Ciro, o sparring da Dilma?

A entrada do deputado federal Ciro Gomes (PSB) como um dos coordenadores da campanha pró-Dilma Rousseff (PT) neste segundo turno, teria uma explicação: Ciro faria o jogo duro contra o tucano Serra, poupando a petista.

Essa é a leitura que setores tucanos estão fazendo, obsrevando que Dilma evitaria, a qualquer custo, confronto com Serra, no que necessitaria de um sparring de primeira linha. Ciro teria sido o escolhido para tal missão.

Talvez seja por isso que, na internet, a partir de ontem, já começou a divulgação de vídeos expondo momentos de rebeldia de Ciro Gomes na política deste Brasil.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

3 comentários sobre “Ciro, o sparring da Dilma?

  1. Triste papel para Ciro Gomes cada vez decepciona o povo cearense e o Lula ridiculariza o Ciro, será que ele não ver isso ou é oportunismo do Ciro querendo mais um carguinho.

  2. Comentário postado por Volney Junior, em 07-10-2010 as 9:32

    Vejam as seguintes considerações:

    * José Serra (PSDB) é mais preparado do que Dilma Rousseff (PT) e no começo da campanha cometeu “um erro atrás do outro”.

    * Lula e o PT fizeram força sobre os “companheiros dos estados”, fazendo inclusive “coisas mesquinhas”, para pressioná-lo a não ser candidato à Presidência por seu partido, o PSB.

    * Está errado o ex-ministro José Dirceu integrar o comando da campanha de Dilma. Como ele está em “situação delicada” como réu no Supremo Tribunal Federal, participar da campanha é “um desacato à Justiça e à opinião pública”.

    * A aliança do PT com o PMDB decorre de “tráfico de minutos de televisão” e significa “silêncio para que não se apure o malfeito”. “Você se junta ao pilantra para não apurar os malfeitos que o pilantra faz, isto não tem sentido”.

    * Lula “está popularíssimo”, mas “não tem ninguém para lhe dizer certas nada” a seu redor e “está perdendo a humildade, sem dúvida nenhuma”.

    São frases do recém-designado integrante da coordenação de campanha de Dilma, o deputado, ex-governador e ex-ministro Ciro Gomes (PSB).

    Veja o vídeo da entrevista:

    http://www.youtube.com/watch?v=Xd3-NpHoo2w&feature=player_embedded

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + 10 =