Blog do Eliomar

Categorias para Sem categoria

TCE visitará escolas para verificar ações de melhoria do ensino médio

O presidente do tribunal acompanha ações.

Avaliar o grau de implementação das recomendações feitas pelo TCE Ceará na auditoria operacional de avaliação da gestão escolar e infraestrutura dos estabelecimentos públicos de ensino médio do Estado. Eis o objetivo das visitas técnicas que serão realizadas a partir desta quinta-feira (16) e que se estenderão até o próximo dia 24, pelo Tribunal de Contas a nove escolas de ensino médio localizadas em Fortaleza, Aquiraz, Aracati, Canindé, General Sampaio, Itarema e Camocim.

Nesta quinta-feira, às 10h30min, a visita será feita à EFM Irmão Urbano Gonzalez Rodrigues (Av. Cônego de Castro, 4055 – Parque São José), em Fortaleza.

O monitoramento faz parte das atividades desenvolvidas pelo Tribunal, por meio da Gerência de Avaliação de Políticas Públicas, a fim de contribuir para o aperfeiçoamento da gestão pública. Os trabalhos de monitoramento consistirão em aplicação de entrevistas com os gestores escolares e verificação das instalações físicas das escolas.

Na primeira intervenção, o TCE Ceará fez 31 recomendações à Secretaria da Educação para melhoria do ensino médio no Estado. As nove escolas foram avaliadas, durante auditoria coordenada realizada em 2013/2014, e compõem uma amostra de 30 escolas de nível médio selecionadas naquela oportunidade.

Auditoria Operacional

A Auditoria Operacional do Ensino Médio foi realizada após adesão do TCE Ceará, em 2013, ao Acordo de Cooperação proposto pelo Tribunal de Contas da União (TCU), para realização, em conjunto com outras 29 Cortes de Contas brasileiras, de auditoria coordenada, com foco nos problemas que afetam a qualidade da educação na etapa do ensino médio.

Além dos aspectos de legalidade, a Auditoria Operacional compreende a avaliação das políticas públicas e das atividades governamentais pautada em critérios de economicidade, eficiência, eficácia, efetividade, equidade, sustentabilidade e transparência. Todas as recomendações feitas pela Corte de Contas estão descritas na Resolução nº 1879/2016, de 26/7/2016, Processo nº 04072/2013-6, de relatoria da conselheira Soraia Victor.

Calendário de visitas

16/02/2017
Fortaleza
EEFM Irmão Urbano Gonzalez Rodrigues

DATA

20/02/2017
Fortaleza
José de Barcelos EEEP

DATA

20/02/2017
Canindé
Orlando EEEP Capelão Frei

DATA

21/02/2017
General Sampaio
Edite Alcântara Mota EEM

DATA

21/02/2017
Aracati
Barão de Aracati EEM

DATA

22/02/2017
Itarema
Maria Venâncio EDEFM

DATA

22/02/2017
Aquiraz
Manoel Senhor de Melo Filho EEM

DATA

23/02/2017
Camocim
Monsenhor Expedito da Silveira de Sousa EEEP

DATA

23/02/2017
Aquiraz
Coronel Osvaldo Studart EEFM

Aplicativo

Durante as visitas, o TCE Ceará iniciará as atividades de desenvolvimento do Programa de Acompanhamento das Escolas Estaduais, que visa oferecer um canal direto de comunicação entre as escolas estaduais e o Tribunal.

A Corte de Contas já está desenvolvendo um aplicativo próprio, que permitirá à comunidade escolar (alunos, pais/responsáveis, conselheiros escolares, professores e coordenação) interagir com o TCE Ceará por meio do uso de smartphones. O objetivo é acompanhar, sistematicamente, as condições gerais de funcionamento das unidades escolares.

A equipe técnica fará um levantamento de informações relevantes para enfrentamento de possíveis fragilidades relacionadas à área educacional. Desta forma, o TCE Ceará poderá ofertar ações para corrigir os problemas, inclusive com o uso do Programa de Acompanhamento das Escolas Estaduais.

A Escola de Contas do TCE Ceará, Instituto Plácido Castelo, acompanhará a equipe de fiscalização. Em cada unidade, o IPC vai realizar o Programa Agente de Controle, que consiste na divulgação do trabalho desenvolvido pela Corte de Contas para o controle dos gastos públicos, indicando ao cidadão mecanismos fundamentais para fiscalizar a correta aplicação dos recursos públicos estaduais.

Sérgio Moro fica irritado com advogados de Okamoto

foto-sergio-moro-juiz-federal

O juiz Sergio Moro irritou-se com a defesa de Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula, durante audiência na última quinta (9). O entrevero aconteceu ao final do depoimento do ex-presidente Fernando Henrique, testemunha de Okamotto.

Isso porque a defesa decidiu gravar o depoimento. “Houve uma grave irregularidade consistente na gravação de vídeo da audiência por um dos presentes sem que tivesse havido autorização do Juízo. conteúdo da gravação irrelevante, mas ainda assim trata-se de irregularidade que não deve se repetir”, disse o juiz na ata da audiência.

Segundo o advogado de Okamotto, Fernando Fernandes, a postura de Moro foi ilegal. “A lei estabelece, que a gravação pode ser realizada diretamente por qualquer das partes, independentemente de autorização judicial e os advogados não podem se submeter a ordens ilegais que afronte as nossas prerrogativas”, disse.

(Veja Online)

AMC vai ampliar fiscalização nas ciclofaixas

A fiscalização eletrônica de infrações em ciclofaixas será ampliada em Fortaleza. De acordo com a Autarquia Municipal de Trânsito (AMC), até maio os equipamentos que fazem os registros das infrações devem ser homologados e, até abril, a nova funcionalidade será implantada na avenida Domingos Olímpio. Atualmente, apenas a avenida Beira Mar possui fiscalização eletrônica integral na ciclofaixa, registrando veículos que estacionam e circulam irregularmente no espaço.

A intensificação nas ações de segurança da rede cicloviária acompanham o aumento de ciclovias e ciclofaixas da Capital. Até julho, serão 50 novos quilômetros (km) na malha cicloviária, totalizando 249 km em toda a Cidade. Algumas das vias contempladas serão parte do Anel Cicloviário, que fará a ligação de todas as regiões da Cidade. Ao todo, serão 46 km da estrutura, que deve ser concluída até o fim de 2018.

As ações do Programa de Expansão da Infraestrutura Cicloviária foram anunciadas pelo prefeito Roberto Cláudio (PDT), na tarde de ontem, na sede da AMC. “Essas ações estimulam o uso da bicicleta e melhoram a política de segurança viária, reduzindo o número de acidentes”, considerou.

De acordo com ele, houve uma redução de 36% para 16% no número de acidentes fatais com bicicletas em Fortaleza, no último ano.

Avenida Antônio Sales, nas proximidades do Parque do Cocó, fará parte do Anel Cicloviário - a ser concluído no fim de 2018
Avenida Antônio Sales, nas proximidades do Parque do Cocó, fará parte do Anel Cicloviário – a ser concluído no fim de 2018

Anel Cicloviário

A primeira fase do projeto do Anel Cicloviário, que foi dividido em quatro trechos, fará a ligação da avenida Santos Dumont com a Praia do Futuro (2,3 km) e do Cocó com a Santos Dumont (2,2 km). A avenida Castelo Branco (entre a rua Jacinto Matos e a avenida Pasteur – 1,5 km) também passará a ter estrutura cicloviária.

(O POVO)

Sem alardes e sem alterações, Senado aprova MP do Ensino Médio e texto vai a sanção

O plenário do Senado aprovou, nessa noite de quarta-feira, a Medida Provisória que trata da Reforma do Ensino Médio. O texto foi aprovado por 43 votos favoráveis e 13 contrários e seguirá agora para sanção do presidente da República, Michel Temer. A MP não sofreu alterações em relação ao texto final da Câmara dos Deputados.

Entre as principais mudanças estão a ampliação de 50% para 60% a composição do currículo da etapa de ensino preenchido pela Base Nacional Comum. Os 40% restantes serão destinados aos chamados itinerários formativos, em que o estudante poderá escolher entre cinco áreas de estudo: linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e formação técnica e profissional. O projeto prevê que os alunos poderão escolher a área na qual vão se aprofundar já no início do ensino médio.

Quando passou pela Câmara, a medida recebeu emenda restabelecendo a obrigatoriedade das disciplinas de educação física, arte, sociologia e filosofia na Base Nacional Comum Curricular, que estavam fora do texto original. A oposição no Senado tentou obstruir a votação e apresentou diversas sugestões de emenda para tentar modificar o texto, mas elas foram rejeitadas pela maioria do plenário.

Foi mantida ainda a permissão para que profissionais com notório saber, ou seja, sem formação acadêmica específica para lecionar, possam dar aulas no ensino técnico e profissional. Isso permitirá, por exemplo, a um engenheiro dar aulas de matemática ou física e não mais necessariamente um professor com licenciatura nessas áreas.

Craga horária

A proposta também estabelece uma meta de ampliação da carga horária para pelo menos mil horas anuais no prazo máximo de cinco anos para todas as escolas do ensino médio, com apoio financeiro do governo federal.

(Agência Brasil)

Juiz manda soltar Zé de Amélia, que passará a usar tornozeleira eletrônica

ze-de-amelia1

O ex-presidente da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte (2009 e 2010), José Duarte Pereira Júnior, o Zé de Amélia, foi posto em liberdade nessa segunda-feira. Ele estava preso desde o dia 28 de novembro de 2015, na Penitenciária Regional do Cariri, acusado de desviar recursos da Prefeitura da cidade.

“Zé de Amélia ficou preso por 463 dias. Até o fim do processo, ele será monitorado por uma tornozeleira eletrônica. O processo do ex-vereador está em fase final, mas não há previsão de conclusão.

Na última sexta-feira, 3, o juiz Péricles Vitor Galvão, da 2ª Vara Criminal de Juazeiro do Norte, aceitou o pedido de habeas corpus da defesa do ex-vereador no Tribunal de Justiça do Ceará, por reconhecer que o acusado não oferece risco para o andamento do processo de investigação.

Mercado financeiro reduz projeção da inflação deste ano para 4,64%

O mercado financeiro reduziu pela quinta semana seguida a projeção para a inflação, este ano. Desta vez, a estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) caiu de 4,70% para 4,64%. As estimativas fazem parte do boletim Focus, uma publicação semanal elaborada, todas as semanas, pelo Banco Central (BC), com base em projeções de instituições financeiras para os principais indicadores econômicos.

A projeção para a inflação este ano está bem próxima do centro da meta de inflação, que é 4,5%. Para 2018, a estimativa para o IPCA segue em 4,5%.

A projeção de instituições financeiras para o crescimento da economia (Produto Interno Bruto – PIB – a soma de todas as riquezas produzidas pelo país) este ano, foi ajustada de 0,50% para 0,49%. Para o próximo ano, a expectativa é que a economia cresça 2,25%. A projeção da semana passada era 2,2%.

Para as instituições financeiras, a Selic encerrará 2017 em 9,5% ao ano e 2018 em 9% ao ano. Atualmente, a Selic está 13% ao ano. A Selic é um dos instrumentos usados para influenciar a atividade econômica e, consequentemente, a inflação. Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso gera reflexos nos preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Quando o Copom diminui os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle sobre a inflação.

(Agência Brasil)

Ciro Gomes faz visita a Lula no Hospital Sírio-Libanês

c

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebe nesta sexta-feira, 3, amigos, familiares e políticos no Hospital Sírio-Libanês enquanto aguarda o procedimento que identifica a morte cerebral da ex-primeira dama Marisa Letícia da Silva. Entre as pessoas que vieram prestar solidariedade, está a ex-presidente Dilma Rousseff, que chegou no local ao meio-dia e às 14h40 ainda estava com Lula.

O ex-governador do Ceará e ex-ministro de Lula Ciro Gomes (PDT) fez uma visita de 30 minutos acompanhado do governador do Ceará, Camilo Santana (PT). “É um momento muito sofrido mas ao mesmo tempo Lula se demonstra preocupado com os filhos e com o futuro do Brasil”, disse Gomes após a visita.

O protocolo para atestar a morte encefálica de Marisa deve ser finalizado após as 18h, conforme a equipe médica. A doação de órgãos já foi autorizada. A família pretende realizar o velório amanhã no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, segundo os visitantes que conversam com o ex-presidente.

Prouni 23017 – Termina nesta sexta-feira o prazo de inscrição

Os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano passado têm até as 23h59 (horário de Brasília) de hoje para se inscrever no Programa Universidade para Todos (Prouni). As inscrições podem ser feitas pela internet, no site do programa.

No total, serão oferecidas 214.110 bolsas de estudos, número que representa crescimento de 5% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram ofertadas 203.602 bolsas. O Prouni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação em instituições privadas de educação superior de todo o país. A seleção dos candidatos, com base nas notas do Enem, alinha inclusão à qualidade e mérito dos estudantes com melhor desempenho acadêmico.

Do total de bolsas ofertadas, 103.719 são integrais e 110.391 parciais — o governo federal cobre 50% da mensalidade. Para acesso ao processo seletivo, na página eletrônica do programa, o candidato deve informar o número de inscrição e a senha usados no Enem. É possível escolher até duas opções de curso, por ordem de preferência.

O resultado da primeira chamada será divulgado na próxima segunda-feira (6) e o da segunda chamada, no dia 20 de fevereiro.

Podem concorrer os estudantes que não tenham diploma de curso superior e tenham alcançado o mínimo de 450 pontos no Enem; tenham cursado o ensino médio em escola pública ou, na condição de bolsista integral, na rede particular e comprovem renda familiar de até um salário mínimo e meio para a bolsa integral e de até três salários mínimos para a parcial. Também podem participar pessoas com deficiência e professores da rede pública que integrem o quadro permanente da instituição de ensino.

(Agência Brasil)

Numero de famílias endividadas cai para 55,6% em janeiro

Dados divulgados hoje (2) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) indicam que o percentual de famílias com algum tipo de dívida fechou o primeiro mês do ano em 55,6%, o menor resultado desde junho de 2010. Em dezembro do ano passado, este percentual era 56,6%, resultado 0,1 ponto percentual menor. Já em janeiro de 2016, o percentual chegava a 61,6%, neste caso um endividamento ainda maior: 6 pontos percentuais de diferença.

Os números fazem parte da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), apurada pela CNC, que atribuiu a melhora à sazonalidade do período. Apesar da redução no percentual das famílias endividadas, em janeiro o percentual dos inadimplentes – famílias sem perspectivas de pagamento de suas dívidas – aumentou em 0,6 ponto percentual de dezembro de 2016 para janeiro deste ano.

Para a economista da CNC, Marianne Hanson, a queda está relacionada ao fato de que “muitas famílias receberam o décimo terceiro salário, o que permitiu a quitação de dívidas, além da redução do crédito, associada a um menor consumo das famílias”.

Inadimplência

Os dados da CNC indicam que o percentual de famílias que tinham dívidas ou contas em atraso neste início do ano foi de 22,7%, 0,03 ponto percentual menor em relação aos 23% de dezembro de 2016. Neste caso, o menor patamar desde novembro de 2015. Na comparação anual, o índice teve queda de 1 ponto percentual.

Já o percentual de famílias que disseram que não terão como pagar as dívidas e, portanto, vão continuar inadimplentes, aumentou, passando de 8,7% em dezembro do ano passado para 9,3% em janeiro deste ano. Em janeiro do ano passado, esse percentual era de 9%.

Também houve, segundo a CNC, um “leve” aumento na proporção de famílias que se declararam muito endividadas. Em dezembro de 2016, este percentual era de 13,8%, passando para 13,9% do total das famílias em janeiro deste ano. Na comparação anual, (janeiro 2016 e janeiro 2017), houve alta de 0,3 ponto percentual.

(Agência Brasil)

Deputados receberão cartilha sobre Reforma da Previdência

Uma das principais dificuldades que o governo vislumbra para aprovar a reforma da Previdência é a complexidade do tema, pelo menos para boa parte dos deputados.

A equipe técnica que cuida do projeto preparou uma cartilha com explicações de diferentes níveis de profundidade a serem entregues às excelências.

Quem já manda do riscado lê direto a última parte, que contém os detalhes e trechos mais complexos. Os parlamentares que comparam a reforma a uma obra escrita em grego podem recorrer aos primeiros capítulos, uma espécie de apresentação em PowerPoint, com imagens e resumos dos trechos mais importantes do texto.

(Veja Online)

Servidores municipais vão à Câmara Municipal cobrar reajuste de salário

283 2

Sindifort-001

O Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos de Fortaleza (Sindifort), com apoio da Intersindical e da Frente Povo Sem Medo, fará ato de protesto, a partir das 9 horas desta manhã de quarta-feira, na Câmara Municipal

O protesto faz parte da Campanha Salarial 2017 realizada pelo Sindifort para reivindicar o reajuste salarial para servidores municipais, moradia, aporte financeiro para o IPM Saúde, dentre outros pontos de pauta. O ato questiona ainda o “pacote de maldades” que o prefeito Roberto Cláudio (PDT) anunciou e que traz corte de gastos.

Durante o ato será feito o lançamento de uma Cartilha Sobre a Reforma da Previdência, mostrando os prejuízos que a mesma traz aos servidores públicos municipais. O Sindifort distribuirá 20 mil exemplares da cartilha, buscando mobilizar a categoria contra a reforma previdenciária.

DETALHE – A data base dos servidores municipais é 1º de janeiro de 2017 e para recuperar perdas salariais, os servidores reivindicam reajuste de 13,60%.

Prouni 2017 – Inscrições já podem ser feitas

A partir de hoje (31), os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano passado podem se inscrever no Programa Universidade para Todos (Prouni). As inscrições podem ser feitas pela internet, no site do programa. O período de inscrições se encerrará às 23h59min, no horário de Brasília, de 3 de fevereiro.

No total, serão oferecidas 214.110 bolsas de estudos, número que apresenta um crescimento de 5% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram ofertadas 203.602 bolsas. O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação em instituições privadas de educação superior de todo o país. A seleção dos candidatos, com base nas notas do Enem, alinha inclusão à qualidade e mérito dos estudantes com melhor desempenho acadêmico.

Do total de bolsas ofertadas, 103.719 são integrais e 110.391 parciais — o governo federal cobre 50% da mensalidade. Para acesso ao processo seletivo, na página eletrônica do programa, o candidato deve informar o número de inscrição e a senha usados no Enem. É possível escolher até duas opções de curso, por ordem de preferência.

O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 6 de fevereiro e o da segunda chamada, no dia 20.

Podem concorrer os estudantes que não tenham diploma de curso superior e tenham alcançado o mínimo de 450 pontos no Enem; tenham cursado o ensino médio em escola pública ou, na condição de bolsista integral, na rede particular e comprovem renda familiar de até um salário mínimo e meio para a bolsa integral e de até três salários mínimos para a parcial. Também podem participar pessoas com deficiência e professores da rede pública que integrem o quadro permanente da instituição de ensino.

(Agência Brasil)

índice que reajusta aluguel avança 6,65% em 12 meses

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado no reajuste de alugueis, registrou alta de 6,65% no acumulado de 12 meses até janeiro, segundo a Fundação Getulio Vargas. Em janeiro, a alta foi de 0,64%, ante 0,54% em dezembro. Em janeiro de 2016, a variação foi de 1,14%.

O resultado do IGP-M é calculado com base nos preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) apresentou taxa de variação de 0,70%. No mês anterior, a taxa foi de 0,69%. Contribuiu para o avanço o subgrupo alimentos processados, cuja taxa de variação passou de -0,15% para 0,39%.

O índice do grupo Bens Intermediários variou 1,05%, superior a dezembro, quando a taxa variou 0,53%. O principal responsável por este movimento foi o subgrupo combustíveis e lubrificantes para a produção (-0,51% para 5,70%).

Matérias-primas brutas variaram 0,91% em janeiro, ante variação de 1,96%. Os itens que mais contribuíram para este movimento foram: soja em grão (0,38% para -4,20%), minério de ferro (17,53% para 13,08%) e aves (-0,76% para -3,73%). Em sentido oposto, destacam-se: leite in natura (-6,34% para -1,78%), milho em grão (-6,17% para -4,30%) e minério de alumínio (-1,16% para 5,36%).

(Agência Brasil)

X Bienal da UNE – Estudantes vão conhecer a Fortaleza fora dos cartões postais

Fortaleza recebe desde ontem, até a próxima quarta, 1/2, a 10ª Bienal da UNE. A Bienal da UNE é o maior festival estudantil da América Latina e está recebendo mais de 5 mil estudantes de todos os estados brasileiros, segundo informações da assessoria do evento.

Dentro da programação da X Bienal da UNE, que acontecerá até quarta-feira, com eventos e show no Centro Dragão do Mar, uma programação diferente para os estudantes nesta segunda-feira. Eles conhecerão a Fortaleza fora da programação turística tradicional.

Dentro do Projeto “#LadoC”, circularão em pontos da periferia. A programação começa às 9 horas no Centro Dragão do Mar. Até terça-feira, 10 circuitos serão contemplados, incluindo a Região Metropolitana, percorrendo do Centro à periferia, do urbano ao rural, de comunidades indígenas a coletivos de hip-hop.

DETALHE – O “#LadoC da Bienal da UNE” pretende promover a circulação e o diálogo dos estudantes brasileiros com a diversidade das expressões culturais cearenses.

The Economist traz entre destaque a morte de Teori

teori-zavascki-jpg-756x379_q85_box-0541086598_crop
Na edição desta semana, a revista The Economist traz em sua capa o movimento de recuo das multinacionais. Segundo a revista, o tom agressivo protecionista de Trump é incomum e em muitos casos esse discurso está retrógrado. As empresas multinacionais já estavam em retirada antes das revoltas populistas de 2016.
O desempenho financeiro das multinacionais caiu e parece não superar mais empresas locais. Muitas delas parecem ter esgotado sua capacidade de cortar custos e impostos e de se sair melhor que os competidores locais.
Brasil: A tragédia envolvendo Teori, Ministro do Supremo Tribunal Federal, destaca a crescente influência política na suprema corte.

Governo vai fazer mudanças na Lei Rouanet

 

O ministro da Cultura, Roberto Freire, disse hoje (24) que o governo vai anunciar mudanças na Lei Rouanet ainda este mês. Em participação ao vivo no programa A Voz do Brasil, Freire disse que a aplicação da lei, que permite a empresas e pessoas físicas patrocinar eventos culturais e descontar o investimento de seus impostos, será limitada para torná-la mais democrática e descentralizada. As alterações serão feitas por meio de instrução normativa.

“Nós estamos discutindo a sua limitação em termos de valor, de participação, não permitindo a cartelização. Democratizar esse acesso, ao mesmo tempo buscar mecanismos que levem a Lei Rouanet para outras regiões brasileiras que não são muito atendidas pela força do mercado que concentra investimentos no Sudeste e no Sul e levar para o Norte, Nordeste e Centro-Oeste.”, disse.

Segundo Freire, ao longo dos anos a Lei Rouanet tem ajudado “e muito” na divulgação da cultura nacional, mas foi mal utilizada em alguns casos. “Não porque contenha desvios, mas aqueles que a utilizaram, desviaram, e isso gerou um certo clima e demonização até da Lei Rouanet.”

Segundo o ministro, a população tem a percepção equivocada de que a Lei Rouanet serve apenas para financiar espetáculos e shows. “Os nossos museus e bibliotecas não existiriam se não fosse a Lei Rouanet. Agora mesmo tivemos em São Paulo a tentativa de restaurar o Museu da Língua Portuguesa, que é algo único no mundo. Um museu que cuida de uma língua viva e é importantíssimo. Sofreu um incêndio e a sua restauração está sendo feita pela Lei Rouanet”,

(Agência Brasil)

Ex-prefeito de Medellin é conferencista em seminário sobre Políticas Inovadoras para Cidades

aibaklai

Anibal Gaviria, ex-prefeito de Medellin, é um dos conferencistas.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, ao lado do governador Camilo santana, vai abrir, às 14 horas desta quinta-feira, no Marina Park Hotel, o Seminário Internacional de Políticas Públicas Inovadoras para Cidades. Especialistas brasileiros e estrangeiros vão dividir com gestores municipais de Fortaleza experiências aplicadas em áreas como mobilidade urbana, gestão pública e saúde.

O ex-prefeito de Medellín (Colômbia), Aníbal Gaviria, a presidente mundial do World Wide Fund for Nature (WWF), Yolanda Kakabadse, o ex-vice-ministro de Infraestrutura da Colômbia, Javier Hernández, e a diretora-executiva do Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde, Carina Vance, estão entre os conferencistas do evento que se estenderá até sábado.

A programação do evento inclui, ainda, nomes relevantes no cenário brasileiro, como o ex-ministro Ciro Gomes; o Presidente do Conselho de Administração do Porto Digital do Recife, Silvio Meira; o Presidente Executivo do Movimento Brasil Competitivo, , Cláudio Gastal; o Presidente do Instituto de Pesquisa – Locomotiva, Renato Meirelles; o Diretor Executivo da Fundação Estudar / Fundação Lemann, Tiago Mitraud. No sábado (28), Ciro Gomes encerra o evento com o painel que trata da perspectiva para vida nas cidades brasileiras nos próximos 4 anos.

Medellin

O caso da cidade de Medellín, que vai ser apresentado pelo ex-prefeito Aníbal Gaviria. Medellín foi destaque no cenário mundial como referência em planejamento urbano após longo período de degradação e violência urbana. Em 2013, a cidade colombiana recebeu o título de “Cidade Mais Inovadora do Planeta”, segundo o Wall Street Journal e o Urban Land Institute. Uma cidade que, nos anos 90, tinha índice de criminalidade atingindo o número de 429 mortes por 100 mil habitantes. Hoje, o número de assassinatos foi reduzido para 14.

DETALHE – Na programação do seminário, o vice-presidente do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), Hely Olivares, e o prefeito Roberto Cláudio lançarão o livro “Políticas Pro-Inclusión: Herramientas prácticas para el desarrollo integral de las cuidades en América Latina”, de autoria dos consultores da CAF Pablo Vaggione e Elisa Silva. Na publicação, Fortaleza é destaque como um exemplo próspero em suas Políticas de Desenvolvimento de Baixo Carbono e as iniciativas em mobilidade urbana.

CNI oferecerá consultoria para futuros exportadores

A Confederação Nacional da Indústria venceu um edital do AL-Invest, um programa europeu de incentivo ao desenvolvimento de empresas latino-americanas, e vai prestar consultoria gratuita a 500 empreendedores que querem exportar seus produtos.

A entidade embolsará R$ 800 mil para tocar a empreitada no Brasil e começará a receber os projetos das indústrias interessadas em julho.

A CNI estima que cerca de 100 empresas beneficiadas pela iniciativa conseguirão exportar a partir de 2018.

(Veja Online)