Blog do Eliomar

Categorias para Turismo

Beach Park é a maior alavanca do turismo do Ceará, diz Arialdo Pinho

Em São Paulo, o titular da Secretaria do Turismo do Estado, Arialdo Pinho, trata, com operadores do setor, sobre impactos do acidente registrado no Beach Park e que resultou na morte do jornalista Ricardo José Hilário da Silva, na última segunda-feira.

Ele estava em uma boia com mais três pessoas no “Vainkaraá”, brinquedo que havia sido inaugurado no fim de semana.

O Governo do Estado lamentou muito o episódio e se solidarizou com a família.

Sobre o Beach Park, Arialdo chegou a comentar: “É a maior alavanca do turismo do Ceará”.

Corpo de jornalista que morreu no Beach Park é liberado

A Perícia Forense do Estado do Ceará liberou, na manhã desta terça-feira, 17, o corpo do jornalista e radialista Ricardo José Hilário da Silva. Ele morreu nessa segunda-feira, 16, quando estava em um brinquedo do parque aquático Beach Park, em Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza). O turista de São Paulo tinha 43 anos e apresentava programa matinal na Rádio Nova Brasil FM.

Segundo testemunha relatou ao O POVO Online, a boia na qual ele estava com mais três pessoas subiu mais alto do que o esperado em uma das curvas da atração e caiu virada. José Hilário teve traumatismo craniano e morreu ainda no local. Ainda de acordo com testemunhas, a boia que Ricardo utilizava ia mais rápido do que outras que passavam pelo brinquedo chamado Vainkará, inaugurado no último sábado, 14.

O brinquedo foi interditado pela perícia na tarde de segunda-feira. A diretoria do Beach Park informou, em nota, que, em respeito às famílias, o parque ficou fechado nesta terça-feira.

Famosos que participaram do evento de lançamento, no último sábado, apagaram o conteúdo sobre a atração das redes sociais.

(Com O POVO Online – Repórter Alexia Vieira/Foto – Facebook)

Turista morre em acidente num dos brinquedos do Beach Park

146 1

Um homem morreu nesta segunda-feira, 16, em acidente no parque aquático Beach Park, em Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza). O empreendimento divulgou nota a respeito do caso:

Trata-se de Ricardo José Hilário da Silva tinha 43 anos e era turista de Sorocaba (SP). Ele trabalhava como radialista, locutor e jornalista em São Paulo, na Rádio NovaBrasil FM, e estava de férias com a família.

NOTA DE PESAR E ESCLARECIMENTO

O Beach Park Entretenimento confirma que foi registrado um acidente em uma das atrações do parque aquático na tarde desta segunda-feira, 16 de julho. A equipe de segurança aquática realizou o atendimento de forma imediata, mas infelizmente o visitante foi a óbito. O Beach Park lamenta profundamente o ocorrido e está dando todo o apoio, suporte e atenção para a família.

Após o acidente, o parque encerrou as atividades da atração, que só voltará a abrir após a apuração pericial que será realizada pelos órgãos competentes na investigação das causas do acidente. Em respeito a família, o parque não funcionará amanhã, dia 17 de julho.

O Beach Park reforça seu compromisso prioritário com a segurança e a integridade de seus visitantes e por isso realiza treinamentos com a equipe de segurança e de primeiros socorros diariamente.

A Direção Geral.

Aeroporto Pinto Martins – Obras do novo terminal de passageiros completam dois meses

As obras de ampliação do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Pinto Martins, que envolvem serviços de demolição, fundações e adequações de estrutura, estão completando dois meses.

O trabalho é tocado pelas empresas Método e Passarelli, consórcio a serviço da Fraport, gestor do aeroporto. As construtoras contratadas executam ainda o reforço das estruturas na expansão leste e já executaram as fundações do acesso viário que ligará o terminal já existente ao trecho em construção.

Segundo a assessoria de imprensa da Fraport, foram realizadas ainda intervenções no atual terminal de passageiros, como a ampliação da área de embarque e desembarque, e a readequação de alguns espaços existentes, além de adequações da estrutura para a expansão oeste.

(Foto – Fraport)

TV espanhola destaca Fortaleza para turistas europeus

O programa de turismo Viajeros Cuatro, exibido nos canais espanhóis Cuatro e Mitele, está apresentando Fortaleza como a “Miami brasileira”. Reconhecida a Capital cearense como um dos principais destinos turísticos brasileiros a serem visitados pelos europeus, destacando suas praias, o povo acolhedor, a boa infraestrutura, a gastronomia, além de uma vida noturna agitada.

Ainda no programa, destaque para roteiros culturais como opções de entretenimento como o Theatro José de Alencar, o artesanato e produtos regionais do Mercado Central. As boas opções de alimentação e lazer também ganharam espaço através dos inúmeros restaurantes da cidade, como os que se encontram no bairro Meireles, indicados como ideais para ter acesso à gastronomia local e internacional, com pratos sofisticados ou simples, a base de pescados e frutos do mar, além de equipamentos já reconhecidos como o Mercado do Peixes, Orla da Cidade, Barracas da Praia do Futuro, entre outras.

A atração expõe também opções ligadas às práticas de esportes como surf, kitesurf e windsuf, além de passeios de buggy e a cavalo e infraestrutura das barracas de praia da cidade e Região Metropolitana. As áreas verdes do Cocó foram referenciadas como um lugar de refúgio e paz a poucos passos do agito da cidade grande.

Destinos cearenses

Embora o programa tenha sido voltado, em quase sua totalidade, para que os turistas europeus conhecessem as belezas da Capital do Ceará, roteiros mundialmente já reconhecidos como Jericoacoara e Canoa Quebrada, além de locais como Guaramiranga e Cumbuco, também foram apresentados como opções a mais àqueles que desejam conhecer outras belezas praianas e serranas do nosso Estado.

SERVIÇO

*Confira o programa no link: – https://www.mitele.es/programas-tv/viajeros-cuatro/5b44c0ff4bec797d428b45ef/player

(Foto – Divulgação)

Como vai o desempenho do Ceará na atração de turistas?

Com o título “Turismo/Ceará: Enquanto o futuro não chega…”, eis artigo de Alan Aguiar, ex-secretário do Turismo do Ceará. Ele analisa o desempenho do Estado nesse segmento. Confira:

Enquanto os políticos não migram a conjugação dos verbos do gerúndio para o presente do indicativo, vamos aqui analisar um dos principais indicadores que compõe os agregados turísticos do Destino Ceará. Somente examinando esses números podemos avaliar tecnicamente a performance das políticas públicas voltadas ao fomento dessa atividade econômica que chamamos de Turismo.

Depurando os números apresentado pelas gestoras dos principais aeroportos do Nordeste, temos, no período de JAN a MAI de 2018 em relação ao mesmo período do ano passado, que nosso Pinto Martins cresceu modestíssimos 1,5% na movimentação total de passageiros, alcançando 2.421.675 de embarques + desembarques. O de Salvador cresceu 2,1%, o de Natal caiu 5,2% e Recife disparou com 11,34%.

Quando examinamos apenas o movimento de passageiros internacionais, temos Natal subindo 16,45% e chegando nos 43.429 de chagadas e partidas, Salvador 13,8% e marcando 160.618, Fortaleza variando positivamente 21% e cravando 109.873 e Recife com um impressionante incremento de 60,73% que lhe garantiu uma movimentação total de 200.579 passageiros e a liderança folgada na Copa do Nordeste do Turismo Internacional. Recife não apenas superou Salvador como também se distanciou bastante da capital baiana, segunda colocada, e contabilizou quase o dobro de Fortaleza, que é a terceira colocada.

As estatísticas apresentadas pelas gestoras aeroportuárias, nos casos a FRAPORT, INFRAERO, VINCI e INFRAMERICA, são bons termômetros para indicar a efetividade da agenda de estruturação dos Destinos Turísticos levadas a cabo pelos Governos. Óbvio, sem solução dos dramáticos problemas de segurança, infraestruturas/acessibilidades úteis e bons serviços de urgência e emergência (saúde) será difícil acessar a posição de player internacional. Segundo pesquisas da WTO – World Trade Organization, na hierarquia das prioridades de quem viaja, segurança física e bons serviços médicos despontam como variáveis estruturais e determinantes para decisões de viajem de lazer e entretenimento. Na sequência vem os demais atrativos como preços, vivências, qualidade e originalidade dos meios de hospedagem, etc. Nesses quesitos nosso dever de casa ainda é um sonho bem distante.

Por fim, qualquer elo da cadeia produtiva do turismo sabe que os estrangeiros ainda não são vistos circulando e muito menos gastando seus preciosos euros ou dólares. As explicações para esta momentânea frustração geral está no fato desses novos voos serem muito mais outgoing que incoming. Ou seja, eles levam e traz muito mais brasileiros para gastar lá fora que traz e leva estrangeiros para gastar aqui dentro. Sob o conceito de exportações turísticas resta claro que nossa balança é deficitária e que somente muita promoção do Destino Turístico nos mercados emissores e atração de investimentos em turismo e hotelaria será capaz de sentirmos a mudança de direção na proa da nossa jangada do turismo e, quem sabe um dia, passemos a ser um transatlântico turístico de alguma expressividade no cenário global dessa indústria.

*Allan Aguiar

Ex-Secretário do Turismo do Ceará.

Férias de julho devem aquecer o mercado cearense entre 10 e 15 por cento, estima a ABIH

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) espera um incremento de 10 a 15 por cento no movimento destas férias de julho no Ceará. É o que estima o presidente nacional da entidade, Manuel Cardoso Linhares.

Ele avalia que o aumento da oferta de voos nacionais e internacionais pesará nessa projeção, lembrando, no entanto, que o inverno no Sul e Sudeste do País fará com que o fluxo de turistas dessas regiões aumente para os destinos do Nordeste.

(Foto – Paulo MOska)

Voo ligando Panamá a Fortaleza aterrissa dia 18 de julho

No próximo dia 18, pousará, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, o primeiro voo da Copa Airlines ligando o Panamá à Capital cearense. A informação é da direção nacional da Associação Brasileira da Industria de Hotéis (Abih).

O primeiro pouso está previsto para as 21h30min, com coquetel para alguns convidados. O voo CM343 será operado em um Boeing 737-800, com capacidade para 16 passageiros em classe executiva e 138 na cabine principal.

As passagens estão sendo vendidas ao preço de US$ 545 ida e volta (aproximadamente R$ 1.720). Serão duas frequências semanais. Com a inclusão do novo destino, Fortaleza passará a ter, até o fim deste ano, 43 frequências semanais internacionais para 13 cidades.

(Foto – Divulgação)

Hora de apostar em grupos para a Disney

142 1

Nada de crise.

Agências de turismo de Fortaleza estão mandando para a Disney (EUA) grupos de estudantes. Nesta segunda-feira, essa turma tomou essa rota, devendo passar 15 dias. A Lafuente responde pelo pacote.

Outras agência também mandarão vários grupos, neste mês de julho, para esse destino que, de acordo com organismos internacionais do turismo, comprovam que o brasileiro é um dos assíduos clientes desses parques norte-americanos.

(Foto – Leitor do Blog)

Setor turístico está otimista com as férias de julho

Controlador da agência Casablanca Turismo, Henrique Sérgio Abreu encontra-se em São Paulo. Na condição de diretor da Associação Brasileira das Agências de Viagem (Abav), participa de reunião que prepara o próximo congresso da entidade. Ele diz que a Capital paulista deve ser a sede do evento, já marcado para setembro próximo.

Sobre as férias de julho, se diz otimista, apesar da onda de crise em alguns segmentos do País.

A Casablanca Turismo vem embarcando vários grupos de estudantes em excursões culturais pelo País e apostando também nos pacotes para a Disney (EUA). Mas a agência mantém o foco no negócio que lhe garante o primeiro lugar no Norte e Nordeste: viagens corporativas.

(Foto – Paulo MOska)

Fortaleza terá voo direto para Madrid a partir de setembro

752 1

A Air Europa, que já faz alguns voos entre o velho continente e o Brasil, vai inaugurar mais uma rota em breve. Será o trecho Madri-Fortaleza, que terá início a partir de setembro próximo.

O governo do Ceará deu apoio a essa nova operação internacional que chega atraída não só pelos incentivos fiscais e mercado, mas, também pelo hub em implantação no Aeroporto Internacional Pinto Martins, com a chegada da alemã Fraport como gestora do terminal.

(Foto – Divulgação)

Requalificação da Beira Mar tem início previsto para agosto

792 1

As obras de requalificação da Avenida Beira Mar terão início em agosto, de acordo com anúncio do prefeito Roberto Cláudio. Com orçamento em torno de R$ 120 milhões, provenientes do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), as obras terão 211,5 mil metros quadrados de área construída, diante do novo calçadão com três pavilhões multiusos, dotados de 40 quiosques de alimentação e bebidas, todos padronizados, como também a urbanização dos espigões da rua João Cordeiro e das Avenidas Desembargador Moreira e Rui Barbosa, além da ampliação da faixa de areia entre a Praia de Iracema e o bairro Meireles.

O novo calçadão da Beira Mar, de acordo com o projeto de requalificação, contará com novos passeios, iluminação, espaços para convivência com caramanchões, academias, banheiros, parque infantil, quadras de vôlei de praia, pista de skate, anfiteatro, pista de hockey, ciclovia, pista de cooper com 2,6 quilômetros de extensão, além de um posto da Casa do Turista e prédio administrativo.

A área onde acontece a feirinha de artesanato também passará por melhorias urbanísticas, como novo piso, nova iluminação e zoneamento com padronização dos boxes comerciais, garantindo uma maior organização e disposição dos produtos vendidos, naquele que é considerado hoje o maior mercado de artesanato a céu aberto da Capital. A Prefeitura de Fortaleza está assegurando a permanência de todos aqueles que já trabalham no espaço.

(Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Fortaleza / Foto: Arquivo)

Acquario do Ceará – O elefante branco que virou alvo dos “tubarões”

265 1

Da Coluna Política, do O POVO desta terça-feira, assinada pelo jornalista Érico Firmo, o tópico “Quantos prejuízos cabem no Acquario?”. Confira:

O aquário da Praia de Iracema é um dos mais rocambolescos investimentos da história do Estado. Dispensaram a licitação e contrataram uma empresa dos Estados Unidos porque era a única forma de conseguir empréstimo de um banco de fomento de lá. O Governo do Ceará gastou na casa da centena de milhões na obra, o financiamento nunca saiu, a obra é um monstrengo inacabado, falta muito dinheiro para concluir, o que foi feito está se acabando, não aparece investidor interessado e o Estado não sabe o que fazer com aquilo.

Enquanto isso, a obra parada rende despesas. No sábado, O POVO Online noticiou o furto de equipamentos elétricos do local, supostamente com intenção de extrair o cobre dos materiais. Pela matéria, foi possível saber duas coisas:

1) Há segurança 24 horas contratada para vigiar o esqueleto do aquário. Está melhor, portanto, que muitos equipamentos e espaços públicos que funcionam.

2) Mesmo assim, patrimônio público é roubado de lá.

(Foto -Fábio Lima)

Prefeitura assina contrato da Nova Beira-Mar com o Banco de Desenvolvimento da América Latina

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), assinou, nesta segunda-feira (04), em Brasília, o contrato entre o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e a Prefeitura para a liberação de US$ 83,25 milhões, cerca de R$ 300 milhões, para as obras e ações do Programa Fortaleza Cidade com Futuro. O contrato teve o aval do presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (MDB).

Participaram também do ato de assinatura o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, o diretor-representante do CAF no Brasil, Jaime Holguín, e a Procuradoria da Fazenda Nacional, Ana Lucia Gatto.

De acordo com Roberto Cláudio, o município aguardava a liberação do recurso há cinco anos. “Esse financiamento teve o apoio importante do presidente do Senado, que aprovou a matéria com muita rapidez na Casa e com isso já vamos poder começar as intervenções agora no mês de julho”, disse o prefeito.

Para Eunício, o valor disponível vai auxiliar em mudanças consideráveis na infraestrutura urbana da cidade e na valorização do turismo. “O prefeito buscou a todo momento, junto ao nosso mandato, agilizar esse processo para liberação do valor solicitado e é com muita alegria que hoje formalizamos esse termo.”

Programa

Entre as obras do Programa Cidade com Futuro, que receberá essa verba, estão a requalificação urbana da Avenida Beira Mar, com a internalização de cabos elétricos, telefônicos e de televisão, a revitalização de corredores turísticos e a consolidação de corredores gastronômicos na região da Varjota. Ainda, serão implementados programas de capacitação profissional para a indústria do turismo voltados para geração de emprego e renda.

Também serão realizadas ações de despoluição e combate à erosão de parte da Orla, na região da Beira-Mar, por meio de um aterro hidráulico. Outro componente do Programa atende às necessidades de geração de emprego e renda e promove empreendimentos em Titanzinho e Serviluz por meio de capacitações para o empreendedorismo. Está prevista também a implantação de um sistema de microfinanças e o desenvolvimento de Arranjos Produtivos Locais em Turismo.

(Foto – Divulgação)

Tudo pronto para o XII Festival da Lagosta

Os Alfazemas

Vem aí o XII Festival da Lagosta. A programação que reúne gastronomia, arte e cultura, acontecerá de 22 a 24 deste mês de junho, a partir das 19 horas, nas praias de Barreira e Redonda, em Icapuí (Litoral Oeste). Com acesso gratuito, o evento contará com uma arena gastronômica em que a lagosta, símbolo da culinária cearense, será a protagonista.

Os apreciadores poderão aproveitar degustações da iguaria em clima de apresentações musicais de artistas locais, como Os Alfazemas, Cacimba de Aluá, o guitarrista Mimi Rocha e a cantora Daniella Campelo, que marcou geração no forró à frente da Banda Styllus.

(Foto – Divulgação)

Prefeitura assina nesta segunda-feira contrato para requalificação da Beira Mar

Com investimento de mais de R$ 250 milhões, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) assinará, em Brasília, nesta segunda-feira (4), o contrato com o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) para a requalificação da Beira Mar e do Pólo da Varjota.

Em entrevista ao Blog, o prefeito deu detalhes sobre o contrato, adiantando que, ainda neste mês, concorrência para as obras deve ser lançada.

DETALHE – RC embarcou nesta madrugada na rota da Capital Federal. Com ele, seu assessor de imprensa, o jornalista Moacir Maia.

 

PIB do Turismo é tema de fórum de debates do Ipece

“O PIB do Turismo” é o tema do X Fórum Ceará em Debate, uma realização do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Estado (Ipece). O encontro ocorrerá nesta terça-feira, a partir das 9h30min, no auditório da Secretaria do Planejamento do Ceará. (Seplag).

A coordenação dos trabalhos fica por conta do diretor-geral do Ipece, Flávio Ataliba.

Nesta edição, o palestrante é Cláudio Monteiro Considera, do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV).

“O turismo é uma das mais importantes atividades de geração de receita para o Ceará. Por isso, o setor vai ter um estudo próprio sobre a participação no Produto Interno Bruto (PIB) do Estado.”, explica Ataliba.

(Foto – Ipece)

EUA pedem para quem viajar ao Brasil estocar água e itens domésticos

Os impactos da paralisação dos caminhoneiros nas rodovias brasileiras chegaram aos Estados Unidos. O Departamento de Estado norte-americano emitiu hoje (24) um alerta de segurança em que recomenda a quem viajar para o Brasil estocar água e itens de uso domésticos. A nota também recomenda, entre outras ações, que viajantes chequem as condições de trânsito antes de viajar, contatem empresas aéreas para confirmar voos e revisem seus planos pessoais de segurança.

Equivalente ao Ministério das Relações Exteriores no Brasil, o Departamento de Estado dos Estados Unidos, usou o Twitter para transmitir a mensagem: “[Viajantes] considerem adotar medidas para garantir estoque adequado de itens para uso doméstico e água e conservar combustível para veículos nesse período”.

O comunicado diz que a greve dos caminhoneiros está interrompendo a distribuição normal de combustível e de bens em todo o país e destaca que cidades do interior do Brasil, em locais mais distantes de refinarias e de centros de distribuição de comida, devem sofrer mais impacto do que outras. “Uma vez resolvida [a paralisação], pode demorar algum tempo para que os suprimentos retornem a níveis normais – especialmente em cidades mais distantes de centros de distribuição de comida e de combustível”, diz o texto.

O departamento também cita que o governo do Brasil está mantendo reuniões com os caminhoneiros para solucionar o impasse.

(Agência Brasil)

Projeto da roda-gigante de Fortaleza pode sair 25% mais caro

244 1

Adequações no projeto da roda-gigante do espigão da João Cordeiro, em Fortaleza, devem aumentar em 25% os custos da construção da estrutura. A AmuseBR, empresa que elabora o estudo de viabilidade econômico-financeira do equipamento, pediu prorrogação da entrega do documento devido ao maior detalhamento da área onde será fixada a atração. A entrega está prevista para 29 de junho.

“Como tivemos o molhe construído tempos atrás, precisamos adaptar as estruturas, o que nos obrigou a ter maior estudo e definição técnica de engenharia”, explica Charlles Nogueira, CEO da AmuseBR. O molhe a que se refere o gestor consiste na estrutura do espigão, que se estende até o mar.

Segundo Charlles, a empresa não tinha as informações técnicas do que havia sido realizado de obra no local onde será implantada a roda-gigante. “Precisamos aumentar a estrutura em 22 mil m² e criou-se novo estudo para a construção, estrutura e como entram e saem os equipamentos”. As mudanças irão aumentar em pelo menos 25% o custo do projeto, prevê.

Orçada inicialmente em R$ 120 milhões, a roda-gigante seria inaugurada no Réveillon de 2019/2020. Com as alterações, as obras devem iniciar até abril de 2019, com conclusão em junho de 2020. “Está tudo absolutamente correndo com a mais perfeita ordem. Já temos todas as soluções técnicas e de engenharia”, reforça Charlles. Questionado sobre o valor do ingresso da atração, o gestor diz que ainda é cedo para esta definição.

Régis Medeiros, titular da Secretaria do Turismo de Fortaleza (Setfor), explica que o ideal seria ter o equipamento pronto no Revéillon de 2019/2020, porém, a complexidade da obra requer uma análise mais aprofundada. Antes mesmo do pedido de adiamento por parte da AmuseBR, o secretário conta que os prazos já tinham sido revistos e se sabia que não seria possível a entrega no fim do próximo ano.

“Todo o tempo que se perde na estrutura, ganha-se lá na frente. O bom estudo evita muitos problema futuros. É importante que seja bem feito e de maneira criteriosa”, pondera o secretário. O equipamento virá ao tempo da entrega da reforma da Beira-Mar e do polo gastronômico da Varjota. “Estamos na torcida para que a gente possa executar esse grande equipamento, que vai ser grande ícone para a Cidade, acompanhando tudo que está vindo”, complementa Régis.

Quanto ao aumento de 25% nos custos de construção da roda-gigante, ele lembra que o investimento virá de capital privado e, mesmo sendo importante buscar o menor custo, precisa ser projeto exequível.

Conforme O POVO adiantou, com exclusividade, em 26 de março deste ano, a AmuseBR foi a empresa escolhida para a elaboração do projeto da roda-gigante para a Praia de Iracema e é uma das interessadas também na execução da obra. A companhia está sediada na cidade de São Paulo, no bairro Jardim Paulistano.

(O POVO – Repórter Cristina Fontenele)

Reflexos da crise econômica devem persistir até 2020 no turismo

Depois de três dias de debates sobre os caminhos para que o setor hoteleiro retome os trilhos do crescimento após três anos de perda de receitas, o 60º Congresso Nacional de Hotéis (Conotel) foi encerrado nessa sexta-feira (18), com a análise de números que indicam um cenário pouco alentador para o segmento em curto prazo.

Chefe da Divisão Econômica da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o economista Fábio Bentes afirmou que o segmento de serviços, em especial o turismo, ainda não conseguiu superar a crise econômica que teve início em 2014. Pelos cálculos de Bentes, após ter registrado uma queda de 6% da receita real no ano passado, o setor este ano deve enfrentar uma nova redução das receitas, da ordem de 4%.

“O que podemos constatar a partir do desempenho recente é que a crise ainda não acabou. Ainda existe muito terreno para ser recuperado após a fortíssima queda [da atividade] dos últimos anos”, declarou o economista. Segundo ele, entre 2015 e fevereiro de 2018, a perda de faturamento do turismo no Brasil chegou a R$ 157 bilhões.

Para Bentes, apesar da lenta retomada, o cenário para 2018 é um pouco menos desalentador que o de anos recentes. Pelos cálculos da entidade, “neste ritmo, o setor de turismo só vai conseguir ultrapassar a atual situação em 2020”.

Além de incertezas políticas e problemas econômicos, outro problema que ajuda a retardar a retomada do crescimento verificado até 2014 está o aumento da sensação de insegurança. Um recente estudo da CNC concluiu que só o Rio de Janeiro, no ano passado, perdeu R$ 1 bilhão com os impactos negativos da violência.

Após lembrar que o turismo responde por 8% do emprego formal no país, Bentes demonstrou que, entre 2015 e 2017, cerca de 7 mil estabelecimentos de hospedagem fecharam as portas em todo o país, encerrando milhares de postos de trabalho formal.

Não fosse pela recente crise, o setor de turismo só teria motivos para comemorar. Descontados os últimos resultados (2014-2017), o setor cresceu, em média, 22% ao longo de uma década (2006-2016), com destaque para as regiões Norte e Nordeste.

Já a chefe da Divisão de Inteligência Competitiva da Embratur, Angela Baltazar, procurou devolver o otimismo aos empresários que permaneciam no Centro de Eventos. Representante da autarquia federal responsável por promover os destinos turísticos nacionais, ela defendeu que a hotelaria tem muito potencial para continuar crescendo, já que a América Latina é “a bola da vez” e até mesmo a desvalorização do Real pode ser positiva para o turismo, já que torna o país mais barato e atraente para os turistas estrangeiros.

(Agência Brasil)