Blog do Eliomar

Categorias para Saúde

Fiocruz do Ceará será inaugurada nesta terça-feira

Com a presença de Nísia Trindade Lima, presidente da Fundação Oswaldo Cruz, o governador Camilo Santana e o prefeito do Eusébio, Acilon Gonçalves, vão inaugurar, às 9 horas desta terça-feira, a unidade da Fiocruz Ceará.

O Polo Industrial e Tecnológico da Saúde, localizado no município do Eusébio (Região Metropolitana de Fortaleza, foi resultado de um investimento total da ordem de R$ 170 milhões. A área ocupada é de aproximadamente 73 hectares.

“A Fiocruz vai ser a âncora do Polo Industrial e Tecnológico da Saúde do Ceará, com laboratórios, área de capacitação, estrutura bonita. É uma das instituições de pesquisa na área da saúde mais conceituadas. O Ceará dá um passo importante com a instalação dessa fundação”, destaca o governador Camilo Santana.

No projeto, há também espaços para uma futura fábrica de vacinas.

(Foto – Divulgação)

Deputada manda carta para a Fiec propondo doações em favor da Santa Casa de Misericórdia

A deputada estadual Fernanda Pessoa (PSDB) está solicitando aos empresários, por meio de carta encaminhada à Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), apoio financeiro para a Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza. A instituição passa por dificuldades financeiras.

Segundo a deputada, o apoio pode vir em forma de doação de incentivos fiscais, com direito a dedução de Impostos de Renda de Pessoa Jurídica. “Desta forma, entendemos que mais pessoas poderão ajudar a transformar a realidade do hospital. A doação é fácil e pode ser feita na declaração sem custo algum, com dedução do Imposto de Renda. O importante é nos unirmos para ajudar a Santa Casa” disse Fernanda Pessoa”, apela Fernanda Pessoa.

Fernanda explica que o imposto solidário tem sido praticado em vários Estados. As leis federais de incentivo permitem que empresas destinem até 1% do tributo devido. A Santa Casa existe há 157 anos e atende centenas de pacientes da Capital e do Interior do Estado. Passam pela emergência da unidade cerca de 180 pacientes todos os dias.

Hospital de Messejana ganhará reforço na emergência

210 1

A emergência de cardiopatias do Hospital de Messejana, situado em Fortaleza, vai ganhar, agora em julho, um reforço de mais 48 leitos. A informação é do diretor Frederico Lima e Silva. Ele adianta que isso dará fôlego novo à unidade.

Segundo Frederico, serão mais de 500 leitos no total que não atendem só pacientes do Estado.”Como somos hospital de referência na área, recebemos até pacientes de outras regiões como o Norte do País”, diz ele.

Uece terá curso de Terapia Ocupacional

O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito 6), a Associação Brasileira de Terapia Ocupacional (Abrato-CE), a Associação Cearense dos Terapeutas Ocupacionais (ACTO) e terapeutas ocupacionais liberais comemora um tento. O governo estadual autorizou a abertura do curso de graduação em Terapia Ocupacional na Universidade Estadual do Ceará (Uece).

Apenas uma instituição particular de Fortaleza firmou terapeutas ocupacionais por 43 anos. Para o reitor da UECE, professor Jackson Sampaio, que muito incentiva a prática do profissional da Terapia Ocupacional, para a universidade é sua missão oferecer educação
superior para o Ceará e no caso específico dessa profissão, a instituição completa a formação da equipe básica de saúde para todas as políticas públicas de saúde do país.

A previsão para o início da turma é o segundo semestre letivo de 2019, no final de maio. Antes disso, segundo Jackson Sampaio, serão realizadas reuniões para elaboração de cronograma de implantação, seleção de professores, vestibular e negociações com governo para investir em equipamentos, é necessária a construção de quatro laboratórios específicos para o curso.

Para a vice-presidente do Crefito 6, a terapeuta ocupacional Luzianne Feijó, essa foi uma verdadeira saga por um sonho. “Ofertar uma formação de qualidade aos futuros profissionais da terapia ocupacional e uma assistência de qualidade a saúde da população
cearense”, afirma.

Soropositivos farão ato de protesto em frente ao Hospital São José

Vando Oliveira coordena a RNP-HIV do Ceará.

A Rede Nacional de Pessoas com HIV, no Ceará, vai realizar nesta quinta-feira, às 9h30min, uma manifestação no entorno do Hospital São José. Segundo Vando Oliveira, coordenador local, haverá um “abraço” nessa unidade hospitalar que acolhe os soropositivos, num contraponto à falta de abraço oficial.

Ele diz que o ato vai cobrar do governador Camilo Santana (PT) a ampliação do ambulatório de HIV do hospital. Já do prefeito de Fortaleza, Roberto Claudio (PDT), a cobrança é com relação a recarga do bilhete único para 500 pessoas que contam com o benefício desde fevereiro.

“Nem ampliação do ambulatório, nem recarga assegurada até hoje”, lamenta Vando Oliveira.

(Foto – Divulgação)

Consulta pública sobre uso medicina da maconha não é consenso na Anvisa

O diretor presidente da Agência Nacional da Vigilância Sanitária (Anvisa), Jarbas Barbosa, terá dificuldade para fazer passar a consulta pública que pretende propor sobre o uso medicinal da maconha.

Segundo informa o jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo. há diretores na agência que acreditam não ser este o fórum apropriado para tratar do assunto. O STF e o Congresso Nacional já tangenciaram o tema, sem decidir.

Regulamentar o uso medicinal implica em decidir, por exemplo, sobre a possibilidade do plantio em casa. Hoje, há quem defenda na Anvisa que existe segurança para liberar, apenas, a pesquisa científica.

Grupo Pague Menos inaugura a farmácia nº 1000 em julho

245 1

A farmácia nº 1000 do Grupo Pague Menos (Bairro Aldeota), em Fortaleza, será inaugurada, após alguns adiamentos, em julho próximo. A informação é do superintendente de Relações Institucionais do Grupo, Geraldo Gadelha.

São três andares, com seis escadas rolantes, numa área construída de mil metros quadrados. O grupo não revela o total do investimento.

“Essa loja vai trazer um novo conceito de farmácia para nosso Estado”, acentua o superintendente rede Pague Menos.

SERVIÇO

*Farmácia 1000 – Rua José Vilar com Avenida Santos Dumont.

Projeto de lei quer proibir fornecimento de canudo plástico em Fortaleza

Um projeto de lei quer proibir o fornecimento de canudo plástico em estabelecimentos comerciais de Fortaleza. A proposta, de autoria do vereador Iraguassú Filho, líder do PDT na Casa já está em tramitação.

Com a iniciativa, estabelecimentos como hotéis, restaurantes, bares, padarias, clubes noturnos, salões de danças, eventos musicais de qualquer espécie, estádios de futebol, barracas de praia e comércio ambulante ficarão proibidos de fornecer canudo de plástico aos clientes.

“Temos que estabelecer uma preocupação em relação ao uso do plástico em nosso cotidiano, nosso mandato vem tomando essa atitude há algum tempo. Proibir o uso do canudo de plástico em Fortaleza pode ser visto como algo mínimo, no entanto, serão milhões de canudos a menos descartados de forma incorreta, chegando aos oceanos, prejudicando a vida marinha”, explica o vereador.

Alternativa

Como alternativa, os estabelecimentos poderão fornecer canudos biodegradáveis, fabricados de material comestível ou reutilizável. O descumprimento da lei acarretará em aplicação de multa entre R$ 1.965,00 a R$ 5.895,00, tomando como base a Unidade Fiscal de Referência do Estado do Ceará, instituído pela Secretaria da Fazenda.

A fiscalização ficará a cargo da Agência de Fiscalização Municipal (AGEFIS), com auxílio de Secretariais Municipais e demais órgãos públicos. Os valores arrecadados com multas, em casos de infrações, serão destinados ao Fundo Municipal de Defesa do Meio Ambiente.

(Foto – CMFor)

Wesley Safadão baixa hospital com crise de sinusite

O cantor Wesley Safadão passou mal e deu entrada no Hospital São Carlos, em Fortaleza, na noite desta segunda-feira, 18. Em entrevista ao O POVO Online, Watila de Oliveira, irmão do forrozeiro, confirmou o fato e disse que Safadão passa bem, já está em casa e que tudo não passou de um mal-estar.

“Foi só uma crise de sinusite muito forte que ele teve. Como já estava no hospital, aproveitou e fez um check-up para não adiar mais”, afirmou o irmão do cantor que estava viajando mas logo soube do estado de saúde de Safadão.

Sobre a agenda de shows, as apresentações estão mantidas. Hoje ele se apresenta em Patos, interior da Paraíba.

Há duas semanas, a assessoria de Safadão informou que ele foi diagnosticado com princípio de hérnia de disco. A doença está em fase inicial e já está sendo tratada com sessões de pilates.

(O POVO Online – Repórter Matheus Facundo/Foto – Divulgação))

Anvisa suspende venda de lotes de fraldas da marca Huggies Turma da Mônica

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou hoje (18), em resolução publicada no Diário Oficial da União, a suspensão da venda de parte dos lotes de fraldas descartáveis do modelo Tripla Proteção, da marca Huggies Turma da Mônica, recomendando que os consumidores que já tenham comprado unidades consideradas irregulares evitem utilizá-las.

A medida, que determina o recolhimento dos estoques disponíveis no mercado, está sendo tomada porque a fabricante, a multinacional Kimberly-Clark, não seguiu adequadamente os procedimentos que garantiriam que o material do produto é atóxico e seguro para bebês, de acordo com a Agência.

Segundo a Anvisa, a empresa deixou pendentes os exames de irritações cutâneas primárias e cumulativas e de sensibilização, capazes de detectar se o produto pode causar alergias. Atualmente, a legislação brasileira prevê que fabricantes de fraldas e absorventes higiênicos repitam esses testes, chamados de pré-clínicos, toda vez que alterem algo em sua cadeia de produção. As marcas também são obrigadas a elaborar um estudo de estabilidade dos produtos, registrando, além dos resultados dos testes, metodologias analíticas, condições de conservação da amostra, periodicidade de análise e data de vencimento.

Venda suspensa
Em nota enviada à Agência Brasil, a Kimberly-Clark informou que já suspendeu a comercialização dos lotes afetados, mas que irá recorrer da decisão, por discordar de seu teor. De acordo com a empresa, as fraldas dos lotes interditados pela Anvisa podem apresentar escurecimento, em decorrência da oxidação do polímero (gel superabsorvente).

Caso o consumidor tenha adquirido um item desses lotes e queira buscar esclarecimentos, a orientação da fabricante é de que entre em contato com seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), pelo telefone 0800 709 5599.

Assegurando que nenhum outro produto da linha Huggies Turma da Mônica foi afetado, a Kimberly-Clark reiterou em seu comunicado que o produto não causa dano à saúde dos consumidores e que sua qualidade tem sido comprovada por exames toxicológicos e dermatológicos, realizados em laboratórios externos, idôneos e independentes.

Lotes
Os lotes mencionados pela Anvisa na resolução são os seguintes:

SZ LOTE NA FAB: 01/06/2015 a SZ LOTE NC FAB: 30/06/2015

SZ LOTE OB FAB: 01/06/2015 a SZ LOTE OC FAB: 30/06/2015

SZ LOTE PA FAB: 15/06/2015 a SZ LOTE PC FAB: 30/06/2015

SZ LOTE QA FAB: 21/06/2015 a SZ LOTE QC FAB: 30/06/2015

SZ LOTE RA FAB: 09/06/2015 a SZ LOTE RC FAB: 30/06/2015

SZ LOTE SA FAB: 08/06/2015 a SZ LOTE SC FAB: 30/06/2015

SZ LOTE NA FAB: 01/07/2015 a SZ LOTE NC FAB: 31/07/2015

SZ LOTE OA FAB: 01/07/2015 a SZ LOTE OC FAB: 31/07/2015

SZ LOTE PA FAB: 01/07/2015 a SZ LOTE PC FAB: 11/07/2015

SZ LOTE PA FAB: 27/07/2015 a SZ LOTE PC FAB: 31/07/2015

SZ LOTE QA FAB: 01/07/2015 a SZ LOTE QC FAB: 07/07/2015

SZ LOTE QA FAB: 13/07/2015 a SZ LOTE QC FAB: 24/07/2015

SZ LOTE QA FAB: 27/07/2015 a SZ LOTE QC FAB: 27/07/2015

SZ LOTE RA FAB: 01/07/2015 a SZ LOTE RC FAB: 09/07/2015

SZ LOTE RA FAB: 12/07/2015 a SZ LOTE RC FAB: 23/07/2015

SZ LOTE RA FAB: 29/07/2015 a SZ LOTE RC FAB: 31/07/2015

SZ LOTE SA FAB: 01/07/2015 a SZ LOTE SC FAB: 06/07/2015

SZ LOTE SA FAB: 08/07/2015 a SZ LOTE SC FAB: 13/07/2015

SZ LOTE SA FAB: 25/07/2015 a SZ LOTE SC FAB: 31/07/2015

SZ LOTE NA FAB: 01/08/2015 a SZ LOTE NC FAB: 18/08/2015

SZ LOTE NA FAB: 25/08/2015

SZ LOTE OC FAB: 03/08/2015 a SZ LOTE OA FAB: 25/08/2015

SZ LOTE PA FAB: 01/08/2015 a SZ LOTE PC FAB: 05/08/2015

SZ LOTE PA FAB: 22/08/2015 a SZ LOTE PC FAB: 22/08/2015

SZ LOTE QA FAB: 07/08/2015 a SZ LOTE QC FAB: 10/08/2015

SZ LOTE QA FAB: 18/08/2015 a SZ LOTE QC FAB: 18/08/2015

SZ LOTE RA FAB: 01/08/2015 a SZ LOTE RC FAB: 06/08/2015

SZ LOTE RA FAB: 20/08/2015 a SZ LOTE RC FAB: 20/08/2015

SZ LOTE SA FAB: 01/08/2015 a SZ LOTE SC FAB: 04/08/2015

SZ LOTE SA FAB: 10/08/2015 a SZ LOTE SC FAB: 10/08/2015

SZ LOTE SA FAB: 17/08/2015 a SZ LOTE SC FAB: 24/08/2015

SZ LOTE SA FAB: 26/08/2015 a SZ LOTE SC FAB: 26/08/2015

SZ LOTE QA FAB: 03/09/2015 a SZ LOTE QC FAB: 03/09/2015

SZ LOTE RA FAB: 25/02/2016 a SZ LOTE RC FAB: 25/02/2016

CA LOTE AA 06:00 FAB 24/05/2014 EXP: 23/05/2017 a CA LOTE AC 22:00 FAB 02/09/2015 EXP: 01/09/2018

CA LOTE AA 06:00 FAB 08/10/2013 EXP: 07/10/2016 a CA LOTE AC 22:00 FAB 31/08/2015 EXP: 30/08/2018

CA LOTE AA 06:00 FAB 21/05/2014 EXP: 20/05/2017 a CA LOTE AC 22:00 FAB 26/08/2015 EXP: 25/08/2018

CA LOTE AA 06:00 FAB 08/10/2013 EXP: 07/10/2016 a CA LOTE AC 22:00 FAB 31/08/2015 EXP: 30/08/2018

CA LOTE AA 06:00 FAB 21/05/2014 EXP: 20/05/2017 a CA LOTE AC 22:00 FAB 26/08/2015 EXP: 25/08/2018

CA LOTE AA 06:00 FAB 24/05/2014 EXP: 23/05/2017 a CA LOTE AC 22:00 FAB 02/09/2015 EXP: 01/09/2018

(Agência Brasil)

Conselhos Locais de Saúde: Uma conquista cidadã

Em artigo sobre a participação social na gestão pública, o secretário de Saúde de Caucaia, Moacir de Sousa Soares, ressalta a experiência do município no engajamento da população em questões relacionadas à saúde. Confira:

A construção do SUS como política pública relevante para a sociedade brasileira se deve em grande parte aos mecanismos de controle social que respeita e efetiva a democracia, embora se reconheça ainda a participação social na gestão pública como um desafio para o Estado Democrático.

O campo da saúde se mostra como um cenário vivo para efetivação e manutenção de um processo de participação e diálogo que deve manter a atuação comunitária próxima da população, uma vez que a comunidade é um espaço de produção de formas de vida saudáveis onde seus moradores são co-responsáveis pelo autocuidado de saúde, melhor utilização dos serviços e maior vigilância dos recursos públicos destinados ao setor.

Efetivar um SUS com a participação das pessoas por meio do funcionamento dos Conselhos de Saúde, tornando a população parceira e co-responsável pela gestão da saúde, exige sensibilidade e ousadia dos gestores para reconhecer a experiência histórica acumulada e o saber diverso da sociedade como enriquecedores e fundamentais para o desenvolvimento de um município saudável.

A participação social como um dos princípios organizativos do SUS abre espaço para o diálogo aberto por meio da atuação dos Conselhos Municipais de Saúde, garantindo a inclusão da população na elaboração e controle de efetivação das políticas públicas voltadas para saúde do município, como órgãos colegiados e deliberativos, formados de forma paritária, compostos por representantes do governo, profissionais de saúde e usuários. Sua atuação se dá não apenas no âmbito municipal, mas também, nas esferas estaduais e nacional protagonizando e alimentando o debate por meio das Conferências de Saúde.

A atuação dos conselhos em todas as esferas de governo vai além de somente acompanhar as ações de saúde para a população, mas tem a missão de integrar ações de saúde de forma intersetorial, propondo estratégias para tomada de decisões referente a temáticas importantes como: o orçamento destinado a saúde, a funcionalidade dos serviços de saúde, a política de recursos humanos, análise da morbimortalidadede, o saneamento básico, as estratégias de vigilância e mobilização social, etc.

Assim a responsabilidade dos membros que compõe os conselhos locais de saúde é de suma importância e devem estarem alinhadas e cientes dos problemas locais relacionados à saúde considerando a diversidade das populações.

Para que de fato os Conselheiros de saúde cumpram seu importante papel na construção democráticas das políticas de saúde é sempre necessário e importante investir na qualificação no sentido de gerar cada vez mais comprometimento da população com a gestão da saúde. Desta forma é que a auto-responsabilidade e o compromisso com a organização popular é sempre um ponto importante para que os representantes de fato exerçam seu papel perante os representados, assumindo de fato o papel de conselheiro de saúde e os conselhos tenham cada vez mais credibilidade social.

Para isso é preciso trabalhar para aumentar a confiabilidade dos processos democráticos garantindo que as demandas do povo, de fato, se efetivem e sejam incluídas em termos de política de saúde. Isso ocorre mediante uma gradual maturação do processo de participação com a renovação de seus mecanismos democráticos que garanta a representatividade dos usuários e a mobilização da sociedade civil com o emprenho dos governantes em uma gestão democrática.

Como marca de um governo participativo e democrático, o prefeito Naumi Amorim, por meio da Secretaria de Saúde do Município, esta impulsionando o controle social no SUS com a instalação desses quarenta e sete Conselhos Locais de Saúde (CLS) que tomam posse hoje que foram concebidos dentro de uma arquitetura legítima e vanguardista de compartilhamento de puder como espelho de uma importante conquista cidadã.

A sorte esta lançada, apostamos nesses conselhos como espaços legítimos e representativos, fortes e atuantes por terem sidos erguidos numa concepção bastante plural.

Moacir de Sousa Soares,
Secretário Municipal de Saúde de Caucaia

Vacinação contra a polio começa em agosto

Em meio ao aumento de casos de poliomielite identificados na Venezuela, o Ministério da Saúde informou que a campanha de vacinação contra a doença no Brasil deve ocorrer de 6 a 24 de agosto.

Por meio de nota, o ministério informou que, atualmente, a cobertura vacinal no Brasil contra a poliomielite é de 77%. Diante de casos identificados na Venezuela, a pasta enviou nota de alerta para estados e municípios sobre a importância de alcançar e manter cobertura maior ou igual a 95%, além da necessidade de notificação e investigação imediata de todo caso de paralisia flácida aguda que apresente início súbito em indivíduos menores de 15 anos.

“O Ministério da Saúde ressalta que a vacinação é de extrema importância para manter o país livre da circulação de poliovírus, tanto nas ações de rotina como na Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite”, destacou o comunicado.

Fiocruz promove hoje (08), campanha de vacinação contra sarampo e paralisia infantil. Além da vacinação há diversas atividades educativas promovidas pela instituição (Tomaz Silva/Agência Brasil)
Campanha de vacinação contra a poliomielite será realizada de 6 a 24 de agosto – Tomaz Silva/Arquivo Agência Brasil
O governo brasileiro reforçou que as vacinas que integram o Calendário Nacional de Vacinação são seguras e eficazes. O esquema vacinal da poliomielite é composto por três doses da vacina inativada (injetável), administradas aos dois, quatro e seis meses. Aos 15 meses e aos 4 anos, a criança recebe a vacina oral.

O último caso de infecção pelo poliovírus selvagem no Brasil ocorreu em 1989. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que três países ainda são considerados endêmicos para a doença – Paquistão, Nigéria e Afeganistão.

(Com Agência Brasil)

Senado aprova testes de visão e audição em alunos de escolas da rede pública

O Senado concluiu a votação do projeto que obriga o poder público a oferecer exames visual e de audição aos alunos do ensino fundamental de escolas públicas. A proposta já tinha sido aprovada na semana passada, mas precisava de um turno suplementar, que foi confirmado nessa quarta-feira (13). Como foi alterado pelos senadores, o texto segue novamente para análise da Câmara.

O projeto altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional para prever que as ações para identificar e corrigir problemas visuais e auditivos deverão ser priorizadas. Como deveres do Estado, além da educação escolar pública nos diferentes níveis, deverá ser considerada a necessidade de se fornecer recursos ópticos não ópticos e aparelhos auditivos para as crianças.

Objeto de discussão mais aprofundada na última votação, a matéria foi aprovada de forma simbólica na tarde de hoje. Na semana passada, a senadora Lídice da Mata (PSB-BA) defendeu a aprovação do texto. “Esse é um projeto muito importante, porque obriga o exame de vista para todos os alunos do ensino fundamental, exame a ser realizado logo no primeiro semestre. Quem foi prefeito, quem foi vereador, sabe da importância de garantir o acesso, e os professores e educadores, de garantir isso aos alunos da escola pública”, argumentou.

Ex-ministro da Saúde, o senador José Serra (PSDB-SP) também apoiou a proposta. “Em saúde, o que é caro é custeio, não é o investimento. Esse projeto supõe investimento, que é ter os equipamentos, mas o custeio é muito barato. Trata-se de uma questão de organização no plano nacional e tem um papel fundamental em relação aos mais pobres e aos mais jovens”, disse.

Após retornar de uma viagem ao Japão, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), também ressaltou a importância da medida. “É uma coisa muito triste, porque lá eles estão classificando as nossas crianças como autistas em algumas escolas. Então é preciso fazer esses testes aqui”, afirmou.

(Agência Brasil)

Fortaleza debaterá Saúde da Família

Fortaleza é sede, a partir das 13h30min desta quarta-feira, do I Encontro Nordeste de Saúde da Família: em Defesa do SUS e da Estratégia Saúde da Família (Enesf 2018), que se estenderá até sexta-feira, 15, no Centro de Eventos. Com o objetivo de trocar experiências e produzir diálogos entre os serviços de saúde, as instituições de ensino técnico e superior e membros dos Conselhos de Saúde, o encontro debaterá o atual estágio do desenvolvimento das áreas da saúde, as experiências e os desafios para a Estratégia Saúde da Família e para o Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil.

A realização é d Governo do Estado, Fundação Oswaldo Cruz, Conselho Estadual de Saúde, Prefeitura de Fortaleza, Escola de Saúde Pública, Universidade Federal do Ceará, Universidade Estadual do Ceará, Escola de Formação em Saúde da Família Visconde de Saboia, Centro Universitário Christus e a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab).

A expectativa da organização é reunir profissionais da área de Saúde da Família, residentes em saúde, do SUS, gestores, professores e pesquisadores de instituições de ensino.

Hospital troca camisas da Copa por alimentos não-perecíveis

2201 2

O Hospital OTOclínica realiza campanha para arrecadar alimentos não perecíveis. Em troca, oferece camisas da Copa 2018. O objetivo é incentivar a sustentabilidade, pois as camisas trocadas são produzidas com 97% de garrafas pet reciclável e 3% de elastano. Conforme a direção do hospital, cada camisa produzida faz com que seis garrafas pet, um dos materiais mais poluentes do mundo, sejam retiradas do meio ambiente.

A troca da camisa é exclusiva para colaboradores e médicos e acontecerá até 15 de junho, mediante doação de 2 Kg de alimentos não-perecíveis.

Os alimentos arrecadados na ação serão doados ao Lar Santa Mônica, instituição que acolhe meninas vítimas de abuso ou exploração sexual. Além do Hospital OTOclínica estão envolvidos na ação: OTOimagem, OTOlab, Oncovie e OTOcardio.

(Foto – Divulgação)

Prefeitura fecha convênio para ampliar atendimento de saúde para os servidores e seus dependentes

612 1

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) vai participar, às 11 horas desta terça-feira, na Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza, do ato de assinatura do contrato de credenciamento entre o Instituto de Previdência do Município (IPM) e o Hospital Eduardo Salgado, que opera nessa Instituição.

O objetivo é ampliar a cobertura destinada aos beneficiários do IPM Saúde e aos seus dependentes. A solenidade contará com a presença do provedor-geral da Santa Casa de Misericórdia, Luiz Marques, informa a assessoria de imprensa do Paço Municipal.

Com esse convênio, o Hospital Eduardo Salgado se transformará em mais uma possibilidade de atendimento aos beneficiários do IPM Saúde e aos seus dependentes, que contarão com várias especialidades médicas, garante a superintendente do instituto.

Campanha de vacinação contra a gripe H1N1 termina nesta sexta-feira

A campanha de vacinação contra a gripe será encerrada na próxima sexta-feira (15) em todo o país. Dados do Ministério da Saúde mostram que 13 milhões de pessoas que fazem parte do público-alvo ainda precisam ser imunizadas. A expectativa da pasta é vacinar 54,4 milhões de pessoas até o final da campanha.

Devem receber a dose crianças de 6 meses a menores de 5 anos, idosos a partir de 60 anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais também devem ser imunizadas. Neste caso, é preciso apresentar uma prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle de doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar os postos em que estão registrados.

Cobertura

Até 7 de junho, foram vacinadas 41,2 milhões de pessoas contra a gripe. O público com maior cobertura é o de puérperas (86,7%), seguido pelos idosos (86,6%), professores (85,4%) e indígenas (81,7%). Entre os trabalhadores de saúde, a cobertura ficou em 79,7,6% e gestantes 62%. O grupo com menor índice de vacinação foram as crianças, entre seis meses e cinco anos, a cobertura é de apenas 57,5%.

(Agência Brasil)

Secretaria da Saúde disponibilizará vacina contra a gripe H1N1 para jornalistas

O Sindicato dos Jornalistas do Ceará fechou parceria com a Secretaria da Saúde do Estado e disponibilizará para a categoria vacinação contra a gripe H1N1, no próximo dia 26.

O atendimento ocorrerá das 14 às 16 horas, na sede do Sindijorce

SERVIÇO

*Sindijorce – Rua Joaquim Sá, 545 – Dionísio Torres.

*Mais Informações – (85) 3247-1094.

Prefeitura amplia convênio com Santa Casa de Misericórdia

O prefeito Roberto Claudio, em reunião com o provedor da Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza, Luís Marques, e com a secretária de Saúde, Joana Maciel, anunciou a ampliação do convênio com a instituição, em R$ 550 mil por mês, para serviços e cirurgias, o que garante atendimento em procedimentos cirúrgicos de média e alta complexidades.

Roberto Claudio ainda anunciou um aporte de mais R$ 1 milhão para que o hospital faça um incremento na tabela de procedimentos do SUS, que não vem sendo reajustada pelo Ministério da Saúde como deveria para remunerar as instituições conveniadas.

O acordo passa a valer a partir de julho. Hoje, a Prefeitura de Fortaleza remunera a Santa Casa em contrapartida a uma média de 750 procedimentos cirúrgicos de média e alta complexidades por mês.

(Prefeitura de Fortaleza)

TCE barra licitação do IJF e quer explicações da Superintendência do órgão dentro de 30 dias

 

O Pleno do Tribunal de Contas do Ceará, por unanimidade, homologou, durante sessão nesta terça-feira, medida cautelar suspendendo o Pregão Eletrônico nº 041/2017- Instituto Dr. José Frota (Fortaleza), na fase em que se encontra, até ulterior decisão desta Corte. A medida visa elucidar possíveis irregularidades no edital, que tem como objeto a seleção de empresa para prestação de serviços de nutrição e alimentação hospitalar. A informação é da assessoria de imprensa do TCE.

Entre as falhas apontadas no processo, e apuradas pela Gerência de Fiscalização de Licitações e Contratos, unidade de controle externo do TCE Ceará, estão cláusulas restritivas, afrontando a Lei das Licitações (nº 8.666/93).

A Superintendência do Instituto Doutor José Frota (IJF) tem até 30 dias para prestar os devidos esclarecimentos. Existindo interesse em prosseguir com o certame, deverá adotar medidas corretivas em relação às impropriedades identificadas, com encaminhando de cópia da documentação probatória ao Tribunal.

Os autos serão encaminhados à Gerência de Controle Externo para instrução da espécie e análise meritória. O processo nº 04899/2018-5 foi relatado pelo conselheiro Alexandre Figueiredo. A medida havia sido concedida em 4/6, por meio do Despacho Singular nº 01625/2018.