CGE apresentará utilização de redes sociais como ferramentas de atendimento

Essa informação é o site do Governo do Estado:

A Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) participará, nas próximas quinta e sexta-feiras – dias 18 e 19 de julho, em Florianópolis (SC), do 2º Seminário Nacional de Redes Sociais e e-Gov para a Administração Pública. A experiência da CGE nas mídias sociais, com foco nos atendimentos realizados nas mídias sociais da Ouvidoria, será apresentada no evento, durante a palestra “As redes sociais como ferramentas de atendimento do Governo do Estado do Ceará às demandas da sociedade”, a ser ministrada pelo Secretário Executivo Paulo Roberto Nunes.

O seminário é um evento multitemático, pensado para agentes públicos e estudiosos da Administração Pública que reconhecem a importância da utilização das redes sociais na melhoria do relacionamento e prestação de serviços ao cidadão como forma de viabilizar a transparência na gestão pública. O encontro promoverá o debate e aprendizado acerca da utilização das redes sociais, mídias digitais e novas tecnologias por instituições públicas para fornecer melhores serviços e informações aos cidadãos.

VAMOS NÓS – Pena que a Ouvidoria não ouça o maior clamor do momento da nossa sociedade: mais segurança. Nas redes sociais, por exemplo, essa queixa é generalizada.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

2 comentários sobre “CGE apresentará utilização de redes sociais como ferramentas de atendimento

  1. Prezado Eliomar
    Ao ponto que agradecemos a divulgação de nossa participação no 2º Seminário Nacional de Redes Sociais e e-Gov, em que explanaremos o atendimento ao cidadão através de mídias sociais, que só no primeiro semestre foram computadas 82 manifestações via facebook e 6 via twitter, vimos esclarecer que as demandas da área de segurança registradas na Ouvidoria são repassadas às respectivas áreas de apuração, tendo prazo de resposta ao cidadão de 15 dias, sendo um importante canal de informação para a melhoria das políticas públicas na área.
    Carlos Eduardo Lopes Coordenador de Fomento ao Controle Social da CGE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × quatro =