Quanto mais armas, mais violência, mais mortes. Segundo o Ipea, para cada 1% de aumento do número de armas em circulação, a taxa de homicídios aumenta em 2%. O fácil acesso vai perigosamente aumentar índices de homicídios por motivos fúteis, como em conflitos de trânsito, brigas em bares ou desentendimentos domésticos. A única saída para essa gravíssima crise é a reestruturação da segurança pública com apreensão de armas ilegais, controle do tráfico nas fronteiras, fortalecimento das polícias e repressão do crime.

Num País onde mais de 80% da população se declara cristã, é fundamental recordar o posicionamento claro e firme de Jesus sobre esse assunto: “Amai os vossos inimigos e fazei o bem aos que vos odeiam”; “Todos os que empunham a espada, pela espada morrerão”; “Bem-aventurados os mansos” e “os pacificadores”; “Não resistais ao mal”.

Ao inaugurar uma saudação pessoal invocando a paz, o Mestre apresenta qual o roteiro para o processo civilizatório da humanidade. Os verdadeiros cristãos precisam ousar e retirar a letra “R” da palavra “arma”, que nos remete à ideia de reação, e entrarmos no universo de possibilidades da palavra “ama”, que nos permite uma ação ascendente em direção à uma condição divina de filhos de Deus.

*Eduardo Girão

Senador do Podemos.

(Foto – Alex Gomes)

Greve Geral – Caminhada de protesto em Fortaleza embalada por funk

1027 2

Neste dia de greve geral em Fortaleza, uma caminhada pelas ruas do Centro brada contra a proposta de reforma da Previdência do governo Bolsonaro.

Nela, sindicalistas, estudantes, profissionais liberais, movimentos sociais, partidos de esquerda e gente que, ao longo do percurso, vai aderindo ao som de um funk contra o governo federal.

O ato faz parte de uma mobilização nacional em defesa também de verbas para a educação.

Várias ruas do Centro estão com o trânsito parado. Os manifestantes seguem com destino ao Campus do Benfica, onde haverá ato de protesto.

(Vídeo – WhatsApp)

Deputada Tábata Amaral cumpre agenda entre Fortaleza e Sobral

419 3

A deputada federal Tábata Amaral (PDT-SP) está no Ceará para cumprir agenda no eixo Fortaleza-Sobral.

Nesta sexta-feira, às 10 horas, na Estácio (Meireles), entre alguns compromissos, ela participará de um debate sobre o tema Educação, e, às 16 horas, vai ao Cuca Mondubim.

No sábado, Tábata, atendendo a convite do prefeito Ivo Gomes (PDT), estará em Sobral, onde conhecerá uma escola de tempo integral e dará aula abrindo o Programa Enem desse município.

Tábata aos 25 anos e no primeiro mandato em Brasília, é filha de um cobrador de ônibus e de uma diarista e graduada em Ciência Política e Astrofísica.

(Foto – Arquivo Pessoal, do Facebook)

Governador ainda deve convocação de concursos realizados em 2018

366 3

O governador Camilo Santana (PT) prometeu nomear os aprovados da turma 2 do concurso do Corpo de Bombeiros. Foi durante contato com internautas, via página no Facebook, nesta semana.

Ele, no entanto, não divulgou a data, mas o líder do governo na Assembleia Legislativa, Júlio César Filho, garante que a convocação virá em breve. E sem risco de expirar prazos.

Camilo ainda deve convocação de aprovados em concursos realizados, ano passado, pelas secretaria da Educação e Cultura.

(Foto – Divulgação)

Greve Geral em Fortaleza – Ônibus e trens do Metrofor circulam nesta sexta-feira de chuva

668 2

Na Avenida Domingos Olímpio, há ônibus circulando.

No entorno do Mercado São Sebastião, o ônibus expresso circula.

Vários ônibus circulam em Fortaleza, nesta sexta-feira de greve geral articulada por centrais sindicais, movimentos sociais e partidos de esquerda contra a proposta da reforma da Previdência do governo Bolsonaro. Os terminais, como o da Prangaba, estão operando normalmente.

Há expectativas de maior movimento, em termos de manifestações, a partir das 10 horas, quando haverá concentração na praça da Faculdade de Direito da UFC (Centro). Estudantes universitários, principalmente, se engajam à greve geral adicionando protesto contra corte de verbas na área da educação.

O Sintro, o sindicato dos motoristas tentou articular, mas muitos da categoria temem demissão. O Sindiônibus garante que os ônibus circulam normalmente.

O Metrofor está com seus trens operando normalmente.

Sintro chegou a informar adesão à greve, mas o Sindiônibus divulgou nota:

Diante do anúncio, por parte da diretoria do SINTRO (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará), de que irá aderir ao movimento intitulado “Greve Geral”, o SINDIÔNIBUS (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará) vem a público informar que nesta sexta-feira haverá transporte coletivo circulando normalmente.

Os profissionais do transporte da nossa capital têm demonstrado sempre seu compromisso com a missão de transportar e não vão perder seu dia de trabalho.

Uma greve no sistema de transporte obrigatoriamente necessita de procedimentos legais, tais como a comunicação prévia ao Sindiônibus e aos usuários com uma antecedência de 72 horas e a definição de uma frota mínima para o atendimento à população. Qualquer paralisação que não siga esse rito é um ataque ao fortalezense e estará ferindo frontalmente às leis e ao próprio direito de greve, instrumento legal do trabalhador.

Não podemos admitir que a diretoria do Sintro, vinculada a partido político, utilize o sindicato e o trabalhador para legitimar interesses partidários e prejudicar a população que necessita do transporte coletivo para ir ao encontro de suas necessidades.

Chuvas em Fortaleza

Mesmos alagamentos registrados como este da Rua Professor Anacleto, no Parque Araxá.

Já a noite dessa quinta-feira e a madrugada desta sexta-feira, em Fortaleza, foi de chuva que, embora sem muita intensidade, provocou alguns alagamentos em vias já conhecidas da cidade. Os motoristas circulam co cautela, em razão da pista molhada. Não há registro de problemas nos semáforos.

No Aeroporto Internacional Pinto Martins, as operações ocorrem sem problemas, mas o que chamou a atenção foram esses baldes no meio do saguão do setor de checkin-in: havia uma goteira, que chegou a mobilizar dois funcionários na hora da limpeza. O terminal vive clima de obras.

O túnel da Avenida Borges de Melo pegou mais água e está, de novo, sem acesso. A Defesa Civil manteve o plantão, principalmente monitorando a zona da periferia da Capital

A Funceme prevê para o Interior cearense tempo nublado, com eventos de chuva no Centro-Norte. No Sul, há possibilidade de chuva.

Confira as maiores chuvas até agora:

Fortaleza (Posto: Messejana) : 92.0 mm

São Gonçalo Do Amarante (Posto: Sao Goncalo Do Amarante) : 26.0 mm

Santa Quitéria (Posto: Lisieux) : 25.0 mm

Pedra Branca (Posto: Mineirolandia) : 25.0 mm

(Fotos – Paulo MOska)

Sergio Moro desafia: “Se quiserem publicar tudo, publiquem. Não tem problema”

489 16

Em entrevista ao Estadão desta sexta-feira, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou que não vai se afastar do cargo. Ele é alvo de ataque cibernético e de vazamento de diálogos atribuídos a ele com procuradores da Lava Jato, no Telegram,

O ministro disse que o País está diante de “um crime em andamento”, promovido, conforme sua avaliação, por uma organização criminosa profissional. Moro afirmou que não há riscos de anulação do processo do triplex do Guarujá, que levou à prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Viés político-partidário

Moroo vê viés político-partidário na divulgação das mensagens tiradas de aplicativo do coordenador da força-tarefa em Curitiba, Deltan Dallagnol. Ele falou em “sensacionalismo” e disse que réus e investigados da Lava Jato teriam interesse no caso. O ministro não reconhece a autenticidade das mensagens e, na primeira entrevista após ter virado alvo dos hackers, desafiou a divulgação completa do material.

Ele afirmou ainda não ver ilicitude nos diálogos e disse que conversava “normalmente” também com advogados e delegados, inclusive por aplicativos. Em quase uma hora de conversa em seu gabinete em Brasília, Moro descartou impactos do caso para o governo Jair Bolsonaro e para o pacote anticrime, que defende no Congresso.

No Ceará, haverá atos da greve geral em 57 cidades

Nesta sexta-feira, em clima de greve geral contra a reforma da Previdência, haverá manifestações em pelo menos 57 cidades cearenses. Quem organiza é a Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), em parceria com os sindicatos municipais filiados e demais entidades sindicais e movimentos sociais organizados.

A entidade avalia que, além de retirar direitos fundamentais ligados à aposentadoria e à seguridade, as mudanças elaboradas pelo governo de Bolsonaro atingiriam quase 90% dos 5.500 municípios do país, que enfrentariam dificuldades econômicas, segundo dados da Associação Nacional dos Auditores da Receita Fiscal do Brasil (Anfip).

Isso porque o montante de benefícios pagos pelo INSS é maior do que a arrecadação de impostos e transferências federais obrigatórias nessas cidades.

*A Fetamce disponibilizou toda a programação, que pode ser conferida em seu site aqui.

Vila da Música do Crato ganhará o nome de Monsenhor Ágio

O governador Camilo Santana (PT) anunciou, nesta quinta-feira, que mandou para o Poder Legislativo uma mensagem denominando o nome da Vila da Música, do Crato, de “Vila da Música Monsenhor Agio”.

Ele diz que é uma forma de homenagear e perpetuar o nome de um religioso que, em toda sua vida, sempre se dedicou a transmitir seus conhecimentos musicais para as novas gerações.

Camilo assiste aos últimos atos em homenagem ao monsenhor que morreu aos 101 anos de falência múltipla dos órgãos e que foi o fundador da Sociedade Lírica Belmonte (Solibel).

(Foto – Divulgação)

Respeito e dignidade – Dr. Eron destaca dispensa de reavaliação pericial dos portadores de HIV/AIDS

Para o médico e vereador Dr. Eron, os portadores do vírus HIV ganharam respeito e mais dignidade, diante da dispensa de reavaliação pericial dos aposentados por invalidez por causa da doença.

“O projeto do senador Paulo Paim (PT-RS), de garantir esse direito aos portadores de HIV que se aposentaram, foi ótimo. o paciente sofria com todo o processo novamente. Não poderíamos mais aceitar isso”, ressaltou Dr. Eron, nesta quinta-feira (13), no plenário da Câmara Municipal de Fortaleza, ao se referir ao veto total do Projeto de Lei no Senado (PLS), que obrigava o paciente a novas avaliações.

O médico e vereador também destacou o apoio da Câmara Municipal à realização do V Encontro Regional da RNP Nordeste, que acontece desde essa quarta-feira (12) até sábado (15), no Amuarama Hotel, que avalia retrocessos por parte de movimentos sociais contra pessoas com HIV.

Dr. Eron, no entanto, lamentou a ausência do Governo do Ceará, que não mandou representante ao evento, tampouco contribuiu com a realização.

(Foto: Divulgação)

PSDB vai acionar Conselho de Ética contra deputado André Fernandes

238 4

A bancada do PSDB na Assembleia Legislativa e o diretório estadual do partido divulgaram nota, nesta quinta-feira (13), condenando acusações do deputado André Fernandes (PSL) sobre existência de parlamentares controlados por facções criminosas.

De acordo com a nota, a imunidade é uma prerrogativa dada aos parlamentares para o bom exercício de suas funções e atribuições enquanto representantes políticos da população, mas que não permite ataques levianos e arbitrários que, no caso em questão, atinge não apenas a imagem de parlamentares mas do próprio Poder Legislativo.

Ainda conforme o presidente do PSDB do Ceará, Luiz Pontes, ao generalizar suas acusações, sem aprofundamento e provas necessárias, o deputado do PSL colocou todo o Legislativo Estadual no patamar mais baixo da política suja e inconsequente, atingindo de forma grosseira todos os seus integrantes.

Confira a nota na íntegra:

Diante da gravidade das acusações feitas pelo deputado André Fernandes (PSL), de que a Assembleia Legislativa do Ceará teria parlamentares envolvidos com facções criminosas, os dois representantes da bancada do PSDB na Casa – deputados Nelinho e Fernanda Pessoa – com apoio da executiva estadual do partido vão oficializar à Mesa Diretora para que instaure procedimento de apuração da denúncia e acione o Conselho de Ética para, caso necessário, adote as medidas cabíveis – seja em caso de constatação de desvio de conduta ética e moral por parte de possíveis envolvidos com o crime organizado ou por leviandade e quebra do decoro parlamentar, em caso de improcedência da fala do parlamentar.

A imunidade é uma prerrogativa dada aos parlamentares para o bom exercício de suas funções e atribuições enquanto representantes políticos da população, mas que não permite ataques levianos e arbitrários que, no caso em questão, atinge não apenas a imagem de parlamentares mas do próprio Poder Legislativo.

Ao generalizar suas acusações, sem aprofundamento e provas necessárias, o deputado André Fernandes põe todo o Legislativo Estadual no patamar mais baixo da política suja e inconsequente, atingindo de forma grosseira todo o Parlamento e seus integrantes.

A Executiva do PSDB também considera necessário que o Ministério Público Estadual seja provocado para apurar as consequências de possíveis relações promíscuas de representantes do Parlamento Estadual com facções criminosas. São implicações que não podem cair no acaso do esquecimento nem servir de estímulo a ataques futuros ao próprio poder constituído.

*Luiz Pontes

Presidente do PSDB Ceará.

General Santa Cruz pede demissão

464 2

O general Carlos Alberto dos Santos Cruz pediu demissão do cargo de ministro da Secretaria do Governo. Foi neste fim de tarde de quinta-feira,

Os motivos seriam divergências com as estratégias da equipe de comunicação da gestão do presidente Jair Bolsonaro.

Com Veja Online/(Foto – Divulgação)

O exemplo de três garotos que poderia ser replicado em Brasília

144 1

Com o título “Três garotos e uma lição”, eis belo testo do educador Tales de Sá Cavalcante, que merece ser replicado. Está no O POVO desta quinta-feira e nos foi enviado por sua assessoria de imprensa. Vale a pena conferir esta metáfora:

A bola foi parar na cozinha da antiga creche, prédio abandonado pela Prefeitura de Santa Rosa de Goiás. E atrás de uma bola há sempre uma criança. Naquele dia, eram três garotos. Gabriel, Bruno e Marcos. Um deles deu o pontapé inicial de uma história que vale a pena ser contada. Não somente porque eles se tornaram o motivo de orgulho de uma cidade inteira. Mas porque eles descobriram um pedaço de plástico a sair da velha parede e, ao puxarem o fio da meada, encontraram um “tesouro” (R$ 12 mil, em espécie), provavelmente escondido por um idoso que recolhia material reciclável e morou no lugar até morrer, há cerca de dois anos. Os garotos devolveram o dinheiro achado, e essa atitude, possivelmente, foi fruto de sua educação doméstica, atributo cujo nível independe da situação econômica da família.

Episódio análogo, acontecido há muitos anos, ainda reside na memória deste articulista. Trata-se de lição dada por minha mãe, professora Hildete de Sá Cavalcante, registrada no livro Um casal, uma escola, uma história, escrito por mim em parceria com minhas irmãs, Hilda e Dayse, e lançado em 2018, por ocasião do centenário de nascimento de nossos pais.

A narrativa é sobre sua sobrinha, companheira para as compras no Centro de Fortaleza. Certa vez, ainda criança, ela foi com sua tia à Loja de Variedades, a maior da cidade à época. Ao retornar, a menina, a sorrir, mostrou um carrinho que tirara escondido da gerente, Olinda, com ar de vitória pela travessura cometida. Minha mãe voltou até a loja com a sobrinha, e sua orientação ocasionou a devolução do brinquedo e um pedido de desculpas à gerente.

Lição aprendida. Isso, há muitos anos. Agora, quando tudo parece perdido, eis que surgem três garotos para relembrar a lição. Talvez uma boa ideia fosse levá-los ao Congresso Nacional a fim de contarem a sua história. Alguns políticos não precisariam ouvi-la, mas talvez a maioria sim. Lá, quem sabe, os garotos dissessem que é preciso fazer o que é certo, com a naturalidade de quem toca a bola, um para o outro. Para nos devolver a esperança. Para redimir um País.

*Tales de Sá Cavalcante,

Reitor da FB UNI e diretor da Organização Educacional Farias Brito.

Governo vai lançar programa para substituir o Mais Médicos

244 1

A partir da próxima semana, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, vai apresentar a parlamentares e instituições da área médica a proposta de um novo programa para substituir de forma gradual o Mais Médicos. A ideia é discutir o novo programa e ouvir sugestões e críticas.

A informação é do secretário de Atenção Primária à Saúde, Erno Harzeheim, que participou hoje (13) de audiência pública na Câmara dos Deputados.

“É determinação desde o início dessa gestão do ministro Mandetta que montássemos um novo programa em substituição gradual ao Mais Médicos. Esse programa está em fase final de elaboração. A partir da próxima semana o ministro vai começar a fazer diversas audiências com congressistas para mostrar o que fizemos e colher, ainda de maneira não publica, opiniões, críticas e sugestões”, explicou Harzeheim.

Umas das mudanças que o novo programa trará será a adoção de critérios mais objetivos e transparentes para definir a distribuição dos médicos, de acordo com o secretário. “Nesse novo programa vamos ter um outro critério de classificação dos municípios, um critério mais claro que determina que município deve receber ou não um sistema de provimento do Governo Federal”.

A substituição do Mais Médicos ocorrerá de forma gradual e os atuais contratos dos profissionais serão mantidos até o final. “Quem está hoje no Mais médicos tem a garantia de que vai terminar o seu contrato e a substituição vai ser gradual, pouco a pouco, nada abrupto vai ser feito nesse sentido”, garantiu Harzeheim.

O secretário acrescentou que o novo programa aborda os eixos que precisam ser enfrentados para que haja mais e melhores médicos trabalhando na atenção primária e na saúde da família, entre eles o provimento de médicos em municípios pequenos afastados dos grandes centros e também junto às populações mais vulneráveis das cidades maiores.

Os dados do Ministério da Saúde apresentados na audiência pública mostram que atualmente o Programa Mais Médicos tem 14.101 médicos ativos. Com atual edital aberto para o preenchimento de 2.149 vagas, a previsão é que, em julho, o número total de profissionais chegue a mais de 16 mil.

O secretário participou da audiência pública das comissões de Educação e de Seguridade Social e Família da Câmara para debater a formação de novos profissionais no âmbito do programa Mais Médicos.

(Agência Brasil)

Jean Wyllys lança biografia agora em julho

O selo Objetiva lançará, agora em julho, “O que será”. Trata-se da biografia do ex-deputado federal Jean Wyllys.

É o que informa a Veja Online, adiantando que, na obra, Jean detalha sua trajetória política, as ameaças que sofreu e a vida em Berlim, cidade que escolheu para morar após renunciar ao mandato.

Bom lembrar que Jean anunciou a decisão de deixar o Brasil em janeiro, após dois anos recebendo mensagens ameaçadoras.

(Foto – Agência Câmara/Capa do Livro – Divulgação)

Plínio Bortolotti – “O Jornalismo em sua essência”

Com o título “O Joernalismo em sua essência”, eis artigo de Plínio Bortolotti, jornalista do O POVO. Ele aborda o caso do vazamento das conversas entre Moro e o procurador Dallagniol. Confira:

Depois da divulgação das mensagens trocadas pelo então juiz Sergio Moro e procuradores de Curitiba, pelo aplicativo Telegram, surgiu um debate sobre a suposta ilegalidade que teria sido cometida pelo portal de notícias The Intercept Brasil. Mistura-se, de forma proposital ou não, duas coisas diferentes: a coleta do material e a publicação das mensagens.

Se os textos, áudios e vídeos foram obtidos de forma ilegal, somente uma investigação poderá determinar. Pode-se imaginar, inferir, supor e até acreditar que os dados foram sacados ilegalmente mas, afirmar com certeza, ainda não.

Quanto à publicação das mensagens pelo Intercept, não existe ofensa a nenhuma lei, ainda que os dados tenham sido colhidos por meios ilegais, pois trata-se do direito constitucional do exercício da liberdade de imprensa. Da mesma forma, o segredo de fonte, o direito de preservar a identificação de quem repassa informações…

*Confira a íntegra do artigo de Bortolotti no O POVO aqui.

(Fotos – Agência Brasil)