Ciro e o BNDES

Com o título “O Recreio dos Bandeirantes”, o publicitário e poeta Ricardo Alcântara comenta a informação de que Ciro Gomes (PSB) estaria cotado para ocupar a presidência do BNDES. Confira:

Quando chegou ao ministério do Planejamento a convite do presidente Itamar Franco, e observando lá quão desigual era o tratamento dado pelo BNDES ao empresariado do sudeste, sobretudo São Paulo, em detrimento dos estados nordestinos, o então senador Beni Veras cunhou a ironia: “O BNDES é o recreio dos bandeirantes” (um trocadilho com o conhecido bairro de Brasília).
 
Agora, paira no ar a “ameaça” de que o banco venha a ser presidido por mais um paulista de nascimento, mas este, nordestino de formação: o deputado Ciro Gomes, segundo fontes da imprensa, já estaria convidado e, dizem, aceitou o cargo de presidente daquele que é o maior agente financeiro de desenvolvimento do país. Seria uma boa notícia para o Ceará.

Se confirmada, a indicação de Ciro não é, por si, garantia de nada, mas amplia a força de pressão dos setores produtivos das regiões periféricas por uma participação mais equilibrada nas oportunidades oferecidas pela instituição, o que já representa uma sinalização positiva da presidente eleita para os estados do norte. O deputado sabe que assumiria o cargo diante daquelas expectativas.

O que se pode desejar é que Ciro Gomes não faça no BNDES o que fez no Congresso Nacional, isto é: nada. Trabalhe, deputado. Suas coronárias agradecem.

Ricardo Alcântara, 

Publicitário e poeta. 

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

5 comentários sobre “Ciro e o BNDES

  1. Gosto de comentar os artigos desse publicitário e poeta, mais ainda quando ele fala de algo que desconhece. Primeiro não existe em Brasília nenhum bairro chamado recreio dos bandeirantes, e sim, Núcleo Bandeirante, e por acaso, é um modesto bairro, portanto, o ex-senador quando falava de recreio não era de núcleo que ele se referia.
    Mas não é bem dessa atrapalhada que quero contextualizar. Porque o nobre publicitário considera “ameaça” a nomeação do Ciro para o BNDES? Será que no seu ponto de vista também foi uma ameaça sua passagem pelos ministérios da fazenda e integração? Certamente sua resposta será sim, porque seus comentários têm sido nessa linha, ou seja, quando pior atuação do gestor, melhor seu desempenho crítico. Recomendo que dê uma voltinha pela cidade de Milagres ou de Abaiara e se tiver tempo para ver quem trabalha, dê uma esticadinha e vá olhar o Projeto de Integração do Rio São Francisco com Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional.
    Quando se fala sem conhecimento de causa, certamente cometerá uma injustiça. A idéia que se tem do Ciro na sua passagem pela câmara, é que ele faltou muito. Que absurdo! Pode até ser que ele tenha faltado, mas nada mudaria com sua presença, pois aquela Casa, já tem uma pauta definida, ou seja, sua presença não mudaria nada, o que se vota ou o que se aprova não muda com a ausência de um, dois ou três parlamentares. Fazendo uma ligeira comparação do Dep. Ciro com o também Dep. Leo Alcântara, percebe-se que a presença do segundo em nada foi mais satisfatória ou mais produtiva do que o primeiro, portanto poeta, não será a presença na câmara que definirá o brilhantismo do desempenho parlamentar. Juntando todos os projetos propostos ou relatados pelo dep. Leo, não chega aos pés do projeto de reformulação do CADE, (citando esse apenas para exemplificar).

  2. O colega acima falou TUDO! e eu ainda completo: pra certas pessoas, o despeito é tão grande que precisa compartilhar com os outros…

  3. Bom dia !!!!

    CIRO GOMES é retrocesso, com todos os cargos que já ocupou o que beneficiou o estado do Ceará ?

    O Beneficio vai sempre prá si e para os que o acompanham, e eu falo porque sei o que acontece !!!

    Fora CIRO GOMES !!!!

  4. “Sr. Ubiratan Teixeira”:
    Pela sua pouca tolerância com o contraditório já quase posso advinhar seu verdadeiro nome. Ao contrário do que você afirma, o artigo diz, textualmente, que a indicação do deputado Ciro Gomes “seria uma boa notícia para o Ceará”.
    O artigo apenas recomenda a ele um desempenho melhor do que o que foi capaz de obter no congresso nacional – um fato notório. O próprio Ciro Gomes reconheceu em entrevistas isso, justificando seu desestímulo ao trabalho ao alegar a pouca eficiência do legislativo.
    Quer dizer: você está sendo mais “cirista” do que ele próprio. Amor como o seu, nem a Patrícia!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 12 =