Blog do Eliomar

Categorias para Trânsito

Licenciamento de carros e motos com placas terminadas em 3 vence nesta sexta-feira

A taxa de licenciamento dos veículos com placas terminadas em 3 vence nesta sexta-feira (10). O lembrete é feito pela assessoria de imprensa do Detran. Os proprietários podem emitir o boleto do licenciamento através do site desse órgão ou ainda pelo aplicativo Detran CE que é gratuito e está disponível para download na APP Store e Google Play.

O boleto será gerado mediante a informação da placa e do número do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores). O valor da taxa de Licenciamento para motos é de R$127,82 e para outros veículos é de R$149,12. Caso haja multas vencidas, seus valores serão cobrados no boleto do licenciamento.

O pagamento deve ser feito na rede bancária credenciada, inclusive caixas eletrônicos: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica e Lotéricas. Conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro – CTB – a falta de licenciamento anual é uma infração de trânsito que acarreta em multa e remoção do veículo.

(Foto – Reprodução Youtube)

Roberto Cláudio: “Quanto custa uma vida perdida no trânsito?”

166 1

Com o título “Quanto custa uma vida perdida no trânsito?”, eis artigo de Roberto Cláudio (PDT), prefeito de Fortaleza, que aborda o Maio Amarelo, de prevenções contra acidentes no trânsito em todo o mundo. Confira:

A cada dois dias, pelo menos uma pessoa morre vítima de acidente de trânsito em nossa cidade. Um número que pesa nas estatísticas e que é ainda mais cruel para mães, pais e famílias inteiras que, além do drama humano, vêm até mesmo o sustento familiar ficar ameaçado quando ficam impedidos de trabalhar. Os impactos desse drama silencioso estão nos hospitais, clínicas de reabilitação e se refletem num sofrimento que, muitas vezes, se estende por anos.

O Brasil ocupa, no ranking da ONU, a terceira pior colocação de mortes no trânsito. Apesar do grande desafio, temos conseguido reverter esse quadro aqui em Fortaleza. Graças às estratégias multisetoriais e ao apoio de diversos parceiros, conseguimos reduzir em mais de 40% o número de mortes em nossas ruas e avenidas nos últimos 4 anos. O desafio ainda é enorme, mas é um alento saber que as intervenções implantadas nesse período salvaram nada menos que 460 vidas. Entre 2016 e 2017, a economia gerada com a prevenção para toda a cidade foi da ordem de R$ 140 milhões.

Neste quinto mês do ano, nos juntamos a movimentos nacionais e internacionais para fazer o alerta para a importância da segurança no trânsito. É uma questão de saúde pública, uma epidemia que precisa ser enfrentada por todos com coragem! Estamos avançando na compreensão do problema, com engenharia, fiscalização e educação. Mas para vencermos esse desafio, poder público e sociedade precisam trabalhar juntos.

Para o cidadão, é simples: use sempre o cinto de segurança e o capacete corretamente, nunca beba se for dirigir, e não ultrapasse o limite de velocidade. São medidas simples, recomendadas pela Organização Mundial de Saúde, que ajudam a manter a sua vida e a de outros segura. Nenhuma morte no trânsito é aceitável e podemos prevenir o sofrimento e o transtorno que essa situação impõe.

Iniciamos este mês aderindo à Semana de Segurança Viária da ONU e o alerta vale por todo o Maio Amarelo. Um movimento que precisa do seu engajamento. O tema escolhido pelas Nações Unidas este ano é o de liderança – aquela que existe em cada um de nós para demandar por comportamentos mais seguros no trânsito, para compreender a importância da fiscalização e também das mudanças que a cidade precisa fazer para tornar suas ruas mais seguras para todos, principalmente para os mais vulneráveis.

*Roberto Cláudio

Prefeito de Fortaleza.

(Foto – Divulgação)

Campanha tenta conscientizar motoristas sobre cuidados no trânsito

A sexta edição da Campanha Maio Amarelo tem como tema “No trânsito, o sentido é a vida”. Assim como em 2018, o assunto escolhido propõe o envolvimento direto da sociedade nas ações e uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade.

O movimento é internacional e pretende ser um estímulo a todos os condutores – de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros – a optarem por um trânsito mais seguro e chamar a atenção para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. O laço amarelo é o símbolo do movimento.

O Observatório Nacional de Segurança Viária desenvolveu o mote com uma proposta para que os adultos ouçam o conselho dado por uma criança, que, com sua ingenuidade e inexperiência, tem uma percepção do que é certo e errado com mais eficácia, sem filtros.

“Estamos usando a hastag me ouça e o slogan “No trânsito o sentido é a vida”, onde entendemos que, por meio das crianças e dos jovens sendo protagonistas dessa conscientização, fazemos com que se crie uma percepção de risco, se crie uma atenção maior por parte dos pais, ouvindo aqueles que são os mais frágeis em termos sociais”, disse o Coordenador de Desenvolvimento Institucional do Observatório Nacional de Segurança Viária, Alex Casimiro.

A campanha teve inspiração nos cinco sentidos humanos, numa alusão à sinalização de trânsito. Ou seja, o trânsito é feito de sentidos.

Para utilizá-lo, é preciso entender todos eles. Uma seta no carro da frente indica para onde ele vai virar. Um pedestre com a mão estirada na faixa transmite o sentido de que ele quer efetuar a travessia.

“Só que, de sentido em sentido, fomos ficando egoístas e causando acidentes. Acabamos esquecendo um sentido muito importante: a audição. Precisamos voltar ao começo e ouvir os conselhos de quem não sabe mentir e conhece muito bem o que é certo e o que não é: as crianças. Mas qual é o sentido de ouvir o conselho de uma criança? A resposta é pura e simples: o sentido é a vida”.

É o que enfatiza a campanha. Os vídeos do movimento podem ser acessados aqui.

Para Alex Casimiro, o que mais dificulta a paz no trânsito é o egoísmo dos condutores.

“A visão egoísta no trânsito e na vida como um todo; a pessoa no seu veículo se esquece do seu entorno, e passa a não enxergar o outro; há falta de empatia, então este é o grande problema, a pessoa precisa entender que não é apenas a questão da segurança veicular, não é somente a questão da infraestrutura, enquanto o fator humano não começar a mudar, a gente nunca vai conseguir construir um trânsito mais seguro”, opina.

A abertura oficial da Campanha Maio Amarelo 2019 foi no dia 24 último, em Vitória (ES). O vídeo oficial foi apresentado e distribuído a todas as entidades públicas e privadas para uso irrestrito e gratuito em suas comunidades.

Já o encerramento será no dia 28 de junho, em Natal. Lá, serão condecoradas as iniciativas e ações de empresas, entidades do setor público e sociedade civil organizada, que mais se destacaram no movimento, que tem ações coordenadas em todo o país.

No ano passado, mais de quatro mil ações que levaram à população a mensagem do Maio Amarelo foram realizadas através da página da campanha na internet.

Tanto no Brasil como em outros países, diversas cidades aderiram ao Maio Amarelo, propondo atividades que despertem a conscientização da sociedade por mais paz no trânsito. O tema foi abordado em 27 nações em 2017.

(Agência Brasil)

Servidores do Detran podem paralisar atividades no dia 2 de maio

187 1

Servidores do Detran decidiram, em assembleia geral realizada na manhã desta terça-feira, pelo estado de greve, com indicativo de paralisação geral para o próximo 2 de maio.

A decisão veio com o comunicado do governo estadual, através da mensagem de número 8.347, que detalha a retirada do fator limitador das progressões funcionais, divulga a categoria.  No entanto, o que teria causado o incômodo foi o fato da lei beneficiar somente os servidores que ingressaram em 2019.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores na Área de Trânsito do Ceará (Sindetran/CE), os servidores deveriam ter passado por uma avaliação, a fim de obter ascensões em 2016, 2017, 2018 e 2019, após a implantação do Plano de Cargos e Carreiras (PCCs).

Eles dizem que cerca de 500 trabalhadores serão prejudicados com a medida, adiantando ainda que os aprovados do último certame, conforme estatuto do servidor público, só poderão ser avaliados após três anos.

(Foto – Divulgação)

Audic Mota pede CNH Rural para 23 municípios

Um requerimento de autoria do deputado estadual Audic Mota (PSB) endereçado ao superintendente do Detran, Igor Ponte, acaba de ser aprovado pelo legislativo estadual. O documento pede a inclusão de 23 municípios no Programa da Carteira de Nacional de Habilitação – CNH Rural 2019.

A iniciativa isenta das taxas de emissão e renovação do documento, categorias A e B, os agricultores que possuam Declaração de Aptidão ao Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAP). informa Audic Mota.

Os municípios contemplados com a gratuidade da habilitação seriam: Tauá, Quiterianópolis,Icó, Morada Nova, Parambu, Ibicuitinga, Aiuaba, Milagres, Tejuçuoca, Pacoti, Mauriti, Baturité, Boa Viagem, Ocara, Trairi, Beberibe, Caridade, Aquiraz, Independência, Crateús, Limoeiro do Norte, Saboeiro e Arneiroz.

Os valores das tarifas que serão dispensadas variam entre R$ 212,99 e R$ 462,48. “Trata-se de uma importante pública disponibilizada pelo Governo do Estado, que beneficia os trabalhadores do sertão cearense, facilitando a vida no campo em vários aspectos”, justifica Audi Mota.

(Foto – ALCE)

Vereador quer Zona Azul gratuita para deficiente físico

O vereador Julierme Sena (PROS) apresentou um projeto de Lei garantindo isenção a pessoas com deficiência no pagamento da tarifa Zona Azul de Fortaleza, modalidade de estacionamento público e rotativo. Em Fortaleza o sistema foi implantando em 2014 e atualmente dispõe de 5.500 vagas.

“Essa gratuidade é uma forma de incentivar as pessoas com deficiência a ocupar os espaços públicos, a ter uma vida social e profissional, bem como, facilitar sua mobilidade”, afirma Julierme.

Em seu projeto, ele destaca que só terá direito à gratuidade o veículo que estiver devidamente sinalizado com a identificação de que o proprietário é uma pessoa com deficiência.

O projeto começou a tramitando nas comissões técnicas da Câmara Municipal.

(Foto – Divulgação)

Editorial do O POVO – “Trânsito: sequelas permanentes”

Com o título “Trânsito: sequelas permanentes”, eis o Editorial do O POVO desta terça-feira. Com tema que deve permanecer sempre em discussão. Confira:

Desde ontem, O POVO vem realizando uma série de matérias sobre o trânsito, a partir da realidade local, mas vendo também aspectos gerais que afetam os brasileiros como um todo. O destaque de ontem foi dado ao número de vítimas de acidente de trânsito que ficaram com sequelas permanentes. Só no Ceará são mais de 18 mil vítimas registradas com esse perfil, no ano passado. O impacto de tal mutilação na vida da comunidade, seja na produção, no orçamento público, no desperdício de talentos, no desfalque familiar e afetivo deixam claro que as perdas vão muito mais além dos aspectos tangíveis.

No entanto, parece que a sociedade não se deu conta do que significa ter em seus calcanhares uma ameaça desse porte, que pode desfazer, de um momento para outro, vidas, sonhos e projetos quando mal se esboçam, pois a maior parte de suas vítimas são pessoas em pleno vigor existencial. Por isso, a sensação de perda é multiplicada. Os registros dos pedidos de indenização encaminhados pelas vítimas desvelam o rastro da tragédia: as sequelas permanentes compõem 79,12% dos pedidos encaminhados à empresa Líder, que administra o Dpvat (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestre), no ano passado. E isso porque ocorreu uma queda de 75,7% em relação ao que foi pago como ressarcimento por invalidez permanente (74.741 casos), cinco anos atrás.

Por que houve uma redução tão drástica das estatísticas registradas em 2014? Precisa apurar mais. Há quem atribua isso a uma legislação mais rigorosa para o trânsito (a Lei Seca tornou a fiscalização mais intolerante e a penalidade mais cara para quem dirige tendo consumido qualquer quantidade de álcool), a multiplicação de radares eletrônicos de velocidade instalados no Brasil e à obrigatoriedade de equipamentos e dispositivos de segurança como capacete, airbag, freios ABS. Não se descarta, dentre as causas, a influência da recessão econômica. A ver.

O certo mesmo é que acidentes de trânsito geram no País um impacto financeiro negativo de pelo menos R$ 52 bilhões ao ano. É um desperdício intolerável. O peso disso no orçamento da saúde pública é incontornável. Cerca de 75% dos acidentes se devem a motociclistas. E já há uma constatação da inclusão cada vez maior da bicicleta, pela sua utilização frequente como meio de transporte. Daí surge o alerta para uma atenção especial por parte das autoridades de trânsito a esse novo item.

E aí chegamos a um dos pontos essenciais: é preciso tirar do papel a educação para o trânsito e implementá-la desde as primeiras noções escolares até a universidade. De tanto conviver com o monstro a sociedade “normalizou” a sua letalidade. E isso é o pior que se pode fazer com um perigo mortal: invisibilizá-lo pela normose.

(Editorial do O POVO)

Avenida Santos Dumont terá sentido único no fluxo de carros a partir desta quinta-feira

441 1

A partir da madrugada desta quinta-feira, 11, será implantado desvio para a continuação das obras para a construção do binário da avenida Santos Dumont. O trecho desviado corresponde às ruas Valdetário Mota e doutor Francisco Matos, no bairro Manoel Dias Branco.

Com o desvio, parte da avenida Santos Dumont passará a operar em sentido único, Centro-Praia (oeste-leste). Já o sentido oposto poderá ser percorrido pela rua Desembargador Lauro Nogueira ou pela rua Professor Sila Ribeiro, as quais levam à avenida Dom Luís. Este binário será uma extensão do modelo implantado em 2014 nas avenidas Santos Dumont e Dom Luís.

Avaliada em R$ 8,5 milhões, a implantação do binário está prevista para ser entregue em outubro deste ano. As obras consistem na remoção do canteiro central, construção de sistema de drenagem, implantação de pavimentação asfáltica, ciclofaixas, calçadas padronizadas, sinalização viária e paisagismo.

(O POVO Online/Foto  Mateus Dantas)

Multas – Decisão sobre radares será debatida com critério técnico, diz ministro

O ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, defendeu hoje (3) a decisão do governo federal de suspender um contrato para a instalação de radares em rodovias federais. O ministro foi questionado sobre a determinação durante audiência pública na Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados. De acordo com Freitas, o debate sobre a instalação de radares será feito com base em critérios técnicos.

“As vezes as decisões de onde colocar radar são tomadas de forma pouco técnica, o que a gente está trazendo é uma certa racionalidade para isso. Para que a gente chegue em um [resultado] ótimo em termos de investimento e manutenção. Isso tem que ser reequilibrado e [é] isso que estamos fazendo no momento”, disse o ministro.

A suspensão recai sobre um contrato do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) que previa a instalação de 8.015 radares em cinco anos. A medida foi anunciada no domingo (31) pelo presidente Jair Bolsonaro, por uma rede social, com o argumento de que objetivo principal da instalação seria arrecadar recursos para os estados.

De acordo com o ministro, o governo quer colocar os radares em lugares onde são “necessários” e que o contrato do Dnit previa a instalação excessiva de radares e que o custo chegaria a R$ 1 bilhão. “São vários motivos que levam a acidentes e um deles é o excesso de velocidade. A falta de manutenção, de sinalização e o sono também causam acidentes. A gente começa a perceber que é preciso colocar radar nos locais onde o excesso de velocidade está conectado com acidentes”, disse.

Ontem (2), o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Mario Rodrigues Junior, disse que a agência também vai reavaliar os pedidos de instalação de novos radares nas rodovias que foram concedidas. De acordo com Rodrigues, muitas vezes a instalação de radares é determinada pela geometria da rodovia para se evitar acidentes. Ele disse que nos cerca de 9,7 mil quilômetros de rodovias concedidas à iniciativa privada estão instalados 633 radares.

Carteira de motoristas

O ministro também disse que o governo vai tomar medidas para diminuir o custo para a obtenção da carteira de motorista. De acordo com o ministro, que criticou a exigência do uso de simuladores, há um excesso de burocracia voltado para encarecer o procedimento. Uma delas seria o aumento no prazo para renovação da carteira.

Freitas foi questionado pelo deputado Hugo Mota (PRB-PB) se o afrouxamento das regras para a obtenção da habilitação, em vez de reduzir, poderia aumentar o número de acidentes. “O Brasil não tem uma infraestrutura adequada de trânsito e os dados mostram que a maioria das mortes se dá por excesso de velocidade. Baixar o custo da carteira é importante, mas isso vai acarretar no aumento dos custos da saúde pública”.

O ministro defendeu a redução dos procedimentos e disse que as decisões serão tomadas tecnicamente, ouvindo os diferentes setores. “A desburocratização não vai significar a precarização da formação do condutor. Meu pai morreu atropelado, não vamos brincar com a segurança de trânsito, mas não dá pra ficar com a burocracia estéril”, disse.

(Agência Brasil)

Fortaleza – Sinais luminosos, mas nem tanto…

142 1

Com o título “Sinais luminosos, mas nem tanto…”, eis comentário do leitor Jorge Kerbage sobre o trânsito de Fortaleza e seus semáforos Confira:

Prezado Eliomar de Lima,

Leio sua Coluna/Blog quase que diariamente e noto que você está sempre fazendo críticas construtivas e defendendo o cidadão cearense.
A implantação de sinais luminosos nos cruzamentos de Fortaleza deveria ajudar a escoar, racionalmente, o trânsito. Porém a falta de planejamento faz com que haja um prejuízo em ruas onde a sincronização deveria existir.

A seguir, cito um exemplo. Na Avenida Rui Barbosa, entre o Clube Ideal e até a Avenida Heráclito Graça, existem 9 ( nove ) sinais chegando-se ao absurdo de pararmos até 7 ( sete ) vezes no percurso. Não se concebe parar na Rua Deputado Moreira da Rocha e novamente na Rua Tenente Benévolo; parar na Avenida Santos Dumont e, em seguida, na Rua Torres Câmara; parar na Rua João Carvalho e outra vez na Avenida Heráclito Graça.

Um absurdo inconteste que, além de atrapalhar o fluxo, ainda irrita os motoristas por total assincronia dos semáforos em uma rua que, além de ser mão única, faz parte de um “binário”.

Acredito que isto deva acontecer em outras vias por onde não trafego, mas que, certamente, outros motoristas sentem o mesmo problema.

Onde está a nossa “engenharia de tráfego”?

Atenciosamente,

Seu leitor,

*Jorge Kerbage.

Contran revoga resolução que previa multas a pedestres e ciclistas

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) revogou nessa sexta-feira (1º) a resolução que previa a aplicação de multas para pedestres e ciclistas que cometessem infrações no ambiente de trânsito, circulando fora das áreas permitidas. A medida entraria em vigor ontem, depois de ter sido adiada por 12 meses.

O órgão, subordinado ao Ministério da Infraestrutura, disse que revogou a medida levando em consideração o fato de que o assunto exige discussões que envolvem engenharia, educação e fiscalização de trânsito.

Além disso, o conselho também elencou, entre os motivos, a necessidade de se promover campanhas educativas para o trânsito. O Contran informou ainda que aprovou a realização de um Campanha Nacional de Educação para o Trânsito, até abril de 2020, envolvendo os pedestres, ciclistas e motociclistas. O tema escolhido para a campanha 2019/2020 foi: No trânsito, o sentido é a vida.

“Antes de estabelecer sanções, deve-se promover efetiva campanha educativa para que todos os envolvidos no trânsito respeitem aqueles que são mais vulneráveis e que eles próprios saibam como ter uma atitude preventiva de acidentes”, afirmou o órgão em nota.

(Agência Brasil)

Sindetran não participa de solenidade de posse de novos servidores

O Sindicato dos Trabalhadores na Área de Trânsito do Ceará (Sindetran/CE) não participou da solenidade de posse dos novos servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/CE), nesta sexta-feira (1º), no Palácio da Abolição.

“Queríamos celebrar com os novos servidores e também agradecermos ao governador Camilo Santana, que atendeu à nossa reivindicação e realizou o certame após 39 anos. Mas ignoraram a entidade representativa da categoria”, lamentou Eliene Uchoa, presidente do sindicato.

A sindicalista apontou a necessidade de o Estado chamar também o cadastro de reserva, pois mesmo com a posse dos 383 agentes o Detran/CE ainda permanecerá com déficit.

O levantamento foi realizado pelo Sindetran/CE, após análise comparativa do quadro funcional do órgão, em 1979, há exatos 40 anos, quando o Detran era composto de aproximadamente mil servidores. À época, o Estado tinha uma frota de 150 mil veículos, enquanto atualmente a frota ultrapassa três milhões de veículos no Ceará. Mesmo com a turma recém-empossada, segundo ainda o levantamento, o órgão possui apenas 900 funcionários.

(Foto: Divulgação)

Serviço de parcelamento de multas de trânsito no cartão começa hoje

As multas emitidas pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) poderão ser pagas por meio de parcelamento no cartão de crédito a partir desta sexta-feira, 1º. Além disso, será possível quitar dívidas relacionadas ao veículo, como diárias e remoções.

A nova modalidade está prevista na resolução 736/2018, publicada em julho de 2018, liberada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). De acordo com a AMC, a ação visa “facilitar o pagamento de multas de trânsito e demais débitos relativos aos veículos”.

Segundo o gerente de Operações e Fiscalização da AMC, Disraeli Brasil, os motoristas podem parcelar qualquer débito retroativo. Ele diz que o consumidor pode, por exemplo, pagar uma parte da dívida em dinheiro e fazer o parcelamento do restante no cartão.

O serviço será realizado entre a operadora do cartão e o proprietário do veículo. As empresas que realizam o serviço são credenciadas no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Três empresas estão aptas para fazer o serviço: a Zignet, a Datalink e a Vamos Parcelar. O número de parcelas fica a cargo de cada operadora.

Não existe limite para o valor mínimo ou máximo para o parcelamento. Os encargos ou eventuais diferenças nos preços, que podem ser cobrados por conta da escolha dessa modalidade, ficarão a cargo do titular do cartão de crédito ou débito.

Disraeli diz que o intuito é ampliar os locais de negociação. Ele ressalta que há possibilidade de, futuramente, o serviço ser ofertado online.

O órgão informou que o serviço está disponível no depósito que fica na avenida Juscelino Kubitschek, bairro Passaré, em Fortaleza. Os interessados podem se dirigir também a Central de Atendimento no terceiro andar do Shopping Benfica, na avenida Carapinima.

(O POVO Online / Foto: Mauri Melo)

Igor Ponte é reconduzido ao cargo de superintendente do Detran

568 4

Igor Ponte vai continuar como superintendente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Saiu no Diário Oficial do Estado, nessa quarta-feira, o ato de nomeação assinado pelo governador Camilo Santana (PT). Na última semana, já haviam sido confirmados em seus cargos, também nesse órgão, Luís Fernando Simões como diretor administrativo e financeiro, e Daniel Paiva como procurador jurídico.

Igor Ponte está no órgão desde 2008, quando ocupou a função de procurador jurídico. Em 2013, em razão da saída de João Pupo para a Secretaria de Conservação e serviços Públicos da Prefeitura de Fortaleza, assumiu a superintendência na época do governo de Cid Gomes.

(Foto – Divulgação)

 

Moradores pedem melhorias no trânsito do bairro Ellery

Moradores dos Bairros Ellery e Monte Castelo realizam nesta segunda-feira (21) uma manifestação para reivindicar melhorias no trânsito e sinalização. O protesto ocorreu no cruzamento das ruas Naturalista Feijó e Barão do Crato, a partir das 17h30min.

Segundo o diretor da Associação Comunitária dos Bairros Ellery e Monte Castelo, Wescley Sacramento, as ruas já eram movimentadas, porém, com a instalação do Shopping Rio Mar kennedy e alargamento da avenida Sargento Herminio, o fluxo de veículos aumentou e ocasiona acidentes, entre as principais ruas do bairro.

Instalação de semáforos, redução de velocidade, passagem de pedestres elevadas, sinais para pedestres, são algumas das demandas dos moradores.

(Foto: Arquivo)

Motoristas profissionais poderão fazer curso de reciclagem para limpar histórico de infrações

O Projeto de Lei 10551/18 permite a motoristas profissionais habilitados nas categorias A (motos) e B (carros) que acumularem 14 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) a participação em curso preventivo de reciclagem para limpar o histórico de infrações cometidas no trânsito.

A medida concede ao condutor que utiliza veículo para exercer atividade remunerada a chance de evitar punições mais severas, como a suspensão ou a perda do direito de dirigir, em razão da quantidade de pontos acumulados na CNH.

Atualmente o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97) já prevê a possibilidade de participação em cursos preventivos de reciclagem para motoristas profissionais habilitados nas categorias C, D e E (ônibus e caminhões).
Autor da proposta, o deputado Hugo Leal (PSD-RJ) argumenta que o objetivo é estender a o direito ao curso preventivo também a motoristas profissionais das categorias A ou B.

“São mototaxistas, motofretistas, taxistas e motoristas de aplicativos que, considerando o maior tempo ao volante, estão mais sujeitos a autuações de trânsito”, diz Leal. “Para esses condutores, o documento de habilitação é o seu mais importante instrumento de trabalho, sem o qual eles não podem trabalhar”, disse.

O projeto será discutido e votado de forma conclusiva nas comissões de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

(Agência Câmara Notícias)

Até amanhã – Camilo anuncia convocação dos aprovados do Detran e dos Agentes Penitenciários

228 1

O governador Camilo Santana disse neste domingo (30), por meio do Facebook, que anunciará até amanhã (31) a relação dos aprovados para os concursos do Detran e dos Agentes Penitenciários.

“Amigos e amigas, conforme prometi, ainda hoje e também amanhã, estarei informando a vocês, aqui pelo Facebook, sobre a data de convocação dos aprovados do concurso do Detran, e também o cronograma de convocação da nova turma de agentes penitenciários. Fiquem ligados! Hoje e amanhã já teremos notícias”, declarou.

(Foto: Facebook)

Leitor flagra cidadão pintando faixa de trânsito no Jardim América

Como forma de conter acidentes na rua Carlos Câmara, no Jardim América, nas proximidades da fábrica da Betânia, um homem pintou no asfalto a faixa de “Pare”, neste domingo (25).

A única sinalização no cruzamento é vertical, mas parcialmente encoberta por um poste.

Moradores do bairro Tancredo Neves também realizaram sinalizações horizontais em cruzamentos com histórico de acidentes.

Enquanto isso, o órgão competente…

(Foto: Leitor do Blog)

Sem acordo, Sindetran pede progressão salarial por antiguidade

Após 40 dias sem resposta do Estado sobre reajuste salarial, o Sindicato dos Trabalhadores na Área de Trânsito do Ceará (Sindetran) sugere a descompressão salarial dos servidores públicos do Detran/CE, diante da prioridade do critério de antiguidade.

“Não entendo como tudo funciona no Estado. O governador autoriza uma demanda da categoria, mas logo a superintendência de um órgão desautoriza”, reclamou a presidente do Sindetran, Eliene Uchoa, ao lembrara que Camilo Santana havia sinalizado de forma favorável às progressões salariais dos servidores.

Em setembro último, de acordo com o Sindetran, o superintendente-adjunto do Detran, Pablo Ximenes, havia pedido “um tempo” para análise do projeto que prevê ainda programas de capacitação permanente, além da nomeação dos concursados.

(Foto: Divulgação)