Blog do Eliomar

Categorias para Trânsito

Leitor questiona blocos de concreto entre avenidas Antônio Sales e VirgílioTávora

De Omar Quevedo, leitor do Blog, recebemos a seguinte nota, em tom de cobrança:

Caro Eliomar de Lima,

Aproveito, mais uma vez, este seu precioso espaço. Gostaria que alguém me explicasse a função daqueles blocos de concreto – colocados na Avenida Antonio Sales, no cruzamento com a Avenida Virgílio Távora.

Existem uns dizeres nos blocos: “Somente Trânsito Local”. Mas, metade da Avenida Antonio Sales encontra-se aberta, fazendo com que os veículos que descem pela citada via, façam um verdadeiro funil para prosseguirem no seu percurso, o que causa um grande engarrafamento nos horários de pico, naquela avenida.

Já que os veículos passam pela metade liberada da Avenida Antonio Sales, pergunto: Qual a função então desses blocos interrompendo a outra metade? Somente engarrafar o trânsito?

Sem mais,

* Omar Quevedo.

Ponte Estaiada – Desperdício de dinheiro público?

24 2

Com o título “A Ponte do desperdício”, eis artigo que o deputado federal Eudes Xavier (PT) manda para o Blog. Ele bate duro na decisão do governador Cid Gomes de construir a ponte estaiada sobre o Cocó. Confira:

A pretensão do governador Cid Gomes de construir uma Ponte Estaiada sobre o Cocó se desenha como mais um episódio de desperdício de dinheiro público, agressão ao meio ambiente e de oportunidades para alguns obterem lucro certo, sem risco algum ao seu investimento. O caso beira o surrealismo. A ponte agredirá fortemente ao ecossistema do Cocó. O EIA/RIMA elaborado para o projeto prevê a retirada de 1,47 hectares de mangue e de mais 8,09 hectares de vegetação de dunas. Serão afetadas Áreas de Preservação Permanente (APPs) do manguezal do rio, a faixa marginal do curso de água do Cocó com 50 metros de largura e dunas com cobertura vegetal.

A agressão custará aos cofres públicos 338 milhões de reais, 259 milhões de recursos do PAC. Mas o que poucos sabem é que a justificativa apresentada por Cid para conseguir recursos federais para a obra é de que se trataria de um “Projeto de Melhoria do Sistema de Transporte Coletivo de Passageiros de Fortaleza”. A Portaria 383/2013, do Ministério das Cidades, publicada no Diário da União de 21/08/13, enquadra o projeto no “Programa de Apoio a Sistemas de Transporte Público Coletivo – Programa 2048 – Mobilidade Urbana e Trânsito do PAC. Um absurdo.

Quem conhece a área onde se pretende construir a ponte, arredores da Cidade Fortal, sabe que não há demanda de fluxo de veículos ali. Também não se sustenta dizer que a Ponte servirá para desafogar o trânsito da região, pois não há sentido em imaginar que alguém que se desloca pela Sebastião de Abreu em direção à Washington Soares, vai querer dobrar à esquerda em direção à Cidade Fortal, acessar a ponte, ir parar atrás do Centro de Feiras, e daí chegar à Washington Soares como está projetado.

Se a intenção do Governo fosse melhorar o trânsito, ele poderia prolongar a avenida Miguel Dias, via paralela à Washington Soares. Esse projeto, elaborado pelos técnicos da Prefeitura, teria um custo de não mais que R$ 7 milhões, sem nenhum dano ao meio ambiente, numa via que ligaria o shopping Iguatemi à Cidade dos Funcionários.
Um dado, esse real: a ponte de 338 milhões será mais cara que as obras de drenagem, pavimentação, alargamento de avenidas, construção de 5 túneis e 2 viadutos estabelecidos para as obras da Copa que terão um custo de 232 milhões de reais.

E para completar o surrealismo da situação aparecem agora indícios de irregularidades no projeto de Parceria Público Privada (PPP) de construção da ponte, onde técnicos do TCE apontam uma subavaliação dos terrenos a serem doados pelo Estado aos investidores privados e uma superavaliação das contrapartidas dos investidores. O Governo do Estado tem obrigação de vir a público justificar suas ações nesse caso. Caso contrário ficará a impressão de termos alguém que nos governa sem dar a mínima para os questionamentos do uso do dinheiro público.

* Eudes Xavier
Deputado Federal – PT / Ceará.

Prefeito RC fala sobre a polêmica em torno da obra da Praça Portugal

22 3

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Zp3MCMKmnqU&[/youtube]

Durante exposição do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (PAITT), nesta tarde de terça-feira, para diretores, editores, colunistas e repórteres do O POVO, no Espaço O POVO de Cultura e Arte, o prefeito Roberto Cláudio, claro, falou sobre a Praça Portugal.

As intervenções que ali serão tocadas pela Prefeitura geraram polêmica e discussão. O prefeito Roberto Cláudio abordou o assunto e, para o Blog, garante: surgirão quatro praças na área. Ele até anunciou que, entre sugestões que vem colhendo, resgatará feiras de artesanato para o local.

Prefeito Roberto Cláudio expõe no O POVO seu plano na área de trânsito

27 4

rcco

O prefeito Roberto Cláudio (Pros), com alguns secretários, vai apresentar, nesta tarde de terça-feira, para o Grupo de Comunicação O POVO, o Plano de Ações Imediatas em Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT).

Ele expõe o plano para a direção do grupo, editores e colunistas. Com RC, secretários Águeda Passos (Urbanismo e Meio Ambiente) e Joõ Pupo, de Conservação e Serviços Públicos.

O PAITT foi elaborado por consultoria internacional e se constituiu num amplo diagnóstico sobre um trânsito que recebe cerca de 6 mil veículos por mês. De acordo com esse mesmo diagnóstico exposto pelo prefeito, existem 908 mil veículos para 2,5 milhões de habitantes – dados de 2009 a 2013.

O tempo médio gasto no deslocamento entre casa-trabalho dá uma média de 35 minutos. Isso dado de 2010.

(Foto – Jéssica Welma)

Jogador do Trairiense pode ficar paraplégico após acidente de moto

A vida não será fácil para o atacante Alex Paraíba e o meia Serginho, ambos do Trairiense. Segundo o presidente do clube, Robson Nogueira, pelo menos um deles pode ficar com sequelas graves do acidente ocorrido no último sábado (1º), no trajeto entre Trairi e a praia de Flecheiras, no litoral oeste do Estado.

“Os médicos do IJF (Instituto Dr. José Frota) me disseram que tem 70% de chances do Alex ficar sem os movimentos do corpo, como sequela”, afirma Robson Nogueira. Segundo o dirigente, a situação de Serginho é menos grave, mas inspira muitos cuidados. Ele quebrou as duas pernas e um braço, já Alex Paraíba deve passar por uma cirurgia.

A diretoria do clube promete dar toda assistência aos dois atletas e garante que nenhuma decisão relativa a situação contratual de Alex Paraíba e Serginho será tomada até que recebam alta. “Vamos sentar com o nosso advogado e ver o que podemos fazer por eles. Os dois têm contrato vigente conosco”, ressalta Nogueira.

O acidente ocorreu na noite de sábado quando Serginho e Alex Paraíba deixaram a concentração do clube, na cidade de Trairi para a praia de Flecheiras. Ao passar por um trecho conhecido como “Curva da Morte”, Serginho que pilotava a motocicleta perdeu o controle do veículo que foi atingido por um carro Grand Siena.

Robson Nogueira diz que há uma recomendação da diretoria para que os jogadores do Trairiense evitem sair à noite, mas os atletas, vez ou outra, descumprem a recomendação. “Algumas vezes, eles (Alex e Serginho) saiam e outros jogadores também, mas não era sempre”, conta.

Nogueira afirma que o clima no elenco é muito ruim e não há condições psicológicas do time entrar em campo nesta quarta-feira (5), contra o América, no estádio Abilhão. A partida já teria sido adiada e o Trairiense só vai jogar no sábado (8) contra o Maracanã.

(O POVO Online)

Motoristas devem evitar excessos no Carnaval

foto acidente pfuturo 140302

Leitora do Blog, Evangelina Araújo, servidora na Casa Civil do Governo do Estado, flagrou na tarde deste domingo (2), na Praia do Futuro, um dos excessos do Carnaval.

Segundo a Polícia, o motorista desse veículo estaria dormindo no meio da avenida, quando foi abordado por policiais do Ronda do Quarteirão. De acordo ainda com a Polícia, o motorista teria se assustado com a presença dos policiais e teria tentado empreender fuga.

O motorista foi conduzido para uma unidade de saúde, mas sem gravidade. Segundo a leitora Evangelina Araújo, o local se encontra bem sinalizado e a construtora responsável pela sinalização não teria co-responsabilidade com o acidente.

Fios de poste são arrastados e trânsito fica lento na Santos Dumont

foto trânsito 140226 stos dumont

Motoristas que trafegavam pela avenida Santos Dumont, na manhã desta quarta-feira (26), tiveram que usar da paciência para chegar ao trabalho ou a outros destinos. O trânsito praticamente parou, depois que um veículo de grande porte arrastou os fios de um poste.

O fluxo foi desviado para a rua Monsenhor Bruno, o que gerou lentidão também nas vias paralelas à avenida Santos Dumont.

(Fotos: Evangelina Araújo, leitora do Blog)

Ciclovida lembra um ano da morte de criança atropelada

A Associação dos Ciclistas Urbanos de Fortaleza (Ciclovida) realizará, a partir das 18 horas desta terça-feira, uma manifestação em memória de Adrian Menezes Duarte, marcando um ano desde o atropelamento e a morte da criança. Adrian, com 5 anos de idade, dirigia-se à escola em uma bicicleta guiada por um adulto, quando foi atingido por um veículo de transporte alternativo.

No local, será realizado Die-in – manifestação em que os ciclistas deitam no chão, representando os ciclistas mortos. Os ciclistas também arrecadarão doações para o custeio de transporte escolar para o Arthur, irmão do Adrian, tendo em vista que a Prefeitura não oferece transporte escolar público para os moradores da comunidade, que se localiza próximo ao local do falecimento.

Imagens de câmeras de segurança mostram que o motorista da van realizava ultrapassagem sem manter a distância de segurança de 1,5m da bicicleta, prevista no art. 201 do Código de Trânsito Brasileiro, quando atingiu o ciclista, derrubando a criança e passando com o veículo por cima de seu corpo. O motorista da van, que se encontra em liberdade, foi acusado de homicídio culposo pelo Ministério Público. O processo criminal encontra-se em andamento.

Agentes da AMC ameaçam paralisar nesta quarta-feira de show de Elton John

30 1

Agentes de trânsito da AMC devem paralisar atividades nesta quarta-feira, data em que o cantor Elton John vai se apesentar na Arena Castelão. Há uma assembleia geral marcada para as 12 horas desta quarta-feira, em frente a sede da autarquia, na Praça Estrela.

A categoria informa que a Prefeitura continua sem apresentar uma contraproposta às reivindicações que incluem, por exemplo, correção da jornada de trabalho (de 36 para 30 horas semanais,conforme o Plano de cargos e salários), enquadramento dos agentes no nível superior e melhorias de trabalho.

AMC se pronuncia sobre paralisação de agentes

28 14

Em texto enviado ao Blog, a Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC) se diz surpresa com a paralisação dos trabalhos de agentes, neste fim de semana, após os avanços das negociações em quatro reuniões este ano. Confira:

Apesar do bom andamento das negociações com os agentes de trânsito, a Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC) foi surpreendida com o anúncio da nova paralisação neste fim de semana. Somente em 2014 a categoria já se reuniu quatro vezes com representantes da autarquia e da Prefeitura. O primeiro encontro, no dia 31 de janeiro, teve inclusive a participação do próprio prefeito Roberto Cláudio. Outras três reuniões aconteceram no mês de fevereiro: nos dias 3, 5 e 13. A AMC aguardava resposta ou contraproposta à proposta apresentada no último encontro.

Atualmente, está em negociação a adequação da carga horária dos agentes, de 36 para 30 horas semanais, de acordo com o padrão aplicado à maior parte das categorias que possuem carga horária mensal de 180h/mês.

Para recompor a carga horária necessária ao bom funcionamento da AMC, que precisa atuar também aos sábados, foi oferecida para todos os agentes de trânsito a opção pela suplementação da carga horária semanal em mais 6h/hrs, nos termos no Plano de Cargos, Carreiras e Salários da AMC, o que significa um ganho real de 20% no salário dos agentes.

Sobre a reivindicação de mudança dos agentes de nível médio para nível superior, a Prefeitura informa, assim como já informou à categoria, que se trata de ação inconstitucional, tal alteração não é permitida pela Constituição Federal.

A Prefeitura avalia que uma das Mesas Setoriais que mais avançou durante o primeiro ano de gestão foi a da AMC. Entre os avanços da negociação ocorrida em 2013 estão a ampliação da frota de viaturas com a chegada de mais 49 veículos, fazendo a frota saltar de 29 para 68 viaturas, e a ampliação do número de vagas para gratificação especial de exercício de função (GEEF) concedida aos agentes de trânsito. Ao todo, foram 85 vagas criadas nas quatro categorias que recebem a gratificação: motociclista operacional batedor, de trânsito, assistente de serviços operacionais I e II.

Organização do trânsito

No intuito de garantir a organização do trânsito nos eventos programados para este fim de semana, foi solicitado apoio da Polícia Rodoviária Estadual, que vai cumprir o plano operacional montado pela AMC para o pré-carnaval na Varjota e Praia de Iracema, assim como para o jogo de futebol do domingo, entre Fortaleza e Horizonte, às 16 horas no Estádio Presidente Vargas.

Em decisão do Tribunal de Justiça, expedida nessa sexta-feira (21), em resposta à ação requerida pela Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC), fica determinado que o Sindicatos dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort) “se abstenha de deflagrar qualquer movimento grevista sem a estrita obediência da Lei nº7.783, de 28/06/1989, assegurando, assim, a prestação do relevante serviço em comento, na forma do art.11 da mencionada Lei”, o que incluiu um percentual mínimo de agentes em campo.

(AMC)

AMC sinaliza cruzamento denunciado por leitor do Blog

61 2

De Edvaldo Filho, leitor do Blog e morador do bairro Mereiles, recebemos a seguinte nota:

Caro Eliomar de Lima,

Após a publicação da nossa queixa em seu Blog – com foto, e na Coluna Vertical, que você escreve no O POVO, amanhecemos, nesta sexta-feira, com a sinalização pronta no cruzamento da rua 8 de Setembro com rua Pereira Valente (Bairro Meireles).

Atenciosamente,

Seu leitor,

Edvaldo Filho.

Bloco do Tranca-Rua – AMC deve paralisar atividades neste fim de semana

Agentes de trânsito da Autarquia Municipal de Transito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC) vão paralisar neste fim de semana.

A Prefeitura não acatou ainda pleitos da categoria que, entre várias reivindicações, quer o enquadramento dos agentes de trânsito como nível superior, correção de distorções salariais em relação a outras Capitais e respeito à jornada de trabalho de 30 horas/semanais, o que prevê o Plano de Cargos, Carreiras e Salários da AMC.

Leitor endossa queixa sobre problemas com a sinalização no Meireles

39 1

cidentt

Caro Eliomar de Lima,

Como leitor do seu Blog e da Coluna Vertical, no O POVO, gostaria de endossar nota que você divulgou e que diz respeito aos constantes abalroamentos no trecho da rua Pereira Valente com 8 de Setembro, no Meireles.

Esta foto é de agora há pouco, nesse trecho. Mais um abalroamento portanto. Você tem razão: a sinalização no Meireles deixa a desejar.

Nos momentos de pico, o trânsito complica por conta da chegada de alunos para o Colégio Farias Brito e em consequência do tráfego intenso de veículos que usam as vias secundárias para fugir da via principal (avenida Dom Luís).

Sem mais,

Edvaldo Filho.

AMC começa a multar quem desrespeitar faixa na Avenida Bezerra de Menezes

29 1

A partir desta quinta-feira e após um ano e meio de etapa educativa na avenida Bezerra de Menezes, as multas começam a ser aplicadas para os condutores que desrespeitarem as faixas exclusivas para ônibus, vans, táxis e transporte escolar. A punição é de R$ 53,20 e três pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Cada sentido da avenida tem quatro pontos com equipamentos de fiscalização eletrônica.

De segunda a sexta-feira, das 5 às 21 horas, e aos sábados, das 5 às 16 horas, os veículos só podem trafegar pelas faixas no espaço entre dois cruzamentos para acessar uma rua transversal ou um estacionamento. A passagem deve ser feita pela linha azul pontilhada. As normas não valem para domingos e feriados.

VAMOS NÓS – E quem vai bancar o prejuízo que sofre o comércio da Avenida Bezerra de Menezes sem condições de estacionamento? Indagam os comerciantes da área. Em vários trechos, o que se vê é ponto comercial fechado.

 

De acordo com Arcelino Lima, vice-presidente da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC), as câmeras foram colocadas a uma distância de 300 metros. “É autuado o veículo que passa nas faixas por mais de um ponto consecutivo da fiscalização. A velocidade também deve indicar se o condutor está errado”, explica.

Ônibus queimam paradas para fugir dos engarrafamentos e cumprir horários

foto ônibus 140219 queima parada

Passageiros da linha Antonio Bezerra/Unifor enfrentaram uma longa espera, na noite desta quarta-feira (19), na avenida Domingos Olímpio, no bairro Farias Brito, sentido Aldeota/Bezerra de Menezes.

Após mais de uma hora de espera, o ônibus que surgiu na linha trafegava pela faixa de velocidade, bem distante das paradas. A prática foi a mesma dos motoristas de dois coletivos depois.

O cobrador do quarto ônibus justificou que os veículos anteriores estavam com horários em atraso, diante do engarrafamento no entorno do shopping Iguatemi. Os três ônibus estavam superlotados, o quarto também.

Engarrafamento quilométrico no fim da avenida Senador Carlos Jereissati…

143 2

aeroporo

Virou um caos tentar sair da avenida Senador Carlos Jereissati – via que passa em frente ao Aeroporto Internacional Pinto Martins, pelo Montese, mais precisamente no encontro das ruas 3 Marias com Peru. Como o local é estreito, haja engarrafamento quilométrico. Isso ocorre todo dia entre 6h40min e 8 horas principalmente. Faça chuva, faça sol.

E não se fala aqui do caos para quem enfrenta o trânsito pelo viaduto do Makro.

Ah, guardinha da AMC, pelo visto, tem medo de chuva. Nada de aparecer um deles.

(Foto Paulo MOska)

Em tempos de chuva, haja engarrafamentos e confusão

engarrafaa

Como se não bastasse o engarrafamento, que chega ao caos em dia de chuva, eis que alguns motoristas acabam cooperando para aumentar o estresse de quem está no volante nesta manhã de quarta-feira.

Este motorista de ônibus resolveu cruzar, de qualquer jeito, provocando confusão no trânsito da avenida Domingos Olímpio.

A propósito, guardinha da AMC parece ter medo de chuva. Ninguém vê um nessas horas.

(Foto – Paulo MOska)