Blog do Eliomar

Categorias para Sem categoria

Urbanização deve começar somente em 2012

O terreno do Campo do América continua de areia batida; as traves permanecem com redes rasgadas e, quem quiser assistir aos jogos, ainda não tem um lugar decente para sentar. Conta, no máximo, com a sombra das árvores do cruzamento das ruas José Vilar e Tenente Benévolo.

No começo do semestre, uma reforma foi prometida. Chegou a ser classificada pela prefeita Luizianne Lins como um “presente de Natal”. Mas não deve ser entregue este ano. O processo de compra iniciado em julho ainda caminha a passos lentos.

A novela sobre o futuro do único equipamento da comunidade do entorno, porém, data de um ano. Fez aniversário no último dia 17. “(O processo) foi remetido à presidência do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social, a quem pertence o terreno), em Brasília. Estamos tentando viabilizar a pauta para pedir celeridade. Queremos esclarecer essa demora”, pontua o vereador Guilherme Sampaio (PT), escolhido pela administração municipal para tratar do assunto.

A versão é confirmada pelo presidente da Central Única das Favelas (Cufa), Preto Zezé. Ele intermedia a negociação entre moradores e Prefeitura desde o começo do impasse, quando o campo estava ameaçado de ir a leilão.

Guilherme Sampaio argumenta que a gestão não pode tocar qualquer obra de urbanização no local enquanto não possuir a titularidade do terreno. Contudo, já dispõe de um projeto – elaborado, segundo ele, em parceria com a comunidade.

A compra do espaço e a execução dos trabalhos sairão por cerca de R$ 2,6 milhões, sendo cerca de R$ 2 milhões utilizados na compra do campo e R$ 600 mil na revitalização. “Ano passado, a prefeita esteve com o presidente do INSS e ficou tudo acertado. Com a mudança do governo e a modificação nas equipes, talvez tenha atrasado um pouco. Pela Prefeitura, as intervenções já teriam começado”, pondera o vereador.

Sampaio projeta a divulgação de uma resposta do INSS para dentro de 15 dias. Com a venda efetivada, ele garantiu ao O POVO o início das obras de imediato. Tudo será feito em conjunto com o Estado. “O Governo se comprometeu em aportar R$ 1,3 milhão. Estamos aguardando apenas uma manifestação da Prefeitura”, diz o secretário do Esporte, Gony Arruda.

(O POVO)

Decisão sobre greve será tomada em clima de pressão

Em clima de pressão por todos os lados, os professores da rede estadual voltam a se reunir neta sexta-feira (25) em assembleia geral para decidir mais uma etapa da crise que marcou a relação com o Governo Cid Gomes (PSB) em 2011. Parte da categoria mantém a defesa de nova greve, mas teme que outros grupos tenham se intimidado pela tensão dos últimos dias – sentimento que foi captado pelo O POVO, ontem. Mesmo insatisfeitos com as propostas do Executivo, alguns já admitem que votarão contra a paralisação.

Os motivos vão do medo de represália às recentes reivindicações de pais de alunos, que têm se unido para protestar contra a interrupção das aulas. “Eu sou a favor da greve, por conta da mentira que está sendo colocada pelo Governo. Mas, ao mesmo tempo, vou votar contra, pelas circunstâncias. Sei que se eu não for trabalhar, vou sofrer punições. E também tem a questão de se colocar no lugar do aluno”, explicou o professor Cláudio Meneses, da escola César Cals, em Fortaleza.

O docente Jair Alves, da escola Eliezer de Freitas Guimarães, é outro que já não acredita na possibilidade de greve. “O Estado conseguiu o que queria: desmobilizar a categoria, de tanta pressão. O próprio sindicato se diz contra a paralisação”, opinou.

O POVO tentou contato, durante toda a tarde e início da noite desta quinta-feira (24), com diretores do Sindicato dos Professores do Ceará (Apeoc), mas os telefones encontravam-se desligados. Uma funcionária informou que a cúpula havia se reunido a portas fechadas, mas que não tinha conhecimento do teor da conversa.

Pela greve

Mesmo com toda a tensão, há um grupo que mantém a decisão de votar pela greve. “Todas as zonais que se reuniram pelo Estado deliberaram pela greve, porque, após 30 dias e depois mais 15 dias, a proposta do Governo não acena quanto à principal reivindicação que é a repercussão do piso na carreira”, disse Rosa da Fonseca, integrante do movimentos das zonais, membro do Movimento Crítica Radical.

Na tarde desta quinta-feira, ela organizou uma caminhada em defesa da greve, que saiu da praça da Bandeira em direção à praça do Ferreira. Muitos estudantes compareceram. Segundo Rosa, não havia muitos professores na manifestação, para não interromper as aulas, sem que a greve fosse deflagrada. Ela diz ter recebido denúncias de que as Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação do Estado do Ceará (Credes) têm oferecido transporte para a Assembleia Geral apenas para os professores que assinarem um termo se comprometendo a votar contra a greve. “Essa é uma tentativa de interferir diretamente na decisão. É pressão, ameaça, intransigência”, criticou.

(O POVO)

Pressão de Estados fez Dilma alterar projetos para Copa 2014

Após pressão de governadores, a presidente Dilma Rousseff ordenou ao Ministério das Cidades que mudasse a toque de caixa projetos de transportes para a Copa-2014.

Graças à interferência, as cidades de Salvador (BA) e Cuiabá (MT) puderam trocar o BRT (ônibus em corredores exclusivos) por sistemas mais caros e demorados, como metrô e VLT, o Veículo Leve sobre Trilhos.

Os governadores Jaques Wagner (PT-BA) e Sinval Barbosa (PMDB-MT) capitanearam o lobby pela mudança. Wagner recebeu o sinal verde de Dilma em 5 de agosto, durante viagem no avião presidencial a Salvador. Até então, a presidente insistia nos sistemas de transporte do plano original da Copa.

Outro lado

O Palácio do Planalto e o Ministério das Cidades negam que tenha havido qualquer pressão política para que os setores técnicos aprovassem a mudança no projeto de sistemas de transportes proposto pelos governos da Bahia e de Mato Grosso.

A assessoria do governador Jaques Wagner (BA) defendeu as mudanças, dizendo que eram tecnicamente adequadas e informou que um técnico entraria em contato para explicar as mudanças. No entanto, isso não havia ocorrido até o início da noite desta quinta-feira (24).

(Folha)

Artur Bruno é flagrado em cafezinho com Luizianne Lins

77 3

O deputado federal Artur Bruno, um dos prefeituráveis do PT à sucessão em Fortaleza, foi flagrado nesta quinta-feira (24), em Brasília, em um cafezinho com a prefeita Luizianne Lins. Bruno esteve presente ao evento ‘Noite de Fortaleza em Brasília’, que divulgou o Réveillon, o Pré-Carnaval e o Carnaval promovidos pela Prefeitura de Fortaleza.

Ninguém conseguiu ouvir o que os dois conversavam, mas a conversa estava animada. Foi um cafezinho doce para Bruno, mas amargo para outros prefeituráveis.

Servidor deve receber salário fixado em lei mesmo que concurso tenha previsto valor maior

Não existe direito adquirido do servidor às previsões contidas no edital do concurso público, se essas estiverem em desacordo com o previsto na legislação. A decisão é da Primeira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ao apreciar recurso em que servidores aprovados para atender o Programa de Saúde da Família (PSF), no município de Duque de Caxias (RJ), pediam o reconhecimento do direito de receber salários conforme previsto no edital do concurso.

Os servidores ingressaram com recurso em mandado de segurança contra decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), que negou a aplicação de vencimento maior, divulgado no edital, por entender que somente lei específica pode alterar a remuneração dos servidores públicos.

O TJRJ considerou que houve erro da comissão organizadora do concurso na formulação do edital, pois a remuneração prevista deve estar em conformidade com as leis.

O edital previa pagamento do vencimento-base no valor de R$ 4.816,62 para aqueles que realizaram concurso público para os cargos de médico, enfermeiro e dentista do Programa de Saúde da Família. Os aprovados, no entanto, passaram a receber R$ 719,20, valores pagos aos demais servidores dessas profissões para jornada de 20 horas semanais.

Os aprovados alegaram que o edital estabelecia o pagamento de gratificação para aqueles que cumprem 40 horas semanais no programa, diferentemente dos profissionais que se submeteram ao concurso específico para cumprir 20 horas.

Segundo o ministro Benedito Gonçalves, relator do processo, embora o edital de concurso para provimento de cargos públicos vincule a administração ao cumprimento de seus exatos termos, tais regras não podem se desvincular das normas legais. A administração também não pode alterar a remuneração dos servidores, infringindo normas e princípios constitucionais.

(STJ)

MP pede afastamento de Kassab por fraude na inspeção veicular em SP

O Ministério Público Estadual (MPE) pediu no início da tarde desta quinta-feira (24) o afastamento de Gilberto Kassab (PSD) do cargo de prefeito de São Paulo. Kassab, o secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Eduardo Jorge, seis empresas – entre elas a CCR e a Controlar – e 13 empresários são acusados de participar do que seria uma fraude bilionária: o contrato da inspeção veicular em São Paulo.

A ação da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social pede o bloqueio dos bens dos envolvidos, a perda dos direitos políticos e a condenação por improbidade administrativa dos acusados.

O valor da causa dado pelos promotores Roberto de Almeida Costa e Marcelo Daneluzzi é de R$ 1,05 bilhão. A ação pede a suspensão imediata da inspeção veicular, a devolução dos valores de multas cobradas dos moradores de São Paulo, além de indenização por danos morais aos donos de veículos.

O problema, segundo o MPE não é a ideia da inspeção, mas a forma como ela foi executada na cidade. Desde a constituição da empresa Controlar até as sucessivas prorrogações do contrato teriam sido feitas por meio de fraudes, como a apresentação de garantias falsas, documentos e informações falsas e, além de possíveis fraudes tributárias e fiscais. A ação foi apresentada no Fórum Helly Lopes Meireles, sede das Varas da Fazenda Pública de São Paulo.

Outro lado

A Controlar diz que ainda não foi notificada sobre a ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público. Segundo a empresa, a concessionária prestou todos os esclarecimentos solicitados pela Promotoria e teria assim comprovado a ‘lisura na implementação e no cumprimento do contrato de concessão.’

Entre os benefícios do contrato declarados pela Controlar, estão uma economia de R$ 78 milhões para o sistema de saúde municipal por causa da redução da poluição veicular.

(Estadão)

Jornalista russa é demitida de TV após fazer gesto obsceno contra Obama

O canal de televisão russo REN-TV anunciou nesta quinta-feira (24) a demissão de uma jornalista que em pleno noticiário, ao vivo, ao pronunciar o nome do presidente Barack Obama, fez um gesto obsceno com o dedo médio em riste.

Tatiana Limanova fez o gesto em 14 de novembro ao ler um texto sobre a participação de Obama no Fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec) no Havaí.

A cena foi suprimida pelo site da REN-TV, mas ainda pode ser vista em vários sites de vídeos.

O canal explicou em um comunicado que Limanova dirigiu, na realidade, o gesto para a equipe de cinegrafistas, achando que sua imagem não estava no ar.

“A REN-TV considera isso como uma grosseira violação das regras de disciplina e uma falta profissional”, indica o comunicado, explicando a demissão da jornalista.

(France Presse)

Chevron culpa geologia pelo vazamento de óleo no Rio

O presidente da Chevron para África e América do Sul, Ali Moshiri, afirmou nesta quinta-feira (24) que a unidade da petroleira no Brasil tem um dos melhores índices de segurança, mas que é difícil lidar com a geologia da região onde aconteceu o vazamento.

“Lidamos com a mãe natureza, e a mãe natureza é complicada”, disse Ali Moshiri, durante coletiva à imprensa depois de reunião com o ministro Edison Lobão (Minas e Energia).

Segundo Moshiri, houve um bom controle do problema, pela complexidade da geologia, e agora há menos de um décimo de barril depositado no mar. De acordo com ele, o vazamento está sob controle.

O executivo afirmou ainda que a vedação completa do poço onde houve o acidente, no campo de Frade, será concluída em meados de dezembro. Ele quis reforçar que a prioridade da empresa é a segurança.

Moshiri afirmou que vai analisar as multas aplicadas pelo governo brasileiro, mas que vai seguir as regulamentações brasileiras. “Sempre respeitamos as decisões de qualquer governo”, disse.

“Somos pacientes e vamos parar de perfurar, a prioridade é segurança”, afirmou.

(Folha)

Moradores de Horizonte interditam BR-116 em protesto por falta de fotossensores

33 1

“Centenas de moradores do município de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza, interditaram trecho da BR-116 em protesto pela instalação de fotossensores no quilômetro 41 da rodovia.

Segundo a agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Rose Mary, a manifestação é motivada pelos constantes acidentes registrados no trecho, devido ao excesso de velocidade de alguns condutores.

A interdição, segundo os manifestantes, deve durar pelo menos 20 minutos, contados a partir das 17 horas, em ambos os sentidos da rodovia.”

(O POVO Online)

Dólar fecha com alta de 1,72%, cotado a R$ 1,89

O dólar terminou a jornada desta quinta-feira (24) em valorização considerável, um dia depois de subir quase 3%.

A moeda chegou a perder levemente o seu valor ante o real pouco após a abertura do mercado, mas inverteu tendência após líderes europeus terem reiterado que o Banco Central Europeu não mudará o seu papel perante as dificuldades da região.

Dados preliminares mostram que o dólar comercial fechou com valorização de 1,72%, cotado a R$ 1,890 na compra e R$ 1,892 na venda.

Na BM&F, os contratos futuros com vencimento em dezembro operavam em alta de 1,25%, a R$ 1,894, por volta das 17h10min.

Em dia de mercados fechados nos Estados Unidos por causa do Dia de Ação de Graças, o euro terminou praticamente estável, a US$ 1,334, enquanto o Dollar Index, que mede o desempenho da moeda ante seis outras, subia 0,07%, para 79,06 pontos.

Nesta quarta-feira (23), o dólar subiu quase 3% e superou R$ 1,85, fechando no maior nível desde 4 de outubro em meio ao agravamento da aversão a risco no mercado internacional.

(Folha)

Brasil precisa conhecer melhor mercado chinês para ampliar parceria com país asiático, dizem especialistas

A China pode oferecer várias oportunidades de negócios para o Brasil, de acordo com especialistas que participaram nesta quinta-feira (24) do painel Brasil-China na 2ª Conferência do Desenvolvimento, organizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Para o economista do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Fernando Pimentel Puga, os dois países são complementares em vários setores como o de siderurgia e de alimentos. “O grande motor do crescimento na China é o investimento em infraestrutura. Neste momento, o Brasil é um parceiro de importância crucial, pois somos fornecedores de minério de ferro. Somos fornecedores importantes para a construção e para todo o setor de infraestrutura”, disse.

“A questão alimentar é essencial [já que a China tem poucas terras para a agricultura]. Esse é sempre um fator de bem-estar da população. A dona de casa está interessada no preço dos alimentos. O Brasil é uma grande fronteira agrícola”, acrescentou.

Para o consultor de negócios da Petrobras, Alexandre Palhano Corrêa, outro setor importante na parceria estratégica entre os dois países é o de energia, como é o caso do petróleo, cuja produção está estagnada na China. “A China aumenta a importação [de petróleo] em média para 400 mil barris por ano e sua produção doméstica está estagnada.  Para o Brasil, a tendência é que aumentem as importações e é natural que boa parte delas sejam voltadas para a China”, analisou.

Corrêa disse ainda que o Brasil precisa ter mais conhecimento sobre o mercado chinês e suas peculiaridades, pois a China tem uma estratégia para o Brasil, mas o Brasil não tem uma para a China. “Houve um crescimento exponencial da relação sino-brasileira e o Brasil precisa crescer muito ainda do ponto de vista institucional para lidar com esse desafio. Também é preciso ter brasileiros estudando China, pois a quantidade de estudiosos sobre a China no Brasil ainda é incipiente”, disse.

A 2ª Conferência do Desenvolvimento segue até sexta-feira (25).

(Agência Brasil)

Oposição teme manobra do Executivo para favorecer empreendimento

32 7

Plácido: Oposição deve ficar atenta

Após a liderança da prefeita na Câmara Municipal retirar na quarta-feira (23) a emenda 008 ao Plano Diretor, que previa a competência única da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Controle Urbano (Semam) o enquadramento de imóveis sem utilização para moradia popular situados em Zonas Especiais de Interesse Social (Zeis), um novo projeto saiu de pauta nesta quinta-feira (24), novamente por reclamação da oposição e de alguns vereadores da própria base de apoio à prefeita Luizianne Lins.

Foi a mensagem 0423/2011, de autoria do Executivo, que pede regime de urgência para a Operação Urbana Consorciada Lagoa do Papicu, que prevê a instalação de um shopping na antiga fábrica Brahma, em uma área de 203,8 mil metros quadrados.

Segundo os vereadores, a mensagem não deveria estar em pauta, pois havia um acordo entre os parlamentares e a Mesa Diretora que somente as emendas voltadas ao Plano Diretor estariam em votação. Na condição de presidente da Mesa, o vereador Adail Júnior (PV) reconheceu o erro e retirou a mensagem, que voltará na próxima terça-feira (29).

Para o vereador Plácido Filho (PDT), líder da oposição, o momento é de tensão na Casa, pois “qualquer descuido dessa vigilante oposição poderá acarretar em um grande prejuízo para a cidade e para o meio ambiente”. O vereador Doutor Ciro (PTC), disse que agora entende porque a liderança da prefeita queria no dia anterior passar atribuição do Legislativo para o Executivo, por meio da Semam. João Alfredo (Psol) reclamou que algumas emendas ao Plano Diretor, que seriam votadas, não estavam disponíveis na pauta do dia, por meio do site da Câmara. Vitor Valim (PMDB) lembrou que o mesmo pedido de urgência foi feito ao projeto Sítio Tunga e, meses depois, nada justificou o pedido.

“A não ser o fato dos vereadores não poderem pedir vistas, o que é prejudicial para o debate”, comentou Valim, que pediu para que o líder da prefeita, vereador Ronivaldo Maia (PT), se pronunciasse sobre o assunto.

Em seu pronunciamento, o líder da prefeita não comentou as declarações dos opositores.

Após consultoria, Sarney nega que quer repaginar sua imagem

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), negou nesta quinta-feira (24) que esteja atrás de uma repaginação em sua imagem pública. Questionado sobre o uso de R$ 24 mil da verba indenizatória para contratar uma consultoria, Sarney disse que não tem preocupação com o futuro. “Eu não tenho consultoria de imagem nem estou atrás de repaginar imagem. Eu não tenho mais tempo, eu não tenho futuro, eu tenho passado”, afirmou.

Sarney disse que não iria divulgar o resultado da consultoria e reforçou que recorre pouco ao uso da verba indenizatória, benefício a que todo congressista tem direito para custear despesas com o exercício da atividade parlamentar. As normas que regulamentam o uso da verba permitem a “contratação de consultorias”.

Envolvido em escândalos administrativos nos últimos anos, ele contratou a empresa Prole para uma avaliação de seu trabalho parlamentar por especialistas.

A Prole informou que fez uma avaliação da estratégia de comunicação do senador com a imprensa. A tentativa de mudar a imagem de Sarney já pode ser vista na internet. Foi criada uma nova página virtual do senador (josesarney.org), chamada de “O presidente da democracia”.

A assessoria de Sarney informou que o site foi pago “pessoalmente pelo senador e contempla, além da divulgação da atividade parlamentar, aspectos de sua obra acadêmica, sem nenhum tipo de custo para o Senado”.

Além de elogios ao senador, a página apresenta versões amenizadas de escândalos, como o da edição dos atos secretos (decisões administrativas que não eram publicadas e envolviam nepotismo, por exemplo) do Senado em 2009.

Em outro trecho, o site diz que “em diversos mandatos, como presidente do Senado Federal, Sarney implantou o mais amplo sistema de transparência das instituições governamentais brasileiras”.

(Folha)

PPS pede que TCU investigue suspeita de fraude no Ministério das Cidades

O PPS protocolou na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara pedido para que o TCU (Tribunal de Contas da União) apure a denúncia de fraude no Ministério das Cidades que elevou em R$ 700 milhões projeto de mobilidade urbana em Cuiabá para a Copa 2014.

Reportagem do jornal “O Estado de S. Paulo” desta quinta-feira (24) denunciou uma mudança de parecer técnico da pasta a pedido do governador do Mato Grosso, Sinval Barbosa (PMDB), e do próprio ministro Mário Negromonte (PP). Segundo o jornal, trata-se de uma fraude que permitiu a troca da implantação de uma linha rápida de ônibus pela construção de um VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos) em Cuiabá, projeto que está na planilha de obras do governo para a Copa de 2014. Ao jornal, o ministério defendeu a mudança.

O líder do PPS, deputado federal Rubens Bueno (PR), diz que é fundamental que o TCU apure a denúncia e fique atento, desde já, em todos os projetos que envolvem a Copa do Mundo.

“Somente nesse caso já vemos indícios de irregularidades que envolvem R$ 1,2 bilhão. Queremos uma apuração rigorosa para que não se repita o que aconteceu nos jogos Pan-Americanos, onde o próprio TCU apontou um festival de superfaturamentos e desvios de dinheiro público”.

O pedido protocolado na Câmara precisa ser aprovado para que o TCU inicie a apuração do caso.

(Folha)

Produção industrial tem desempenho negativo em outubro, mostra CNI

A produção industrial brasileira apresentou desempenho negativo em outubro, ao atingir 48,8 pontos, ante 48,6 registrados em setembro. O uso da capacidade instalada (UCI) passou de 45 para 43,9 pontos, o menor nível desde junho de 2009, de acordo com o boletim Sondagem Industrial, divulgado nesta quinta-feira (24) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Esses índices seriam positivos de ficassem acima de 50 pontos, esclarece a entidade. Além do desempenho negativo, a indústria acumulou estoques, com a marca de 52,4 pontos, o que reflete baixa nas vendas em relação a setembro, quando a estocagem marcou 52,9 pontos. A expectativa é que o acúmulo de estoques reduza ainda mais nos próximos meses a produção industrial, pois não há previsão de aumento da demanda, segundo o boletim.

Houve também queda na expectativa sobre as vagas de trabalho na indústria em outubro, de acordo com a pesquisa, com 49,1 pontos contra 50,3 pontos aferidos em setembro. Para os próximos meses, a entidade espera uma redução maior. A Sondagem Industrial identificou redução também nas expectativas de compra de matérias-primas (49,7 pontos) e das quantidades exportadas (47,9 pontos).

Para o economista Marcelo Azevedo, da CNI, o quadro atual da economia retrai a iniciativa do empresário industrial de comprar matérias-primas e de contratar. “De qualquer forma, deve ser considerado que os últimos e os primeiros meses do ano são geralmente mais fracos que os demais para o setor industrial. Nesta época já foram feitas as entregas para o Natal, aliás, em quantitativo abaixo do registrado em novembro de 2010.”

A CNI consultou na pesquisa 1.864 empresas entre 1º e 18 de novembro, entre elas 1.001 pequenas, 599 médias e 264 de grande porte.

(Agência Brasil)

Polícia desmonta quadrilha e prende mulher do prefeito de Limeira

Onze pessoas foram presas nesta quinta-feira (24) e levadas à Delegacia Seccional de Limeira, na região de Campinas, acusadas de crimes de lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e sonegação fiscal. Entre os detidos está Constância Berbet Dutra Silva, mulher de Sílvio Félix (PDT) – prefeito de Limeira –, além de parentes e funcionários deles.

Os promotores de Justiça do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), responsáveis pelas investigações, irão detalhar o caso em entrevista coletiva às 14h30min. O prefeito, Sílvio Félix, segundo a assessoria dele, ainda não compareceu ao gabinete e comentará a prisão às 16 horas.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo nem divulgou os nomes dos envolvidos nem os detalhes do trabalho que levou os acusados à prisão.

(Agência Brasil)

PF deflagra operação de combate a fraudes bancárias na internet

A Polícia Federal informou que realiza na manhã desta quinta-feira (24) duas operações de combate a fraudes bancárias na internet. Foram emitidos 38 mandados de prisão preventiva e 59 de busca e apreensão nos Estados do Rio Grande do Sul, Pará e Goiás.

“Estimamos que tenham sido desviados mais de R$ 20 milhões somente nos últimos dois anos por essas quadrilhas”, afirma o delegado Carlos Eduardo Miguel Sobral, chefe do serviço de repressão a crimes cibernéticos da Polícia Federal. Ele diz que ainda é possível atingir “valores bastante superiores a partir da análise do material apreendido”.

Segundo a PF, foram apreendidos dez veículos de luxo avaliados em cerca de R$ 2 milhões, como um carro Porsche, e também imóveis, somando mais R$ 1,8 milhão.

As investigações fazem parte do Projeto Tentáculos da PF, uma parceria entre a Caixa Econômica Federal e o Ministério Público Federal. Para chegar às quadrilhas, é utilizado um software desenvolvido para investigar fraudes realizadas contra o banco.

Os investigados responderão pelos crimes de furto qualificado, estelionato, formação de quadrilha e interceptação telemática criminosa. Somadas, as penas podem ultrapassar 25 anos de reclusão.

(Folha)

Brasil terá meio milhão de novos casos de câncer até 2013

O Instituto Nacional de Câncer (INCa) José Alencar Gomes da Silva, no Rio, estima que nos próximos dois anos serão registrados no país 520 mil novos casos de câncer. Os dados foram apresentados nesta quinta-feira (24) e fazem parte da publicação “Estimativa 2012 a 2013”, que destaca os tumores mais incidentes nas regiões do país. O evento no INCa marca o Dia Nacional de Combate ao Câncer, celebrado em 27 de novembro.

Para os oncologistas, as estimativas são a principal ferramenta de planejamento e gestão da saúde pública, porque permitem o planejamento de forma regionalizada, afirma Luiz Antonio Santini, diretor-geral do INCa. Na publicação foram incluídas sete novas localizações de tumores: bexiga, ovários, tireoide (sexo feminino), sistema nervoso central, útero, laringe (sexo masculino) e linfoma não Hodgkin.

No sexo masculino, além do câncer de pele não melanoma (o mais letal em pele), o tumor de próstata continuará sendo o mais comum com 60.190 novos casos em 2012 e 2013, seguido por pulmão, traqueia e brônquios (17.210), cólon (parte do intestino) e reto (14.180). Nas mulheres (desconsiderando câncer de pele), o câncer de mama terá 52.680 casos, seguido de colo do útero (17.540) e cólon e reto (15.960). O que chama a atenção é que no sexo feminino o câncer de tireoide já ocupa o quinto lugar, com 10.590 nos próximos dois anos.

(O Globo)