Blog do Eliomar

Categorias para Sem categoria

O Brasil de Bruno Rafael

Com o título “O Brasil de Bruno Rafael”, eis artigo do jornalista Renato Abê, do O POVO. Uma boa leitura neste fim de tarde de quarta-feira para quem quer refletir sobre cidadania e ousadia. Confira:

Leiam este texto com olhos de quem assiste a um vídeo gravado na horizontal a pedido do William Bonner. Estou diante da Escola Estadual de Ensino Profissional Balbina Viana Arrais, em Brejo Santo. O zoom é voltado à sala da turma de Edificações I. À frente de meninos de 14 a 16 anos, lá está o professor Bruno Rafael Paiva.Parado, não sabe o que fazer. Eis o Brasil que eu quero.

No mesmo Estado onde uma professora foi punida por ministrar conteúdo de cultura afro-brasileira, é bonito ver que a situação tem jeito. Bruno dá aula de artes e está com esses alunos há apenas dois meses, substituindo colega de licença médica. Em pouquíssimo tempo, ele conseguiu cativá-los a ponto de motivar a turma a elaborar uma rifa. Organizados, conseguiram o montante de R$ 400 para aplacar a ausência de salário daquele profissional —justificada pelos imbróglios contratuais.

Essa capacidade de autogestão pegou a escola de surpresa. É que aquele grupo é conhecido como o mais danado da instituição. A ação foi prova de que, por trás dessa inquietação, pulsa uma turma cheia de ideias que não cabem na estrutura muitas vezes limitante do ambiente escolar. Reparem na beleza da homenagem. Criatividade tem ali e muito.

Já a saga de Rafael escancara as dificuldades de professores na Capital e no Interior. No extremo oposto de um juiz com auxílio-moradia, vive um docente cuja opção de casa se tornou a própria escola. Sem salário, Bruno, morador do Crato, não tinha como bancar aluguel em Brejo Santo. O caso é uma triste brecha na estrutura do Estado que ostenta o número de 77 das 100 melhores escolas públicas do País, segundo o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (2015).

Graduado em música pela Universidade Federal do Cariri (UFCA), o professor leciona há quatro anos, mas esse foi o “dinheiro mais valioso” já recebido por ele, conforme disse em entrevista à Fátima Bernardes.

Através do empenho dos alunos, a história desse cearense ecoou em todo o País. É inspirador, uma aula aberta sobre empatia, articulação e atrevimento. No vídeo que trouxe essa história à tona, Rafael afirma, trêmulo: “Vocês não podiam ter feito isso”. Ainda bem que a turma é danada.

*Renato Abê

orenatoabe@gmail.com

Jornalista do O POVO.

Marcha dos Prefeitos – Ciro falará no encontro

Brasília vive, até quinta-feira, uma nova marcha dos prefeitos Eles cobram da União mudanças no ISS e os royalties do petróleo, hoje pagos, com valores bem maiores, para o Rio, São Paulo e Espírito Santo.

O Ceará participa com uma caravana formada por cerca de 200 membros (prefeitos, vices, vereadores e assessores).

Nesta terça-feira, a marcha abrirá espaços para ouvir as propostas do presidenciável Ciro Gomes (PDT).

Metrofor – Consórcio interessado em trecho do projeto tem habilitação negada

O consórcio formado pela Construtora Ferreira Guedes e pela espanhola Sacyr Construcción teve sua habilitação negada para a licitação de obras de R$ 1,7 bilhão do metrô de Fortaleza pela Procuradoria-Geral do Estado do Ceará. A informação é do jornal Valor Econômico.

A dupla havia sido a única a entregar, no dia 10 de maio, documentação para a execução das obras de um projeto que tem sido alvo de uma série de contestações judiciais.

Vencido inicialmente em 2013 pela espanhola Acciona em parceria com a Cetenco, que depois foi substituída pela construtora Marquise, as obras até o momento avançaram pouco mais de 3% por falta de repasse de recursos.

A ruptura do contrato com os vencedores originais, em fevereiro, abriu a possibilidade para a realização de uma nova disputa. Avaliada em R$ 1,7 bilhão, a licitação visa a implantação das obras civis e sistemas e aquisição de equipamentos de oficina da chamada “Fase 1” do projeto.

Na decisão, a procuradoria-geral alega que a Sacyr não apresentou registro do governo federal para funcionamento do Brasil. O consórcio terá cinco dias para apresentar recurso e oito dias para entregar novos documentos de habilitação.

Camilo testa popularidade no Cariri: almoça com camelôs e ganha aplauso de jovens

Em seu giro pela Região do Cariri, nesta segunda-feira, o governador Camilo Santana (PT) aproveitou para testar sua popularidade. Ao entregar o Shopping Popular (Camelódromo) do Crato, situado no Centro desse município,

Camilo ganhou abraços e distribuiu selfies à vontade. Acabou ficando para almoçar com permissionários. No menu, galinha à cabidela, com arroz e farofa ded cuscuz.

Camilo ainda visitou algumas obras no Cariri e encerrou sua visita naquela banda do Estado entregando o Centro Cearense de Idiomas (CCI) de Juazeiro do Norte, que vai funcionar na 15 de Novembro s/n, no bairro São Miguel.

O governador fez discurso, prometeu ampliar esse serviço, mas continuar também investindo em escola profissionalizante de tempo integral. Camilo atraiu caravanas de jovens.

(Fotos – WhatsApp)

VAMOS NÓS – A campanha, gente, já começou.

Junta Comercial utiliza tecnologia avançada para reforçar segurança do seu banco de dados

A Junta Comercial do Estado do Ceará está implementando a tecnologia blockchain, de última geração, para garantir a segurança e a imutabilidade dos documentos registrados no seu banco de dados. Nesta terça-feira (22), às 10 horas, no auditório da autarquia, a presidente da Jucec, Carolina Monteiro, apresentará essa tecnologia. O evento contará com apresentação do especialista em tecnologia e presidente da TCI, Mário Lima, e da especialista em Blockchain e cofundadora da Star Labs, Nathalia Nicoletti.

A tecnologia Blockchain é o que há de mais moderno em termos de transparência de transações, tornando o banco de dados dos registros ainda mais seguro, garante a Juced que, nos últimos meses, tem investido em tecnologia O objetivo é simplificar e agilizar o processo de registro de empresas no Ceará, iniciado com o armazenamento de dados em nuvem para utilização pelo Sistema de Registro Mercantil, lançado em maio de 2017.

A Jucec será o primeiro órgão do Estado e a primeira junta do país a utilizar a inovação tecnológica blockchain (também conhecido como “o protocolo da confiança”). Essa tecnologia traz como benefícios a alta qualidade de dados, integridade do processo, transparência e imutabilidade, confiabilidade e longevidade, pois devido às redes serem descentralizadas, a blockchain não tem um ponto central de falha e é mais resistente a ataques maliciosos, adianta a dirigente da Jucec.

IFCE aguarda dotação orçamentária para preencher 550 vagas de professor e técnico-administrativo

O Instituo Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) não está entre contemplados com a portaria nº 447, do Ministério da Educação que autoriza a contratação de mais 1.205 professores e técnico-administrativos, divulgada na última semana.

É o que informa a assessoria de imprensa do reitor Virgílio Araripe, do Instituto, adiantando que a instituição ainda está com 550 vagas dessas categorias prontas para preenchimento. O problema é a falta de dotação orçamentária para proceder as nomeações.

No total, serão 810 vagas para professores e 395 para técnico-administrativo em educação.

Vovô homenageia as mamães alvinegras

O Ceará Sporting Club ganhou apoio do seu mais nova patrocinador, Algar Telecom, no Brasileirão. Algumas mães torcedoras do time foram surpreendidas com uma ação emocionante durante a partida contra o América Mineiro, na última segunda-feira, 14, na Arena Castelão.

Depoimentos de filhos e maridos foram exibidos no intervalo da partida. Os depoimentos serão exibidos com exclusividade no programa Vozão TV, da rede de canais Premiere, no domingo (20), às 10 e às 13 horas, e, na segunda (21), às 11h30min.

(Foto – Divulgação)

Em clima de palestra, presidenciável Manuela D’Ávila lota teatro da Unifor

A presidenciável do PCdoB, deputada estadual Manuel D’Ávila, testa, nesta manhã de sexta-feira, sua popularidade. Ela lota o Teatro Celina Queiroz, da Unifor, em clima de palestra. Aborda o tema “O Futuro da Nação e a Universidade que Queremos”.

Após esse compromisso, a pré-candidata dará entrevista coletiva na Assembleia Legislativa.

Já às 14 horas, Manuela D’Ávila se deslocará com lideranças do PCdoB até o bairro Bom Jardim, onde conhecerá o trabalho do Instituto Katiana Pena. Essa entidade trabalha com crianças e jovens em situação de risco, oferecendo atividades culturais como dança.

Às 17 horas, Manuela seguirá para o auditório Murilo Aguiar, da Assembleia Legislativa, onde apresentará seu plano de governo. Isso em clima de debate.

(Foto – Jâmia Figueiredo)

Prefeito Naumi Amorim apoiará reeleição de Camilo Santana

Em meio a uma solenidade em Caucaia, nessa noite de quinta-feira, com a presença de Onélia Leite, primeira-dama estadual, o prefeito Naumi Amorim (PMB) avisou: apoia a reeleição de Camilo Santana (PT).

Um a menos no bloco da oposição. Naumi integra o grupo de Domingos Filho e do deputado federal Domingos Neto (PSD).

DETALHE – Naumi entregou a Praça Mais Infância do distrito de Jurema. Com ele, a primeira-dama municipal, Erika Amorim, pré-candidata a deputada estadual.

(Foto – Divulgação)

Era Geisel – Crimes à espera de punição

481 1

Com o título “Crimes à espera de punição”, eis artigo do jornalista Plínio Bortolotti, que pode ser conferido no O POVO desta quinta-feira. Ele aborda documentos a CIA que falam de crimes da Era Geisel. Confira:

É chocante o memorando da CIA (a central de inteligência americana), datado de 11 de abril de 1974, registrando que o ditador, general Ernesto Geisel, “informou ao general (João) Figueiredo que a política deveria continuar, mas que extremo cuidado deveria ser tomado para assegurar que apenas subversivos perigosos fossem executados”. A “política”, no caso, era o extermínio físico de adversários do regime. Figueiredo, na época chefe do Serviço Nacional de Informação (SNI), viria a se tornar o último presidente do ciclo militar.

Nesta reunião macabra, descrita pelo então diretor-geral da CIA, William Colby, também estavam os generais Milton Tavares de Souza e Confúcio Danton de Paula Avelino, “respectivamente o ex-chefe e o novo chefe do Centro de Inteligência do Exército (CIE)”, anotou Colby. Ele acrescenta que “o general Milton relatou que cerca de 104 pessoas, nessa categoria (subversivos), haviam sido executadas sumariamente pelo CIE durante o último ano, ou pouco mais de um ano. Figueiredo apoiou essa política e defendeu sua continuidade”. Geisel concordou, ordenando que “quando o CIE detivesse uma pessoa, que poderia ser enquadrada nessa categoria, o chefe do CIE deveria consultar o general Figueiredo, cuja aprovação deveria ser dada antes que a pessoa fosse executada”.

É um relato perturbador, porém não surpreendente. Seria impossível que o massacre contra os “comunistas” fosse apenas “excesso” de setores extremistas, sem conhecimento de seus chefes. Antes, foi uma política organizada com o método do terror.

O Brasil vai continuar pagando por não ter punido militares que cometeram esses crimes hediondos, preferindo um “esquecimento” hipócrita, que mancha a imagem do Exército, e obriga uma geração de militares – que nada tiveram com as faltas de seus antecessores – a carregar uma culpa que não é deles.

Alguns insanos vão dizer que a “guerra” em que vivia o País justifica a atitude dos militares. Mas, mesmo em uma guerra, é crime assassinar prisioneiros. Portanto, não há desculpa possível. Apenas crimes à espera de punição.

*Plínio Bortolotti

plinio@opovo.com.br

Jornalista do O POVO.

Enem 2018 – Inscrições terminam nesta sexta-feira

Os estudantes que querem fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018 têm até as 23h59 de amanhã (18), no horário de Brasília, para fazer a inscrição, pela internet, na página do participante do Enem. Até as 18h de quarta-feira (16) foram registrados 5 milhões de inscritos.

Mesmo os candidatos que pediram isenção da taxa do Enem devem fazer a inscrição para a prova. O pagamento da taxa para quem não conseguiu a isenção, no valor de R$ 82, deve ser feito até o dia 23 de maio nas agências bancárias, casas lotéricas e agências dos Correios. Os concluintes do ensino médio da rede pública têm direito à isenção no ato da inscrição, mesmo aqueles que não tiverem solicitado a isenção.

Para se inscrever, o participante deverá apresentar o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e do documento de identidade e criar uma senha. O candidato precisa também informar um endereço de e-mail válido e um número de telefone fixo ou celular, que serão usados para enviar informações sobre o exame.

Com o fim do prazo de inscrição nesta sexta-feira (18) também se encerra a possibilidade de alterar dados cadastrais, a opção do município onde o estudante quer fazer a prova e a opção de língua estrangeira. Os candidatos que precisarem de atendimento especializado têm que fazer o pedido no ato da inscrição.

Para o uso do nome social na prova do Enem, o pedido poderá ser feito entre os dias 28 de maio e 3 de junho. As provas do Enem serão aplicadas em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro. Os resultados serão divulgados em janeiro.

(Agência Brasil)

Brasil ocupa segunda posição em penúltimo ranking antes da Copa

A seleção brasileira masculina se mantém em segundo lugar no ranking da Federação Internacional de Futebol (Fifa), atrás apenas da Alemanha. A lista divulgada hoje (17) é a penúltima antes do início da Copa do Mundo da Rússia, que começa em 14 de junho.

O próximo ranking será divulgado uma semana antes do início da competição, em 7 de junho. As 47 primeiras colocações da lista mantiveram-se inalteradas em relação a abril. Abaixo do Brasil, aparecem as seleções da Bélgica (3º), Portugal (4º), Argentina (5º), Suíça (6º), França (7º), Espanha (8º), Chile (9º), Polônia (10º), Peru (11º), Dinamarca (12º), Inglaterra (13º), Tunísia (14º), México (15º), Colômbia (16º), Uruguai (17º), Croácia (18º), Holanda (19º) e Itália (20º).

Dos 20 primeiros colocados, o Chile, a Holanda e a Itália estão fora da Copa do Mundo. Dos times que participarão da competição, apenas a Arábia Saudita mudou sua colocação em relação ao ranking de abril, ao subir da 70ª para a 67ª posição. Apesar disso, os sauditas continuam sendo os participantes da Copa com pior desempenho na lista.

(Agência Brasil -Foto – AFP)

 

Adolescente é assassinado dentro de escola da cidade de Horizonte

Um homicídio foi registrado no início da tarde dessa quarta-feira, 16, dentro de uma escola do município de Horizonte (Região Metropolitana de Fortaleza). Um jovem, que segundo informações preliminares já havia sido baleado, teria entrado nas dependências da instituição para se proteger, mas acabou morrendo. Uma criança teria sido atingida pelos disparos.

A ocorrência foi na Escola José Eduardo de Souza, no bairro Zumbi. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o adolescente foi abordado e alvejado por dois homens que estavam em uma motocicleta. A Polícia Militar e a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) estiveram no local. A vítima, conhecida pelos amigos como ‘Deivin Lima’, não estava fardada com uniforme do colégio no momento da ação.

Diligências estão sendo realizadas para localizar os autores do crime. A Polícia Civil, por meio da SSPDS, reitera que populares podem contribuir com as investigações repassando informações por meio do disque denúncia 181 e também para o telefone da Delegacia Metropolitana de Horizonte. O sigilo é garantido.

Museu da Indústria participa da Semana de Museus com programação gratuita

O Museu da Indústria, equipamento do Sesi/Ceará, participam com várias atividades gratuitas, até o próximo (20), da XVI Semana Nacional de Museus, temporada cultural promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). A temporada comemora o Dia Internacional de Museus (18 de maio), com o tema “Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”. Confira:

*Trilha Conexões Culturais

Por meio da visita aos espaços culturais do Centro de Fortaleza, será feita reflexão sobre as relações entre espaços de museu e o Centro da cidade. A trilha terá início no Museu da Indústria e seguirá para o Sobrado Dr. José Lourenço, Museu do Ceará e Centro Cultural Banco do Nordeste. A atividade acontece nesta quinta-feira, 17, das 15 às 16 horas.

*Contação de Histórias

No dia 19/5, das 9h30min às 10h30min, será contada a história “A lenda da Carnaúba”, baseado no livro de mesmo nome publicado na década de 1930. Como atrativo, a história será contada por meio do uso da técnica de teatro de sombras. Podem participar crianças a partir de 7 anos.

*Cine Club Luiz Severiano Ribeiro

Voltado para pessoas a partir de 16 anos, no dia 19/5, das 15 às 16 horas, acontece exibição da produção de curtas-metragens cearenses, que têm como temática a cidade, a história, a memória e a cultura cearense.

*Apresentação Teatral

A peça teatral “Do Siará ao Ceará – uma expedição poética”, que aborda a história do desenvolvimento econômico do Ceará do período colonial aos desafios atuais será apresentada no dia 20/5, das 10h30min às 11h30min. É voltada para crianças a partir de 7 anos. Deve ser preenchido um formulário para cada participante, inclusive crianças.

SERVIÇO

*Museu da Indústria – Rua Dr. João Moreira, 143 – Centro

*Mais informações – (85) 3201.3901.

(Foto – Divulgação)

Bolsonaro é o presidenciável mais citado no Twitter

Jair Bolsonaro (PSL) foi o presidenciável mais mencionado no Twitter na semana passada. É o que informa um estudo do PSBI, consultoria de Big Data, que está analisando os tweets com menções aos presidenciáveis.

A pesquisa, divulgada pelo jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo, mostra que o perfil oficial de Bolsonaro foi marcado 195.261 vezes. Os demais pré-candidatos, somados, tiveram 236.165 citações.

Apesar da popularidade, a maioria das menções, 49% delas, foram negativas. As positivas foram 46% e as neutras 5%.

Preto Zezé é pré-candidato a deputado estadual pelo PCdoB

O presidente da Central Única de Favelas (Cufa), Preto Zezé, vai tentar carreira política. Filiado ao PCdoB, deverá disputar cadeira de deputado estadual.

Ele, inclusive, levará a presidenciável Manuela D’Ávila para uma visita ao bairro Bom Jardim, nesta sexta-feira à tarde, onde ela conhecerá o Instituto Katiana Pena, que trabalha, por meio de atividades culturais, com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

DETALHE – Preto Zezé vai pelo PCdoB porque seu grupo, de atuação nacional, não conseguiu legalizar o Partido Favela do Brasil.

(Foto – O POVO)

Copom divulga nesta quarta-feira nova taxa básica de juros

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) vai se reunir, nesta tarde de quarta-feira (16), em Brasília, para definir a taxa básica de juros, a Selic. O anúncio está previsto para as 18 horas.

Com a inflação baixa, o mercado financeiro espera pelo último corte na Selic, no atual ciclo de redução. Em março, o Copom reduziu a Selic pela décima segunda vez seguida, de 6,75% ao ano para 6,5% ao ano, o menor nível desde o início da série histórica do Banco Central, em 1986.

A taxa básica de juros é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve de referência para as demais taxas de juros da economia.

Ao reduzir os juros básicos, a tendência é diminuir os custos do crédito e incentivar a produção e o consumo. Para cortar a Selic, a autoridade monetária precisa estar segura de que os preços estão sob controle e não correm risco de subir. Na última reunião do Copom, o BC sinalizou que faria mais uma redução da Selic em maio e encerraria os cortes na taxa.

(Agência Brasil)

Investigados em operações da PF usam Refis para driblar a fiscalização da Receita Federal

Empresas e pessoas físicas investigadas nas operações Lava Jato, Zelotes e Ararath, da Polícia Federal, conseguiram parcelar, no último Refis, R$ 3,85 bilhões de autuações decorrentes de fraudes e sonegação, segundo levantamento oficial da Receita Federal, obtido pelo Estadão/Broadcast. Ao aderirem ao programa, além de conseguirem descontos generosos e ganhar um prazo maior para o pagamento, também se livraram de responder a processos por crime fiscal.

Para o secretário de Fiscalização da Receita, Iágaro Martins, isso mostra uma distorção no sistema. “O que causa a impunidade tributária no País é a certeza que ele vai ter um Refis e não vai ser preso. Por quê? Ele vai pagar o tributo”, disse. Ele fez uma comparação entre esses sonegadores e uma pessoa que rouba uma bicicleta e que, mesmo devolvendo o objeto roubado, continua respondendo pelo crime de roubo. “No crime tributário, o sujeito sequer é denunciado. A não equivalência de valores é muito discrepante”, criticou.

O coordenador-geral de Fiscalização da Receita, Flávio Vilela Campos, explicou que se os sonegadores não respondem por crime contra a ordem tributária enquanto estiver pagando as parcelas. Segundo ele, decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) entendeu que todos os contribuintes que aderiram ao parcelamentos passaram a ter parte do crime de sonegação suspensa. “Quitando o parcelamento, está extinto o crime”, afirmou.

“Esse Refis permite que pessoas envolvidas em corrupção e todo tipo de malfeitos se beneficiem de um sacrifício que é feito por todos nós, contribuintes que pagam em dia”, criticou o diretor de assuntos técnicos da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receitas (Unafisco), Mauro Silva. Ele afirmou que os auditores vão entrar com um recurso no STF questionando se os contribuintes que aderem aos programas de parcelamento precisam desses benefícios, como descontos em multas e juros.

Para a tributarista Elizabeth Libertuci, ao aderir ao Refis, os investigados nas operações da PF reparam em parte o que lesaram aos cofres públicos. “A grande discussão que se coloca é eliminar o crime tributário pagando o imposto. Está correto isso ou não está correto? Eu entendo que está correto, porque a preocupação do erário diante do crime tributário é muito maior em ter uma satisfação econômica do que ter uma punição social”, afirmou.

Investigação

A maior parte da dívida parcelada – R$ 3,34 bilhões – partiu de pessoas e empresas envolvidas na operação Lava Jato, que investiga um esquema de lavagem de dinheiro que movimentou bilhões de reais e colocou a Petrobrás no centro da distribuição de propinas. Além da Lava Jato, a Receita também autuou investigados nas operações Zelotes – que apura esquema de compra de votos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), última instância para recorrer das autuações do Fisco – e Ararath – esquema de lavagem de dinheiro e de desvio de recursos públicos no governo de Mato Grosso.

*Com Estadão aqui.

Togas vão se reunir em Fortaleza para discutir gargalos da Justiça Federal.

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta quarta-feira:

A presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministra Laurita Vaz, virá abrir o encontro do Centro de Inteligência do Judiciário Federal que ocorrerá, nesta quinta e sexta-feira, na sede da Justiça Federal, em Fortaleza. A informação é do desembargador federal Cid Marconi, que responde, no momento, pela presidência do Tribunal Regional Federal, da 5ª Região, com sede no Recife (PE).

Nesses dois dias de encontro, também com a presença do corregedor-geral do STJ, ministro Raul Araújo, os muitos gargalos que emperram o andamento da Justiça Federal serão discutidos. Cid Marconi cita um que continua uma dor de cabeça para essa esfera: os processos no campo das aposentadorias.

Não, não falou se o evento também avaliará, por exemplo, impactos da Lava Jato para o STJ, principalmente nesses tempos de mudanças no foro privilegiado.

(Foto – STJ)

Dólar bate novo recorde e é cotado a R$ 3,661

Pelo terceiro pregão consecutivo, o dólar fechou novamente em alta hoje (15), cotado a R$ 3,661. Assim como ontem (14), a alta da moeda norte-americana bateu recorde e é a maior em dois anos. A última vez que o dólar ultrapassou esse valor foi no dia 7 de abril de 2016, quando encerrou o dia vendido a R$ 3,694.

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, fechou em queda de 0,12%, a 85.130 pontos.

A alta do dólar ocorre mesmo com ajustes na atuação do Banco Central no mercado de câmbio. Na última sexta-feira (11), após o fechamento do mercado, o banco anunciou ajustes nos leilões de contratos de sawps cambiais, equivalentes à venda de dólares mercado futuro. O BC passou a fazer leilões com vencimento em junho e antecipou operações adicionais.

Com os ajustes, ontem o BC iniciou ontem a oferta diária de rolagem integral de 4.225 contratos, com vencimento em junho. Além disso, passou a fazer a oferta adicional de 5 mil novos contratos ao longo do mês e não apenas ao final como estava previsto.

Análise

Mais cedo, o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia afirmou que a alta do dólar nos últimos dias é um movimento internacional de fortalecimento da moeda dos Estados Unidos e que isso tem ocorrido em todos os países emergentes. “O Brasil não está imune a isso”, afirmou Guardia, defendendo a manutenção da estratégia de ajuste fiscal do país.

Após participar da cerimônia de comemoração de dois anos do governo Temer, o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, que também já foi presidente do Banco Central, atribuiu dois motivos para as recentes movimentações do câmbio, com altas sucessivas no preço do dólar. “É normal por duas razões. Em primeiro lugar, a questão internacional. Os países emergentes em geral estão se movendo em função da mudança de perspectiva da economia monetária e taxa de juros americana. E no Brasil, nós temos cada vez mais essa questão eleitoral e ela começa a influenciar a expectativa do mercado”, afirmou. “E eu já dizia isso no ano passado: em um certo momento agentes econômicos começariam a olhar para as pesquisas, começariam a se preocupar”, acrescentou.

Sobre as intervenções do Banco Central, Meirelles avaliou que elas estão sendo bem feitas. “O BC tem que testar exatamente onde está, para onde vai o mercado. Depois não pode deixar faltar liquidez. Mas isso não está acontecendo”, disse.

(Agência Brasil)