Blog do Eliomar

Categorias para Surf Profissional

Praia do Preá recebe etapa do mundial de kite surf

A Praia do Preá, em Cruz (Litoral Oeste), vai ser sede de etapa do Circuito Mundial GKA Kite-Surf Tour 2018. O certame ocorrerá, como etapa brasileira na categoria Strapless, nos dias 20 e 24 deste mês de novembro. Por aqui, o certame ganha nome de Ceará Kite Pro, numa realização da Associação Brasileira de Kitesurg (ABK).

Os três atletas do ranking masculino brasileiro – Marcos Antônio, Rafael Costa e Matheus Silva e a atleta do ranking feminino Marcela Witt, receberam o wildcard (vaga para aqueles que não participam de todo o circuito mundial) para competir.

Marcos Antônio tem apenas 19 anos de idade, é pernambucano, pratica Kitesurf profissional e trabalha como instrutor do esporte. Rafael Costa é atleta profissional da Eleveigh Kites e também compete profissionalmente. Matheus Silva está no Top 3 do Ranking Brasileiro Strapless – Wave, foi Campeão Piauiense de Kite Wave Pro e também venceu o Campeonato Cearense Pro.

Em busca de prêmios que totalizam o valor de 25 mil euros e do título de campeão mundial, Marcos, Rafael, Matheus e Marcela se juntam a nomes reconhecidos como os melhores riders do mundo como Airton Cozzolino, Matchu Lopes, Mitu Monteiro, Camille Dellannoy, Sebastian Ribeiro e Pedro Matos.

O desempenho será acompanhado e avaliado pelos juízes da GKA. Tudeo com chancela e o reconhecimento da Federação Internacional de Vela (World Sailing) e da CBVela (Confederação Brasileira de Vela).

(Foto – Ilustrativa)

Cearense Silvana Lima é o Brasil nas quartas de final do Mundial de Surfe

Aos 33 anos, a cearense Silvana Lima mostrou nesse sábado (31) que ainda possui muito fôlego nais maiores ondas do mundo. Um ano após retornar à elite do surfe mundial, a cearense chegou às quartas de final da etapa de Bells Beach, na Austrália, ao conquistar o segundo melhor desempenho, atrás somente da havaiana Tatiana Weston-Webb.

Vice-campeã mundial, por duas vezes, Silvana Lima luta pelo título inédito, além da participação na Olimpíada de Tóquio, em 2020.

(Foto: Divulgação)

Fortaleza deve ter etapa do Super Surf Brasileiro Profissional em 2016

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=K89Xdjb-8vQ[/youtube]

O cearense Dunga Neto mergulha em mais uma etapa do Super Surf Profissional Brasileiro.

Ele embarcou, nesta quinta-feira, para o certame que, em sua segunda etapa, ocorrerá, neste fim de semana, em Ubatuba, interior de São Paulo, congregando 164 surfistas de todo o País.

Dunga Neto conversou com o Blog sobre o certame que, de acordo com o surfista, deve ter temporada em 2016 na Capital cearense.

Oi fecha patrocínio com mais três surfistas bnrasileiros

73r3gtzbhc_7p38z3z48z_file

A Oi acaba de fechar contrato de patrocínio com mais três surfistas brasileiros que são destaque na WSL, a liga mundial de surfe: Adriano de Souza, o Mineirinho, Filipe Toledo, o Filipinho, e Silvana Lima. A partir de agora, eles se juntam ao campeão mundial Gabriel Medina no time de surfistas patrocinados pela Oi.

Os paulistas Adriano e Filipe ocupam respectivamente a liderança e a vice-liderança da WSL (World Surf League), e a cearense Silvana é a única representante brasileira na liga de surfe.

“O apoio aos surfistas, que estão completamente conectados ao mundo através da mobilidade com as redes sociais, vai buscar mais uma representação do conceito da marca que está em todas as suas campanhas Internet da Oi. Porque seu mundo não para”, destaca Eric de Albanese, diretor Comunicação e Marca da Oi.

Título inédito do Mundial de Surfe é chance para estruturar o esporte no Brasil, avalia dirigente

103 1

O inédito título de campeão do mundo de surfe profissional que o brasileiro Gabriel Medina conquistou nessa sexta-feira (19), no Havaí, pode abrir uma “janela de oportunidades” para a estruturação da modalidade no país, beneficiando atletas de alto rendimento e atraindo novos adeptos. A opinião é do presidente da Confederação Brasileira de Surf (CBS), Adalvo Argolo.

“O Medina é a pessoa certa, no momento certo. O esporte já teve outras oportunidades semelhantes no passado, mas que não receberam a mesma atenção que vimos nos últimos meses. Então, para nós dirigentes, a preocupação é saber aproveitar o momento para não cometermos o mesmo erro que o tênis cometeu com o Gustavo Kuerten, que popularizou o esporte sem que nada fosse feito para garantir a continuidade”, disse.

O dirigente citou o caráter inclusivo do surfe, que conta com escolinhas gratuitas espalhadas por várias cidades do país. “O surfe é hoje um dos esportes que mais favorecem à inclusão social. Há projetos em praticamente todas as grandes cidades do litoral brasileiro, e muitos atletas da elite mundial, como o paulista Adriano Mineiro [atual oitavo colocado do ranking], encontraram no esporte um caminho saudável de ascensão social”.

(Agência Brasil)

Alô Governo, alô Prefeitura, alô empresários. Não descuidemos de nossos verdadeiros patrimônios

Motivo de orgulho para o cearense, diante de inúmeras conquistas internacionais, a surfista Tita Tavares é, principalmente, um exemplo de vida melhor para centenas de jovens moradores da Praia do Futuro, Vicente Pinzón, Serviluz, Castelo Encantado e Mucuripe.

Apesar das conquistas mundiais, a surfista nunca deixou as suas origens. Melhor, sempre se colocou para os jovens dessas comunidades como um modelo de vida saudável, longe da violência comum nessas áreas.

Surpreendida há algum tempo por um hipertireoidismo, a atleta tem tido dificuldades para competir. O hipertireoidismo é causado, principalmente, pelo excesso de iodo na alimentação (mineral abundante na água do mar). O sistema imunológico começa a produzir anticorpos que atacam a própria glândula tireoide. Um sintoma frequente ocorre nos olhos, que ficam parecendo maiores e mais saltados, além de nervosismo, ansiedade, irritação e mãos trêmulas.

Por causa da doença, os patrocinadores desapareceram e o dinheiro que a atleta juntou sequer é suficiente para a compra dos medicamentos. Tita é um patrimônio do Ceará e de Fortaleza. E, assim sendo, merece melhor atenção dos nossos governantes.

Surfista Dunga Neto otimista com o Brasileiro de Surf Profissional

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=OHw2d3M2C-4&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=3&feature=plcp[/youtube]

O surfista cearense Dunga Neto, que está em sétimo lugar no Campeonato Brasileiro de Surf Profissional, retornou nesta tarde de quinta-feira de Santa Catarina, onde estava treinando. Isso para dia 25 próximo tomar a rota da penúltima etapa do certame, que ocorrerá em Guarujá (SP). Depois, tem a última etapa, em Florianópolis.

Dunga Neto diz que a diferença de pontos entre os sete melhores colocados não é grande, daí ter ido treinar em Santa Catarina para se adaptar melhor, já que conhece a fundo Guarujá.