Blog do Eliomar

Categorias para Sem categoria

CPI do Cachoeira ouve procuradores e delegado de polícia nesta quinta-feira

51 1

A CPI mista que investiga as relações de agentes públicos e privados com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, ouvirá, nesta quinta-feira (10), às 10h, o delegado da Polícia Federal Matheus Mella Rodrigues e os procuradores da República Daniel de Rezende Salgado e Léa Batista de Oliveira, co-responsáveis pela operação Monte Carlo, por meio da qual foram reveladas as conexões de Cachoeira com políticos e empresários.

A reunião será secreta, sendo permitida apenas a presença dos integrantes da CPI mista e dos depoentes. Durante a discussão do plano de trabalho da CPI, parlamentares sugeriram que as reuniões com os delegados e procuradores fossem realizadas de forma secreta para preservar as investigações. A inscrição de parlamentar para participar de depoimento deverá ser efetuada na sala de reuniões, por assinatura do próprio deputado ou senador, em livro aberto, com a antecedência de duas horas para o início da reunião.

Na última terça-feira (8), o delegado da Polícia Federal, Raul Alexandre Marques de Souza prestou o primeiro depoimento à CPI e confirmou o envolvimento de parlamentares com a organização criminosa comandada por Cachoeira. Marques de Souza foi responsável pela investigação da operação Vegas, realizada antes da Operação Monte Carlo, que culminou com a prisão de Cachoeira.

Deflagrada em fevereiro, a operação Monte Carlo apreendeu 22 veículos, dinheiro, armas e jóias com integrantes da organização que explorava máquinas caça-níqueis e jogos de azar no Centro-Oeste. Vinte e oito pessoas foram presas. Conversas monitoradas pela PF revelaram uma extensa rede de influência comandada pelo bicheiro, que se associou a agentes públicos e privados.

(Agência Senado)

STF começa a definir como será o julgamento do mensalão

Com a proximidade do início do julgamento do mensalão, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) começaram a definir na tarde desta quarta-feira (9) os procedimentos que serão adotados. Pela primeira vez, o relator do processo, ministro Joaquim Barbosa, levou questões desse tipo aos colegas. A expectativa é que o processo seja apreciado ainda neste primeiro semestre.

Barbosa quis debater a formatação do julgamento com antecedência porque, segundo ele, esse será um momento único na história do Tribunal. “Será um julgamento complicado e meu intuito é o de trazer questões que nos ajudem a facilitar esse julgamento”, disse o ministro. Segundo contas de Barbosa, a apreciação do caso pela Corte levará, pelo menos, três semanas.

Uma das principais preocupações do relator é com o tempo. Ficou definido que o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, terá apenas cinco horas para fazer as acusações, em vez das 38 horas a que, em tese, teria direito. Como o processo tem 38 réus, segundo a legislação penal tanto a acusação quanto a defesa têm direito a uma hora de manifestação oral para cada réu no dia do julgamento. Mas, a maioria dos ministros e o próprio procurador-geral da República entenderam ser mais sensato reduzir esse tempo.

“[O período de cinco horas] não é suficiente para fazer uma acusação detalhada sobre as implicações de cada réu, mas é um tempo bom para que a acusação possa esboçar-se de forma satisfatória”, disse o procurador. Ele também ressaltou a conveniência da definição sobre esse ponto para que a acusação possa se preparar adequadamente e não ter surpresas no dia do julgamento.

O único voto contrário à definição do tempo de acusação foi o do ministro Marco Aurélio Mello, apesar de entender que as 38 horas seriam um exagero. “Nem Fidel Castro, quando estava no auge dos discursos, chegou a tanto”. Ele defendeu que a própria acusação deveria definir o tempo que considera adequado.

Também com o intuito de otimizar o tempo do julgamento, os ministros decidiram que a leitura do relatório será resumida ao extremo, de 122 páginas para apenas três. O relatório final produzido por Barbosa descreve tudo o que foi incluído no processo até agora e, segundo ele, a leitura no formato original poderia tomar uma tarde inteira.

Barbosa argumentou que a leitura do relatório resumido só será possível porque todos -ministros, PGR e advogados dos acusados – tiveram acesso antecipado ao documento original, o que elimina a hipótese de cerceamento de defesa.

Apesar de definir esses dois pontos, os ministros não chegaram a debater se o julgamento ocorrerá em dias seguidos ou alternados. A questão foi levantada pelo ministro Gilmar Mendes, mas o presidente da Corte, Carlos Ayres Britto, disse que esse assunto será abordado futuramente.

(Agência Brasil)

Venda de ingressos: Dirigente diz que há “esquema grande”

“As cortesias não são o único problema no Presidente Vargas. Ele respinga em todos os outros tipos de bilhetes. É generalizado. E quem garante é um dirigente do Fortaleza, que pede para não ser identificado.

“Já pedimos ao Mauro (Carmélio) para tomarmos conta nos nossos jogos. Mas ele não aceita. A FCF tem acordo com uma empresa, que é quem imprime os ingressos”, conta. “Ela disponibiliza terminais. Mas quem garante que não rodam ingressos a mais sem a gente saber? O esquema dos ingressos é grande”, denuncia ele. “Esse ingresso hoje é de papel e vive dando problema de leitura. Não presta”.

O presidente da FCF rebate as acusações. E diz que os clubes que quiseram mudar o sistema (antes havia um cadastro para cada compra). “A demanda era inviável. O cadastramento demorava uns três minutos”, diz Mauro Carmélio.

O POVO procurou o Núcleo do Desporto e Defesa do Consumidor (Nudetor) do Ministério Público, mas o responsável, José Wilson Sales Júnior, está em viagem a Brasília.

(O POVO)

PT de Fortaleza deve adiar encontro

A Executiva do PT de Fortaleza vai se reunir, a partir das 16 horas desta quarta-feira, na sede petista, para fazer um balanço da eleição de delegados do partido, realizada no último domingo, para discutir o calendário eleitoral do PT e a organização do Encontro Municipal da Sigla – marcado para 20 próximo, no qual, em tese, será definido o nome do petista que postulará a Prefeitura.

Petistas como os deputados federais Eudes Xavier e Artur Bruno, este último pré-candidato a prefeito pela legenda apostam na tese de adiamento do encontro. Eudes afirma que é preciso haver maior tempo para dialogar com aliados como o PSB do governador Cid Gomes. Artur Bruno segue essa mesma tese e diz que o PT tem até fim de junho para definir sobre sucessão. “Creio que devemos conversar bastante com os nossos aliados”, acentua Bruno.

Ministro divulga nesta 4º feira números sobre situação do diabetes no País

“O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, apresenta hoje (9) em Brasília os novos números sobre a situação do diabetes no país. Será às 10h30min, no Centro de Convenções Brasil 21, durante o Fórum Pan-Americano de Doenças Crônicas Não Transmissíveis.

Os dados fazem parte da pesquisa Vigitel – Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico – que coletou informações nas 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, as doenças crônicas não transmissíveis (câncer, diabetes e doenças do aparelho circulatório e respiratório) são as principais causas de morte no mundo, correspondendo a 63% dos óbitos em 2008. Aproximadamente, 80% das mortes ocorrem em países de baixa e média renda. Só no Brasil, essas doenças foram responsáveis por 72% das causas de morte,no mesmo ano.”

(Agência Brasil)

Ciro volta a defender candidatura própria do PSB

129 17

“Em palestra ministrada ontem no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL), o ex-deputado federal pelo PSB, Ciro Gomes, afirmou que “a candidatura própria do partido à Prefeitura de Fortaleza está posta com toda a clareza.” Segundo ele, a motivação da legenda ao lançar candidato próprio nas eleições municipais de 2012 é “dar uma resposta aos dramas da cidade”.

De acordo com Ciro Go-mes, o PSB dispõe de nomes capazes de gerir a Capital. Ele citou como possíveis candidatos o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Roberto Cláudio e o secretário especial da Copa de 2014, Ferruccio Feitosa.

No entanto, Ciro reconhece que a decisão definitiva da legenda sobre lançar candidato próprio à Prefeitura de Fortaleza este ano caberá ao presidente estadual do partido, o governador do eará, Cid Gomes. “Mas se depender de mim nós vamos enfrentar o PT”, afirmou Ciro.

Ele explica que o PSB possui projetos e propostas de gestão para a cidade que não são possíveis de ser concretizados se o PT impuser a continuidade do modelo de governo que hoje está sendo aplicado pela gestão da prefeita Luizianne Lins (PT).

Em uma avaliação da gestão petista, Ciro diz que “o partido está devendo à cidade. Está devendo gravemente.”

(O POVO)

Boletim médico sobre estado de saúde do Governador

74 6

Eis a nota divulgada na madrugadas desta quarta-feira do HGF sobre o estado de saúde do governadorCid Gomes:

O Hospital Geral de Fortaleza (HGF)  informa que o paciente Cid Ferreira Gomes teve na noite desta terça- feira (08) uma indisposição (síndrome vasovagal)  motivada por uma queda de pressão determinada por medicamentos que o paciente vem utilizando devido a uma cirurgia ocular realizada recentemente.

A equipe médica informa ainda que o paciente realizou exames  de rotina que não revelaram nenhuma anormalidade. O paciente já recebeu alta.

Dr. Augusto Guimarães – cardiologista
Dr. João José de Carvalho – neurologista
Dr. José Morano – Diretor Médico do HGF.

Cid terá 4º feira de descanso após problema de pressão

O governador Cid Gomes está com agenda de trabalho cancelada nesta quarta-feira, segundo assessores. Ele vai descansar, depois de ter tido, nessa noite de terça-feira, durante evento emQuixeramobi, uma queda de pressão.

Cid foi trazido do Interior, de helicóptero, para o Hospital Geral de Fortaleza (HGF), onde permaneceu internado até por volta de 1h10min desta madrugada.

O governador teve queda de pressão e, segundo foi apurado no HGF, houve alteração, para mais, em sua pressão ocular, onde fez cirurgia recente. Cid foi atendido por uma equipe composta por sete médicos e, durante a madrugada, foi submetido a exames de tomografia, endoscopia e de sangue. Cid Gomes cumpriu agenda movimentada em Brasília, nessa terça-feira.

Plácido Filho diz que Prefeitura omite ocorrências sobre dengue e esconde epidemia

56 16

Durante o debate dos vereadores com a secretária da Saúde, Ana Maria Fontenele, na tarde desta terça-feira (8), no plenário da Câmara Municipal de Fortaleza, o líder da oposição na Casa, vereador Plácido Filho (PDT), denunciou que a Prefeitura estaria omitindo casos de dengue na cidade, diante do não atendimento de pacientes com a doença nos postos de saúde, nos frotinhas e nos gonzaguinhas.

“A verdade é que as pessoas procuram atendimento, passam até 14 horas em uma fila de espera e acabam informadas que não há médicos. Muitas decidem se tratar em suas casas, apesar dos riscos. Esses casos não são notificados pela Prefeitura, pois há interesse em negar a epidemia”, afirmou o líder da oposição, que apontou o caos na Saúde Pública do Município.

A secretária negou que pacientes estejam voltando para suas casas sem atendimento e disse que não há caos na saúde. “É uma falácia afirmar que há caos na saúde em Fortaleza”, argumentou.

Operários da construção civil e Polícia entram em confronto na Aldeota

“Clima de tensão na manifestação dos trabalhadores da construção civil na manhã desta segunda-feira, 7, na Aldeota. Homens do Batalhão de Choque impediram a passagem dos operários no cruzamento das ruas deputado Moreira da Rocha com Silva Paulet. Operários lançaram pedras e os policiais reagiram com bombas de efeito moral.

Os homens do Batalhão de Choque tentavam evitar que os operários passassem pelas áreas próximas ao Palácio da Abolição. O conflito começou por volta de 9h10min e durou cerca de 15 minutos. Não há feridos, de acordo com informações preliminares.

De acordo o Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil da Região Metropolitana (STICCRMF), os operários começaram o trajeto em uma obra na avenida Beira Mar e agora estão caminhando para realizar o protesto em outra obra localizada na Praça Portugal, no bairro Aldeota.

Em entrevista à rádio O POVO/CBN, o diretor do STICCRMF, José Ribamar Pereira, informou que a mobilização conseguiu paralisar seis obras na avenida Beira Mar nesta manhã.”

(O POVO Online)

Brasil e França vão estudar as chuvas na Bacia Amazônica nos últimos 10 milhões de anos

Cerca de 30 pesquisadores do Laboratório Misto Internacional Franco-Brasileiro Observatório das Mudanças Climáticas (LMI-OCE) vão participar do projeto Clim-Amazon para conhecer o regime de chuvas na Bacia do Rio Amazonas nos últimos 10 milhões de anos. O estudo, que vai durar quatro anos e é financiado exclusivamente pela União Europeia (€ 2 milhões), vai observar os sedimentos encontrados no leito e no fundo de várias partes do Rio Amazonas, desde a nascente nos Andes até a foz no Oceano Atlântico.

Os sedimentos se deslocam, entre outras formas, pela força da chuva que alimenta o rio. Os dados coletados pela observação dos sedimentos poderão indicar se houve variação climática no período “Será que o regime de chuva na Bacia Amazônica permaneceu constante nos últimos 10 milhões de anos ou será que houve mudanças?”, pergunta Roberto Ventura Santos, diretor de geologia e recursos minerais do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) e professor do Laboratório de Geocronologia da Universidade de Brasília (UnB).

O pressuposto do trabalho é que a natureza não é constante e se desenvolve em ciclos. As características dos sedimentos (físicas, geoquímicas e isotópicas) revelam de onde eles vieram e quando. “A hipótese é que ocorreram variações climáticas e essas variações modificaram não só a quantidade, mas também a localização de onde vieram os sedimentos”, explica Ventura Santos.

Essas informações podem ser relevantes em projeções sobre o comportamento futuro das chuvas na região. “Para saber como as coisas vão funcionar no futuro, precisamos ver como se comportaram no passado. Entender como se deram no passado pode ser extremamente importante para saber como a Bacia Amazônica vai mudar no futuro”, avaliza Franck Poitrasson, pesquisador colaborador da UnB e coordenador do projeto pelo Instituto Francês de Pesquisa para o Desenvolvimento (IRD).

A pesquisa vai utilizar material coletado em estudos anteriores (também em cooperação Brasil-França), novas coletas de água barrenta ou amarelada no Rio Amazonas (sedimento em suspensão) e material obtido em perfurações de 300 a 400 metros de profundidade (colhido nas prospecções por petróleo), além de material de satélite que pode, por exemplo, trazer imagens sobre as áreas com erosões.

A observação dos sedimentos pode inclusive verificar o impacto do desmatamento recente no Amazonas. As raízes das árvores mortas liberam terra do solo, que é levada ao rio.

Além de cientistas franceses e brasileiros (da UnB, da Universidade Federal do Amazonas e do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia), participam do Clim-Amazon pesquisadores alemães e holandeses. A expectativa de Ventura Santos é que em breve cientistas de outros países, inclusive da região amazônica, sejam envolvidos no projeto entre doutores, pós-doutores e pesquisadores visitantes.

(Agência Brasil)

Em exame projeto que limita a 25% aumento do custo de obras públicas

A Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) realiza na próxima quinta-feira (10) uma reunião em duas partes. Na primeira, o senador Vicentinho Alves (PR-TO), presidente da Subcomissão Temporária sobre Aviação Civil, fará uma explanação relatando as atividades já realizadas pelo colegiado, que integra a CI. Na segunda, analisa pauta de dois itens, um deles o Projeto de Lei do Senado (PLS) 25, de 2012, que estabelece limite máximo de 25% para acréscimos ao valor inicial atualizado do contrato em todas as obras, serviços ou compras.

Atualmente, os contratos podem ser acrescidos de 50% sobre o valor inicial atualizado. A proposta, de autoria da senadora Ana Amélia (PP-RS), tem voto favorável do relator na CI, senador Valdir Raupp (PMDB-RO), e será votada em decisão terminativa pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

O relator cita a afirmação da autora, segundo a qual o acréscimo hoje permitido pela lei “tem sido usado de forma irresponsável”, em geral “em prejuízo da administração, do melhor interesse público e dos cofres públicos”. Para Valdir Raupp, “os contratantes já veem como certa a ampliação em 50% do valor inicial de um contrato”. O relator ressalta que “o permissivo hoje existente leva, inclusive, a certo desleixo do administrador quando do orçamento da reforma”.

O relator entende que, com a aprovação da proposta, “haverá mais zelo por parte dos gestores ao elaborarem editais e ao orçarem os serviços que serão contratados, além de garantir maior segurança na execução financeira do orçamento público”.

(Agência Senado)

Ceará e Fortaleza não saem do 0 a 0

No primeiro jogo da decisão do Campeonato Estadual de Futebol, Ceará e Fortaleza não saíram do 0 a 0, na tarde deste domingo (6), no estádio Presidente Vargas. As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (13), quando será conhecido o campeão de 2012. O time alvinegro joga por outro empate para garantir o título.

A partida foi marcada pelo nervosismo e por muitos passes errados. Ainda no primeiro tempo, o técnico do Ceará, PC Gusmão, foi expulso por reclamação. Na jogada de maior perigo da partida, Misael (atacante do Ceará) chutou e a bola bateu na trave, aos 39 minutos do segundo tempo.

Luizianne vota e diz que PT se prepara para “todos os cenários”

61 2

A prefeita de Fortaleza e presidente do PT no Ceará, Luizianne Lins (PT), reafirmou na tarde deste domingo (6)  que o PT está se preparando para lançar candidato a prefeito ainda que não seja consolidada uma possível aliança com o PSB e o governador Cid Gomes. Segundo Luizianne, havendo ou não a manutenção da aliança com o PSB, o PT terá seu candidato próprio para a eleição de outubro.

As declarações da petista foram dadas na Escola Edite Braga (Rua Capitão Vasconcelos, 1061 – Aerolândia), onde Luizianne votou na eleição que definirá os 300 delegados que participação do encontro municipal do PT, no próximo dia 20. Em entrevista, a prefeita demonstrou desejo de consolidar a aliança com Cid, mas afirmou que atualmente as negociações estão paralisadas.

“O governador ficou de me ligar e eu estou aguardando. Até hoje não houve um retorno. Estou esperando uma conversa. Estou aberta ao diálogo como sempre estive e vamos continuar apostando que essa aliança vai se manter. Esperamos que ela se mantenha, para o bem de Fortaleza”, afirmou Luizianne.

(O POVO Online/Foto – Blog)

Boca de urna indica vitória de Hollande em eleição presidencial na França

O candidato de oposição na França, o socialista François Hollande, foi eleito neste domingo (6) o novo presidente da República do país. Pesquisas de boca de urna indicam que Hollande venceu o atual presidente francês, Nicolas Sarkozy. Três institutos de pesquisas – CSA, TNS Sofres e Ipsos – estimam que Hollande tenha ganho com 52% contra 48% de Sarkozy. O atual presidente admitiu a derrota: “A responsabilidade desta derrota é toda minha”.

Na França, o resultado da boca de urna é considerado confiável, embora o nome do vitorioso só será confirmado oficialmente nos próximos dias. As autoridades francesas esperam oficializar o nome de Hollande até o dia 10. A posse do novo presidente deve ocorrer no dia 14.

Simpatizantes e aliados de Hollande estão reunidos na sua cidade natal, Tulle, e na Praça da Bastilha, em Paris, na qual há mais de 30 anos, os eleitores do também socialista François Mitterrand celebraram a vitória dele na disputa presidencial.

Em 2007, Sarkozy venceu a socialista Ségolène Royal, por 53,1% dos votos a 46,9%. Hollande é o segundo presidente socialista na história recente da França. O último foi Mitterrand, que governou de 1981 a 1995. Hollande foi colaborador do governo Mitterrand.

Nos próximos 10 e 17 de junho, há eleições legislativas na França, mas Sarkozy avisou que não vai liderar a União por um Movimento Popular (UMP) no período. “Mantenham-se unidos. Temos que vencer a batalha das legislativas. Eu não irei liderar a campanha”, disse o presidente derrotado.

De acordo com dados preliminares, a abstenção na votação na França ficou em 20,1% de um total de 46 milhões de eleitores. É uma mais baixas abstenções, perdendo apenas para as eleições de 2007, quando apenas 16% dos eleitores deixaram de ir às urnas na França. O voto não é obrigatório no país.

(Agência Brasil com agência pública de notícias de Portugal, Lusa)

Relatório traz indícios de que atuação de Demóstenes foi favorável à legalização dos jogos de azar

Apresentado no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado, o relatório do senador Humberto Costa (PT-PE) recomenda que o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) responda a processo disciplinar e aponta indícios de quebra de decoro parlamentar e de “práticas contrárias à ética”.

No relatório, que será votado pelos integrantes do Conselho de Ética na próxima terça-feira (8), Humberto Costa lista uma série de ações coordenadas, que segundo o petista, foram empreendidas por Demóstenes na defesa de Carlinhos Cachoeira e dos jogos ilegais.

O relator justifica que seu parecer não faz qualquer indagação ou crítica sobre a posição política do senador Demóstenes Torres na votação de matérias ou na condução de seu mandato. Mas, de acordo com Humberto Costa, “a afirmação de militância contrária à legalização dos jogos de azar se mostra uma inverdade, verificada no curso de sua atuação parlamentar”.

(Agência Senado)

Tensão à vista

58 2

Da coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (6), pelo jornalista Luiz Henrique Campos:

O novo ministro do Trabalho, Brizola Neto, possui blog no qual um dos seus alvos prediletos é tecer críticas à imprensa. Não sem razão, muitas vezes, é bom que se diga. Diante disso, será interessante acompanhar como se dará sua relação com os veículos de comunicação, agora que ocupa cargo da importância da pasta do Trabalho.

Nesse aspecto, o neto até lembra o avô, que também não poupava os jornalistas. Dizem, porém, que as semelhanças se encerram por aí, estão a insinuar alguns ex-brizolistas. Natural do PDT, a presidente Dilma não é ingênua para saber dessas características. Espera-se que não se arrependa.