Blog do Eliomar

Categorias para Vaquejada

Morada Nova – Festa do Vaqueiro poderá entrar para calendário de eventos do Ceará

148 1

Com 76 anos de tradição, a Festa do Vaqueiro de Morada Nova, no Baixo Jaguaribe, a 168 quilômetros do Ceará, poderá entrar para o calendário oficial de eventos do Estado, diante da proposta do deputado Audic Mota (PSB), que aponta a preservação da cultura do vaqueiro, além da festa ser o principal encontro dos filhos da terra, que ocorre no segundo final de semana do mês de junho.

O evento é organizado com a participação voluntária de sócios e colaboradores da entidade. Sua criação surgiu da ideia de congregar vaqueiros, criadores e famílias de Morada Nova e da região do Vale do Jaguaribe em torno de suas manifestações folclóricas.

A proposta será analisada nas comissões e depois será votada em plenário.

(Foto: Divulgação)

Itapebussu homenageia o vaqueiro Afonso Guedes, um dos símbolos da vaquejada do Brasil

 

Itapebussu, distrito de Maranguape (Região Metropolitana de Fortaleza), vai comemorar os 72 anos de Afonso Guedes, um dos vaqueiros mais antigos do Brasil. Cerca de 200 cavaleiros participarão, neste domingo, de uma cavalgada pelos principais pontos da cidade em homenagem a Guedes, considerado símbolo dessa prática no País.

Afonso Guedes segue na prática da vaquejada há 65 anos e em suas prosas gosta de reforçar que pretende “correr boi até ficar bem velhinho”, e que “tirando Deus, a melhor coisa do mundo é vaquejada”. A programação terá início com a acolhida e café da manhã na Praça Central, seguidos da cavalgada que percorre os principais pontos do distrito. O percurso finaliza com o retorno à praça, onde as atividades continuam com homenagens ao aniversariante e a Feira Popular de Itapebussu, já realizada todos os meses.

Para os itapebussuenses e admiradores da prática esportiva e cultural reconhecida por lei, festejar o aniversário do vaqueiro Afonso se torna mais especial com o fato da vaquejada de Itapebussu voltar a acontecer depois de três anos.

Programação

7h30 – Café da Manhã na Praça Central

9h – Concentração

9h30 – Saída em Cavalgada

10h – Feira Popular na Praça Central

12h – Retorno à Praça Central com homenagens e show de forró com Fabson Falcão.

(Foto – Divulgação)

STF vai julgar ação sobre vaquejada

A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4983, que julga a prática da vaquejada, será discutida novamente no Supremo Tribunal Federal (STF) no próximo dia 9/8. A pauta tem sido alvo de polêmica após decisões contrastantes entre executivo e judiciário. Atualmente, a atividade é legalizada após a Emenda Constitucional 96 ser promulgada pelo Congresso Nacional, no ano passado.

Em outubro de 2016, o STF julgou como inconstitucional uma lei do estado do Ceará que reconhecia a vaquejada como esporte e patrimônio cultural. A ação de inconstitucionalidade foi movida pela Procuradoria Geral da República (PGR), que considerou a prática ilegal por submeter os animais a crueldade. Pouco depois disso, o andamento da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) foi agilizado no Congresso, por pressão de vaqueiros.

Em novembro do mesmo ano, foi sancionada sem vetos pela Presidência da República a Lei 13.364/2016, que elevou a vaquejada, o rodeio e expressões artístico-culturais similares à condição de patrimônio cultural imaterial do Brasil. Ficaram em trâmite no Senado ainda outros dois projetos (PLS 377/2016 e PLS 378/2016) que classificam a atividade como patrimônio cultural brasileiro, e uma proposta de emenda à Constituição (PEC 50/2016).

A PEC foi transformada na Emenda Constitucional 96/2017, promulgada em junho do ano passado pelo Congresso Nacional. A emenda acrescentou um parágrafo ao artigo 225 da Constituição Federal, determinando que as práticas desportivas e manifestações culturais com animais não são consideradas cruéis. Determinou, ainda, que a vaquejada seja registrada como “bem de natureza imaterial” e seja regulamentada por lei que garanta o bem-estar dos animais.

Em setembro do ano passado, o então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu que o STF concedesse uma medida cautelar para suspender a lei, por considerar que ela constradiz a decisão anterior do próprio órgão. Pediu, ainda, que a invalidade da legislação vigente fosse levada ao plenário para julgamento. A pauta foi marcada para discussão apenas agora.

Será julgada a matéria de inconstitucionalidade material da lei da vaquejada. O relator será o ministro Marcos Aurélio.

(Agência Brasil)

Maranguape será sede de vaquejada com maior premiação no Ceará

A cidade de Maranguape (Região Metropolitana de Fortaleza) vai ser sede da II Vaquejada do Complexo Franskim Pedro, que, neste ano, oferecerá  a maior premiação dos últimos tempo na modalidade no Estado. A competição terá inicio nesta quinta-feira e vai se estender até domingo, na localidade de Forquilha, com R$ 200 mil em prêmios. O certame também oferecerá shows com artistas da atualidade, como Solange Almeida, Mano Walter e Canina do Forró, além de dar espaço a bandas regionais.

Delegações de vaqueiros de todo o País, em especial do Norte e Nordeste, já se inscreveram para garantir a senha de competição no primeiro Complexo de Vaquejadas do Ceará. Os competidores se enquadram nas categorias Profissional, Amador, Aspirante, Feminina e Derby.

Outro destaque é a maior premiação oferecida à categoria feminina no Ceará, um montante de R$ 10 mil. As mulheres vaqueiras, que têm demonstrado garra em suas apresentações e força no braço, têm conquistado cada vez mais respeito neste segmento esportivo cujas raízes se firmam na própria história do Nordeste brasileiro.

Programação do Forró

Sexta-feira (20/4) – Entrada Gratuita

Atrações: Forró Diferente, Hélio Araújo e Forró D’Nome

A partir: 22h

Sábado (21/4)*

Atrações: Solange Almeida, Mano Walter, Canina do Forró

A partir: 22h

Domingo (22/4) – Entrada Gratuita

Atrações: Jonas Alves, Farra da Patroa e Forró Di Origi

A partir: 16h

Ingressos antecipados do forró: loja Oficial (Maranguape shopping Mall), bar Do Ari (Amanari), blinclass (Shopping Maracanau e Parangaba)

Valores: pista R$32 / front R$52

Programação da Vaquejada

Quinta-feira (19/4)

Classificação

Categoria: *Profissional

Início: 7h

*A classificação do profissional será com boiada diferente das demais categorias.

Classificação

Categoria: Amador, Aspirante e Derby

Início: 12h

Sexta-feira (20/4)

Classificação

Categoria: Profissional

Início: 7h

Classificação

Categoria: Amador, Aspirante, Feminina e Derby

Início: 12h

Sábado (21/4)

Classificação

Categorias: Profissional

Início: 6h

Classificação

Categorias: Amador, Aspirante, Feminina e Derby

Início: 10h

Obs: Na categoria Derby e Feminina poderá haver encaixe de uma senha por rodízio.

Domingo (22/4)

Disputas Finais

Categorias: todas

Início: 7h

Premiação

Profissional

R$ 100mil (1º lugar 1 Carro Zero KM e do 2º lugar ao 15ºlugar premiação em dinheiro)

Amador

R$ 65mil (1º lugar 1 Carro Zero KM; 2º lugar ao 15º premiação em dinheiro)

Feminina

R$ 10mil (1º lugar 1 moto Zero KM; 2º lugar ao 5º lugar premiação em dinheiro)

Derby

1 moto zero km (1º lugar)

Senhas antecipadas da vaquejada: Cilene (85) 99849.0058 / Stênio (85) 99776.0128

Valores: R$1 mil (profissional); R$650 (amador); R$200 (aspirante); R$500 (derby) e R$100 (feminina) – 3x no cartão de crédito

SERVIÇO

Mais Informações – (85) 98796.3750.

(Foto – Divulgação)