Blog do Eliomar

Categorias para Sem categoria

Acusado de participar de assalto em banco de Milhã é preso com fuzil em Fortaleza

“Um dos homens acusados de integrar a quadrilha responsável pelo assalto ao Banco do Brasil de Milhã, no último dia 2, foi preso na madrugada desta quinta-feira, 16, no bairro Monte Castelo, em Fortaleza.

Segundo o delegado Romério Almeida, titular da Delegacia de Roubos e Furtos, o acusado, Marcos Antônio da Silva, conhecido por “Marquinho Noé”, estava em uma casa do bairro, com ele, a Polícia apreendeu um fuzil. Com a ação, seis pessoas acusadas do assalto já foram presas. Ainda três se encontram foragidas, de acordo com o delegado.

Romério informou ainda ao O POVO Online que “Marquinho Noé” responde pelos crimes de homicídio, sequestro e latrocínio. A operação resultou de parceria da Coordenadoria de Inteligência (Coin), do Comando Tático Motorizado (Cotam) e Delegacia de Roubos e Furtos.

O assalto

A ação criminosa contra o Banco do Brasil de Milhã aconteceu por volta de 2h30min do último dia 2. Os assaltantes utilizaram dinamites para explodir os caixas eletrônicos. A agência ficou totalmente destruída.”

(O POVO Online)

Coordenador da bancada nordeste: Indicação de Ary Joel para o BNB foi “técnica”

248 2

“O PT não se sente alijado nesse processo. O importante é que foi escolhido um técnico que conhece o mercado”, disse para o Blog, nesta quinta-feira, o vice-líder do PT na Câmara e coordenador da bancada nordestina, José Nobre Guimarães, ao comentar a indicação do paranaense Ary Joel para presidente do Banco do Nordeste.

Ary Joel, cuja nomeação saiu nesta quita-feira no Diário Oficial da União, entra num cargo que tinha como interino Paulo Ferraro, aliado do governador Jacques Wagner (PT), da Bahia. Antes dele, era titular o cearense Jurandir Santiago, respaldado pelo governador Cid Gomes e pelo PT de Guimarães, que perdeu o cargo por ter o nome envolvido no Escândalo dos Banheiros”.

Para Guimarães (PT), a indicação foi técnica, mas Ary Joel “tem todos os pecdicados para fazer uma boa gestão e nós da bancada do Nordeste vamos atuar fortemente para dar ao BNB as condições para que volte a operar  e financiar os grandes empreendimentos na região. O Nordeste precisa do banco para gerar emprego e renda”, acentuou José Guimarães.

VAMOS NÓS – A indicação de Ary Joel mostra, na realidade, que a bancada nordestina está sem prestígio em Brasília.

Leitora conta experiência com novo trânsito na Bezerra de Menezes

180 7

Na última segunda, 13, entrou em vigor a faixa prioritária para ônibus na Bezerra de Menezes. Quero socializar um fato que ocorreu comigo no início da manhã. Cruzei a avenida inteira (sentido Mister Hull – Centro) e vi várias viaturas da AMC fazendo a fiscalização. Permaneci durante todo meu trajeto na faixa destinada aos carros.

Entretanto, faz parte do meu percurso entrar à direita na Praça Otávio Bonfim, e já próxima à rua liguei a seta e entrei na faixa. Nesse momento, um agente da AMC em uma moto buzinou histericamente e gritou de forma bem estúpida: “Vá para a outra faixa!”. Fiz sinal com a mão para que ele voltasse e me explicasse como eu faria então para entrar na rua (à direita) sem ter que “invadir” a faixa prioritária, o que é impossível. Ele saiu gritando com outros motoristas e eu entrei na rua sem minha resposta.

Não sou contra a faixa prioritária, mas penso que durante a mudança na avenida deva existir uma campanha de educação e informação. E isso realmente não ocorreu. Vi um servidor de um órgão público vistoriando e gritando com a população. Só o tempo nos mostrará os benefícios dessa mudança, mas até lá nossos agentes de trânsito necessitam de mais paciência, sensatez e bastante educação!

( Débora Cipriano, no Facebook do O POVO Online)

Vamos nós – Também não somos contra, mas acredito ter faltado planejamento. As ruas paralelas à Bezerra de Menezes não foram trabalhadas para desafogar o fluxo, como também os condutores de veículos pequenos não dão passagem para as centenas de carros que tentam ir para a faixa destinada a eles. Logo aparece um ônibus com a “sugesta” que irá colidir com o carro. Freada em cima, buzina estridente e luz alta no retrovisor.

Dilma felicita os cearenses e o amigo Cid

217 3

 

A presidente Dilma Rousseff enviou mensagem de felicitações “à população cearense e ao amigo Cid Gomes” pela inauguração oficial do Centro de Eventos. Na mensagem, a presidente cita a parceria do Governo Federal e do BNDES que ,junto com o Governo do Ceará, proporcionou “esse importante equipamento” que irá aquecer ainda mais o turismo e o desenvolvimento do Estado.

Segundo o Governo do Estado, a agenda de eventos já está fechada por todo 2013.

DETALHE – A prefeita Luizianne Lins, convidada desta vez, não compareceu ao evento.

(Foto: Paulo MOska)

Duda Mendonça: Valores recebidos do PT têm data anterior ao Mensalão

234 1

O advogado Luciano Feldens rebateu na tarde desta quarta-feira (15) as acusações do Ministério Público Federal (MPF) contra o publicitário José Eduardo Mendonça, o Duda Mendonça, no julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF). Feldens alegou que o recebimento de dinheiro devido pelo PT ocorreu entre fevereiro e abril de 2003, antes das supostas ações ilícitas do esquema.

Na Ação Penal 470, Duda Mendonça e sua sócia Zilmar Fernandes Silveira respondem por evasão de divisas e lavagem de dinheiro. “[Duda e Zilmar são réus na denúncia] Exclusivamente em razão da forma em que obtiveram os valores que lhe eram devidos […] Eles não são mensaleiros”, disse Feldens. “Eles tinham um dinheiro limpo para receber. Qual a vantagem de dissimular um dinheiro legal?”, questionou Feldens.

O publicitário foi o coordenador responsável pela publicidade da campanha que levou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à presidência em 2002. O MPF acusa Duda Mendonça de receber dívida de campanha das eleições daquele ano por meio do esquema criminoso montado pelo publicitário Marcos Valério, com saques em espécie no Brasil e movimentação no exterior para receber a outra parte da dívida.

Segundo o advogado, os sócios elaboraram mais de 150 peças publicitárias na campanha de 2002 e eram credores de R$ 11 milhões do PT. “Inadimplentes e preocupados, eles procuram [o ex-tesoureiro do partido] Delúbio. Ele personificava a própria figura do devedor. Ele que assina as prestações de serviços para a empresa de Duda e Zilmar”, disse. “Todo o dinheiro que receberam tem origem lícita”, argumentou Feldens.

“O senhor procurador-geral da República citou que um dos recebedores passou o dinheiro para a sua esposa [do recebedor]. Isso não está no manual de lavagem. Eles [Duda e Zilmar Fernandes] receberam o dinheiro e assinaram o recibo, com a carteira de identidade nas mãos e sem ocultar a identificação, sem repassar este ato para ninguém”, rebateu o advogado.

(Agência Brasil)

Ministério da Saúde debate lei com entidades antitabagistas

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, se reuniu com representantes de organizações da sociedade civil antitabagistas.  Em pauta, o combate ao tabagismo, participação do Brasil na 5ª sessão da Conferência das Partes da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (COP5) e o processo de regulamentação da Lei 12.546.

Conhecida como a Lei do Tabaco, a legislação prevê aumento da alíquota do IPI do cigarro, amplia o espaço nas embalagens dedicado ao alerta em relação aos prejuízos do fumo,  proíbe o fumo em locais públicos e limita a exposição dos maços nos locais de venda, entre outros.

No encontro, o ministro Padilha reafirmou o compromisso federal na luta antitabagista e agradeceu as propostas encaminhadas pelo terceiro setor, reforçando a importância da parceria governo-sociedade na construção de um plano de enfrentamento eficaz contra o tabaco.  “É essencial manter o diálogo aberto com as entidades e temos que agradecer sempre as contribuições. Quando aprovamos a lei, foi um momento de ousadia”, declarou.

(Agência Saúde)

Ex-segurança de Demóstenes fica calado em CPI

Convocado pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) mista que investiga as relações de Carlinhos Cachoeira com agentes públicos e privados, Hillner Braga Ananias, ex-segurança do ex-senador Demóstenes Torres, usou o direito de permanecer calado.

Ananias teve o nome citado em ligações telefônicas captadas pela Polícia Federal durante as investigações da Operação Monte Carlo, que resultou na prisão de Cachoeira.

Conforme o autor do requerimento de convocação de Hillner Ananias, senador Pedro Taques (PDT-MT), o ex-segurança assessorou Demóstenes durante quase sete anos e, por ter mantido convivência próxima com o então senador, poderia prestar esclarecimentos relevantes à comissão.

Frente à recusa do depoente, o vice-presidente da CPMI, deputado Paulo Teixeira (PT-SP), que conduzia os trabalhos, liberou Hillner Ananias e encerrou a reunião desta quarta-feira (15). A CPI volta a se reunir na próxima terça-feira (21).

(Senado Federal)

STF vive momento inusitado em pleno julgamento do mensalão com a visita de Inri Cristo

Nesta quarta-feira (15), o Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu a visita de uma figura inusitada: o líder religioso Inri Cristo. Ele tentou entrar no plenário para assistir o julgamento do mensalão, mas foi barrado na porta do prédio principal. Acompanhado de suas assistentes, conhecidas como “inriquetes”, Inri Cristo disse que queria “abençoar” os ministros do STF. “Minha intenção é pedir ao Pai que ilumine os juízes”.

Inri Cristo aproveitou a oportunidade para entregar um manifesto pedindo a higienização de Brasília. “Brasília é a nova Jerusalém, não é aquilo que os leigos dizem dela. Brasília tem duas faces. Desejo de coração que Brasília aproveite este momento excepcional para higienizar a imagem da cidade”, disse o líder religioso que se autointitula filósofo.

Questionado se os 38 réus do processo do mensalão serão absolvidos, Inri afirmou que a resposta só será dada daqui a alguns dias, após os votos dos ministros. O líder religioso também disse que os réus podem ir para o céu, inclusive o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu. “O ministro que foi o protagonista [pode ir para o céu]? Um dia todos terão de ir para o céu. Pode ser um céu na boca de um leão.”

Antes de irem embora, Inri Cristo e as “inriquetes” fizeram uma oração em frente ao STF.

(Agência Brasil)

E pode?!

286 2

A calçada recuada da Catedral foi transformada pela Prefeitura de Fortaleza em Zona Azul, com limite de permanência até duas horas. O espaço fica bem em frente ao Palácio do Bispo, onde a prefeita Luizianne Lins costuma despachar.

Leitor do Blog entende que a calçada da Catedral, por ser recuada, estaria com utilização irregular para Zona Azul. Seria o mesmo que a Prefeitura cobrar pelo estacionamento em comércios que recuam suas calçadas para a comodidade dos clientes.

Cantor Fagner é atração na campanha “Trabalho Seguro”

227 1

O cantor Raimundo Fagner telefonou para o Blog, nesta manhã de quarta-feira, para lamentar que seu nome esteja sendo divulgado em jornais sulistas como uma das atrações da Virada Cultural, que integra a programação de fim de semana da inauguração do Centro de Eventos. Ele diz não saber de onde, por exemplo, o jornal O Globo tirou esse essa informação.

E por falar em Fagner, ele é aguardado do Rio nas próximas horas. O único compromisso do artista em Fortaleza é com o pessoal do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) que, na sexta-feira, às 10 horas, estará lançando a campanha “Trabalho Seguro” no canteiro de obras do Estádio Castelão.

Fagner cantará o Hino Nacional nessa ocasião. Depois, pega voou para show em Pernambuco.

Câmara Municipal homenageia os 93 anos do Colégio Militar de Fortaleza

268 2

Coronel Penna recebe placa das mãos do vereador Plácido

Em solenidade na noite dessa terça-feira (14), a Câmara Municipal de Fortaleza prestou homenagem aos 93 anos do Colégio Militar de Fortaleza. A homenagem foi uma proposta do vereador Plácido (PDT), que contou com a presença do vereador Salmito (PSB).

“Não vejo apenas futuros médicos, advogados, generais, políticos, engenheiros, empresários, dentistas, jornalistas, juízes, professores. Vejo moças e rapazes determinados na construção de um país melhor. Determinados à Justiça e à melhoria da qualidade de vida da população, principalmente a parcela mais carente. Carente não somente de políticas públicas e de assistência social, mas também de pessoas que se possam confiar”, ressaltou o vereador Plácido ao citar a juventude como maior patrimônio da escola.

O diretor de ensino do Colégio Militar, coronel Luciano José Penna, agradeceu a homenagem do Legislativo Municipal. “A história do Colégio Militar é compartilhada com a história da cidade”, afirmou.

(com informações da CMFor)

Deputados ouvirão ministros sobre reestruturação de carreiras da educação

A Comissão de Educação e Cultura realizará audiência pública com os ministros da Educação, Aloizio Mercadante; e do Planejamento, Miriam Belchior, para esclarecimentos acerca da reestruturação da carreira docente e dos servidores técnicos administrativos das instituições federais de ensino. A audiência, aprovada na semana passada, foi solicitada pelo deputado Nilson Leão (PSDB-MT) e ainda não tem data para ser realizada.

A duas categorias vêm reivindicando reformas trabalhistas com greves e manifestações. Das 59 universidades federais, 56 têm professores parados. A adesão é de 95% das instituições, segundo dados do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes).

A greve dos servidores técnicos administrativos atinge 34 dos 38 institutos federais de ciência e tecnologia em 22 estados, além dos dois centros federais de tecnologia e o Colégio Pedro II.

Carreira única

Os profissionais querem uma carreira única com incorporação das gratificações em 13 níveis remuneratórios, variação de 5% entre níveis, a partir do piso, para regime de 20 horas correspondente ao salário mínimo do Dieese (atualmente R$ 2.329,35), e percentuais de acréscimo relativos à titulação e ao regime de trabalho.

Outra reinvindicação é que a carreira permita que os professores atinjam o topo de sua carreira mais rapidamente, e não logo antes, ou depois, de atingirem o tempo de contribuição mínima para a aposentadoria.

(Agência Câmara de Notícias)

Ensino médio piora em nove estados, aponta Ideb. Ceará é destaque no NE

316 2

Se os dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2011 indicam melhora na qualidade nos primeiros anos do ensino fundamental, os resultados não são animadores no ensino médio. Entre 2009 e 2011, o Ideb do ensino médio subiu apenas 0,1 ponto, passando de 3,6 para 3,7. A meta nacional esperada para o período foi atingida, mas em nove estados o índice piorou em relação à edição anterior.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, argumentou que “internacionalmente” o ensino médio continua sendo um “grande desafio” para qualquer sistema educacional. Ele defendeu que o currículo da etapa precisa ser reformulado porque é muito sobrecarregado. Em algumas redes de ensino, o total de disciplinas chega a 19. “É uma sobrecarga muito grande que não contribui para você ter foco nas disciplinas essenciais, como língua portuguesa, matemática e ciências”, disse.

Outro problema do ensino médio, segundo Mercadante, é a falta de professores com formação específica para algumas áreas, como matemática e ciências, além da alta concentração de matrículas no turno noturno – 30% dos jovens do ensino médio estudam à noite.

Confira as notas de alguns estados no ensino médio:

DETALHE – O Ceará mantém a melhor posição do Nordeste, como ocorreu em 2009.

Divergências sobre redução da maioridade penal marcam audiência pública

A redução da maioridade penal para idade inferior a 18 anos foi o tema de maior polêmica durante a audiência pública que debateu, nesta terça-feira (14), o projeto de lei da reforma do Código Penal. Os três juristas convidados, todos integrantes da comissão de especialistas que elaborou o anteprojeto, divergiram quanto ao enquadramento ou não da maioridade entre as cláusulas pétreas da Constituição.

As cláusulas pétreas são aquelas que não podem ser abolidas ou mudadas por emenda constitucional. Gilson Dipp, que presidiu os trabalhos da comissão de juristas, defendeu que o início da maioridade aos 18 anos não se enquadra nessa categoria, que diz respeito à organização do Estado brasileiro e não a questões de política criminal.

Para o desembargador José Muiños Piñeiro, a idade mínima para a responsabilidade criminal tem “feição de cláusula pétrea”, mas ainda assim poderá ser alterada. No seu entendimento, uma geração não pode comprometer outra com regras imutáveis em matéria penal. Além do mais, avaliou que um jovem maior de 16 anos já apresenta maturidade para saber o tipo de ação que comete.

O senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) indagou porque algumas das contribuições não foram aproveitadas, como a própria redução da maioridade.

Inicialmente, Dipp se limitou a explicar que os juristas deixaram esse tema de fora pelo entendimento de que a comissão de especialistas não possuía “competência” para tratar de temas de cunho constitucional.

(Agência Senado)

Ideb: rede particular de ensino avança menos que pública

Apesar de ter notas maiores que a rede pública de ensino, as escolas particulares obtiveram média de desempenho abaixo da meta estabelecida para 2011, como revela o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nesta terça-feira (14). Os resultados apontam que a rede privada tem avançado menos nos últimos anos, tanto nos níveis iniciais, como nos finais do ensino fundamental e no nível médio.

Para a diretora executiva do Movimento Todos pela Educação, Priscila Cruz, estar em um patamar mais elevado já é um fator que dificulta o alcance da meta. “Se bateu ou não bateu [a meta] depende muito do ponto inicial, eles [rede privada] já estavam em um ponto superior, portanto teriam mais dificuldade de bater a meta. É mais difícil ter ganhos de uma edição para a outra [quando o nível já é mais alto]”, avalia.

De acordo com dados do Ministério da Educação, as escolas privadas respondem por 14,3% das matrículas nos anos iniciais do ensino fundamental. Nos anos finais e no ensino médio, o percentual de participação é 12% em cada um dos níveis. Nas séries iniciais, a nota média registrada pela rede privada em 2011 foi 6,5, enquanto a meta estabelecida era 6,6. Quando comparada com a rede pública, no entanto, o índice é 1,8 ponto superior.

No ensino fundamental, a diferença do Ideb da rede pública e da particular é maior nos anos finais (2,1 pontos). Nessas séries, o Ideb das escolas privadas ficou em 6, enquanto o objetivo estabelecido para o ano passado era 6,2. No ensino médio, o distanciamento em relação à rede pública é superior, com 2,3 pontos de diferença. A nota registrada pelas escolas privadas nesse nível é 5,7, enquanto a meta estabelecida era 5,8.

Amábile Pácios, presidenta da Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep), acredita que avançar nas médias, mesmo sem atingir as metas é um bom resultado. “A nota cresceu [em comparação com 2009] e a gente ficou apenas poucos décimos abaixo da meta. Isso é um excelente resultado”, avalia. Desde 2005, primeiro ano da pesquisa, as particulares obtiveram crescimento gradual nas médias do ensino fundamental. No ensino médio, no entanto, este é o primeiro ano em que a nota cresceu de 5,6 para 5,7.

A presidenta da Fenep concorda que estar em patamar superior torna as metas mais difíceis de serem cumpridas. “Os objetivos que nos são colocados devem ser alcançados em termos gerais somente em 2021. As metas são mais exigentes para a escola particular”, aponta.

O Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) estabelece como meta para os anos iniciais do ensino fundamental, por exemplo, a nota 6 em 2021. As escolas particulares, por sua vez, alcançaram esse patamar em 2007.

A Fenep acredita que a aproximação entre as notas da rede pública e particular pressiona o ensino privado a melhorar a qualidade. “Os resultados mostram que tanto as particulares como as públicas estão no caminho certo. O avanço da rede pública é importante para o país, para as crianças e também para a escola particular. Nossa pretensão é continuar subindo e avançar o máximo, principalmente na qualidade”, destaca.

Amábile Pácios destaca que a rede privada não tem como meta apenas o Ideb. “Nosso alvo não é ter uma nota ou outra em determinada avaliação. Buscamos a qualidade do ensino, consequentemente as notas das avaliações, sejam elas nacionais ou internacionais, avançam”, explica. Para a presidenta, o Ideb ajuda a colocar toda a rede de ensino do país em uma mesma perspectiva de crescimento.

(Agência Brasil)

Prefeita participa de caminhada com Elmano

A prefeita Luizianne Lins participará, a partir das 17 horas desta terça-feira, de mais uma caminhada com o candidato a prefeito de Fortaleza pelo PT, Elmano de Freitas. A concentração ocorrerá no entroncamento das ruas Roberto Silva, do Comércio e rua C.

A caminhada terminará na Praça da Juventude do Dendê, uma das obras da administração municipal.