Blog do Eliomar

Categorias para Sem categoria

Elmano faz dois comícios na noite deste sábado

38 1

O candidato do PT à Prefeitura de Fortaleza, Elmano de Freitas, faz dois comícios na noite deste sábado (29).

O primeiro ocorre na praça do Genibaú, na avenida Fernandes Távora, a partir das 18h30min. Em seguida, Elmano fala para os moradores do Quintino Cunha, no cruzamento das ruas Godofredo Pimentel com José Goiana.

Marcos: Escolas municipais terão a mesma infraestrutura do ensino particular de qualidade

“Pretendo tornar as escolas municipais em escolas modelo, em que os estudantes também possam ter a oportunidade de receber um ensino de qualidade e uma infraestrutura igual a das escolas particulares, sem diferenças”! A garantia é do candidato do PSDB à Prefeitura de Fortaleza, Marcos Cals, neste sábado (29), durante caminhada na comunidade do Dendê, no bairro Edson Queiroz.

O tucano afirmou ainda que, caso eleito, cada aluno de escola municipal terá um tablet. “O equipamento é para que o aluno possa fazer pesquisas e ter acesso aos avanços tecnológicos, uma nova forma de incentivá-lo a estudar e frequentar a escola”, comentou.

Assaltantes trocam tiros com a Polícia na Via Expressa e um é baleado

Três assaltantes trocaram tiros com a Polícia, na tarde deste sábado (29), na Via Expressa, durante uma abordagem a suspeitos. Segundo o coronel Francisco Mendonça, a Polícia havia recebido a informação de assaltos contra motoristas.

“Ao chegarmos ao local, os bandidos reagiram a abordagem e houve troca de tiros”, comentou para o Blog o coronel, que informou ainda que um dos acusados foi ferido. “É um adolescente que foi conduzido ao IJF em estado grave. Infelizmente, os outros dois fugiram”.

Roberto Cláudio participa de caminhada contra a violência a idosos

34 5

Com a promessa de criar um espaço de acompanhamento ao idoso, o candidato do PSB à Prefeitura de Fortaleza, Roberto Cláudio, participou neste sábado (29), no bairro Jacarecanga, de uma caminhada contra a violência a idosos.

O evento foi promovido pelo Centro de Treinamento e Desenvolvimento Humano do Corpo de Bombeiros, que tem como coordenador o coronel Sérgio Gomes. Mais de quatro mil pessoas estiveram presentes na caminhada, segundo os organizadores.

Vereadora responde a artigo do O POVO publicado no Blog

20 1

Ao ler a coluna do sr. Luiz Henrique Campos, publicada na edição deste sábado, 29/09, do jornal O Povo, fui tomada  de imensa surpresa com os argumentos ali apresentados. Muito me estranha que alguém na envergadura do nobre editor faça uma comparação tão descabida de fatos de matrizes completamente diferentes.

É preciso que fique claro que a conduta da esposa do vereador Leonelzinho Alencar, a senhora Adriana Alencar, foi uma conduta ilegal, onde a pessoa em questão se beneficiou de forma irregular de um programa social ao qual ela não deveria ter acesso, fazendo uso do benefício.

Como já demonstrado por documentos e confirmado pela própria Assembleia Legislativa, em nenhum momento cometi qualquer ato ilegal. Pelo contrario, fiz todo o procedimento exigido pela lei para que eu fosse desligada e descompatilizada na Assembleia, no intuito assumir o mandato do PSOL, do qual sou suplente, e concorrer ao pleito eletivo.

Ao proceder com todas as medidas determinadas pela legislação em tempo hábil, como era de se esperar, imaginei que minha situação com aquela casa estava resolvida – e que, portanto, não constaria em sua folha de pagamento. Este fato só ocorre, segundo a própria assessoria da Assembleia Legislativa, por se tratar de algo completamente legal, já que meu pedido está em analise e ainda não foi o publicado no diário oficial.

Diferente daqueles que o nobre senhor tenta me comparar, ao tomar conhecimento da situação, em nenhum momento me omiti ou me escondi, pelo contrario, fui sempre clara e transparente, apresentando ao jornal O Povo toda a documentação, inclusive saldo e extratos da minha conta bancária, em que recebo o salário da Assembleia Legislativa, mostrando que esta tem um saldo equivalente ao que foi depositado desde que pedi o afastamento daquela casa.

Não acumulo cargo: pedi afastamento. Receber este pagamento não é ilegal – mas por entender que nem tudo que é legal, é moral, optei em não receber. Tenho, desde que fui comunicada da situação pelo jornal O Povo, tomado todas providencias para que a Assembleia estorne o valor que foi depositado.

(Toinha Rocha)

Parte do teto do IJF cai na Unidade 16

132 11

No ano passado, um bloco caiu do sétimo andar e fez um buraco no teto da Enfermaria

(ATUALIZAÇÃO – 18h32min) Parte da estrutura do teto do Instituto Doutor José Frota caiu na tarde deste sábado (29) na Unidade 16. Segundo as primeiras informações, um pedaço de bloco caiu ao lado da maca de um dos 10 pacientes que estariam no setor. O barulho também assustou os acompanhantes. Ninguém ficou ferido. No ano passado, um bloco de concreto de uma janela do sétimo andar caiu entre macas.

Médicos reclamaram ao Blog que o hospital está sem realizar tomografias computadorizadas, desde que o equipamento que seria de uso do IJF foi deslocado para o Hospital da Mulher. De acordo ainda com os profissionais da saúde, somente a tomografia craniana é realizada. O Hospital César Cals, da responsabilidade do Estado, tem realizado os exames mais urgentes do IJF.

NOTA DO IJF

Por meio de nota, a direção do IJF-Centro informou que foi surpreendido pelo incidente e que dois extintores provavelmente foram arremessados de um dos andares do hospital. Adianta que foi registrado em Boletim de Ocorrência no 34º Distrito e que já está apurando o caso. Nenhum suspeito foi identificado.

Cearense foi fundamental no processo de impeachment de Collor

25 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=nCoUeVAE_aU[/youtube]

Conhecido como “caçador de fantasmas”, o deputado federal cearense Jackson Pereira é destaque no Blog, neste sábado (29), pelos 20 anos do impeachment de Collor de Melo.

Jackson Pereira, pouco antes da conclusão do processo, foi entrevistado pelo apresentador Jô Soares. Na época, o deputado cearense foi apontado como um dos 50 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional.

Jackson nos deixou em julho de 1995, durante o exercício de seu segundo mandato como deputado federal.

O critério da verdade é a prática

46 1

Em artigo enviado ao Blog, neste sábado (29), a vereador Toinha Rocha (Psol) esclarece os depósitos da Assembleia Legislativa em sua conta bancária. Confira:

Quem não deve, não teme. A verdade sempre prevalecerá. Apresentamos junto ao Jornal O Povo toda a documentação, inclusive os créditos na conta o que comprovaram e comprovam que não saquei ou usei o dinheiro.

Na realidade, houve um erro de burocracia da Assembleia ao não despachar nosso processo. Sou servidora há mais de 20 anos e não temos nada que desabone minha conduta junto àquela Casa Legislativa. Sou Consultora Técnica Jurídica e estou devidamente regularizada. Aliás, na conta tinha e tem um saldo um pouquinho a mais do que fora depositado.

Embora esses depósitos sejam legais, fiz a opção em não recebê-los e comprovei que não saquei o dinheiro. Porque tenho dito que nem tudo que é legal é moral. Não sacarei o dinheiro e espero que a Assembleia Legislativa proceda ao estorno dos créditos feitos inadvertidamente.

No entanto, como dizia minha velha e saudosa mãe: “temos que fazer as coisas direitinho para não deixar ninguém segurar na nossa munheca”. Conduzo minha vida com respeito à sociedade, aos meus pais Paulino Rocha e Irinete Cabral (de saudosas memória), minha filha Lígia Dodd, aos meus companheiros de luta, ao meu partido PSOL, aos meus amigos e a tod@s aqueles que acreditam que sonhos não envelhecem.

Não temos nada a esconder. Fizemos e fazemos tudo na maior transparência, não posso ser acusada de ter feito um desvio de conduta que não fiz. Continuamos na luta firme e forte contra a corrupção e por uma sociedade justa, solidária e humanizada.

Grata a tod@s que me deram a oportunidade de mostrar com cabeça erguida meu caráter.E vamos para as ruas na busca dos votos livres e conscientes porque nada é impossível de mudar. Firme como a Rocha. Sou Toinha Rocha, enfrentando a vida. E a vida pede coragem! E sabe que coragem não nos falta. Vamos colocar o Renato Roseno no segundo turno e vamos renovar a Câmara Municipal de Fortaleza. Receba o nosso compromisso de continuarmos firme e forte sendo uma voz que não se cala na vida e na Câmara Municipal de Fortaleza. E por isso fazemos questão de dizer, se palavras convencem, o exemplo arrasta.

O telhado não é de rocha

28 2

Em artigo no O POVO deste sábado (29), o editor adjunto de Conjuntura do O POVO, Luiz Henrique Campos, questiona como a vereadora Toinha Rocha pode fiscalizar o poder público municipal, se não tem controle sobre as próprias finanças. Confira:

Antes que comecem os ataques “esquerdofrênicos” sem mesmo chegar ao final da leitura desse texto, gostaria de me antecipar dizendo que aqui não faço nenhum juízo de valor sobre o caso da vereadora Toinha Rocha (Psol) e seu pedido de afastamento das funções na Assembleia Legislativa para concorrer ao pleito deste ano. Até considero a possibilidade de a parlamentar ter adotado os procedimentos exigidos por lei e que o erro tenha sido cometido, de fato, por aquela casa legislativa.

De todo modo, chega a ser risível a desculpa apresentada à imprensa por Toinha de que não sabia informar se o seu salário continuava sendo depositado normalmente. Ora, para quem tem sido implacável na fiscalização do poder público municipal, pega mal demonstrar não ter controle sobre as próprias finanças, e abre brecha em relação a questionamentos futuros da parlamentar durante sua vida pública.

Mesmo que tenha adotado todos os trâmites legais, jamais a vereadora poderia ter deixado de acompanhar o resultado desse pleito. Era o mínimo que se poderia exigir de quem pretende vir a ser uma representante do povo na fiscalização do poder público.

Infelizmente, a resposta de Toinha, e aí é que está o problema, foi jogar para cima responsabilidade que também era sua. Nesse sentido, se iguala, por exemplo, ao caso da mulher do vereador Leonelzinho, a quem a parlamentar acusou de receber Bolsa Família sem necessitar. Qual foi a desculpa da mulher do vereador? Simplesmente culpar o cadastro da Prefeitura. Atitude típica de quem se acha acima do bem e do mal. Toinha, se quisesse de fato mostrar que é uma pessoa defensora de novos hábitos na política, deveria, sim, reconhecer a pisada de bola e pedir desculpas a seus eleitores e aos que acompanham sua atuação parlamentar.

Na vida pública, os que defendem uma nova política deveriam começar a ser transparentes, a partir de seus gestos e atitudes, e não ficarem eternamente apontando o dedo para os outros, como se fossem puritanos da ética e da moral. Os que assim procedem não só desconsideram qualquer possibilidade do cometimento de erros como sucumbem facilmente ao primeiro deslize.

Hoje, Toinha, por mais que tente explicar o que ocorreu em seu desligamento da Assembleia para concorrer às eleições, sabe que o resultado desse episódio está repercutindo de forma desastrosa contra ela. Sente, na verdade, o efeito do amargo veneno do telhado de vidro.

Regional IV é “terra de ninguém”

446 1

A edição do O POVO deste sábado (29) traz o mapa das intenções de voto do eleitorado de Fortaleza, segundo dados da pesquisa Datafolha, realizada na última terça-feira (25) e quarta-feira (26), entre 1.143 eleitores.

De acordo com o mapa, a vantagem do candidato Elmano de Freitas (PT) sobre os demais candidatos (24%, contra 19% de Roberto Cláudio, 18% de Moroni e 13% de Heitor) está concentrada nas Regionais I e III, onde estão bairros como Vila Velha, Barra do Ceará, Pirambu, Moura Brasil, Jardim Iracema, Carlito Pamplona, Antônio Bezerra, Presidente Kennedy, Pici, João XXIII e Jóquei Clube. Foram nesses bairros onde a Prefeitura concluiu projetos como Vila do Mar, Cuca e Hospital da Mulher. Uma grande liderança política na região é o vereador Carlos Mesquita (PMDB), que está ao lado de Elmano, mesmo com o partido coligado a Roberto Cláudio. Elmano também lidera em outras duas regionais, mas pode perder a ponta, diante da margem de erro da pesquisa.

A situação mais curiosa é a da Regional IV, onde estão bairros como Benfica, Fátima, Jardim América, Montese, Parangaba, Serrinha, Itaperi e Aeroporto. À exceção de Heitor Férrer (PDT), os quatro primeiros na pesquisa estão com a rejeição acima da intenção de votos. O próprio Elmano, que lidera a pesquisa de votos estimulados, pode cair para a quarta posição na área, diante da margem de erro. O curioso é que dois petistas atuam forte na região, o vereador Ronivaldo Maia e o ex-secretário Deodato Ramalho.

Pesquisas com sinais trocados, ou nem tanto

28 2

Da coluna Política, no O POVO deste sábado (29), pelo jornalista Érico Firmo:

As pesquisas divulgadas por Ibope e Datafolha, à primeira vista, parecem antagônicas em relação aos desempenhos de Elmano de Freitas (PT) e Roberto Cláudio (PSB). Os números são quase idênticos, só que ao contrário.

A diferença não é desprezível, de forma alguma. Entretanto, no que é fundamental, os institutos coincidem: os dois candidatos estão tecnicamente empatados em primeiro lugar. E aí entra um aspecto crucial em qualquer análise: a margem de erro. Nenhuma pesquisa pode ser observada sem levar esse elemento em conta.

Os institutos captam as intenções de voto a partir de amostras. Da mesma forma como não é preciso colher todo o sangue do paciente para realizar um exame, também não há necessidade de ouvir todos os eleitores para conhecer as tendências da eleição. Evidentemente, a complexidade do organismo humano é de natureza diversa da observada na vida em sociedade.

Há diversos parâmetros da ciência estatística usados na definição da amostra para aferir as intenções de voto. E, evidentemente, a possibilidade de acerto cresce quanto maior a quantidade de eleitores pesquisada.

Ainda assim, os institutos não possuem níveis de exatidão a ponto de oferecer percentuais exatos. Há sempre um intervalo no qual o número pode oscilar. Essa é a margem de erro. No caso dos últimos Datafolha e Ibope, a variação foi de três pontos percentuais, para mais ou para menos. E o resultado pode estar em qualquer índice desse intervalo. Os candidatos podem estar tanto três pontos acima quanto três pontos abaixo. Isso precisa ser considerado, sob pena de leitura tremendamente equivocada.

Por essa razão, chegou a ser risível a comemoração dos apoiadores de um candidato e outro ao aparecerem um ou dois pontos na frente do adversário em levantamentos anteriores.

Nesses casos, até existe o efeito simbólico do resultado para a militância, mas o fato objetivo é que ambos estavam absolutamente embolados. E, diante dos números de Datafolha e Ibope, o empate persiste entre Elmano e Roberto Cláudio, consideradas as possibilidades de variação para mais ou para menos. No primeiro caso, Elmano pode ter um percentual mínimo de 21%, enquanto Roberto Cláudio pode alcançar um máximo de 22%. No Ibope, o concorrente do PSB pode estar num patamar mínimo de 22%, enquanto Elmano pode ter 24%.

Gasto com feira educativa poderá ser classificado como manutenção do ensino

A Câmara analisa proposta que define os gastos com feiras educacionais como despesas de manutenção e desenvolvimento do ensino. A medida está prevista no Projeto de Lei 3940/12, da deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO).

Segundo a deputada, órgãos de controle externo vêm questionando os gastos de escolas com a realização de feiras de ciências, matemática, literatura e cultura. “Não deve haver dúvida de que atividades dessa natureza se inserem no contexto da educação escolar e do aperfeiçoamento dos professores”, reclamou Dorinha.

(Agência Câmara de Notícias)

Conselho de Direitos Humanos aprova resolução sobre direitos dos idosos

30 1

O Conselho de Direitos Humanos (CDH), ligado à Organização das Nações Unidas (ONU), aprovou nessa sexta-feira (28) uma resolução proposta pelo Brasil e pela Argentina para reconhecer os direitos humanos dos idosos.

A resolução, intitulada Direitos Humanos dos Idosos, é o primeiro texto do CDH especificamente para essa parcela da população que, em 2050, representará mais de 20% da população mundial.

O texto, de acordo com o Ministério das Relações Exteriores, reconhece os desafios para garantir os direitos humanos dos idosos, determina a realização de consultas públicas sobre o tema e convoca os países a assegurarem esses direitos, com implementação de políticas antidiscriminação por idade.

A inclusão de uma resolução específica para os idosos no CDH, na avaliação do Itamaraty, deverá fortalecer a proteção internacional dos direitos dos idosos e o compartilhamento de experiências positivas entre países nesse tema.

(Agência Brasil)

Falta de planejamento penaliza a população e legitima infração, diz vereador

48 5

Ônibus cortam a faixa da esquerda para seguir pela faixa preferencial na avenida Padre Ibiapina

A falta de planejamento das faixas preferenciais dos ônibus penaliza a população e legitima irregularidades no trânsito. É o que denuncia o líder da oposição na Câmara Municipal de Fortaleza, vereador Plácido (PDT), ao trafegar na noite desta sexta-feira (28) pela avenida Duque de Caxias.

“A faixa preferencial na Duque de Caxias, no sentido Centro/Bezerra de Menezes, não prossegue na própria avenida até a José Bastos. Ela segue pela avenida Padre Ibiapina, em uma conversão à esquerda. Ou seja, para se manterem na faixa preferencial, os ônibus são obrigados a cortar a faixa da esquerda da Duque de Caxias, o que é uma infração de trânsito”, observou o vereador. “Há um estresse muito grande entre motoristas, quando veículos da faixa da esquerda seguem direto pela Duque de Caxias, no cruzamento com a Padre Ibiapina, e os ônibus têm que dobrar à esquerda”, afirmou.

Plácido também ressaltou que os veículos que entram à esquerda na avenida Padre Ibiapina, pela faixa da esquerda na Duque de Caxias, acabam tendo problemas para entrar na avenida Bezerra de Menezes, nas proximidades do mercado São Sebastião.

“Esses veículos fizeram a conversão correta na Duque de Caxias, mas acabam obrigados a cometer uma infração de trânsito, quando entram na Bezerra de Menezes pela faixa da esquerda. Não são raras as reclamações de multas, diante de um problema criado pela falta de planejamento por parte da Prefeitura”, comentou o líder da oposição.

Portal da Transparência divulga nominalmente salários de parlamentares e servidores

A Diretoria Geral do Senado soltou nota, na noite desta sexta-feira (28), informando sobre a divulgação dos salários de senadores e servidores efetivos e comissionados, de forma nominal, no Portal da Transparência do Senado.

A divulgação ocorre após o Tribunal Regional Federal da 1ª Região cassar a decisão liminar concedida à ação movida pelo Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal e do Tribunal de Contas da União (Sindilegis).

A publicação dos salários de parlamentares e servidores na internet obedece à Lei de Acesso à Informação (LAI), sancionada em novembro de 2011, e ao Ato 10/2012, da Comissão Diretora da Casa.

(Agência Senado)

Ao lado do primeiro-ministro britânico, Dilma diz que Brasil faz sua parte para enfrentar crise econômica

A presidenta Dilma Rousseff e o primeiro-ministro britânico, David Cameron, defenderam nesta sexta-feira (28) o fortalecimento das relações bilaterais, com ampliação das parcerias comerciais, culturais e educacionais. Ao tratar da crise econômica internacional, que tem castigado a zona do euro, Dilma reiterou a Cameron a posição do Brasil de defender o aumento da capacidade de recuperação das economias, tanto para países desenvolvidos quanto para os emergentes.

“O Brasil tem feito sua parte quando desenvolve incentivos ao crescimento do emprego e à demanda doméstica”, disse a presidenta.

Cameron criticou a adoção de medidas protecionistas e defendeu a ampliação das relações de livre comércio. “A presidenta Dilma e eu mostramos firmeza na nossa determinação de dar apoio ao comércio e concordamos que devemos resistir ao protecionismo e intensificar nossos esforços para alcançar um acordo de livre comércio entre Mercosul e União Europeia, o que poderia gerar 4,5 bilhões de libras em exportação somente para a União Europeia.”

Dilma disse que, apesar da crise econômica internacional, os fluxos de comércio e investimento entre Brasil e Reino Unido têm crescido e há interesse em ampliar relações comerciais nos setores de infraestrutura, indústria de defesa, petróleo e gás, logística, serviços financeiros e mineração.

(Agência Brasil)

STJ x STF: Choque de decisões no esquema de exploração de máquinas caça-níqueis

Uma liminar no Supremo Tribunal Federal (STF) colocou em liberdade três acusados de um esquema de exploração de máquinas caça-níqueis, presos em 2010 durante a operação Alvará, deflagrada pela Polícia Federal. O problema é que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) havia negado instantes antes o pedido de habeas corpus aos mesmos acusados.

Problema maior é que o choque das decisões foi parar no site do STJ, que disse que a liminar do STF beneficou os acusados, “cujo mérito ainda não foi julgado”.

Segundo a matéria “Operação Alvará: STJ nega habeas corpus, mas condenados estão soltos por liminar do STF”, os acusados (policiais militares do Rio de Janeiro) e outras 35 pessoas haviam sido condenados a penas que chegaram a 11 anos de reclusão, por crimes de formação de quadrilha, extorsão, concussão, corrupção passiva e ativa.