Blog do Eliomar

Categorias para Sem categoria

Prefeitura que atrasar salário de servidor pode ficar sem receber verbas federais

Garantir a estabilidade salarial de servidores públicos municipais em todo o país é o objetivo do projeto de lei, do senador Walter Pinheiro (PT-BA). A proposta (PLS 120/2011), que aguarda indicação de relator na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), impede repasses de verbas federais a municípios que atrasarem o pagamento de vencimentos e demais títulos de natureza salarial.

Pelo texto, a restrição de repasse a municípios inadimplentes abrange recursos oriundos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Na justificativa do projeto, Walter Pinheiro alega que muitos prefeitos deixam de pagar regularmente os salários, em especial o 13º salário, para priorizar outras despesas das administrações municipais.

“Milhares de servidores públicos municipais têm passado os últimos finais de ano sem contar com o décimo terceiro salário. Muitos deles sequer têm recebido regularmente os salários mensais” acrescenta o parlamentar baiano.

O projeto do senador Walter Pinheiro também será examinado pelas comissões de Educação, Cultura e Esporte (CE) e de Assuntos Econômicos (CAE), onde receberá decisão terminativa.

(Agência Senado)

“Deixa que o Marcos resolve”: PSDB propaga bordão da campanha

31 3

O PSDB resolveu intensificar o bordão do candidato tucano à Prefeitura de Fortaleza, Marcos Cals, em todas as atividades da campanha na reta final do período eleitoral. Em caminhada pelo Centro, nesta sexta-feira (21), o bordão “Deixa que o Marcos resolve” era propagado da Praça José de Alencar à Praça do Ferreira.

Além do bordão, Marcos também divulgou propostas para o Centro, caso eleito prefeito da cidade, como a isenção de IPTU para os imóveis e a revitalização da área.

Tribunal de Justiça do Ceará define lista tríplice para jurista do TRE

O advogado Antônio Sales Neto completa a lista tríplice para preenchimento de vaga de jurista do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE/CE). Ele teve o nome aprovado pelo Pleno do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) nesta sexta-feira (21), durante sessão conduzida pelo desembargador José Arísio Lopes da Costa, chefe do Poder Judiciário estadual.

Os outros dois advogados que integram a lista são Cid Marconi Gurgel de Souza, que concorre ao segundo biênio no cargo de jurista, e Júlio Norberto de Holanda Aguiar. Os nomes foram aprovados na sessão do Pleno do TJCE realizada no dia 25 de novembro de 2011.

A relação será encaminhada ao TRE/CE e, posteriormente, ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que remeterá à Presidência da República, a quem compete fazer a nomeação. O escolhido terá mandato de dois anos, podendo ser reconduzido ao cargo uma única vez.

A vaga de jurista surgiu em decorrência do término do primeiro biênio do advogado Cid Marconi Gurgel de Souza, encerrado no último dia 10 de junho. Nove advogados se inscreveram para o cargo, mas quatro apresentaram requerimento à Presidência do TJCE desistindo da concorrência.

(TJCE)

Carteira de condutor embriagado pode ser cassada como medida cautelar

A carteira de habilitação de motorista embriagado poderá ser suspensa antes da conclusão de processo administrativo aberto pelas autoridades de trânsito, caso o Senado aprove o projeto de lei 684/11. O texto aguarda deliberação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

De autoria do senador Benedito de Lira (PP-AL), o projeto determina que a autoridade policial ou de trânsito poderá suspender a carteira de habilitação de motoristas que se recusarem a fazer o teste do bafômetro, em caso de embriaguez evidente.

O Código Brasileiro de Trânsito (CBT) considera a embriaguez ao volante e a recusa ao teste de alcoolemia como infração gravíssima e impõe multa, mas só permite a suspensão da carteira mediante decisão judicial.

Para Benedito de Lira, as penas ainda são muito brandas se comparadas aos prejuízos causados pelo condutor alcoolizado.

– A conta desses condutores irresponsáveis é paga por toda a sociedade. Essa é a única maneira de impedir que usem o veículo como arma ambulante. É preciso ter em mente que o direito de dirigir não é absoluto. O cidadão deve se comprometer a uma série de cláusulas para exercê-lo – explica.

A suspensão cautelar da carteira de habilitação já está sendo solicitada ao Judiciário por algumas autoridades policiais com base no artigo 294 do CBT.

(Agência Senado)

Projeto Paulo Freire beneficiara 80 mil famílias pobres rurais no Ceará e Sergipe

O Comitê Executivo do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) aprovou, nesta semana, em Roma,  dois novos projetos de redução da pobreza rural para os estados brasileiros do Ceará e Sergipe. Esses projetos beneficiarão mais de 80 mil famílias pobres rurais com um custo total de USD 133 milhões e financiamento do FIDA de USD 56 milhões.

São os Projetos Dom Távora e Paulo Freire, que receberam os nomes de famosos educadores brasileiros e defensores dos pobres  que chegam com o objetivo de enfrentar a pobreza, segundo o gerente de Programas do FIDA para o Brasil, Iván Cossio. “O projeto Paulo Freire irá trabalhar no Ceará e tem como objetivo prover mais de 60 mil famílias pobres rurais com instrumentos, treinamento e investimentos produtivos necessários para que possam superar a pobreza. O projeto Dom Távora será implementado no Sergipe e focará suas atividades na promoção de negócios rurais e no desenvolvimento de capacidades e beneficiará aproximadamente 20 mil famílias rurais,” explica

QUADRO

O Brasil é uma importante economia emergente com GDP crescente e demonstra contínuas taxas de redução da pobreza. Porém, a desigualdade e pobreza persistem no país. Por volta de 55% da população rural do Brasil vive abaixo da linha da pobreza. Esse percentual aumenta para 66% na região nordeste do Brasil, onde uma em cada três pessoas vivem em pobreza extrema. Em algumas áreas do Nordeste, esse percentual aumenta para mais de 75%, tornando essa região no maior bolsão de pobreza de toda América Latina e Caribe.

Eleições 2012 – Situação do PSB no Interior não é boa

Essa é da Coluna Política, do O POVO, assinada pelo jornalista Érico Firmo:

Quando há alternância entre ciclos políticos no poder central, essa transição costuma se espalhar de forma mais lenta no Interior. Ao ascender ao Governo do Estado, como regra, o grupo demora um pouco a se consolidar como hegemônico também nos municípios Estado afora. O PSDB perdeu o controle do governo cearense em 2006, mas se manteve como maior partido, em número de prefeituras, na eleição de 2008.

O predomínio tucano no Interior não chegou ao fim como resultado de derrotas eleitorais, mas de manobras de bastidor. Passado o pleito de 2010, parlamentares e gestores migraram em direção ao recém-criado PSD, naquilo que o presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, qualificou como “ataque especulativo da família Gomes”. Referia-se ao respaldo dado pelo clã que comanda o Palácio da Abolição às filiações em massa de ex-tucanos à nova sigla. A era PSDB chegou ao fim, mas não se estabeleceu, ainda, novo ciclo hegemônico nas prefeituras do Interior. A maioria delas apoia o Governo do Estado, é verdade. Mas sempre foi assim e é provável que sempre seja.

A questão é que, como consequência da partilha do poder estadual entre diversas forças partidárias, não se conseguiu, até agora, constituir predomínio claro de algum agrupamento. Talvez ocorra nestas eleições, mas não é o que indicam as pesquisas. Os levantamentos minimamente críveis já divulgados sobre as disputas Ceará afora indicam que, para o partido do governador Cid Gomes (PSB), as perspectivas não são as melhores.

TRE-CE divulga os locais das seções de justificativa de voto

“O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) disponibilizará nas próximas eleições 15 seções exclusivas para justificativas de votos dos eleitores, em nove locais de votação, na Capital e nos municípios de Jijoca de Jericoacoara, Aquiraz (Porto das Dunas) e São Gonçalo do Amarante (Pecém). O TRE do Ceará priorizou os locais de maior circulação dos eleitores que estejam de passagem pelo Ceará, no dia das eleições (7 de outubro). Mas esclarece que a justificativa do voto pode ser feita pelo eleitor que esteja fora do seu domicílio eleitoral em qualquer seção de votação instalada em todo o Estado do Ceará.

Em Fortaleza, as seções exclusivas de justificativa funcionarão na Unidade Móvel do TRE (Mucuripe), no Fórum Eleitoral Péricles Ribeiro (Praia de Iracema), no Ideal Clube, no Aeroporto Pinto Martins e nos Terminais Rodoviários João Tomé e do Antônio Bezerra. Veja o endereço de todos os locais das mesas receptoras de justificativas. Para justificar o voto, o eleitor deverá levar a qualquer seção eleitoral, fora do seu domicílio, o formulário de justificativa preenchido com o número do título e um documento oficial de identidade.”

(TRE-CE)

Torcedor do Fortaleza está proibido de se aproximar de jogos do Leão

“O juiz Roberto Ferreira Facundo, da 3ª Vara Criminal do Fórum Clóvis Beviláqua, proibiu Carlos Henrique Oliveira do Nascimento de frequentar ou se aproximar, pelo prazo de um ano, de estádios onde ocorram jogos do Fortaleza. O torcedor foi preso em flagrante, no último domingo (16), com bomba caseira no Presidente Vargas (PV). A prisão ocorreu antes da partida entre o clube tricolor e o Paysandu (PA). O infrator não foi encaminhado ao Juizado do Torcedor porque o crime é considerado de maior potencial ofensivo. Carlos Henrique acabou conduzido ao 34º Distrito Policial e o caso remetido à 3ª Vara Criminal, que concedeu liberdade provisória em razão de ele não possuir antecedentes criminais.

Ainda de acordo com a decisão, o infrator prestará serviços comunitários no Frotinha da Parangaba, durante 12 meses. Deverá chegar ao hospital com uma hora de antecedência e sair uma hora depois dos jogos do Fortaleza. O magistrado também determinou que, durante o cumprimento das medidas, o indiciado não poderá frequentar bares e casas de espetáculos ou se ausentar da Capital por prazo superior a oito dias, sem autorização da Justiça.”

(TJCE)

Câmara analisa aumento de pena para crime de sequestro relâmpago

A Câmara analisa o Projeto de Lei 3892/12, do deputado Geraldo Thadeu (PSD-MG), que aumenta a pena para o crime de sequestro sem agravantes (quando não há lesão corporal nem morte). Pelo texto, quem cometer esse crime fica sujeito à pena de reclusão de 7 a 14 anos e multa. A proposta altera o Código Penal, que atualmente prevê pena de 6 a 12 anos e multa.

O autor explica que o objetivo é aumentar o rigor da pena para quem comete o sequestro relâmpago, já que esse crime tem se tornado cada vez mais comum nas grandes e médias cidades do País. “O combate a esse tipo de crime é um desafio para policiais e autoridades das áreas de segurança pública”, afirmou.

Se o sequestro relâmpago resultar em lesão corporal grave ou morte, ficam mantidas as penas já previstas no Código Penal: 5 a 15 anos de reclusão; e de 20 a 30 anos de reclusão, respectivamente.

(Agência Câmara de Notícias)

Mais de 50% dos brasileiros estão na classe média

29 4

“Atualmente mais da metade da população brasileira (53%) fazem parte da classe média, o que significa um total de 104 milhões de brasileiros. Nos últimos dez anos, foram 35 milhões os brasileiros incluídos na classe média. Os dados foram divulgado nesta quinta-feira (20) pela Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência da República no estudo Vozes da Classe Média. A pesquisa classifica como classe média os que vivem em famílias com renda per capita mensal entre R$ 291 e R$ 1.019 e tem baixa probabilidade de passar a ser pobre no futuro próximo.

De acordo com o estudo, a expansão desse segmento resultou de um processo de crescimento do país combinado com redução na desigualdade. A estimativa é que, mantidas a taxa de crescimento e a tendência de queda nas desigualdades dos últimos dez anos, a classe média chegue a 57% da população brasileira em 2022. Os dados indicam que a redução da classe baixa foi mais intensa do que a expansão da classe alta. De 2002 a 2012 ascenderam da classe baixa para a média, 21% da população brasileira, enquanto da classe média para a alta ascenderam 6%.

O ministro da SAE, Moreira Franco, destacou o importância do crescimento da classe média para movimentar e impulsionar a economia do país, pois essa fatia da população responde por 38% da renda e do consumo das famílias. “Em torno de 18 milhões de empregos foram criados na última década, esses empregos formais foram associados a uma política adequada de salário mínimo que deu ganhos reais acima da inflação aos brasileiros”, disse Franco. O crescimento da renda da classe média tem sido maior do que o do restante da população, de acordo com os dados apresentados no estudo. Enquanto na última década a renda média desse segmento cresceu 3,5% ao ano, a renda média das famílias brasileiras cresceu, no mesmo período, 2,4% ao ano.”

(Agência Brasil)

Treze senadores apresentam emendas à MP que reduz tarifa de energia elétrica

Treze senadores são autores de 75 das 431 emendas oferecidas à medida provisória (MP 579/2012) que trata da renovação das concessões de geração e distribuição de energia elétrica e estabelece regras para redução de tarifas. O texto começou a tramitar no Congresso no último dia 14 e o prazo para apresentação de emendas terminou na terça-feira (18).

A MP autoriza, entre outras medidas, a prorrogação de contratos de geração, transmissão e distribuição de energia hidrelétrica por até 30 anos e os de geração de energia termelétrica por até 20 anos, desde que as concessionárias concordem em retirar, do preço da tarifa, a remuneração de investimentos já amortizados.

Também prevê a antecipação do processo de prorrogação para contratos com vencimento nos próximos cinco anos. Com a MP, o governo quer promover uma redução média de 16,2% na conta de luz das residências e de até 28% nas tarifas cobradas do setor produtivo.

Algumas das emendas apresentadas pelos senadores visam assegurar que não ocorrerá quebra de contrato quando da antecipação da prorrogação das concessões. Esta é a preocupação, por exemplo, de Francisco Dornelles (PP-RJ) e Lúcia Vânia (PSDB-GO), responsáveis, respectivamente, pela apresentação de 15 e 21 emendas.

Em comum, os dois pedem a supressão de parágrafo que considera amortizados bens reversíveis vinculados às concessões de transmissão de energia elétrica, independentemente da vida útil remanescente do equipamento. Para Lúcia Vânia, a manutenção do parágrafo configura quebra de contrato e resultará em maior percepção de risco em futuros investimentos.

(Agência Senado)

TRT-CE vai arborizar entorno do Fórum Autran Nunes

“Os cidadãos que frequentam as varas do trabalho no centro de Fortaleza vão encontrar um ambiente mais arborizado a partir da próxima semana. Às 9h desta sexta-feira (21/9), dia mundial da árvore, o Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE) vai iniciar o plantio de mudas de pau-brasil, oiti e ipês roxo e amarelo nas calçadas localizadas no entorno do Fórum Autran Nunes. A iniciativa tem como objetivo oferecer aos quase 2.000 cidadãos que vão diariamente ao Fórum um ambiente mais agradável e menos árido. As mudas de pau-brasil e de oiti serão plantadas na calçada da Avenida Duque de Caxias. Na Avenida Tristão Gonçalves, ficarão os ipês-roxos e na Rua Pedro I, os ipês-amarelos.

O plantio será realizado por meio de uma parceria entre a Comissão de Gestão Ambiental do TRT/CE (Ecosétima) e a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Controle Urbano (Semam). Caberá ao TRT/CE realizar a adubação, podas, irrigação, controle de pragas e limpeza para assegurar o crescimento das árvores. A Semam vai ceder as plantas.

Diagnóstico

As árvores que existiam no local foram retiradas pela Seman em 1999, quando começaram as obras do Metrofor no centro de Fortaleza. O traçado subterrâneo do metrô passa sob a Avenida Tristão Gonçalves. Na época, foram retiradas 160 plantas de 17 espécies diferentes, que estavam espalhadas por uma área de 16 quarteirões. Cerca de 40% das árvores retiradas foram transplantadas para outros locais.

(TRT/CE)

Plácido diz que juíza foi induzida ao erro

39 1

Vídeo causou polêmica em horário eleitoral

O PDT deverá recorrer nesta quinta-feira (20) da decisão da juíza da 117ª Zona Eleitoral, Maria das Graças Almeida de Quental, que na noite dessa quarta-feira (19) acatou representação da Procuradoria Geral do Município de Fortaleza (PGM) contra a coligação “Fortaleza Merece Mais” (PDT-PPS). Segundo a representação da Prefeitura de Fortaleza, a gravação apresentada pelo vereador Plácido (PDT), no horário eleitoral da coligação “Fortaleza Merece Mais” (PDT-PPS), no último sábado (15), que mostra o assédio moral e político contra terceirizados, seria “ilegal e não condiz com a realidade”. De acordo ainda com a representação, “a Prefeitura não tem competência para demitir terceirizados”. Na decisão da juíza, o vídeo não mais poderá ser veiculado em horário eleitoral, além de a Prefeitura ter direito de resposta no horário da coligação “Fortaleza Merece Mais”, destinado às candidaturas proporcionais.

Para o vereador Plácido, a Prefeitura induziu a juíza ao erro, quando a Prefeitura omitiu na representação que a voz que revela todo o esquema contra os terceirizados é do chefe do Distrito de Saúde da Regional I, Eymard Maia.

“Além disso, a Prefeitura não pode assegurar que não tem poderes para demitir terceirizados, já que é justamente a Prefeitura a responsável pelo rateamento dos cargos dos terceirizados entre muitos vereadores aliados. O próprio líder da prefeita, vereador Ronivaldo Maia (PT), admitiu isso no dia da denúncia que fiz na Câmara Municipal, ao falar que essa prática não é de agora”, comentou Plácido.

“Mas, se a Prefeitura por fim conseguir utilizar o tempo do PDT, eu peço que eles esclareçam se a voz é ou do chefe do Distrito de Saúde da Regional I, Eymard Maia. Peço ainda que não mintam sobre o assédio contra os terceirizados, pois o Ministério Público já baixou portaria para apurar o crime”, ressaltou o vereador, líder da oposição na Câmara Municipal.

Nessa segunda-feira, a coligação “Pra Cuidar das Pessoas”, entrou com uma representação contra o vídeo apresentado no horário eleitoral da coligação “Fortaleza Merece Mais”, na 82ª Zona Eleitoral de Fortaleza. Apesar da juíza Maria do Livramento Alves Magalhães ter determinado a não mais veiculação do vídeo no horário eleitoral, a titular da 82ª Zona Eleitoral não concedeu direito de resposta. Os vídeos sobre a denúncia de assédio moral e político contra os terceirizados, além do veiculado no horário eleitoral da coligação “Fortaleza Merece Mais” (PDT-PPS), estão disponíveis no You Tube, com mais de três mil acessos.

Estudo apresenta gasto com transporte urbano

30 1

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulga nesta quinta-feira (20) o estudo “Gastos das famílias das regiões metropolitanas brasileiras com transporte urbano”. O estudo será apresentado, em Brasília, pelo técnico de Planejamento e Pesquisa Carlos Henrique de Carvalho, com a mediação do diretor substituto de Estudos e Políticas Regionais, Urbanas e Ambientais (Dirur), Miguel Matteo.

Será apresentado pesquisa de gasto das famílias brasileiras residentes em nove regiões metropolitanas (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Recife, Fortaleza, Salvador e Belém), com deslocamentos urbanos ou metropolitanos. Dois indicadores principais constam na pesquisa: o comprometimento de renda com gastos em transporte urbano e metropolitano e o percentual de famílias que efetuam esse tipo de gasto.

O objetivo do trabalho é a investigação sobre o avanço dos gastos com transporte individual pelas famílias brasileiras em detrimento dos gastos com transporte coletivo, já que esse padrão no qual o transporte privado assume papel predominante, gera fortes impactos sobre as condições de mobilidade da população nos grandes centros urbanos.

Os dados utilizados no estudo são da Pesquisa de Orçamento Familiar (POF) de 2009 e de 2003, as duas últimas edições. A amostra é realizada periodicamente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com o objetivo principal de conhecer a estrutura de gastos e rendimento das famílias brasileiras, permitindo aferir os pesos dos componentes de despesas nos índices de inflação no país. A POF 2009 pesquisou 55.970 domicílios em todo o território nacional e seguiu a mesma estrutura da POF anterior.

(Ipea)

Servidores da saúde sem vale-transporte

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço de Saúde de Fortaleza (SINTSAF) foi procurado pelos servidores da Saúde dos hospitais Frotinhas, Gonzaguinhas e IJF, que denunciaram o atraso no repasse do valor do vale-transporte.

Segundo o auxiliar de serviço de Saúde, Marcelo Teófilo de Freitas, todo mês a Prefeitura credita o valor nos passe cards com atraso. “Se a gente falta trabalho, a direção do hospital coloca falta na gente. Mas, todo mês é descontado no nosso contracheque R$ 40 no dia certo. Isso é um absurdo. Temos que tirar dinheiro de onde não temos para pagar nossas passagens”, reclamou.

Ceará receberá R$ 187,7 mil para capacitação

O Ministério da Saúde repassará R$ 187,7 mil ao Ceará para capacitar profissionais na área de prótese dentária, por meio da Portaria 2010. A iniciativa faz parte do Programa de Formação Profissional de Nível Técnico (Profaps). A meta é que, com os recursos, seja possível qualificar, em um ano, cerca de dois mil novos técnicos em prótese dentária, em todo o país, ao custo de R$ 6 milhões.

A carga horária do curso será de, no mínimo, 1,2 mil horas, que serão distribuídas entre carga horária teórica e prática. Além disso, o curso contará com estágio supervisionado complementar. As secretarias estaduais de saúde poderão utilizar suas escolas técnicas que tenham curso na área e, na ausência destas, contratará escola técnica que tenha este curso reconhecido pelo Conselho Estadual de Educação.

“A ampliação de vagas vem contribuir para o programa Brasil Sorridente e permitirá que tenhamos mais profissionais capacitados a prestar um serviço de qualidade em saúde bucal à população”, afirma o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde, Mozart Sales.

(Agência Saúde)

Solenidade de entrega do Prêmio Gandhi de Comunicação terá palestra de Susan Andrews

27 1

A Agência da Boa Notícia traz a Fortaleza a psicóloga e antropóloga Susan Andrews, Coordenadora, no Brasil, do Movimento FIB – Felicidade Interna Bruta, que propõe medir o desenvolvimento de forma sistêmica e não apenas econômica como o Produto Interno Bruto (PIB). Ela será a palestrante no Fórum “Comunicação e Felicidade – Uma reflexão sobre o papel da mídia para o bem-estar coletivo”, que acontece por ocasião da solenidade de entrega do Prêmio Gandhi de Comunicação – 2012. O evento será no dia 27 de setembro, às 19h, na Federação das Indústrias do Ceará (FIEC).

Susan Andrews é uma das maiores estudiosas, no mundo, da chamada Ciência Hedônica, a “Ciência da Felicidade”. Psicóloga e antropóloga pela Universidade de Harvard (EUA) e doutora em Psicologia Transpessoal pela Universidade de Greenwich (EUA), ela foi designada embaixadora do FIB no Brasil primeiro-ministro do Butão, Jigme Thinley, no encontro realizado em abril de 2012, na sede da Organização das Nações Unidas em Nova York, sobre o tema “Felicidade e Bem-Estar: Definindo um Novo Paradigma Econômico”.

Susan é norte-americana e adotou o Brasil como pátria, quando veio para a Eco-92. Em Porangaba, município a 162 km de São Paulo, capital, ela fundou e coordena o Instituto Visão Futuro, ecovila e centro de estudos e formação nas áreas de Biopsicologia, Educação e Ecologia. Lá também são feitos os treinamentos das equipes que começam a trabalhar o conceito FIB no Brasil.

Tem 12 livros lançados, sendo os mais conhecidos “A Ciência de Ser Feliz”, que reúne as novidades sobre a Ciência Hedônica, e “Stress a seu favor”, no qual apresenta os recursos da Biopsicologia, metodologia que permite o ser humano compreender o processo de estresse e aprender a gerenciar a vida e situações de crise.

Conferencista em 40 países, como Austrália, Itália, Dinamarca, Polônia, China, Indonésia, Quênia, Índia, Egito e vários outros, no Brasil, Susan tem ministrado palestras e treinamentos para empresas e profissionais liberais nas áreas de Saúde, Psicologia, Recursos Humanos, Ecologia, Desenvolvimento Pessoal e Educação. Foi colunista das revistas Época e Época Negócios.

(Agência da Boa Notícia)

Julgamento do mensalão tem nova divisão do capítulo sobre compra de apoio no Congresso

O julgamento da Ação Penal 470, conhecida como processo do mensalão, terá uma subdivisão no capítulo sobre compra de apoio no Congresso Nacional entre 2003 e 2004. O subfatiamento do Capítulo 6, confirmado nessa quarta-feira (19) pelo relator Joaquim Barbosa, pode atrasar em alguns dias a análise das acusações de corrupção ativa, que envolvem o núcleo político.

Até agora, Barbosa concluiu o julgamento das acusações de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha envolvendo réus ligados ao PP e ao PL (atual PR). Na sessão dessa quarta-feira, ele começou a falar sobre os réus do PTB e concluirá essa etapa nesta quinta-feira (20), juntamente com as considerações envolvendo o PMDB.

Inicialmente, o relator havia programado continuar seu voto falando sobre os dez acusados do crime de corrupção ativa, mas ele achou melhor dar uma pausa e abrir a votação dos itens já analisados por ele aos demais ministros. A subdivisão foi acertada em uma ligação telefônica do relator para o revisor do processo, Ricardo Lewandowski.

Nas contas de Barbosa, seu voto terminará nesta quinta-feira, na primeira metade da sessão, e o revisor poderá votar em seguida. Lewandowski, por sua vez, calcula que terminará seu voto na próxima quarta-feira (26), permitindo aos demais ministros encerrar essa etapa até o final da próxima semana.

O julgamento dos crimes de corrupção ativa começaria, segundo essas previsões, no dia 1º de outubro, mesma semana do primeiro turno das eleições municipais. Ambos os ministros, o relator e o revisor, afirmam desconsiderar as críticas de politização do julgamento devido à coincidência de datas. Segundo Barbosa, a única motivação para a subdivisão do capítulo em análise é o cansaço, pois ele faz a leitura ininterrupta de seu voto desde a última segunda-feira (17).

(Agência Brasil)