Blog do Eliomar

Categorias para Sem categoria

Onix Lorenzoni terá encontro com bancada do PSD

Onyx Lorenzoni, ministro extraordinário da transição e futuro ministro da Casa Civil, vai se reunir, às 19 horas desta terça-feira, em Brasília, com parlamentares eleitos e reeleitos do PSD.

A informação é do atual líder da bancada, o cearense Domingos Neto, adiantando que a pauta constará das prioridades do futuro governo de Bolsonaro logo no início dos trabalhos da Câmara.

Deve entra também a eleição da nova mesa diretora e, claro, a participação que o PSD poderá ter na nova gestão, embora o líder da legenda não queira confirmar esses assuntos.

(Foto – PSD)

IX Congresso Estadual de Jornalistas debaterá Internet e Desinformação

Pensar exatamente o que é o jornalismo hoje em dia, qual a função dos jornalistas, questionar o impacto das informações falsas, conhecer propostas de inovação e denunciar o que não está bem é o objetivo do IX Congresso Estadual dos Jornalistas do Ceará, que tem como tema central: “Internet e (des)informação: o papel do Jornalismo e dos jornalistas”. A realização é do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Ceará (Sindjorce), com o apoio da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), e está com inscrições abertas. O congresso acontecerá de sexta a domingo próximos, no Centro Cultural Belchior,com apoio do Banco do Nordeste e do Governo do Estado.

O Congresso reunirá jornalistas, estudantes da área e demais profissionais da comunicação em reflexões sobre temas contemporâneos, como o uso de plataformas digitais, a exemplo do Whatsapp e do Facebook para disseminar conteúdo fraudulento, o jornalismo na conjuntura pós-eleitoral, os novos modelos de gestão e negócio na imprensa e os ataques às liberdades de expressão e imprensa, além de questões identitárias.

 

Segundo Samira de Castro, presidente do Sindjorce e segunda tesoureira da Fenaj, a proposta do evento é “reafirmar a importância e a relevância do jornalista e do jornalismo como elementos essenciais para a democracia, sobretudo neste momento de difusão do antijornalismo e da desinformação extrema. Para nós, é necessário discutir coletivamente saídas estratégicas para este cenário crítico”, explica.

Conferencistas

Richard Santos – Rapper, jornalista e professor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). É autor do livro “A representatividade da população negra na televisão brasileira”. Trabalhou em empresas como TV Globo, TV Record, TV Band, TV Cultura, TV da Gente e TV Brasil, assim como articulista na revista Raça Brasil.

Gérson Marques – Doutor em Direito, professor da UFC, ministrando disciplinas na graduação e pós graduação (mestrado e doutorado) na Faculdade de Direito. Autor de mais de vinte livros e de inúmeros artigos científicos. É Procurador Regional do Trabalho na PRT 7 Região.

Adelaide Gonçalves – Professora Doutora da UFC. Professora da Escola Nacional Florestan Fernandes do MST-Brasil. Atua principalmente nos seguintes temas: anarquismo, mundos do trabalho, memória, imprensa operária, história do livro, práticas de leitura, imigrantes, bibliotecas, revistas.

Beatriz Xavier – Advogada e professora Adjunto da Faculdade de Direito da UFC. Coordenadora do Projeto Árvore-Ser – Grupo de Estudos Aplicados em Direito das Pessoas com Deficiência – FD/UFC. Presidente da Comissão de Direitos Humanos da UFC. Presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos – CEDDH. Membro do Comitê Estadual de Educação em Direitos Humanos.

Maria José Braga – Presidenta da FENAJ, jornalista do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás e membro do Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional. Trabalhou na Cooperativa dos Jornalistas de Goiás (PróJornal) e foi repórter e subeditora do Jornal O Popular e professora do curso de Jornalismo das Faculdades Alfa.

Paula Bianchi – Jornalista com foco em política, direitos humanos e segurança pública. Editora no The Intercept Brasil, já passou por veículos como UOL, Folha de S.Paulo, Terra e Agência EFE. Formada pela UFRGS com especialização em Sociologia Urbana pela UERJ, foi trainee do Estadão.

Luizianne Lins – Jornalista e professora concursada licenciada do Curso de Jornalismo da UFC. Deputada federal reeleita e ex-prefeita de Fortaleza. Também foi vereadora de Fortaleza e deputada estadual no Ceará.

Breno Costa – Jornalista fundador do BRIO Hunter, programa de mentoria desenvolvido para freelancers, repórteres, editores e estudantes que querem praticar jornalismo de alto nível. Foi repórter da Folha de S.Paulo. Colabora também com os veículos The Intercept Brasil, revista Piauí, entre outros.

Laércio Portela – Jornalista e integrante do Marco Zero Conteúdo, portal de notícias mantido por coletivo de jornalismo investigativo que aposta em matérias aprofundadas, independentes e de interesse público. Foi repórter do Jornal do Commercio; repórter, editor e colunista de Política do Diário de Pernambuco; e coordenou a área de comunicação social do Ministério da Saúde.

Flávio Peixoto – Jornalista e diretor-administrativo da Cooperativa dos Jornalistas e Gráficos do Estado de Alagoas (Jorgraf), que edita o jornal Tribuna Independente e o portal de notícias Tribuna Hoje.Com.

Programação

Dia 7 de dezembro (sexta-feira)

10h às 14h – Credenciamento

14h às 16h – Oficina 1 – Produção de PodCast, com Andreh Jonathas

16h10 às 16h20 – Café com ideias

16h30 às 17h30 – Oficina 2 – Introdução à segurança digital, com Uirá Porã

18h30 – Abertura. Palavra das autoridades

19h30 – I Encontro Estadual de Jornalistas e Comunicadores pela Igualdade Racial (EEJIRA)

“O negro na teledramaturgia brasileira” – Richard Santos, jornalista e professor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB)

21h – Jantar de abertura

Dia 8 de dezembro (sábado)

9h – Painel “Redações integradas e exploração de estagiários e profissionais”

· Rafael Mesquita, Secretário-geral do Sindjorce e Diretor de Educação da FENAJ

· Gérson Marques – Procurador do Trabalho 7ª Região (MPT/CE)

10h40 – Café com ideias

11h – Painel “Jornalistas e movimentos sociais sob censura e perseguição – 50 anos depois, um novo AI-5?”

· Adelaide Gonçalves, professora doutora do Curso de História da Universidade Federal do Ceará (UFC)

· Beatriz Xavier, professora Adjunto da Faculdade de Direito da UFC e presidenta do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos do Ceará (CEDDH)

12h50 – Almoço

14h – Painel “A desinformação venceu o Jornalismo?”

· “Notícias Falsas” – Paula Bianchi, editora no The Intercept Brasil

· “Jornalismo e conjuntura pós-eleitoral” – Luizianne Lins, jornalista, professora licenciada do Curso de Jornalismo da UFC e deputada federal

· “Reafirmar o papel do Jornalismo e dos jornalistas” – Maria José Braga, Presidenta da FENAJ e membro do Conselho de Comunicação do Congresso Nacional

15h40 – Café com ideias

16h30 – Painel “Jornalismo independente e fora dos grandes centros: como fazer, quem financia?”

· “Cooperativa de Jornalistas” – Flávio Peixoto – Jorgraf/ Tribuna Independente de Alagoas;

· “Jornalismo investigativo, aprofundado e de interesse público” – Laércio Portela – Marco Zero Conteúdo (PE);

· “Jornalismo na era pós-industrial” – Breno Costa – BRIO

19h – Confraternização/ Noite da Resistência

Dia 09 de dezembro (domingo)

9h – Café de acolhida

9h30 às 11h30 – Grupos de Trabalho

· GT 1 – Segurança dos Profissionais da Comunicação

· GT 2 – Combate à censura e defesa das liberdades de imprensa e expressão

· GT 3 – Comunicação, Direitos Humanos e Lutas Identitárias

· GT 4 – Jornalismo, comunicação e ativismo

11h30 – Plenária de construção do Plano de Ação dos Jornalistas contra o Fascismo

SERVIÇO

Inscrições

*As inscrições para o Congresso serão realizadas no site sindjorce.org.br.

Os valores são:

· R$ 25,00 para estudantes de Jornalismo e profissionais aposentados;

· R$ 50,00 para jornalistas sindicalizados;

· R$ 100,00 para profissionais não-sindicalizados e demais interessados.

UFC agora tem 13 cursos com nota máxima no Guia do Estudante

A Universidade Federal do Ceará aumentou o número de cursos avaliados com nota máxima pelo Guia do Estudante (GE) 2019 em comparação com a edição passada. A informação é da assessoria de imprensa da Instituição, adiantando que foram 13 os cursos que receberam o selo de cinco estrelas, ante os 11 do ano passado, o que significou um crescimento de 18%. Ao todo, o guia destacou 71 cursos da UFC.

Os 13 cursos que alcançaram cinco estrelas (conceito excelente) pelo GE são: Ciência da Computação (bacharelado), Ciências Biológicas (bacharelado), Ciências Biológicas (licenciatura), Ciências Sociais (bacharelado), Direito (bacharelado), Estatística (bacharelado), Física (bacharelado), Geografia (bacharelado), Geografia (licenciatura), Letras (licenciatura), Matemática (bacharelado), Matemática (licenciatura) e Pedagogia (licenciatura).

Além destes, 43 cursos obtiveram quatro estrelas (conceito ótimo), mesmo número da edição anterior, e outros 15 tiveram nota 3, três a menos que no ano passado.

Os cursos avaliados pelo GE em todo o Brasil são analisados por mais de 3 mil professores, a partir de questionários previamente preenchidos voluntariamente pelos coordenadores de cada curso. Cada especialista pode avaliar até 35 cursos da região em que mora, desde que não integre a própria universidade.

A seguir, a avaliação de cada curso (como se trata de pesquisa nacional, a apresentação dos nomes dos cursos citados pelo GE não adota necessariamente o nome oficial do curso da UFC):

Cinco Estrelas

Ciência da Computação (bacharelado), Ciências Biológicas (bacharelado), Ciências Biológicas (licenciatura), Ciências Sociais (bacharelado), Direito (bacharelado), Estatística (bacharelado), Física (bacharelado), Geografia (bacharelado), Geografia (licenciatura), Letras (licenciatura), Matemática (bacharelado), Matemática (licenciatura) e Pedagogia (licenciatura).

Quatro Estrelas

Agronomia (bacharelado), Arquitetura e Urbanismo (bacharelado), Biblioteconomia (bacharelado), Biotecnologia (bacharelado), Ciências Atuariais (bacharelado), Ciências Contábeis (bacharelado), Ciências Econômicas (bacharelado), Ciências Sociais (licenciatura), Dança (bacharelado), Dança (licenciatura), Design de Moda (bacharelado), Ecologia (bacharelado), Educação Física (licenciatura), Enfermagem (bacharelado), Engenharia Ambiental e Sanitária (bacharelado), Engenharia Civil (bacharelado), Engenharia de Alimentos (bacharelado), Engenharia de Pesca (bacharelado), Engenharia de Petróleo (bacharelado), Engenharia de Produção (bacharelado), Engenharia Elétrica (bacharelado), Engenharia Mecânica (bacharelado), Engenharia Química (bacharelado), Farmácia (bacharelado), Filosofia (bacharelado), Filosofia (licenciatura), Física (licenciatura), Fisioterapia (bacharelado), Geologia (bacharelado), História (licenciatura), Libras (licenciatura), Medicina (bacharelado), Oceanografia (bacharelado), Odontologia (bacharelado), Psicologia (bacharelado), Química (bacharelado), Química (licenciatura), Secretariado Executivo (bacharelado), Zootecnia (bacharelado), Engenharia de Software (bacharelado ‒ Quixadá), Sistemas de Informação (bacharelado ‒ Quixadá), Ciências Econômicas (bacharelado ‒ Sobral) e Odontologia (bacharelado ‒ Sobral).

Três Estrelas

Cinema e Audiovisual (bacharelado), Comunicação em Mídias Digitais (bacharelado), Design (bacharelado), Educação Física (bacharelado), Engenharia Metalúrgica (bacharelado), Gastronomia (bacharelado), Jornalismo (bacharelado), Música (licenciatura), Publicidade e Propaganda (bacharelado), Teatro (licenciatura), Engenharia da Computação (bacharelado ‒ Sobral), Engenharia Elétrica (bacharelado ‒ Sobral), Medicina (bacharelado ‒ Sobral), Música (licenciatura ‒ Sobral) e Psicologia (bacharelado ‒ Sobral).

DETALHE – O Guia do Estudante é uma publicação da Editora Abril que analisa os cursos de graduação das universidades e faculdades brasileiras. A edição de 2019, que traz estes dados, já está nas bancas, segundo a editora, e em breve estará disponível também no site do GE (https://guiadoestudante.abril.com.br).

(Foto – Evilázio Bezerra)

MST do Ceará promove a I Mostra Nacional de Produtos da Reforma Agrária

O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) vai realizar, na próxima quarta-feira, a I Mostra Nacional dos Produtos da Reforma Agrária. A atividade acontecerá numa feira extraordinária programada para o Centro de Formação Capacitação e Pesquisa Frei Humberto, situado em Fortaleza.

De acordo com a assessoria de imprensa do evento, serão expostos e comercializados diversos produtos in natura e industrializados de várias cooperativas de todo o País inteiro. A feira é resultado do Encontro Nacional das Cooperativas do MST, que ocorre nesta mesma semana no Estado.

Programação

9 horas – Abertura da feira
11 horas – Atividades com Governo do Estado ( FEDAF/ São José III)
12 horas – Música ao vivo (Cumpadi Barbosa)

SERVIÇO

*Centro de Formação Capacitação e Pesquisa Frei Humberto – Rua Paulo Firmeza, 445 – São João do Tauape.

(Foto – Ilustrativa)

Educação é solução – O exemplo do Ceará

Com o título “Educação é a solução”, eis artigo de Roberto Victor, presidente da Academia Cearense de Direito. ele destaca avanos do estado do Ceará no plano da educação. Confira:

Paulo Freire, grande educador brasileiro, costumava asseverar: “Educação não transforma o mundo. Educação transforma as pessoas. Pessoas transformam o mundo”. Essa receita quase utópica, beirando o romantismo, é extremamente eficaz e necessária no mundo em que estamos vivendo. De fato, a prima facie, a educação não traz resultados, educação traz gastos e decepção, uma vez que vários Estados e nações investem altas cifras milionárias em educação, mas o desenvolvimento humano é inócuo e insignificante. Entretanto, creiam, com toda força de atitude e coragem, EDUCAÇÃO transforma o mundo sim!

Há milhares de ano, na Grécia antiga, Pitágoras exortava: educando não será necessário punir.

Vamos analisar o bem-sucedido case do Estado do Ceará.

Há cerca de 15 anos, o Ceará detinha números absurdos e alarmantes no quesito educação. A taxa de analfabetismo era imensa e totalmente desoladora para nossos educadores e gestores.

Devemos reconhecer e aplaudir várias personagens que protagonizaram uma mudança positiva para nosso Estado que hoje é reconhecido nacionalmente. Em ares de recência foram veiculados os números do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do ano de 2017 e o Estado do Ceará foi hasteado a posição de destaque no País.

O Ceará, no governo Camilo Santana, superou com folga a meta estabelecida e continua com esse resultado pelo sexto Ideb consecutivo. Senhoras e senhores, nós, que militamos com educação, podemos acentuar com muita ênfase que esse resultado é esplêndido para um Estado do Nordeste, considerado pobre e com vários problemas regionais e climáticos. A média alencarina de 6,1 obtida superou os prognósticos otimistas e a expectativa de 4,5 projetada pelos gestores estaduais. Isso entremostra que além do aporte e da prioridade que o governador Camilo Santana e a Vice-Governadora Izolda Cela investem na EDUCAÇÃO, nossos professores e alunos estão acreditando e sendo parceiros desses maravilhosos resultados.

Camilo Santana, filho da educadora Ermengarda Maria de Amorim Sobreira Santana, que por sua vez era filha do grande jurista e professor romanista Amorim Sobreira, colheu na experiência exitosa da mãe, que conseguiu quase erradicar o analfabetismo em Barbalha quando ocupou a vice-prefeitura, lições primorosas para dar primazia à EDUCAÇÃO de nosso Estado. Camilo Santana continuou os avanços conquistados pelo ex-governador Cid Gomes, que promoveu um salto na educação desse Estado tendo sido, inclusive, Ministro da Educação, fazendo ao lado da admirável professora Izolda Cela, mãe do PAIC, projeto replicado em todo território nacional. O Ceará chegar nesse cenário de exemplo para o país e outros Estados.

Vejam, caros leitores, que o parágrafo acima traz uma biografia genealógica e afetiva de como a EDUCAÇÃO precisa ser prioridade para um Estado. Os resultados foram alcançados por conta da persistência e do investimento contínuo de anos e meses de trabalho. Iniciou-se com o governador Cid Gomes e a professora Izolda Cela, como secretária de Educação, e continuou com o governador Camilo Santana e a professora Izolda Cela, como vice-governadora. EDUCAÇÃO traz frutos dessa maneira. Há quem diga que plantar EDUCAÇÃO é como plantar tâmaras, muitas vezes quem plantou acaba nem colhendo o resultado. Dai o motivo de festejamos e homenagearmos aqueles que investem em EDUCAÇÃO.

Como professor, tenho um orgulho incontido de vislumbrar a qualidade da educação de meu Estado, o Ceará. Muito embora tenha obras escritas sendo estudadas por alunos da Sorbonne, da Universidade de Lisboa, Buenos Aires e Uruguai, é para o Ceará e para os cearenses que eu escrevo e que dedico meu tempo a ensinar e a incentivar os alunos. Estou presidente de uma entidade, a Academia Cearense de Direito, e tive a grata felicidade de, juntamente aos meus confrades, de implementar o lema “Cultura Jurídica com Responsabilidade Social”. Destarte, já visitamos 21 escolas públicas em 12 municípios do Ceará e em cada uma que adentro sinto o arrepio e o orgulho de estar presenciando essa revolução na educação do Ceará.

A educação é, de forma insofismável, a melhor prática para diminuirmos os desatinos sociais. Esta educação deve começar no início da vida humana, ainda na fase infante, é tomar crianças, fazê-las adotar pela pátria, prepará-las em escolas, ensinar sucessivamente. Recordo-me de pensamento do incrível jurista Pontes de Miranda sobre o assunto: “Preparemos todas as crianças em idade escolar, alinhemo-las todas, no mesmo ponto de partida! Só assim daremos a todas as mesmas possibilidades; só assim faremos obra de justiça social, de cooperação leal e de fraternidade”.

Educação de qualidade é demonstrar na prática a existência da luz solar sobre a sociedade. Basta-nos abrir a janela pela manhã na aurora que veremos o sol brilhar para todos. Investir em educação é o mesmo que dizer que todos terão as mesmas oportunidades da mesma forma que o sol brilha para os afortunados ou não.

Parabéns ao Ceará que mostra ao mundo que EDUCAÇÃO é a SOLUÇÃO.

*Roberto Victor,

Professor universitário e presidente da Academia Cearense de Direito.

Antonio Henrique é o novo presidente da Câmara Municipal

288 2

Ao lado de sua mulher, Edileusa, e do filho Esdras Henrique, o vereador Antônio Henrique (PDT) acompanhava, nesta manhã de segunda-feira, o processo de votação da nova mesa diretora da Câmara Municipal, onde seu nome virou o consenso para presidente da Casa.

Márcio Martins (PR), que tentou formar uma chapa de oposição, se absteve da votação que, no entanto, confirmou o pedetista como sucessor de Salmito Filho (PDT).

A chapa endossada tem Antonio Henrique na presidência. Nas demais posições da futura mesa, fechada por consenso, estão: Adail Júnior, primeiro vice-presidente; Raimundo Filo, segundo vice; Gardel Rolim, terceiro vice; Idalmir Feitosa, primeiro-secretário; Ziê Férrer, segundo secretário; e Lucimar Marins (Bá), terceira secretária.

(Foto – Evilázio Bezerra)

General Theophilo confirma: vai mesmo integrar equipe de Jair Bolsonaro

828 7

O General Theophilo, que disputou o Governo do Ceará pelo PSDB, vai mesmo integrar a futura equipe do Governo de Jair Bolsonaro. Foi o que ele confirmou, nesta segunda-feira, quando seguia na rota de Brasília.

Ele não adiantou qual cargo ocupará, mas lembrou que, no grupo do presidente eleito, estão vários “amigos meus de patente que, inclusive, fizeram cursos comigo”.

Theophilo deve, no entanto, ocupar uma função na equipe do ex-juiz federal Sergio Moro, já indicado para o futuro Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Indagado se seu ingresso no bloco de Bolsonaro se traduziria também numa filiação ao PSL, descartou.

“Essa minha campanha aqui me deu muita experiência política. Não, não, me filio a partido. Só mesmo trabalho na segurança”, adiantou o General  Theophilo, que deverá ser o único nordestino na equipe de Moro, que recrutou boa parte de futuros assessores que, com ele, atuaram na Operação Lava Jato.

DETALHE – Na disputa pelo Governo do Ceará, o general Theophilo obteve 11,30% dos votos. O atual governador Camilo Santana (PT) foi reeleito com 79,96% dos sufrágios.

(Foto – Paulo MOska)

Arthur embarca para São Paulo onde fará testes físicos no Palmeiras

558 10

O atacante Arthur (20) viajou, nesta madrugada de segunda-feira, para São Paulo. Ali, ele vai se apresentar no clube para se submeter a testes físicos, mas sua apresentação oficial só ocorrerá em janeiro próximo.

Arthur foi negociado em maio deste ano pelo time do Ceará com a equipe paulista. A diretoria alviverde desembolsou R$ 5 milhões por 50% dos direitos econômicos do atleta. O Ceará ainda detém 30% do passe do atleta.

Proibido por questões contratuais de dar entrevista, o atacante disse apenas que iria se submeter a “testes físicos”, e que, ainda nesta semana, estaria de volta à Capital cearense para começar a tratar de sua mudança. Ele foi um dos destaques do Ceará nesta temporada de Série A, do Brasileirão.

Ainda no Aeroporto Internacional Pinto Martins, Arthur, mesmo usando boné, foi reconhecido e assediado por alguns torcedores.

(Foto – Paul MOska)

Setor de TI apresenta demandas para deputado de Bolsonaro no Ceará

O presidente da Associação das Empresas de Processamentos de Dados do Estado (Assespro) e diretor da Secrelnet, Delano Gadelha, recebeu, nesta semana, empresários do ramo de tecnologia e o deputado federal eleito Heitor Freire (PSL). O encontro ocorreu no Cabaña Del Primo e teve como objetivo apresentar benefícios para o setor de Tecnologia da Informação no Ceará.

“Para nós foi muito produtivo. O deputado foi muito aberto e disponível às demandas do setor de TI e será importante para a interlocução em Brasília. Pediu para que pudéssemos encaminhar o que tivéssemos de demanda para propor soluções e, dentro do possível encaminhar junto ao Congresso Nacional”, afirma Gadelha.

Ele lembra que a TI é um segmento que tem muitas demandas. Entre elas, a desoneração da folha de pagamento das empresas e a bitributação sobre os softwares. “Esperamos ter outras oportunidades como essa para encaminhar outras demandas”, destacou Danilo Gadelha.

(Foto – Divulgação)

Coletânea traz detalhes sobre o Clã dos Ferreira Gomes

O Laboratório de Estudos sobre Política, Eleições e Mídia da UFC (Lepem) lançará, nesta sexta-feira, às 17 horas, a coletânea “Eleições 2010 – Enredos e Personagens”. O ato ocorrerá na Sala de Vídeo do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Ceará (Campus Benfica).

Cleyton Monte, cientista político e conselheiro de leitores do O POVO participa da publicação com o capítulo sobre “As Bases Eleitorais dos Ferreira Gomes”.

(Foto – Divulgação)

Agefis multa dono de terreno que virou rampa de lixo no bairro Aldeota

Sobre terreno baldio que virou rampa de lixo no bairro da Aldeota, a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) mandou a seguinte nota, em tom de resposta ao Blog:

Caro Eliomar de Lima,

Na manhã dessa quinta-feira (29/11), fiscais da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) estiveram no local denunciado, no bairro Aldeota, e constataram a irregularidade. O proprietário do terreno já foi identificado e será autuado com multa que varia de R$ 83,35 a R$ 833,50.

De acordo com o Código de Obras e Posturas (Lei 5.530/81), os proprietários de terrenos não edificados, voltados para logradouro público pavimentado, são obrigados a murar e zelar para que seus imóveis não sejam usados como depósito de lixo, detritos e similares.

SERVIÇO

*A população pode realizar denúncias por meio do aplicativo Fiscalize Fortaleza (Disponíveis Android e IOS), do site denuncia.agefis.fortaleza.ce.gov.br e do telefone 156.

(Foto – Leitor do Blog)

Sema divulgará laudo sobre situação de ursos de Canindé

345 1

O secretário do Meio Ambiente do Estado, Artur Bruno, vai divulgar, às 9 horas desta sexta-feira, na sede da Semace, o laudo técnico sobre a situação dos ursos Dimas e Kátia, que vivem no Zoológico de Canindé. Há pleito para que esses animais sejam transferidos para outro Estado em razão da alta temperatura que enfrentam nessa cidade do Interior cearense.

Luisa Mell, ativista em defesa de animais, iniciou campanha nas redes sociais para retirar dois ursos-pardos-siberianos do zoológico de Canindé. Ela estará presente, informa a coordenadora de Proteção e Bem Estar Animal da Prefeitura de Fortaleza, Toinha Rocha, que convoca ambientalistas para esse encontro.

(Foto – Paulo MOska)

Oficina vai ensinar como transformar o lixo eletrônico em brinquedo

A Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova) está comemorando o sucesso da Campanha Nata do Lixo, que teve o objetivo de arrecadar o conhecido lixo eletrônico, que acabou aproveitado na Casa da Cultura Digital Iracema em projetos no campo da Robótica Sustentável. Esse projeto envolve alunos do ensino fundamental e médio da rede municipal de Fortaleza.

Dentro das comemorações, oferecerá uma oficina de robótica neste sábado, 1º de dezembro, das 8 às 12 horas. Será ministrada na Casa Digital, que fica na rua Pacajus, 33, na Praia de Iracema. A ordem é ensinar como transformar impressoras, gabinetes de PC, placas antigas, drives de DVD, fontes de notebooks, monitores e baterias em brinquedos robôs.

Prefeito vai falar sobre Pacto Federativo em seminário apoiado pelo Banco Mundial

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), é um dos convidados do PforR Ceará: Aprendizados e Novos Desafios, o seminário que o Ipece, Seplag e Banco Mundial promovem, até sexta-feira, no Centro de Eventos, onde os temas em debate tratam das perspectivas de futuro do País e do Ceará.

Roberto Cláudio falará, a partir das 16h20min desta quinta-feira, sobre o tema “O Pacto Federativo e Suas Implicações na Gestão Municipal”.

Antes dele, dará palestra Fernando de Holanda Barbosa, professor da Escola Brasileira de Economia e Finanças (EPGE/FGV), que vai expor “Governo Liberal ou Intervencionista:”

A coordenação do seminário é do diretor-geral do Ipece, Flávio Ataliba.

(Foto – Aurélio Alves)

Secretário estadual do Esporte reage a artigo de ex-titular da Setur: CFO não é elefante branco

260 1

Sobre o artigo “Turismo: o “hub” dos voos comprados a preço de ouro”, de Allan Aguiar, ex-secretário do Turismo do Ceará, com críticas ao hub aéreo, apontando como mais um elefante branco oficial a la Centro de Formação Olímpica “sem atleta”, o secretário estadual dos Esportes, Euler Barbosa, deixou o seguinte convite ao articulista:

Quero convidar o nobre “articulista do fim do mundo” a conhecer sobre o funcionamento do CFO nos últimos 18 meses. Esse esplêndido equipamento está longe de ser um elefante branco. Segue servindo ao Esporte, na formação de atletas e oportunizando a realização de eventos de relevância para a comunidade esportiva local, nacional e internacional.

Mais de 150 mil pessoas passaram pelo equipamento nos último ano. Cerca de 98 eventos realizados. Além de escolinhas para o atendimento à comunidade e referência para o treinamento de nossas equipes do alto rendimento, incluindo, como nunca antes, os paradesportistas.

Falácia é o caminho mais fácil assumido por quem não tem conhecimento de causa.

Euler Barbosa,

Titular da Sesporte.

(Foto – Arquivo)

Servidor de carreira é indicado para o Desenvolvimento Integração Nacional

Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto será o titular do novo Ministério do Desenvolvimento Regional. Ele é servidor efetivo do Ministério do Planejamento. O anúncio foi feito pelo presidente eleito Jair Bolsonaro em seu Twitter nesta quarta-feira.

@jairbolsonaro
Informo a todos a indicação do Sr. Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto, servidor efetivo do Ministério do Planejamento com ampla experiência, para o Ministério do Desenvolvimento Regional. Boa tarde!

Fusão

A pasta será implementada por Bolsonaro e reunirá os ministérios da Integração Nacional e Cidades. Ambos serão transformados em secretárias na nova gestão, a partir de 1º de janeiro.

Gustavo Canuto é formado em Engenharia de Computação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e em Direito pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB).

Segundo agências de notícias, nos últimos dois anos, foi chefe de gabinete do Ministro da Integração Nacional. Também já assumiu compromissos de trabalho nas Secretarias de Aviação Civil e Geral da Presidência da República, além da Agência Nacional de Aviação Civil, segundo seu perfil na página do Ministério da Integração.

(Também com Agências/Foto – Divulgação)

Hegemonia nacional e burguesia regional

Com o título “Hegemonia nacional e burguesia regional”, eis artigo de Francisco Pereira de Farias, professor da Universidade Federal do Piauí. “Nesta eleição de 2018, venceram, no centro econômico Sul e Sudeste, os grandes capitais com dominância bancária, munidos de um programa neoliberal extremado (corte drástico de políticas sociais, privatizações das indústrias de base, abolição de controles cambiais), representados pelo candidato Jair Bolsonaro (PSL).”, diz o articulista. Confira:

A dissociação de poder entre a coalizão nacional e o bloco regional induz a uma postura ambígua ou seletiva dos interesses regionais periféricos frente às frações do centro econômico, que controlam o poder nacional. Assim, a elite das frações periféricas tende ora a apoiar as políticas nacionais, ora a estas se opor.

Nesta eleição de 2018, venceram, no centro econômico Sul e Sudeste, os grandes capitais com dominância bancária, munidos de um programa neoliberal extremado (corte drástico de políticas sociais, privatizações das indústrias de base, abolição de controles cambiais), representados pelo candidato Jair Bolsonaro (PSL). A candidatura de Fernando Haddad (PT), o principal concorrente, descolou-se em boa parte da base empresarial-industrial, que sustentara até antes do golpe palaciano de 2016 o programa neodesenvolvimentista (incentivos estatais aos investimentos, políticas sociais inclusivas, controles cambiais) e dispunha de importantes recursos políticos (doações de campanha, influência na mídia).

Por sua vez, nas regiões periféricas Norte e Nordeste, a maioria eleitoral continuou convergindo aos interesses dos grandes capitais mais ligados à esfera da produção, o agronegócio. Tal setor beneficiou-se com as políticas nacionais de desenvolvimento regional e encontrou um ambiente de menos conflitos trabalhistas, em decorrência das políticas inclusivas.

Formou-se assim um cenário de conflitos cruzados de interesses políticos. Por um lado, os governadores eleitos nessas regiões, em grande maioria da coalizão opositora, não se inclinariam ao alinhamento integral com as medidas nacionais de teor liberalizante, uma vez que tais medidas se chocam com os incentivos estatais que vêm protagonizando o desenvolvimento regional, como é o caso das infraestruturas hídricas e de transportes. Por outro lado, esses governadores também não adotariam uma postura de oposição global às diretrizes do poder nacional, dado que as regiões dependem em grau considerável das transferências de recursos da esfera central. Tem-se, por exemplo, a submissão às diretrizes do equilíbrio orçamentário, previstas na Lei de Responsabilidade Fiscal.

*Francisco Pereira de Farias

farias@ufpi.edu.br

Professor da UFPI

Taxa de câmbio do cartão de crédito no exterior será a do dia do gasto, decide BC

O presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, anunciou, nesta quarta-feira (28), que a taxa de câmbio que será utilizada para gastos em cartão de crédito no exterior passará a ser aquela do dia em que houver a despesa. Atualmente, os bancos cobram a taxa de câmbio vigente no dia do vencimento da fatura. Segundo o presidente do BC, essa nova regra, porém, ainda demorará “um tempo”, que não foi especificado, para ser regulamentada, de modo que as instituições financeiras também possam alterar seus sistemas de cartões de crédito. A informação é do Portal G1.

“Hoje, estamos anunciando uma norma que foi aprovada ontem sobre a taxa de câmbio no cartão de crédito. Normalmente, [o cliente] compra no dia e a taxa de câmbio que paga é a do dia de vencimento da fatura. Às vezes, o que ocorre que o que compra não é o que paga. Pois o câmbio se deprecia [dólar sobe]. O que estamos instituindo agora é que, a taxa terá de ser do dia que comprou”, explicou ele.

Permitida pelo BC desde o final de 2016, opção de travar cotação do dólar em compras e pagar fatura com o câmbio do dia de cada transação só é oferecida pela Caixa.

Segundo Goldfajn, um cliente pode efetuar uma compra, pela regra que está em vigor atualmente, com o dólar mais baixo, por exemplo, a R$ 3,50, e, na hora de pagar a fatura, a moeda norte-americana pode estar mais cara, o que gera um custo adicional para os consumidores. Ele explicou que, com a nova norma, haverá maior previsibilidade nessas compras no exterior, pois o cliente já saberá, no momento do pagamento, a taxa de câmbio que será cobrada em sua fatura.

“Isso está se tornando obrigatório. Se quiser pagar [a taxa] do dia da fatura, pode negociar com o banco. Isso vai levar um tempo para mudar o sistema do cartão de crédito dos bancos, mas depois vai começar a valer. Muitos já oferecem esse serviço. Consumidor já pode ir procurando cartões com a taxa de câmbio do dia”, concluiu o presidente do BC.

Projeto que tramita o Senado põe em risco o piso dos professores

O Sindifort, entidade representativa dos servidores e empregados públicos de Fortaleza, está preocupado com o Projeto de Lei 409/16, que tramita no Senado.

A matéria põe em risco o piso salarial dos professores e de outras categorias, como agentes de saúde, de acordo com a entidade.

Se aprovado, este projeto de lei condicionará a correção dos valores dos pisos salariais à taxa de crescimento das receitas dos Estados, municípios e União.

Hoje o piso dos professores é reajustado de acordo com o índice de crescimento do valor mínimo por aluno ao ano do Fundeb.

*Confira o projeto aqui.