Blog do Eliomar

Categorias para Sem categoria

Quadrilha é condenada por fraude contra agência da Caixa Econômica no Crato

O Ministério Público Federal (MPF) conseguiu a condenação de quatro acusados de desviar dinheiro da Caixa Econômica Federal e fraudar financiamentos para compra e construção de imóveis no Crato, município cearense da região do Cariri. Os integrantes da quadrilha atuaram no período de 2007 a 2009 e as penas variam de 16 a 24 anos de prisão pelos crimes de formação de quadrilha, crime contra o sistema financeiro e lavagem de dinheiro. A informação é da assessoria de imprensa do MPF do Ceará.

As fraudes ocorriam a partir de repasses do banco para a Casa Lotérica Trevo da Sorte. Segundo a sentença da Justiça Federal, o então gerente de uma agência do município, Jurandir Bezerra Filho, autorizou indevidamente e de forma repetida a liberação de recursos para a lotérica em valores acima do necessário. A proprietária do estabelecimento, Nilda Borges Rodrigues, em conluio com o gerente, utilizava parte do dinheiro para financiar empreendimentos imobiliários com outros dois réus da ação, Ana Célia Soares de Sousa Félix e Cícero dos Santos Félix, ambos do ramo da construção civil.

Esquema

O esquema foi descoberto pelo próprio banco e denunciado à Justiça pelo MPF em 2010. Durante as investigações, ficou comprovado que Jurandir Bezerra não só tinha consciência de que o dinheiro dado à Casa Lotérica estava sendo desviado para compra e venda de imóveis, como também realizava depósitos de dinheiro da Caixa em contas pessoais próprias e empréstimos em seu nome.

Para burlar a fiscalização, a ré Nilda Borges registrava os imóveis em nomes de terceiros, que atuavam como vendedores “laranjas” dos imóveis residenciais, cujas vendas eram financiadas pela própria Caixa Econômica. Jurandir Bezerra, na condição de gerente, agilizava e aprovava os pedidos de financiamentos imobiliários ligados à quadrilha.

O relacionamento de proximidade entre o gerente e a proprietária da casa lotérica chamou a atenção de funcionários da agência. Testemunhas relataram situações de tratamento diferenciado, acesso a locais restritos da agência e atendimento em horários fora do expediente. Os relatos incluem conversas e até mesmo discussões dentro da agência sobre vendas e financiamentos de imóveis.

Quinto réu

No mesmo processo, o MPF obteve a condenação de um quinto réu, Ricardo Lopes Pereira, proprietário de uma loja de materiais de construção. Juntamente com Jurandir Bezerra e Nilda Borges, ele participou da fraude de um empréstimo da linha de crédito Construcard para suprir déficit na casa lotérica. Ricardo foi enquadrado em crime contra o sistema financeiro e condenado à prestação de serviço comunitário e pagamento de multa. Todos os réus poderão recorrer da sentença em liberdade.

Bolsonaro já tem um esboço de plano de segurança

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) já tem em mãos um esboço de seu plano de segurança. É o que informa a Veja Online nesta terça-feira. Elaborado pelo Major Olímpio, presidente estadual do PSL em São Paulo, como resposta às provocações do tucano Geraldo Alckmin, são dezesseis os pontos propostos.

Há itens esperados no plano, como redução da maioridade penal e modificação do estatuto do desarmamento assegurando o direito da posse e do porte de arma de fogo, inclusive aos trabalhadores e aos residentes em áreas rurais.

Confira outros, como:

– Modernização do código e do processo penal, dando maior efetividade na repressão e punição de crimes enquadrados na Lei Maria da Penha, ECA e Lei de Drogas;

– Repressão seletiva do tráfico de drogas, com ação conjunta nas regiões de maior incidência;

– Controle das fronteiras, portos e aeroportos;

– Reformulação do Sistema de Justiça;

– Assistência jurídica gratuita aos agentes de segurança pública;

– Verba carimbada para a segurança pública;

– Criação de um sistema único de Segurança Pública;

– Edição das leis dos órgãos de segurança pública e do sistema prisional;

– Instituição de piso salarial unificado nacionalmente e seguro de vida e de acidente para os profissionais de segurança pública;

– Criação dos fundos estaduais, distrital e municipais de segurança e recuperação de áreas degradadas.

O plano será discutido entre Bolsonaro e sua equipe e deve sofrer modificações conforme as conversas avançam.

Ceará mantém liderança nacional na exportação da castanha de caju

O Ceará registrou, no primeiro quadrimestre deste 2018, um aumento de 18,2% na exportação da castanha de caju, em relação ao igual período de 2017. Passou de US$ 30,1 milhões para US$ 35,6 milhões e se constitui como líder no ranking nacional desse negócio.

Esse montante, segundo boletim divulgado pela Federação das Indústrias do Estado (Fiec),  representa 81 % do total exportado pelo Brasil.

O Estado vendeu neste ano castanha para 58 países e os principais foram Estados Unidos, Holanda, Canadá, México e Argentina. O primeiro abarca mais de 47% do total exportado, com uma cifra de US$ 16,9 milhões, 7,4% maior do que o do ano passado.

A Argentina merece destaque visto que entre 2017 e 2018, as compras do produto cearense quase dobraram, exibindo um aumento de 91,8%.

Crítico de Gilmar Mendes vem dar palestra em Fortaleza

A Escola Superior da Magistratura do Ceará vai promover nesta sexta-feira (15), às 14 horas, em seu auditório, a palestra “STF: Vanguarda Ilusionista”, com o jurista Conrado Hübner Mendes. O evento é aberto ao público.

Conrado é doutor em Direito pela Universidade de Edimburgo (Escócia) e em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (USP). É também professor de Direito Constitucional na Faculdade de Direito da USP e articulista do jornal Folha de São Paulo.

É autor do livro “Constitutional Courts and Deliberative Democracy” (2013), que recebeu o Prêmio Victor Nunes Leal, da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP). É Embaixador-Cientista da Fundação Alexander von Humboldt.Cientista da Fundação Alexander von Humboldt.

DETALHE – Recentemente, Conrado escreveu artigo na revista Época intitulado “Um juiz de princípios: Com críticas ao ministro Gilmar Mendes, do STF. “Decisões de Gilmar são previsíveis, mas essa previsibilidade não tem relação com segurança jurídica, como se pede a um bom juiz”, disse.

Trecho da estrada de Flecheiras, em Trairi, cortado por açude privado aguarda o asfalto

Walthair Arruda, leitor deste Blog, em tom de desabafo contra o Governo Camilo, manda este vídeo denunciando o descaso em que se encontra a estrada de Flecheiras, em Trairi. Foi aquele trecho da CE-163 cortado por um açude privado, em abril de 2017.

Houve recuperação para garantir o acesso na área, mas, pelo que expõe o leitor, tudo está paradinho. Nada de asfalto e só a erosão atingindo alguns trechos.

O DER precisa agir.

 

Secretaria da Saúde disponibilizará vacina contra a gripe H1N1 para jornalistas

O Sindicato dos Jornalistas do Ceará fechou parceria com a Secretaria da Saúde do Estado e disponibilizará para a categoria vacinação contra a gripe H1N1, no próximo dia 26.

O atendimento ocorrerá das 14 às 16 horas, na sede do Sindijorce

SERVIÇO

*Sindijorce – Rua Joaquim Sá, 545 – Dionísio Torres.

*Mais Informações – (85) 3247-1094.

MPCE cria plataforma que permite ao cliente incluir telefones em lista antimarketing

Sabe aquela estratégia de vendas muito utilizada pelas empresas que usa telefonemas, e-mails e mensagens de celular e que muitas vezes causa aborrecimento? A partir da Lei n° 16.497, de 19 de dezembro de 2017, conhecida como Lei Antimarketing, de autoria do deputado estadual Odilon Aguiar (PSD) e do Sistema de Bloqueio de Marketing, desenvolvido pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), quem não quiser receber esse tipo de contato poderá solicitar o bloqueio de ligações telefônicas, SMS e e-mail.

De acordo com a lei, considera-se marketing direto ativo a estratégia de vendas que consiste em estabelecer interação entre fornecedor e consumidor, independentemente da vontade dele, com o objetivo de oferecer produtos e serviços. Pela matéria, fica criada uma listagem onde o cidadão poderá requerer a sua inclusão para que não receba SMS, mensagens de texto e e-mails com propaganda. Na prática, fica vedado ao fornecedor apresentar ofertas comerciais por meio de marketing direto ativo ao consumidor cadastrado na listagem.

Essa ferramenta será apresentada na próxima terça-feira (12), pela secretária-executiva do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon-CE), promotora de Justiça Ann Celly Sampaio, às 8h30h, no Complexo das Comissões Técnicas da Assembleia Legislativa. Para a secretária-executiva, o Sistema de Bloqueio de Marketing “traz transparência na relação entre consumidor e empresa e proporciona mais liberdade de escolha, tanto para as empresas que querem fazer seu marketing quanto para o consumidor que não deseja receber esse tipo de propaganda. O remetente também passa a ter a certeza de que está enviando o seu conteúdo para quem tem interesse, tendo mais efeito, eficácia e efetividade”.

De acordo com a lei, considera-se marketing direto ativo a estratégia de vendas que consiste em estabelecer interação entre fornecedor e consumidor, independentemente da vontade dele, com o objetivo de oferecer produtos e serviços. Pela matéria, fica criada uma listagem onde o cidadão poderá requerer a sua inclusão para que não receba SMS, mensagens de texto e e-mails com propaganda. Na prática, fica vedado ao fornecedor apresentar ofertas comerciais por meio de marketing direto ativo ao consumidor cadastrado na listagem.

O fornecedor que não respeitar a vontade do consumidor ficará sujeito à multa, de acordo com o art. 57 do Código de Defesa do Consumidor, e à aplicação de medidas administrativas mais severas, como a suspensão temporária de atividade, em casos de reincidência.

O cadastro no sistema será válido por um ano. Ao final desse período, o sistema enviará alerta para o e-mail do usuário informando a necessidade de revalidação do cadastro.

Decon

O Decon-CE será o responsável para manutenção dessa lista. O projeto não inclui as entidades sem fins lucrativos e de caridade que utilizem o marketing direto como meio de receber doações. A lei veio para regulamentar a Lei 15.111 de 2012, que trata do marketing direto.

“Além de disciplinar esse tipo de propaganda, a lei prevê ainda que o envio do marketing direto não será permitido nos domingos e feriados e em qualquer dia entre as 21 horas e 8 horas, a não ser que o consumidor tenha dado autorização para receber propaganda nesses dias e horários”, explica Odilon Aguiar.

O não cumprimento do disposto na matéria acarretará em infração no valor de 100 Unidades Fiscais do Estado do Ceará (UFIRCe’s), por cada consumidor incluído na listagem e que mesmo assim receba oferta comercial. Os valores arrecadados em decorrência da multa estipulada serão revertidas em favor do Fundo de Defesa dos Direitos Difusos do Estado do Ceará (FDID). No entanto, em caso de acordo entre o fornecedor e o consumidor lesado, a penalidade administrativa fica extinta.

Produção industrial do Ceará registra queda de março para abril

A produção industrial cresceu em dez dos 15 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na passagem de março para abril deste ano. Segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física Regional, os principais avanços foram registrados na Bahia (7%) e no Rio de Janeiro (6%).

Outros estados com alta foram Minas Gerais (4,4%), Paraná (3,3%), Rio Grande do Sul (2,2%), Pernambuco (2,1%), Santa Catarina (1,9%), Espírito Santo (1,4%) e São Paulo (0,3%). A Região Nordeste, que é analisada em seu conjunto, teve avanço de 5,6%.

Os estados com queda na produção industrial de março para abril foram Pará (-8,1%), Amazonas (-4,1%), Goiás (-1,5%), Ceará (-1,3%) e Mato Grosso (-0,1%).

Na comparação com abril do ano passado, foram registradas altas em 13 locais, com destaque para os estados de São Paulo (14,8%), Santa Catarina (14,6%) e Mato Grosso (14,4%). Os locais com queda foram Espírito Santo (-2,1%) e Pará (-0,7%).

No acumulado do ano, foram registrados crescimentos em 13 locais. A maior alta foi observada no Amazonas (21,5%).

No acumulado de 12 meses, houve alta em 13 lugares, com destaque para Pará (10,2%) e Amazonas (10,1%). A queda atingiu dois locais: Espírito Santo (-1,3%) e Pernambuco (-0,2%).

(Agência Brasil)

Nada de abrir mão do verde-amarelo

257 1

Com o título “Abrir mão do verde-amarelo é um erro de estratégia”, eis artigo do jornalista Ítalo Coriolano, que pode ser conferido também no O POVO desta sexta-feira. “O verde e amarelo são mais que simples variações do espectro luminoso. Carregam histórias, paixões, orgulhos, sentimentos de pertencimento.”, diz o texto Confira:

Já faz algumas semanas que uma nova polêmica domina redes sociais e rodas de conversa: que cor devo usar durante os jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo? Dentro de um contexto de acirramento político que o País atravessa, uma parte da população mais à esquerda, para não ser confundida com o que eles classificam de “golpistas”, “coxinhas”, “patos paneleiros” e afins, decidiu que não vai se vestir de verde e amarelo – cores que predominaram nos protestos favoráveis ao impeachment da ex-presidente Dilma. Em vez disso, usarão uma versão vermelha do traje oficial, criação da designer Luísa Cardoso.

Ocorre que os militantes/torcedores podem estar cometendo grave equívoco, em termos estratégicos. Afinal, estão entregando de mão beijada para o lado “inimigo” um símbolo consolidado há décadas, parte fundamental do imaginário coletivo sobre a ideia de nação, de identidade. E aqui não se trata de defender um patriotismo cego, acéfalo, homogeneizante, mas de destacar que as cores que representam o País são a da nossa bandeira, estando acima de qualquer ideologia ou picuinha eleitoral. Quem delas se apropria acaba se fortalecendo na disputa por corações e mentes. O verde e amarelo são mais que simples variações do espectro luminoso. Carregam histórias, paixões, orgulhos, sentimentos de pertencimento.

Vale lembrar que por muito tempo, sempre que a esquerda ameaçava chegar ao poder, adversários faziam espécie de terrorismo psicológico, espalhando que as cores da bandeira seriam alteradas em caso de vitória “comunista”. Na disputa pela prefeitura de Juazeiro do Norte, no ano 2000, alas conservadoras espalharam boato de que a então candidata pelo PT, Íris Tavares, iria pintar a estátua de Padre Cícero de vermelho caso fosse eleita. Ela, que vinha crescendo, acabou derrotada. Isso é só para se ter noção do quanto essa questão imagética mexe com as pessoas. No momento em que a esquerda põe de lado as cores nacionais, ajuda a alimentar o discurso de que alguns grupos colocam partidos acima do País.

Ao mesmo tempo, não se está defendendo que é impossível ser crítico neste momento. Dá pra gritar um “Fora, Temer”, lutar por mais democracia, vestindo a “amarelinha”. Principalmente quando projetos que flertam com o fascismo se colocam como verdadeiros defensores do País.

*Ítalo Coriolano

italocoriolano@gmail.com

Editor do OPOVO Online.

PT lança jingle para a campanha de Lula: “O Brasil feliz de novo!”

1435 15

O Partido dos Trabalhadores lançou, nessa quinta-feira, o jingle para campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula para presidente em 2018. “Chama, chama que o povo quer. Chama, chama que o homem dá jeito. É o Brasil feliz de novo”, diz trecho.

Nesta sexta-feira, o jingle será o mote principal para animar a militância petista durante ato que ocorrerá em Contagem (MG), onde o partido fará o lançamento da pré-candidatura lulista.

 

 

Cinco dos criminosos mais procurados do Ceará fugiram da CPPL-1 em março de 2016

Cinco dos criminosos mais procurados do Ceará fugiram no dia 20 de março de 2016 da Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL 1), em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Entre eles, um traficante internacional de drogas e assaltante de banco. Após as fugas do mês de março, a diretoria da penitenciária foi afastada.

Atualmente, os fugitivos Anilson Ricardo Nerys, Marcos Oliveira Silva, o Naldo, Olívio Beserra Queiroz, Jeremias Ávila Frota e o paraguaio Pastor Florencio Cabral integram a lista dos mais procurados do Estado.

Após a fuga, a diretoria da CPPL 1 foi afastada pela Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus). Ainda em 2016, após dois meses, houve a greve dos agentes penitenciários, em que 14 detentos foram mortos em meio à rebeliões no sistema prisional.

Foi a partir dessas rebeliões que o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), baseado em um relatório elaborado para descobrir as causas das rebeliões, confirmou oficialmente a presença de três facções criminosas nas unidades prisionais do Ceará.

A lista dos mais procurados do estado do Ceará

1. Francisco Gilson Lopes Justino, conhecido como Meia Luz, natural de Sobral. Ele possui três mandados de prisão em aberto e fugiu da unidade penitenciária da Pacatuba. Conforme a SSPDS, Meia Luz é latrocida, homicida e assaltante de banco.

2. José Massiano Ribeiro, suspeito de participar do assassinato de três policiais militares no dia 30 de junho de 2016, na localidade de Jutama, Quixadá.

3. Jangledson de Oliveira, conhecido como Nem. Ele é suspeito de crimes de roubos, latrocínio, homicídios e formação de quadrilha. A área de atuação dele é no Eusébio, Aquiraz e adjacências. Nem é fugitivo da cadeia de Potengi, Rio Grande do Norte, desde o dia 17 de janeiro de 2016.

4. Antônio Mardônio Lopes Alves, conhecido como Cancão. Ele possui mandado de prisão em aberto e é suspeito de participação em roubos a banco no Interior do Estado com área de atuação na região dos Inhamuns.

5. Misael de Paula Moreira é o quinto procurado na ordem das fotografias. Ele é fugitivo do sistema penal cearense e está com mandado de prisão em aberto. Conforme a SSPDS, ele é homicida, assaltante de veículo, receptador e possui inquérito por porte ilegal de arma de fogo.

6. Francisco Alberto Nobre Calixto Filho, principal suspeito de matar a ex-companheira Stefhani Brito, no dia 1º de janeiro de 2018. Ele possui mandado de prisão em aberto e é natural de Jaguaretama.

7. Rubnílson da Cunha Amador. Ele possui mandado em aberto pelo Tribunal de Justiça do Amapá e é suspeito da prática de furto, roubo de cargas, receptação, formação de quadrilha, tráfico de drogas e é fugitivo da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas .

8. Olívio Beserra Queiroz, conhecido como Muringa, traficante de drogas. Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), uma pessoa de alta periculosidade. Ele é fugitivo Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) no município de Itaitinga, no mês de março de 2016.

9. O paraguaio Pastor Florêncio Cabral Gimenes, apontado pela SSPDS como traficante internacional e drogas e “pessoa de altíssima periculosidade”. Ele é fugitivo da Casa de Privação Provisória de Liberdade 1 (CPPL), no município de Itaitinga, no mês de março de 2016.

10. Enilton Cordovil Coelho, conhecido como Roleta, nascido no Amazonas, é apontado pela SSPDS como traficante e homicida. Ele possui histórico com explosivos e é fugitivo do sistema penitenciário do estado do Ceará.

11. Marcos Rogério Machado Morais, conhecido como Rogério Bocão ou cabeção. Apontado pela SSPDS como criminoso “de alta periculosidade”, foragido do IPPOO II e integrante da quadrilha envolvida no furto ao Banco Central de Fortaleza.

12. Marcos de Oliveira Silva, conhecido como Naldo ou Paulista. É apontado como responsável por comandar assaltos a banco no Interior e ainda sequestros de gerentes e tesoureiros de bancos e suas família (crime conhecido como Sapatinho). Ele é fugitivo da CPPL 1 desde março de 2016.

13. o paulista Douglas Aparecido Piovesan, considerado um assaltante de banco perigoso e é fugitivo da CPPL 1, em Itaitinga.

14. Juvenal Laurindo, conhecido como Carca, natural de Boa Viagem, envolvido no furto do Banco Central do Estado do Ceará, no ano de 2005. Ele é condenado a 58 anos de prisão por furto qualificado, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Assaltante de banco e fugitivo condenado pela Justiça Federal.

15. Jeremias Ávila Frota, apontado como traficante de drogas é fugitivo da CPPL 1, no município de Itaitinga, em março de 2016.

16. Anilson Ricardo Nerys, natural de Goiânia. Já havia sido resgatado de uma penitenciária de segurança máxima em Goiás e é fugitivo da casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL 1), em Itaitinga, no mês de março de 2016.

17. Josinelson Ferreida da Silveira, conhecido como carioca ou Nelson, natural do Rio de Janeiro e possui mandado de prisão em aberto. Ele é suspeito de envolvimento em crimes de furtos, roubos, porte ilegal de arma de fogo, formação de quadrilha e sequestro. A área de atuação dele é em Fortaleza.

Para denúncias, o contato com o serviço de tele-denúncias é por meio do número 181.

(O POVO Online – Repótter Jessika Sisnando)

Após greve, batata inglesa registra queda de 57,78 nos preços da Ceasa

A batata inglesa registrou, nesta quarta-feira, uma redução de R$5,2 em relação ao último mês (57,78%). Apenas o couve-flor teve aumento de R$0,50, comercializado hoje a R$3,50. Todas as demais hortaliças têm redução de pelo menos 8% nos preços. A informação é da assessoria de imprensa da Ceasa, que atingiu 100% de sua operação após o fim da greve dos caminhoneiros. A expectativa confirma a antecipação da previsão inicial de retorno da capacidade total de 10 dias após a suspensão dos protestos. O grande volume de frutas e hortaliças registram queda nos preços.

“É a garantia de que o consumidor das Ceasa de Maracanaú, Barbalha e Tianguá irão adquirir alimentos de qualidade com bom preço”, comemora o analista de mercado da Ceará Odálio Girão. O aumento do volume de produtos que chegam para abastecer o mercado favorecem o efeito de preços mais atraentes para o consumidor.

De acordo com Girão, os produtos cearenses com maior queda de preços são o milho verde a R$0,50 a unidade e o feijão a R$5,00. A oferta de ambos representa uma redução de 16,67% quando comparada ao mês de maio.

Entre as frutas a retomada do abastecimento atenuou o abacaxi (12,5%), acerola (10%), maracujá (26,67%), melão japonês (10%), morango (14,29%) e o sapoti (16,67%).

(Foto – Divulgação)

A sociedade dos “roedores humanos”

Com o título “Atavismo da miséria”, eis artigo de Irapuan Diniz de Aguiar, advogado e membro da Academia Fortalezense de Letras. Para ele, viver bem, com direitos respeitados, é um bom remédio contra a violência. Confira:

Nas últimas décadas há se agravado a situação de miséria em que vivem os países considerados do terceiro e quarto mundos. Num comportamento paradoxal, organismos internacionais como o BIRD e o FMI, apelam aos governos dessas nações para cuidarem, com maior interesse, das questões sociais enquanto impõem, para concessão de financiamentos, regras fiscais rígidas que inviabilizam a implementação de políticas no setor.

No plano interno, vê-se o governo exortar a sociedade para empreender uma parceria com o fim de erradicar a pobreza, materializando o propósito com a criação de programas como o “Bolsa Família” cujos resultados necessitam de uma maior transparência e acompanhamento a fim de permitir a todos uma correta avaliação de sua eficácia. No âmbito do Legislativo, vêem-se políticos historicamente desvinculados dessas preocupações, defenderem a adoção de medidas de combate à pobreza cujas iniciativas, coincidentemente, são debatidas e aprovadas em anos pré-eleitorais, não havendo como se dissociar seus autores de suas pretensões políticas.

Não estaremos, no Brasil, correndo o risco de um futuro atavismo da miséria? Seria conveniente que os mencionados organismos internacionais e o governo como um todo, refletissem sobre o seguinte fato: experiência feita com ratos criados em viveiros limpos, espaçosos e com abundante comida, provou que eles convivem em paz; porém, diminuindo-lhes os espaços e as condições de ambiente, pelo calor e pela falta de alimentos e aumentando o número de concorrentes, começa o mal estar no grupo e estes roedores passam a se agredir disputando os meios de sobrevivência, chegando a se matarem. Imagine-se, agora, sem analisar aqui os reflexos da seca do Nordeste – um transporte mental de tal quadro para milhares de favelas, cortiços e mocambos existentes nos grandes centros urbanos, com chefes de famílias numerosas desempregados, sem dinheiro, morando num quarto apertado ou debaixo de viadutos, com total falta de higiene pela inexistência ou escassez de água e agasalho, iluminação deficiente, etc – e, acima de tudo, sentindo a carência de alimentos. O que esperar daí? A propósito, alguém já teria procurado fazer um levantamento estatístico sobre o estranho fenômeno ocorrido nos últimos tempos, da relação existente entre o enriquecimento dos bancos e o fechamento ou falência de pequenas empresas, bem como da entrega ou retomada de imóveis financiados por inadimplência e o respectivo crescimento da quantidade de favelas nas capitais, com famílias em condições de vida subumanas? Em números proporcionais, sintomaticamente, parecem correr juntos. E, para se enxergar de perto as realidades e pisar no chão, faz-se necessário um pequeno esforço. De helicóptero, a miséria é apenas um quadro de pintor que não se assina, é obra apócrifa. Informações, gráficos e porta vozes não bastam. Uma realidade: a favela, hoje, não pode ser vista como o cômodo argumento de ser “esconderijo de bandidos”. O barraco, em razão do sufoco em que a sociedade está submetida, passou a ser a residência, o asilo inviolável do indivíduo, que não tem meios de morar melhor e abrigar a família condignamente. Atente-se, ademais, para as “ocupações”, problema social inquestionável, mas, também, por vezes, monitorizadas politicamente por interesses meramente “eleitoreiros”.

Parece-nos que, a continuar nesse ambiente de pressão, sem válvulas de escape, há o risco de, num futuro próximo, a sociedade defrontar-se com uma enormidade de “roedores humanos”, dentre os que escaparem da morte na primeira infância.

*Irapuan Diniz Aguiar,

Advogado e membro da Academia Fortalezense de Letras.

Procuradoria Geral do Estado sinaliza com concurso público

462 1

A Procuradoria Geral do Estado quer lançar, ainda neste mês, edital de um novo concurso público. A informação é do titular da PGE, Juvêncio Viana, adiantando que o órgão deve oferecer 10 vagas de procurador para aliviar carências. Ele não deu mais detalhes.

Para concorrer é necessário possuir bacharelado em direito, com registro na ordem dos advogados do Brasil (OAB). A remuneração inicial do cargo é de R$ 16.720,00.

40% das rodovias federais do Ceará precisam de manutenção

146 2

Quarenta por cento das rodovias federais do Ceará estão precisando de manutenção. A informação é do superintendente estadual do Dnit, Francisco Caminha.

Ele se encontra em Brasília em busca de recursos “A gente precisa de pelo menos R$ 100 milhões para esse serviço”, mas é não é nada otimista quanto à liberação da verba neste ano.

Caminha, que já foi deputado estadual, até dá a impressão de desmotivação. Não será surpresa se deixar o cargo antes do fim da festão de Temer.

Tite libera sexo para jogadores da Seleção Brasileira durante a Copa. Mas só nas folgas

Londres – Cada técnico sabe onde seu calo aperta. Joachim Löw, à frente da Alemanha, impôs a abstinência sexual aos seus jogadores, de olho no quinto título mundial. Tite, pelas bandas da CBF, resolveu fazer diferente, não ser tão duro com a seleção brasileira. As relações estão liberadas nas folgas. Até agora foram dois períodos de descanso, desde que os jogadores começaram a se apresentar na Granja Comary, sempre depois de uma semana de trabalho. Neles, o amor esteve no ar.

Ainda não há uma programação exata de quantos dias fora da concentração os jogadores terão direito durante a Copa do Mundo. A folga da última segunda-feira, por exemplo, só começou a ser desenhada no fim de semana. O que já está definido é o que eles podem fazer durante esse período. Em termos de sexo, não há restrições. O médico Rodrigo Lasmar, entre um leve sorriso envergonhado, garantiu que a questão não é vista como delicada dentro da seleção.

– Acho que isso não pode ser encarado como tabu. Sexo é natural, faz parte, são jovens jogadores, com saúde perfeita – lembrou o médico da seleção: – Nada mais natural que eles façam no seu momento de folga, que tenham a folga no ponto de vista físico, na questão mental, da pressão que existe dentro de uma preparação para a Copa do Mundo. Para nós, não será nenhum problema.

Nos períodos de concentração, a regra é clara: amor, somente o fraternal. Os jogadores são proibidos de levar parceiras ou parceiros para os quartos, não importam onde estejam. Nos hoteis onde a seleção ficará hospedada haverá espaços reservados para os encontros com familiares e amigos. Mas a intimidade nesses casos não deve passar daquela que se costuma ter em público.

Na última folga, os jogadores usaram as redes sociais para mostrar um pouco do que fizeram fora do centro de treinamento do Tottenham. Allison esteve com a filha Helena, de pouco mais de um ano, Willian recebeu Neymar e Philippe Coutinho em seu restaurante em Londres. Paulinho postou uma foto de sua mão e da mão da esposa juntas, no que parecia ser um restaurante.

– Folga é folga. Tem que descansar e cada um faz o que acha melhor para si. Todo o trabalho necessita de folga e descanso. Viemos de uma semana de treinamentos fortes. Na folga, é para aproveitar da maneira possível para voltar forte – destacou o volante.

Quando questionado a respeito se há alguma recomendação em relação à sexo, Paulinho encerrou a entrevista: “Não preciso nem dar resposta, né?”.

(Jornal Extra)