Blog do Eliomar

Categorias para Sem categoria

Líder do PV diz que sistema financeiro do País é rodeado de "arapucas"

“O sistema financeiro do Brasil está rodeado de verdadeiras arapucas”, alertou, nesta quarta-feira, o líder do PV na Assembleia Legislativa, Roberto Mesquita. Segundo o parlamentar, as instituições públicas estão “trocando ouro por espelho ao cederem para bancos e financeiras o direito de administrarem empréstimos consignados.”

Roberto Mesquita destacou que esse tipo de crédito aparentemente é muito vantajoso, pelos baixos juros cobrados. No entanto, o acréscimo de outras formas de cobranças, como seguros obrigatórios, torna o empréstimo uma grande armadilha para o credor. Para ter uma ideia de quanto as credoras ganham com o negócio, explicou o deputado, no interior elas saem oferecendo dinheiro até para quem está com o nome sujo na praça.

Mesquita citou o caso de um aposentado que contraiu um empréstimo e, tempos depois, quando foi pagar, não conseguiu saldar a dívida porque não sabia assinar o nome. “Na hora de adquirir o crédito não precisa saber assinar, mas na hora de pagar precisa”, estranhou o deputado, acrescentando que o desejo das financeiras é que a dívida perdure o maior tempo possível e assim poderem cobrar mais e mais juros.

O parlamentar ponderou que o crédito à população é essencial para o crescimento do país. “A atuação do Banco do Nordeste, por exemplo, tem sido fundamental para o desenvolvimento do Nordeste”. Porém é preciso alertar a população, principalmente às pessoas desinformadas, que o crédito consignado praticado por muitas instituições pode tornar um aparente benefício em um grande problema no futuro.

Em aparte, o deputado Carlomano Marques disse que o tema trazido por Roberto Mesquita é o tipo de debate que engrandece o Parlamento pela sua conotação social, e deve ser aprofundado para o bem da sociedade.

Adauto Bezerra ganha comenda em Maracanaú

 

O ex-governador Adauto Bezerra receberá nesta sexta-feira, às 9 horas, em sessão solene da Câmara Municipal de Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza), a Medalha Almir Dutra.

Trata-se da mais alta comenda do legislativo municipal.

Foi Adauto Bezerra quem sancionou a lei emancipando esse município que era distrito de Maranguape.

A sessão solene promete casa cheia. Apesar do clima de Carnaval.

Ministério do Turismo entra no bloco contra a dengue

Em parceria com o Ministério da Saúde, o Ministério do Turismo vai orientar turistas sobre medidas preventivas de combate à dengue. Eis a nota que o Mtur está distribuindo com a mídia:

“Se você vai viajar neste verão – período de maior transmissão da dengue devido aos fatores climáticos favoráveis a proliferação do mosquito Aedes aegypti – informe-se, seja um turista prevenido. Tome alguns cuidados e desfrute de uma viagem tranquila e sem contratempos.

Em caso de viagens para áreas de risco da dengue, é importante hospedar-se em locais que disponham de telas de proteção nas portas e janelas. O uso de mosquiteiros também é recomendado. Aconselha-se também a adoção de medidas de proteção individual para reduzir o risco de infecção tais como: o uso de calças compridas, meias, sapatos fechados e repelentes.

Para quem vai viajar e deixar a casa fechada lembre-se: não deixe nenhuma oportunidade para o vetor proliferar-se. Por meio de medidas simples, você evita que a dengue bata na porta da sua casa: remova a água de vasos de planta, deixe a caixa d´água tampada, retire a água de grandes reservatórios como piscinas e remova do ambiente todo material que possa acumular água (garrafas pet, latas, pneus).

Durante a viagem, é preciso estar atento ao surgimento de alguns dos sintomas da doença como febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dores pelo corpo e náuseas. Caso ocorra, procure imediatamente orientação médica e evite a automedicação. É importante procurar orientação médica ao surgirem os primeiros sintomas.

CARTA

O ministro do Turismo, Pedro Novais, enviou carta aos secretários estaduais e municipais de Turismo dos 65 destinos indutores e aos membros do Conselho Nacional de Turismo, solicitando apoio à mobilização nacional de combate à dengue e, ainda, ações de orientação aos turistas.

SERVIÇO

* Mais informações acesse www.combatadengue.com.br

Patriota chega à China para organizar visita de Dilma em abril

“O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, desembarca hoje (2) em Pequim para negociar a visita da presidenta Dilma Rousseff à China nos dias 13, 14 e 15 de abril. Será a primeira viagem da presidenta fora do Continente Sul-Americano.

Por enquanto, Dilma visitou apenas a Argentina, no último dia 31. Na China, a ideia é negociar a ampliação da venda da produção brasileira, atendendo aos apelos do empresariado nacional.

Da China, Patriota seguirá viagem para a Índia e o Sri Lanka. Na China, o chanceler tem conversas com o primeiro-ministro, além dos ministros das Relações Exteriores e do Comércio, assim como intelectuais. Na sexta-feira (4), ele concederá uma entrevista coletiva em Pequim.

Os empresários brasileiros reclamam que o baixo preço dos produtos chineses prejudica o mercado nacional. Patriota disse que há articulações para fechar mais parcerias, envolvendo exportações de minério de ferro e aço do Brasil.

A visita de Dilma à China é uma resposta ao convite do presidente chinês, Hu Jintao, segundo Patriota. No período em que estiver no país, a presidenta pretende incluir conversas sobre questões bilaterais como comércio, investimentos, de segurança e ambientais, além de temas globais. Ela tem reuniões também com executivos chineses.

Nos três dias em que estiver na China, Dilma participará de reuniões bilaterais e também de uma cúpula que reunirá os líderes do Brasil, da China, Índia, Rússia, além da África do Sul que passará a integrar oficialmente o bloco do Bric.  De acordo com o chanceler, os esforços são para reduzir o “desequilíbrio” dos efeitos das importações chinesas no mercado nacional.

Segundo a Câmara de Comércio Brasil-China, as relações comerciais entre os dois países cresceram nos últimos anos 47,5% (ao ano), tendência que se repete nas relações dos chineses com vários países de economia emergente. No caso brasileiro, Patriota afirmou que há um superávit de mais de US$ 5 bilhões em favor do Brasil nas relações com a China.”

(Agência Brasil)

Inflação semanal diminui em seis das sete capitais pesquisadas pela FGV

“A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) diminuiu em seis das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV) na última semana de fevereiro. A principal redução na taxa foi observada em Brasília, onde o IPC-S passou de 0,29% na semana de 22 de fevereiro para 0,02% na semana de 28 de fevereiro. Esse também é o resultado mais baixo neste levantamento entre as capitais observadas.

De acordo com a FGV, também houve redução do índice em São Paulo (de 0,66% para 0,47%), que é a capital com maior peso na formação do IPC-S; em Salvador (de 0,37% para 0,21%); em Belo Horizonte (de 0,61% para 0,50%); em Recife (de 0,25% para 0,14%); e no Rio de Janeiro (de 0,58% para 0,53%).

Apenas em Porto Alegre os preços subiram com mais força no período e a taxa aumentou de 1,24% para 1,48%.

Na média nacional, o IPC-S atingiu 0,49% na última semana de fevereiro, com redução de 0,12 ponto percentual em relação ao resultado da semana anterior (0,61%). A diminuição foi puxada principalmente pelo menor ritmo de aumento nos preços das despesas de transportes, que no período ficou 0,60 ponto percentual menor do que no levantamento anterior.

O IPC-S é medido semanalmente pela FGV e registra a variação de preços em sete capitais, no período de um mês.”

(Agência Brasil)

Proporcionalmente, ministérios petistas foram menos afetados com corte no orçamento

“Os ministérios administrados pelo Partido dos Trabalhadores (PT), além da própria Presidência da República, foram os menos afetados pelo corte de R$ 50,1 bilhões anunciados ontem (28). Proporcionalmente, a tesoura incidiu sobre 7% dos recursos autorizados para os 11 órgãos petistas, já que cortou R$ 9,9 bilhões de um total de R$ 133,4 bilhões autorizados no âmbito das despesas discricionárias. Por outro lado, o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), que controla apenas o Ministério do Esporte, foi o mais afetado. A redução de R$ 1,5 bilhão sobre o montante de R$ 2,4 bilhões previstos gerou uma queda de 64% no volume de recursos autorizados para o Esporte (veja aqui a relação das pastas atingidas).

O cientista político Antonio Flavio Testa acredita que, apesar do corte ter se pautado em critérios técnicos, a proporção da tesourada não desconsiderou a força política dos órgãos. “O governo estabelece suas prioridades baseado em compromissos políticos e interesses diversos, vinculados aos grupos que comandam as diversas áreas de governo. Portanto, os cortes têm um componente político que irá favorecer alguns setores e deixar de atender demandas de outras áreas. O PT teve menos cortes orçamentários porque tem mais força junto ao núcleo central do governo, além do comando de áreas de muito prestígio político e econômico”, afirma. 

Testa avalia ainda que o corte de mais de R$ 18 bilhões nas emendas parlamentares deixará a base do governo no Congresso Nacional descontente. “Isso só aumentará o poder de pressão do Executivo sobre o Legislativo. Não deixa de ser uma tática para amortecer os interesses do Legislativo, mediante concessões pontuais, na liberação de emendas. Tudo isso em troca de apoio parlamentar aos interesses do Executivo”, completa.

Critérios políticos ou não, o fato é que o detalhamento do corte anunciado ontem pelos ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Planejamento, Miriam Belchior, ainda não convenceram especialistas, como Marcos Mendes, consultor Legislativo do Senado Federal e doutor em economia. Mendes vê com desconfiança, sobretudo, a redução de R$ 15,8 bilhões nas despesas obrigatórias. “O corte de R$ 3,5 bilhões nas despesas com pessoal e encargos sociais, na verdade, trata-se de um adiamento de concursos e de novas contratações e não de um corte”, avalia.

O especialista também discorda da anunciada redução dos benefícios previdenciários, abonos e seguro desemprego. “Quem tem direito recebe, só podem ser feitos cortes se detectadas fraudes, ou com mudanças na regras de concessão. Sobre os R$ 8,9 bilhões a menos para subsídios, subvenções e Proagro, parece ser apenas um enxugamento de excessos”, analisa.

Na opinião do consultor, o “governo não cortou despesas, mas adiou gastos ou enxugou itens já inchados no orçamento”. Isso porque os valores de despesa orçadas são sempre superiores aos pagamentos efetivos, já que a autorização contida no orçamento é para se gastar até o valor da dotação e não para se gastar todo o montante autorizado. “Foi apresentada redução de R$ 50 bilhões em relação à lei orçamentária e não em relação à despesa do ano passado. A lei orçamentária é inchada mesmo e sobre as emendas, por exemplo, é cortar fumaça, porque não são gastos efetivos. Assim, está muito difícil de acreditar que seja um ajuste fiscal eficaz”, explica.

Marcos Mendes também demonstra preocupação quanto ao corte de R$ 578 milhões no orçamento do Ministério da Saúde. “Esse número me intriga. Não sei onde vão cortar e nem sei se podem. Isso porque, de acordo com a Constituição, é preciso gastar em um ano, o que se aplicou no ano anterior, mais a variação do PIB. E, no ano passado, a execução foi de R$ 67 bilhões. Assim, precisaria ser aumentada, em 2011, para algo em torno de R$ 6 bilhões. E agora dizem que vão diminuir”, destaca.

As medidas propostas para os ajustes, como a auditoria externa pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) para as despesas com pessoal e encargos sociais não resultarão em grandes quedas no âmbito do orçamento, na opinião de Marcos Mendes. “Acho difícil encontrar grandes irregularidades na despesa com pessoal, a não ser extrapolação de teto, que ocorre muito mais no Judiciário, Legislativo e Ministério Público, que não serão alvos da auditoria. Já no combate a desvios no abono e seguro desemprego, é preciso fazer mesmo, mas seria mais eficaz uma política decente de pessoal, com planejamento de contratações e de remunerações do que ficar tentando diminuir despesa achando erros ou irregularidades”, ressalta.

Por fim, Marcos Mendes ressalta que o ajuste fiscal precisa ser definitivo para surtir resultados concretos a longo prazo. “Não adianta todo ano ficar encontrando despesas com passagens ou com a compra de desinfetantes para diminuir, porque não é isso que vai fazer a diferença”, afirma. “É preciso promover um verdadeiro ajuste fiscal, enfrentando os fatores que fazem as despesas crescerem”, conclui.”

(Contas Abertas)

Chuva em fevereiro foi 18,7% acima da média, diz Funceme

“No primeiro mês da quadra chuvosa de 2011, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou 180,7 milímetros de chuva em todo o Estado. A média histórica de fevereiro é de 152,2 milímetros, ou seja, choveu 18,7% acima da média no Ceará.

Ainda segundo a Funceme, a Região do Cariri teve, proporcionalmente, maiores índices pluviométricos, com 272,8 milímetros, 49% acima da média regional. Somente nas regiões da Ibiapaba e Jaguaribana choveu abaixo da média histórica.

O prognóstico atualizado da Funceme para os meses de fevereiro, março abril e maio apontam 45% de probabilidade de chuvas em torno da média, 40% de chances de chuva acima da média.

Março

No primeiro dia de março, choveu em 102 municípios cearenses. A maior chuva registrada foi no município de São Benedito, 105 milímetros. Com a proximidade da Zona de Convergência Intertropical no Estado, a previsão para o fim do dia é de céu parcialmente nublado, com chuva em toda a faixa litorânea. Nas demais regiões há possibilidade de chuvas isoladas.”

(O POVO Online e Funceme)

Assaltante é morto a tiros após praticar saidinha bancária

“Um assaltante foi morto a tiros após praticar saidinha bancária contra uma mulher, no início da tarde desta segunda-feira, 28. O crime aconteceu em uma agência do Banco do Brasil da avenida Mister Hull, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza.

Segundo informações do Comando de Policiamento da Capital (CPC), a ação teve início quando a mulher estava saindo da agência e acabou sendo abordada por dois homens que chegaram ao local em uma motocicleta preta. Quando os acusados tomaram o dinheiro da vítima, o vigilante da agência bancária percebeu a ação e iniciou troca de tiros.

A dupla de assaltantes ainda tentou fugir, mas um dos bandidos foi atingido por dois disparos efetuados pelo vigilante. Lee Yean Kam Carvalho morreu no local, enquanto seu comparsa fugiu conduzindo a moto. A vítima do assalto havia sacado cerca de R$ 30 mil antes da ação. Todo o dinheiro estava nos bolsos do assaltante que foi morto.”

(O POVO Online)

Usuários de ônibus pagam até R$ 3,60 para chegar ao trabalho

272 6

Passageira, no alto, tenta puxar colega, em meio à superlotação

Filas longas, ônibus superlotados e atrasados, empurra-empurra, desembarques em meio aos coletivos, banheiros sem funcionar por falta de água, furtos e muita reclamação por parte dos usuários.

Essa foi a realidade encontrada pelo líder da oposição na Câmara Municipal, vereador Plácido Filho (PDT), na manhã desta segunda-feira (28), em visita ao Terminal da Parangaba. Para o vereador, os demais parlamentares deveriam conferir o caos no Sistema Integrado de Transporte, em vez de discussões sobre dados em papéis.

“A realidade é muito pior que qualquer discurso. É um total desrespeito para com o fortalezense e uma agressão à cidadania, principalmente à garantia do direito de ir e vir”, afirmou o líder da oposição, que conversou com vários usuários, motoristas e enfrentou uma longa fila e a superlotação da linha Parangaba/Aeroporto, via Montese. “Não há como se mexer dentro do ônibus, a sorte dessa administração (municipal) é que o cidadão de Fortaleza é muito paciente”, observou.

Plácido Filho conversa com ususários

Apesar da paciência, os usuários do Sistema Integrado de Transporte em Fortaleza criticaram o aumento da passagem, anunciado pela prefeita Luizianne Lins, na última quarta-feira (23).

“O serviço só piora a cada ano e a prefeita ainda concede aumento aos empresários. Seria bom se primeiro eles (empresários) melhorassem a frota de ônibus e a Prefeitura aumentasse o número de terminais e criasse faixas exclusivas para o trajeto das linhas”, comentou o vendedor Marcelo Almeida Filho, 29, morador do Parque Dois Irmãos. “Já perdi emprego por causa dos atrasos dos ônibus”, completou.

A esteticista Nara de Medeiros, 25, moradora da Vila Manoel Sátiro e estudante de fisioterapia, disse que a superlotação nos terminais e atrasos dos ônibus irão obrigá-la a transferir a cadeira de Patologia para o turno da noite. “Mesmo que eu saia às 6 horas de casa, não há como estar em sala de aula às 7h20min”, reclamou.

Banheiro fechado por falta de água

Já a vendedora Carla Paiva da Silva, 25, moradora da Serrinha, afirmou que para chegar no horário do trabalho (corredor da Monsenhor Tabosa) muitas vezes precisou deixar o terminal para pegar o ônibus da linha Parangaba/Náutico, na avenida João Pessoa. “É a única maneira de furar a fila de mais de 80 pessoas. O problema é que a gente tem que pagar uma outra passagem”, lamentou.

A mesma prática é adotada pelo atendente de telemarketing Glauco Medeiros, 19, morador da Maraponga. “Saio de casa quando o dia está clareando, mesmo assim não consigo entrar no trabalho no horário. Então deixo o terminal e vou para a parada de ônibus mais próxima. O pior é que, quase sempre, o ônibus não chega. Então pego um mototáxi, somente assim consigo garantir o meu emprego”, contou.

Para o vereador Plácido Filho, o Sistema Integrado de Transporte em Fortaleza está falido. “Enquanto a Prefeitura se mostra orgulhosa com uma das tarifas mais baixas do País, o usuário muitas vezes é obrigado a pagar por duas passagens para fugir das longas filas nos terminais. É muita falta de atenção para com a população. A prefeita e seus assessores sequer conseguem perceber que há muito a população tem pago até R$ 3,60 para chegar ao trabalho. A passagem mais cara do Brasil”, criticou o vereador do PDT.

Governo Cid vai implantar projeto "Carbono Neutro"

54 2

“O governador Cid Gomes (PSB) deu sinal verde a Paulo Henrique Lustosa, o presidente do Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente (Conpam), para iniciar o projeto Carbono Neutro. Ou seja, o Ceará será o primeiro Estado brasileiro a instituir mecanismos compensatórios as emissões de carbono.

Há também uma meta das mais audaciosas a ser buscada pelo Governo do Estado e já saindo do papel: dobrar as áreas protegidas no território cearense, entre parques, áreas de proteção ambiental e Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN) que hoje atinge um total de 50, sejam em níveis federal, estadual e municipal.

Pelo sito, Paulo Henrique terá muito trabalho pela frente.

(Coluna Sônia Pinheiro, do O POVO)

Sete pessoas morrem e três ficam feridas em atropelamento em Guaraciaba do Norte

“Sete pessoas morreram e três ficaram feridas em um atropelamento no quilômetro 12 da CE-192, em Guaraciaba do Norte, na noite deste domingo, 27. Segundo informações repassadas ao O POVO Online pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE), as vítimas saiam de uma igreja e foram colhidas por um veículo, que trafegava em alta velocidade e perdeu o controle.

O condutor o carro, um veículo modelo Monza, fugiu logo após o atropelamento. Cinco vítimas fatais foram identificadas pela PRE. São elas: Maria Leitão Veras, 63; Francisca Ivoneide Martins de França, 47; Ecleciane Lima de Sousa, 15; Raimunda Campos Paiva do Carmo, 62; Cícero Ribeiro do Carmo, 70.

Os feridos ainda não foram indentificados pela PRE. Eles foram socorridos para o Hospital de Sobral.”

(O POVO Online)

Motorista atropela ciclistas em Porto Alegre. Veja vídeo

33 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=E9FlsIhp0is[/youtube] 

“Um motorista atropelou um grupo de ciclistas após uma discussão no início da noite desta sexta-feira, em Porto Alegre. Pelo menos cinco pessoas, do grupo de 100 ciclistas, ficaram feridas e foram encaminhadas ao Hospital de Pronto Socorro (HPS). Eles eram integrantes de um grupo de ciclistas que costuma andar em grupo para defender o uso da bicicleta nas ruas da capital gaúcha.

O atropelamento aconteceu após uma discussão do motorista com alguns dos integrantes do grupo. Pelo menos 100 ciclistas percorriam a rua José do Patrocínio, no bairro Cidade Baixa. Segundo relato deles e de pedestres que acompanharam a cena, o motorista de um Golf preto, de aproximadamente 40 anos, perseguiu o grupo por alguns quarteirões e atropelou pelas costas os ciclistas.

“Ele acelerou premeditamente e atropelou o grupo inteiro”, relata o jornalista Leo Ponso, que estava na calçada observando a passagem do grupo e viu o atropelamento. Palito, um dos integrantes do Massa Crítica, estava atrás do grupo dos ciclistas e foi um dos primeiros a serem atingidos. “O motorista colocou o pé no acelerador e foi. Era gente e bicicleta voando e ele não parava”, conta.

Segundo a Polícia Militar, cinco pessoas foram encaminhadas ao HPS, sendo que três delas estariam em estado grave. Outros ciclistas teriam ficado feridos e procurado socorro médico por conta própria ou com ajuda de amigos. O motorista foi identificado pela placa do carro e a polícia já tem seu endereço. Até às 20h30, ele ainda não havia sido capturado.”

(iG)

Novela sobre vaga de suplente na Assembleia pode ser resolvida nesta 2ª feira

127 1

Coronel Amarílio briga pela vaga.

A Procuradoria Jurídica do Poder Legislativo do Ceará aguarda, para esta segunda-feira, decisão, por parte do Tribunal de Justiça do Estado, sobre Agravo Regimental interposto pelo procurador-geral da Casa, Reno Ximenes, no processo que discute a vaga no parlamento estadual.

O caso surgiu em decorrência de mandado de segurança proposto pelo Coronel Amarílio Melo, suplente do PSB, com liminar deferida pelo desembargador Lincoln Araújo.

No recurso, o procurador Reno Ximenes alega ilegitimidade do suplente do PSB propor a ação, afirmando que se a vaga é do partido, só o partido pode propor a ação. Reno alega o princípio da anualidade no direito eleitoral na Constituição Federal e argumenta a definição de coligação e coeficiente eleitoral do Código Eleitoral dentre diversos argumentos constantes na peça de agravo.

Ministro da Saúde reúne prefeitos do Ceará

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, reuniu na manhã deste sábado (26), no auditório da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE), prefeitos e secretários dos municípios cearenses para  conhecer as ações de combate à dengue no Estado e reforçar a mobilização. O Ceará é apontado como um dos 16 Estados com alto risco de epidemia este ano.

Entre os prefeitos presentes ao encontro estava Acrísio Sena, que substitui desde a última quinta-feira (24) a prefeita Luizianne Lins, que pediu licença do cargo por 10 dias para exames de saúde.

Após o evento, o ministro foi recebido pelo vice-governador Domingos Filho para almoço.

Sinduscon se manifesta sobre licitação milionária e aponta empreitada de obras

47 1

“Não há como uma única construtora dar conta de todos os serviços solicitados pela Prefeitura. Então, o que vai acontecer? Muitas obras serão empreitadas a outras construtoras. E, claro, o custo dessas obras será bem acima do valor real, pois cada construtora irá querer ganhar o seu percentual sobre o serviço a ser executado. Isso, dificilmente ocorreria em caso de licitação para cada obra, pois as pequenas e médias construtoras poderiam realizar o serviço, sem qualquer tipo de repasse para a construtora que as contratou, já que o contratante seria a própria Prefeitura”.

A manifestação é do presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Ceará (Sinduscon-CE), Roberto Sérgio, na manhã deste sábado (26), sobre a intenção da Prefeitura de Fortaleza em lançar uma única licitação, no valor de até R$ 99,2 milhões, para a execução de todas as obras da cidade. O contrato teria vigência de um ano.

A declaração do dirigente vai de encontro ao posicionamento do coordenador de projetos especiais da Prefeitura, Geraldo Accioly, que disse que o modelo desejado pela administração municipal sairia mais barato, além de dar agilidade ao processo.

“Muitas vezes, as obras são empreitadas até três ou quatro vezes. Construtoras passando o serviço para outras construtoras. Além de encarecer demais o custo da obra, também levará muito tempo até o início da obra”, ressaltou o líder da oposição na Câmara Municipal, vereador Plácido Filho (PDT), que na última quarta-feira (23) denunciou no plenário da Casa que a licitação iria favorecer uma grande construtora, em detrimento às demais que teriam condições de realizar obras de menor porte.

Na quinta-feira (24), a Prefeitura decidiu adiar a licitação.

A tesoura cidista

40 1

Dentro da meta de reduzir R$ 500 milhões de custeio, o Governo do Estado não brinca. Depois do corte de 215 terceirizados no Instituto Centec, prática que está se estendendo a todas as secretarias e órgãos vinculados, Cid Gomes reiterou, durante os dois dias da primeira reunião com a equipe, na Residência Oficial, que esse remédio amargo terá que ser aplicado sem exceção.

Segue o mesmo receituário aplicado pela presidente Dilma Rousseff, que cortando R$ 50 bilhões, gera impacto nos Estados e municípios. Essa onda de corte vem provocando no âmbito estadual situações emblemáticas. Nesta semana, o presidente do Sine/IDT, Francisco Diniz, que já presidiu a CUT/CE, demitiu 21 celetistas. Ele chegou a chorar, ao fazer o comunicado. Disse ter sido esse um dos piores momentos de sua vida. Agora, imagine para quem foi pra rua.

(Vertical / O POVO)

Cid pede dispensa de multa

Passados quatro meses das eleições, as batalhas na Justiça Eleitoral ainda continuam. Na última quinta-feira, o governador Cid Gomes (PSB) recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o pagamento de uma multa de R$ 42.564,00, aplicada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), durante a campanha eleitoral de 2010.

 O motivo apresentado pelo TRE para a aplicação da multa foi o possível benefício de Cid e Domingos Filho (PMDB) – então candidatos a governador e vice, respectivamente – com publicidade institucional afixada em veículos oficiais que serviam como transporte escolar para alunos da rede pública quando faltavam menos de três meses para as eleições do ano passado.

“Escola Estadual de Educação Profissional: da carteira da escola para a carteira de trabalho. É o Governo do Estado construindo um novo Ceará”. Essa era a frase contida nos veículos.

A representação contra Cid foi apresentada pela coligação “Pra Fazer Brilhar o Ceará”, que tinha o ex-governador Lúcio Alcântara (PR) como candidato ao Governo do Estado.

Recurso

No recurso, o governador e o vice afirmam que a publicidade ocorreu antes do período vedado pela lei eleitoral, que é o dia 6 de julho. A defesa de Cid citou, ainda, decisões do TSE e do TRE de outros Estados que permitem a publicidade colocada antes da data proibida, desde que não haja identificação de autoridades, servidores ou administrações cujos dirigentes estejam em campanha.

O recurso será analisado pelo ministro Hamilton Carvalhido, que vai proferir decisão monocrática sobre o caso. Se a deliberação do ministro for para o pagamento da multa, a defesa do governador reivindica, então, que o valor seja reduzido ao mínimo previsto em lei, que é de R$ 5.320,50.

(O POVO)

Guarani de Juazeiro pode fazer história neste sábado, diante do Fortaleza

54 2

Terceiro colocado na classificação geral do Campeonato Cearense de Futebol, o Guarani de Juazeiro poderá fazer história neste sábado (26), no Castelão, diante do Fortaleza, pela semifinal do primeiro turno.

Em caso de vitória, o time juazeirense assegura, no mínimo, a segunda colocação na competição. Posição nunca antes alcançada pelo Guarani. Um quarto lugar, em 1979, e uma quinta colocação, em 1992, foram as melhores campanhas do clube na Primeira Divisão do Estadual.

O Guarani tem o artilheiro do campeonato, Niel (7 gols), além do segundo melhor ataque (23 gols), atrás somente do adversário deste sábado, o Fortaleza (25 gols). A folha do clube é de R$ 90 mil, mais R$ 40 mil de encargos sociais.