Centro de Fortaleza combina com lixo, buraco e lama?

O jornalista Haroldo Barbosa, leitor deste Blog, mandou nota – com fotos, afirmando que “a situação do Centro de Fortaleza, por onde tem circulado diariamente, ode ser resumida pela sigla LBM: Lixo, Buraco e Lama. Confira:

Caro colega Eliomar de Lima,

Quem trafega pelo Centro da cidade, mesmo que em poucos quarteirões, vê a situação de abandono das praças e vias.  Na esquina da avenida Tristão Gonçalves com rua Pedro I, um buraco imenso atrapalha o trânsito.

Um quarteirão depois, na avenida Duque de Caxias, entre Tristão Gonçalves e rua 24 de maio, um verdadeiro lago se formou em um dos lados da via.

Já na Rua 24 de Maio, lixo pelas calçadas e calçada bloqueada por entulho, areia e brita. Há meses que uma obra à altura do número 1270 obstaculariza o trânsito, bloqueando a calçada e às vezes a própria rua. Apesar das constantes denúncias feitas em seu Blog, a fiscalização da Prefeitura inexiste.

Mas não é só o Centro da cidade. Nos demais bairros, principalmente na periferia, a situação é igual ou pior.

Verdadeira calamidade que favorece a epidemia de Chycungunya e várias outras doenças.
Até quando, prefeito Roberto Cláudio?

*Haroldo Barbosa
Jornalista.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “Centro de Fortaleza combina com lixo, buraco e lama?

  1. As fotos são generosas. A sujeira e o lixo pela cidade é maior do que foi mostrado, os buracos são mais profundos, as pessoas estão morrendo por causa da picada do mosquito, e a inoperância do governo beira a incompetência

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − seis =