Blog do Eliomar

Categorias para Religiao

Beato José Lourenço será lembrado nesta terça-feira em Juazeiro do Norte

170 1

A ONG Beato José Lourenço manda celebrar, nesta terça-feira, a tradicional Missa em Ação de Graças pela passagem dos 73 anos de morte do beato José Lourenço Gomes da Silva, fundador do Caldeirão da Santa Cruz do Deserto. O ato litúrgico ocorrerá a partir das 17 horas, na Capela Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Juazeiro do Norte (Cariri).

O Caldeirão era uma organização social autossustentável baseada nos princípios cristãos de oração, trabalho e partilha dos bens produzidos Acabou dizimado pelas forças conservadoras do Estado na época.

Após o ato religioso, 20 personalidades serão homenageadas por sua efetiva contribuição para a difusão e preservação da memória do Caldeirão e do patrimônio histórico-cultural da região do Cariri cearense.

SERVIÇO

*Mais sobre Beato José Lourenço aqui.

Paróquia de São José da Lagoa Redonda realiza em março o I Congresso Sede Santos

Promover o encontro pessoal com Jesus e fazer desta experiência instrumento de conversão e mudança de vida, revelando que é possível trilhar o caminho de santidade, colocando em prática os ensinamentos deixados por Cristo. É com este objetivo que nasce o I Congresso Sede Santos, da Paróquia de São José, localizada no bairro Lagoa Redonda, em Fortaleza. O evento, aberto a todas as comunidades do Estado, acontecerá dias 30 e 31 de março de 2019, na Escola Municipal Professora Fernanda Maria de Alencar Colares. Serão dois dias inteiros com uma programação diversificada, intensa e repleta de louvor, adoração, pregação, debate e Santa Missa.

Com o tema “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (Jo 8, 32), o Congresso vem como forma de despertar homens e mulheres para que tomem posse da sua vocação à santidade. Segundo o pároco, padre Antonio Nazareno da Graça Albuquerque, “acredito que esse Congresso representa um perfil de evangelização renovado e comprometido que se estabelece pouco a pouco na Paróquia de São José lagoa Redonda e pode ser destrinchado em quatros pontos: 1. Compromisso com a Palavra de Deus; 2. Ganhar vidas para Cristo; 3. Fazer discípulos; 4. Promover a unidade”. Sobre sua participação – ele também fará pregação -, ele comenta: “Minha expectativa é que este Congresso possa ter um alcance efetivo. Proporcionar às pessoas uma experiência espiritual com Cristo e com a Igreja. Espero que minha participação no evento possa contribuir nesse sentido”.

Dentre os pregadores, consagrados da Canção Nova Fortaleza, Rita de Cássia, e do Instituto Hesed, casal Edilson Pereira e Janaína Carvalho, além do frei Wilter Malveira. Marcos Paulo Bezerra Santiago será o pregador da Paróquia São José. De acordo com ele, “acredito que o Congresso Sede Santos nos permitiu sonhar juntos com Ele (Deus) e, apesar de toda nossa inutilidade, Deus conta com nosso nada para que este projeto se realize”. Seu tema será “Foi para a liberdade que Cristo nos libertou” – Gl 5,1. “Esta pregação é uma loucura aos olhos humanos, pois tem por objetivo pregar que só existe verdadeira liberdade quando estamos ‘presos’ a Cristo e prostrados diante d’Ele”, afirmou Marcos Paulo.

Pensando nos pais que, muitas vezes, não conseguem participar de momentos assim, existirá um espaço kids com uma programação – semelhante ao dos adultos, mas com didática específica para a idade – para as crianças.

Para participar, duas opções: adquirir um kit no valor de R$ 25,00 mais um quilo de alimento não perecível (vale para os dois dias), que virá com a blusa do evento mais a entrada para o Congresso; ou R$ 10,00 (para os dois dias), mais um quilo de alimento, sem a blusa.

PARÓQUIA DE SÃO JOSÉ

Fundada há 18 anos, a Paróquia de São José vem, nos últimos anos, ampliando seu trabalho de evangelização com as diversas atividades realizadas. Sempre fiel ao que rege a Santa Igreja Católica Apostólica Romana, a Paróquia, que tem como pároco o Padre Antonio Nazareno da Graça Albuquerque, tem mobilizado fieis a participarem ativamente das pastorais, resgatando antigas tradições, como a celebração do Preciosíssimo Sangue, além de promover atividades de evangelização que leva as pessoas a conhecerem, verdadeiramente, a Igreja Católica e despertem o amor por Jesus Cristo e pela Sagrada Família de Nazaré. Uma delas é a Missão Evangelizadora, na qual os paroquianos visitam, durante todo o dia, as casas do bairro levando a palavra de Jesus, como fieis missionários.

SERVIÇO

I Congresso Sede Santos – “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (Jo 8, 32), Paróquia de São José

Dias: 30 e 31 de março de 2019

Local: Escola Municipal Professora Fernanda Maria de Alencar Colares, Lagoa Redonda

Entrada: kit com blusa do evento mais ingresso R$ 25,00 + 1 quilo de alimento não perecível ou R$ 10,00 para + 1 quilo de alimento não perecível.

Horário do Congresso: 8 às 18 horas

Vendas: Matriz e Capelas da Paróquia São José

Mais informações: (85) 98958.3234

(I Congresso Sede Santos / Foto: Divulgação)

Vem aí o 30º Queremos Deus

O Queremos Deus, tradicional evento católico que antecede o Carnaval e reúne anualmente milhares de fiéis por meio da fé, louvor e adoração ao Senhor, chega a sua 30ª edição neste ano. O encontro ocorrerá no dia 17 de fevereiro, a partir das 14 horas, no Estádio Presidente Vargas (PV), situado no bairro Benfica, em Fortaleza.

O tema desta edição do Queremos Deus é “Sedes restaurados pela Misericórdia do Pai.”

As atrações desta edição já estão definidas: Suelly Façanha, Nicodemos Costa, Luiz Carvalho, Izaias Luciano que se apresentarão juntos no palco relembrando os 30 anos de evento. A Irmã Kelly Patrícia estará presente no terço da misericórdia

Ao final , haverá celebração de missa presidida pelo arcebispo de Fortaleza, dom José Antonio Aparecido Tosi.

(Foto – Divulgação)

Irmã Anette ganha título de Doutor Honoris Causa da Urca

Irmã Annette Dumoulin, belga que dedica, há anos, sua vida ao trabalho social de apoio aos romeiros de Juazeiro do Norte, é a mais nova agraciada com o titulo de Doutor Honoris Causa da Universidade Regional do Cariri (Urca). Ela recebeu a homenagem em plena Romaria das Candeias, encerrada no último fim de semana.

A religiosa tem somadas importantes contribuições nas áreas da cultura, social, educacional, além de colaborar com estudos relacionados ao Padre Cícero e valorização da cultura romeira. São 40 anos de trabalho na Igreja de Nossa Senhora das Dores, sobretudo nas celebrações destinadas ao povo romeiro. No Círculo Operário São José, realiza um encontro com peregrinos desde 1976, denominado reunião das 15 horas.

Perfil

Anne Dumoulin, conhecida popularmente como Irmã Annette, nasceu no dia 14 de julho de 1935 na cidade de Liége, na Bélgica. Com cinco anos de idade teve que migrar juntamente com sua família para França, em consequência dos bombardeios provenientes da II Guerra Mundial. A religiosa ainda hoje conserva na lembrança os momentos de tensão e medo sofrido com esta experiência migratória. Retorna ao seu país sensibilizada com a lição que aprendera com o pai: “A felicidade consiste em ajudar os outros”, lembra ela, ao destacar que esse ensinamento transforou a sua vida.

Em 1955, a jovem Annette forma-se com Educação Física na Bélgica e em 1958, gradua-se em Ciência da Religião pela Universidade Católica de Louvain e, posteriormente, em Psicologia da Religião, obtendo os títulos de mestre e doutora em Ciência da Educação, com especialidade em Psicologia da Religião pela Universidade Católica de Louvain, entre 1964 e 1970.

Durante sua vida acadêmica, Irmã Annette ocupou o cargo de assistente no Centro de Psicologia da Religião da Universidade de Louvain (UCL) nos idos de 1964 – 1970 e, na mesma universidade, tornou-se professora de Ciências da Educação e Psicologia da Religião das Faculdades de Teologia e Ciências da Educação no período de 1970-1975. No ano de 1960, sagrou-se na Congregação de Nossa Senhora (ordem das Cônegas de Santo Agostinho).

Juntamente com a irmã Ana Teresa Guimarães chega ao Brasil par estudar e pesquisar as Comunidades Eclesiais de Base (Cebs), ambas decidindo morar na periferia de Recife, entre 1972 e 1973, sob os cuidados de Dom Hélder Câmara.

(Foto – Divulgação)

Padre Resende é homenageado na igreja Cristo Rei

O padre Raimundo Nonato Resende foi homenageado neste domingo (27), durante a tradicional Missa das Crianças, na igreja Cristo Rei, por causa de seus 25 anos de sacerdócio. As próprias crianças firam responsáveis pela homenagem, que estiveram à frente do Lúdico (música, histórias, teatro) e o Litúrgico.

Com a encenação do teatro de bonecos, as crianças apresentaram histórias alicerçadas no Evangelho do dia e dos ensinamentos bíblicos.

(Foto: Divulgação)

Pároco do Cristo Rei comemora 25 anos de sacerdócio

112 1

A Missa com Crianças, da Paróquia do Cristo Rei, em Fortaleza, vai  celebrar domingo próximo, às 9 horas, os 25 anos de sacerdócio do pároco, Padre Resende. Será uma celebração festiva, que contará com o cerimonial encabeçado pelas crianças que participam da catequese e que frequentam a paróquia.

Padre Resende, por sinal, recebeu uma nova missão do Superior Provincial: assumirá o reitorado do Santuário Sagrado Coração de Jesus, em São Leopoldo (RS), lugar de grande afluxo de peregrinos. A posse dele ocorrerá no inicio de março.

Para ocupar a missão como pároco do Cristo Rei assumirá o padre Laércio Rodrigues, que, há nove meses, desempenha a função de vigário em Cristo Rei.

(Foto – Divulgação)

Queremos Deus chega à sua 30ª edição em 2019

675 6

O Queremos Deus, tradicional evento católico que antecede o Carnaval e reúne anualmente milhares de pessoas por meio da fé, louvor e adoração ao Senhor chega à sua 30ª edição em 2019. O evento será realizado no dia 17 de fevereiro, a partir das 14h, no estádio Presidente Vargas (PV), localizado no bairro Benfica, em Fortaleza.

Em 2019, o evento comemora o seu Jubileu com o tema: “Sedes restaurados pela Misericórdia do Pai.” Hb 4, 16.

As atrações nesse ano estão por conta da cantora Suelly Façanha, Nicodemos Costa, Luiz Carvalho, Izaias Luciano que se apresentarão juntos no palco relembrando esses 30 anos de evento.

A irmã Kelly Patrícia estará presente no terço da misericórdia e o público mais uma vez contará com o louvor contagiante do padre Marcelo Rossi. A missa será presidida pelo arcebispo Dom José Antonio Aparecido Tosi Marques.

(Foto: Arquivo)

Padre Quevedo morre aos 88 anos por ataque cardíaco

Morreu nesta quarta-feira (9), por ataque cardíaco, o padre Oscar Gonzalez Quevedo Bruzan, 88. Ele será sepultado nesta quinta-feira (10), em cerimônia reservada a familiares, amigos e religiosos.

Padre Quevedo era especialista em parapsicologia e autor de livros. Ele ficou conhecido como “caçador de enigmas”, após apresentar nos anos 1990 o quadro com o bordão “Isso non Ecziste”, no programa Fantástico, da Rede Globo, quando apontava supostos charlatões no ocultismo.

(Foto: Arquivo)

Justiça aceita denúncia contra João de Deus por crimes sexuais

A juíza Rosângela Rodrigues dos Santos, da Justiça de Abadiânia (GO), aceitou hoje (9) denúncia apresentada pelo Ministério Público contra o médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, pelos crimes de estupro de vulnerável e violação sexual. Com a decisão, João de Deus vira réu no processo, que trata de quatro supostas vítimas do médium. A decisão está em segredo de Justiça e os detalhes não foram divulgados.

O médium está preso desde 16 de dezembro sob a acusação de violação sexual mediante fraude e de estupro de vulnerável, crime que teria sido praticado contra centenas de mulheres. O Ministério Público de Goiás, que formou uma força-tarefa para cuidar do caso, recebeu mais de 330 denúncias de abuso sexual contra João de Deus de diversos estados brasileiros e do Distrito Federal.

João de Deus se instalou em Abadiânia há 42 anos e mantém a Casa Dom Inácio de Loyola, centro de atendimento espiritual onde o médium costumava atender a pessoas doentes. No local, segundo as denúncias, ele teria abusado sexualmente de mulheres durante atendimentos individuais.

Após o recebimento da denúncia, o advogado Alberto Toron, representante de João de Deus, disse que ainda não foi notificado da decisão, mas que confia na Justiça.

(Agência Brasil)

Festa da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes ganha quiosque no Rio Mar

Fiéis de Nossa Senhora de Lourdes não precisam esperar até a festa da santa para adquirir artigos religiosos da padroeira do bairro Ellery, em Fortaleza. É que este ano, no Rio Mar Kennedy, no Piso L2, foi montado um quiosque para a divulgação do novenário, além da venda de material religioso. Toda a renda obtida será destinada à manutenção da Igreja Matriz do bairro, na praça Dias Macedo.

Já a festa da padroeira acontece de 2 a 11 de fevereiro, com celebrações eucarísticas e novenas diárias, a partir das 19 horas. O último dia marca a primeira aparição da santa, na cidade francesa de Lourdes. Nesse dia de encerramento da festa haverá a procissão solene, seguida de missa.

(Foto: Divulgação / W.Sacramento)

Bolsonaro sanciona lei que permite faltar à aula por motivo religioso

Estudantes poderão faltar aulas e provas por motivos religiosos. É que estabelece lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada no Diário Oficial da União de hoje (4). A lei entrará em vigor em 60 dias, em março. A partir desse mês, as escolas terão ainda dois anos para tomar as providências e fazer as adaptações necessárias para colocar a medida em prática.

A nova lei estabelece que estudantes de escolas e universidades públicas e privadas poderão se ausentar de provas ou aulas, em dias que, “segundo os preceitos de sua religião, seja vedado o exercício de tais atividades”. Para isso, os estudantes terão que apresentar um requerimento com a devida antecedência.

Para repor as atividades, as instituições de ensino poderão aplicar prova ou aula de reposição, conforme o caso. Poderão ainda solicitar dos alunos um trabalho escrito ou outra modalidade de atividade de pesquisa. Os estudantes que fizerem essas atividades terão garantida a presença.

A lei não se aplica, no entanto, às escolas militares. Isso porque o ensino militar é regulado em lei específica, admitida a equivalência de estudos, de acordo com as normas fixadas pelos sistemas de ensino.

De acordo com Agência Senado, a estimativa de líderes religiosos é que cerca de 2 milhões de brasileiros guardam o sábado e, por razões de fé, não podem estudar ou trabalhar até o pôr do sol.

(Agência Brasil)

Por que não falarmos de… Esperança?

Com o título “Esperança”, eis artigo de Lino Rampazzo, doutor em Teologia e Coordenador do Curso de Teologia da Faculdade Canção Nova. Mais do que nunca, eis um tema do momento. Confira:

A esperança é uma virtude e todas as pessoas, cristãs e não cristãs, são chamadas a ser virtuosas. É o compromisso com a ética. Até os antigos filósofos pagãos, como Platão e Aristóteles (no IV século a. C.) refletiram sobre essas virtudes humanas, tais como a sabedoria, a fortaleza, a justiça e a temperança.

Mas nós cristãos recebemos de Deus, como dom da sua Graça, as virtudes teologais: a fé, a esperança e a caridade. Nós as recebemos como “presente especial de Deus”, por isso são chamadas de “teologais”, do grego “theós”, que significa “Deus”.

Assim como a vinda de Jesus foi “esperada” no Antigo Testamento, nós, que estamos no “Novo Testamento”, esperamos a vinda gloriosa de Jesus no fim da história humana. Sim, esperamos, porque temos a virtude teologal da esperança. Como no texto que São Paulo escreve a Tito, no qual diz que Deus nos salvou “por sua misericórdia… por meio de nosso Salvador Jesus Cristo, para que, justificados por sua graça, nos tornássemos, na esperança, herdeiros da vida eterna” (Tt 3,5-7).

Vale lembrar que o papa Bento XVI, no ano de 2007, publicou uma encíclica sobre a Esperança, com o seguinte título: SPE SALVI facti sumus » – é na esperança que fomos salvos. Estas palavras do título são a citação de um texto do São Paulo (Rm 8,24).

Nessa mesma encíclica, no nº 3, o papa Bento XVI apresenta o exemplo de uma santa da nossa época: Santa Josefina Bakhita, uma africana canonizada pelo Papa João Paulo II. Nascera por volta de 1869 no Sudão. Aos nove anos de idade foi raptada pelos traficantes de escravos, espancada barbaramente e vendida cinco vezes nos mercados do Sudão. Finalmente, em 1882, foi comprada por um comerciante italiano para o cônsul Callisto Legnani, que voltou para a Itália. Aqui, depois de “patrões” tão terríveis que a tiveram como sua propriedade até agora, Bakhita acabou por conhecer um “patrão” totalmente diferente: o Deus vivo, o Deus de Jesus Cristo. Soube que este Senhor também a conhecia, tinha-a criado; mais ainda, amava-a. Ela era conhecida, amada e esperada; mais ainda, este Patrão tinha enfrentado pessoalmente o destino de ser flagelado e agora estava à espera dela “à direita de Deus Pai”. Agora ela tinha “esperança”; já não aquela pequena esperança de achar patrões menos cruéis, mas a grande esperança: eu sou definitivamente amada e aconteça o que acontecer, eu sou esperada por este Amor. Assim a minha vida é boa. Mediante o conhecimento desta esperança, ela estava “redimida”, já não se sentia escrava, mas uma livre filha de Deus. Esta ex-escrava foi batizada e quis tornar-se religiosa, na Congregação das irmãs Canossianas. A esperança, que nascera para ela e a “redimira”, não podia guardá-la para si; esta esperança devia chegar a muitos, chegar a todos.

São Paulo, pouco antes de morrer, escreve a Timóteo: “Combati o bom combate… guardei a fé. Agora só me resta a coroa da justiça que o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que aguardam com amor sua manifestação” (2 T 4,7-8).

Esta é a nossa esperança!

*Lino Rampazzo

Doutor em Teologia e Coordenador do Curso de Teologia da Faculdade Canção Nova.