Blog do Eliomar

Categorias para Rádio e TV

Campanha de Eunício no rádio consegue sincronia com horário real

Com a estratégia de passar para o ouvinte a sensação que o programa Eunício 151, no horário eleitoral, é ao vivo, a equipe de campanha de rádio do candidato à reeleição ao Senado tem conseguido a sincronia da gravação com o horário real.

Comandada pelo publicitário e jornalista baiano Xiko Mello, a propaganda eleitoral no rádio chega, inclusive, a entrevistar o próprio candidato, anunciando o horário gravado no tempo real.

Segundo integrantes da equipe de rádio, o esforço para a sincronia da gravação com o horário real é tirar o sentimento de frieza da mensagem gravada.

(Foto: Arquivo)

Fátima Bernardes desmente notícia de que teria reformado casa do esfaqueador de Bolsonaro

Fátima e o namorado, Túlio.

A apresentadora Fátima Bernardes, 56, veio a público desmentir uma notícia falsa que está sendo veiculada a seu respeito nas redes sociais de que teria reformado a casa do agressor do candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL). O boato, espalhado no WhatsApp, afirma que a produção do Encontro com Fátima Bernardes (Globo) teria premiado a família do pedreiro Adélio Bispo de
Oliveira com R$ 350 mil, além de reformar a casa do esfaqueador do presidenciável.

No dia 6 de setembro, Oliveira esfaqueou o presidenciável durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG).

O texto da rede social, que circula desde o dia 12 de setembro, afirma que a homenagem teria sido feita para demonstrar que “o homem é apenas uma vítima do sistema, da sociedade, capitalista, preconceituosa, odiosa e sem amor e porque era intimidado com os discursos de ódio de Bolsonaro”.

*Confira o vídeo no Instagram de Fátima Bernardes aqui.

A saudade do radialista João de Oliveira

257 1

O Grupo Radialistas do Ceará convida a todos para a missa de sétimo dia em sufrágio da alma de João de Oliveira, a ser celebrada às 19 horas desta quinta-feira, na Paróquia de São Vicente de Paulo.

João de Oliveira, que morreu vítima de infarte, trabalha no começo das manhãs da Rádio Cidade AM, com programa de serviço, informação e variedade.

SERVIÇO

*Paróquia de São Vicente de Paulo – Avenida Desembargador Moreira, 2211, ao lado da Praça da Imprensa.

Migração para FM é considerada positiva por 95% das emissoras

Uma pesquisa encomendada pela Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) sobre a satisfação das rádios no processo de migração de AM para FM, no Brasil, aponta que 95% das emissoras consideram positiva a mudança. O grau de satisfação com a faixa FM chega a 81%: 33% das rádios disseram que estão satisfeitas e 48% se dizem muito satisfeitas. 54% das emissoras entrevistadas relataram algum tipo de dificuldade durante a migração e a burocracia no processo foi apontada como a principal causa.

Das 100 emissoras ouvidas, 57% relataram que houve aumento da receita após o funcionamento na nova faixa. De acordo com a pesquisa ABERT/DataCenso, o aumento médio da receita foi de 51%. Para 64% das rádios, a audiência também aumentou. 55% dos entrevistados consideraram alto o valor pago pela nova outorga, 39% acharam justo e apenas 1% considerou o preço barato.

Na maioria das rádios, o número de empregados foi mantido e a predominância é de um quadro de até 10 funcionários.

Em relação à potência e cobertura de sinal, a maioria das rádios se disse satisfeita com o resultado, porém o índice geral de satisfação ficou abaixo do mínimo aceitável, de 80%. 61% disseram estar satisfeitas/ muito satisfeitas com a nova potência e 69%, com a nova cobertura da rádio.

O presidente da ABERT, Paulo Tonet Camargo, comemorou o resultado e lembrou que a migração do AM para o FM revigorou a força do rádio.

“Ao funcionar em FM, as rádios têm uma melhora significativa de qualidade de áudio, competitividade no mercado e maior alcance por meio dos dispositivos móveis. O radiodifusor aceitou o desafio e, mesmo com todas as dificuldades por causa do momento econômico delicado que atinge o setor, se preparou para poder levar aos seus ouvintes informação e entretenimento com mais qualidade”, afirmou Tonet.

(Com ABERT)

Bela Gil dá palestra e lança livro em Fortaleza

Bela Gil, apresentadora do programa “Bela Cozinha”, na GNT, é atração confirmada para o Festival Costume Saudável 2018, que vai acontecer no sábado, dia 25 próximo, no Shopping RioMar Papicu. Ela dará palestra às 18h30min no palco principal sobre o tema “Mudando o mundo pela alimentação”.

Logo após a apresentação, Bela lançará seu livro “Bela Maternidade, meu jeito simples e natural de ser mãe”, que estará disponível para venda no evento. Desde de 2006, Bela vem se especializando em alimentação e nutrição holística.

Festival

O Festival Costume Saudável reúne mais de 200 atividades entre palestras, oficinas, apresentações culturais, aulões, food park, feira de microempreendedores e apresentação de novidades da indústria e comércio para os segmentos saudável e sustentável. O evento acontece nos dias 24, 25 e 26 de agosto, no estacionamento do Shopping RioMar Fortaleza, das 16 às 22 horas. A expectativa é 50 mil pessoas passem pelo Festival.

SERVIÇO

*Ingressos

Valor: R$ 30,00 (três dias de evento) e R$ 20,00 (um dia), pelo aplicativo Minha Cidade Saudável

Programação completa em www.costumesaudavel.com.br

*Valor arrecadado será doado ao Instituto do Câncer do Ceará e ao Instituto Povo do Mar (IPOM).

Justiça manda internar homem que ameaçava a apresentadora Angélica

Os desembargadores da 8ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro mantiveram na semana passada a medida de segurança de tratamento psiquiátrico de Fausto Machado, acusado de ameaçar Angélica através de e-mails enviados para o seu endereço eletrônico. A informação é do jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo.

Segundo ele, a apresentadora Angélica alega que o conteúdo das mensagens fazia alusão, entre outros temas, ao “caso Suzane Von Richthfen” e ao filme “Laranja Mecânica”.

A medida de internação ainda não foi aplicada porque Fausto está desaparecido.

(Foto – Raquel Cunha, Rede Globo)

Daniel Filho ganha biografia

Com lançamento previsto para outubro, a biografia de Daniel Filho, “Uma vida em cena” (BestSeller), de Regina Zappa, volta ao tempo em que o ator, diretor e produtor era ajudante de circo, de veterinário, palhaço e bilheteiro de teatro. A informação é da Coluna Radar, da Veja Online.

E foi justamente em um teatro que Daniel descobriu, por acaso, que tinha uma meia-irmã. Aos 18 anos, foi abordado por uma dançarina chilena nos bastidores de uma peça.

“Você é filho de Juan Daniel?”, ela perguntou, se apresentando.

Ao comentar com o pai sobre o episódio, ouviu: “Esta chica, no podés tener nada com ella. Es tu hermana”.

Em 2007, com 70 anos, Daniel também soube no susto que tinha mais um filho.

Um homem bateu à sua porta dizendo ser fruto da relação de Daniel, então com 12 anos, com uma empregada que trabalhava em sua casa. Um teste de DNA comprovou a paternidade.

(Foto – Agência O Globo)

Atriz Karla Karenina acerta volta à TV

305 2

A atriz Karla Karenina está em São Paulo. Trata sobre um programa de humor para a TV. Ela não deu mais detalhes.

Mas a também terapeuta informa que nos dias 1º e 2 de setembro próximo, estará ministrando um workshop sobre “Regressão de Memória e Psicodrama”, na Templo de Delphos.

SERVIÇO

*Mais Informações -kareninakarla@gmail.com

Poeta Bráulio Bessa bate recorde de visualizações na Globo

O poeta Bráulio Bessa, que nasceu em Alto Santo – Médio Jaguaribe, acaba de bater recorde absoluto de visualizações nas redes sociais da Globo. Ele se apresenta semanalmente no Encontro com Fátima Bernardes.

O vídeo mais compartilhado das redes sociais dessa rede nacional de televisão gerou 150 milhões de visualizações, como informa Carla Bittencourt, do TV em Foco.

(Foto – Reprodução de TV)

Aumento da potência das rádios comunitárias será votado no Senado

Aumentar em até 12 vezes a potência máxima de transmissão das rádios comunitárias é o objetivo do PLS 513/2017, um dos projetos de lei que deverão ser votados no Plenário do Senado nos próximos dias. Do senador Hélio José (Pros-DF), a proposta estabelece que a potência das rádios comunitárias poderá ser aumentada de 25 para até 300 watts, com três canais designados, em vez de um, para a execução de radiodifusão comunitária que atenda a uma comunidade, bairro ou vila.

Segundo Hélio José, o aumento da potência é necessário devido à grande diversidade geográfica do Brasil. Ele argumenta que 25 watts são insuficientes para operação nas áreas de população esparsa, particularmente na zona rural. A ideia é viabilizar o serviço em regiões nas quais a cobertura de uma única comunidade, com moradias dispersas, exige alcance maior que o atualmente estabelecido.

A atual potência atinge até um quilômetro de raio de cobertura, limitando e restringindo o alcance da rádio, muitas vezes menor do que sua comunidade/público potencial, como frisou o senador Waldemir Moka (MDB-MS), relator substituto do projeto na sua passagem pela Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT).

A mudança vem recebendo apoio de senadores e é defendida pela Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço). Em discurso no Plenário, Hélio José rebateu críticas ao projeto, entre elas a comparação das rádios comunitárias a rádios piratas. Para ele, a comparação é injusta porque uma rádio ilegal não tem nenhum limite e nem autorização para funcionar.

— Rádio pirata transmite o que quiser, onde quiser, como quiser e com o interesse que tiver, contanto que não seja alcançada pelo poder público. As rádios piratas são a antítese perfeita das rádios comunitárias — disse.

A proposta também foi defendida pelos senadores Flexa Ribeiro (PSDB-PA) e Gleisi Hoffmann (PT-PR).

– Nós devemos isso às rádios comunitárias – disse Gleisi.

– No interior do interior do meu estado do Pará, quem está lá levando informação, conhecimento e cultura são as rádios comunitárias – afirmou Flexa.

O senador acrescentou que o PLS autoriza o aumento da potência para até 300w, mas quem vai definir a potência que cada uma das rádios será a Anatel, que também não permitirá sobreposição de sinais.

(Agência Senado)

Luciano Huck é processado por danos morais

Os herdeiros de um coordenador de faculdade já falecido estão pedindo judicialmente R$ 150 mil, por danos morais, à TV Globo e ao apresentador Luciano Huck.

O professor estava saindo de um exame médico na Praça Saens Peña, na Tijuca, quando foi abordado por um ator que, em encenação, pediu sua camisa dizendo que estava precisando de uma, pois estaria a caminho de uma entrevista e tinha sujado a sua de tinta.

Mesmo sem sua autorização, a imagem do professor “gordo, baixo, careca e barrigudo”, segundo definiu sua própria defesa, foi exibida durante o programa “Caldeirão do Huck”, o que virou motivo de piada entre seus conhecidos.

O caso corre na 41ª Vara Cível da Capital.

(Veja)

Datena pode disputar o senado em São Paulo

José Luiz Datena,  vice-líder na corrida pelo Senado por São Paulo, com 26%, ainda não sabe se vai concorrer. É o que informa a Veja Online.

Caso tope a corrida pelo DEM, o apresentador terá que rescindir seu contrato com a Band no fim deste mês e pagar uma pesada multa rescisória.

“Enquanto me colocarem nas pesquisas eu vou ficando…”, disse Datena, recentemente, a um interlocutor.

(Foto – Divulgação)

Melhora quadro de saúde de Bibi Ferreira

O quadro de saúde da atriz, cantora e diretora Bibi Ferreira, de 96 anos, mantém-se estável, de acordo com boletim médico divulgado na tarde de hoje (6) pelo Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo. Ela está internada desde segunda-feira (6) para exames, que faz a cada dois meses, e tratamento de um quadro de desidratação. “O quadro clínico da paciente está estável e apresenta evolução no tratamento da desidratação”, informou o Pró-Cardíaco.

Como atriz e cantora, Bibi teve grande sucesso nos musicais Gota d’Água, de Chico Buarque e Paulo Pontes, My Fair Lady, Alô Dolly e Piaf, a Vida de uma Estrela da Canção, em 1983. Com este espetáculo, Bibi percorreu o Brasil inteiro e vários países, encerrando a turnê em Portugal.

Em 1960, ela inaugurou a TV Excelsior com o programa Brasil 60, no qual usava o recurso do videoteipe para transmitir reportagens das capitais brasileiras, aposentando o programa ao vivo, o que, até então, era comum na TV brasileira. O sucesso foi tanto que se desdobrou em Brasil 61, Brasil 62 etc. Na Excelsior, fez também Bibi Sempre aos Domingos. Em 1968, ela voltou à televisão, mas sem o teipe, e comandou na TV Tupi carioca o musical Bibi ao Vivo, com direção de Eduardo Sidney. No programa, Bibi apresentava, cantava e dançava com a orquestra do Maestro Cipó e as coreografias de Nino Giovanetti no histórico auditório da Urca.

Bibi Ferreira nunca aceitou papéis em telenovelas, pois não se sentia à vontade vivendo personagens na telinha. O veículo se adequava melhor a seu temperamento histriônico de apresentadora, onde criou estilo único. Além de ser poliglota, sempre transmitiu muita credibilidade, que vinha de sua ampla cultura, e fazia isso com charme imbatível. Na transmissão que fez para a TV Tupi, em 1972, da entrega do Oscar, maior prêmio do cinema mundial, mostrou todo esse potencial.

Nos anos 90, Bibi Ferreira completou 50 anos de trajetória artística com o espetáculo Bibi in Concert. Em 2009, em homenagem ao Ano da França no Brasil, ela retornou ao Teatro Maison de France para reviver o musical Bibi Canta e Conta Piaf.

(Agência Brasil)

Atriz Betty Farias apoia Ciro Gomes. E diz mais: “Ele é o cara!”

O pré-candidato a presidente da República pelo PDT, Ciro Gomes, está indo muito bem, obrigado, quando o mote é conquistar adesões no meio artístico nacional.

Depois do cantor e compositor Caetano Veloso, eis que divulga, em sua página no Facebook, ser admiradora e eleitora do ex-governador a atriz Betty Farias.

(Foto – Facebook bettyfariaoficial)

Paulo César Norões assume a presidência da Acert

A nova diretoria da Associação Cearense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acert) tomará posse nesta sexta-feira, às 19 horas, durante solenidade no auditório da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec).

Assumirá o comando da entidade o jornalista Paulo César Norões, também colunista do Diário do Nordeste.

DETALHE – Paulo assume uma posição que foi ocupada, por vários mandatos, por seu pai, o falecido jornalista Edilmar Norões.

(Foto – Divulgação)