Blog do Eliomar

Categorias para Sem categoria

CPI aprova quebra de sigilos da Delta, mas adia decisão sobre governadores

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) mista que investiga as relações de Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com agentes públicos e privados, aprovou nesta terça-feira (29) a quebra dos sigilos bancário, fiscal e telefônico da empreiteira Delta Construções, em âmbito nacional. Há duas semanas, seguindo o entendimento do relator, deputado Odair Cunha (PT-MG), a CPI havia quebrado somente os sigilos da seção Centro-Oeste da empreiteira, cujo então diretor, Cláudio Abreu, foi preso na Operação Monte Carlo, da Polícia Federal.

Também nesta terça, a CPI adiou outra decisão esperada, a convocação de governadores sobre os quais há suspeita de envolvimento com o grupo de Cachoeira ou de relação indevida com a Delta.

Depois de ouvir questão de ordem apresentada pelo deputado Gladson Cameli (PP-AC), o presidente da CPI, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), preferiu adiar a decisão sobre a convocação dos governadores do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), e do Distrito Federal, Agnelo Queiroz.

Para o deputado, convocar os governadores significaria uma interferência indevida da CPI em assuntos de âmbito estadual. Vital do Rêgo ouviu os contra-argumentos do senador Pedro Taques (PDT-MT) e preferiu pedir um parecer técnico sobre a possibilidade de a CPI convocar governadores.

(Agência Senado)

Acidente em obras da Cagece deixa operário soterrado no bairro Castelão

Um acidente na avenida Paulino Rocha deixou um operário soterrado, na tarde desta terça-feira (29). A vítima trabalhava em obras da Cagece, quando a areia cedeu e o atingiu.

Segundo o major Alfredo Carvalho de Melo, o trabalhador José Albanázio Teixeira Araújo foi encaminhado ao Instituto Doutor José Frota por um helicóptero da Polícia Militar. O estado de saúde dele é estável.

Em nota, a assessoria da empresa informou que a obra é de reforço do macrossistema de água da Capital. “A Cagece confirma que o ocorrido aconteceu em uma intervenção de sua responsabilidade”.

(O POVO Online)

Eleições 2012 – Luizianne conversa com Lula em São Paulo

239 20

Luizianne, Lula e Rui Falcãoo conversam sobre sucessão em Fortaleza.

A prefeita Luizianne Lins, que também é presidente estadual do PT, reuniu-se, na tarde desta segunda-feira, em São Paulo (SP), com o ex-presidente Lula da Silva. O encontro reuniu também o presidente nacional do PT, Rui Falcão. Durou cerca de uma hora e meia, na sede do Instituto Lula, informam assessores de Luizianne.

Foram discutidos o processo sucessório em Fortaleza e os avanços da cidade nos anos de governo do PT.

Lula manifestou interesse em visitar a cidade e conhecer as obras de perto, informou a prefeita. Luizianne Lins reafirmou para Lula a disposição de manter a aliança  com o PSB e com os demais partidos aliados.

“A reunião foi muito boa. Lula se comprometeu a ajudar no processo sucessório em Fortaleza”, disse Luizianne. Ela aproveitou a ocasião e entregou a Lula o primero exemplar do livro a ser lançado pelo PT/CE, fruto dos debates que aconteceram em 2011 e começo de 2012 abordando a gestão petista de Fortaleza.

Rui Falcão estará em Fortaleza no próximo domingo participando do encontro municipal do PT, do qual sairá o candidato à Prefeitura.

(Foto – Instituto Lula)

Em Pacajus, um pré-candidato “Galeguim dos zói verde”

318 9
Lincoln Louredo, Tasso Jereissati e Francisco Louredo.

Lideranças políticas de diversos municípios e parlamentares prestigiaram solenidade de homenagem aos 30 anos do Shopping Iguatemi, na noite desta segunda-feira. Prefeitos Roberto Pessoa (PR), de Maracanaú, e Nezinho (PSDB), de Horizonte, conferiram o evento, ao lado do pré-candidato do PSDB à Prefeitura de Pacajus, Lincoln Louredo, e do seu pai, o empresário Francisco Louredo. Lincoln, inclusive, é conhecido na cidade como o “Galeguim dos Olhos Verdes”.

Ele é um dos mais novos entre os pré-candidatos tucanos às eleições municipais. ”Temos um legado do PSDB no Ceará e, em particular, em Pacajus. Estamos colocando nosso nome à disposição e esperamos a participação do ex-governador Tasso Jereissati em nosso palanque”.

(Foto – Paulo Moska)

Presidente do PDT/CE afirma: elogio de Heitor a Tasso é postura pessoal

97 7

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Q5_-xankxqo&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=6&feature=plcp[/youtube]

O presidente regional do PDT, deputado federal André Figueiredo, disse, nesta terça-feira, que os elogios de Heitor Férrer, pré-candidato pedetista a prefeito de Fortaleza, ao ex-senador Tasso Jereissati devem ser vistos como uma posição individual.

André Figueiredo garantiu que essa posição de Heitor não deve ser interpretada como possível aproximação política do PDTcom o PSDB. Trata-se de posição isolada, embora destaque que, num segundo turno, caso Heitor passe, o PDT não recusaria apoios.

O dirigente pedetista é simpático ao Governo de Cid Gomes que, na Assembleia Legislativa, sempre é alvo de críticas e denúncias feitas pelo pré-candidato Heitor Férrer.

Tasso considera grave suposta chantagem de Lula a Gilmar Mendes

130 2

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=unG0CK1vdFY&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=4&feature=plcp[/youtube] 

Nesta terça-feira, o presidente nacional do Instituto Teotônio Vilela (ITV), ex-senador Tasso Jereissati, vai puxar debate em Brasília sobre cenário nacional com a bancada federal do PSDB. O mote da conversa deverá incluir a troca de versões entre Lula e o ministro Gilmar Mendes (STF).

A revista Veja informa que Lula teria chantageado o ministro, pois queria adiar o julgamento do Mensalão em troca de proteção a Mendes na CPI do Cachoeira. Lula divulgou nota negando o fato e se diz indignado. O ex-ministro da Justiça, Nelson Jobim, que particpou da conversa, tambem nega o fato. Gilmar Mendes confirma sua versão.

Para Tasso Jereissati, o caso é grave e precisa ser apurado.

Itaucard S/A deve pagar R$ 5 mil por inclusão indevida no SPC

139 1

O Banco Itaucard S/A deve pagar R$ 5 mil de indenização para R.P.B., que teve o nome inscrito indevidamente no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). A decisão é da juíza Marília Lima Leitão Fontoura, da Comarca de Mulungu.

Segundo os autos (nº 2401-08.2012.8.06.0131/0), R.P.B. foi surpreendido com a cobrança de débitos junto ao Banco Itaucard, mesmo nunca tendo firmado contrato com a referida instituição. Além das cobranças indevidas, teve o nome incluído em cadastro de inadimplentes.

Por conta disso, ingressou com ação na Justiça, em março deste ano, requerendo a exclusão de seu nome da lista de devedores. Pediu também o pagamento de indenização. O banco, em contestação, disse ter agido legalmente, não havendo dano moral a ser reparado.

Ao analisar o caso, a magistrada condenou o Itaucard a pagar R$ 5 mil. A juíza Marília Lima Leitão Fontoura destacou que a instituição financeira agiu com negligência, “pois, além de cobrar débito inexistente, o nome do autor ainda foi parar na lista negra dos maus pagadores”.

(TJCE)

Para Aloysio Nunes, Lula cometeu crime ao pressionar Gilmar Mendes

112 1

O senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) afirmou nesta segunda-feira (28) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva cometeu um crime ao tentar adiar o julgamento do Mensalão. O senador se referia a reportagem da revista Veja, segundo a qual o ex-presidente teria pedido ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes o adiamento do julgamento do Mensalão. Em troca, teria oferecido blindagem na CPI mista que investiga as relações de Carlinhos Cachoeira com agentes públicos e privados.

– Os fatos narrados constituem uma ação reprovável do ponto de vista ético, do ponto de vista moral, uma ação eivada da mais profunda indelicadeza, mas também uma conduta tipificada no Código Penal – disse Aloysio Nunes.

Para o senador, Lula cometeu crime de coação no curso do processo (art. 344), que significa “usar de violência ou grave ameaça, com o fim de favorecer interesse próprio ou alheio, contra autoridade, parte, ou qualquer outra pessoa que funciona ou é chamada a intervir em processo judicial, policial ou administrativo”. A ameaça, segundo Aloysio Nunes, seria a de destruir a reputação do ministro.

O senador disse julgar que o episódio narrado pela revista também insulta o Congresso, já que o instrumento utilizado para ameaçar Gilmar Mendes teria sido a CPI, composta, em sua maioria, por governistas.

– Os membros da situação que integram essa CPI foram apresentados como sendo meros fantoches, meros espantalhos, vestidos com roupas esfarrapadas para espantar passarinhos – afirmou o senador.

(Agência Senado)

Ongs ambientais reclamam de anistia a desmatadores

269 1

Para mais de 160 organizações da sociedade civil que integram o Comitê Brasil em Defesa das Florestas e do Desenvolvimento Sustentável, a medida provisória e os vetos anunciados pelo governo federal ao Código Florestal mantém anistia aos desmatadores e abre brechas para novos crimes ambientais.

Durante uma coletiva realizada nesta segunda-feira (28), em Brasília, o assessor de políticas públicas do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam), André Lima, afirmou que a anistia de multas e de recomposição de áreas desmatadas está prevista em vários pontos do texto enviado pela presidenta Dilma Rousseff. O advogado, que integra o comitê, relacionou os artigos 4º, 6º , 11º, 61º, 63º e 67º, que tratam de questões como as faixas de áreas úmidas na Amazônia, áreas de reserva legal em imóveis rurais e da recomposição de mata ciliar em margens de rios de acordo com o tamanho da propriedade rural.

Para o movimento de organizações sociais, o retorno do texto para o Congresso Nacional é preocupante já que os debates vão acontecer depois da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) e durante as campanhas eleitorais municipais. Ainda assim, os integrantes do comitê garantiram que vão aproveitar o evento “como oportunidade para construir um constrangimento nacional e internacional a favor de um código mais adequado à vontade da maioria da sociedade”.

(Agência Brasil)

Cid evita falar de eleições e decreta estado de emergência em 168 municípios

186 5

“Eu não vou tratar de eleição!”, afirmou o governador Cid Gomes (PSB) após reunião, nesta segunda-feira, no Centro de Convenções, com prefeitos e representantes do Exército, onde tratou sobre ações de combate à estiagem que se registra na maioria dos municípios do Estado. Lembrou que estava ha´cinco horas tratando só sobre o tema e que essa era sua prioridade.

Cid Gomes cortou a conversa e disse que não falaria nesse tema em respeito aos que estão passando dificuldades por conta da seca. Ele anunciou que vai pagar seis e não só cinco parcelas do Garantia Safra, que dá no total R$ 32 milhões. Isso para 240 mil famílias atingidas pela estiagem. O desembolso começa em junho próximo.

O governador observou que o inverno no Estado foi irregular e abaixo da média em vários municípios e que por isso decretou estado de emergência  em 168 municípios, o que evitará maior burocracia na liberação do apoio financeiro. Por conta disso, terá que avaliar caso a caso. Ele adiantou que continua o trabalho de implantação de cisternas e que a previsão é de mais 40 mil cisternas, além de sistemas de abastecimento de água para mais 15 mil famílias.

Anda sobre a quadra invernosa, Cid disse que 2010 foi pior que 1958, mas preferiu aguardar um estudo completo a ser liberado pela Funceme para informar se 2012 está sendo o pior ano de estiagem.

Inscrições para o Enem começam nesta segunda-feira

A partir das 10h desta segunda-feira (28), candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já poderão se inscrever para participar das provas que serão aplicadas nos dias 3 e 4 de novembro. O prazo termina em 15 de junho e as inscrições serão feitas exclusivamente pela internet. Em 2011, o exame recebeu mais de 6 milhões de inscrições.

A taxa de inscrição permanece em R$ 35. Alunos que estejam cursando o 3º ano do ensino médio em escola pública estão isentos do pagamento, que deverá ser efetuado até 20 de junho por meio do boleto que será gerado durante a inscrição.

Desde 2009, o exame ganhou importância porque passou a ser usado por instituições públicas de ensino superior como critério de seleção em substituição aos vestibulares tradicionais. O Enem também é pré-requisito para quem quer participar de programas de acesso ao ensino superior e de financiamento público, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e as bolsas de estudo no exterior do Ciência sem Fronteira.

A prova é feita durante o fim de semana. No primeiro dia do exame, sábado, os participantes terão quatro horas e meia para responder às questões de ciências humanas e da natureza. No domingo, será a vez das provas de matemática e linguagens, além da redação, com um total de cinco horas e meia de duração. A divulgação do gabarito está prevista para o dia 7 de novembro, e o resultado final deve sair em 28 de dezembro.

Para 2012, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) anunciou mudanças nos critérios de correção da redação com o objetivo de tornar o processo mais objetivo e reduzir a margem de erros.

(Agência Brasil)

Discriminação contra gênero, opção sexual e procedência regional poderão fazer parte do Código Penal

209 1

Discriminar uma pessoa por ser mulher, homossexual ou nordestina pode virar crime inafiançável. A Comissão Especial de Juristas encarregada de elaborar proposta para um novo Código Penal aprovou a alteração do artigo 1º da Lei 7.716/1989, conhecida como Lei do Racismo, para proibir a discriminação também por gênero, opção sexual e procedência regional. O texto já prevê a punição para “discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”.

A proposta leva para o anteprojeto de revisão do Código Penal a criminalização da homofobia, prevendo para este tipo de prática as mesmas penas já existentes para a discriminação de raça ou de cor. Se a proposta for aprovada pelo Congresso Nacional, passa ser prática criminosa, por exemplo, impedir um travesti de entrar em um estabelecimento comercial ou  um aluno transexual de frequentar uma escola.

Também ficam proibidas as incitações ao preconceito e as manifestações ofensivas através de meios de comunicação, como a internet. A proposta tornaria claro o que fazer em relação a casos como o da estudante Mayara Petruso, condenada este mês a um ano e meio de prisão por ter divulgado ofensas contra nordestinos em redes sociais. As penas previstas para esses crimes continuam as mesmas expressas na lei, variando de um a cinco anos de prisão.

(Agência Senado)

CPMI deve ouvir Cláudio Abreu e senador Demóstenes esta semana

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira ouvirá esta semana o ex-diretor da empresa Delta no Centro-Oeste Cláudio Abreu e o senador Demóstenes Torres (ex-DEM e atualmente sem partido-GO).

Cláudio Abreu, que está preso, vai depor na CPMI na terça-feira (29), às 10 horas. Ele é investigado por supostamente ser o principal operador do contraventor Carlinhos Cachoeira. Já o senador será ouvido na quinta-feira (31), às 10h15. Ele é acusado de uso do cargo para favorecimento das atividades de Cachoeira.

Os advogados de Abreu já conseguiram da ministra Carmem Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), o reconhecimento do seu direito de permanecer em silêncio para não se incriminar e de ser acompanhado por seu advogado.

Na última semana, tanto Cachoeira quanto três dos acusados de serem seus assessores se mantiveram em silêncio diante dos questionamentos dos parlamentares.

(Agência Câmara de Notícias)

Entrada de Lula não redime erros do PT

125 2

Da coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (27), pelo jornalista Luiz Henrique Campos:

Admitir os erros é sempre o passo mais importante para se começar a pensar em corrigi-los. Desqualificar as críticas, jogando-as na vala comum, como se apenas tivessem interesses contrariados por sua vez, é a pior das reações com vistas a encarar esses erros de frente. Elmano de Freitas, portanto, quando reconhece publicamente que a gestão municipal carece de maior profissionalização, é digno de elogios. Não só porque se abre para o debate, mas também por aceitar a crítica como parte fundamental do processo de melhoria da máquina pública.

Antes de Elmano, quem na gestão municipal teve a coragem de admitir erros? É bom lembrar que, em momentos difíceis da gestão municipal, lideranças do Partido dos Trabalhadores, quase de forma unânime, chegaram a colocar publicamente que nenhuma crítica ficaria sem resposta e a ordem era fazer a defesa a qualquer custo. O que aconteceu com relação à questão administrativa, acabou se repetindo na condução do processo de definição do candidato petista à sucessão municipal, quando ninguém se atreveu a questionar o encaminhamento dado pela prefeita Luizianne Lins.

O resultado dessa aceitação cega à condução da sucessão prefeitural no PT é que o partido, que começou oferecendo 13 nomes, reduziu a quantidade para cinco, sendo que, de fato, desde o início da discussão, a prefeita já tinha como certo quem seria o seu preferido. Ressalte-se ainda que o nome que a prefeita queria nunca foi discutido com a base aliada. Dentro do partido, no entanto, nunca se questionou essa postura, talvez por receio de contrariar a presidente da legenda.

Hoje, sabe-se que as estratégias de condução da escolha do nome petista, apesar de todas as variáveis inicialmente a favor da legenda, mostraram-se equivocadas. Basta lembrar, que, ao defender seu preferido, Luizianne não só excluiu os demais, como fechou qualquer possibilidade de negociação com os partidos que sustentam a base. Coube ainda a prefeita praticamente jogar a faca nos peitos de Cid, ao ameaçar Pimentel. O fato é que agora, mesmo com a entrada de Lula, não parece tão simples a solução do impasse. Mesmo porque, no próximo dia 3, Elmano só não será indicado o candidato se não quiser. E aí, o PT terá que ir com ele, custe o que custar.

Barganha política na mira da Comissão Especial de Juristas

438 1

A Comissão Especial de Juristas se reúne nesta segunda-feira (28) para discutir a legislação sobre drogas e também sobre crimes eleitorais. Para o relator da comissão, o procurador da República Luiz Carlos Gonçalves, a maior polêmica prevista para a próxima semana será a criação de nova prática processual: a “barganha”.

A intenção é permitir que um processo judicial já em curso possa ser encerrado em caso de acordo entre as partes acusador e acusado, com cumprimento de pena.

Atualmente, tal possibilidade só existe em alguns poucos tipos de crime e mesmo assim antes de o processo ser instaurado. Uma vez iniciado o trâmite judicial, ainda que haja acordo entre Ministério Público e acusado, não é possível interromper ou encerrar o processo.

(Agência Senado)

Brasil autoriza contratação de mulheres motoristas nas embaixadas do país

Discreto, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, teve revelado o segredo que o seu carro é guiado por uma mulher há três semanas durante uma audiência pública no Senado. O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) parabenizou Patriota por “ter escolhido” Rita Araújo como sua motorista. Orgulhoso por ser a antítese do machista, o chanceler sorriu e fez sinal de positivo com a cabeça.

Ao ser perguntado sobre o trabalho de Rita Araújo, Patriota é objetivo na resposta: “Ela é uma profissional impecável”. Determinado a eliminar qualquer tipo de preconceito na sua área, inclusive o de gênero, o chanceler autorizou a contratação de motoristas do sexo feminino nas embaixadas do Brasil no exterior.

A primeira representação brasileira a inovar foi a Embaixada do Brasil no Marrocos, comandada pelo embaixador Frederico Duque Estrada, que recebeu elogios por escrito da União Europeia pela inovação com uma ressalva: nas ruas das cidades marroquinas é possível contar quantas são as mulheres motoristas profissionais de trânsito. O país muçulmano, no entanto, é considerado um dos mais abertos do mundo árabe.

Em Brasília, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, o Itamaraty, embaixador Tovar Nunes, também é guiado por uma mulher. Tovar não poupa elogios à sua motorista Valdeni Ferreira de Souza.

“Ela é excelente. Tem uma forma segura e rápida de dirigir. Impressionante os caminhos que ela conhece e que fazem a gente chegar logo aos lugares. É hiperpontual, corretíssima e faz o ambiente ser sempre agradável”, diz Tovar. “Por outro lado, as mulheres conseguem ser mais delicadas ao dirigir e suaves no tratamento. Eu adoro.”

Contrariando o senso comum, que domina parte do universo masculino, o porta-voz rebate as desconfianças sobre a habilidade de uma mulher ao volante. “Acho que faz toda diferença uma mulher motorista. [Elas] Conseguem, por exemplo, manter a intimidade no limite, sem ultrapassar”, disse Tovar.

(Agência Brasil)

Cuidado! Novo tipo de assalto

A Polícia já registra um novo tipo de assalto nas ruas de Fortaleza. De acordo com Boletins de Ocorrências em algumas delegacias, a vítima é abordada por assaltantes quando acredita que os bandidos estão devolvendo a placa de seu veículo, que acredita ter caído ruas antes.

Na prática, o crime ocorre quando assaltantes retiram uma das placas do veículo da vítima. Sem perceber a falta da placa, a vítima trafega sem notar que está sendo seguida pelos assaltantes.

Quando a vítima trafega por uma rua com pouca movimentação, os bandidos então emparelham o carro e dizem que a placa caiu. Ao parar o veículo, o assalto é anunciado.

Em algumas ocorrências, uma mulher é quem mostra a placa para a vítima.

(Foto – Glauco Aio)

Karlo Kardozo é reconduzido ao Diretório Municipal do PSB

168 4

Eis os novos defensores do PSB Municipal

Karlo Kardozo foi reconduzido à presidência municipal do PSB, na manhã deste domingo (27), durante o Congresso Municipal do partido, que ocorreu no Ginásio Poliesportivo da Parangaba. Paulo Mindêlo é o novo vice-presidente do partido em Fortaleza, enquanto o vereador Salmito Filho reforça o quadro do diretório.

Kardozo recebeu importante reforço no Diretório Municipal, que agora conta com os deputados estaduais Ivo Gomes, Roberto Cláudio e José Sarto e o secretário especial da Copa, Ferrucio Feitosa. Serão quatro grandes defensores do partido em caso de rompimento da aliança com o PT.

O governador Cid Gomes e seu irmão, Ciro Gomes, não participaram do encontro.

O que Cid Gomes quer em 2012?

120 12

Da coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (27):

Simples: o que todo governador quer. Ou seja, um prefeito amestrado não lhe traga problemas políticos e administrativos. Para seus interlocutores de confiança, o governador diz que Luizianne Lins lhe causou alguns dissabores. Pelo menos um deles é bem conhecido. O trabalho da prefeita impediu a instalação do estaleiro na Praia do Futuro. A propósito, pode ter sido ruim para Cid, mas é provável que tenha sido bem melhor para a cidade. Quanto aos candidatos no PT da confiança de Cid, há um problema. É que o governador só confia em… digamos, seus próprios petistas. No caso, os secretários Camilo Santana e Nelson Martins.

E no âmbito do PSB, alguém deixa o Governo? Na lista de prefeituráveis do PSB só existe um filiado que ocupa cargo de secretário. No caso, Ferrucio Feitosa, que comanda a Secopa, a pequena e temporária secretaria cujo trabalho ganhou grande dimensão e muita visibilidade, credenciando-o para a disputa. Pelo comportamento da cúpula do PSB, que vem incluindo o secretário nos eventos do partido, é possível avaliar que Ferruccio vai deixar a Secretaria. Se não se tornar candidato, nada impede a sua volta para a pasta. O outro prefeiturável do PSB, o deputado Roberto Cláudio, não precisa deixar nem o mandato e nem a presidência da Assembleia para ser candidato. Muito embora o bom senso recomende uma licença.

Motoristas e trocadores devem aguardar nova reunião com Sindiônibus

Em assembleia realizada na tarde desse sábado (26), na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário (Sintro), motoristas e trocadores decidiram esperar por nova reunião, marcada para 5 de junho, com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Sindiônibus).

O Sintro reduziu pedido de aumento salarial de 25% para 15%, do reajuste no vale-alimentação de R$ 7 para R$ 12 e do aumento da cesta básica de R$ 60 para R$ 80. O Sindiônibus disse conceder aumento de 4,88% no salário. Atualmente, um motorista recebe R$ 1.274 e um cobrador, R$ 734, diz Domingos Neto, presidente do Sintro. A reunião acontecerá na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE).

(O POVO)