Blog do Eliomar

Categorias para Sem categoria

Número de policiais militares presos ou punidos já passa de 150 no Rio

180 1

Já chega a 159 o número de policiais presos ou punidos administrativamente no estado do Rio desde a decretação de greve da área de segurança pública, que também envolve bombeiros e policiais civis. O comando da PM divulgou nota na noite desta sexta-feira (10) informando que a Justiça decretou a prisão preventiva de 11 militares da corporação, por conclamar ou incitar a paralisação, dos quais nove mandados já foram cumpridos.

Outras medidas punitivas foram adotadas, incluindo a instauração de processos administrativos disciplinares contra 14 policiais, sete autuações em flagrante por crimes de desobediência e a instauração de 129 inquéritos policiais militares (IPM) contra PMs do Batalhão de Volta Redonda.

Na mesma nota, o comando da PM reiterou que considera normal a situação em todo o estado do Rio de Janeiro.

(Agência Brasil)

Milícia faz matança em Salvador, diz polícia

A greve de PMs na Bahia abriu terreno para milícias praticarem uma matança na periferia de Salvador. Os alvos são usuários de drogas, moradores de rua e desafetos dos grupos armados que detêm o controle, de fato, de áreas mais violentas. As milícias baianas são grupos paramilitares bancados por comerciantes para manter a ordem na periferia.

A inteligência da Polícia Civil já detectou que os grupos operam sob proteção de policiais em áreas como Subúrbio Ferroviário, aglomerado de bairros e favelas vizinho à baía de Todos os Santos.

“Esses grupos estão se aproveitando da greve, que reduziu o policiamento, para ‘limpar’ a área e matar quem estava incomodando”, disse à Folha o diretor do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa, Arthur Gallas.

Segundo ele, há evidências de que milicianos e traficantes de drogas tenham assassinado pelo menos 38 pessoas desde o início da greve da PM, no dia 31 de janeiro.

Até esta sexta-feira (10), foram 157 homicídios em Salvador e na região metropolitana.

(Folha)

Deflagrada operação para investigar rombo de R$ 50 mil à Caixa Econômica no Cariri

Uma operação foi deflagrada nesta sexta-feira, 10, para encontrar três pessoas suspeitas de participação em esquema criminoso responsável por gerar um prejuízo de R$ 50 mil aos cofres da Caixa Econômica Federal no município de Crato, Cariri cearense. A Polícia Federal (PF) do Ceará coordena a “Operação Falácia” e já prendeu duas mulheres, sendo uma estudante de Odontologia e uma cabelereira.

Segundo informações da PF, foram apreendidos vários documentos de identidade, comprovantes de endereços falsos, cartões de créditos, veículos, relógios importados, máquina operadora de cartão de crédito e aparelhos celulares.

A suspeita é de que a quadrilha utilizava os documentos pessoais para fraudes e, desta forma, obter empréstimos na Caixa. Computadores, comprovantes de extratos bancários, mídias e outros vestígios de crimes também estão sendo verificados, segundo a PF, nos locais onde ocorrem as buscas.

Na última quarta-feira, 8, uma mulher de 49 anos foi presa no Crato, acusada de montar o esquema criminoso contra a Caixa. A acusada foi detida em flagrante na sede da agência bancária e autuada por estelionato qualificado e formação de quadrilha.

Segundo informações da PF, a mulher apresentou documentos falsos para fazer um empréstimo na agência bancária, quando foi flagrada pelo gerente e policiais federais que investigavam o caso. Uma segunda mulher, filha da presa, também foi encaminhada à Polícia Federal, onde foi indiciada pela prática do mesmo crime.

Além do rombo ao banco, a PF suspeita de que a quadrilha também agia em concessionárias de veículos e empresas de cartão de crédito.

(O POVO Online)

Policial militar é morto com seis tiros na avenida Osório de Paiva

160 1

“Um policial militar de 42 anos foi morto a tiros na manhã desta sexta-feira, 10, na avenida Osório de Paiva, em Fortaleza. Rui Ferreira da Silva foi atingido por seis disparos à queima roupa, e morreu enquanto era encaminhado ao hospital Frotinha da Parangaba.

De acordo com o soldado do Ronda do Quarteirão Carlos Magno, o crime foi praticado por dois homens não identificados, que agiram em um veículo modelo Palio de cor cinza. Por volta das 6 horas, o policial seguia para abrir as portas de um comércio da esposa, localizado na Osório de Paiva, quando foi surpreendido pelos acusados.

A dupla armada desceu do veículo, se aproximou do PM e desferiu os seis disparos contra as costas do policial. A vítima chegou a ser socorrida por ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), mas não resistiu às lesões e morreu a caminho do hospital.

O policial Rui Silva era lotado na 7ª Companhia do 5º Batalhão Militar. Até agora, não há informações sobre os responsáveis pela execução, e nem o que pode ter motivado o crime. O caso é investigado pelo 12º Distrito Policial, no bairro Conjunto Ceará.”

(O POVO Online)

Maranhão paga R$ 1,5 mi e é tema da Beija-Flor

133 1

Com o caixa reforçado por R$ 1,5 milhão do governo maranhense, a escola de samba Beija-Flor de Nilópolis vai falar de princesas, índios, serpente encantada, holandeses, bumba meu boi e Joãosinho Trinta no enredo São Luís, o poema encantado do Maranhão. Só a política vai ficar de fora, apesar do patrocínio da governadora Roseana Sarney (PMDB). O governo reconheceu o pagamento oficial à agremiação, mas outros gastos ainda estão nebulosos, como as viagens de integrantes da escola ao Maranhão e de maranhenses ao Rio.

“Algum dia você viu a Beija-Flor falar de política? Vocês querem é chegar no Sarney”, diz o diretor de Carnaval e Harmonia da escola, Luiz Fernando do Carmo, o Laíla.

Convidada especial da escola, Roseana ainda não confirmou presença na Sapucaí. Uma ausência é garantida: a do prefeito da capital, João Castelo (PSDB), adversário da família Sarney. Castelo é persona non grata na Beija-Flor. “Ele é contra a governadora, não gostamos dele. A Beija-Flor tem ódio dele”, diz Laíla. “Não quero conhecer, não quero falar. Ele é oposição.” O prefeito diz que está voltado para a festa em sua cidade. “Não conheço este senhor (Laíla). Desconheço a razão de tamanha hostilidade.”

O domínio de mais de 40 anos da família Sarney, sob o comando do ex-governador, ex-presidente da República e atual presidente do Senado José Sarney (PMDB-AP), estará longe do desfile, mas a política está por todos os lados. Em outubro, a governadora visitou o barracão da escola, no Rio. Dois dias antes, a Secretaria de Turismo do Maranhão transferiu R$ 1,5 milhão à agremiação, como investimento para “promoção e divulgação do produto turístico maranhense”.

No dia 27 de setembro, o secretário Jurandir Ferro publicou no Diário Oficial do Estado o termo que atestava não ser necessária licitação para o repasse.

Líder da oposição na Assembleia Legislativa maranhense, o deputado Marcelo Tavares (PSB) vai pedir detalhes do convênio. “Sou contra esse pagamento, é um desperdício.”

Intercâmbio

Para badalar o Maranhão no carnaval no Rio, a Secretaria de Cultura do Estado organizou, no ano passado, um festival de samba-enredo de compositores locais. Carnavalescos da Beija-Flor participaram do júri em São Luís. No ano-novo, a bateria da escola foi uma das atrações da festa da capital.

Laíla se recusa a falar de dinheiro. “Vocês querem entrar na área que não compete a mim”, diz ele, subordinado apenas ao presidente de honra, o bicheiro Aniz Abraão David, preso há um mês pela Polícia Civil do Rio, e ao presidente, Nelsinho David, sobrinho de Anísio.

Há um mês, na Operação Dedo de Deus, o secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, mandou prender o bicheiro. Uma tropa de elite desceu de rapel de helicóptero na cobertura de Anísio, em Copacabana. Os policiais estiveram também no barracão da escola. Sarney demonstrou insatisfação com os danos à imagem da escola causados pelo que chamou de “pirotecnia” da ação policial.

Nesta quinta-feira (9), em reunião com membros do Colégio Nacional de Segurança Pública, na qual participaram Beltrame e Sarney, o secretário levou uma proposta sua de criminalização do jogo do bicho, tipificada hoje apenas como contravenção. Escaldado, Sarney não entrou no mérito.

(Estadão)

Ciro é contra anistia para PMs grevistas

150 5

“O ex-deputado federal Ciro Gomes (PSB) disse ontem ser “absolutamente contra” à anistia concedida pelo Governo do Estado aos policiais militares que realizaram greve no início do ano no Ceará.

“A greve é um crime federal”, afirmou o ex-deputado, em evento do PSB, que discutiu a sucessão municipal em Fortaleza. Apesar de afirmar que não comentaria a decisão do governador e seu irmão, Cid Gomes (PSB), de anistiar os grevistas, Ciro ponderou que o governador “fez o que a consciência dele mandou e poupou o povo cearense da tragédia de mortes”.

Para ele, a decisão de Cid foi “muito dura de um governante, por ter sido desacatado, vendo sua comunidade feita de refém por um magote de marginais fardados”.

Ele lamentou que a presidente Dilma Rousseff (PT) só agora tenha tomado medidas contra as greves de policiais militares que se espalharam pelo Brasil. “No Ceará, onde podia ter sido abortado esse movimento fascista, a presença (do Governo Federal) foi tímida. O governador disponibilizou 176 viaturas e o Exército não ocupou por corpo mole ou covardia”, criticou.

Eleições municipais

Reafirmando as críticas que já vinha fazendo à gestão da prefeita Luizianne Lins, Ciro alertou que a mensagem oficial de Cid é de que a aliança com o PT seja mantida, mas que ele é o presidente estadual e que quem vai decidir o rumo do partido nesse ano é o diretório municipal.”

(O POVO)

Lucro da Petrobras diminui 5% em 2011

O lucro líquido da Petrobras em 2011 foi R$ 33,3 bilhões, 5% menor que o apurado no ano anterior. De acordo com os resultados operacionais e financeiros divulgados hoje (9) pela empresa, a geração de caixa – que representa o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – alcançou, no entanto, um pouco mais de R$ 62,2 bilhões em 2011.

Em nota à imprensa, a Petrobras destaca que no ano passado as reservas provadas no Brasil atingiram 15,71 bilhões de barris, com um índice de reposição de 152%. A produção de petróleo e gás natural alcançou a média diária recorde de 2 milhões e 622 mil barris.

Com relação ao pré-sal, em 2011 a produção foi crescente, passando de uma média diária de 103 mil barris em janeiro para 201 mil em dezembro. A nota ressalta a comercialidade, declarada em dezembro, da área de Guará, atual Campo de Sapinhoá, com um volume total recuperável estimado em 2,1 bilhões de barris.

Ainda no balanço dos resultados de 2011, a Petrobras menciona a entrada em operação de cinco novos sistemas de produção e de 11 sondas de perfuração marítima. Outro desempenho destacado é o aumento de 9% da venda de derivados no mercado brasileiro, que atingiu 2 milhões 131 mil barris por dia em 2011.

(Agência Brasil)

Sem vitória, Osvaldo aprova estreia no São Paulo

O atacante Osvaldo estreou pelo São Paulo nesta quinta-feira (9), no empate contra o Comercial, por 1 a 1, no Morumbi. Apesar de não conseguir a vitória, ele comemorou a participação na partida.

“Estou feliz pela estreia, mas triste pelo resultado”, disse na saída do campo. “Falta algo ainda, vou procurar entrar na minha melhor condição física para ajudar o time.”

Osvaldo entrou no início do segundo tempo e ficou até o final. Duas jogadas suas chamaram a atenção. Na primeira, deu assistência para Casemiro, que finalizou para fora. Na segunda recebeu a bola de Cortês, chutou e viu a zaga afastar o perigo.

“A gente tentou, buscou, mas a equipe dele se trancou atrás [na defesa] e por isso não conseguimos um gol para vencer”, explicou.

O São Paulo lidera o Campeonato Paulista com 14 pontos –mesma pontuação de Palmeiras e Corinthians, mas leva vantagem no saldo.

(Folha)

Policiais e bombeiros do Rio decidem entrar em greve

154 1

Policiais militares, policiais civis e bombeiros decidiram, em assembleia geral, decretar greve a partir desta sexta-feira (10). Entre as principais reivindicações, estão o estabelecimento de um piso salarial de R$ 3,5 mil e a libertação do cabo bombeiro Benevenuto Dalciolo, preso na noite da última quarta-feira, após retornar de Salvador, onde acompanhava a greve dos policiais baianos.

A concentração na Cinelândia, em frente à Câmara de Vereadores, começou por volta das 17h e a decisão pela greve foi tomada às 23h21min, quando os cerca de 1,5 mil presentes, segundo organizadores, aprovaram a paralisação por aclamação. A recomendação das lideranças foi para que os policiais e bombeiros sigam para suas unidades, mas se recusem a sair.

O secretário da Defesa Civil e comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Sérgio Simões, anunciou na parte da tarde que o Exército disponibilizou 14 mil soldados para patrulhar o estado. Também são esperados 300 homens da Força Nacional de Segurança, que trabalharão nos serviços prestados pelos bombeiros.

Com a proximidade do carnaval, a preocupação é garantir segurança aos milhares de turistas que chegam ao Rio para a festa. Segundo o comandante dos bombeiros, o carnaval será realizada com a segurança feita pelas forças federais e de efetivos que não aderiram à greve.

(Agência Brasil)

Brasileiro joga muito no trabalho, diz desenvolvedor de games

“O brasileiro joga muito no trabalho”, disse durante palestra da Campus Party Alex Leal, cofundador da Give Me Five, desenvolvedora de games que criou “Dilma Adventures”, primeiro jogo político do Brasil. Criado duas semanas antes da campanha de 2010 que levou Dilma à Presidência, o título já havia sido jogado por 1,5 milhão de pessoas em duas semanas. A Folha é patrocinadora do evento.

A Give Me Five registrou os períodos em que “Dilma Adventures” era mais jogado e constatou que o número de jogadores aumentava pela manhã, no início do expediente, e antes do almoço. Para os próximos jogos, os desenvolvedores estão até pensando em ajustes para evitar problemas com o chefe. “Vamos colocar um botão para tirar a música ou um botão de pânico. Quando o chefe chegar, o cara aperta, e aparece uma tela de Excel”, brinca Leal.

A ideia do jogo surgiu com “Super Obama World”, disse Roberto Guedes, também cofundador da Give Me Five. O game americano é uma paródia de “Super Mario World”, clássico do Super Nintendo. Já o game brasileiro também se inspira no jogo “Sonic”. “Quando a gente copia de um é plágio, quando copia de muitos é pesquisa”, brinca Leal.

O jogo foi desenvolvido em dez dias. Para torná-lo mais familiar a quem não está muito acostumado com consoles, preferiram fazer algo mais simples. “Tentamos poluir o menos possível. O Serra dando ‘Hadouken’ na Dilma não ia ser legal”, diz Leal. Dois dias depois do lançamento do jogo, os desenvolvedores foram chamados pelo PT e receberam R$ 20 mil por terem feito o jogo.

Os dois desenvolvedores disseram ter enviado proposta ao PSDB, mas, como não obtiveram resposta, desistiram de um jogo tucano. “É uma questão de marketing também. A Dilma já despontava como líder nas pesquisas. Agora que ela ganhou, a gente pode dizer que a ajudamos a ganhar, né”, brinca Leal.

Com o segundo turno, lançaram “Dilma Adventures 2”. Nesse, incluíram um golpe novo: a bolinha de papel, uma brincadeira com o episódio envolvendo Serra. E, na toada dos jogos baseados no mundo real, criaram também “Jogo Justo na Ilha dos Impostos”, em que é necessário combater os leões do Fisco.

(Folha)

Termina sem acordo reunião entre grevistas e Município; Prefeitura garante que não dará anistia a manifestantes

244 4

“Terminou sem acordo a oitava rodada de negociação entre servidores municipais em greve e representantes da Prefeitura de Fortaleza. O encontro aconteceu no decorrer desta quinta-feira, 9, na Câmara de Vereadores.

Após 60 dias de manifestações dos servidores, a categoria alega que a Prefeitura apresenta a mesma proposta, e não indica avanço na tentativa de negociar os funcionários. Além de recusarem a oferta do Município, os grevistas acrescentaram mais um ponto entre as reivindicações: a categoria diz que a greve só terá fim se os manifestantes forem anistiados.

Em resposta aos grevistas, a Prefeitura garante que não há como o Município anistiar todos os envolvidos nas manifestações. “Não vamos aceitar dano ao patrimônio público”, enfatizou o secretário de Administração de Fortaleza, Vaumik Ribeiro.

Já a presidente do Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos de Fortaleza (Sindifort), Nascelia Silva, diz que se houver retaliação, como demissões de trabalhadores, as paralisações gerais vão acontecer a cada 72h.

Calendário de assembleias
Já estão previstas assembleias gerais de servidores do Intituto José Frota (IJF), Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), Usina do Asfalto e Instituto de Pesos e Medidas (Ipem). Os servidores ameaçam iniciar greve geral 72 horas após assembleias.

Greve ilegal
A greve dos agentes da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania de Fortaleza (AMC) foi considerada ilegal, nesta quarta-feira, 8. A decisão foi tomada pelo desembargador Paulo Francisco Banhos Ponte, que também determinou a volta às atividades de, pelo menos, 90% do efetivo de servidores, dentro do prazo de 24 horas, a partir da intimação.

Se a determinação for descumprida, a multa diária é estipulada no valor de R$ 10 mil. O Município considera ilegal a paralisação dos agentes da AMC, porque, segundo o magistrado, a greve, ontem, em seu oitavo dia, não teria sido comunicada com a antecedência mínima de 72 horas, por ser um serviço essencial, como determina a Lei.”

(O POVO Online)

Ministério da Saúde tira da internet vídeo com cena homossexual

O Ministério da Saúde retirou do Portal sobre Aids, Doenças Sexualmente Transmissíveis e Hepatites Virais, que o órgão mantém na internet, um vídeo com cenas de um casal homossexual trocando carícias em uma boate. O filmete fazia parte da campanha de prevenção a doenças transmissíveis por relações sexuais lançada para o carnaval deste ano.

De acordo com a assessoria de imprensa do ministério, o vídeo foi feito para ser exibido exclusivamente em locais fechados, que recebem público homossexual, e não deveria ter sido disponibilizado na internet. Segundo o ministério, a postagem do vídeo no portal foi “um equívoco”.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, disse nesta quarta-feira (8) que está na fase final de produção uma peça audiovisual para ser exibida nas TVs abertas, que mantém a estratégia do governo de priorizar, na campanha deste ano, o público homossexual.

A campanha de prevenção para o carnaval foi lançada na semana passada e tem como alvo jovens de 15 a 24 anos, sobretudo gays. O aumento da incidência da aids nesse grupo foi 10,1%, conforme dados divulgados pelo governo federal no fim do ano passado. Em 2010, para cada dez heterossexuais com aids, havia 16 homossexuais soropositivos. Em 1998, a relação era de dez para 12.

(Agência Brasil)

Contra a infidelidade, região indonésia transfere salário de homens às esposas. Se a moda pega…

O governo da Província de Gorontalo, na Indonésia, transformou em política pública um imbróglio envolvendo o salário de maridos supostamente infiéis e suas esposas e amantes. A partir de março, o salário dos funcionários públicos casados será depositado diretamente na conta de suas mulheres oficiais.

Segundo o porta-voz do governo provincial, Rudi Iriawan, a decisão foi tomada para combater a infidelidade, devido à crescente reclamação das esposas de que recebiam de seus maridos “dinheiro apenas para comprar a comida do dia”. A principal razão seria a partilha do salário entre amantes e esposas.

De acordo com o governo, a iniciativa visa diminuir os casos extraconjugais. As esposas também reclamavam da falta de transparência dos maridos nas questões financeiras.

“Ficamos preocupados com a questão. Então, achamos melhor que o salário dos servidores fosse depositado diretamente nas contas de suas esposas”, disse Iriawan.

‘Casos extraconjugais’

De acordo com o porta-voz, a decisão permitirá que “cada centavo do pagamento (do salário) possa ser usado para cobrir despesas domésticas em vez de financiar assuntos extraconjugais”.

A medida divide os servidores, mas há quem aprove a iniciativa. O funcionário público Saleh Yusuf opina que a decisão do governo é correta. “É a minha mulher que tem acesso ao meu salário, de qualquer forma. Ela fica com o meu cartão de banco”, diz.

No caso dos servidores que tenham mais de uma esposa, prática comum em países de maioria muçulmana, apenas a esposa oficial receberá o salário. Para ser válido, o casamento na Indonésia precisa ser registrado civilmente e no Departamento de Assuntos Religiosos.

(BBC Brasil)

Cai ritmo de desmatamento na Mata Atlântica, no Pantanal e nos Pampas

O ritmo de desmatamento da Mata Atlântica, do Pantanal e dos Pampas diminuiu entre os anos de 2008 e 2009. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (9) pelo Ministério do Meio Ambiente.

A Mata Atlântica apresentou índice próximo de zero de aumento no desmatamento ao perder 0,02% da cobertura.

“O resultado mostra que se está reduzindo a magnitude do desmatamento. Embora ainda esteja acontecendo, acontece num ritmo muito menor do que até 2008”, destacou a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira.

Ela acrescentou que a meta é aumentar a fiscalização para que o índice de desmatamento chegue a zero. “Estamos chegando perto daquele alvo almejado por todos de ter desmatamento zero nesse bioma [Mata Atlântica]”, comentou.

Nos Pampas, onde a maior parte do desmatamento ocorre por causa da rizicultura e do reflorestamento de eucalipto, esse índice ficou em 0,18%. E no Pantanal, em 0,12%.

No período, o Cerrado foi o bioma que mais perdeu vegetação. A área desmatada chegou a 0,37% do total. Na Caatinga, o índice de desmate foi 0,23% e na Amazônia, 0,17%.

O índice de diminuição no ritmo de desmatamento é atribuído, em parte, aos avanços da produtividade e de pesquisa. “Com isso, não há tanta necessidade de expansão de área para aumentar a produção”, explicou o secretário-executivo de Biodiversidade e Florestas do MMA, Bráulio Dias.

(Agência Brasil)

Assembleia Legislativa do Rio aprova aumento para policiais civis e militares, bombeiros e agentes penitenciários

Com 59 votos favoráveis e 1 contrário, os deputados estaduais do Rio de Janeiro aprovaram, na tarde desta quinta-feira (9), o projeto de lei que define o aumento salarial para as polícias Militar e Civil, o Corpo de Bombeiros e os agentes penitenciários.

A proposta original enviada pelo governo do estado recebeu 78 emendas e foi alterada por um substitutivo da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Pelo texto aprovado, o incremento salarial previsto para o próximo mês continua sendo 12% para todas as categorias, mas o reajuste previsto para 2013, em duas parcelas, será concedido de uma só vez, no início do ano que vem.

Além dessas mudanças, o líder do governo na Alerj, deputado André Correia (PSD), disse que, em 2014, o reajuste para todas as categorias será equivalente ao dobro da inflação acumulada. Segundo ele, com esse incremento, o salário de um soldado da PM “vai chegar a quase R$ 3 mil”. A estimativa inclui tanto o salário líquido, quanto benefícios como vale-transporte e gratificações, entre outros.

O líder espera que, com a aprovação do projeto, as categorias ligadas à segurança pública do estado desistam de fazer greve. “Esse é o maior esforço de valorização da segurança pública na história do estado. Confiamos no espírito público e na responsabilidade desses trabalhadores e confiamos que estas negociações não serão usadas como manobra política”, disse Correia.

O texto aprovado também inclui a criação de um banco de horas-extras, a extensão do auxílio-moradia, proporcional ao soldo, e concessão de vale-transporte no valor de R$ 100 para 120 mil profissionais de segurança pública. O governo conseguiu manter as gratificações para alguns agentes, justificando a necessidade de diferenciação por mérito e tipo de atividade desempenhada, mas teve que garantir que, diferentemente de hoje, essas gratificações não serão mais suspensas em casos de acidentes de trabalho ou doença.

Apesar de reconhecer como avanço a aprovação do projeto, alguns parlamentares destacaram que a proposta ainda está aquém da reivindicação histórica dessas categorias. O deputado Marcelo Freixo (PSOL) alertou que a falta de diálogo com os profissionais de segurança pública pode ainda representar uma ameaça às negociações.

“O movimento foi feito para dentro da Assembleia mas não discutiu com as categorias. O governo errou porque essa proposta é um avanço, sim, mas tinha que ser discutida com as categorias até para distensionar um clima que não é dos melhores nas ruas. Não tenho condição de saber qual o ânimo que existe hoje em relação à proposta. Espero que tenham o bom senso de abrir negociação. Essa etapa de hoje não é o fim desse processo”, disse o deputado.

As associações que representam policiais civis e militares, bombeiros e agentes penitenciários reivindicam a  revisão do piso salarial, atualmente em R$ 900, para R$ 3,5 mil, com o fim das gratificações.

A deputada Janira Fortes (PSOL), cuja voz foi identificada na gravação de um telefonema do cabo do Corpo de Bombeiros Benevenuto Daciolo, disse que a conversa veiculada na imprensa foi “uma grande montagem, fraudada, que não mostra tudo o que foi dito”. Em uma gravação feita com autorização da Justiça, uma voz de mulher pede a Benevenuto Daciolo que os amotinados baianos não negociem com o governo estadual para não enfraquecer o movimento no Rio de Janeiro,

Depois de ouvir da deputada Cidinha Campos (PDT) que a Alerj poderá abrir processos internos para investigar o envolvimento dela com o movimento de policiais e bombeiros, Janira disse não temer a investigação.“Eu honro as saias que visto. Fui eu, a voz [na gravação] era minha. Exerci meu direito legítimo de fazer articulação política. Vou esclarecer cada um dos fatos que foi colocado”, disse a parlamentar.

(Agência Brasil)

Medicação que controla pressão arterial de Chico Anysio é suspensa

A medicação que controlava a pressão arterial do humorista Chico Anysio, de 80 anos, foi suspensa. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (9) pelo Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, onde o paciente está internado desde dezembro do ano passado.

Chico Anysio continua no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do hospital e seu estado de saúde ainda é considerado grave. O processo de retirada do respirador continua e Chico Anysio respira sem o auxílio de aparelhos por algumas horas ao longo do dia.

O humorista foi internado no dia 22 de dezembro, quando foi diagnosticado com pneumonia. Ainda não há previsão de alta.

(Estadão)

Bahia envia gravações de policiais grevistas para RJ

131 1

O governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), enviou ao colega e aliado Sérgio Cabral Filho (PMDB-RJ) cópias das gravações feitas pela polícia baiana em que líderes do movimento grevista conversam e combinam atos de vandalismo. As conversas foram vazadas para o “Jornal Nacional”, da Rede Globo, desta quarta-feira (8).

As gravações constavam dos processos existentes contra 12 líderes grevistas, e citam conversas em que um bombeiro fluminense fala em inviabilizar o Carnaval local com uma paralisação. A presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ligaram para elogiar Wagner.

O deputado federal Anthony Garotinho (PP-RJ) conversou na tarde de quarta-feira com o cabo Daciollo, líder do movimento dos bombeiros no Rio. Garotinho afirma que não incentivou a greve no Estado, mas sim que “queria saber sobre o risco de greve no Rio”.

Ele afirma não ser um dos interlocutores de Daciollo nos diálogos reproduzidos pelo “Jornal Nacional”.

Deputada

A deputada estadual Janira Rocha (PSOL-RJ) –a mulher que conversava com o cabo Benevenuto Daciolo na gravação– afirmou que pretendia garantir a anistia dos líderes grevistas na Bahia.

No diálogo divulgado, ela afirma estar “errado fechar a negociação [na Bahia] agora antes da greve do Rio”.

Segundo Rocha disse à Folha, ela diz que uma greve no Rio mudaria a “correlação de forças” e obrigaria os governos a anistiarem os militares que iniciaram a paralisação.

“Disse a ele que, se o objetivo é garantir os dirigentes, o que está certo, não é a melhor coisa negociar nesse momento. A correlação de força não está favorável. Se houver greve no Rio e em outros Estados, a correlação de forças muda e fica mais fácil garantir a liberdade dos dirigentes”, disse ela, na manhã desta quinta-feira (9).

O cabo foi preso administrativamente na noite de ontem assim que desembarcou no Rio de Janeiro, vindo da Bahia, pela Corregedoria do Corpo de Bombeiros, acusado de incitar o movimento.

Após a prisão, o cabo Daciolo foi foi transferido para o presídio de Bangu 1, na zona oeste do Rio. De acordo com os bombeiros, a medida foi tomada para evitar uma possível invasão da Quartel General da corporação, para onde o cabo havia incialmente sido levado.

(Folha)

Jogador da base do Vasco passa mal e morre em treino do time

Um atleta de 14 anos das divisões de base do Vasco morreu nesta quinta-feira (9) durante o treino da equipe no CT de Itaguaí, onde a base do clube treina. O jovem da categoria juvenil sofreu uma convulsão durante o treinamento disputado sob forte calor e faleceu. Não havia nenhum médico do Vasco ou ambulância no local. Um profissional teve de ser chamado às pressas para prestar atendimento ao jovem, que não resistiu. O garoto, de Minas Gerais, estava passando por testes no clube.

A equipe tinha treino marcado para esta tarde no CT, mas ele foi cancelado por falta de comida para os garotos almoçarem.

O Centro de Treinamento de Itaguaí pertence a Pedrinho Vicençote. O Vasco cede ao empresário 10% dos jogadores como forma de pagamento pelo uso das instalações, mas agora o clube está querendo pagar aluguel para não ficar refém de Pedrinho.

A base do Vasco ainda treina em Itaguaí porque o projeto do CT de Maricá está em fase inicial e deve ficar pronto somente em três anos. O proposta do clube é ter um CT com seis campos de futebol, alojamentos, refeitórios e lavanderia, além de uma escola com capacidade para cerca de mil alunos.

(O Globo)