Blog do Eliomar

Categorias para Sem categoria

Ceará embarca escalado para enfrentar Grêmio Prudente. No banco, Clodoaldo

O Ceará embarcou, nesta madrugada de quinta-feira, para São Paulo onde, no próximo sábado, a partida às 18h30min, enfrentará  a equipe do Grêmio Prudente. A partida, segundo o técnico Dimas Filgueiras, é decisiva para o time que quer se manter entre os classificados para a Copa Sul-Americana.

Pensando nisso, Dimas levou o time já escalado com Michel Alves, Fabricio, Heleno e Sacoman; Boiadeiro, João Marques, Careca, Geraldo e Arlindo Maracanã; e no ataque Magno Alves e Nicássio.

DETALHE – O atacnte Clodoaldo, que foi o primeiro a chegar para o embarque, foi com o elenco e estará no banco.

Senado pode definir reajuste salarial para parlamentares na próxima semana

A senadora Patrícia Saboya (PDT-CE) negou na tarde desta quarta-feira (17) que a reunião da Mesa Diretora do Senado tenha tratado do reajuste de salário dos senadores, que passaria a valer a partir de 1 de fevereiro do próximo ano.

“Esse assunto sequer foi analisado”, disse a parlamentar cearense, que ocupa o cargo de 4ª Secretária da Mesa.

No entanto, Patrícia Saboya revelou que assuntos polêmicos serão discutidos na próxima semana. Entre os temas discutidos nesta quarta-feira estão a realização de concurso público em 2011 e a reformulação da área de comunicação social do Senado.

Já o 1º Secretário da Casa, senador Heráclito Fortes (DEM-PI), acredita que o reajuste possa ser definido ainda este ano. “Não pode ser um aumento estratosférico, mas também os parlamentares não podem viver sem reajuste”, reclamou.

(Este Blog com agências)

Mais um depoimento de morador de rua, contra empresário dono de restaurantes

A Polícia colheu na tarde desta segunda-feira (17) mais um depoimento de morador de rua, que disse ter sido vítima do empresário acusado de atirar contra o olho de um outro morador de rua, na última segunda-feira (15), por meio de uma espingarda de chumbinho.

Segundo o depoimento, o empresário não teria motivos para efetuar os disparos, pois nunca teria visto o suposto agressor, como também não costuma frequentar a área onde se encontra os dois restaurantes do empresário.

A Polícia ainda procura por uma moradora de rua, que na madrugada do último sábado teria sofrido um tiro de raspão no braço, efetuado por três rapazes que portavam uma espingarda de chumbinho.

Lula diz que "blocão" não aconteceu

“Em entrevista realizada na saída do Palácio do Planalto, o presidente Lula menosprezou há pouco a manobra feita pelo PMDB que anunciou a criação do “blocão” para conseguir obter maioria na Câmara.

“Primeiro que não aconteceu. Parecia que ia acontecer, mas não aconteceu”, disse Lula para em seguida emendar:

“A política é como um leito de um rio se a gente não for um desmancha ambiente, se a gente deixa a água correr tranquilamente, tudo vai se colocando de acordo com que é mais importante. Se as pessoas tentam de forma conturbada mexer na política pode não ser muito bom”.

No mesmo horário da entrevista de Lula, o presidente do PMDB e vice-presidente eleito, Michel Temer (SP), se reunia com o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP).

Também participou do encontro, o líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN). Na saída, Vaccarezza afirmou que o PT e o PMDB são partidos da base e que devem seguir juntos.

Apesar das declarações, não há, até o momento, um pedido formal para que o PT faça parte do “blocão”.

Henrique Eduardo Alves também tentou botar panos quentes no impasse criado com a criação do blocão, mas deixou o recado de que o ideal é que ninguém se meta na seara do outro.

“Daqui a pouco estamos brigando entre nós. A pior coisa para Dilma é começar com essa divisão, que pode criar ressentimentos e seqüelas. Então vamos nos respeitar e fazer um pacto de não agressão em que ninguém se mete na seara do outro”, ressaltou Alves.

Tanto Alves quando Vaccarezza são postulantes à presidência da Câmara. O blocão foi anunciado ontem (16) por Alves e deverá ser composto com PR, PP, PTB e PSC. Juntos os cinco partidos formam uma bancada com 202 deputados, a maior da Câmara.

O acordo entre os partidos foi arquitetado entre os líderes dos cinco partidos, sem a presença do PT, na última quarta-feira (10). Ainda ontem, o líder do PP, João Pizzolatti (SC), negou que tenha firmado o acordo com o PMDB.”

(Blog do Noblat)

Patrícia diz que quase nada é feito para conter consumo de crack em presídios

64 2

A senadora Patrícia Saboya (PDT-CE) disse que nada ou quase nada é feito para conter o avanço do crack nos presídios do Brasil e entre os jovens, nas ruas das grandes cidades do País, durante entrevista nesta quarta-feira (17), ao programa Hoje em Dia, na Record.

A reportagem, com mais de seis minutos de duração, revelou que 80% dos presos consomem o crack nos presídios brasileiros.

Patrícia Saboya tem se destacado na luta contra o consumo de drogas, no Senado, quando o jovem é o principal alvo dos traficantes.

Polícia esclarece morte de servidor público

Delegado Valdir Passos

Após oito meses de investigação, a Polícia concluiu nesta quarta-feira (17) o inquérito sobre a morte do servidor público José Eduardo Alexandre da Silva, 34, irmão de um promotor de Justiça. Segundo o presidente do inquérito, delegado Valdir Passos, titular do 8º Distrito (José Walter), o servidor público teria sido envenenado, em um crime passional (ciúmes).

De acordo ainda com o delegado, o inquérito se arrastou desde o dia 2 de março último, porque as investigações chegaram a ser deslocadas para outros estados, além de escutas telefônicas autorizadas pela Justiça. “Tivemos até que enviar um perito a São Paulo”, comentou o titular do 8º Distrito a este Blog.

O delegado também chegou à autoria do crime, que até então constava nos arquivos da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) como “morte indeterminada” de autoria não informada.

Campeões olímpicos do vôlei farão jogo exibição em Juazeiro do Norte

Rina Fontenele (Juazeiro do Norte) – Em visita ao Ceará, os atletas de vôlei campeões olímpicos Marcelo Negrão, Paulão e Sandra e o bicampeão olímpico Maurício realizarão jogo exibição no próximo sábado, às 19h30min, no Ginásio Poliesportivo de Juazeiro do Norte (Região do Cariri).

A programação, que faz parte do projeto “Embaixadores do Esporte”, promovido pelo Banco do Brasil, leva ao sul do Ceará boa parte dos astros que formaram a primeira geração de ouro do Brasil no vôlei com o objetivo de incentivar os jovens na prática esportiva, que resulta em qualidade de vida e saúde. Os Embaixadores do Esporte formarão uma equipe e disputarão partida contra a seleção de vôlei de Juazeiro do Norte em formato de jogo exibição.

O Projeto Embaixadores do Esporte investe, desde 2003, na importância, na credibilidade e na disposição de algumas personalidades do esporte para trabalhar em prol da sociedade e conta ainda com o campeão olímpico Carlão, Virna, campeã quatro vezes do Grand Prix, e Adriana Behar, prata duas vezes em jogos olímpicos.

A entrada ao ginásio para assistir ao jogo será a doação de um quilo de alimento não perecível e os primeiros 500 torcedores que comparecerem ao ginásio receberão de presente uma camisa da torcida brasileira. O total arrecadado será doado para entidades cadastradas pela Prefeitura Municipal de Esportes de Juazeiro do Norte.  

Além do jogo exibição, os embaixadores do esporte realizarão palestra na Faculdade Leão Sampaio para aproximadamente 300 estudantes no sábado, às 10 horas.

Em Portugal, brasileiro é morto por urinar na rua

“Um brasileiro foi morto com uma facada em uma cidade ao norte de Lisboa (Portugal). Segundo a sua companheira, a vítima morreu porque urinou na rua. Luciano Correia da Silva, 28 anos, natural de Rondônia, foi assassinado na madrugada do último domingo na cidade de Caldas da Rainha, distante cerca de 100 km da capital portuguesa.

A companheira de Luciano, a também brasileira Andressa Valéria, 26 anos, disse ao jornal Correio da Manhã que os dois haviam saído de um bar à noite e se dirigiam para a casa onde moravam, quando o brasileiro parou na rua para urinar.

Andressa afirma que uma pessoa com sotaque português e aparentemente embriagada começou a gritar com Luciano. Segundo ela, o agressor dizia: “brasileiro de m….., volta para a tua terra, vagabundo”. O homem teria puxado um canivete assim que Luciano fechou o zíper da calça. Neste momento, Andressa diz ter ido a um café ao lado para pedir ajuda. Quando voltou, ela viu Luciano no chão, atingido por um golpe profundo no peito.

O agressor fugiu, levando consigo o canivete. Luciano foi levado ao hospital, mas não resistiu ao ferimento. A Polícia Judiciária (PJ) não deu informações sobre o crime, alegando que ele ainda está sob investigação. A assessoria de imprensa da PJ disse que a resolução destes casos costuma ser rápida, mas não quis prever quanto tempo isto pode levar.

O órgão afirma que as ofensas xenófobas podem ser consideradas um agravante, o que vai depender do julgamento. Segundo Andressa, Luciano era serralheiro e vivia em Portugal havia quatro anos, tendo a sua situação de imigrante legalizada. O casal viveu junto por dois anos, junto com uma filha de Andressa, de um ano e nove meses.”

(BBC Brasil)

TRE cassa prefeita de Orós

62 2

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE), durante sessão nesta noite de terça-feira, cassou o mandato da prefeita de Orós, Maria de Fátima Maciel, por captação ilícita de votos. Ao mesmo tempo, cassou a presidente da Câmara Municipal, Luana Maciel, pelo mesmo motivo.

Com isso, o vice-presidente da Câmara deverá responder pela Casa e convocar eleições indiretas para a Prefeitura, já que não haverá tempo hábil para eleição direta.

A prefeita, no entanto, ainda pode recorrer da decisão.

Santa Quitéria: nova eleição para prefeito deve ocorrer em dezembro

O Tribunal Reginal Eleitoral (TRE) aprovou, durante sessão nesta noite de terça-feira, pedido de nova eleição para Prefeitura de Santa Quitéria (Zona Norte).

O pedido será encaminhado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que deverá avaliar e endossar a solicitação.

A eleição deverá ocorrer no próximo dia 12 de dezembro, segundo o TRE, tempo suficiente para cumprimento de prazos e realização de convenções partidárias para escolha de candidatos.

O Tribunal Reginal Eleitoral (TRE) aprovou, durante sessão nesta noite de terça-feira, pedido de nova eleição para Prefeitura de Santa Quitéria (Zona Norte).

O pedido será encaminhado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que deverá avaliar e endossar a solicitação.

A eleição deverá ocorrer no próximo dia 12 de dezembro, segundo o TRE, tempo suficiente para cumprimento de prazos e realização de convenções partidárias para escolha de candidatos.

Goleada de elogios

64 1

Na falta do que falar, deputados na Assembleia Legislativa do Ceará ocuparam a tribuna do Plenário, nesta terça-feira (16), para elogios ao governador Cid Gomes e à conquista do Guarany de Sobral, da Série D do Campeonato Brasileiro de Futebol.

Entre os que rasgaram elogios estava o tucano Osmar Baquit, que se encontra em situação delicada no PSDB, diante do desejo em manter o apoio ao Governo Cid.

Jorge Parente é reconduzido para comissão temática da CNI

O presidente do Conselho de Administração do Sebrae, Jorge Parente, continuará à frente da Comissão Temática de Responsabilidade Social da CNI, cuja posse da nova diretoria ocorrerá nesta quarta-feira, em Brasília.

Jorge aceitou convite que lhe foi feito por carta, com elogios, pelo novo presidente da entidade, o mineiro Robson Andrade. Na carta, Robson destaca o trabalho “competente” que Jorge realizou à frente dessa comissão temática que levou para outras federações a filosofia da responsabilidade social do empresário.

Caminhão bate em semáfaro na Bezerra de Menezes

76 1

Um fim de tarde que promete muito engarrafamento na Avenida Bezerra de Menezes, na altura da Rua Olavo Bilac. É que um caminhão passou por ali e bateu em um dos semáfaros, fazendo com que a sinalização ficasse desativada.

Patrulheiros da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) estão no local, mas não há previsão de conserto nas próximas horas.

Os motoristas que passarem pelo local deverão ficar atentos.

Fogo atinge o mangue do Cocó

43 5

Homens do Corpo de Bombeiros estão com dificuldades em controlar um incêndio que ocorre na manhã desta segunda-feira (15), no mangue do Cocó.

Segundo a Coordenadoria Integrada de Operações Policiais (Ciops), há duas viaturas no local, mas o fogo não pode ser combatido com mangueiras, por causa do difícil acesso.

De acordo ainda com a Ciops, o fogo teria começado por volta das 10 horas e poderia ter sido causado por ponta de cigarro.

Jefferson defende Lula presidindo o PT

“‘Bob Jef’ está de volta, desta vez em uma entrevista para a revista IstoÉ desta semana. Conhecido por comprar brigas indigestas, o presidente do PTB, Roberto Jefferson, criticou, durante a campanha, até mesmo o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, seu aliado, por ter demonstrado “constrangimento” com sua presença na campanha. Desde que teve seu mandato de deputado cassado na esteira do escândalo do Mensalão – o qual foi o principal denunciante –, Jefferson se tornou uma espécie de palpiteiro político profissional.
Com a autoridade de quem conhece como poucos os labirintos do poder na capital federal, não há assunto sobre o qual ele não tenha uma opinião, uma visão particular ou alguma frase de efeito para disparar. Sobre a presidente eleita Dilma Rousseff, Jefferson é só elogios: “Ela é tocadora de governo. O governo do Lula cresceu a partir da presença dela na Casa Civil”. Mas ele faz um alerta sobre a possível influência no governo de seu desafeto histórico, o ex-ministro José Dirceu. “A Dilma não pode é deixá-lo tomar conta do governo. Ele tem muita ambição”. Nessa entrevista, Jefferson dá uma sugestão para acalmar o partido e ao mesmo tempo ajudar o governo Dilma: “Eu penso que o Lula, para ajudar a Dilma, deve assumir a presidência do PT”.
Em sua opinião, a presidente Dilma pode fazer um bom governo?
Pode, porque ela é capaz. Ela é tocadora de governo. Eu já fazia essa previsão quando fui cassado e o José Dirceu também. Eu dizia: “Ela vai moralizar a Casa Civil, vai arrumar, vai dar tranquilidade ao Lula, porque o José Dirceu está conspurcando a sacristia na beirada do altar. Ela vai limpar a área.” E não deu outra. O governo do Lula cresceu a partir da presença dela na Casa Civil.
 
A Dilma terá a mesma independência de Lula em relação ao PT?
Não. A liderança é dele, não é dela. Penso que o caminho bom para o Lula é ser o presidente do partido. Aí, sim, vai influir nas reformas. Todo presidente de partido tem seu peso. Com sua autoridade política, ele tem de assumir a presidência do PT para ajudar a dar estabilidade ao governo da Dilma. Se ele ajudou a fazer dela presidente, ele vai ter de ajudá-la a governar. E ele, correndo assim a lateris (na margem), fica sempre como o ex-presidente. Assumindo a cadeira do PT, ele vai ter a legitimidade de presidir o partido que tem a presidente da República.
 
O presidente Lula diz que pode ajudar a tocar a reforma política. Não seria melhor ele sair de cena?
Eu penso que o Lula, para ajudar a Dilma, deve assumir a presidência do PT. Ele vai ter de botar freio na turma. Uma coisa é a Dilma. Ela é uma pessoa que pode ser feita de refém muito rapidamente.
 
O PT, então, pode criar problemas para a presidente Dilma?
Certamente, vai criar. Se não reverterem essas coisas de dossiês, de desconstruírem pessoas, de desconstruírem uns aos outros, ficará complicado. Aquela luta tribal parece uma coisa de xiita, a tribo tal contra a tribo tal.
 
Então o sr. acha melhor o Lula agir de forma mais aberta do que trabalhar nos bastidores?
Nos bastidores, ele será uma sombra do poder o tempo inteiro. O que não é bom para ela. As coisas têm de ser claras. A opinião pública exige isso. Penso que ele deve assumir a presidência do PT para dar legítima estabilidade ao governo da Dilma.
 
A presidente Dilma deveria fazer um governo de conciliação?
Claro, ela é ainda uma liderança frágil. Ela é uma liderança que foi feita, ela não se fez, precisa de tempo para amadurecer. Vai entrar pisando com ódio, sendo chicote do Lula? Vai dizer claramente para o Brasil que ela é manipulada, que não tem vontade pessoal? É jogar fora todo o cacife de confiança que conquistou, ainda fragilmente, porque a vitória é do Lula, depois é dela. Ela não se consolidou líder ainda.
Que peso o Aécio Neves vai ter na cena política?
Ele é um grande moderador. Ele vai ser um grande moderador dos ressentimentos que ficaram por causa da radicalização eleitoral.
Há risco de não haver consenso na disputa pela presidência da Câmara entre PT e PMDB?
Eles têm de dividir agora para somar na frente. Se os dois partidos disputarem, os blocos que estão nascendo vão acabar se coligando numa corrente contra a outra e vai haver enfraquecimento de um lado ou de outro. E pode resultar em algo como a eleição do Severino Cavalcanti. Essas coisas, quando começam a rachar, permitem o surgimento dos Severinos. Isso não é bom. Esses homens têm de ter cabeça para não permitir que nasça um novo Severino.
A guerra será acirrada entre PT e PMDB?
Será muito acirrada. A base do PT é muito pobrezinha, um pessoal de sindicato que está chegando agora ao poder. Então, vem com uma fome e uma disposição para o poder muito grande. E, quando chega lá, é um vale-tudo para sentar na cadeira. A ordem é: “Vamos desalojar o outro.” É um negócio muito pesado.
Se convidado, o PTB vai negociar ministério no governo?
Não quero participar dessas conversas. O PTB tem lá seus braços nas bancadas, sei que tem já ambições colocadas, gente até que tem valor para ter, mas não quero conversar sobre isso. Desejo à Dilma todo o sucesso. A bancada do partido já apoia na maioria das vezes o governo no Congresso. No Senado, há um articulador que é amigo dela, o senador Gim Argello, o líder, assim como o Jovair Arantes, na Câmara.
O PR, o PP e o PTB discutem a montagem de um bloco no Congresso para ter mais peso na atuação e negociar cargos. O caminho é esse mesmo?
Entendo que sim. Ainda mais que no PP há um homem do tamanho do Francisco Dornelles a presidir. Penso que é um dos maiores políticos do Brasil. O bloco dá mais força. Ninguém constrói só.
O PTB tem seis senadores e 21 deputados. Essa bancada vai ficar na base do governo?
A tendência é tratar isso com independência. Há temas em que o PTB não pode acompanhar o governo. O PTB não vai negar a governabilidade. Mas, mexer na Previdência para diminuir as condições do trabalhador e do pensionista, o PTB não entra nessa. Mudança na CLT sem consulta à classe trabalhadora, o PTB também não fará. Vamos lutar para derrubar o fator previdenciário.
Como o sr. vê a possibilidade de José Dirceu integrar o governo Dilma?
Se ele for absolvido, ninguém poderá impedir que ele volte. A Dilma não pode é deixá-lo tomar conta do governo. Ele tem muita ambição. Se for absolvido, não vejo nenhum problema de ele voltar.
 
O sr. tem alguma relação com José Dirceu?
A última vez que vi o José Dirceu pessoalmente foi na Comissão de Ética. Não me arrependo do embate que tive. Eu precisava sobreviver moralmente. Eu não me preocupei com o mandato. Por isso, não renunciei, enfrentei até o final a luta. Entrei pela porta da frente e saí pela porta da frente. É mais importante você ficar de pé do que “viver deputado” de joelho. Hoje, eu prefiro conversar com o Palocci. Deixa o Zé em paz lá, no canto dele. Para mim, o Palocci é um dos maiores quadros do PT.
 
Alguém deve ser condenado no processo do Mensalão?
Penso que há no processo muita prova densa contra alguns. Não quero dizer quem serão os condenados.
 
O PTB não elegeu nenhum senador e nenhum governador. O partido ficou menor nesta eleição?
O Sérgio Zambiasi (PTB-RS) não se candidatou nesta eleição. Ele não gostou de Brasília, é muito regionalista. O Zambiasi teve uma proposta irrecusável para voltar para a rádio. Ele tem 60 anos de idade e, com um contrato de dez anos, com a estabilidade que o contrato vai dar, até chegar aos 70, ele vai ter condições, com o salário, de deixar as meninas dele encaminhadas. Ele tem dez anos para fazer isso. É um homem humilde, que nunca fez um patrimônio. Para o governo, perdemos por 5% no Amapá, no final, para o candidato do PSB. Lutamos no Piauí também, com o João Vicente.
 
Os governadores do PSB estão defendendo a recriação da CPMF. O que o sr. vê numa eventual volta do imposto?
É conversa mais para governador, no Nordeste, onde tem pouca indústria, o comércio não é tão forte, não há classe média forte. É coisa mais de oligarquia, de coronelismo. Nas regiões Sul e Sudeste, onde se pagam 64% de todo o imposto arrecadado no País, isso tem peso muito forte. A CPMF é o canto da sereia do PSB, que está agindo bem. São os governadores do PSB, mais o Anastasia de Minas, criando uma terceira força. Para mim, o partido que saiu mais forte da eleição foi o PSB. Mas eu penso que a Dilma não devia empalmar esse discurso, que é o discurso da vingança. A Dilma não devia virar chicote na mão do Lula para bater na oposição e se vingar da derrota que o Lula sofreu em 2007, quando a CPMF foi derrubada. Ela não pode começar pelo ódio, tem de começar pelo amor.
 
Por que o sr. declarou voto no primeiro turno ao Plínio de Arruda Sampaio, se apoiava Serra?
O Serra fez questão o tempo todo de se mostrar constrangido com meu apoio: “Olha, estou constrangido, mas recebi apoio do PTB.” É uma coisa muito ruim. Não gostei do papel do Serra comigo. Isso é pior do que ser adversário, você tratar o amigo com constrangimento. Isso é um negócio muito pesado. Não gostei, ele não foi firme comigo. Não conversou, não teve interlocução. Não conversei com o Serra após a eleição. Foi só uma vez, na casa do Geraldo Alckmin, a 40 dias da eleição. Eu não sei se ele conversa com alguém.
 
Qual o futuro de José Serra?
Ele deve disputar a eleição para prefeito em São Paulo. Não acho que ele vai pendurar as chuteiras. Ele tem todas as chances de suceder o prefeito Gilberto Kassab. O Serra ainda é moço, tem 68 anos.
 
Qual o sentimento de ficar inelegível para o cargo de deputado?
É muito frustrante para mim. Apesar de eu estar com muita liberdade para construir o PTB, viajando, não tendo de ficar preso no plenário de manhã até de madrugada, sinto falta do debate parlamentar. Estou aguardando a decisão do STF. Vamos ver se, pelo menos em 2014, a gente consegue disputar a eleição.

(Revista IstoÉ)

Cartões: Na Justiça, o crédito tem sido do consumidor

149 milhões em todo o País

O ano de 2010 deverá fechar com 149 milhões de cartões de crédito circulando em todo o País, com um faturamento previsto em R$ 26 bilhões. Tamanho ganho não é refletido nas disputas entre empresas de cartões e consumidores, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que tem dado crédito ao lado mais fraco.

Muitos consumidores têm sido indenizados por erros ou abusos das empresas de cartões de crédito, segundo dados do próprio STJ. As empresas têm conseguido ganhos de causas, em instâncias inferiores, no caso de compras efetuadas após o furto do cartão, mas a decisão tem sido revertida em Brasília.

Segundo a Quarta Turma do STJ, o consumidor que comunica o furto de seu cartão no mesmo dia em que ele ocorre não pode ser responsabilizado por despesas realizadas mediante a falsificação de sua assinatura. Para o STJ, o consumidor estaria sendo punido pela agilidade dos falsificadores.

(Este Blog com o site do STJ)

Polícia acredita que cadeirante tenha articulado fuga em massa de delegacia

99 4

delegado Jairo Pequeno

O assaltante Anderson Célio de Oliveira Freitas é apontado pela Polícia como o preso que articulou a fuga em massa no 35º Distrito (Curió), na madrugada deste domingo, 14, depois que sete homens invadiram a delegacia e libertaram 13 acusados de tráfico de drogas, assaltos, estelionato e furto.

Segundo o delegado Francisco William Cordeiro, titular do 35º DP, cinco presos que permaneceram na cela prestaram depoimento pela manhã e disseram que Anderson Célio estava agitado e não dormiu. O inspetor que tomava conta dos presos também prestou depoimento e afirmou que os homens não mencionaram libertar nenhum preso, mas levaram o cadeirante no braço e deixaram cair um medicamento que deveria ser usado por Anderson Célio. Até o fim da tarde, nenhum preso havia sido recapturado.

Anderson Célio havia sido preso no último dia 3, por roubo de carro, na companhia de Marcos Antonio Sousa do Nascimento, no município do Eusébio, na Região Metropolitana. De acordo com a Polícia, o assaltante ficou paraplégico, depois que levou quatro tiros nas costas, durante uma disputa por território de tráfico de drogas.

SUPERLOTAÇÃO

O diretor do Departamento de Polícia Especializada (DPE), delegado Jairo Pequeno, disse que a Polícia Civil não possui estrutura para manter 640 presos em delegacias, desde que a Justiça determinou o não envio de detentos a presídios na Região Metropolitana.

“Há um mês estamos sem transferência de presos. Não sou de questionar decisões judiciais, mas a superlotação nas delegacias coloca a sociedade em risco. Além das fugas, as delegacias também enfrentam problemas com presos doentes, alguns deveriam estar em manicômios. Mesmo com 10% ou 11% acima da capacidade, os presídios possuem estrutura infinitamente maior que as delegacias”, comentou o diretor para este Blog.

Segundo Jairo Pequeno, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) deverá recorrer esta semana da decisão da Justiça, como forma de desafogar as delegacias. “Por mês, cerca de 400 presos são transferidos para os presídios”, ressaltou o delegado.

Educador social sofre traumatismo craniano após rebelião no Cecal

“Dois educadores sociais foram encaminhados ao Instituto Dr. José Frota após um início de rebelião no Centro Educacional Cardeal Aloísio Lorscheider (Cecal), no bairro Planalto Ayrton Senna, na manhã desta sexta-feira, 12. Francisco Erialdo Soares, 32 anos, sofreu afundamento de crânio e passa por cirurgia. Já Francisco José Oliveira de Almeida, 27, realizou exames no hospital.

O princípio de rebelião deixou sete educadores sociais feridos, agredidos por 12 internos, que se amotinaram no bloco 2 da unidade. s informações foram passadas pelo orientador das células de medidas socioeducativas do Ceará, Weyds Cavalcante. Dois educadores ficaram feridos com maior gravidade.

Segundo o orientador, nove internos seriam maiores de 18 anos, já que o Cecal é o único centro no Brasil que recebe jovens de até 21 anos. Os nove já foram encaminhados para o 19º DP. Os três adolescentes não foram imediatamente levados para a Delegacia da Criança e do Adolescente pois seria avaliado o grau de participação deles no caso.

Nas agressões, os internos utilizaram barras de ferros, pedras, cadeados e outros materiais. Após a chegada dos policiais, o tumulto foi controlado. Weyds Cavalcante explicou que não teria havido um motivo específico para o ocorrido e que fatos como este não acontecem com frequência.”

(O POVO Online)

Acrísio Sena reúne apoiadores para elaborar "Carta de Princípios"

32 3

O vereador Acrísio Sena, candidato à presidência da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Fortaleza, reuniu nesta sexta-feira, 12, um grupo formado por 24 vereadores. Durante o encontro, realizado no hotel Amuarama, o petista deu inicio à elaboração de sua plataforma administrativa, dentro da disputa que travará com o atual presidente da Câmara Municipal, Salmito Filho (PT).

Ficou acertado que a chapa de Acrísio a ser formatada defenderá a independência no poder legislativo municipal, reforçará a relação da Casa com os movimentos sociais e entrará na discussão sobre reforma política.

Até quinta-feira da próxima semana, Acrísio deverá divulgar o que qualificou de “Carta de Princípios” de sua candidatura à Câmara Municipal.

PSDB marca reunião de Comissão de Ética para fazer "limpeza"

49 2

A executiva estadual do PSDB decidiu nesta sexta-feira, 12, durante reunião na sede partidária, convocar a Comissão de Ética do partido para reunião na próxima terça-feira, 16. Segundo o presidente em exercício dos tucanos, deputado federal Raimundo Gomes de Matos, o objetivo é avaliar situações de infidelidade partidária registradas no pleito deste ano no Estado.

Gomes de Matos não citou nomes, mas garantiu que quem não tiver cumprido diretrizes de respaldar nomes do PSDB no último pleito, será convidado a deixar a legenda.

Também ficou acertado para quarta-feira uma reunião da executiva estadual com a bancada tucana na Assembleia Legislativa. A ordem é discutir uma posição dos parlamentares em relação à disputa da presidência da mesa diretora do legistivo estadual.