Cid Gomes e o calcanhar de Aquiles

Da coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (13):

Até aqui, há um único fato que se pode afirmar sobre a sucessão de 2014 no Ceará: seja quem for o escolhido, o candidato franco favorito será aquele indicado pelo grupo político do governador Cid Gomes (Pros).

O motivo é por demais conhecido: a força política do grupo que Governa o Ceará e a Prefeitura de Fortaleza, os dois orçamentos que importam. Não esquecer também do generoso apoio do Governo Federal. Além da azeitada máquina de conquistar votos, o bom tempo na TV da aliança será inundado por uma enxurrada de imagens dos feitos, principalmente obras e a política de educação. Ainda haverá Lula e Dilma como cabos eleitorais.

O calcanhar de Aquiles, todos já conhecemos bem: o retumbante fracasso da política de segurança.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

5 comentários sobre “Cid Gomes e o calcanhar de Aquiles

  1. CONCORDO plenamente..qualquer candidato que tiver comprometimento com a segurança pública na eleição do ano que vem, independente de partido ou aliados, com certeza será eleito e terá muitos votos. não sei como essas pesquisas apontam mais de 60% de aprovação, pois levante a mão quem está satisfeito com a droga dessa segurança pública. tem que colocar esses policiais para revistar e abordar sempre, 2 motoqueiros em uma moto, transeuntes de bicicleta, é tão fácil, se eu fosse secretário, faria isso na hora..é fácil, mas é preciso vontade…e outra policial tem que atirar em bandido, quando este atira nele, independente do local ou se vai matar ou não…o bandido tem que ter medo da policia.

  2. E ainda tem quem acredite que um governo desses tem mais de 60% da aprovação. cada vez mais acredito menos nestas pesquisas, pois não vejo a hora desse governador sair e que não entre outro do grupo dele, pois continuação desse modelo de segurança pública vai acabar com o ESTADO.

  3. O problema da segurança tem de obrigatoriamente passar pela mudança no código penal, isso não depende de governador nenhum, seja quem for, seja qual for o montante de investimento, se não mudar as leis penais, de pouco vai adiantar qualquer esforço, seja do governo ou da própria polícia, se não vejamos, o que outro governador poderia fazer, se a lei é a mesma, o que a própria polícia poderia fazer mesmo se quem estivesse no governo fosse indicado por eles, aposto que quase nada, então minha gente, é do congresso que tem de sair a solução pra isso, é a partir de lá e não do governador. Sair prendendo a torta e à direita, atirando em tudo que vê, armando o cidadão? Agora fazer disso política-partidária? Mas no Brasil é assim, campanha eleitoral é muita imoralidade, vale tudo e se é oposição, nem se fala.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × um =