Ciro define provável união PSDB-PR-PSB em 2014 como “coligação do ódio”

cirogomess

Do secretário estadual da Saúde, Ciro Gomes, ao definir a frente ampla de oposições para 2014 em articulação pelo PSDB, PR e PSB: 

“É a coligação do ódio!”

Ciro se refere, mais precisamente, à provável união do PSDB do ex-senador Tasso Jereissati com o PR do ex-governador Lúcio Alcântara e do ex-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, e com o PSB de Sérgio Novais, que conseguiu forçar a saída dos Ferreira Gomes do ninho socialista.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

7 comentários sobre “Ciro define provável união PSDB-PR-PSB em 2014 como “coligação do ódio”

  1. Quem tem semeado a política do ódio, da truculência, da traição e deslealdade e da leniência desde que cada uma seja oportuna do ponto de vista do oportunismo eleitoral é Ciro Gomes. É justo que se forme uma aliança contra o domínio familiar de uma instituição que é pública, o Estado. Eles fizeram desse espaço uma propriedade política consorciada a uma patota de amigos escudeiros caninamente leais a eles. Merece algum crédito o que diz o sr. Ciro Gomes que, segundo Luiziane é quase tudo mas não é nada?

  2. Das frustações ocorridas em que ele ja teve em sua vida, a maior vai ser a de nunca chegar a ser Presidente do Brasil. Sua doença pelo Poder, demostra uma paranóia soberba de atentado aos interesses da coletividade. Poder pelo Poder nem que para isto tenha que angariar e se apoderar do capital do Estado, independente dos métodos que venha a se utilizar para tal exito. Só com muito capital para alugar e comprar partidos, além de fomentar riquezas para aqueles que se utilizam da política para enriquecimento ilícito. O ódio vem sendo pregado por ele há bastante tempo. Basta ver um dos episódios que ocorreu na manifestações dos professores das universidades estaduais. Isso quando não agredi as pessoas que se contrapõem o seu modo de pensar. Sua arrogância e prepotência mostra um comportamento inadequado para quem no futuro pensa em ser presidente da República. Ciro nunca foi um bom administrador, um ótimo político da real política. Ele foi e é um grande enganador e um fazer de politicagem que cresceu as custas do Estado. Fora dele não sabe fazer política. Alias, sem dinheiro não consegue fazer amigos.

  3. CADA DIA QUE PASSA O EX TUDO ( MENOS PRESIDENTE)CIRO GOMES PENSA QUE TUDO GIRA EM TORNO DELES, AS PESSOAS PODEM FALAR, VIVEMOS UMA DEMOCRACIA,O MANDATO DO SEU IRMAO NEM ACABOU E ELE JA ESTA NERVOSO.

  4. O Ciro tem lá suas truculencias, com o Lula tinha no passado, e quem deu umas coordenadas a ele foi uma pessoa que nem pertencia a classe dele, que foi saudoso José Alencar, ex-vice presidente dele, em relação ao Ciro, ele precisa de uma pessoa desse tipo, com relação ao Tasso, agora ele ver a coisa de maneira diferente, mas quando era governador, lembro de um discurso, no senado aonde o cacique disse que andava de jatinho por que podia, pois tudo no Ceará era dele, que mandava e desmandava no ceará, e agora essa arrogancia toda ainda continua, eu acho que o tempo dele já passou, ele tem que ir cuidar dos negocios dele e dos netos, porque politica pra ele é coisa do passado, porque deu muito prejuizo ao povo cearense.

  5. Com relação a aliança, eu acho que toda aliança tem que ser feita em cima de projetos enão uma simples alinça, pra satisfazer os anseios pessoais de alguns partidos isso ao que me parece que está acontecendo, com relaçã ao PSDB, PSB E PR. Porque o Tasso ao invés de apoiar acandidatura a reeleição de Lucio Alcantara? porque é um traidor implacavel, ele está do lado de quem tem algo a oferecer.

  6. Eliomar.

    Esse cidadão merece transformar o seu eu interior, urgentemente! Para o bem dele e de toda a sociedade!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + três =