Blog do Eliomar

Categorias para Saúde

Santa Casa de Fortaleza recebe R$ 500 mil para custeio

186 1

Luiz Marques, provedor, e o deputado tucano.

O Ministério da Saúde confirmou o repasse, nos próximos 15 dias, de R$ 500 mil para custeio da Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza. O valor atende a uma demanda defendida pelo deputado federal Danilo Forte (PSDB) e vai possibilitar a compra de medicamentos para tratamento de pacientes, além da aquisição de material hospitalar de uso único como seringas, agulhas e luvas, informa a assessoria do parlamentar.

A Santa Casa realiza aproximadamente 4 mil atendimentos por mês. Recebe pacientes tanto da capital cearense quanto dos municípios vizinhos (Caucaia, Aquiraz, Cascavel, Aracati, Horizonte e Itapipoca), conta com 281 leitos e 13 especialidades.

“Fico surpreso pelo grande número de atendimentos realizados na Santa Casa de Fortaleza mesmo com recurso escasso. O professor Luiz Marques, diretor da unidade, é um verdadeiro militante da saúde pública que se empenha enfrentando gargalos financeiros. Com essa verba extra a instituição ganha fôlego para investir em outros setores ampliando o atendimento e beneficiando o cidadão”, diz Forte.

(Foto – Santa Casa)

Gripe H1N1 – Confira os postos de vacinação que abrirão neste fim de semana

2021 2

O Centro de Saúde Meireles, que integra a rede da Secretaria da Saúde do Ceará, funcionará neste sábado para vacinar pessoas dos grupos prioritários da Campanha de Vacinação contra Influenza. O atendimento ocorrerá das 8 às 17 horas. Já a Secretaria de Saúde de Fortaleza disponibilizará também, neste sábado e domingo, sete postos de saúde, com atendimento das 8 às 17 horas. São eles: Posto Carlos Ribeiro (Regional I), Paulo Marcelo e Irmã Hercília (Regional II), Anastácio Magalhães (Regional III), Luis Costa (Regional IV), José Paracampos (Regional V) e Messejana (Regional VI).

Em todo o Estado, devem se vacinar 2.286.637 de pessoas dos grupos prioritários: idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses aos menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas – e os funcionários do sistema prisional. Os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais também devem se vacinar.

A campanha de vacinação envolverá em todo o Ceará 30 mil profissionais em 2.388 postos fixos, 1.100 postos volantes, 1.100 veículos terrestres. A vacina estará disponível para o público prioritário nas unidades de saúde com sala de vacina, instituições de idosos, hospitais, postos volantes e domicílios. O Dia “D” de Mobilização Nacional acontecerá no sábado, 12 de maio.

Postos de atendimento

Centro de Saúde Meireles
Av. Antônio Justa, 3113 – Meireles
Telefone: (85) 3101-1440 / 3101-1442 / 3101-1446 / 3101-1447

Vacinação contra influenza no sábado, 20, e domingo, 21 de abril – 8 às 17h

Posto de Saúde Carlos Ribeiro
R. Jacinto Matos, 944 – Jacarecanga
Telefone: (85) 3452-6376

Posto de Saúde Paulo Marcelo
Rua Vinte Cinco de Março, 607 – Centro
Telefone: (85) 3105-1455

Posto de Saúde Irmã Hercilia Aragão
Rua Frei Vidal, 1821 – São João do Tauape
Telefone: (85) 3452-1883

Posto de Saúde Anastácio Magalhães
Rua Delmiro de Farias, 1670 – Rodolfo Teófilo
Telefone: (85) 3433-2560

Posto de Saúde Dr. Luís Costa
Rua Jorge Dumar, 1501 – Benfica
Telefone: (85) 3131-7677

Posto de Saúde José Paracampos
Rua Alfredo Mamede, 250 – Mondubim
Telefone: (85) 3433-4927

Posto de Saúde de Messejana
Rua Cel. Guilherme Alencar, s/n – Messejana
Telefone: (85) 3474-2637

Prefeito abre campanha de vacinação contra a gripe H1N1 e dá informações sobre a estratégia

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT) abriu, nesta manhã de sexta-feira, a campanha de vacinação contra a gripe H1N1. Em vídeo disponibilizado em suas redes sociais, ele dá mais detalhes acerca da campanha.

No Ceará, segundo boletim da Secretaria da Saúde, já ocorreram quatro óbitos. Fortaleza registra o maior número de casos de gripe.

Sobe para quatro número de mortes por gripe influenza HINI no Ceará

Já são quatro as mortes por gripe influenza A H1N1 no Ceará, neste ano; Informou, nesta quinta-feira, a Secretaria da Saúde do Estado. Os óbitos foram registrados em Fortaleza, Iracema, Eusébio e Solonópole. Até agora, o número de casos da doença chega a 27.

A Secretaria da Saúde resolveu antecipar para esta sexta-feira a campanha de vacinação da gripe, que deveria ter início na segunda-feira. Isso por causa do aumento no número de mortes.

De acordo com informações da Sesa, a vacina previne contra três tipos de influenza: influenza A H1N1, influenza A H3N2 e Influenza B. O tipo que tem despertado maior preocupação nas autoridades e na população é a H1N1. A meta é vacinar 2.286.637 de pessoas dos grupos prioritários.

Grupo prioritário

– Idosos a partir de 60 anos
– Crianças de seis meses aos menores de cinco anos
– Trabalhadores de saúde
– Professores das redes pública e privada
– Povos indígenas
– Gestantes e mães com até 45 dias após o parto
– Pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas
– Funcionários do sistema prisional
– Os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais também devem se vacinar, alerta a secretaria.

Dicas de prevenção recomendadas pela Secretaria da Saúde

– Lavar e higienizar as mãos com frequência
– Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talher, copo e garrafa
– Evitar tocar mucosas do olho, nariz e boca
– Ter boa alimentação e beber bastante líquido
– Evitar contato com pessoas que estejam com sintomas da gripe
– Manter a sua casa bem arejada.

Centro de Diabetes e Hipertensão merecia um concurso público para reforçar o pessoal

O Centro de Diabetes e Hipertensão do Ceará é um prédio confortável e bem equipado, que fica no bairro Aldeota, em Fortaleza, mas está vivendo uma dificuldade: a falta de profissionais.

Os que atendem ali andam sobrecarregados. Marcar consulta virou um tédio. Se for paciente do Interior, então, haja paciência.

 

Deputada cobra funcionamento de mamógrafos em Fortaleza

118 1

A deputada estadual Fernanda Pessoa (PSDB) lança um alerta para a qualidade dos exames de mamografia e pediu mais atenção dos poderes públicos sobre a prevenção do câncer de mama. De acordo com associações que lutam pela saúde preventiva da mulher, a maioria dos mamógrafos – equipamento indispensável para o diagnóstico precoce da doença, está quebrada e sem manutenção em Fortaleza.

“O mamógrafo do Hospital da Mulher, com tecnologia digital está fora de uso há, pelo menos, dois anos. Era um dos melhores em termos de qualidade de diagnóstico por imagem”, lamenta a parlamentar, que cobra também atenções para o mamógrafo do Gonzaguinha de Messejana.

Ferrnanda Pessoa se diz ainda preocupada com a portaria nº 15, do MS, que muda a forma como os municípios receberão recursos para assistência Ambulatorial e Hospitalar de Média e Alta Complexidade. “Tememos que isso diminua os exames de mamografias na rede pública e as mulheres precisem pagar para realizar estes exames” alertou a deputada.

Guia de Informações sobre Transtorno do Espectro Autista é lançado em Tauá

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, Audic Mota (PSB), lançou, nesta segunda-feira, 16, em Tauá (Região dos Inhamuns), o Guia de Informações sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA). A publicação, idealizada pelo parlamentar e editada em parceria com a Consultoria Parlamentar e Inesp, reuniu pais e filhos, estudantes, representantes de associações, profissionais das áreas de saúde e educação. Na ocasião, o deputado ainda recebeu homenagem da Secretaria de Educação do município pela iniciativa do projeto.

Na oportunidade, Audic, durante ato na Escola Estadual de Educação Profissional Monsenhor Odorico de Andrade, destacou o papel da equipe técnica multidisciplinar responsável pela elaboração do Guia. Em especial, a atuação da advogada e sua assessora parlamentar, Renata Praciano, mãe de portador do TEA e inspiradora da articulação que resultou no Guia.

A edição reúne conteúdo de caráter informativo baseado em publicações e dados fornecidos por especialistas. O seu objetivo é esclarecer sobre o TEA. Do ponto de vista legal e dos sintomas que condicionam seu diagnóstico, promovendo o desenvolvimento das pessoas afetadas e expandindo conhecimentos sobre o que ainda é pouco compreendido e, no entanto, tão disseminado.

(Foto – Divulgação)

Seminário debate financiamento à saúde para o desenvolvimento regional

O Instituto Future e Associação dos Hospitais do Estado do Ceará (Ahece) e o Instituto Future vão realizar, das 8 às 18h30min do próximo dia 24, no auditório da Federação das Indústrias do Estado (Fiec), o seminário Financiamento à Saúde para o Desenvolvimento Regional. No encontro, será apresentada uma pesquisa indicando ser a saúde a principal preocupação dos brasileiros.

A abertura do seminário contará com palestra do médico Carlos Roberto Martins Rodrigues (Dr. Cabeto), hoje à frente de um projeto de polo de saúde no bairro do Porangabussu. Ele abordará “Negócio e Inovação – O Ecossistema da Saúde do Ceará”. No rol dos conferencistas, também Roberta Braga Mota Sousa (Adece) e Lina Oliveira Sales que enfocarão temas relacionados ao financiamento à saúde.

Outras palestras 

“O Médico do Futuro” com Júlio Cesar Martins Monte, da Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein, São Paulo, tendo como presidente da mesa Luiz Aramicy Bezerra Pinto, presidente da Associação dos Hospitais do Estado do Ceará seguindo-se debate;

“Soluções em Gestão: A contribuição das Organizações Sociais”. Palestrante: André Guanaes, Superintendente do Instituto Sócrates Guanaes. Presidente da mesa: Henrique Javi, Secretário da Saúde do Estado.

O tema “PREVENÇÃO: Integração dos setores público e privado” entra numa entrevista-depoimento com Jaime Daniel Escallon, da Colômbia;

“Coalizão Saúde – Estratégias para Superação dos Desafios da Saúde” com a palestrante Denise Eloi, CEO do Instituto Coalizão Saúde tendo como presidente da mesa Beto Studart, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará.

SERVIÇO

*Mais Informações – (85) 3063-3300.

 

Faltam remédios para tratamento de crianças com câncer

Devido à falta de medicamentos para o tratamento quimioterápico de crianças atendidas no Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS), a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) é alvo de ação civil pública, movida pela Defensoria Pública do Ceará. Pelo menos quatro remédios e insumos necessários para realização dos procedimentos estão em falta. Segundo relatos, os atrasos ocorrem há pelo menos quatro meses na unidade, referência no atendimento ao câncer infantojuvenil.

Após o despacho, na quinta-feira, 5, pela 3ª Vara da Infância e da Juventude de Fortaleza, o processo aguarda expedição dos mandados de intimação, prevista para até hoje. Feita a intimação, o Estado precisa se manifestar em até 72 horas.

“A gente tentou de todas as formas contatar tanto o Estado quanto a Secretaria da Saúde e a direção do hospital para tentar regularizar essa situação de desabastecimento desses medicamentos. Entretanto, como não conseguimos uma resposta positiva por parte do Estado, não tínhamos outra opção a não ser entrar com essa ação civil pública para obrigar o Estado a retomar o abastecimento desses medicamentos”, explica o supervisor do Núcleo de Atendimento da Defensoria na Infância e Juventude (Nadij), Adriano Leitinho. Ele esclarece que, antes do pedido de liminar, se faz necessário ouvir o Governo. Após a manifestação ou expirado o prazo para esta, é concedida ou não a tutela de urgência para fornecimento imediato do material faltante.

Segundo o defensor público, na primeira inspeção, em 5 de março, foi constatada a ausência de 11 substâncias: ácido folínico, bleomicina, carboplatina, tioguanina, metotrexato 500mg, metotrexato 50mg, ondansetrona, doxorrubicina, mercaptopurina, hidroxiureia e L-asparaginase. Feito relatório, a Defensoria oficiou a Sesa e o Hias. “Solicitamos os esclarecimentos e a Sesa disse que tinha ciência e estava providenciando”, afirmou Adriano. Nova vistoria, em 21 de março, todavia, constatou que o problema não fora totalmente resolvido. Faltavam quatro medicamentos (bleomicina, tioguanina, hidroxiureia e L-asparaginase) e materiais necessários para a aplicação dos mesmos. “Não adianta chegar os medicamentos se não tinha como serem usados”.

Olga Freire, presidente do Instituto Peter Pan, entidade sem fins lucrativos especializada no combate ao câncer infantil, conta que o “desespero pela falta de medicamentos já dura meses”. “Chega o remédio e logo em seguida falta novamente. O Peter Pan não tem responsabilidade sobre a compra de medicamentos. Mesmo sem condições financeiras sobre esta compra, já adquirimos por três vezes alguns remédios que estavam faltando”, afirma.

Olga argumenta que, além de comprometer o tratamento, a situação deixa famílias e pacientes inseguros. Além de pais e responsáveis, as próprias crianças, mesmo ainda pequenas, se angustiam. “Alguns choram. Eles entendem que precisam tomar o remédio direito. Ficam com medo de morrer”, conta Renata Neves, 31. Mãe de Bruno, 6, ela diz que, mesmo sem condições, chegou a comprar medicamentos com o próprio dinheiro. “A gente teve que comprar uma medicação que só achou em São Paulo. No caso dele, que ficou sem tomar mercaptopurina e tioguanina. O pior de tudo é a sensação, o medo de piorar”.

Em nota, a Sesa informou que os estoques de L-asparaginase e tioguanina foram normalizados. Para bleomicina foi iniciado processo de importação. Sobre a hidroxiureia, foi aberta dispensa de licitação, após nenhum fornecedor apresentar proposta em seis tentativas de aquisição.

(Com O POVO – Rute Ramires)

ONU pede cuidados médicos para todos no Dia Mundial da Saúde

O mundo inteiro comemora neste sábado, 7 de abril, o Dia Mundial da Saúde, que este ano tem o lema “Cobertura de Saúde Universal: para toda a gente em todos os lugares”. Na mesma data, celebra-se o 70º aniversário da Organização Mundial da Saúde (OMS). A informação é da ONU News.

Em mensagem, o secretário-geral da ONU, António Guterres, lembrou os princípios fundadores da OMS, que neste momento responde a surtos e crises humanitárias em mais de 40 países. e ressaltou que “usufruir do melhor estado de saúde possível é um dos direitos fundamentais de todos os seres humanos.”

O chefe das Nações Unidas disse ainda que desde a fundação da Organização Mundial da Saúde “a esperança média de vida em todo o mundo aumentou 23 anos, a varíola desapareceu e a pólio vai acabar em breve.” contudo, apesar destes avanços, Guterres afirmou que “pessoas em todo o mundo ainda têm falta de acesso a serviços vitais de saúde.”

E hoje – Dia Mundial da Saúde – o secretário-geral disse que se junta ao compromisso da OMS “para garantir que toda a gente, em todos os lugares, tenham os cuidados de saúde de que precisam.”

Segundo dados da ONU, metade da população mundial ainda tem falta de acesso a cuidados essenciais de saúde. E todos os anos cerca de 100 milhões de pessoas são empurradas para uma situação de pobreza extrema devido a custos médicos.

(Agência Brasil)

Shopping Benfica comemora o Mês da Conscientização sobre Autismo

O Shopping Benfica, em parceria com a Associação Pintando o SeteAzul, promove, durante todo este mês de abril, uma série de atividades de conscientização sobre o autismo.

Neste domingo, acontecerá o fórum “Eu tenho autismo, eu tenho direito a assistência à saúde”, com convidados de renome nacional, como o neurologista André Pessoa. A partir das 8 horas, nos Cinemas Benfica. Aberto ao público.

Já no próximo dia 13, serão abertas a feira ExpoTea, com serviços e produtos voltados para a cidadania dos autistas, e a exposição fotográfica “Eu tenho Autismo, eu tenho direitos”. No dia 14 de abril, haverá um fórum sobre autismo.

SERVIÇO

*Programação completa no site shoppingbenfica.com.br

*Mais informações: 3243-1000.

Domingos Neto apresenta projeto que incentiva abertura de farmácias no Interior

Está pronto o projeto do deputado federal Domingos Neto (PSD) que incentiva a abertura de farmácia por farmacêuticos no interior. A matéria, de número 9919/2018, concede linhas de crédito para abertura de farmácias de pequeno porte fora das capitais. Dá também incentivos tributários para facilitar a manutenção dessa atividade tão importante para a população do interior, informa a assessoria de imprensa do presidente regional do PSD..

Domingos Neto lembra que, em muitos casos, as farmácias são os únicos recursos de saúde que as comunidades têm para ter acesso à saúde. “Como os estabelecimentos estão fechando, há pessoas que precisam andar 60, às vezes 80 km para ter acesso aos medicamentos. E do outro lado, os farmacêuticos não têm incentivos para permanecer no interior. É esse problema que estamos resolvendo”, explica.

O projeto é resultado de meses de debate com representantes da categoria. Eles se reuniram com Domingos Neto e participaram de uma consulta pública nas redes sociais do deputado. “É um texto construído à muitas mãos, ouvindo a sociedade, como tem que ser”, relata Domingos Neto.

(Foto – PSD)

Fateci oferece curso de extensão em Fisiopatologia em Feridas Cutâneas

Os cursos de bacharelado em Enfermagem e Tecnólogo em Radiologia da Faculdade de Tecnologia Intensiva (Fateci) estão ofertando 40 vagas para extensão em Fisiopatologia de Feridas Cutâneas.

O objetivo do curso é capacitar os participantes nas diversas situações de atendimento aos portadores de lesões cutâneas (feridas), atualizando seus conhecimentos quanto aos modernos tratamentos e recursos disponíveis em benefício dos pacientes, informa a assessoria de imprensa da Instituição.

As aulas compreendem conteúdo expositivo, interpretação de casos clínicos e resolução de atividades. Direcionado para estudantes e profissionais de saúde, a carga horária é de 10 horas e ocorrerá de 26 de maio a 2 de junho.

SERVIÇO

*As inscrições podem ser feitas por meio do link

Fisiopatologia de Feridas Cutâneas.

Guia sobre Autismo será lançado na Assembleia Legislativa

Será lançado às 18 horas desta segunda-feira, no Plenário 13 de Maio, da Assembleia Legislativa, o Guia sobre o TEA (Transtorno do Espectro Autista). O documento foi editado pelo Inesp, organismo do Poder Legislativa. Na ocasião, será prestada uma homenagem à Associação Brasileira para Ação por Direitos das Pessoas com Autismo (Abraça), em reconhecimento à notória dedicação e exemplo de compromisso da entidade.

“Tendo em vista a complexidade do tema, pesquisas e estudos, muitos ainda em processo de consolidação, esclarecemos que o Guia, em linguagem clara e acessível, serve como referência para conhecimentos iniciais e orientações básicas quanto a buscar para apoio ao desenvolvimento das pessoas com TEA, tanto do ponto de vista legal como profissional”, adianta o primeiro-secretário da AL, Audic Mota.

Outro aspecto destacado pelo parlamentar é o papel do legislativo cearense perante o tema, ao reafirmar o fortalecimento de vínculos e a escuta cuidadosa e necessária da sociedade no desafio da implantação de políticas públicas assertivas e sustentáveis, que possam contribuir para transformação do cenário atual.

Incor Criança lança livro que resgata a história de transplantes do coração no Ceará

A trajetória da história dos transplantes cardíacos no Ceará, no Brasil e no mundo está sendo retratada por uma equipe de profissionais humanitários que, há anos, vem se dedicando à realização de transplantes cardíacos na capital cearense. Isso, por meio do livro Transplante do Coração – um caminho para a vida, que será lançado no próximo dia 9, às 17 horas, no plenário da Assembleia Legislativa, pelo Incor Criança.

Na publicação, dos médicos Valdester Cavalcante Pinto Jr., Juan Mejia, João David de Souza Neto e Klébia Castello Branco, um pouco dessa historia para celebrar o cinquentenário do primeiro transplante cardíaco no Brasil e no mundo, bem como os vinte anos do programa de transplante de coração em adultos e vinte anos do primeiro transplante deste órgão em crianças, no Ceará.

O livro reúne informações sobre o enredo histórico do transplante cardíaco, os dispositivos legais no Brasil, o transplante como última opção de tratamento, a vivência da espera pelo órgão, a morte encefálica, a doação, a captação do coração, o transporte, a transplantação, o coração doado para transplante de valvas, o paciente transplantado e o renascimento. Nele também a experiência fotográfica de João Palmeiro e Janus Lonngren, que induz a uma reflexão da espera solitária no hospital ou em casa com a família, mostra o encontro com os já transplantados, traduz sentimentos diversos como dor, saudades, recordação, além da dedicação dos médicos e da equipe multidisciplinar que fazem o esperado acontecer, finalizando com alegria e vida que o levaram a contar essa história.

Cirurgias eletivas começam neste mês. A ordem é tirar 15 mil pacientes da fila

Oito hospitais privados já aderiram ao edital de chamamento do governo estadual para cirurgias eletivas. O Palácio da Abolição disponibilizará R$ 100 milhões, com a meta de zerar um passivo de cerca de 15 mil cirurgias.

Nessa lista, segundo Aramicyr Pinto, que preside a Federação Brasileira de Hospitais e é diretor do sindicato do setor no Estado, Cura D’ars, Fernandes Távora e São Raimundo.

As cirurgias terão início ainda neste mês, segundo o dirigente da federação.

 

Pele de tilápia pode virar produto de farmácia

Da Coluna do Eliomar de Lima, do O POVO desta quinta-feira:

O Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos (NPDM), da Universidade Federal do Ceará, envia, nos próximos dias, o pedido de registro à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para que a pele de tilápia se transforme em produto farmacêutico no tratamento de queimaduras. A informação é do coordenador do NPDM, Odorico Moraes.

O produto surgiu a partir de pesquisas científicas que foram feitas no Estado, sob a coordenação desse organismo da UFC e do Instituto de Apoio ao Queimado – uma ONG dirigida pelo médico Edmar Maciel Lima Júnior. O tratamento com pele de tilápia vem obtendo 100% de sucesso, pois, além de encurtar o tratamento e de minimizar a dor do queimado, reduziu em 50% os seus custos. Com pedido feito, é aguardar o crivo da Anvisa.

Há expectativas, com todos os procedimentos técnicos encaminhados, de que a pele de tilápia possa estar no mercado antes de 2022. Pelo menos é essa, digamos, a bula burocrática desse órgão.

Associação dos Servidores do IJF promove campanha pela Paz

112 2

A Associação dos Servidores do Instituto Dr. José Frota promove a campanha Por uma Cultura de Paz. Nesta terça-feira, a partir das 8 horas, no auditório do hospital, haverá um ato ecumênico, apresentação da Camerata da Unifor e um abraço no prédio do IJF.

A ordem, segundo os servidores, é dar uma resposta à onda de violência que predomina em Fortaleza e dar à sociedade cearense a demonstração de que o pessoal da maior emergência do Estado continuará sempre disposta a lutar por uma sociedade justa e sem desigualdades.

Vereador de Fortaleza integra grupo nacional em defesa da Odontologia

195 1

Cirurgiões-dentistas de todo o pais vão se reunir, nesta semana, em Brasília, num encontro do Movimento #JuntosPelaOdontologia, que busca organizar a atuação política em favor da categoria e da população.

O vereador Dr.Portinho (PRTB), de Fortaleza, participará do encontro, com viagem, ressalva ele, custeada pelo movimento.

“A ação busca a valorização dos profissionais da odontologia, para que tenham mais vez e voz”, destaca Dr. Portinho.

DETALHE – O movimento #JuntosPelaOdontologia é de abrangência nacional e foi lançado no recente 37º CIongresso Intenacional de Odontologia, ocorrido em São Paulo.